Avalie este item
(1 Votar)

Cinco pacientes que estavam internados no Hospital Estadual de Retaguarda Covid-19 tiveram alta hospitalar na tarde desta quinta-feira, dia 20.

A médica Gisele Rodrigues, que faz parte da coordenação da unidade hospitalar, falou sobre a reabertura da Unidade que trata de covid-19 e como estão os trabalhos no Hospital desde que foi reaberto.

“Há mais ou menos dez dias nos foi dada a missão pelo governador Antonio Denarium de reabrir o Hospital de Retaguarda covid-19, devido ao grande aumento do número de casos de covid no Estado. Prontamente as equipes do HC [Hospital das Clínicas] e do PACS [Pronto Atendimento Cosme e Silva] foram acionadas e entramos em campo. No sábado, dia 15, reinauguramos o Hospital com 120 leitos. No momento temos 70 leitos ocupados”, detalhou a médica Gisele.

Ainda de acordo com ela, o Hospital está equipado para dar todo o conforto aos pacientes. “São leitos que darão conforto, temos medicação e atendimento digno aos nossos pacientes", frisou.

A médica fez um agradecimento especial a todos os gestores, coordenadores e colaboradores da Sesau pelo apoio.  “A luta ainda não acabou. Peço que todas as pessoas usem máscara, procurem os postos de saúde para se vacinar, evitem aglomerações, fiquem em casa para que juntos possamos vencer a covid-19”.

Segundo o governador Antonio Denarium, a reabertura do Hospital de Retaguarda é o compromisso do Governo no tratamento e combate da covid-19.  "Estamos trabalhando com respeito à população e ofertando tratamento digno nessa unidade que é referência", ressaltou.

Ainda com sinais de cansaço, o paciente Vitor Marques de Oliveira, 51 anos, foi um dos que receberam alta nesta quinta-feira.

“Muito bem, graças a Deus. Está tudo tranquilo. Deus me deu vida, então vamos seguir pra frente. O atendimento no Hospital foi bom demais. Medicação, tudo em dia, tudo sob controle”, disse.

Bastante emocionado por estar voltando para casa, e ao mesmo tempo preocupado com o grande número de pessoas infectadas, o paciente Oscar Maggi, 56 anos, falou como foram os dias com a doença e deixou uma mensagem.

“Quanto à doença, eu aconselho a todos redobrar ao máximo os cuidados. Não facilitem, ela é muito forte. Mesmo com as duas doses de vacina, eu sofri muito.  Foram momentos terríveis da minha vida, onde eu achei que eu não voltaria, mas consegui. Agradeço muito a Deus e, de coração, aos profissionais de saúde da rede do SUS [Sistema Único de Saúde], da rede particular são guerreiros. São anjos da guarda, não medem esforços. Só quem está aqui, vivendo com eles e vendo cada minuto, é capaz de valorar e avaliar o comportamento e o quanto são humanos e abençoados cada um. Peço muito a Deus que os ilumine, que os protejam para que possam continuar nos ajudando, nos defendendo, porque é muito forte isso. Tenham muito cuidado, muito cuidado mesmo”, enfatizou, emocionado.

Avalie este item
(1 Votar)

Conforme anunciado pelo governador Antonio Denarium, o Ano Letivo 2022 vai iniciar com novos professores atuando nas escolas da rede estadual de ensino. Os candidatos aprovados no Concurso Público já têm data marcada para a posse. Será nos dias 26 e 27 de janeiro, às 15h, no Palácio da Cultura Nenê Macaggi. 

"Esse é mais um compromisso firmado e honrado por mim com a categoria dos professores. Um concurso aguardado há mais de 15 anos é hoje uma realidade. Parabenizo todos os aprovados e estamos felizes em contar com novos servidores para nos ajudar a reconstruir a educação de Roraima", destacou o governador Antonio Denarium, 

Neste primeiro momento, foram convocados 482 candidatos classificados e destes, 395 foram considerados aptos para a posse, sendo 381 candidatos das vagas de ampla concorrência e 14 candidatos das vagas PcD (Pessoa com Deficiência). 

A convocação para a posse foi publicada no DOE (Diário Oficial do Estado) no dia 18 de janeiro e pode ser consultada no site www.imprensaoficial.rr.gov.br

No dia 26, será a posse de 183 professores que vão atuar na Capital e, no dia 27, será a posse de mais 212 docentes que vão atuar nas escolas do interior do Estado. 

O Concurso Público para contratação de professores da Carreira do Magistério da Educação Básica contou com 8.231 candidatos inscritos, destes, 1.400 oriundos de outros estados da Federação.

A disciplina que teve maior concorrência foi Matemática com 704 inscritos, seguido de Língua Portuguesa com 702 e Ciências Biológicas, com 564 inscritos, todos para o município de Boa Vista, área urbana. 

A jornada de trabalho dos novos professores é de 30 horas semanais e o vencimento inicial básico é de R$ 3.782,94. O concurso tem vigência de dois anos prorrogável por igual período. 

"A realização do concurso esperado pelos professores há mais de 15 anos demonstra respeito e valorização da carreira do Magistério e de forma significativa, a busca pela melhoria da qualidade do ensino, e  resultado disso, equidade na aprendizagem dos estudantes. Uma etapa que também traz para cada professor, investido no cargo público por meio de provas e análises de títulos, novos ânimos e motivações profissionais" destacou Leila Perussolo, secretária de Educação e Desporto de Roraima. 

Cadastro Reserva

O Concurso Público para professores ofertou 650 vagas imediatas e formação de cadastro reserva. Dos 482 candidatos convocados neste momento, 66 não compareceram para apresentar os documentos. Outros nove convocados tiveram sua documentação indeferida e outros candidatos ainda estão com pendência na apresentação de documentação exigida em edital. 

Após o cumprimento dos prazos legais, a Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) poderá convocar mais candidatos classificados para preencher as vagas dos que não compareceram ou que tiveram sua documentação indeferida. Os atos são publicados no DOE para que os candidatos possam acompanhar todas as fases do certame.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Gestão Estratégica e Administração, divulgou na noite dessa quarta-feira, 19, no Diário Oficial do Estado nº 4123, de 18/01/2022, a relação dos 395 novos servidores da Secretaria de Educação aptos a tomarem posse nos próximos dias 26 e 27 de janeiro.

De acordo com o Diário Oficial, ao todo foram convocados 395 candidatos aptos à posse, sendo 175 para a capital Boa Vista e 226 para o interior. A relação dos novos servidores estaduais está no endereço eletrônico www.imprensaoficial.rr.gov.br.

A posse ocorrerá no dia 26 de janeiro, para os convocados para a capital, e no dia 27 de janeiro, para os convocados para os demais municípios de Roraima. Os candidatos deverão comparecer no Palácio da Cultura, na Praça do Centro Cívico, às 15h.

O secretário da Segad, Anselmo Gonçalves, afirma ser esse um momento único na vida de um profissional. “Passar em um concurso público não é fácil, requer muito estudo e dedicação. Os novos servidores estão de parabéns”, enfatizou Gonçalves.

“Esses novos servidores darão um fôlego maior na nossa educação”, disse o governador Antonio Denarium, ao afirmar seu compromisso com o Estado de Roraima, principalmente com os novos profissionais que estão chegando para compor o quadro da Secretaria de Educação.

Quinta, 20 Janeiro 2022 17:15

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 372.349 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 134.997 foram confirmados, sendo 27.577 por RT-PCR e 107.420  por teste rápido, 237.352 descartados, sendo 63.906 por RT-PCR e 173.446 por teste rápido e 2.084 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.812 em Alto Alegre, 1.202 no Amajari, 104.269 casos foram notificados em Boa Vista, 2.618 em Bonfim, 2.792 no Cantá, 2.732 em Caracaraí, 2.103 em Caroebe, 1.448 em Iracema, 2.440 em Mucajaí, 658 em Normandia, 2.504 em Pacaraima, 3.480 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 727 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.338 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 186.770 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.043 em Bonfim, 3.688 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.761 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.520 em Rorainópolis, 2.654 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.084 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.572 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.029 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.162 em Amajari, 97.550 são de Boa Vista, 2.520 de Bonfim, 2.540 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.354 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Tem novidade na zona rural de Bonfim: o governador Antonio Denarium, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), deu início às obras de implantação da vicinal Arnóbio. O trabalho está sendo executado através do programa Aqui Tem Obra.

O Governo está investindo mais de R$ 1 milhão neste serviço, com recursos próprios. São quase 10 quilômetros de extensão da estrada que estão em obra.

"Estamos fazendo grandes investimentos em estradas e pontes, para garantir a trafegabilidade da população e também que os produtores possam escoar suas safras com segurança", afirma o governador Antonio Denarium.

“Está sendo feita a limpeza, serviço de terraplanagem, implantação de obras correntes e revestimento primário de piçarra no local”, informou o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião.

Os moradores e produtores rurais da localidade serão diretamente beneficiados pelas intervenções. A obra é uma reivindicação antiga dos moradores e a via representa o principal acesso à região. É por ela que é feito o escoamento da produção agrícola.

MAIS INFRAESTRUTURA

Outra boa notícia é que a ponte que liga a sede de Bonfim à comunidade Manoá está pronta. Com investimento de mais de R$ 300 mil, a ação  também faz parte do pacote de projetos do  “Aqui tem Obra”.

A nova ponte, com extensão de 50 metros, visa garantir a segurança e acessibilidade da população rural a sede do município. Além de facilitar o transporte de produtos agrícolas.

Outras pontes muito aguardadas pela população são as das rodovias RR-205 e RR-206.  Com investimentos próprios estaduais no valor de R$ 2,9 milhões, as pontes serão construídas sob o igarapé Sucuriju e sob o rio Arraias, na estrada que dá acesso a vila São Francisco, em Bonfim.

Avalie este item
(0 votos)

Foram prorrogadas as inscrições para o Concurso Público de professor da Carreira do Magistério da Educação Indígena que encerrariam no dia 17 deste mês. Agora os interessados podem se inscrever até o dia 11 de fevereiro, no site do Idecan: www.idecan.org.br.

“Esse concurso busca fortalecer a educação escolar indígena em Roraima. Estamos trabalhando em conjunto com as lideranças indígenas e garantindo transparência em todo o processo e a extensão do prazo dará oportunidade para que mais profissionais possam participar”, destacou o governador Antonio Denarium.

O novo cronograma será publicado em breve no DOE (Diário Oficial do Estado). A taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de Magistério Nível Médio Completo e de R$ 100 para os cargos de Nível Superior. A data limite para pagamento é de 24h após a emissão do boleto.

“Decidimos prorrogar o período de inscrições do concurso após ouvir as lideranças indígenas do nosso Estado e seguir todas as recomendações da secretária Leila Perussolo. Mesmo com essa prorrogação, não alteramos as demais fases do certame” ressaltou Semaias Alexandre, presidente da Comissão do Concurso. 

Acesso à internet - Os Polos de Atendimento da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) ainda estão à disposição dos docentes para a inscrição em todos os municípios do interior. A medida foi adotada como forma de facilitar o acesso à internet para os professores no momento da inscrição. Uma ação institucional integrada entre Seed (Secretaria de Educação e Desporto) e Univirr.

O CONCURSO

Estão sendo ofertadas 300 vagas para cargos de Magistério Nível Médio Completo com salário inicial de R$ 3.004,80 e 700 vagas para cargos de Nível Superior com salário inicial de R$ 3.782,94. Ambos com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Do total geral de vagas, também estão sendo ofertadas 36 para PcD (Pessoa com Deficiência). O concurso terá prazo de dois anos prorrogável por igual período e contará com provas objetivas, redação e avaliação de títulos.

Avalie este item
(0 votos)

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) realiza campanha educativa de volta às aulas, com o objetivo de promover a reflexão de alunos, pais e professores para um comportamento seguro no trânsito. O projeto acontecerá nas últimas semanas de janeiro e na segunda semana de fevereiro.

Durante esse período, a Divisão de Prevenção e Educação para o Trânsito (DPET) e a equipe de fiscalização, irão realizar blitzen educativas em frente às escolas, no período matutino, a partir das 7h15.

As blitzen consistem em uma oportunidade de orientar os pais, professores e alunos sobre os cuidados para um trânsito seguro, com o uso de dispositivos de segurança, uso de capacete com trava jugular, cuidado na hora de atravessar a rua e a importância do sinal de vida.

Além disso, serão entregues cartilhas que foram elaboradas exclusivamente para o projeto de volta às aulas. O conteúdo da cartilha aborda as diferentes maneiras de como a criança vai à escola e os cuidados que cada um deve ter para tornar o trânsito mais seguro.

“Consideramos importante realizar essa campanha para orientar e direcionar os pais, as crianças e até mesmo os professores sobre como cada um deve se portar para que haja um trânsito mais gentil e seguro na hora de vir à escola. Seja de carro, de moto, a pé, de bicicleta e até mesmo de ônibus, cada um deve fazer sua parte”, alertou Igo Brasil, diretor-presidente do Detran/RR.

Calendário da campanha Volta às aulas

Janeiro 2022

Dia 24 - Colégio Claretiano

Dia 25 - Fundação Bradesco

Dia 26 – IBR

Dia 27 – Escola Pedacinho do Céu

Dia 28 – Escola João Calvino

Fevereiro 2022

Dia 07 – Colégio Agnus

Dia 08 – Escola Peniel

Dia 09 – Escola SESI

Dia 10 – Escola Barulhinho

Dia 11 – Escola Colmeia

 

Avalie este item
(0 votos)

O governador Antonio Denarium entregou 150 títulos definitivos equivalentes a mais de 35 mil hectares de terras para produtores dos municípios de Alto Alegre, Boa Vista, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Iracema, Mucajaí e Normandia.

A ação, que faz parte do programa de regularização fundiária “Aqui Tem Dono”, ocorreu na tarde desta terça-feira, 18, no Clube dos Servidores da Caer, em Boa Vista.

O produtor Erwin João de Morais Lima, do município do Bonfim, falou que a entrega do Título Definitivo é um reconhecimento do governador aos produtores roraimenses. “É um momento de muita alegria, de reconhecimento do Governo do Estado ao nosso trabalho, é muito importante porque dá personalidade a nós, produtores, nos dá liberdade e aumenta a dignidade do homem do campo”, disse.

A produtora Keila Raimunda Barbosa da Silva, da região do Bom Intento, área rural de Boa Vista, falou da felicidade em receber seu Título Definitivo após 10 anos de espera. “Isso é um sonho, depois de termos passado tantos governos, hoje estamos aqui no governo de Antonio Denarium realizando esse sonho, não só pra mim, mas para muitos produtores da região”, destacou.

Durante a solenidade, o governador Antonio Denarium destacou o trabalho do Governo para realizar a regularização rural e urbana no Estado.

“É o governo presente dando segurança jurídica a todos os produtores rurais do estado de Roraima. Estamos entregando Títulos Definitivos em todos os municípios do estado, é o governo trabalhando na regularização fundiária rural e urbana e no distrito industrial”, disse o governador.

O presidente do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima), órgão responsável pela regularização fundiária, Márcio Grangeiro, falou da missão do programa do Governo.

“É mais uma entrega do programa Aqui Tem Dono, um programa desenvolvido a pedido do governador Antonio Denarium que visa levar segurança jurídica aos produtores rurais, que estão trabalhando diuturnamente para produzir alimentos para as nossas mesas”, destacou.

Desde o início desta gestão, o programa Aqui Tem Dono já emitiu mais de 560 títulos para produtores rurais totalizando aproximadamente 180 mil hectares de terra regularizados, e mais de mil títulos urbanos em Boa Vista, Rorainópolis e Cantá.

Quarta, 19 Janeiro 2022 10:07

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 371.020 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 134.053 foram confirmados, sendo 27.428 por RT-PCR e 106.625 por teste rápido, 236.967 descartados, sendo 63.830 por RT-PCR e 173.137 por teste rápido e 2.082 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.754 em Alto Alegre, 1.202 no Amajari, 103.539 casos foram notificados em Boa Vista, 2.601 em Bonfim, 2.747 no Cantá, 2.732 em Caracaraí, 2.093 em Caroebe, 1.445 em Iracema, 2.420 em Mucajaí, 654 em Normandia, 2.497 em Pacaraima, 3.444 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 724 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.308 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 186.455 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.036 em Bonfim, 3.674 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.759 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.507 em Rorainópolis, 2.654 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.082 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.570 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.979 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.162 em Amajari, 97.504 são de Boa Vista, 2.519 de Bonfim, 2.540 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima publicou edital de processo seletivo para contratação temporária de Condutor e Monitor de Transporte Escolar e Motoristas. Os profissionais devem atuar na área operacional e administrativa da Seed (Secretaria de Educação e Desporto). Estão sendo ofertadas 241 vagas, sendo seis destinadas para PcD (Pessoa com Deficiência).

"Os profissionais contratados atuarão nas ações de rotina da Secretaria de Educação, como por exemplo, nas rotas de entrega de merenda escolar e materiais didáticos, além de atuarem também no transporte escolar de estudantes do interior, nos ônibus adquiridos por meio do Programa Caminhos da Escola.

No total, 56 veículos integram a primeira frota de transporte escolar do Governo de Roraima e esses profissionais vão ser responsáveis pelo transporte dos alu nos com segurança, além de outras atividades ligadas à educação”, destacou o governador Antonio Denarium.

O Edital N° 05/2022 foi publicado no dia 14 de janeiro no DOE (Diário Oficial do Estado). Os profissionais contratados terão uma carga horária de trabalho de 30 horas semanais e a remuneração varia de R$1.200 à R$ 1.936. A seleção será por meio de Avaliação de Títulos. As informações completas estão no edital.

INSCRIÇÕES

As inscrições serão realizadas de forma presencial entre os dias 24 e 26 deste mês. Os interessados devem comparecer das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30, no Centro Estadual de Educação Profissional Professor Antônio de Pinho Lima, que fica localizado na Rua Chile, 593 no bairro Caranã.

No ato da inscrição é necessário levar os documentos pessoais exigidos no edital, cópia e original, como CPF, comprovante de residência atualizado e comprovante de formação na área pretendida. Os candidatos devem seguir todos os protocolos de segurança e prevenção da Covid-19 no local, como o uso de máscara, álcool em gel e respeitar o distanciamento social.As vagas estão distribuídas para atuação em Boa Vista e na Zona Rural e em outros dozes municípios do Estado: Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Carcaraí, Caroebe, Iracema, Normandia, Pacaraima, Rorainópolis, São João da Baliza e São Luiz.

De acordo com a presidente da Comissão de Processos Seletivos da Seed, Rosalete Saldanha, os interessados em concorrer a uma das vagas precisam ter disponibilidade de horário para o serviço.

“Os condutores e monitores de transporte escolar deverão residir no município que pretende se inscrever para atuação. As vagas disponibilizadas nas áreas indígenas, serão preenchidas preferencialmente por candidatos indígenas, desde que eles apresentem todos os pré-requisitos”, explicou Rosalete.

CRONOGRAMA

Segundo o cronograma do certame, a relação preliminar dos inscritos será divulgada no dia 28 deste mês e a relação final, no dia 4 de fevereiro. O resultado preliminar sairá no dia 7 de fevereiro e o resultado final, no dia 18 do mesmo mês. Já o período de assinatura de contrato e lotação será nos dias 21, 22, 23 e 24 de fevereiro de 2022.

 

Avalie este item
(0 votos)

Para garantir melhores condições de trabalho aos profissionais da segurança pública, o Governador Antonio Denarium autorizou o início da construção do quartel militar destinado ao GIRO (Grupamento de Intervenções Ostensivas da Polícia Militar do Estado de Roraima) e a obra já está a todo vapor.

“Com esse prédio vamos oferecer condições de atender de maneira adequada, todas as demandas desses profissionais que cuidam com tamanha dedicação da nossa segurança”, destacou o Denarium.

A construção está orçada em mais de R$ 1 milhão e duzentos mil e conta com emenda parlamentar do deputado federal Ottaci Nacimento, no valor de R$ 764.000,00 e contrapartida do governo.

A Seinf ( Secretaria de Estado de Infraestrutura) coordenará a obra que será executada pela empresa MCA CONSTRUTORA EIRELI, com prazo de execução de 180 dias.

Conforme o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião, desde 2019, o governador vem investindo maciçamente na Segurança Pública. “O quartel do GIRO ficará na saída para o Cidade Satélite, pensando justamente em fortalecer a segurança daquela região”, disse.

O prédio terá um pavimento com uma área construída de 568,70 metros quadrados, divido em sala de recepção, hall de entrada, corpo da guarda, salas administrativas, sala do comandante, cozinha, refeitório, auditório, sala de instrução, salão de academia de atividades físicas, sala para reserva de armamento, hall de oficina mecânica, alojamento masculino, alojamento feminino, sanitários masculino e feminino, pátio de formatura, garagem coberta e espaço para dique de lavagem.

Avalie este item
(0 votos)

A vacinação contra a covid-19 avança para um momento importante. Quatro dias após a chegada das primeiras doses pediátricas contra o vírus, a Sesau (Secretaria de Saúde) começou a distribuir, para todos os municípios de Roraima, um total de 4.800 vacinas da Pfizer, para serem aplicadas em crianças com faixa etária entre 5 e 11 anos.

Da primeira remessa, 1.090 unidades foram entregues à capital, Boa Vista. Para os demais municípios, as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde serão distribuídas nesta terça-feira, 18, da seguinte maneira:

 

  • Alto Alegre: 580 doses

 

  • Amajari: 270

 

  • Bonfim: 240

 

  • Cantá: 280

 

  • Caracaraí: 370

 

  • Caroebe: 170

 

  • Iracema: 160

 

  • Mucajaí: 300

 

  • Normandia: 240

 

  • Pacaraima: 270

 

  • Rorainópolis: 370

 

  • São João da Baliza: 130

 

  • São Luiz: 80

 

  • Uiramutã: 250

"É um momento ímpar para o Estado. Iremos finalmente começar a vacinar as nossas crianças, para que elas fiquem mais protegidas contra esse vírus. Temos uma árdua batalha pela frente, mas iremos vencer essa pandemia com a colaboração de todos", frisou o governador Antonio Denarium.

A coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, explicou que a vacinação nos municípios deverá ser feita de forma escalonada, iniciando pelo público alvo de 11 anos.

“Os 15 vão ser contemplados com 100% desse público alvo estimado. Hoje, nós estamos iniciando essa distribuição, então, os municípios vão receber vacina. Ontem, foi uma parte desse dessas vacinas, que foram 1.090 doses pra Boa Vista, para que eles também já comecem a se organizar”, pontuou.

A titular da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância) também ressaltou que o avanço da vacinação contra a covid-19 tem feito a diferença no número de casos da doença e de internações nas principais unidades hospitalares no Estado.

“Nós passamos aí por duas ondas, onde nós tivemos um número de óbitos e um número de casos graves muito alto no nosso Estado. Hoje, nós estamos com um número elevado de casos positivos, mas com baixa gravidade. Então, isso já é efeito das vacinas, por isso que nós precisamos imunizar a nossa população. Vacinas, sim, salvam vidas!”, concluiu.

NOVAS DOSES A CAMINHO

Ainda nesta terça-feira, 18, mais 4.800 doses pediátricas da Pfizer devem chegar a Roraima, por volta de 12h30, no Aeroporto Internacional de Boa Vista. A nova remessa deve ser destinada às crianças de 11 anos de Boa Vista.

O repasse das 4.800 doses pediátricas à Capital deve ser feito ainda nesta terça-feira, 18. No total, um total de 5.890 crianças da primeira faixa etária deverá receber a primeira dose.

Avalie este item
(0 votos)

Por meio de um documento circular, o Governo de Roraima adotou nesta segunda-feira, 17, novas medidas para conter o aumento de infecções do coronavírus dentro do Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento.

Objetivo é garantir a segurança no atendimento dos pacientes, a integridade dos acompanhantes, visitantes e servidores da área de saúde. A ação visa, com isso, conter o contágio com a prevenção de infecção pelo novo coronavírus.

O documento leva em consideração o aumento dos casos crescentes por contaminação de covid-19 no país e no Estado de Roraima.

Além disso, observa-se o aumento da procura por atendimento nas unidades hospitalares. Conforme a Circular, as informações sobre o novo fluxo do hospital entram em vigor a partir desta segunda-feira, 17.

PARA O SERVIDOR

No sentido de preservar a saúde dos servidores, a direção da unidade esclareceu que os trabalhadores têm o direito ao afastamento e tratamento.

O Ofício Circular 1/2022 detalha o fluxo de atendimento para servidores do HGR com suspeita ou diagnóstico de covid—19, garantindo atendimento e o devido afastamento das atividades laborais, com devida comprovação por meio de atestado médico.

Dessa forma, os servidores da unidade hospitalar com suspeita ou diagnóstico positivo para covid-19 devem se dirigir ao Serviço “Cuidando do Cuidador” para atendimento médico e solicitação de exames, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Além do mais, não será necessária a abertura de ficha de atendimento no HGR, pois será aberto prontuário do profissional pelo setor da unidade hospitalar. Também não é preciso buscar pelo atendimento no Pronto Socorro.

Com a confirmação, o serviço Cuidando do Servidor irá realizar o afastamento do profissional e acompanhamento pelos prazos de acordo com as diretrizes em vigor.

Se o servidor já tiver atestado médico comprovando a covid-19 e indicando o afastamento das atividades laborais, a formalização deve ser feita via Serviço Cuidando do Servidor.

A partir daí, a Gerência de Recursos Humanos do HGR vai receber o atestado médico para afastamento dos servidores.

Medidas estabelecidas pela Circular:

  • Fica proibido a presença de acompanhantes em todas as dependências deste estabelecimentos de saúde;
  • Nos Blocos A e B o acesso de acompanhantes estará autorizado apenas em condições previstas por leis: idosos e portadores de necessidades especiais, bem como em casos excepcionais definidos pela equipe multiprofissional;
  • Nestes casos autorizados, o paciente terá direito a apenas um acompanhante. O horário de troca de acompanhantes será somente às 7h e 19h;
  • Apenas será permitido acompanhante, nos casos acima descritos, se apresentarem carteira de vacinação com esquema vacinal completo;
  • Está suspenso todo o acesso de visitantes sociais a todos os pacientes, independente de local de internação, a isto inclui-se UTI´s e PSFE (Pronto Socorro Drº Francisco Elesbão);
  • Os boletins médicos das UTI´s serão passados na recepção do HGR a apenas um familiar por paciente, estando proibida a presença de mais que um acompanhante por paciente. O horário dos boletins segue abaixo descrito

UTI 1: 15:30h UTI 3 - Leitos pares: 16h

UTI 2: 15h UTI GT1 - Leitos ímpares: 10h

UTI 3 - Leitos ímpares: 11h UTI GT1 - Leitos pares: 16:30h

  • Os boletins médicos do PSFE serão passados na sala de acolhimento do PSFE a apenas um familiar por paciente, estando proibido a presença de mais que um acompanhante por paciente. O horário dos boletins segue abaixo descrito:

Leitos ímpares: 10h Leitos pares: 16h

  • Ressalta-se que acompanhantes com faixa etária de risco maior para o Covid-19 ou com antecedentes de doenças crônicas imunossupressão não devem estar na condição de acompanhantes;
  • O uso de máscaras de pano em ambiente hospitalar não é recomendado, deve-se preferencialmente utilizar máscaras cirúrgicas;
  • Acompanhantes deverão evitar contato direto com o paciente, se este for necessário, deverão realizar a higiene das mãos sempre que tocar o paciente;
  • A equipe de saúde deverá solicitar a saída do acompanhante do quarto/enfermaria em caso de procedimentos geradores de aerossol;
  • Seguir rigorosamente as principais medidas preventivas do Ministério da Saúde: lavar as mãos com água e sabão, na sua ausência, usar álcool em gel; cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar; evitar tocar em locais que possam contaminar outras pessoas; evitar aglomerações; manter os ambientes bem ventilados; e não compartilhar objetos pessoais;
  • Manter o distanciamento e evitar aglomeração nas enfermarias e corredores;

Manter todos os ambientes higienizados desinfetados e ventilados, incluindo as áreas comuns e de uso coletivo, como refeitórios, banheiros, vestiários, áreas de descanso, com especial atenção a superfícies de maior contato.

Terça, 18 Janeiro 2022 12:12

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 370.139 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 133.380 foram confirmados, sendo 27.428 por RT-PCR e 105.952 por teste rápido, 236.759 descartados, sendo 63.825 por RT-PCR e 172.934 por teste rápido e 2.082 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.744 em Alto Alegre, 1.201 no Amajari, 102.907 casos foram notificados em Boa Vista, 2.590 em Bonfim, 2.746 no Cantá, 2.732 em Caracaraí, 2.083 em Caroebe, 1.445 em Iracema, 2.420 em Mucajaí, 651 em Normandia, 2.495 em Pacaraima, 3.442 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.308 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 186.279 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.035 em Bonfim, 3.674 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.759 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.478 em Rorainópolis, 2.652 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.082 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.570 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.936 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.161 em Amajari, 97.464 são de Boa Vista, 2.519 de Bonfim, 2.538 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Em meio ao aumento de casos de Covid-19 e gripes em Roraima, o Hemoraima (Hemocentro de Roraima) encontra-se com o estoque de sangue de todas as tipagens em estado crítico, sendo que o tipo O- está zerado.

A gerente do Núcleo de captação de doadores, Juliane Uchoa, explica que o órgão é responsável pelo abastecimento de todas as unidades hospitalares, sejam elas da rede públicas ou privadas e, por isso, é urgente que esta situação seja revertida.

“A ausência de sangue acarreta uma séria de problemas como, interrupções de tratamento médico e cancelamento de cirurgias. Contamos com a colaboração da população”.

Juliane complementa que a equipe já está tomando medidas para reverter o quadro, buscando parcerias com instituições particulares e públicas. “Estamos verificando a possibilidade de abrir a unidade duas vezes por mês aos sábados”.

QUEM PODE DOAR E COMO

Para realizar o procedimento basta estar bem de saúde, bem alimentado e descansado e portar um documento oficial com foto, além disso, não precisa realizar agendamento é só chegar que os profissionais farão uma avaliação e será realizada a doação

O doador precisa ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação) e pesar mais de 50 quilos. Menores de 18 anos precisam da presença do pai ou da mãe ou responsável legal e também precisam estar com cópia da identidade.

Com uma única doação de sangue é possível salvar até quatro vidas. Então, se você está saudável e tem mais de 16 anos, abrace essa causa e procure o Hemoraima, localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 3418, próximo ao Hospital Geral de Roraima (HGR). A Unidade funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 18h.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima prorrogou a realização das matrículas novas que estavam ocorrendo direto nas secretarias das escolas e que encerraria dia 14 de janeiro. Agora os pais ou responsáveis podem continuar efetuando a matrícula direto nas escolas até o dia 19 de janeiro, quarta-feira, das 7h30 às 13h30.

"Recebemos pedidos de pais que não conseguiram realizar matrículas na semana passada por terem testado positivo para Covid, ou estarem gripados. Em oito escolas da Capital também suspendemos as atividades porque funcionários testaram positivo ou apresentaram de forma coletiva os sintomas da gripe. Por estas razões, fizemos nova reprogramação de matrículas”,  explicou Leila Perussolo, secretária de Educação e Desporto.

A reprogramação será seguida pelas escolas da Capital, interior e comunidades indígenas. A decisão foi tomada no fim de semana, após reuniões com as equipes de Governo e da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

“É uma forma de atendermos melhor a comunidade e também evitar aglomeração. O fluxo nas escolas é tranquilo. Nesse período pandêmico precisamos ter cautela, paciência e também flexibilização”, destacou a secretária.

As matrículas serão efetuadas somente no horário da manhã. No período da tarde, as escolas estarão envolvidas em outras atividades como organização dos dados da secretaria escolar, acompanhamento da limpeza da escola, recebimento de material e merenda, reuniões via web com as equipes da Seed para planejamento e alinhamento das atividades, dentre outras ações.

CENTRAL DE MATRÍCULAS FUNCIONARÁ A PARTIR DO DIA 25 DE JANEIRO

Devido a esta reprogramação, as escolas terão até o dia 24 de janeiro para informar as vagas remanescentes que irão para a Central de Matrículas do Estado, que entra em funcionamento agora em nova data: de 25 a 28 de janeiro.

A Central funcionará na unidade da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) localizada na Avenida São Sebastião, n° 521, bairro Tancredo Neves, somente no horário das 8h às 13h.

Na Central, o pai ou responsável deve apresentar o seu RG e também do estudante. No atendimento, a equipe da Seed localizará uma vaga para o ano ou série desejada. Após identificar a escola que dispõe da vaga, os pais ou responsáveis recebem um encaminhamento para ir direto na escola e efetivar a matrícula.

ANO LETIVO 2022

O início das aulas na rede pública estadual de ensino está agendado para o dia 7 de fevereiro de forma 100% presencial, porém, os próximos quinze dias serão decisivos para a permanência desse modelo de retorno. A Seed segue acompanhando os boletins epidemiológicos e adotará todas as orientações repassadas pela Sesau (Secretaria de Saúde) e Vigilância Sanitária.

“Nesse momento contamos com a ajuda da população para continuar com as medidas não farmacológicas como uso de máscara, distanciamento social, higienização das mãos e evitar grandes aglomerações”, finalizou a secretária Leila.

Segunda, 17 Janeiro 2022 12:56

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 369.465 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 133.029  foram confirmados, sendo 27.388 por RT-PCR e 105.641 por teste rápido, 236.436 descartados, sendo 63.771 por RT-PCR e 172.665 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.726 em Alto Alegre, 1.200 no Amajari, 102.610 casos foram notificados em Boa Vista, 2.589 em Bonfim, 2.746 no Cantá, 2.732 em Caracaraí, 2.071 em Caroebe, 1.445 em Iracema, 2.412 em Mucajaí, 651 em Normandia, 2.485 em Pacaraima, 3.442 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.206 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.307 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.964 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.034 em Bonfim, 3.674 no Cantá, 3.947 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.759 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.705 em Pacaraima, 5.478 em Rorainópolis, 2.651 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.934 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.161 em Amajari, 97.462 são de Boa Vista, 2.519 de Bonfim, 2.538 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Devido ao aumento de casos de covid-19 registrados nas últimas semanas no Estado, a Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) informa  à população em geral que  os cadastros para programa  do Governo Estadual “Morar Melhor”,  que estão sendo realizados na sede da Empresa,  serão limitados a 50 senhas por dia, sendo distribuídas das 7h30 às 10h30.

As pessoas que vierem devem estar de máscara, evitar aglomerações,  manter distanciamento e permanecer nos lugares indicados, evitando circular sem necessidade pelo prédio. É importante que compareça, se possível, apenas um representante da família. 

As medidas visam a segurança de funcionários, dos participantes do programa e da população em geral, garantindo um controle da taxa de infecção para evitar o sobrecarregamento do Sistema de Saúde.

O atendimento acontece de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 às 10h30, na sede da Empresa, na avenida Mário Homem de Melo, 1489, no bairro Mecejana.

Será necessário apresentar original e cópia do RG, CPF, NIS/PIS, comprovante de residência, documentação do imóvel, laudo médico caso na família haja pessoa portadora de deficiência. 

Avalie este item
(0 votos)

O pronto atendimento para pacientes com covid-19 do Hospital Estadual de Retaguarda voltou a atender pacientes na noite de sábado, dia 15, e já recebeu 45 pessoas em tratamento da doença. A partir de agora, o Hospital volta a ser a unidade referência covid-19 em Boa Vista.

"A medida reflete a preocupação do Governo no combate a covid-19.  Estamos trabalhando para oferecer uma estrutura adequada para o paciente e assim, contribuir para uma boa e rápida recuperação", disse o governador Antonio Denarium.

O Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento ficará apenas com os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Já o Pronto Atendimento Cosme e Silva, que até o dia 15 era exclusivo para o atendimento de pessoas com sintomas de covid-19, volta com os atendimentos de emergência para as demais demandas. 

O coordenador do Núcleo de Regulação Interna do Hospital de Retaguarda, Dom Martins, afirmou que a unidade tem capacidade de 120 leitos. “Já começamos a transferência dos primeiros pacientes que estavam internados nas demais unidades como o HGR e Cosme e Silva para evitar a contaminação dos demais pacientes que estivessem tratando outras doenças clínicas. Somente neste primeiro dia de funcionamento já recebemos 45 pacientes”, disse. 

Ele informou ainda que a unidade já está abastecida com medicamentos e insumos. “A nossa farmácia já está abastecida com os medicamentos necessários para o atendimento desses pacientes, tanto os internados como aqueles que passam somente pelo pronto atendimento”, explicou.

O médico infectologista Alexandre Salomão explicou que a unidade foi reaberta devido ao aumento recente no número de casos de covid-19 e ressaltou que a demanda aumentou devido à baixa procura por vacinas contra a doença e fez um alerta para que a população se vacine.

“Nós temos observado diariamente que os pacientes vacinados, quando desenvolvem a doença, estão tendo formas mais leves, mais brandas e de tratamento mais fácil. Se você estiver com o esquema vacinal incompleto, procure a unidade de vacinação mais próxima e vacine-se”, declarou o médico.

Domingo, 16 Janeiro 2022 12:06

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 369.197 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 132.848 foram confirmados, sendo 27.291 por RT-PCR e 105.557 por teste rápido, 236.349 descartados, sendo 63.684 por RT-PCR e 172.665 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.717 em Alto Alegre, 1.197 no Amajari, 102.500 casos foram notificados em Boa Vista, 2.589 em Bonfim, 2.710 no Cantá, 2.730 em Caracaraí, 2.071 em Caroebe, 1.444 em Iracema, 2.411 em Mucajaí, 651 em Normandia, 2.477 em Pacaraima, 3.442 em Rorainópolis, 1.682 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.206 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.303 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.903 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.033 em Bonfim, 3.660 no Cantá, 3.947 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.758 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.704 em Pacaraima, 5.478 em Rorainópolis, 2.650 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.933 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.161 em Amajari, 97.461 são de Boa Vista, 2.519 de Bonfim, 2.538 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Em razão dos últimos relatórios da Coordenadoria Estadual de Vigilância em Saúde que comprovam o aumento substancial dos casos de covid-19 em Roraima, o governador Antonio Denarium determinou a reativação da ala do Hospital de Retaguarda destinada para o atendimento exclusivo de pacientes acometidos da doença.

Essa decisão foi tomada na manhã deste sábado, 15, em uma reunião com os gestoras da saúde estadual que expuseram ao governador os últimos números e demonstraram total preocupação com a evolução dos casos em Roraima.

Um fato que já é ponto pacífico é que o aumento se deu na sua grande maioria entre as pessoas que não se vacinaram e por isso que tiveram quadros com maior agravamento.

Para a coordenadora da Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, o aumento de casos confirma a presença na nova variante Ômicron e demonstra a contaminação entre as pessoas que se recusaram ou não buscaram a vacinação.

“Nas últimas semanas houve uma evolução de uma média de 80 contaminados semanalmente para mais de 2 mil casos. Isso coloca todo sistema de saúde, em todas as esferas, em alerta. O governador Antonio Denarium assim que recebeu o relatório nos convocou imediatamente para redefinir as ações e garantir um atendimento rápido as demandas da população”, afirmou Valdirene, ao destacar a importância da vacinação como grande vetor de combate ao alastramento do vírus.

O governador Antonio Denarium ouviu atentamente aos médicos, gestores e técnicos que colocaram todas as possibilidades de atendimento à população e de imediato pediu um plano de ação que começa com a reativação da Ala de covid-19 do Hospital de Retaguarda.

O governador pediu a todos que não poupem esforços para garantir o atendimento total e com qualidade para a população, em especial na unidade que atenderá os pacientes com síndromes gripais.

“A estrutura do hospital está pronta e preparada para atender todos os pacientes que necessitam de cuidados e internações. O Hospital Estadual de Retaguarda está ativo e preparado para atendermos os pacientes que necessitarem de internações e cuidados avançados”, disse o governador.

Ele informou ainda, que enviou ofício a todos os prefeitos para que possam adotar medidas para reduzir o impacto dessa nova onda. “Peço a toda população do Estado que se vacine, tomem todas as doses necessárias para a total imunização. Juntos venceremos a guerra contra a covid-19”, declarou.

No ofício enviado às prefeituras, o Governo do Estado apresentou dados que auxiliaram na decisão da reabertura da ala destinada para pacientes com covid-19 no Hospital Estadual de Retaguarda. Conforme a CGVS, nas últimas semanas de 2021 houve aumento no número de testes RT-PCR, no entanto a circulação do coronavírus não era significativa e houve poucos casos confirmados, portanto, baixa positividade dos testes. 

No entanto, logo no início de janeiro de 2022, houve um expressivo crescimento no número de casos confirmados de covid-19, fazendo a taxa de positividade, que no mês de dezembro era de 2,6%, saltar para 22,9% nos nove primeiros dias de 2022.

A análise de risco da CGVS aponta que o aumento substancial no número de casos é um indicativo de circulação da cepa Ômicron. Além disso, também aponta que a baixa cobertura vacinal para segunda dose e dose de reforço colaborou para o atual cenário.

Governo recomenda que prefeituras adotem medidas para frear contágio

O Governo do Estado recomendou às prefeituras a adoção das medidas básicas e transversais como a suspensão de atividades escolares presenciais, intensificação da vacinação contra a covid-19 e utilização de teste rápido antígeno (TR-Ag) e RT-PCR para diagnosticar ao invés de testes rápidos de anticorpos.

O Estado também recomenda que os municípios proíbam qualquer evento de aglomeração e mantenha o distanciamento social nos ambientes de trabalho das repartições e órgãos públicos.

Também foi recomendada a suspensão de atividades econômicas não essenciais, com limite de acesso e tempo de uso dos clientes e horários diferenciados nos setores econômicos para reduzir aglomerações nos sistemas de transporte público.

 

Avalie este item
(0 votos)

Em virtude da nova onda de covid-19, desta vez com maior poder de transmissibilidade e com intuito de resguardar a saúde de todos os pacientes e servidores, a Secretaria de Saúde suspendeu a presença do acompanhante de pacientes em algumas alas do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth.

Fica proibido o acompanhante no centro cirúrgico, no Bloco das Margaridas e Bloco Girassol. Na ala das orquídeas, onde ficam as gestantes em pré-parto e na ala de observação, o acompanhante será chamado quando a paciente for para sala de parto, mas será obrigatória a apresentação do cartão de vacina com o esquema vacinal completo.

“Estamos tomando essa medida para evitar o surgimento de novos casos e para frear o contágio da doença. É importante que todos os protocolos de saúde sejam cumpridos para que possamos o quanto antes sair dessa situação. Até lá, peço que quem ainda não se vacinou, procure um ponto de vacinação e garanta a sua proteção”, disse o governador Antonio Denarium.

O livre acesso aos bebês internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) será somente para as mães internadas na casa da gestante, das 11h09 às 12h, também sendo obrigatório apresentar o cartão de vacina com o esquema vacinal completo.

O acompanhante somente terá acesso aos demais blocos se apresentar o cartão de vacina com esquema vacinal completo e cumprir com os protocolos exigidos pelas autoridades de saúde, como uso obrigatório de máscara e não possuir nenhum sintoma respiratório e febre.

 

Avalie este item
(0 votos)

A Coordenação de Esportes da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) vai promover neste fim de semana, dias 15 e 16, no Parque Anauá uma clínica esportiva e um desafio misto de futevôlei com a participação de competidores de destaque nacional. A programação não terá concentração de público e todos os protocolos para evitar o contágio da covid-19, como uso de máscara e álcool para higienização das mãos, serão adotados.  

O desafio misto conta com a participação das atletas Rafinha e Maria Paula e dos irmãos Gustavo e Thiago Leite, do Amazonas. Neste sábado, o evento começa a partir das 16 horas e no domingo a partir das 9h na arena de competições montada no Parque Anauá.

Na avaliação da coordenadora de Esportes da Setrabes, Caroll Maduro, a importância do evento além da integração entre os desportistas nacionais visa também fortalecer o esporte como uma política pública para todos.

"O programa Mais Esporte Mais Cidadania já contemplou inúmeras ações em todos os municípios com a realização de clínicas esportivas a exemplo desta que ocorre neste final de semana com atletas nacionais, além de promover o intercâmbio em competições nacionais de nossos atletas com a execução do Compete Roraima, outro programa de governo de grande relevância executado em 2021", destacou.

A titular da Setrabes, Tânia Soares, enfatizou que o esporte foi uma das propostas de governo executadas com muita ênfase nesta gestão, oportunizando aos jovens a troca de experiências e a oportunidade de participar em competições nacionais com mais de 250 passagens ofertadas pelo governo de Roraima, por meio do programa Compete Roraima em 2021.

"Por inúmeras vezes acompanhamos com alegria o desempenho de nossos atletas que brilharam em competições nacionais e internacionais com um grande destaque para o estado de Roraima. Por determinação do governador Antonio Denarium, vamos dar continuidade em 2022 aos programas de esportes executados na Setrabes, apoiando e incentivado estes talentos de nosso esporte roraimense”, comentou.

Sábado, 15 Janeiro 2022 11:43

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 368.799 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 132.526 foram confirmados, sendo 27.180 por RT-PCR e 105.346 por teste rápido, 236.273 descartados, sendo 63.608 por RT-PCR e 172.665 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.717 em Alto Alegre, 1.197 no Amajari, 102.241 casos foram notificados em Boa Vista, 2.588 em Bonfim, 2.670 no Cantá, 2.730 em Caracaraí, 2.071 em Caroebe, 1.443 em Iracema, 2.411 em Mucajaí, 651 em Normandia, 2.464 em Pacaraima, 3.441 em Rorainópolis, 1.682 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.206 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.302 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.844 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.032 em Bonfim, 3.654 no Cantá, 3.946 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.758 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.703 em Pacaraima, 5.478 em Rorainópolis, 2.650 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 743 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.924 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.455 são de Boa Vista, 2.519 de Bonfim, 2.536 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está disponibilizando mil vagas para o Concurso Público para professor da Carreira do Magistério da Educação Indígena. As inscrições seguem até a próxima segunda-feira, 17, e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site: www.idecan.org.br.

A taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de Magistério Nível Médio Completo e de R$ 100 para os cargos de Nível Superior. A data limite para pagamento é 18 de janeiro de 2022.

Como forma de facilitar o acesso à internet para os professores que moram nos municípios do interior e nas comunidades indígenas, os Polos de Atendimento da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) estão à disposição dos docentes para a inscrição em todos os municípios do interior.

Estão sendo ofertadas 300 vagas para cargos de Magistério Nível Médio Completo, com salário inicial de R$ 3.004,80 e 700 vagas para cargos de Nível Superior, com salário inicial de R$ 3.782,94. Ambos com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

O governador Antonio Denarium destacou a importância do certame para a educação nas comunidades indígenas, ressaltando que o concurso, proporciona valorização.

“Esse concurso era aguardado há mais de uma década e nós estamos fazendo. Ganham os alunos e ganham os professores, que agora vão trabalhar mais motivados, melhorando a qualidade do ensino em todos os cantos do Estado”, destacou.

“Uma oportunidade excelente para os docentes que aguardavam esse concurso há mais de 15 anos. É um concurso específico e diferenciado, que atende as especificidades da educação escolar indígena”, destacou Semaias Alexandre, presidente da Comissão do Concurso.

Avalie este item
(0 votos)

Nesta quinta -feira (14), o Instituto de Previdência do Estado de Roraima - Iper, deu posse aos novos membros do Conselho Estadual de Previdência (CEP). Os novos representantes dos aposentados e servidores da ativa foram eleitos durante votação ocorrida no dia 11 de novembro de 2021.

O presidente do Iper, José Haroldo Campos, explica que o trabalho do Conselho é essencial para a Instituição. “O Conselho Estadual de Previdência, é um órgão que delibera sobre toda as questões que envolvem o Instituto de Previdência. É um conselho independente, onde são analisados desde regimentos internos, até mesmo as locações dos recursos previdenciários, que agora, tem sua nova formação no biênio 2022/ 2024”, detalhou o presidente.

A representante titular dos Aposentados, Albanira Cordeiro de Araújo, destacou a importância do Conselho para os segurados“. O objetivo do Conselho é acompanhar que todos os servidores estaduais possam ter sua aposentadoria, então, a gestão visa sempre o bem comum dos servidores”, ressalta.

Para Leandro Almeida Barbosa, integrar o Conselho é uma forma de acompanhar toda a organização e trâmite das questões previdenciárias. “Vai ser um momento de verificação e de acompanhar toda a organização do CEP”, explicou o representante titular dos servidores ativos.

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) recebeu as primeiras 4,8 mil doses pediátricas da vacina contra o covid-19 para crianças de 5 a 11 anos de idade. O carregamento chegou por volta de meio-dia desta sexta-feira, 14, em um vôo da companhia aérea Latam.

Com a autorização para uso por parte do INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde), órgão ligado ao Ministério da Saúde e responsável pela aprovação, agora as doses poderão ser repassadas aos municípios de Roraima para aplicação.

“É uma alegria muito grande receber as vacinas para as crianças do nosso Estado. Estamos comprometidos em conseguir o maior número de doses possíveis para imunizar a população de Roraima em todas as faixas etárias possíveis, porque vacinas salvam vidas”, disse o governador Antonio Denarium.

De acordo com a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, durante a tarde desta sexta-feira, haverá uma reunião com todos os secretários e equipes dos municípios para discutir a distribuição.

“Ela vai ser feita conforme o público alvo de cada município, então nós temos as estimativas da população de cada município. A prioridade vai ser crianças e adolescentes com comorbidades. Então conforme a população estimada de cada município, vai ser feita a distribuição”, explicou Valdirene.

Superintendente Estadual do Ministério da Saúde, Juliano Bacarim ressaltou a importância desse momento emblemático, em que o Estado e os municípios poderão avançar no trabalho de imunização contra o covid-19.

“Todos terão o seu momento de ser vacinado. 11 anos, 10 anos, nove, oito, sete, seis, até cinco anos de idade. Vai ter doses suficientes para vacinar todas as crianças de Roraima. Então nós estamos repassando para o Estado, que vai repassar para os municípios, para começar a aplicação das doses. É esse o trabalho do Ministério e o trabalho da superintendência, do Estado e dos municípios: salvar vidas”, complementou.

Avalie este item
(0 votos)

Os pais ou responsáveis que por algum motivo não conseguiram efetivar a matrícula dos estudantes no período oficial de matrículas que encerra nesta sexta-feira, 14, poderão recorrer ao atendimento da Central de Matrículas do Estado.

A Central vai funcionar nos dias 18, 19 e 21 de janeiro, na unidade Tancredo Neves da Univirr (Universidade Virtual de Roraima), que fica localizado na Avenida São Sebastião, n° 521, bairro Tancredo Neves. O horário de atendimento será das 8h às 13 horas.

“No final da tarde de hoje, desta sexta-feira, 14, teremos o número de vagas remanescentes que serão disponibilizadas para a Central. Queremos tranquilizar a comunidade e dizer que o Estado tem vagas suficientes para matricular todos os estudantes. Na capital, foram ofertadas mais de 15 mil vagas e no interior, mais de 10 mil vagas”, destacou José de Souza, secretário adjunto de Gestão da Educação Básica da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

Na Central, basta apresentar o RG do pai ou responsável e também do estudante. No atendimento, a equipe da Seed localizará uma vaga para o ano ou série desejada. Após identificar a escola que dispõe da vaga, os pais ou responsáveis recebem um encaminhamento para que se dirijam direto à escola e efetive a matrícula.

Na escola, será necessário apresentar cópia e original do histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno.

E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado; cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e 2 fotos 3x4 recentes.

Avalie este item
(0 votos)

Por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima trabalha na recuperação e reconstrução de pontes de madeira para melhorar a trafegabilidade das estradas. Na área rural do Cantá, a vicinal 1, do Taboca ganhou uma nova ponte, com extensão de 25 metros.

O trabalho é executado por meio do programa Aqui tem Obra e visa proporcionar maior segurança e trafegabilidade aos motoristas, moradores e produtores rurais que utilizam a via diariamente.

A maioria dos serviços de construção de pontes e recuperação de estradas é executada com recursos próprios do Governo do Estado de Roraima, que prioriza os investimentos na infraestrutura viária para dar meios para o desenvolvimento das atividades econômicas do interior.

“Todas as nossas estradas e rodovias, sejam elas pavimentadas ou não, são importantes para a economia do nosso Estado. Elas são as rotas de escoamento da produção agrícola dos pequenos, médios e grandes produtores rurais. Agora entregamos para todos uma ponte com uma nova estrutura”, pontuou o governador Antonio Denarium.

Ainda no município do Cantá, outra obra muito aguardada pelos moradores é a pavimentação da estrada Tronco/Malacacheta, região que também dá acesso à Taboca. O trecho de 11 quilômetros que receberá pavimentação asfáltica, já passa pelo serviço de terraplanagem e os trabalhos incluem ainda melhorias em galerias e bueiros e a substituição de uma ponte de madeira com 15 metros de extensão, localizada no igarapé do Inácio. 

Essa obra conta com recursos originários de emenda parlamentar do deputado federal Jhonathan de Jesus e contrapartida do Governo do Estado, no valor de R$ 8 milhões.

Quinta, 13 Janeiro 2022 23:26

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 368.181 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 132.113 foram confirmados, sendo 27.082 por RT-PCR e 105.031 por teste rápido, 236.068 descartados, sendo 63.431 por RT-PCR e 172.637 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.709 em Alto Alegre, 1.197 no Amajari, 101.870 casos foram notificados em Boa Vista, 2.578 em Bonfim, 2.668 no Cantá, 2.727 em Caracaraí, 2.069 em Caroebe, 1.442 em Iracema, 2.411 em Mucajaí, 650 em Normandia, 2.457 em Pacaraima, 3.440 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.206 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.283 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.690 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.028 em Bonfim, 3.652 no Cantá, 3.940 em Caracaraí, 2.781 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.757 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.702 em Pacaraima, 5.470 em Rorainópolis, 2.650 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 743 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.900 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.433 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.536 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.353 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.389 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima atendeu, durante todo o ano de 2021, um total de 856 ocorrências de acidente de trânsito em todo o Estado. Este número é menor do que o registrado em 2020, quando foram atendidas 943 ocorrências desse tipo.

Entretanto, mesmo com a redução do total de ocorrências, a corporação constatou um aumento considerável no número de ocorrências com vítimas presas em ferragens ou retidas em veículos.

Entre 2020 e 2021, o aumento foi de 79%. Foram 34 ocorrências no ano passado contra 19 em 2020. Esse aumento se deve, principalmente, ao crescimento do número de situações envolvendo atendimentos de colisão entre carros e carro com objeto fixo (árvores, postes, muros, prismas de concreto, etc).

Acidentes carro com carro tiveram um aumento de 40%, sendo 63 em 2021 contra 45 em 2020. Já as ocorrências com colisão de carro com objeto fixo, aumentaram 120%, saltando de 10 para 22.

Segundo o capitão Leonardo Menezes, comandante da Companhia de Busca e Salvamento, o aumento das ocorrências com vítimas presas preocupa a corporação. “Analisando as estatísticas do Corpo de Bombeiros, chegamos a constatação que, mesmo com a redução do total, os acidentes de trânsito estão ficando mais fortes e violentos. O forte impacto faz com que a vítima não consiga sair com meios próprios e precise ser retirada pelas guarnições do CBMRR”, disse o capitão.

Ainda segundo Leonardo, quanto mais forte o impacto, maior é a velocidade do veículo antes da colisão, ou seja: maior é a probabilidade da vítima sofrer danos físicos. “Com o excesso de velocidade, a deformação veicular é maior e, mesmo com a utilização do cinto de segurança e com os mais avançados sistemas de proteção contra impactos, airbags, instalados nos veículos, a vítima tende a bater partes não vitais do seu corpo na estrutura do veículo, podendo sofrer fraturas e outros tipos de lesões”.

OUTROS DADOS

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima, além do aumento das ocorrências de vítimas presas em veículos, registrou um aumento no número de atendimentos envolvendo atropelamentos.

Em 2020, a Corporação havia registrado 44 atendimentos. Em 2021, o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima realizou o atendimento de 53 ocorrências, um aumento de 21%.

O número de ocorrências de capotamento permaneceu estável, 41 ocorrências. Já as ocorrências envolvendo colisões entre carros e motos tiveram redução de 17%, de 428 em 2020 para 354 em 2021. Porém, este tipo de acidente de trânsito representa 58%, ou seja, mais da metade dos atendimentos de acidente de trânsito realizados em 2021 pelo CBMRR.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Infraestrutura, continua focado nos serviços de melhorias e adequações nas estradas vicinais do Estado. A vicinal 19 em Mucajaí passa por manutenção e as máquinas trabalham em ritmo acelerado para limpeza, piçarramento e implantação de bueiros de concreto.

O serviço vai melhorar o tráfego de veículos, escoamento da produção agrícola e o deslocamento de moradores que residem em propriedades rurais às margens da vicinal.

O governador Antonio Denarium ressalta sua preocupação com a boa condição das estradas em nosso Estado.

“Queremos que os moradores do interior tenham condições de fazer os percursos necessários de forma confortável e segura. Além disso, estradas em boas condições garantem agilidade no escoamento da nossa produção agrícola, bem como facilidade para que a população da zona rural acesse as sedes dos municípios e a capital", finaliza.

Os trabalhos fazem parte do cronograma de serviços desenvolvido pelo programa Aqui tem Obra, executado pelo governo em todos os municípios. Para 2022 serão entregues mais 72 pontes. Também serão recuperados mais 375 quilômetros de estradas vicinais em todo o Estado.

Avalie este item
(0 votos)

Seguindo com o cronograma da rede estadual de ensino, o período de matrículas para o ano letivo 2022 segue até sexta-feira, 14. Somente nas escolas da capital são ofertadas 15.055 novas vagas distribuídas entre as 59 escolas.

As matrículas estão ocorrendo de forma presencial, direto nas secretarias das escolas. No início da semana, alguns pais chegaram a fazer filas em frente às unidades de ensino, devido à preferências por determinadas escolas, mas a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, garantiu que não há necessidade de filas, pois há vagas suficientes para atender a todos.

“Estive pessoalmente na escola Monteiro Lobato, onde uma fila se formou ainda no domingo. Conversei com os pais, expliquei que temos vagas para atender os estudantes, que trabalhamos com o reordenamento da rede, com vagas destinadas a receber os estudantes que vem do município e também alunos que desejam transferências de escolas”, explicou a secretária.

Ela informou ainda que conforme a legislação, os estudantes devem ser matriculados preferencialmente em escolas próximas de suas residências, mas que a preferência dos pais também é respeitada.

E em busca de atender a comunidade escolar, foi autorizado pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto) a abertura de mais duas turmas de 1ª série do Ensino Médio na Escola Monteiro Lobato e também, outras 12 salas de aulas foram abertas na Escola Severino Cavalcante, no bairro Pintolândia, para o atendimento dos estudantes do 6° ano do Ensino Fundamental.

Estudantes que participaram do sorteio público eletrônico precisam efetivar a matrícula

Os pais dos alunos que participaram do sorteio de vagas nas escolas da rede estadual precisam efetivar a matrícula na instituição de ensino. Só o fato de ter sido sorteado não garante a vaga. É preciso ir até a escola, levar documentos e fazer a matrícula.

Em algumas escolas, os pais não estão indo fazer a matrícula, como é o caso do Colégio Estadual Militarizado Elza Breves de Carvalho. Nestas escolas existe lista de espera.

As vagas sorteadas que não forem preenchidas até o dia 14, serão disponibilizadas para os que estão na lista.

Central de Matrículas - Após o período oficial de matrículas, a rede estadual vai iniciar com atendimentos na Central de Matrículas, para os pais ou responsáveis de estudantes que por algum motivo, não tenham conseguido efetivar a matrícula para o ano letivo 2022 no período oficial.

A Central vai funcionar a partir do dia 18 de janeiro, na unidade Maria Odete Calheiros Pena, no prédio da Univirr (Universidade Virtual de Roraima), localizada na Avenida São Sebastião, n° 521, bairro Tancredo Neves.

“A política educacional da gestão do governador Antonio Denarium é garantir matrícula para todos os estudantes. Nenhum aluno ficará fora de sala de aula”, garantiu a secretária Leila Perussolo.

Matrículas estão ocorrendo também no interior e nas comunidades indígenas

No interior do Estado e nas comunidades indígenas, as matrículas também estão sendo realizadas nas instituições de ensino e seguem até o dia 14 de janeiro. Estão sendo ofertadas 10.559 vagas sendo 2.829 para o 6° ano do Ensino Fundamental, 2.059 para 1ª série do Ensino Médio e 1.660 para EJA (Educação de Jovens e Adultos) distribuídas nas 61 escolas urbanas e rurais dos municípios.

Outras 4.011 vagas, sendo 1.345 para o 1° ano do Ensino Fundamental, 1.498 para o 6° ano do Ensino Fundamental e outras 1.171 para a 1ª série do Ensino Médio estão seno disponibilizadas nas 249 escolas indígenas. 

“São mais de 10 mil vagas para as escolas do interior. As matrículas estão ocorrendo normalmente, de forma tranquila. Vamos atender a demanda e efetivar todas as matrículas”, reforçou Sebastiana Soares, diretora Interina do DGE (Departamento de Gestão Escolar) da Seed, setor responsável pelas escolas do interior do Estado.

Quarta, 12 Janeiro 2022 19:19

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima iniciou nesta semana a distribuição dos gêneros alimentícios para abastecer as escolas e atender os estudantes com a alimentação escolar no ano letivo 2022, previsto para iniciar no próximo dia 7 de fevereiro.

“Nossa gestão tem proporcionado além de um espaço de aprendizagem adequado com investimentos em reformas, revitalizações e entrega de mobiliários, uma alimentação escolar de qualidade. Acreditamos que ações como essas, contribuem para que o aluno tenha um pleno desenvolvimento e sucesso escolar”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

O abastecimento das escolas ocorre de forma periódica. A cada 20 dias são entregues os alimentos não perecíveis, enquanto que os itens perecíveis são distribuídos a cada 10 dias.

As escolas estão recebendo produtos como macarrão, feijão, arroz, sardinha em conserva, peixe, carne bovina, achocolatado, leite em pó, biscoitos, açúcar, suco e entre outros. Foram investidos R$ 6.372.624,97, com recursos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

“Agradeço em nome de toda a escola pelo compromisso do Governo do Estado que está antecipando a entrega da merenda escolar. Atitudes como essa, tem fortalecido a nossa confiança no Governo, pois são coisas que não aconteciam em gestões anteriores. Houve momentos que começávamos as aulas e os alimentos não tinham sido entregues. Mas isso ficou no passado”, relembra José Adilson dos Santos, gestor da Escola Estadual Vereador Francisco Pereira Lima, localizada no munícipio de Mucajaí, que já está com a dispensa devidamente abastecida.

As escolas também vão receber gêneros da agricultura familiar

Segundo Naicon Rodrigues, diretor do DAE (Departamento de Apoio ao Educando) da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), setor responsável pela distribuição dos gêneros alimentícios, ao longo do ano serão realizadas outras aquisições de alimentos, incluindo produtos da agricultura familiar.

“Iniciamos as entregas pelas escolas do sul do Estado. Depois vamos distribuir para as unidades escolares indígenas e as localizadas nos demais municípios do interior. Todas também vão receber gás de cozinha”, destacou Naicon.

Escolas localizadas em áreas de difícil acesso, ou seja, em áreas em que só é possível chegar por via aérea, também vão receber os produtos para o preparo da merenda. Há sete anos não chegava a alimentação nessas localidades.

“Em 2021, o Governo de Roraima contratou horas de voo e a Seed realizou entrega de alimentos nestas escolas, garantindo aos estudantes o direito educacional básico da merenda escolar”, explicou Naicon.

Governo contrata merendeiros e equipa copas e cozinhas das escolas

Para garantir a oferta de uma merenda escolar de qualidade, o Governo do Estado está contratando 521 profissionais de copa e cozinha (merendeiros), sendo 248 para atender escolas da capital e interior, (já contratados e lotados) e outros 273 para as escolas indígenas, que estão assinando contrato nesta semana.

Após a lotação, os merendeiros vão passar por capacitação para melhor atender os estudantes na manipulação e no preparo da alimentação escolar. Além disso, o Governo também iniciou a distribuição de novos eletrodomésticos que não chegavam há mais de 15 anos nas escolas.

Estão sendo entregues fogões, freezers, geladeiras, liquidificadores, além de bebedouros e kits refeitório. Os equipamentos vão otimizar as atividades de rotina nas cozinhas das unidades educacionais e garantir um melhor armazenamento dos produtos.  

Avalie este item
(0 votos)

O governador Antonio Denarium realizou nesta quarta-feira, 12, vistoria às obras do PAAR (Pronto Atendimento Airton Rocha), no HGR (Hospital Geral de Roraima). Iniciada em setembro de 2021 e com 55% dos trabalhos concluídos, a obra deve ser finalizada nos próximos 45 dias. A construção tem um investimento de R$ 1,5 milhão, oriundos de recursos próprios do Governo.

De acordo com o governador, o trabalho de revitalização não só no PAAR, mas em todo o HGR, é parte do plano da atual gestão para revitalizar todas as unidades hospitalares estaduais, com o objetivo de levar atendimento de qualidade à população.

“O Governo tem cumprido com todos os seus compromissos e todas as unidades de saúde do Estado serão totalmente revitalizadas. Tivemos a conclusão do anexo do HGR, o bloco E, que já está pronta a parte de construção civil e agora vamos equipar e começar o atendimento, no máximo, até o final de janeiro. É de fundamental importância essa revitalização para que, quando o paciente chegar, ele seja bem acolhido, com mais conforto e com melhor atendimento.”, destacou Denarium.

O secretario de Saúde, Leocádio Vasconcelos ressaltou que as obras estruturantes nas unidades estaduais são prioridade, a exemplo da reforma do HMI (Hospital Materno Infantil). Ele também pontuou que os trâmites em torno da retomada das cirurgias eletivas estão sendo finalizados.

“Estamos trabalhando também na questão da Maternidade, o Anexo do HGR, as unidades do interior. Nós estamos priorizando agora as obras e, em paralelo também, as cirurgias. Já está tudo definido. Deveremos começar muito em breve com certeza”, disse.

CIRURGIAS ELETIVAS

Os trâmites legais acerca do retorno das cirurgias eletivas, ou seja, aquelas programadas, que não demandam urgência em sua realização, já estão sendo finalizados. Para diminuir a fila, houve a contratação de 6.200 cirurgias na rede privada para a realização de mutirões para os procedimentos. “Vamos também iniciar as cirurgias lá em Rorainópolis para atender a população do sul do Estado”, complementou Denarium.

VISITA NO GRANDE TRAUMA

Além de vistoriar a obra, o governador também fez uma visita ao Pronto Socorro Dr. Francisco Elesbão. Na ocasião, conversou com a população e conheceu o novo espaço do Grande Trauma, recentemente finalizado e que será utilizado pela população como parte da estrutura do Pronto Socorro.

“Quando nós inauguramos a nova estrutura do Pronto Socorro, transferimos a estrutura para lá e agora o Grande Trauma se torna uma extensão do Pronto Socorro e do HGR, com mais 13 leitos, com novos equipamentos, dando atendimento e uma segurança melhor para as pessoas que precisam de atendimento médico. É o Governo do Estado fazendo a reconstrução da Saúde do Estado”, concluiu Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

Boa Vista é a nova casa do professor doutor em Educação Física, André de Araújo. O cearense de 36 anos é um dos 15 aprovados no concurso público realizado pela Universidade Estadual de Roraima (UERR) no segundo semestre do ano passado e tomou posse nesta quarta-feira, dia 12.

Emocionado durante a solenidade, ele conta que está ansioso para começar a trabalhar. “Quando saiu a classificação final eu fiquei imensamente feliz. Eu estou sem palavras”, comemora.

Aprovada no mesmo certame que André, Vitória Gandur Pigari está animada para voltar a ministrar aulas na UERR. Ela já atuou como professora horista por um semestre e a partir do mês de março vai lecionar como professora efetiva do curso de Medicina. “É uma grande honra. Estou animada em fazer parte do corpo de docentes da universidade. Pretendo contribuir para tornar a UERR uma referência na formação de médicos”.

A cerimônia de posse ocorreu nesta quarta-feira (12) no auditório da instituição em Boa Vista. O evento seguiu as recomendações sanitárias do Ministério da Saúde para prevenção à Covid-19. Em seu discurso o reitor Regys Freitas deu as boas-vindas aos professores empossados e destacou o apoio do Governo do Estado na ampliação do quadro de servidores efetivos da UERR.

“O último grande concurso da UERR foi na implantação da universidade em 2005. Há tempos a instituição não recebia tantos recursos como na gestão do governador Antonio Denarium”, destacou. “É mais um compromisso cumprido pelo Governo de Roraima em melhorar a educação superior. Vocês servidores estão entrando no melhor momento da universidade. Ela está crescendo e vai fazer muita coisa a partir deste ano”, completou.

O governador Antonio Denarium reforçou a importância da valorização do ensino superior. O chefe do executivo estadual afirmou que vai manter e até ampliar os investimentos na UERR. “O prédio da reitoria será reformado, o campus Rorainópolis também vai receber melhorias estruturais”, exemplificou. Ele também mencionou que os acadêmicos terão novidades em investimentos de biblioteca e laboratório já neste semestre.

Os novos docentes da UERR vão atuar no campus de Boa Vista, nos cursos de Administração, Contabilidade, Direito, Educação Física, Enfermagem, Medicina e Serviço Social. Eles começarão a trabalhar em até 15 dias. O concurso público foi realizado entre junho e agosto do ano passado. O certame teve três etapas: prova discursiva, prova didática e prova de títulos. Professores de vários estados do país participaram do certame.

Avalie este item
(0 votos)

Para impulsionar novos negócios e atender microempreendedores formais e autônomos, o Governo de Roraima liberou, por meio da Desenvolve Roraima, mais de R$ 3,7 milhões em financiamentos em 2020 e 2021.

Por conta da pandemia, muitos empreendimentos foram interrompidos ou sofreram queda no faturamento. Em contrapartida, a agência ofertou linhas de crédito para fomentar a economia, auxiliar quem precisava de capital de giro para expandir o negócio e estimular o desenvolvimento, por meio da geração de emprego e renda em todo o Estado.

As linhas de financiamento atendem empreendedores como Katia Soares, proprietária do Tagliatelle Bistrô, que trocou os 17 anos de bancária, pela cozinha de um restaurante. A empreendedora conta que estava desmotivada nos últimos anos e que fazia algumas encomendas na área de alimentação há seis meses. Foi quando ela decidiu apostar no próprio negócio. Abandonou a carteira assinada e foi à Itália, onde se especializou na culinária local e trouxe os conhecimentos para colocar à disposição do paladar dos roraimenses.

O bistrô foi inaugurado em 2015, mas de lá pra cá, precisava de melhorias. Desde o início, Kátia conta que sonhava em ampliar a cozinha. O valor que ela faturava só dava para melhorar a área de atendimento ao cliente. Em 2021, Katia foi contemplada com o financiamento da Desenvolve Roraima no valor de R$ 50 mil.

“Sem o crédito, não teria sido possível viabilizar tantas mudanças em tão pouco tempo. Além de ampliar minha cozinha, investimos na construção de banheiros, em mais um espaço climatizado para os clientes e aquisição de equipamentos. E de fato a ajuda do Governo foi essencial para cobrir em torno de 70% do total das mudanças feitas no bistrô”, contou a empresária.

Assim como a chef de cozinha, outros 445 empreendedores de todo o Estado de Roraima receberam o financiamento, efetivaram ampliações, mudanças estruturais e mais investimento nos seus negócios. A agência de fomento oferta crédito com maior prazo e carência de parcelas, com taxas baixas e sem burocracia.

Benefícios:

Para quem tem um negócio, formalizado ou trabalhe como autônomo, a Desenvolve Roraima disponibiliza a linha Microcrédito Empreendedor, com 6 meses de carência, 30 meses de amortização e juros de 0,99% ao mês.

E para a linha Crédito Rural, o produtor da agricultura familiar e indígena, tem carência de 1 a 2 anos para começar a pagar o financiamento, com taxa de juros de 3% ao ano e 3 anos de amortização.

De acordo com o presidente da agência, Adailton Fernandes, a Desenvolve Roraima, por determinação do governador Antonio Denarium, vem cumprindo a missão institucional de agente financeiro de desenvolvimento econômico do Estado de Roraima, possibilitando os investimentos e financiamentos necessários para que o empreendedorismo e o agronegócio familiar e indígena possam se desenvolver e se fortalecer.  “Desta forma, aumentamos a geração de empregos, como também a produção e a renda da agricultura familiar, para que em 2022, com o aporte de novos recursos do Governo do Estado, a instituição possa disponibilizar em torno de 50 milhões em novos financiamentos”, destacou.

APOSTANDO NO EMPREENDEDORISMO FEMININO

Para fortalecer o empreendedorismo feminino, o Governo de Roraima instituiu o Projeto Potencializando Mulheres, realizado em parceria com a Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social (Setrabes) e financiado pela Desenvolve Roraima, que custeia microempreendedoras com até R$ 5 mil. Na fase inicial, já foram beneficiadas costureiras e profissionais da área da alimentação. O projeto prevê ainda financiamento para o ramo de beleza, artesanato, digital, horticultura e turismo local.

O governador Antonio Denarium explicou durante o lançamento do Potencializando Mulheres que, o projeto faz parte da série de incentivos governamentais para minimizar os impactos da pandemia e fortalecer o empreendedorismo feminino e inserção das mulheres no mercado de trabalho, garantindo mais geração de renda. “Estamos ajudando essas mulheres guerreiras, assim como ajudamos todos que trabalham e produzem. Porque só assim vamos fazer Roraima um Estado voltado ao desenvolvimento, gerando empregos e renda para todos”, destacou Denarium.

INVESTINDO NO CAMPO

No decorrer de todo o ano, a equipe técnica da Desenvolve Roraima leva até o homem do campo mais investimentos, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), que mapeia por meio das Casas do Produtor Rural, potenciais negócios a ser financiados.

Após a orientação da Seapa, a equipe de atendimento da Desenvolve vai ao encontro dos produtores contemplados pelo crédito e leva o contrato de financiamento, facilitando para que os produtores não precisem se deslocar até a capital.

“Essas ações, que trazem os serviços para perto de casa, independente da região que moramos é fundamental, tendo em vista que teríamos que ir até Boa Vista, tendo gastos com estadia, deslocamento e alimentação. E eu ainda teria que deixar o restaurante fechado”, disse Regina Batista, proprietária de um restaurante na Vila do Paiva, em Tepequém, Município de Amajari. Regina foi uma das empreendedoras da região, contemplada com a linha Microcrédito Empreendedor, em novembro de 2021 e agradeceu o apoio recebido do Governo do Estado.

O financiamento pode ser usado para compra de mercadorias para revenda, matéria-prima ou bens produtivos, como insumos agrícolas para irrigação, calcário, máquinas e equipamentos tecnológicos.

Os valores injetados na economia do Estado foram investidos na área de turismo e alimentação, corte e costura, autônomos, para pequenos comerciantes, apicultores, agricultores e produtores rurais, empreendedores da área de beleza, estética, vestuário, perfumaria, construção e serviços.

APOSTA NO EMPREENDEDORISMO

Dymerson Andrade, de 40 anos de idade, dono da Hamburgueria 244, era publicitário e largou a profissão para entrar no ramo alimentício. Ele começou a fazer os hamburgueres em casa, com uma churrasqueira de aro de carro e ele mesmo entregava. Com o passar do tempo, abriu um espaço físico no bairro Buritis. Com a pandemia, o faturamento caiu 80%, mas as vendas retomaram conforme as flexibilizações dos decretos mudaram.

As metas de faturamento foram crescendo e em 2021, Dymerson chegou a vender em um único dia 250 hambúrgueres. Com o sucesso do empreendimento, os próprios clientes indicaram para ele procurar um espaço com maior visibilidade. Foi quando o empreendedor viu um anúncio de vaga no Roraima Garden Shopping e procurou o Sebrae, onde recebeu toda a orientação necessária para ser contemplado com o financiamento da Desenvolve Roraima, por meio da garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

“Recebi um financiamento até maior do que eu estava esperando, de R$ 21 mil. Dois dias depois o crédito foi aprovado. Juntei o valor com minhas economias e investi em uma nova unidade da hamburgueria no Garden, inaugurada em dezembro de 2021. Sou grato pelo apoio, pois sou ciente que, sem agências como essa do Governo do Estado, não teria realizado mais um sonho”, disse Dymerson.

A Desenvolve Roraima está localizada na avenida Major Williams, N 1335, no Centro, pronta para atender os empreendedores do Estado de Roraima, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

Confira os valores financiados nos últimos dois anos e áreas atendidas com as linhas de crédito da Desenvolve Roraima.

Desenvolve Roraima – Contratos financiados 2020

Atividade

Valor financiado

Agricultura

R$ 85.450,00

Fruticultura

R$ 329.070,54

Pecuária

R$ 78.766,27

Avicultura

R$ 129.832,33

Horticultura

R$ 119.563,92

Total Crédito Rural 2020

R$ 742.683,06

 

Desenvolve Roraima – Contratos financiados 2021

Atividade

Valor financiado

Fruticultura

R$ 430.139,73

Apicultura

R$ 387.600,00

Pecuária

R$ 307.965,29

Horticultura

R$ 216.047,41

Agricultura

R$ 103.667,96

Avicultura

R$ 100.781,19

Psicultura

R$ 20.999,00

Açaí

R$ 20.091,12

Total Crédito Rural 2021

R$ 1587.291,70

Microcrédito Empreendedor: Comércio, Serviços e Turismo

R$ 1370.660,76

Total de financiamentos 2020 e 2021

R$ 3.700.635,52

Avalie este item
(1 Votar)

Como forma de garantir espaços adequados para o armazenamento de alimentos e otimizar as atividades das copas e cozinhas das escolas da rede estadual, o Governo de Roraima iniciou a distribuição de novos equipamentos para as unidades.

No ano passado, foram adquiridos por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), 300 fogões, 405 freezers, 300 geladeiras, 400 liquidificadores além de 800 conjuntos de refeitório e 310 bebedouros. As escolas não recebiam esse tipo de material há 15 anos.

“Com a proximidade do início das aulas, estamos preparando nossas escolas para receber os alunos que vão encontrar unidades  equipadas e mais estruturadas a fim de garantir um aprendizado com qualidade”, destacou o governador Antonio Denarium.

A Escola Estadual Ulysses Guimarães, no bairro Silvio Botelho, já recebeu os eletrodomésticos. A escola atende hoje 800 alunos do Ensino Fundamental.

“Agradecemos ao Governo pelo olhar diferenciado com a Educação do Estado. Recebemos novos equipamentos de cozinha para garantir que o ano letivo 2022 seja iniciado sem nenhuma dificuldade de material, favorecendo o bem-estar de alunos e professores, como jamais vimos nesta instituição de ensino”, disse Isane Soares Pedrosa, gestora da escola.

A Escola 13 de Setembro e Colégio Estadual Militarizado Irmã Maria Tereza Parodi, no bairro Vila Jardim, devem receber os eletrodomésticos ainda nesta semana. A distribuição seguirá conforme cronograma de atendimento organizado pela Seed. Serão contempladas escolas da Capital e interior.

Escolas também receberão novos mobiliários e materiais para sala de aula

Os investimentos do Governo do Estado não param por aí. Além da copa e cozinha, as escolas também vão receber outros mobiliários e equipamentos que vão fazer a diferença nos demais ambientes escolares.

Foram adquiridos 3.550 quadros brancos, 8.220 pinceis e 500 conjuntos de mesa e cadeira para professor, a fim de proporcionar mais conforto aos docentes em sala de aula.

“Esta é uma gestão que se preocupa em transformar os espaços escolares, com aquisição de materiais que vão favorecer a melhoria do processo de ensino e também das atividades de rotina da escola, que  contribuem para a formação integral do aluno”, disse a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

O Governo também adquiriu para as escolas, 300 TVs Smart, 500 quadros de feltro, 750 armários de aço, 500 mesas para computadores, 500 poltronas e 1.650 estantes, além de mesas para computadores, cadeiras, e projetores multimídia. Os investimentos na reestruturação das escolas da rede são do Tesouro Estadual, na ordem de R$ 27 milhões.

Quarta, 12 Janeiro 2022 13:12

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 366.665 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 130.981 foram confirmados, sendo 26.976 por RT-PCR e 104.005 por teste rápido, 235.684 descartados, sendo 63.269 por RT-PCR e 172.415 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.706 em Alto Alegre, 1.196 no Amajari, 100.875 casos foram notificados em Boa Vista, 2.567 em Bonfim, 2.594 no Cantá, 2.727 em Caracaraí, 2.066 em Caroebe, 1.442 em Iracema, 2.411 em Mucajaí, 650 em Normandia, 2.452 em Pacaraima, 3.439 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.205 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.281 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.373 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.028 em Bonfim, 3.651 no Cantá, 3.939 em Caracaraí, 2.781 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.757 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.702 em Pacaraima, 5.416 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 743 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.832 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.372 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.533 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.388 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

Quase 20 anos após sua implantação, o bairro Governador Aquilino Mota Duarte, conhecido como Distrito Industrial, inicia uma nova fase da sua história. Nessa terça-feira, 11, o governador Antonio Denarium autorizou o início dos serviços de drenagem na região.

A Obra, coordenada pela Seinf (Secretaria de Infratestutra), abrange um trecho de 2,12 Km na principal via do bairro, que receberá ainda asfaltamento, duplicação, iluminação e calçadas.

“Vamos asfaltar outras 10 ruas no Distrito Industrial. Nosso compromisso é dar melhor condição de vida aos moradores, trazendo mais infraestrutura para o bairro. O que significa mais segurança e desenvolvimento para a área comercial da região”, destacou Denarium.

A primeira fase do projeto conta com emenda de bancada federal no valor de R$ 8,5 milhões e contrapartida do governo de quase R$ 2 milhões. A obra compreende a duplicação do trecho entre o distrito industrial (do 5º Distrito Policial) até a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

Atualmente o Distrito Industrial conta com mais de 50 empresas instaladas, distribuídas entre vários segmentos da cadeia de comércio, serviços e indústrias.

A obra irá beneficiar  empresas e  moradores que trafegam  diariamente pela região. Como é o caso do  microempreendedor Daniel Pinheiro, que tem um comércio no local há mais de 15 anos. “Agora vai ficar show de bola com a drenagem. Vai ter iluminação e segurança, está tudo melhorando”, comemorou.

O morador Luís Shroee não esconde a ansiedade em ver a obra pronta. “ Com o asfalto ficará 100%. Espero que fique pronto antes de começar o inverno. A tendência agora é só  melhorar, não pode parar”, disse.

O segundo projeto de infraestrutura das ruas será licitado em fevereiro e tem emenda do senador Mecias de Jesus, para o asfaltamento de 3,2km em oito ruas no Distrito Industrial. Haverá também calçadas, acessibilidade, sarjetas, drenagem, meio-fio, duplicação de uma das vias e ciclovia.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima entende que a ressocialização é a chave para que um interno do sistema penitenciário possa ter melhores chances de recomeçar. Por conta disso, o Executivo, por meio da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), vem coordenando o projeto Renascer, que visa dar oportunidades para os reeducandos que desejam voltar ao convívio social por meio da força do trabalho.

Atualmente atendendo 48 detentos em todas as unidades prisionais do Estado, a iniciativa oferece oficinas profissionalizantes voltadas as áreas de lava-jato, oficina mecânica, lanternagem e pintura, borracharia, marcenaria, serralheria e barbearia, com o objetivo de transformar as unidades prisionais em celeiros produtivos e de crescimento profissional.

O governador Antonio Denarium pontua que o projeto Renascer faz parte do pacote de medidas que estão sendo tomadas pelo governo para evitar a reincidência de presos, ou seja, que ao saírem do sistema prisional, retornem ao mundo do crime e, consequentemente, aos presídios.

“A maior prova de que esse projeto está funcionando é que, no ano passado, 11 ex-detentos que participaram do Renascer voltaram ao convívio social e nenhum deles retornou ao sistema prisional. Essas iniciativas de fato funcionam. Por isso, abraçamos e fazemos questão de continuar esse trabalho, pois todos merecem uma segunda chance”, destacou o chefe do Executivo.

Coordenador do projeto Renascer, Lúcio Oliveira Arruda ressaltou que o principal impacto da iniciativa para a sociedade é justamente a ressocialização por meio de oficinais profissionalizantes. Tal objetivo tem dado cada vez mais visibilidade à esse trabalho realizado pela Sejuc

“É um projeto em que os reeducandos acabam aprendendo uma profissão e uns que já tinham a profissão acabam aprimorando. Isso incentiva [o interno] a ingressar no mercado de trabalho e não voltar a cometer delitos”, ressaltou.

Tendo a premissa de que o projeto Renascer é aberto à sociedade, a população pode estar contribuindo com as atividades por meio de doações de materiais de insumo de trabalho, tais como madeira, ferro pra serralheria, pneus, itens de oficinas mecânicas, lava jato, marcenaria e serralheria, entre outros itens.

A doação pode ser feita na sede da Sejuc, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n° 8120, bairro São Vicente; ou na coordenação do projeto, que funciona na Garagem do Governo, localizada na Avenida Dr. Paulo Coelho Pereira, também no São Vicente, próximo ao Cemitério Municipal de Boa Vista.

Avalie este item
(1 Votar)

Em Nota Alerta, o Governo de Roraima chamou a atenção para o aumento de 67% dos casos confirmados de covid-19 entre as duas últimas semanas de dezembro de 2021 e a primeira semana de janeiro de 2022.

O documento, que foi elaborado pela Secretaria de Saúde, por meio da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde, que monitora o comportamento do Coronavírus no Estado, será encaminhado aos 15 municípios do Estado como forma de alerta.

No período de dezembro de 2021, Roraima tinha 781 casos confirmados de covid-19. Na primeira semana de janeiro de 2022, esse dado saltou para 1.305, um aumento relativo a 67%.

Segundo a coordenadora Geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, em dezembro de 2021, a taxa de positividade dos exames feitos no Lacen-RR [Laboratório Central de Roraima] era de 2%. “No período que vai de 1 a 9 de janeiro de 2022, essa taxa avançou para 18,3%”, alertou.

Em Roraima continua em vigor o Decreto 28.835 que estabelece o uso de máscara de proteção facial em lugares públicos e privados em todo o Estado, principalmente em locais de frequentação coletiva, sejam fechados ou abertos, bem como em áreas de circulação comum, vias públicas e nos meios de transporte públicos ou privados, sobretudo, respeitando o distanciamento social.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO

A aplicação das doses contra a covid-19 é responsabilidade das prefeituras dos 15 municípios do Estado. O Governo de Roraima recebe as doses e distribui imediatamente para o interior.

Até o momento Roraima recebeu do Ministério da Saúde 1.212.538 doses de vacinas e distribuiu 826.495 doses distribuídas. Foram aplicadas 513.334 (1ª dose), 535.104 (2ª dose) e 148.920 (dose reforço).

Terça, 11 Janeiro 2022 15:56

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 366.006 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 130.541 foram confirmados, sendo 26.964 por RT-PCR e 103.577 por teste rápido, 235.465 descartados, sendo 63.241 por RT-PCR e 172.224 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.705 em Alto Alegre, 1.195 no Amajari, 100.466 casos foram notificados em Boa Vista, 2.562 em Bonfim, 2.586 no Cantá, 2.727 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.442 em Iracema, 2.406 em Mucajaí, 650 em Normandia, 2.451 em Pacaraima, 3.439 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.205 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.280 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.192 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.028 em Bonfim, 3.650 no Cantá, 3.939 em Caracaraí, 2.781 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.755 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.701 em Pacaraima, 5.385 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 742 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.807 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.349 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.388 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(2 votos)

A deputada estadual Lenir Rodrigues (PPS) visitou o delegado Geral, Herbert de Amorim Cardoso na manhã desta segunda-feira (10), ocasião em que anunciou alocação de recursos no valor de R$ 100 mil, para fortalecer os trabalhos do LGF (Laboratório de Genética Forense), pertencente ao IC (Instituto de Criminalística) da PCRR (Polícia Civil de Roraima).
O encontro aconteceu na Sala de Reuniões da Delegacia Geral e contou ainda com a presença do diretor do IC, Stteffani Ribeiro e da perita criminal Érica Veras.

O diretor do IC destacou que o recurso será destinado à compra de reagentes específicos, utilizados em crimes de violência contra a mulher e em casos de pessoas desaparecidas.
“Nós temos um alto índice dessa demanda no Laboratório hoje e essa emenda vai ser destinada à compra dos reagentes para auxiliar a elucidação de casos”, destacou Ribeiro.

Conforme a deputada, a parceria com a PCRR ocorre desde 2015.
“Nós estamos alocando emendas anualmente, sempre tentando aprimorar o laboratório. É importante, pois muitas vezes, o criminoso ao violentar uma mulher, pode não ser identificado pelo aspecto físico. Mas pelo DNA é possível”, afirmou.

Lenir Rodrigues frisou a importância da identificação criminal de agressores no combate à violência contra a mulher em Roraima.

“Não adianta ir mascarado, na calada da noite. Aqui em Roraima não tem mais como a pessoa cometer o estupro e não ser detectada a sua identidade, pois a população conta com o trabalho fantástico da Polícia Civil, por meio do Laboratório de Genética Forense e a nossa contribuição é colocar emenda para que o material de identificação seja comprado e o trabalho realizado”, afirmou.

Durante a reunião, o Delegado Geral agradeceu a deputada e ressaltou a importância do trabalho realizado no LGF durante as investigações e no combate aos crimes hediondos.
 “Entre esses crimes, a gente tem um grande sucesso na elucidação de casos de estupro. Nas investigações, muitas vezes, nós não temos pistas sobre o agressor e o LGF nos dá a certeza da sua identificação”, ressaltou.

Cardoso ressaltou o sentimento de gratidão que a sociedade demonstra ao trabalho.
“São crimes sensíveis e esse é um trabalho que a sociedade agradece muito. Eu, em nome do governador Antonio Denarium, também agradeço pela oportunidade de melhorar os serviços da PCRR prestados à população”, concluiu.

Avalie este item
(2 votos)

O primeiro título de registro do Serviço de Inspeção Estadual – S.I.E do ano de 2022 foi entregue nesta segunda-feira (10), pela Aderr (Agência de Defesa Agropecuária). A empresa é uma Unidade de Produtos de Abelha, a segunda do segmento a obter o documento e se enquadra na categoria artesanal.

Desde 2012, o registro é emitido pela Aderr, que trabalha para assegurar a qualidade dos produtos que chegam à mesa dos roraimenses, garantindo também a confiabilidade das empresas. O documento dá legalidade de venda do produto em todo o Estado e o torna sanitariamente seguro.

Esse é um incentivo aos microemprendedores individuais (MEI) e para os agricultores familiares (DAP), uma vez que há flexibilizações para este público, como explica o gerente de inspeção de produtos de origem artesanal, Diego Costa.

“Nesta categoria as exigências são equacionadas para as pequenas produções, porém mantendo toda a exigência sanitária. Os artesanais também são isentos de taxas dentro da Aderr.”

Assim, a empresa tem o aval para atender todos os mercados locais, gerando também empregos no mercado de trabalho e trazendo mais lucro, beneficiando a todos.  

“O Governo trabalha para apoiar a produção, principalmente da agricultura familiar, indígena e cooperados. Esse é o nosso papel: simplificar e tornar acessíveis, os serviços que facilitam a produção e comercialização  do que é produzido em nosso Estado, incentivando o mercado, criando novas oportunidades de geração de emprego e renda”, destacou o governador Antonio Denarium.

O título

Por se tratar de algo que exige a certificação da qualidade do que está sendo oferecido, são feitas vistorias de construção no local, aprovação de planta e terreno onde o produto é fabricado. Além disso, a empresa precisa apresentar documentos como licença Ambiental, alvará, análise de água.

É essencial que para evitar gastos na hora de legalizar a empresa, os empresários, microempreendedores ou agricultores, procurem a Aderr para se informar das exigências de cada categoria. “As construções devem seguir padrões de qualidade e fluxograma e os materiais utilizados na produção também são específicos para esse fim”, pontuou Diego.

Até o momento, foram emitidos 117 títulos para empresas que passaram por essas etapas. Para legalizar a sua empresa procure a GPOA (Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal) na Aderr, que dispõe de todas as informações necessárias ao processo.  
 

Avalie este item
(2 votos)

O Governo do Estado tem mantido o compromisso de valorização dos profissionais que atuam na administração pública. Nesta segunda-feira, dia 10, o governador Antonio Denarium assinou o decreto que cria a Comissão de Enquadramento dos profissionais da saúde, regulamentando a Lei 1.475/ 21, que trata do PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração), aprovada em maio de 2021, e que entrou em vigor no dia 01 de janeiro de 2022.
 
A assinatura foi realizada na manhã de hoje, no palácio Senador Hélio Campos, com a presença do  secretário estadual de Saúde, Leocádio Vasconcelos, o secretário-chefe da Casa Civil, Flamarion Portela e os representantes dos sindicatos contemplados pela Lei, incluindo, SINTRAS (Sindicato dos Trabalhadores de Saúde de Roraima), SINFITO (Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais), ARNUTRI (Associação Roraimense de Nutrição), SINDPRERR (Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do estado de Roraima), SINTEARR (Sindicato dos Tecnólogos Técnicos e Auxiliares em Radiologia), SINDIFARR (Sindicato dos Farmacêuticos) e SIMEDRR (Sindicato dos Médicos).
 
Com a assinatura do decreto, o Governo de Roraima, por meio da Sesau, buscará com que a Comissão conclua até a próxima sexta-feira, dia 14, o enquadramento para que os servidores recebam o pagamento de janeiro atualizado.
 
"Hoje na assinatura do decreto que vai garantir o enquadramento dos servidores da saúde, quero primeiro agradecer a parceria com os servidores. E dizer que vamos continuar trabalhando para valorizar muito mais. O próximo passo será garantir a reposição salarial de todos os servidores da saúde", esclareceu o governador Antonio Denarium.
 
Para Maceli Carvalho, presidente do SINTRAS, a nova Lei vem assegurar direitos importantes como garantir que os servidores recebam de acordo com o tempo de serviço e supera dificuldades antigas como o pagamento de progressões atrasadas.  
 
“Falamos com o secretário na semana passada e fomos prontamente atendidos. E por isso agradeço ao governador por estar abraçando essa causa e nos ajudando, sempre ter nos recebido e dialogado conosco sobre a garantia de direitos que hoje, nos deixa felizes e satisfeitos", agradeceu Maceli.
 
Sindicatos agradecem reconhecimento que não era feito há oito anos -
 
Para os servidores da Saúde a assinatura do decreto de enquadramento é uma conquista, uma vez que a última atualização foi somente em 2014.
 
"Os servidores da saúde já sofreram muito e quero agradecer pela boa vontade do governador de reconhecer os nossos direitos, tanto que temos recebido dos servidores em cada corredor de unidade o agradecimento pelo diálogo e boa vontade da gestão da saúde de ouvir as demandas, nos chamar para conversar e nos apresentar soluções", ressaltou o presidente do SINFITO, Thiago Reis.
 
Para o médico Alisson Lins, que representou o Sindicato dos médicos, a segunda-feira é um dia que vai ficar na história.
 
“Temos uma vitória importante hoje, pois desde 2014, esses profissionais não tinham reajuste e nem reposição salarial. O PCCR foi construído com a participação de todas as categorias, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas, técnicos e auxiliares de radiologia e o que nos deixa muito felizes é ver a sensibilidade do governador de reconhecer a importância dos profissionais da saúde para o desenvolvimento do Estado”, salientou.  
 
Enquadramento regulamentará reajuste salarial de servidores -
 
Com a assinatura do enquadramento do PCCR, na manhã de hoje, será providenciada a regulamentação da Lei 1.475/21 que garante o reajuste salarial de 43% para todas as 14 categorias da saúde estadual.
 
"Constituímos a comissão e queremos o mais breve possível concluir o enquadramento e, se Deus quiser, vai estar pronto até sexta-feira para tenhamos condições de seguir o trâmite junto à SEGAD e efetuar o pagamento ainda na folha de janeiro. Mas a comissão que está sendo instituída hoje, vai ficar vigente pelo prazo de 90 dias para assegurar também a regulamentação do adicional de qualificação no segundo momento. Esse é o nosso compromisso", acrescentou o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos.  
 

Avalie este item
(2 votos)

Buscando revolucionar o processo educacional no Estado, o governador de Roraima Antonio Denarium entregou na manhã de hoje,10, mais de R$ 4 milhões em equipamentos tecnológicos para escolas de Ensino Médio da rede estadual de ensino, localizadas na capital e no interior.

“Estamos dando condições aos nossos alunos para que tenham mais conhecimento. Com esses equipamentos, eles vão colocar em prática as atividades nas disciplinas de Física, Química, Matemática e entre outras e assim aprimorar os estudos” destacou o governador Antonio Denarium.

Foram entregues 165 kits de robótica, para 15 escolas. O investimento é de R$ 4.371.305,16, destes, R$ 3.162.905,16 são recursos próprios do Governo e R$ 1.208.400,00 são fruto de emendar parlamentar, destinada pela Deputada Estadual Betânia Almeida.

“É um prazer enorme poder somar na educação do nosso Estado. Hoje os estudantes da rede estadual podem contar com esses kits de robótica, que irão auxiliar no desenvolvimento educacional, aumentando a sua capacidade de sonhar e de poder criar algo diferente e melhor”, ressaltou a Deputada Betânia.

 Os kits contêm materiais paradidáticos, dispositivos portáteis, plataforma digital integrada para aplicação do modelo híbrido de aula (presencial e on-line). Cada escola receberá onze kits (sendo dez para uso do aluno e um para uso do professor).

“Essa gestão sabe da importância da formação e do aprendizado dos nossos alunos. E robótica é inovação tecnológica e está chegando nas nossas escolas. Todos os municípios terão uma escola que irá iniciar esse projeto e em breve teremos mais aquisições”, informou a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

O Colégio Estadual Militarizado Aldebaro José Alcântara, localizado no município de Bonfim, foi uma das unidades contempladas com o kit. Para o gestor militar do Colégio, Major Denilson Cabral da Silva, esse é um momento de felicidade para toda a comunidade escolar.

“Com esses itens, os alunos terão a oportunidade de adquirir mais conhecimento e desta vez será robótica. Tenho certeza que o nosso Colégio terá um maior desenvolvimento educacional” declarou Major Denilson.  

Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral também receberam equipamentos

Também foram entregues pelo governador Denarium Laboratórios Didáticos Móveis e notebooks para cinco Escolas EMTI (Ensino Médio em Tempo Integral) do Estado. Os equipamentos foram adquiridos com recursos do Programa EMTI, do Governo Federal. O investimento é na ordem de R$ 400 mil.

As escolas contempladas são América Sarmento (Boa Vista), Maria das Dores Brasil (Boa Vista), José Vieira de Sales Guerra (Caracaraí), Padre José Monticone (Mucajaí) e José de Alencar (Rorainópolis). Cada unidade receberá um Laboratório e dois Notebooks.  

Os laboratórios didáticos móveis reúnem materiais que possibilitam aulas práticas de Ciências da Natureza, Química, Física e Biologia. Alguns itens podem ser transportados de um ambiente para outro, possibilitando aulas ao ar livre e também podem ser utilizados em feiras de ciências.

Governador anuncia mais investimentos para a Educação

Durante a solenidade, o governador Antonio Denarium também assinou a ordem de serviço para reforma geral da Escola Estadual Maria de Neves Rezende. A unidade que fica localizada no bairro Asa Branca, não passa por reforma há mais de dez anos. Os recursos são do Tesouro Estadual, na ordem de R$ 6 milhões e a obra será executada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), dentro do programa Estadual “Aqui tem Obra”.

Outro anúncio importante feito pelo governador foi o início do abastecimento de todas as escolas da rede estadual de ensino com os produtos e gêneros da merenda escolar, em preparação para o início do ano letivo 2022 e a distribuição de auxílio fardamento, para a aquisição de uniformes escolares para todos os alunos da rede.

“Vamos entregar um cartão com um valor de R$ 180 e os pais ou responsáveis poderão ir na malharia de sua preferência e comprar o fardamento”, informou o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(2 votos)

Localizada no Bairro Asa Branca, a Escola Maria Das Neves Rezende, que não passa por reformas há mais de dez anos, ganhará uma nova infraestrutura mais moderna e ampla. O pontapé inicial da obra foi dado nesta segunda-feira, 10, pelo governador Antonio Denarium, ao assinar a Ordem de Serviço.

A ação reforça o compromisso do governo estadual em melhorar a Educação. “O trabalho continua. Estamos investindo na reestruturação das escolas. A Maria das Neves Rezende irá receber novos mobiliários. A cozinha ganhará novo fogão e freezer. A escola também receberá equipamentos de robótica, novas carteiras escolares adaptadas para pessoas com necessidades especiais”, destacou Denarium.

A reforma da Escola faz parte do “Aqui Tem Obra”, maior programa de recuperação de prédios públicos do Governo do Estado. Serão investidos R$ 6.190.000,00, com recursos próprios do Executivo Estadual. Os serviços serão realizados pela empresa JRC Construções, com prazo de execução de 240 dias.
 
De acordo com o Censo Escolar, a Escola atende 985 alunos do Ensino Fundamental, Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos).
 
Quem comemorou a tão sonhada reforma foi a gestora Edina Neres. “Já estamos ansiosos pela inauguração. Dessa vez a Escola não será apenas revitalizada e sim totalmente reformada. Ganharemos um novo prédio”, afirmou.
 
O prédio possui 3.947,98 metros de área construída, que abrange 18 salas, sendo que a escola possui também salas de jogos, de leitura, laboratório de informática e laboratório de ciências.  O prédio é dividido em 3 blocos e  possui  ainda quadra coberta e um auditório com área construída de 243,43 m².
 
Mais estrutura para a Educação

Até o momento, o governo de Roraima já entregou para a comunidade, 23 escolas revitalizadas, reformadas ou construídas. Um investimento geral de R$ 9 milhões.
 
Em 2021, foram reinauguradas nove escolas, sendo 2 em São Luiz, 2 em Uiramutã, 2 em Caracaraí, 1 em Caroebe, 1 em Mucajaí e 1 em Rorainópolis. Em Amajari uma escola foi finalizada e em breve será entregue.
 
Em Boa Vista, 17 escolas estão em manutenção simultaneamente. Um investimento do tesouro estadual na ordem de R$ 21 milhões.
 
No interior, 5 escolas também recebem serviços de revitalização, 3 escolas em Mucajaí, 1 em Bonfim, 1 no Cantá e uma em Amajari. Todas com recursos do Tesouro Estadual.
 
Um total de 125 escolas vão receber obras de reformas, construções, ampliações e reformas em quadras. Os recursos já estão garantidos e são de emendas parlamentares da bancada federal e estadual, na ordem de R$ 136 milhões.

Avalie este item
(1 Votar)
O Instituto Estadual de Previdência do Estado de Roraima divulgou nesta segunda-feira,10, o calendário anual de pagamento dos aposentados e pensionistas referente à 2022. Conforme vem realizando desde o início da gestão do governador Antonio Denarium, o Instituto manteve a data dos benefícios dentro do mês de vigência.
 
“Isso demonstra o nosso respeito e compromisso com os servidores aposentados, que tanto contribuíram para o desenvolvimento do Estado.  Estamos trabalhando para garantir tranquilidade para quem hoje recebe o benefício e para quem vai receber no futuro, com muita responsabilidade na gestão dos recursos destinos a esse fim”, destacou o governador.
 
Segundo o presidente do Iper, José Haroldo Campos, o calendário de pagamento mantém este compromisso com seus segurados.
 
“O Governo do Estado lançou essa semana o calendário de pagamento dos servidores públicos efetivos e comissionados e o Instituto de previdência, lança o calendário de pagamentos dos nossos aposentados e pensionistas, acompanhando o mesmo calendário de pagamento dos servidores que estão na ativa”, explica o presidente.
 
O pagamento do décimo terceiro salário dos aposentados e pensionistas do Iper,  também segue o calendário do Governo Estadual, sendo a primeira parcela paga no dia  30 de junho e a segunda no dia 30 de novembro.
 
Segunda, 10 Janeiro 2022 13:16

SELETIVO DE MÉDICOS | Inscrições terminam hoje

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)
Os médicos que desejam se inscrever no processo seletivo realizado pelo Governo de Roraima precisam ficar atentos. As inscrições encerram nesta segunda-feira, dia 10 e os interessados tem até às 23h59 de hoje para fazer a inscrição no site do Instituto Selecon (www.selecon.org.br), onde deverá emitir o comprovante de inscrição no certame, bem como o pagamento de boleto bancário.
 
O processo seletivo está ofertando 87 vagas em diversas especialidades (com possibilidade de ampliação da quantidade imediata) com contratação imediata.
 
A ampliação do quadro de profissionais tem o objetivo de reforçar o quadro médico nos hospitais estaduais, realizando, além da contratação direta, a formação de cadastro de reserva.
 
“Essa é uma das medidas mais importantes para a retomada definitiva das cirurgias eletivas, estudada pela nossa equipe de Governo na Secretaria da Saúde, que visa suprir as necessidades para que possamos realizar as cirurgias de forma plena o mais breve possível, uma vez que esses médicos deverão atender tanto os pacientes da capital quanto do interior”, destacou o governador Antonio Denarium.
 
A seleção para contratação dos profissionais será realizada com foco na formação do candidato em nível superior com especialização. A remuneração prevista para a carga horária de 20 horas semanais será de R$ 6.529,73 e para 40 (quarenta) horas semanais, R$ 13.058,75.
 
De acordo com o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos,  todas as dúvidas podem ser esclarecidas no edital que está disponível no site da Sesau.
 
“Esse é mais um ponto importante que o Governo do Estado está trabalhando para garantir a reestruturação que a saúde precisa. Por isso é fundamental que os médicos interessados não deixem para a última hora e que façam a inscrição. No site da Sesau (www.saúde.rr.gov.br) é possível encontrar o edital na aba ‘seletivos’ > processo seletivo 2021 > cadastro de reserva 2021.4 > edital 04 – médicos e especialistas. Nele o candidato pode visualizar o cronograma do certame e ainda o anexo com todas as funções e cargos previstos para preenchimentos das vagas”, ressaltou o secretário.
 
Saiba quais são as áreas disponíveis para contratação –
 
O seletivo está ofertando vagas em diversas áreas da saúde, incluindo médico Clínico Geral, médico Especialista em Alergia e Imunologia, médico Especialista em Anestesiologia, médico Especialista em Oncologia Clínica, médico Especialista em Oncologia Cirúrgica, médico Especialista em Cardiologia, médico Especialista em Cardiologia / Ecocardiograma, médico Especialista em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista.
 
E ainda: médico Especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço, médico Especialista em Cirurgia Geral, médico Especialista em Cirurgia Plástica, médico Especialista em Cirurgia Torácica, médico Especialista em Cirurgia Vascular, médico Especialista em Clínica Médica, médico Especialista em Dermatologia, médico Especialista em Endocrinologia, médico Especialista em Fisiatria, médico Especialista Gastroenterologia, médico Especialista em Geriatria, médico Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, médico Especialista em Hematologia e Hemoterapia.
 
Outras especialidades são Médico Especialista em Hematologia e Hemoterapia Pediátrica, médico Especialista em Infectologia, médico Especialista em Mastologia, médico Especialista em Medicina do Trabalho, médico Especialista em Neonatologia, médico Especialista em Neurocirurgia, médico Especialista em Neurologia, médico Especialista em Neuropediatria, médico Especialista em Oftalmologia, médico Especialista em Ortopedia e Traumatologia, médico Especialista em Otorrinolaringologia, médico Especialista em Patologia, médico Especialista em Pediatria, médico Especialista em Psiquiatria.
 
E ainda: médico Especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem e/ou Ultrassonografia, médico Especialista em Reumatologia, médico Especialista em Terapia Intensiva, médico Especialista em Urologia, médico Especialista em Pneumologia, médico Especialista em Nefrologia, médico Especialista em Coloproctologia, médico Especialista em Retinologia, médico Especialista em Cardiologia e Arritmologia, médico Especialista em Cirurgia Pediátrica, médico Especialista em Cardiologia Pediátrica, médico Especialista em Endoscopia e médico Especialista em Radioterapia.
Segunda, 10 Janeiro 2022 12:53

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 365.668 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 130.305 foram confirmados, sendo 26.964 por RT-PCR e 103.341 por teste rápido, 235.363 descartados, sendo 63.241 por RT-PCR e 172.122 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.701 em Alto Alegre, 1.195 no Amajari, 100.247 casos foram notificados em Boa Vista, 2.561 em Bonfim, 2.586 no Cantá, 2.726 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.441 em Iracema, 2.404 em Mucajaí, 650 em Normandia, 2.447 em Pacaraima, 3.439 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.205 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.261 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.156 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.028 em Bonfim, 3.650 no Cantá, 3.939 em Caracaraí, 2.781 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.755 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.701 em Pacaraima, 5.374 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 740 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.802 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.344 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.388 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

A Uerr (Universidade Estadual de Roraima) realizou neste domingo, dia 9, o vestibular para o ingresso de 720 alunos nos 24 cursos ofertados pela instituição para o ano letivo de 2022. Este ano, 3.219 candidatos se inscreveram e 697 não compareceram, resultando em uma taxa de abstenção de 21,6%. A prova foi realizada em nove locais diferentes, oito na Capital e um no Campus da Uerr no município de Rorainópolis.

A presidente da Comissão de Concursos e Vestibular, Cristiane Dália Melo, ressaltou as medidas tomadas para a realização do certame, que segue as recomendações por conta da pandemia de covid-19. As provas foram aplicadas das 9h às 14 horas. O gabarito oficial deve ser divulgado no dia 15 deste mês e o resultado final no dia 14 de fevereiro.

“Os mais concorridos são os cursos de medicina, enfermagem e direito. Adotamos as medidas necessárias, seguimos os protocolos sanitários de prevenção à covid-19, disponibilizamos álcool em gel e máscara. Além disso, mantivemos o distanciamento nas salas e utilizamos nove locais para realização dessas provas. Em Rorainópolis como o número é menor, as provas estão sendo aplicadas no Campus da Uerr. A nossa expectativa é que todo o processo transcorra tranquilamente”, disse.

O governador Antonio Denarium disse que o Governo do Estado está investindo no ensino superior por meio da Uerr, com melhoramento da estrutura física para os acadêmicos e docentes e garantindo as condições para o ingresso de novos acadêmicos, e assim, profissionalizar cada vez mais o mercado de trabalho.

Concorrendo a uma das 30 vagas para o curso de Medicina, Daniel de Oliveira Rodrigues, de 24 anos, disse que está confiante na aprovação e que já vem se preparando há muito tempo para a prova. “Esta é a primeira vez que faço vestibular, estou confiante, pois estudei bastante e espero que dê tudo certo. A concorrência é grande, muitas pessoas querem cursar medicina, mas cada um dando o seu melhor, o resultado vem”, afirmou, confiante, o candidato.

Quem também concorre a uma das vagas no curso de medicina é Ana Beatriz Martins, de 17 anos. Ela também está confiante que será uma das aprovadas. “A concorrência para o curso de Medicina é grande e a minha expectativa é fazer a prova com calma, do melhor jeito possível e me sair bem. Me preparei durante muito tempo, estudando desde o começo da pandemia e confiando no melhor sempre”, disse.

Cursos ofertados

No vestibular de 2022 foram ofertadas vagas para os cursos de: Administração, Agronomia, Ciências da Computação; Ciências Biológicas; Ciências Contábeis; Ciências Humanas; Ciências Humanas e Sociais; Ciências da Natureza; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Direito; Educação Física; Enfermagem; Engenharia Florestal; Filosofia; Física; Geografia; História; Letras/Literatura; Matemática; Medicina; Pedagogia, Química; Serviço Social e Turismo.

 

Sábado, 08 Janeiro 2022 20:18

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 365.402 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 130.119 foram confirmados, sendo 26.947 por RT-PCR e 103.172 por teste rápido, 235.283 descartados, sendo 63.164 por RT-PCR e 172.119 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.700 em Alto Alegre, 1.195 no Amajari, 100.075 casos foram notificados em Boa Vista, 2.560 em Bonfim, 2.582 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.441 em Iracema, 2.404 em Mucajaí, 650 em Normandia, 2.446 em Pacaraima, 3.439 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.205 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.260 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 185.093 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.026 em Bonfim, 3.649 no Cantá, 3.939 em Caracaraí, 2.781 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.753 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.700 em Pacaraima, 5.373 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 740 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.801 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.343 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.388 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

A partir de segunda-feira, dia 10, a Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) fará a perícia médica dos candidatos classificados no concurso público da Educação, conforme publicado no Diário Oficial do Estado n° 4108, de 27/12/2021.

Os novos servidores deverão comparecer à sede da Segad, localizada no prédio das Faculdades Cathedral, na rua Francisco Paulino da Silva, 215, no bairro Caçari, das 14h às 17h, para entrega de exames biométricos e avaliação médica.

O governador Antonio Denarium enfatizou a importância desse momento. "Esses novos profissionais vão reforçar o quadro de professores do Estado antes do início do ano letivo. Não medimos esforços para concretizar o compromisso de reconhecimento e conquistas dos direitos dos servidores. Aos poucos estamos realizando o sonho de cada um daqueles de ingressar no serviço público, por meio dos seus méritos", disse.

REMANESCENTES

A entrega de documentação segue para os remanescentes, que não conseguiram entregar até o momento, observados os prazos legais.

Os profissionais deverão se dirigir até o prédio da Segad, na sala de Divisão de Provimento de Pessoal - DPP, sala 16, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 13h.

CONCURSO

O edital do certame foi publicado em junho de 2021, contemplando 650 vagas para o cargo de Professor de Educação Básica. A remuneração inicial é de R$ 3.782,94. As provas foram aplicadas em outubro de 2021.

Sábado, 08 Janeiro 2022 20:11

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 364.937 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.883 foram confirmados, sendo 26.885 por RT-PCR e 102.998 por teste rápido, 235.054 descartados, sendo 62.960 por RT-PCR e 172.094 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.699 em Alto Alegre, 1.187 no Amajari, 99.859 casos foram notificados em Boa Vista, 2.558 em Bonfim, 2.582 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.441 em Iracema, 2.404 em Mucajaí, 649 em Normandia, 2.443 em Pacaraima, 3.438 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.205 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.260 em Alto Alegre, 2.364 em Amajari, 184.894 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.024 em Bonfim, 3.649 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.780 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.749 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.697 em Pacaraima, 5.372 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 740 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.795 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.337 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.388 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Boas notícias precisam ser compartilhadas. No interior do Estado, o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, localizado no município de Rorainópolis, não registra nenhuma internação por covid-19 desde o dia 21 de dezembro, ou seja: há mais de duas semanas, nenhum paciente precisou ser internado para tratar a doença.

Os dados são do Boletim Epidemiológico, construído pela CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde), atualizado diariamente com base nos dados emitidos pelas unidades hospitalares que são referência para o tratamento de pacientes com covid-19.

De acordo com o diretor geral do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, Márcio Alves, isso reflete o momento de controle tão esperado. 

“Já sinaliza né é um retorno das atividades ao normal no nosso Estado e que a pandemia já está silenciando um pouco mais. E pra gente é um avanço e uma vitória e a prova de que toda a nossa luta está tendo resultados”, enfatizou o diretor.

Para Élida Barbosa Lopes, gerente de Enfermagem do hospital, que atua na saúde do Sul do Estado há 19 anos, é uma alegria registrar a redução de casos.

"Nós aqui do hospital estamos muito felizes de iniciar o ano com zero pacientes internados com covid na nossa unidade e ficamos muito felizes de ver que a população está tendo mais consciência sobre o uso de máscara e álcool em gel, que são medidas fundamentais para garantir o controle da doença e a diminuição de casos", esclareceu.

Para registros continuarem em queda população precisa ajudar –

De acordo com o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, para que o cenário de controle continue e os registros caiam ainda mais, a população precisa continuar com as medidas de segurança.

"Depois desses quase dois anos de pandemia a gente ver que desde o início do ano não tem paciente internado, nos causa muita alegria, tanto como servidores da saúde, como cidadãos", ressaltou o secretário.

O governador Antonio Denarium relembra que nestes meses de pandemia o Governo do Estado trabalhou forte pela saúde colocando em prática medidas importantes.

“Foram meses muito difíceis, mas não desistimos um dia sequer e mantivemos o trabalho de reestruturação da saúde com obras no HGR que teve o Bloco B reformado com mais 53 leitos para atendimento em pneumonia, clínica médica e cirurgia geral. O Grande Trauma e o Pronto Socorro Francisco Elesbão também foram reformados, contratamos leitos de retaguarda na rede particular, abrimos o hospital de campanha e tivemos muitas outras medidas importantes que ajudaram o nosso Estado”, finalizou o governador.

 

Avalie este item
(0 votos)

As ações desenvolvidas na Clínica Médica Especializada Coronel Mota em alusão ao Janeiro Branco tem despertado cada vez mais o envolvimento da equipe e pacientes atendidos na unidade.

A programação desta sexta-feira, dia 7, contou com palestra interativa, dramatização relacionada a temática da campanha e distribuição de doces, além de um momento musical que emocionou os presentes. A ação contou com a participação de cerca de 20 servidores.

“Temos um corpo de profissionais capacitados para fazer jus ao que prega o Janeiro Branco. A saúde do nosso Estado é preparada para as demandas psicológicas, graças a Rede de Atenção Psicossocial que é formada pelas nossas unidades especializadas no acompanhamento e tratamento dos usuários SUS que precisam e manter esse atendimento é uma das nossas prioridades”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

A organização é do bloco de psiquiatria e psicologia da Clínica, que é integrado por equipe multidisciplinar composta por cerca de 10 profissionais, sendo enfermeira, técnicos em enfermagem e auxiliares de serviço de saúde.

A coordenadora do bloco de psiquiatria e psicologia da Clínica, Suely Nascimento, destacou que é importante disseminar a conscientização sobre a importância de cuidar da saúde da mente e barrar os preconceitos acerca do tema.

“Não é só o paciente da psiquiatria nem só o da psicologia ou os de outros blocos, com os quais a gente também tá sensibilizando. Todo mundo, inclusive os servidores, precisam saber que essa atenção é necessária. Esse mês, além de ser o começo de um novo ano é tempo de refletir sobre o cuidado com a saúde da mente, pois isso reflete diretamente no bem-estar do nosso físico. Sendo assim, como que você vai enfrentar esse novo sem uma boa saúde mental?”, disse.

Para a auxiliar de enfermagem, Eliana Santos, a iniciativa foi de grande valia para o bem-estar profissional e pessoal.

“Foi mais um momento para reforçar o aprendizado e trocar experiência com os nossos amigos que no dia a dia de trabalho, pela correria, acabam deixando de lado os cuidados com a própria saúde, mas que às vezes precisam também de cuidados. Muitas vezes a pessoa só quer um abraço, um ombro amigo para tirar o estresse da correria diária. Então fiquei muito feliz de saber que não só agora, mas ao longo do ano, estas ações serão mantidas”, agradeceu.

Programações tem renovado o bem-estar emocional de pacientes e servidores -

A artesã, Glaucia Maria Oliveira, de 55 anos, que aguardava atendimento, foi uma das pacientes que não conteve a emoção com as apresentações.

"Eu gostei, isso foi muito importante para mim, porque eu não esperava ouvir a palavra de Deus em um momento assim. E eu acho que, assim como eu que faço tratamento pra cuidar da minha saúde mental, aqui no Coronel Mota, todas as pessoas também merecem sentir um momento como esse", disse.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, destaca que o esforço dos profissionais em prol da disseminação da campanha tem sido fundamental para cumprir o objetivo do Janeiro Branco.

“Esse cuidado é fundamental promover essas ações incluindo palestras para que as pessoas saibam mais sobre o tema e possam tirar dúvidas, momentos musicais de reflexão e auto ajuda para que todos se sintam à vontade e com isso reforçar a conscientização sobre a importância do cuidado com a saúde da mente”, reforçou o secretário.

As ações alusivas ao Janeiro Branco devem continuar, encerrando na tarde desta sexta-feira e as programações, no geral, na terça-feira, dia 11, pela manhã, com mais palestras, momentos musicais e distribuição de doces.

Avalie este item
(0 votos)

As provas do Vestibular 2022 da UERR (Universidade Estadual de Roraima) serão aplicadas neste domingo, dia 9 de janeiro, simultaneamente em Boa Vista e Rorainópolis, no horário das 9h às 14h.

Os portões serão fechados pontualmente às 08h45. O processo seletivo foi lançado no final do mês de outubro pelo governador Antonio Denarium e oferta 720 vagas para 24 cursos de graduação, com ingresso neste semestre. De acordo com a Comissão Permanente de Concurso e Vestibular, os cursos mais concorridos são: Medicina, Direito e Enfermagem.

Para Boa Vista foram disponibilizados os cursos: Administração, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências Humanas e Sociais, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Direito, Educação Física, Enfermagem, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras/Literatura, Matemática, Medicina, Pedagogia, Química, Serviço Social e Turismo. Para Rorainópolis: Agronomia, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Engenharia Florestal.

Ao todo, 3.219 candidatos participarão do Vestibular 2022 da UERR. A homologação final das inscrições está disponível no link https://cpc.uerr.edu.br/?p=8049. As provas serão aplicadas em nove locais em Boa Vista e no campus da instituição de Rorainópolis. A lista pode ser acessada no link: https://cpc.uerr.edu.br/?p=8052.

A Comissão Permanente de Concurso e Vestibular reforça que serão seguidos todos os protocolos sanitários de prevenção à covid-19 recomendados pelo Ministério da Saúde, como distanciamento social e disponibilização de álcool em gel. O uso da máscara de proteção facial também será obrigatório.

ATENÇÃO, CANDIDATOS!

No dia do vestibular, é recomendado que o candidato compareça ao local de prova com uma hora de antecedência para evitar atraso e realizar com tranquilidade o procedimento de identificação da sala. É obrigatório o uso de máscara e o item deve ser utilizado da forma correta: cobrindo totalmente a boca e o nariz.

O candidato deve levar um documento oficial original com foto. A lista com os documentos permitidos está detalhada no edital, que pode ser baixado no site cpc.uerr.edu.br. Ao fazer o check-list antes de sair de casa, o candidato não pode esquecer da caneta esferográfica, que deve ser de tubo transparente, com tinta preta ou azul.

 

Sexta, 07 Janeiro 2022 10:41

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 364.527 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.653 foram confirmados, sendo 26.867 por RT-PCR e 102.786 por teste rápido, 234.874 descartados, sendo 62.885 por RT-PCR e 171.989 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.697 em Alto Alegre, 1.187 no Amajari, 99.645 casos foram notificados em Boa Vista, 2.558 em Bonfim, 2.577 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.441 em Iracema, 2.403 em Mucajaí, 649 em Normandia, 2.443 em Pacaraima, 3.438 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.199 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.259 em Alto Alegre, 2.361 em Amajari, 184.729 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.024 em Bonfim, 3.644 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.780 em Caroebe, 1.843 em Iracema, 3.749 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.697 em Pacaraima, 5.372 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 740 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.778 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.328 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.386 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

As inscrições do Concurso Público para contratação de professor da carreira do Magistério da Educação Indígena seguem abertas até 17 de janeiro.

Após a identificação de algumas inconsistências no Edital N° 90/2021, publicado no dia 14 de dezembro no DOE (Diário Oficial do Estado), a Comissão do Concurso Público fez ajustes e publicou um Termo Aditivo ao Edital, com algumas alterações.

“Vamos realizar esse concurso, esperado há 15 anos pelos professores indígenas e todo o processo está sendo realizado de forma transparente e com muita responsabilidade. Com a contratação de novos professores efetivos, vamos fortalecer a educação escolar indígena em todo o Estado”, destacou o governador Antonio Denarium.

O documento foi publicado no dia 29 de dezembro, no DOE e entre as principais mudanças, está o acréscimo da formação em Magistério Proformação, Projeto Caimbé, Logos II e Magistério Regular para concorrer aos cargos de Magistério Nível Médio Completo, com jornada de trabalho de 30 horas semanais e remuneração de R$ 3.004,80.

Outra alteração foi a inclusão da formação de Licenciatura em Pedagogia ou Licenciatura em Normal Superior para atuação em Língua Indígena/Multidisciplinar/Bilíngue (Língua Portuguesa e Língua Indígena), com jornada de trabalho de 30 horas semanais e remuneração de R$ 3.782,94.

Também foi acrescentada a formação em Licenciatura Intercultural nos cargos de formação de Nível Superior, com habilitação em cada área do currículo.

“Promovemos alguns ajustes no edital por meio do Termo Aditivo. Foram acrescentados também alguns conteúdos programáticos em cada cargo. Agora as inscrições seguem normalmente. Os demais prazos e informações do edital seguem inalterados”, explicou Semaias Alexandre Silva, presidente da Comissão do Concurso.

O Termo Aditivo com as alterações está disponível para consulta no site www.imprensaoficial.rr.gov.br e também no site do Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional), www.idecan.org.br, banca responsável pelo certame.

Inscrições - As inscrições seguem até o dia 17 de janeiro de 2022 exclusivamente pela internet, no site do Idecan.  A taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de Magistério Nível Médio Completo e de R$ 100 para os cargos de Nível Superior. A data limite para pagamento é 18 de janeiro de 2022.

A lista com a homologação das inscrições está prevista para o dia 21 de fevereiro de 2022. As provas devem ser aplicadas no dia 20 de março e o resultado final, será divulgado no dia 21 de junho.

Como forma de facilitar o acesso à internet para os professores indígenas que moram nos municípios do interior e nas comunidades indígenas, os polos de atendimento da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) estarão à disposição dos docentes para a realização da inscrição em todos os municípios do interior. Uma ação institucional integrada entre Seed (Secretaria de Educação e Desporto) e Univirr.

Detalhes sobre o Concurso

Estão sendo ofertadas 1.000 vagas, sendo 300 para cargos de Magistério Nível Médio Completo com salário inicial de R$ 3.004,80 e 700 vagas para cargos de Nível Superior, com salário inicial de R$ 3.782,94. Ambos com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Do total geral de vagas, também estão sendo ofertadas 36 para PcD (Pessoa com Deficiência). O concurso terá prazo de dois anos prorrogável por igual período e contará com provas objetivas, redação e avaliação de títulos.

Avalie este item
(0 votos)

Para reforçar as condições de trabalho dos policiais penais empossados em 30 de novembro de 2021, o Governo de Roraima, por meio da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), entregou nesta quarta-feira, 5, um total de 400 pistolas da marca Taurus para esses policiais.

A aquisição desses equipamentos é oriunda do repasse do Fundo Penitenciário ao Fundo Estadual, com investimento aproximado de R$ 1,3 milhão. Além das pistolas, também foram entregues as munições para as armas e as credenciais provisórias desses policiais penais.

O governador Antonio Denarium ressaltou que a entrega do armamento é só uma parte do maior programa de investimentos da história de Roraima.

“Já inauguramos o novo bloco B da PAMC (Penitenciária Agrícola do Monte Cristo), com 154 celas. Já inauguramos o bloco D da PAMC com 67 celas, já entregamos a nova Cadeia Pública Masculina, aqui no bairro São Vicente, que tem capacidade para 700 homens, já inauguramos a nova Cadeia Pública Feminina, no bairro Asa Branca, um prédio novo. E reformamos o prédio antigo com capacidade de 300 mulheres”, declarou o chefe do Executivo, pontuando outras obras importantes para o sistema prisional, como a Penitenciária de Rorainópolis, que será inaugurada em breve.

Titular da Sejuc, André Fernandes disse que a entrega, além de ser mais uma amostra dos investimentos feitos pelo Governo de Roraima na segurança pública e no sistema prisional, também proporciona não só mais segurança para o agente e a população.

“A segurança pessoal dos agentes está sendo reforçada, cada um vai ter sua arma, vai levar para sua casa e vai conseguir manter a segurança da sua família, em virtude do trabalho que executam. E principalmente, vão dar mais segurança à população no trabalho que eles estão escalados para fazer”, concluiu Fernandes.

Avalie este item
(0 votos)

Em virtude do atual cenário da pandemia que apresenta um espelho epidemiológico de diminuição no número de casos e óbitos por covid-19, em Roraima, a Secretaria de Saúde está colocando em prática mudanças no fluxo de atendimento nas unidades hospitalares da rede estadual, para garantir que todas as demandas de saúde relacionadas ou não à pandemia sejam atendidas e a população receba a assistência necessária em todas as áreas.

Nesse sentido a partir de segunda-feira, dia 10 de janeiro, às 7h, o serviço que era prestado no Pronto Atendimento covid-19 junto ao Hospital Estadual de Retaguarda – ao lado da Maternidade –, para pacientes com a doença, será oferecido no Pronto Atendimento Cosme e Silva, no bairro Pintolândia, onde será concentrado o atendimento para pacientes de covid-19.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, explica que haverá mudanças somente em relação ao atendimento.  “Queremos tranquilizar a população e dizer que nenhum paciente ficará sem atendimento, pois a preocupação do Governo do Estado de atender toda a população continua sendo o foco do nosso trabalho. O que vai ser feito é apenas uma reorganização no fluxo de atendimento, visto que hoje temos um momento de mais controle da pandemia que nos possibilita fazer as mudanças”, esclareceu.

De acordo com o diretor geral do HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), Anderson Benetta, é importante ressaltar que o atendimento para pacientes com covid-19 que necessitem de acompanhamento em UTI continua sendo prestado no Hospital Geral de Roraima.

“O HGR é a Unidade referência para os casos graves da doença e desta forma os leitos de UTI e de suporte ventilatório serão mantidos, ou seja, não haverá nenhuma alteração nesse fluxo de atendimento, uma vez que ainda estamos em pandemia e as mudanças visam a continuidade do atendimento, e sendo assim a equipe multiprofissional do Hospital continuará a postos para prestar a assistência necessária aos casos graves”, ressaltou.

ENTENDA O FLUXO

Na medida em que o paciente for atendido no Pronto Atendimento Cosme e Silva, naqueles casos em que for um paciente sintomático respiratório para covid, se for necessário realizará os exames para o fechamento do diagnóstico e nos casos de internação serão atendidos no Hospital das Clínicas, que terá um bloco com 12 leitos clínicos.

“Teremos a equipe pronta para receber o paciente sintomático e se for necessário, por exemplo, será feito o raio-x, e ele terá o acompanhamento da nossa equipe multiprofissional. Naqueles casos em que for necessária internação serão disponibilizados no Hospital das Clínicas os leitos clínicos. E para tanto, a equipe do Hospital será reforçada e o paciente contará com o atendimento pela equipe multidisciplinar”, enfatizou o diretor Don Silva Martins, coordenador do Núcleo Interno de Regulação do Hospital das Clínicas.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima tem dado atenção especial à região norte do Estado, que há anos enfrentava problemas por conta das péssimas condições das estradas. Por meio do programa Aqui tem Obra, coordenado pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), foram investidos R$ 2,3 milhões para a recuperação de seis pontes ao longo das rodovias RR-171 e RR-407. 

O governador Antonio Denarium destacou o comprometimento em atender as demandas dos moradores do município de Uiramutã, que reclamavam constantemente da situação precária da estrada.

“Esse investimento visa contribuir para o crescimento da atividade turística e garantir melhorias na qualidade de vida dos moradores dessa região”, garantiu.

Na comunidade Água Fria, uma ponte de madeira com extensão de 50 metros foi totalmente recuperada. Sobre o Igarapé do Salgado também foi colocada uma nova ponte com extensão de 45 metros.

Ainda na RR-171, sobre o Igarapé Darora, foi construída uma ponte com extensão de 30 metros.  Na rodovia RR-407 foram recuperadas mais três pontes, sobre os igarapés Santa Paz, Aradi e Bom Jardim, com extensão de 15, 20 e 15 metros respectivamente.

Além do trabalho de recuperação de pontes. Foram investidos mais de R$ 3 milhões para a recuperação das estradas vicinais e das rodovias que cortam o município.

Conforme o secretário de Infraestrutura Edilson Damião, desde 2019 o governador tem investido na recuperação das estradas e rodovias da região.

“O trabalho continua a todo vapor agora em 2022, estamos mantendo a manutenção das estradas e é perceptível para quem trafega na rodovia e já sente uma melhora no trânsito. Vamos continuar com a manutenção e recuperação de estradas principalmente nas regiões de difícil acesso”, afirmou.

O vicinal Socó e Flexal receberam manutenção da patrulha mecanizada, com serviços de terraplanagem e obras correntes. Ao todo foram recuperados 36 Km de estradas nessas regiões.

As rodovias do município também receberam manutenção. Na RR-171 foram recuperados 102 km, na RR-407 mais 25km e na RR-340 foram 41km, totalizando 205 km.

Foram investidos mais de R$ 3 milhões para a recuperação das estradas vicinais e das rodovias que cortam o município, com recursos próprios do Governo do Estado.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima inicia na próxima segunda-feira,10, a contratação e lotação de 273 profissionais de copa e cozinha (merendeiros) que irão atuar nas escolas indígenas da rede estadual de ensino.

“Recentemente contratamos através de um processo seletivo, 248 merendeiros para atuarem nas escolas não indígenas da capital e do interior. Desta vez, as escolas indígenas estão sendo contempladas com novos profissionais. Além de atender as unidades de ensino com as contratações, também geramos empregos e fomentamos a economia de cada localidade”, destacou o governador Antonio Denarium.

O certame ofertou 273 vagas e contou com 705 candidatos inscritos. O resultado final foi publicado no DOE (Diário Oficial do Estado) no dia 30 de dezembro de 2021. Os profissionais de copa e cozinha contratados terão uma carga horária de trabalho de 40 horas semanais e remuneração de R$ 1.200.

Entre as atribuições destes profissionais estão o recebimento, armazenamento e organização do fluxo dos alimentos na escola, além de preparar e servir a alimentação. Também precisam ter boas práticas de copa e cozinha e conhecimento sobre a manipulação segura dos alimentos.

Depois da contratação, os profissionais vão passar por capacitação para melhor atender os estudantes na oferta da alimentação escolar.

Lotação será realizada por município em dias diferentes

Segundo a presidente da Comissão do Processo Seletivo, Rosalete Saldanha, os convocados devem comparecer ao DRH (Departamento de Recursos Humanos) da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), no horário das 7h30 às 13h30.

“Os candidatos devem apresentar todos os documentos exigidos em edital para a assinatura do contrato. Além disso, o profissional receberá um documento de apresentação para dirigir-se à escola em que será lotado”, explicou Rosalete.

De acordo com o quadro de atendimento, a lotação para os convocados do município de Uiramutã ocorrerá seguindo a ordem de classificação. Os classificados dos números 01 a 60, devem comparecer à Seed no dia 10, enquanto os classificados dos números 61 a 76 devem se apresentar na terça-feira, 11. Os demais classificados serão atendidos até sexta-feira, 14, conforme quadro abaixo.

 

DATA DO ATENDIMENTO

CLASSIFICADOS NOS MUNICÍPIOS

11/01

Bonfim, Cantá, Caroebe e São João da

Baliza (todos os classificados)

12/01

Alto Alegre, Amajari e Boa Vista-Rural

(todos os classificados)

13/01

Normandia (todos os classificados)

14/01

Pacaraima (todos os classificados)

Avalie este item
(0 votos)

Os 100 novos servidores do Governo de Roraima aprovados no processo seletivo para contratação temporária da Secretaria das Cidades, participam nos dias 5 e 6 de janeiro de 2022, de um treinamento funcional. As atividades ocorrem pela manhã e tarde na Univirr (Universidade Virtual de Roraima).

A capacitação tem como objetivo orientar e melhorar a qualidade de trabalho dos servidores no dia a dia. A diretora do Departamento de Desenvolvimento Urbano e Regional da Secretaria das Cidades, Angélica Silva, ministrou o tema Inteligência Emocional. Ela relatou que esse tipo de treinamento pode contribuir e melhorar o relacionamento entre os novos servidores e as pessoas.

“O Governo de Roraima teve essa preocupação em treinar os novos servidores em poder levar de maneira mais humanizada todas as ações governamentais, fazendo com que as pessoas estejam mais próximas do Governo, não apenas como instituição, mas como um ente acolhedor, preocupado com as famílias”, ressaltou.

Angélica disse ainda que os servidores serão mais um elo do Governo com a população.  “Eles também vão levar o que aprenderam e assim serão conectores na resposta das necessidades, com a empatia e relações interpessoais, fazendo com que o trabalho do Governo do Estado chegue de forma mais rápida, melhor e com mais qualidade”, ressaltou.

Entre os aprovados, Moisés Levi, falou sobre a nova oportunidade de trabalho e explicou como isso será fundamental no desempenho da função.

“Eu acredito que é de suma importância o governo promover esse tipo de ação, porque vai dar oportunidade a algumas pessoas que estão desempregadas. Nós sabemos que muitas pessoas ficaram desempregadas por conta da pandemia e ter essa oportunidade é gerar empregos na cidade, é gerar renda. Acreditamos que o Governo está de parabéns por essa atitude”, destacou.

Sobre o treinamento, Levi disse que as palestras e seminários ajudam a somar esforços para ampliar o conhecimento de maneira prática para a sociedade.

“A capacitação é sempre bem-vinda, nós precisamos gerar conhecimento e eu acredito que o conhecimento muda as coisas. Então a capacitação vem no momento para que a gente possa aprender e também implantar o nosso conhecimento, levando até a comunidade. Então, vamos levar esse conhecimento e aplicar na nossa sociedade”, observou.

O senhor Maurício Teixeira também está participando do treinamento junto aos novos colegas seletivados. Para ele, o curso mostra como se portar diante das adversidades e de que maneira poderão enfrentar os problemas quando estiverem atuando em campo.

“É preciso estar sempre preparado, pois acredito que com esse treinamento, com esse curso, teremos uma maior capacidade de entender e saber que melhorias a população precisa. Também saberemos as dificuldades e os problemas que cada um vem enfrentando. Assim, o Governo terá condições de levar políticas sociais para as pessoas que mais precisam”, completou.

Quinta, 06 Janeiro 2022 08:49

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 364.021 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.452 foram confirmados, sendo 26.848 por RT-PCR e 102.604 por teste rápido, 234.569 descartados, sendo 62.733 por RT-PCR e 171.836 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.697 em Alto Alegre, 1.187 no Amajari, 99.453 casos foram notificados em Boa Vista, 2.556 em Bonfim, 2.574 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.061 em Caroebe, 1.440 em Iracema, 2.402 em Mucajaí, 648 em Normandia, 2.443 em Pacaraima, 3.438 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.199 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.252 em Alto Alegre, 2.361 em Amajari, 184.461 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.023 em Bonfim, 3.643 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.780 em Caroebe, 1.842 em Iracema, 3.749 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.697 em Pacaraima, 5.352 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 739 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.760 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.312 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.030 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.386 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.667 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

O governador Antonio Denarium se reuniu nesta quarta-feira, 5, com representantes do Sindifisco (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal) e de empresas de transporte de cargas, para intermediar conversa entre a categoria e o Governo Federal.

A intermediação se mostrou necessária, uma vez que os auditores fiscais da Receita Federal decidiram paralisar suas atividades nas áreas de fronteira desde a segunda-feira, 3. Com isso, 800 carretas estão paradas entre o Amazonas e Roraima, sem poder exportar a produção.

Para auxiliar na negociação, o chefe do Executivo entrou em contato com o ministro da Economia, Paulo Guedes e o chefe-geral da Receita Federal em Brasília, Júlio César Vieira, que se mostraram sensibilizados com as reinvindicações da categoria.

"Estão abertas as negociações para o reconhecimento do bônus salarial, de todos os auditores fiscais da Receita Federal. E o Governo de Roraima se sensibiliza com os caminhoneiros e as transportadoras que estão paradas. Reconhecendo também a necessidade de da reposição salarial dos auditores da Receita Federal", frisou Denarium.

Representante do Sindifisco, Rafael Anselmo Moreira salientou que a mais de cinco anos, os auditores fiscais da Receita Federal em todo o Brasil lutam por um acordo salarial e também para reverter o recente corte orçamentário, que teria reduzido a capacidade de operacionalizar as importações e exportações.

"Por conta disso, a gente entrou em contato com com o governador Denarium e ele prontamente nos ofereceu o seu apoio político. Com isso, a gente espera que nossos pleitos sejam atendidos e de imediato, nós vamos liberar as cargas que estão retidas lá na fronteira de Pacaraima com a Venezuela", concluiu.

Avalie este item
(0 votos)

Janeiro é o mês dedicado à conscientização para os cuidados com a saúde mental. Por isso, na Clínica Especializada Coronel Mota, o cuidado e atenção com a saúde mental está sendo fortalecido essa semana, por meio de atividades voltadas para servidores e pacientes da Unidade.

Nesta quarta-feira, 5, profissionais da equipe de psiquiatria da unidade realizaram um momento de descontração para pacientes que aguardavam o atendimento, com muita música e mensagens de conforto e incentivo ao realizar a entrega de flores e chocolates.

Para a equipe, o momento serviu para mostrar que os pacientes não estão sozinhos e que o mês de janeiro vem como uma folha em branco para traçar novos caminhos e estimular a compreensão de que, igual ao físico, a mente também requer cuidados especiais.

“Os cuidados com a saúde mental são muito importantes. São inúmeras doenças associadas ao estresse, por conta do ritmo acelerado que as pessoas têm hoje. Por isso, todos precisam estar atentos com os cuidados com o corpo e a mente, pois somos como uma engrenagem, onde cada peça deve estar bem para que o organismo por completo esteja pronto para o dia-a-dia”, destacou o governador Antonio Denarium.

A enfermeira Daysimara Montealto, que fez parte da ação, reforça que o foco é o cuidado com os pacientes, mas que os servidores também precisam de atenção.

“O janeiro branco tem o foco em trazer novas perspectivas, como é o primeiro mês do ano, temos em pensamento iniciar novas metas, deixar para trás o que passou e aqui tanto usuários, quanto servidores que atuam em áreas de pressão extrema, psicológica ou não, merecem receber a mensagem de esclarecimentos e conscientização da promoção de bem-estar físico, social e mental”, destacou a enfermeira.

Para Jardison Trindade, que buscou a unidade para agendar uma consulta com o psicólogo, a entrega das flores foi muito especial e representa a preocupação da equipe com os pacientes.

“Queria parabenizar toda a equipe, fiquei surpreso com a ação, todos estão de parabéns. Foi um momento muito lindo. Hoje mais do que nunca, sei o quanto a saúde mental é importante", completou.

Programação encerra na sexta-feira

Na quinta-feira, 6, a partir das 9h30, o momento de conscientização continua.

A equipe multiprofissional percorrerá os corredores da unidade cantando diversas músicas em homenagem aos pacientes.

Para finalizar a programação na sexta-feira, 7, a partir das 9h30, será realizada uma encenação teatral sobre a importância de manter uma mente saudável durante as diversidades do dia a dia.

O foco é reforçar para os servidores, convidados e pacientes, a importância do acompanhamento psicológico e do apoio familiar.

De acordo com a diretora da unidade, Rayane Phranklismar, o apoio tem feito a diferença na vida de diversos pacientes. E momentos como esse geram motivação para continuar.

"Essa semana programamos essas ações de incentivo aos usuários e servidores para cuidarem da saúde mental, com música, brindes, palavras de apoio. Parecem pequenas atitudes, mas fazem diferença na vida daquela pessoa que pensa em desistir. Vale lembrar que se você precisar de ajuda, não tenha vergonha de procurar atenção especializada em saúde mental”, explicou a diretora.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, reforça sobre o acesso às unidades que prestam atendimento nessa área em Roraima.

"Temos uma Rede de Atenção Psicossocial que disponibiliza serviços de assistência psicológica, psiquiátrica e demais especialidades importantes, que fazem parte da equipe multiprofissional das unidades que integram a rede estadual de saúde. E a oferta desse serviço é uma preocupação do Estado de promover a qualidade de vida que as pessoas precisam", enfatizou.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) adquiriu três torres de videolaparoscopia - técnica cirúrgica realizada com câmera - destinadas a especialidade de urologia, para reforçar a qualidade destes procedimentos.

As torres estão predestinadas ao Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento. Um investimento de R$ 4.292.644,32 efetuado com recursos próprios do Estado.

A aquisição se deu a partir do trabalho planejado do Governo de Roraima e foi executada pela Coordenadoria Geral de Urgência e Emergência da Sesau, em conformidade com a preocupação da atual gestão em alavancar a saúde pública roraimense em todas as especialidades.

“Nós não estamos medindo esforços para renovar a estrutura hospitalar das áreas de urgência e emergência do Estado e isso inclui a compra de novos equipamentos como as torres de vídeo-cirurgia. O Governo tem uma equipe totalmente atenta às necessidades das nossas Unidades e, com isso, o trabalho tem ocorrido de forma ininterrupta. Ainda temos mais reforço chegando para outras especialidades do HGR e de outras Unidades de Saúde”, afirmou o governador Antonio Denarium.

Os novos equipamentos devem ser instalados neste mês de janeiro no HGR para pleno funcionamento, servindo aos pacientes que precisam passar por procedimento cirúrgico referente a problemas renais e complicações no sistema urinário.

Para o diretor geral Anderson Dalla, a nova aquisição é importante para aprimorar a efetividade destes serviços oferecidos no Hospital, uma vez que a técnica utilizada por meio destes equipamentos evita grandes lesões no local do procedimento.

“As demandas da especialidade de urologia estão dentre as mais comuns no nosso Hospital, e essa aquisição só vem agregar positivamente no atendimento a esses pacientes, visto que estarão aptos para as atividades cotidianas em menor tempo, devido a utilização desses aparelhos tornar o procedimento minimamente invasivo”, ressaltou.

A segurança, possibilitada pelo sistema gerador de imagens para visualização das cavidades internas durante o procedimento, é uma das atribuições que o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, destaca como fundamentais para a oferta do serviço com qualidade.

“Um ponto importante nesse trabalho de aquisição que o Governo de Roraima está realizando através da nossa Coordenadoria de Urgência é a garantia da segurança no decorrer do atendimento. Estamos visando sempre os equipamentos com capacidade mais avançada que os outros que tenhamos, para dar mais confiança para o profissional e mais resolutividade ao problema do paciente”, destacou.

Avalie este item
(0 votos)

Na manhã desta quarta-feira, 5, a reitora da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) Elísia Martins, assinou um Termo de Recebimento de equipamentos de informática doados pela COGER (Controladoria Geral do Estado de Roraima), em uma ação de parceria institucional.

“Nós conseguimos renovar nossos computadores na Controladoria, adquirindo novos equipamentos de informática e os que nós estávamos utilizando, que também estão em bom estado, estamos doando para a Univirr, uma instituição que é parceira da COGER”, explicou Érico Veríssimo, controlador geral do Estado.

A assinatura do documento ocorreu no prédio da COGER. Estão sendo doados nove computadores completos, contendo CPUs, monitores, teclados e mouses. Segundo Elísia Martins, os equipamentos já têm destino certo.

“Esses equipamentos serão enviados para os pólos de atendimentos no interior do Estado, onde ofertamos cursos de Informática Básica e também atendemos alunos dos cursos de Graduação. Essa parceria institucional é de grande valia, só temos a agradecer”, finalizou a reitora.

A Univirr está presente hoje nos 15 municípios do Estado

A Univirr está presente em todos os municípios de Roraima por meio dos pólos de apoio para o desenvolvimento das atividades pedagógicas presenciais levando cursos de Extensão, Graduação e Pós-Graduação para todo Estado.

Alguns cursos são ofertados por meio do sistema UAB (Universidade Aberta do Brasil), um programa do MEC (Ministério da Educação) que tem o objetivo de ampliar e interiorizar a oferta de cursos e programas de Educação Superior, por meio da Educação à Distância.

A prioridade é oferecer formação inicial a professores em efetivo exercício na Educação Básica pública, porém ainda sem graduação, além de formação continuada aos que já são graduados.

O Programa propõe a articulação entre as instituições de ensino já existentes, possibilitando o acesso ao Ensino Superior público de qualidade aos municípios brasileiros que não possuem cursos de formação superior ou em que os cursos ofertados não são suficientes para o atendimento.

Desta forma, por meio da Univirr, as instituições cadastradas UFRR (Universidade Federal de Roraima), IFRR (Instituto Federal de Roraima), UERR (Universidade Estadual de Roraima) UFAM (Universidade Federal do Amazonas), IFAM (Instituto Federal do Amazonas ofertam nove cursos de Graduação e seis cursos de Pós-Graduação.

Avalie este item
(0 votos)

Pacaraima tem recebido atenção especial do governador Antonio Denarium. Em breve o município contará com uma nova Delegacia da Polícia Civil. O prédio chama atenção pela estrutura moderna, que recebe os últimos detalhes para ser entregue à população.

Com a nova estrutura o Governo vai oferecer melhores condições de trabalho aos policiais que atuam na região, além de um ambiente pronto para atender a população.

A segurança pública é uma das prioridades do nosso governo, que desde o início assumiu o compromisso de fazer o que os outros não fizeram. Dessa forma estamos investindo em novas delegacias, presídios, viaturas, armamentos, além de realizar concursos públicos e contratar novos policiais e agentes penais. A segurança pública de Roraima jamais recebeu tantos investimentos em toda a sua história. E nós vamos continuar, porque a população do nosso Estado merece o melhor”, destacou o governador Antonio Denarium.

A obra foi coordenada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura) e contou com recursos na ordem de quase R$ 1 milhão, de emenda parlamentar do deputado Renato Silva e contrapartida do governo do Estado.

O prédio abrange uma área de 205,16 m² de construção. O espaço conta com recepção para registro de ocorrências, banheiros masculino e feminino. Sala de arquivos, sala do delegado titular, sala de reconhecimento, sala do setor de investigação, sala para material apreendido, sala de ocorrências, 2 salas administrativas, sala de repouso para o delegado com banheiro privado, copa, 5 banheiros para área administrativa, 3 salas de contenção com sanitário e estacionamento interno para carros e motos.

Espaço Cultural Indígena

Para valorizar e incentivar a cultura indígena tão presente no município de Pacaraima, o Governo construiu a Casa do Índio, na comunidade Indígena do Bananal.

A obra contou com recurso especial destinado pelo senador Mecias de Jesus, no valor de R$ 680 mil.

“A obra já está finalizada e servindo os indígenas da região. Nos últimos anos o governo tem investido em obras que beneficiam as comunidades indígenas em todo o Estado”, destacou o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião.

Infraestrutura

A casa possui 256 m² de área construída que abrange quatro salas e uma copa. Na parte interna, conta com três banheiros (um feminino, um masculino e um com acessibilidade). Na parte externa tem dois chuveiros masculinos, dois chuveiros femininos e uma caixa d’água de 15 mil litros.

Possui ainda um bicicletário e estacionamento com calçada. Além disso, o local conta com um salão de 190 m², onde há um palco para apresentações. 

Quarta, 05 Janeiro 2022 09:04

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 363.765 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.336 foram confirmados, sendo 26.848 por RT-PCR e 102.488 por teste rápido, 234.429 descartados, sendo 62.733 por RT-PCR e 171.696 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.696 em Alto Alegre, 1.186 no Amajari, 99.350 casos foram notificados em Boa Vista, 2.556 em Bonfim, 2.574 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.053 em Caroebe, 1.440 em Iracema, 2.402 em Mucajaí, 648 em Normandia, 2.442 em Pacaraima, 3.438 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.199 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.244 em Alto Alegre, 2.361 em Amajari, 184.366 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.023 em Bonfim, 3.642 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.780 em Caroebe, 1.842 em Iracema, 3.747 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.697 em Pacaraima, 5.318 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 739 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.748 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.303 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.027 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.386 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.667 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Visando fomentar a apicultura em Roraima, o Governo de Roraima cedeu um caminhão-baú frigorificado, com capacidade de armazenamento de oito toneladas, à Cooperativa de Apicultores de Roraima (Roraimel).

A entrega do veículo, patrimônio do IACTI (Instituto de Amparo à Ciência, Tecnologia e Inovação de Roraima), foi feita na manhã desta terça-feira, 4, na sede da cooperativa, localizada no Distrito Industrial.

A doação é fruto de um convênio formalizado entre o Executivo Estadual e a instituição, com vigência de um ano e possibilidade de renovação por igual período. O governador Antonio Denarium ressaltou que a atual gestão vem dando forte apoio a atividade apicultora, que vem crescendo em Roraima, tanto é que o Estado também cedeu um prédio no Distrito Industrial para a cooperativa poder se instalar.

“A Roraimel já produz mais de duzentas toneladas de mel por ano para exportação, gerando emprego, renda e desenvolvimento. Até por isso, a Desenvolve Roraima está financiando a industrialização de novas colmeias. Já financiamos 2.680 colmeias e o Governo do Estado disponibilizou recurso para todos produtores de mel aumentarem a produção”, explicou.

O chefe do Executivo também pontuou que, com o crescimento da produção, quem ganha é o pequeno produtor rural, com aumento real da sua renda mensal.

“Hoje, um produtor que tem apenas cem colmeias, trabalha três dias por semana e tem uma renda mensal de aproximadamente R$ 2 mil por mês. É o Governo do Estado apoiando a produção, geração de emprego e renda”, complementou.

O presidente da cooperativa Roraimel, Josias Ferreira Rufino, que recebeu das mãos do governador a chave do novo veículo, disse ser uma honra receber o caminhão. De acordo com Rufino, ele auxiliará na realização dos projetos de expansão da cooperativa.

“Hoje o projeto da cooperativa é entrar na agricultura familiar. Nós já conversamos com os prefeitos, nós já sentamos com eles e um dos nossos objetivos é reativar a casa do Mel do Cantá e reativando esse local, nós vamos entrar hoje em todo o Estado de Roraima, ainda mais com incentivo do governo, que vai aumentar mais ainda a nossa linha de crédito. Nós não queremos ter só o melhor do Brasil, nós queremos ser o maior produtor de mel do Brasil. E nós vamos ser, com esse apoio do Governo do Estado de Roraima”, disse.

RESULTADOS DA APICULTURA EM RORAIMA

O ano de 2021 foi bastante produtivo para os apicultores roraimenses. Isso porque, no ano passado, 130 toneladas de mel foram exportadas para países da Europa, como a Alemanha, que comprou a maior parte desta remessa. Para 2022, é previsto a produção de mais de 200 toneladas de mel no Estado.

No cenário local, cerca de oito a dez toneladas são consumidas por mês e, atualmente, cerca de 30 toneladas por mês são beneficiadas.

Para fomentar a produção de mel no Estado, o Governo de Roraima levou aos apicultores incentivos, financiamentos e repasse de conhecimento, por meio de assistência técnica. Por meio da Desenvolve Roraima, em 2021, foram financiadas 3 mil caixas para os apicultores. O Executivo também financiou R$ 570 mil para a Casa de Mel, via Desenvolve.

A Associação dos Apicultores de Roraima, que funciona na região do Monte Cristo, zona rural da capital, já possui o SIE (Selo de Inspeção Estadual), emitido pela Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima), que garante a boa procedência do mel e possibilita a produção de 64 produtores de mel associados.

 

Avalie este item
(0 votos)

“Nós não somos tratados com respeito. O povo se dirige aos carvoeiros como se fossem criminosos. Mas hoje nossa história vai mudar. Seremos vistos como seres humanos, com a dignidade que merecemos. Pois teremos um lugar destinado para a produção do nosso trabalho”. O relato de Hodirene Freitas, que há 14 anos trabalha no setor carvoeiro de Roraima, revela a realidade vivida por esse segmento.

Atento a isso, o Governo de Roraima organizou a atividade da indústria artesanal de carvão, que hoje emprega mais 180 famílias. O governador Antonio Denarium, fez a doação na manhã desta terça-feira (4), de quatro lotes do Distrito Industrial para a Unicarvão (Cooperativa dos Carvoeiros de Roraima). As áreas, juntas, medem 20 mil metros quadrados.

Na oportunidade, os carvoeiros receberam 170 mil tijolos para a construção de pisos e fechamento dos fornos e mais 20 kits de incineradores de fumaça, que prometem reduzir em até 95% a emissão de gases poluentes na atmosfera.

Para o governador, a cedência do espaço promete pôr fim a um problema antigo entre carvoeiros, empresários e moradores da região, causado por conta da fumaça gerada pelas carvoarias no Distrito.

“É um momento muito importante para a Cooperativa dos Carvoeiros Roraima. Eles que estavam trabalhando em uma ocupação desordenada, sem controle, sem licenciamento ambiental, gerando poluição e fumaça no Distrito Industrial. Mas o momento deles serem reconhecidos chegou”, frisou.

O governador informou que a deputada estadual Aurelina Medeiros destinou emenda parlamentar para a construção de 250 fornos, que irão atender mais de 60 kits incineradores que em breve serão entregues em mais uma remessa.

“Vamos também juntos com a Caer [Companhia de Águas e Esgotos de Roraima], fazer a ligação de uma rede de água de 700 metros, e a perfuração de um poço artesiano aqui, para oferecer uma qualidade de vida melhor aos produtores de carvão”, acrescentou.

Segundo a presidente da Unicarvão, Denize Vital da Silva, a cedência dos lotes vai dar segurança jurídica para os trabalhadores da Cooperativa.

“A gente trabalhava de forma muito precária, sem nenhum conforto. Sem falar que gente estava em terras que não eram nossas. Sofríamos ameaça diariamente, aviso de despejo. Então, não tínhamos nenhum tipo segurança. Essa ação, ela vem para revolucionar o nosso setor, pois agora teremos de uma vez por todas um lugar só nosso. É um benefício muito grande e a gente só tem a agradecer ao governador Antonio Denarium e a toda a sua equipe, por esse momento tão esperado”, afirmou.

O secretário da Seplan (Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento), Emerson Baú, também reforçou que o setor carvoeiro era um problema histórico dentro do Distrito, e que a atual gestão buscou solucionar.

“É um problema que buscamos transformar em oportunidade. Fomos à procura de resolver e mostramos a preocupação que o Governo tem não apenas no momento atual, mas sim com a situação de perigo que essas pessoas viviam hoje e com o futuro delas. Pois são pessoas que atuavam em uma situação indigna de trabalho, respirando ar poluído, com periculosidade, e que finalmente hoje, vão ganhar o seu espaço próprio, com conforto e segurança, estrutura de produção adequada”, destacou.

Avalie este item
(0 votos)

Umas das medidas mais recentes para reforçar o quadro médico nas unidades do Governo de Roraima é a abertura de mais um processo seletivo simplificado, desta vez, para contratação imediata, de caráter temporário, de mais de 87 médicos em diversas especialidades (abaixo), além de formação de cadastro de reserva. As inscrições estão abertas e seguem até a próxima segunda-feira, dia 10.

As inscrições devem ser realizadas somente pelo site do Instituto Selecon (www.selecon.org.br), e só serão efetivadas, após a devida emissão do comprovante de inscrição no certame, com o pagamento de boleto bancário, a ser emitido pelo site do Instituto Selecon.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, ressalta que, entre as medidas que estão sendo estudadas pela equipe da Sesau [Secretaria de Saúde] para implementar de forma imediata o reforço no quadro médico das Unidades, a realização de seletivos se apresentou como a ação mais efetiva.

“Nós estamos muito preocupados com o nosso quadro de médicos que está abaixo do ideal. Em contrapartida as demandas nas nossas Unidades estão elevadas, e a forma mais rápida de resolver essa situação é com a realização de seletivo. O nosso objetivo é garantir que a população tenha um atendimento digno e que a nossa capacidade possa acompanhar a necessidade das pessoas”, ressaltou o secretário.

Veja as especialidades

O seletivo vai contratar de forma imediata médico Clínico Geral, médico Especialista em Alergia e Imunologia, médico Especialista em Anestesiologia, médico Especialista em Oncologia Clínica, médico Especialista em Oncologia Cirúrgica, médico Especialista em Cardiologia, médico Especialista em Cardiologia / Ecocardiograma, médico Especialista em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista.

E ainda: médico Especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço, médico Especialista em Cirurgia Geral, médico Especialista em Cirurgia Plástica, médico Especialista em Cirurgia Torácica, médico Especialista em Cirurgia Vascular, médico Especialista em Clínica Médica, médico Especialista em Dermatologia, médico Especialista em Endocrinologia, médico Especialista em Fisiatria, médico Especialista Gastroenterologia, médico Especialista em Geriatria, médico Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, médico Especialista em Hematologia e Hemoterapia.

Médico Especialista em Hematologia e Hemoterapia Pediátrica, médico Especialista em Infectologia, médico Especialista em Mastologia, médico Especialista em Medicina do Trabalho, médico Especialista em Neonatologia, médico Especialista em Neurocirurgia, médico Especialista em Neurologia, médico Especialista em Neuropediatria, médico Especialista em Oftalmologia, médico Especialista em Ortopedia e Traumatologia, médico Especialista em Otorrinolaringologia, médico Especialista em Patologia, médico Especialista em Pediatria, médico Especialista em Psiquiatria.

E ainda: médico Especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem e/ou Ultrassonografia, médico Especialista em Reumatologia, médico Especialista em Terapia Intensiva, médico Especialista em Urologia, médico Especialista em Pneumologia, médico Especialista em Nefrologia, médico Especialista em Coloproctologia, médico Especialista em Retinologia, médico Especialista em Cardiologia e Arritmologia, médico Especialista em Cirurgia Pediátrica, médico Especialista em Cardiologia Pediátrica, médico Especialista em Endoscopia e médico Especialista em Radioterapia.

Contratação vai permitir retomada plena de cirurgias eletivas

O governador Antonio Denarium destaca que a contratação de novos profissionais é uma das medidas para a ampliação de cirurgias eletivas que passarão a ser realizadas de forma plena, e para que o planejamento seja executado de forma segura e planejada é preciso colocar em prática medidas estratégicas como essa.

“Paralelo à contratação, nós teremos a partir de janeiro a ampla realização das cirurgias consideradas eletivas. É a retomada garantida destes procedimentos graças ao trabalho que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, tem realizado, por meio de medidas como a contratação de uma empresa especializada nestes serviços. Lembrando que é mais oportunidade para os médicos e médicos especialistas e mais garantia de um serviço de saúde com qualidade diante das novas contratações que faremos”, disse o governador.

Avalie este item
(0 votos)

As atividades agropecuária e agroindustrial têm se firmado nos últimos anos como importantes alicerces da economia de Roraima. Para fortalecer o planejamento da atividade produtiva e reduzir a burocracia, o Governo de Roraima, por meio da Seplan (Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento) lança mais uma iniciativa para reforçar o setor, com a atualização da Lei Estadual de Incentivos Fiscais 215/98, que proporcionará mais benefícios para quem produz.

A Lei, que dispõe sobre o incentivo fiscal para empreendimentos agropecuários, com isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para aquisição de máquinas e implementos agrícolas como insumos, peças de reposição e diesel, no âmbito da agricultura, permitirá que o Plano Anual de Exploração Agropecuária (PAEA) - projeto apresentado pelo produtor ou cooperativa, para se tornar beneficiário da Lei, agora tenha validade de cinco anos.

Antes, o Plano que descreve todas as atividades agropecuárias a serem desenvolvidas, além de registrar a relação completa dos bens permanentes e insumos adquiridos, precisava ser renovado a cada ano.

“O Governo está empenhado no desenvolvimento econômico de Roraima. E com o nosso apoio, a produção rural tem crescido, gerado empregos e contribuído cada vez mais com esse desenvolvimento. Por isso estamos criando ferramentas para desburocratizar o acesso a esses benefícios, pois os investimentos que vêm do campo, refletem diretamente nos demais setores da nossa economia, que crescem junto”, detalhou o governador Antonio Denarium.

O secretário da Seplan, Emerson Baú acrescentou ainda, que a reformulação busca facilitar o acesso das cooperativas e associações no programa de incentivos fiscais do Estado. “Estamos implantando um novo formato de acesso destes projetos, que será mediante a PTE [ Projeto Técnico Econômico], o qual estende a validade da proposta apresentada pelas cooperativas e produtor, para se obter o incentivo fiscal. O projeto, ao tornar-se devidamente habilitado, passará a valer por um prazo de cinco anos. No modelo anterior, todo ano ele precisaria ser renovado”, destacou.

O acesso ao benefício só poderá ser via pessoa jurídica, ou seja, através de cooperativas e associações. Hoje, para você habilitar uma cooperativa ou um produtor, o primeiro passo é encaminhar toda a documentação necessária para a Seplan, que faz a análise e habilitação do proponente, que atende adequadamente aos critérios exigidos, explicou o diretor de Agronegócio da Seplan, Regis Monteiro.

“Na Seplan, nós fazemos toda a orientação necessária para se alcançar a concessão dos incentivos. Bem como, também a análise das informações e documentações apresentadas, para depois, junto com a Seapa [Secretaria de Agricultura] e Sefaz [Secretaria de Fazenda], possamos concluir a concessão do benefício ao produtor ou a agroindústria”, frisou.

Documentos e critérios necessários para acessar a Lei 215

1 - O proponente deve ser estar cooperativado ou associado;

2 - A cooperativa ou associação deve estar habilitada no Sistema Tributário;

3 - Documentações pessoais;

4 - Documentação da propriedade;

5 - CND PF/PJ;

6 - Licenciamento Ambiental;

7 - Projeto Anual de Exploração Agropecuária – PAEA;

8 - Formalização de Requerimento.

Segunda, 03 Janeiro 2022 20:54

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 363.405 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.220 foram confirmados, sendo 26.844 por RT-PCR e 102.376 por teste rápido, 234.185 descartados, sendo 62.634 por RT-PCR e 171.551 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.696 em Alto Alegre,  1.186 no Amajari, 99.240 casos foram notificados em Boa Vista, 2.556 em Bonfim, 2.573 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.052 em Caroebe, 1.439 em Iracema, 2.402 em Mucajaí, 648 em Normandia, 2.442 em Pacaraima, 3.437 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.199 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.244 em Alto Alegre, 2.361 em Amajari, 184.149 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.021 em Bonfim, 3.641 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.780 em Caroebe, 1.842 em Iracema, 3.747 em Mucajaí, 1.008  em Normandia, 7.692 em Pacaraima, 5.304 em Rorainópolis, 2.649 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 739 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.729 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.286 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.026 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.352 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.385 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.667 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

O ano de 2022 iniciou com 21 novas viaturas para reforçar as ações da Polícia Militar de Roraima. Os veículos foram entregues pelo governador Antonio Denarium nesta segunda-feira, 3, no Palácio Senador Hélio Campos, para sete municípios, além da capital.

O programa foi implantado pelo governador Antonio Denarium em novembro do ano passado, contemplando um total de 120 viaturas.

Além das 21 viaturas entregues, o governador afirmou que outras virão compor a frota. De acordo com ele, o programa já alcançou resultados positivos na redução da criminalidade.

“E começou no dia 3 de janeiro de 2022 com mais 21 viaturas nas ruas. É um programa do Governo com novos policiais, novas viaturas, equipamentos, armamento e munição. E o trabalho da PM começa a surtir resultados. Tivemos aproximadamente 40% de redução dos assaltos e arrombamentos na capital e no interior. Isso é a prova de que o Governo do Estado não tem medido esforços para alcançar uma segurança de ótima qualidade”, destacou.

Ainda segundo Denarium, o Governo de Roraima tem feito um trabalho integrado com as forças de segurança e novos investimentos virão em 2022.

“Também serão inaugurados destacamentos da PMRR nas vilas Samaúma, Vilhena, Trairão e em todas as localidades onde for necessário o policiamento na rua, o Governo do Estado vai estar presente, com um trabalho integrado de policiamento, em todos os municípios”, disse.

O comandante da PM, coronel Francisco Xavier, explicou que a aquisição dos veículos é uma determinação do governador para reforçar ainda mais o policiamento em todo Estado.

“Essa é a continuidade do programa Polícia na Rua. Então nós estamos em mais uma fase, agora, iniciando a implantação do programa em sete municípios do interior. O objetivo é fazer com que todos os municípios estejam mobilizados com essas viaturas, bem como a capital. Hoje na capital nós contamos com 30 viaturas do programa, mais as 15 viaturas que já estavam aqui. E no interior, chegando com novas viaturas para somar com o policiamento que já faz parte desses municípios”, destacou.

Sul do estado

Em Rorainópolis, a 3°CIPM Fron (3ª Companhia de Policiamento Independente de Fronteira) foi uma das companhias de policiamento do interior contemplada com a remessa de pelo menos seis novas viaturas. O comandante da companhia, o capitão Rodrigo Lima, informou como serão utilizadas e distribuídas no policiamento na sede e nas vilas.

“É uma enorme satisfação estar aqui para receber essas seis viaturas para Rorainópolis. Nós iremos colocar uma viatura na vila Novo Paraíso, duas na sede de Rorainópolis, uma em Nova Colina, uma na vila Equador e outra no destacamento de Jundiá. Elas vão ajudar e muito no policiamento perante toda a sociedade roraimense”, enfatizou.

 

Avalie este item
(0 votos)

Um ano novo pede melhorias no serviço de saúde, compromisso que tem sido colocado em prática com o novo ambiente para marcação de exames. E o atendimento da CGRAC (Coordenadoria Geral de Regulação, Avaliação e Controle) nesta segunda-feira, 3, já foi iniciado no novo endereço, trazendo mais comodidade para os usuários.

O prédio está localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 1364, no Bairro dos Estados, onde está situada a sede do TFD (Tratamento Fora de Domicílio).

A nova estrutura conta com um espaço amplo e climatizado, além de rampas que garantem a acessibilidade de todos.

Para Edison Ferreira, um dos primeiros atendidos e que marcou um exame de ressonância, a sensação é de mais conforto.

"O atendimento foi bem tranquilo, cheguei por volta das 7 horas e logo peguei a senha e fui super bem atendido. O espaço é bem melhor do que o anterior, não tenho do que reclamar sobre a mudança feita”, completou Edison.

Como forma de divulgar a mudança de prédio, além de cartazes informativos e divulgação nas redes, os usuários que buscaram a Sesau no último mês foram informados sobre o novo local, entre eles o Creiner Rojas, que ressaltou a melhoria da estrutura.

"No dia 29 precisei ir a Sesau e logo na frente tinha um cartaz avisando da mudança para o novo local e hoje vim marcar meu exame e estou satisfeito com o espaço, que é mais amplo, climatizado e sem fila", destacou.

Usuários devem se atentar ao horário de funcionamento –

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, esclarece que os atendimentos iniciam cedo e assim como o alto volume de senhas disponibilizadas todos os dias, a marcação de exames também possui alta demanda.

“A entrega de senhas é feita das 7h às 9h e o funcionamento mantido até meio dia. É importante que os usuários não esqueçam os principais documentos, como identidade, comprovante de residência, cartão do sus e todos com a cópia”, pontuou o secretário.

“Começamos o ano com essa reestruturação muito significativa, que traz mais comodidade aos nossos usuários. É preciso modernizar o trabalho nestas áreas de fluxo intenso e o Governo do Estado está atento a esta necessidade”, disse o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

Aprovados no Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) podem emitir o certificado a partir de hoje, 3, em três escolas estaduais da capital. As provas do exame foram aplicadas em agosto de 2021 e correspondem à edição 2020, que foi adiada devido à pandemia da covid-19.

A solicitação de certificados deve ser feita apenas se o participante foi aprovado em todas as áreas de conhecimento, com nota igual ou maior que 100 e na redação, nota maior ou igual a 5. Para emitir a certificação do Ensino Fundamental, os interessados devem procurar a Escola Lobo D’Almada, que fica localizada na Av. Benjamin Constant, 1.453, Centro.

Para solicitar o certificado referente ao Ensino Médio, os participantes devem se dirigir às escolas Ana Libória (Av. Venezuela, s/n° Mecejana) e Monteiro Lobato (Rua Cecília Brasil, n° 1.506, Centro).

Também pode ser solicitado nas escolas, a Declaração Parcial de Proficiência do Encceja, documento no qual o estudante elimina as matérias de determinado eixo formativo para as próximas edições do exame (caso não tenha conseguido alcançar a pontuação mínima para obter o certificado de conclusão).

Segundo Rosangela Viana, chefe da Dieja (Divisão de Educação de Jovens e Adultos) da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), os participantes devem se dirigir às secretarias das escolas e apresentar cópia e original do RG e CPF.

“Além disso, o participante deve apresentar comprovante de residência atualizado, duas fotos 3x4 e o comprovante contendo o resultado do exame, fornecido ao aluno ao acessar o portal do Encceja com seu login e senha pessoal” destacou Rosangela.

O resultado do Encceja foi publicado em dezembro do ano passado, pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Para acessá-lo, o participante deve consultar o site http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja e utilizar o login único de acesso à plataforma.

Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos

O Encceja é realizado pelo Inep desde 2002, em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação. As provas obedecem aos requisitos básicos estabelecidos pela legislação em vigor, para o Ensino Fundamental e Médio.

A última edição contou com 474.079 participantes em todo o Brasil. Além de possibilitar a certificação e a continuidade na trajetória educacional, o Encceja oferece parâmetros para que o participante possa se avaliar e, assim, ter uma orientação para a continuidade da formação e para a colocação no mercado de trabalho.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima segue reforçando o quadro geral de profissionais de saúde do Estado por meio das contratações dos aprovados em processos seletivos realizados pela Sesau (Secretaria de Saúde).

Foi divulgado no site da Sesau mais uma portaria convocando 41 profissionais para se apresentarem na segunda-feira, 3, na sala da CGTES (Coordenadoria Geral do Trabalho e da Educação na Saúde).

Estão sendo chamados, para atuarem em Boa Vista, 26 técnicos em enfermagem, 11 enfermeiros e quatro condutores de ambulância.

“Estamos gerando emprego para mais pessoas ao mesmo tempo em que estamos ampliando o quadro de profissionais da saúde de todo o nosso Estado. Fico muito feliz em imaginar a quantidade de famílias que serão beneficiadas com essa oportunidade de emprego. É o compromisso do Governo de Roraima com a oferta de uma saúde com mais qualidade para a população por meio da reestruturação dos serviços oferecidos nos nossos hospitais”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

Os convocados foram aprovados no Processo Seletivo Simplificado para Cadastro de Reserva realizado pela Sesau em fevereiro de 2021 e devem se apresentar na Secretaria para assinatura de contrato.

Após a assinatura do contrato na CGTES, os candidatos atenderão, de forma imediata e em especial, as demandas do Hospital Materno Infantil.

MAIS DE 20 CONVOCAÇÕES

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos destaca que o saldo de chamadas públicas realizadas pela Sesau, como medida do planejamento estratégico do Governo de Roraima, tem sido fundamental para garantir o bom andamento dos serviços na Rede Estadual de Saúde.

“Entra ano, sai ano e nós continuamos trabalhando incansavelmente para garantir a qualidade dos serviços nos nossos Hospitais. A Sesau fez muitas chamadas públicas neste ano e vai continuar fazendo para atender a todas as Unidades, sejam da capital ou no interior, conforme a necessidade da Administração Pública”, ressaltou o secretário de Saúde.

Segundo a diretora do DGES, Márcia Máximo, essa é a 26ª convocação que o Governo de Roraima está realizando por meio da Sesau.

"Estamos felizes em auxiliar no cumprimento dessa medida, que é uma preocupação da atual gestão, através do apoio que estaremos prestando aos candidatos no momento da apresentação. Sempre lembrando a todos de checarem a prontidão da documentação exigida na portaria de chamada”, disse a diretora.

Candidatos devem ficar atentos ao horário e documentação exigida

Os profissionais precisam estar atentos ao horário disposto na portaria para apresentação, que deve ocorrer das 14h às 17h, na CGTES, no prédio da Sesau, que está situada na rua Madri, 180, bairro Aeroporto.

Devem estar munidos das cópias dos seguintes documentos

- Documento de identificação com foto: RG ou carteira de trabalho ou passaporte ou carteira de Habilitação;

- PIS;

- CPF;

- Comprovante bancário do Banco do Brasil;

- Título de eleitor;

- Registro no Conselho de Registro Profissional;

- Autodeclaração de aptidão física e de sanidade mental;

- Comprovante de residência atualizado (fatura de água ou energia elétrica, contrato de locação ou declaração com firma reconhecida em cartório);

- Comprovante de qualificação cadastral do e-Social;

(http://consultacadastral.inss.gov.br/Esocial/pages/index.xhtml):

A portaria de chamada pode ser acessada no site da sesau saúde.rr.gov.br, na aba ‘Seletivos’ > Processo seletivo 2021 > Cadastro de reserva 2021.2 > Chamadas – Profissionais de saúde.

Avalie este item
(0 votos)

Um novo ano se inicia, e para tornar esse momento em um verdadeiro recomeço, o “Janeiro Branco” chega para reforçar a sensibilização da população sobre a importância dos cuidados com a saúde mental.

E com o intuito de alertar a sociedade sobre medidas que podem ser adotadas para possibilitar a garantia à saúde da mente para mantê-la em equilíbrio durante o ano todo, especialistas reforçam que primeiramente é preciso entender que a mente saudável está diretamente relacionada à qualidade de vida das pessoas.

Segundo a psicóloga da Clínica Médica Especializada Coronel Mota, Havany Pereira, o equilíbrio mental, adquirido quando a pessoa evita pensamentos negativos, realiza atividades físicas, prioriza momentos de lazer em família, dentre outras práticas, evita que as dificuldades do dia-a-dia e as adversidades da vida sejam responsáveis pelo adoecimento do corpo.

“Os impactos psicológicos gerados pela pandemia, que foram e ainda podem ser capazes de afetar o bem-estar como um todo, são um bom exemplo. Quem conseguiu lidar com a incerteza e a insegurança, soube manter a mente e corpo em equilíbrio, e também acabou agregando experiência na forma de lidar com os desafios que nos rodeiam. Por isso, o diálogo sobre o que estamos sentindo e o que temos passado é um grande aliado, porque nem todos tiveram essa mesma força. E é importante se expressar sobre o estado emocional que cada um está vivendo em diversos ambientes, seja familiar, no trabalho, em uma roda de amigos, pois isso é reconhecer a importância da mente saudável e é conscientização”, ressaltou a psicóloga.

Preparação emocional para eventos de 2022 é uma das dicas para garantir saúde mental

Além do que se busca deixar para trás, como as experiências ruins, também é preciso controlar a expectativa em excesso. Ainda segundo Havany, grandes eventos que ocorrerão em 2022 como Copa do Mundo, período eleitoral, dentre outros, devem alterar dois sentimentos em específico.

“Tanto insatisfação como alegrias. Esses dois focos de emoção vão estar muito em evidência, tendo em vista que esse será um ano marcado por estes eventos grandiosos. Isso é fato. Então, a forma de se preparar para isso depende de como cada pessoa lida com as suas frustrações e as suas satisfações. Picos de ambas essas emoções podem levar a atos impensáveis que podem gerar consequências ruins no meio social”, destacou a psicóloga.

Estado conta com rede de atenção à prevenção e tratamento de problemas mentais

Em Roraima, a Rede de Atenção Psicossocial disponibiliza serviço de assistência psicológica, psiquiatra e demais especialistas que fazem parte da equipe multiprofissional que compõem as unidades que integram a rede estadual de saúde.

“É fundamental falar de Janeiro Branco uma vez que você gera conscientização ao mesmo tempo em que ressalta a importância da vida. Para nós, como Estado, que temos buscado cuidar das pessoas em todos os setores públicos de Roraima, o mês de sensibilização sobre a saúde mental é uma oportunidade de fazermos mais e de, também, refletirmos sobre a ampliação das políticas públicas nessa área dentro da Saúde”, disse o governador Antonio Denarium.

O secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, destacou que além de contar com apoio de parentes e amigos, é preciso garantir que as famílias tenham à disposição na saúde pública atenção especial com a saúde mental.

“Por isso além do atendimento profissional eu acredito que a família deve estar envolvida nesse cuidado e a atenção, porque falar da saúde mental é tão amplo quanto a gente possa imaginar, e os serviços precisam acompanhar as necessidades dos nossos usuários, mas o olhar atento da pessoa que está mais próxima do paciente é fundamental para o acolhimento que ela precisa”, frisou o secretário.

A diretora do Departamento de Políticas de Saúde Mental, Sofia de Lima, explica que o atendimento às pessoas que buscam por acompanhamento relacionado à saúde mental inicia na Atenção Básica, em postos de saúde designados para o atendimento de casos leves.

“A Rede de Saúde Mental conta com pontos de atenção que oferecem atendimento ambulatorial como a Clínica Médica Coronel Mota e o CAPS, que é o Centro de Atenção Psicossocial, para quem precisa iniciar um acompanhamento, conforme a gravidade do caso. Lembrando que, tanto na capital quanto no interior, as Unidades Básicas de Saúde são a porta de entrada para o primeiro atendimento e em algumas UBSs a pessoa também pode iniciar o acompanhamento”, destacou a diretora.

 

Avalie este item
(0 votos)

Haelly Gabrielly da Silva Nakamura é o primeiro bebê a nascer em Boa Vista na rede pública de Saúde em 2022. A menina veio ao mundo às 2h43 da manhã deste sábado, dia 1º de janeiro, de parto normal, pesando 3,4 quilos e medindo 52 centímetros.

A mãe, Hellen Mikaelly da Silva Nakamura, de 19 anos, é indígena da etnia Macuxi e o pai Gabriel da Silva Nakamura, de 20 anos, tem ascendência oriental. Eles moram na comunidade Livramento, no município de Alto Alegre.

A mãe de Haelly feliz com a chegada da primeira filha contou que o parto foi tranquilo e rápido. Ela chegou ao Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, na sexta-feira, 31, por volta do meio dia.

“Nas primeiras contrações eu senti muitas dores, mas foi tranquilo e rápido. Eu espero para a minha filha que ela tenha boa saúde e eu estou muito feliz com a minha primeira filha”, disse Hellen.

A supervisora administrativa do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, Marly Coelho explicou que antes da criança deixar a Unidade de saúde ela toma a 1ª dose das vacinas BCG e Hepatite B. E são feitos os testes da orelhinha e do olhinho. Se a mãe permanecer até três dias na Maternidade é feito também o teste do pezinho que é realizado a partir do terceiro dia de vida do bebê.

“No momento a mãe e a bebê vão ficar em observação para fazer alguns exames na criança, se permanecer tudo normal terão alta. É um bebê grande, a mãe está muito feliz com o parto rápido, graças a Deus. Parabenizamos a mãe e a sua princesinha que nasceu bem saudável”, declarou.

 

 

 

Avalie este item
(0 votos)

Para marcar a virada do ano de forma muito especial para a população roraimense, o Governo de Roraima realizou o tradicional Réveillon do Parque Anauá, realizado há 28 anos. Com uma programação especial em três palcos e a tradicional queima de fogos, cerca de 20 mil pessoas receberam o ano novo no Parque, conforme estimativa de público da Polícia Militar.

Neste ano, a queima de fogos que marca a virada do ano teve duração de cerca de dez minutos, à beira do Lago dos Americanos. O governador Antonio Denarium pontuou que  a organização reforçou as medidas necessárias para que todos pudessem ter uma noite especial.

"Consultei o Corpo de Bombeiros e a Cipa [Companhia Independente de Policiamento Ambiental] para fazer a segurança aqui no ambiente, para não ter risco de nenhum tipo de incidente e também foi medido o nível de ruído dentro do Parque Anauá, garantindo a segurança e o conforto das famílias roraimenses. 2021 foi um ano de muito trabalho pela população roraimense em diversos segmentos, executamos programas sociais, recuperamos escolas, prédios públicos, pontes e estradas. Com um trabalho sério estamos colocando as contas em dia. Todo esse trabalho que estamos fazendo por Roraima continua ao longo desse novo ano que se inicia", frisou o governador.

A população presente aprovou a mudança feita pelo Governo de Roraima, especialmente aqueles que foram com toda a família e até com animais domésticos. É o caso do empresário Alex de Oliveira Silva, de 30 anos, que além de levar a família, também levou os dois cachorros.

"Eu assisti toda a queima de fogos, os cachorros ficaram tranquilos, não teve problema nenhum. Prestigiei a chegada do ano novo ao lado da minha família e de forma tranquila e com muita alegria e com o desejo de que nesse ano tudo ocorra bem", declarou Oliveira.

Quem também levou toda a família foi a pedagoga Michelly Brandão, de 26 anos. Com o filho Luan Lucas no colo, ela disse que durante os dez minutos da queima de fogos, o bebê dormiu tranquilamente, sem incômodos.

"Foi um trabalho bem feito pelo Governo e as famílias que optaram pelo Parque Anauá para receber o ano novo, foi muito bem acomodada, graças a Deus", concluiu ela ao elogiar a organização do Réveillon do Parque Anauá.

RÉVEILLON NO PARQUE - O Réveillon do Parque Anauá contou com 16 atrações musicais locais divididas em três palcos. A Polícia Militar e o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima garantiram a segurança da população nas ruas e no trânsito. Além disso, o Corpo de Bombeiros cuidou para que a queima de fogos fosse segura e que a família roraimense pudesse acompanhar o espetáculo com segurança.

 

Avalie este item
(0 votos)

Com foco na reestruturação da saúde, o Governo de Roraima colocou em prática mais uma medida importante para fortalecer a saúde de quem vive no município de Rorainópolis. A Sesau (Secretaria de Saúde) adquiriu um mamógrafo e sete secadoras de traqueia, que atenderão o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto e também outras unidades.

O mamógrafo é digital e automatizado. Além disso, possui sistema para biópsia com detector de alta resolução. Um investimento de R$ 1,55 milhão, recursos próprios do Estado. Já as secadoras custaram R$ 245 mil, proveniente de emendas dos ex-deputados federais Carlos de Andrade e Abel Galinha, da ex-senadora Ângela Portela e do senador Telmário Mota. Os aparelhos vão reforçar o setor de esterilização.

“São equipamentos importantes, fruto do planejamento estratégico do Governo de Roraima que graças ao trabalho conjunto tem ganhado força no processo, seja na aquisição de materiais, equipamentos ou reformas. A nossa missão é somar forças, pois sabemos que quanto mais parceria agregarmos maiores serão os resultados positivos para a população”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

O mamógrafo novo deve entrar em funcionamento nos primeiros meses de 2022, assim que forem realizadas as adaptações estruturais necessárias na sala onde equipamento será instalado. De acordo com o diretor geral do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, Márcio Alves, a chegada do novo mamógrafo é um marco para a saúde do sul do Estado e é mais uma conquista para as mulheres que não precisarão mais se deslocar até a capital para realizar exames.

“Sem sombra de dúvidas a chegada do mamógrafo vai possibilitar inúmeros benefícios para as moradoras de Rorainópolis e dos municípios vizinhos, tendo em vista que a população ainda não contava com esse serviço aqui na nossa região”, destacou o diretor.

Secadoras de traqueia atenderão também unidades da capital

Além do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto e a Maternidade de Rorainópolis, o Hospital Geral de Roraima e o Hospital das Clínicas, em Boa Vista, também serão atendidos com as secadoras que serão entregues nos próximos dias.“Essas medidas refletem o compromisso do nosso governador com a meta de mudar a cara da saúde roraimense e atender melhor quem precisa e garantir o avanço na qualidade dos serviços internos é fundamental, como é o caso da esterilização dos materiais, pois são aqueles que vão influenciar indiretamente o atendimento à população”, reforçou o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos.

Segundo a coordenadora de enfermagem do Hospital de Rorainópolis, Élida Lopes, o equipamento automatiza o processo de secagem dos materiais que tenham passado anteriormente por processo de lavagem e desinfecção.

“É um grande ganho para nós, sem dúvida, até porque não tínhamos até então, e porque vai otimizar o nosso tempo de serviço. A gente passa a contar com mais segurança no processo de esterilização graças a essa eficácia que o aparelho proporciona nessa etapa de limpeza profunda dos materiais”, disse.

Avalie este item
(0 votos)

As marcas alcançadas pelo Governo de Roraima na entrega de vicinais, rodovias e recuperação de pontes, além da intensificação na fiscalização dos serviços executados pelas empresas contratadas, reforça o bom andamento das obras de infraestrutura em todo o Estado.  

Desde o início da gestão do governador Antonio Denarium, a Seinf ( Secretaria de Infraestrutura) recuperou 162 estradas vicinais, que contabilizam mais de 3.850 quilômetros, com investimentos de mais de R$ 130 milhões.  Além disso, foram recuperadas 117 pontes de madeira, somando o investimento de R$ 18.133.701,02. Foram construídas na RR-325, cinco pontes de concreto com extensão total de 120 metros.

Entre as rotas de escoamento de produção mais utilizadas pelos  agricultores, foram  restaurados 105 quilômetros  de asfalto na rodovia RR-203 e na RR-205, o trajeto  de 113 quilômetros  de Boa Vista à Vila do Paredão, também passou por manutenção, com investimento de mais de R$ 12 milhões, somando as obras nas duas rodovias.

MAIS INFRAESTRUTURA

Pelo programa “Aqui tem Obra” os trabalhos continuam a todo vapor nos quatro cantos do Estado. Para 2022 serão entregues mais 72 pontes de madeira. E não para por aí, serão recuperados mais 375 quilômetros de estradas vicinais.

Para dar mais segurança e conforto à população que utiliza as rodovias estaduais, serão construídas mais três pontes mistas de concreto e aço: uma na rodovia RR-205 e duas na rodovia RR-206, trecho que liga Boa Vista à Vila São Francisco. No bairro Cidade Satélite, ocorrerá a duplicação da rodovia RR-205, no trecho da rotatória até o anel viário, com extensão de 18 quilômetros.

E vem novidade para os produtores rurais que utilizam as rodovias para escoar a produção.  A RR-342 que liga a BR-174 e a Vila do Taiano, em Alto Alegre, já conta com 28 quilômetros de asfalto e terá mais 18. A vila de São Silvestre, localizada no mesmo município, também passará por obras de pavimentação.

“Esse é o maior programa de construção de estradas e pontes da história de Roraima. Estamos trabalhando muito para tornar a nossa infraestrutura de transportes mais eficiente a cada dia, pois isso significa mais segurança para quem transita e transporta, o que também reflete em menor custo dos fretes e passagens, pois rodovias seguras diminuem os gastos com manutenção veicular”, destacou o governador Antonio Denarium.

SUL DO ESTADO

Os moradores do Sul do Estado também serão beneficiados com a pavimentação da vicinal 26 , que liga o município de São João do Baliza a Nova Colina.  O trecho de 18 quilômetros da vicinal 28,  também ganhará serviço de pavimentação.

Ainda na região Sul, a rodovia que liga a Vila Martins Pereira em Rorainópolis até a Vila Moderna, em São Luiz do Anauá também receberá pavimentação. O Aqui tem Obra desembarcará também no município do Cantá. A estrada Tronco Malacacheta ganhará  12 quilômetros de  pavimentação, beneficiando as comunidades produtoras.

 

Quinta, 30 Dezembro 2021 21:09

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 362.738 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 129.086 foram confirmados, sendo 26.832 por RT-PCR e 102.254 por teste rápido, 233.652 descartados, sendo 62.460 por RT-PCR e 171.192 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.696 em Alto Alegre,  1.186 no Amajari, 99.121 casos foram notificados em Boa Vista, 2.555 em Bonfim, 2.573 no Cantá, 2.724 em Caracaraí, 2.047 em Caroebe, 1.439 em Iracema, 2.400 em Mucajaí, 648 em Normandia, 2.440 em Pacaraima, 3.433 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.198 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.241 em Alto Alegre, 2.361 em Amajari, 183.659 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.019 em Bonfim, 3.638 no Cantá, 3.938 em Caracaraí, 2.778 em Caroebe, 1.842 em Iracema, 3.745 em Mucajaí, 1.007  em Normandia, 7.684 em Pacaraima, 5.290 em Rorainópolis, 2.648 em São João da Baliza, 1.674 em São Luís e 739 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.685 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.251 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.531 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.026 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.350 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.384 em Pacaraima, 3.364 em Rorainópolis, 1.667 em São João da Baliza, 709 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

O ano de 2022 está cada vez mais próximo e para comemorar, o Governo de Roraima irá realizar o tradicional Réveillon do Parque Anauá. Para animar o público, haverá três palcos e 16 atrações musicais para todos os gostos, tudo pensado para a família roraimense.

O governador Antonio Denarium ressaltou que a tradicional festa seguirá todos os protocolos sanitários contra a covid-19 preconizado pela Organização Mundial da Saúde, ou seja, a população que comparecer ao Parque Anauá deverá utilizar máscara de proteção facial e manter distanciamento social.

“Estamos preparando uma programação especial, com muito amor e carinho para toda a população. Para que isso seja possível, estamos buscando aplicar todos os cuidados possíveis para que todos possam ter uma virada de ano mágica, com o amor e carinho no nosso parque da família”, declarou.

O secretário-adjunto de Cultura, Jaffé da Silva Oliveira, reforçou que o Réveillon do Parque Anauá deste ano foi pensando de uma forma inédita e diferente, valorizando as famílias roraimenses, a cultura local e principalmente os microempreendedores que estarão atuando no evento e movimentando a economia local, com venda de comidas e bebidas.

“Estão sendo montados três palcos para evitar aglomeração, onde as famílias poderão estar com mais conforto. Todos os palcos terão participações de bandas gospels, também teremos o palco forrónejo com atrações de forró e sertanejo, e a parte da música no estilo roraimeira. A queima de fogos será o ponto ápice da festa, para deslumbrar e receber 2022”, concluiu.

Confira abaixo a programação musical do Réveillon do Parque Anauá:

 

PALCO MIX

19:30 – MC Frank

20:00 – Márcio Alexandre e Banda

21:30 – Banda Ernandes Dantas

23:00 – Banda Gospel Monik Kelly

00:00 – Renato Poeske e Banda

02:00 – Banda Elos

PALCO RORAIMEIRA

20:00 – Banda Gospel Ministério Emanuel

21:00 – Halisson Crystian e Banda

22:30 - Euterpe e Banda

00:30 – George Farias e Banda

02:00 – Neuber Uchôa e Banda

PALCO FORRONEJO

20:00 – Emerson e Fabiano

21:30 – Felipe Exaltação

22:30 – Gleysinho e Banda

00:00 – Banda Xama na Pegada

02:00 – Forró Pode Crê

 

 

Quinta, 30 Dezembro 2021 16:56

COMUNICADO

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

Uma lancha de alumínio medindo 3,10 metros de comprimento pertencente à Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) foi furtada das margens do Rio Branco no município de Caracaraí, na madrugada desta quinta-feira, dia 30. As autoridades policiais já foram comunicadas e um Boletim de Ocorrência foi registrado.  

O barco denominada Tracajá, tem a identificação da Fundação e estava ancorado às margens do Rio Branco em Caracaraí com correntes e cadeados ao lado de uma fábrica de gelo que funciona no local

A embarcação foi adquirida em abril deste ano pela Femarh e tem capacidade para 15 passageiros e um tripulante, sendo equipada com rádio VHF, motor de popa Suzuki 150 hp, banheiro e tanque de combustível com capacidade de 200 litros.

Quem cometeu o crime está sujeito às penas do artigo 155 do Decreto Lei nº 2.848 de 07 de dezembro de 1940, Código Penal Brasileiro. Qualquer informação sobre a embarcação pode ser repassada pela população a polícia através 190

 

Avalie este item
(1 Votar)

O período de confraternizações de fim de ano pede cuidados redobrados e lutar contra a covid-19 é um dever de todos. A pandemia ainda não acabou e os cuidados devem ser mantidos em casos de encontros presenciais durante a celebração do Ano Novo, com atenção a imunização dos participantes, dando preferência a locais abertos e bem ventilados, além é claro, do respeito às medidas de segurança contra a covid-19. É o que afirmam médicos e  especialistas.

O médico infectologista do Hospital Geral de Roraima, Domingos Sávio, destaca que a celebração pode ser feita com tranquilidade, se cada um fizer a sua parte.

“É importante conhecer aqueles com quem você vai se reunir, saber se possuem o esquema vacinal primário completo ou se já estão com a dose de reforço. O local também é importante, com ambientes amplos onde é possível manter um distanciamento, somado com as medidas de proteção é possível ter um ano novo mais seguro”, destacou o infectologista.

As autoridades de saúde, como a (Fiocruz) Fundação Oswaldo Cruz, além de orientar que todos os convidados estejam vacinados, pontua que os mais vulneráveis devem ser preservados, como idosos, crianças e pessoas com comorbidades.

Além disso, pessoas com qualquer sintoma, mesmo que leve, devem ser orientadas a manter o isolamento, bem como as que tiveram contato com quem testou positivo recentemente.

Todas as medidas conhecidas contra a covid-19 são válidas para todos os tipos de eventos e as flexibilizações, são possíveis graças ao esforço conjunto durante todo o ano, que tem resultado no avanço da vacinação e redução no número de internações e mortes pelo vírus.

“Chegamos a um momento em que é possível fazer algumas concessões, temos mais de 249 mil pessoas com o esquema primário completo, que é um número bem significativo, mas não podemos esquecer que ainda vivemos uma pandemia e continuar atento às medidas é fundamental para iniciarmos o ano novo com mais tranquilidade", completou o governador Antonio Denarium.

Para o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, após momentos difíceis da pandemia, esses encontros se tornaram ainda mais importantes para todos.  Sendo assim é fundamental que todos busquem a melhor maneira de diminuir os riscos da Covid-19.

“O Governo de Roraima por tem o compromisso de esclarecer, dialogar e pactuar estratégias para que possamos manter as festas cuidando uns dos outros e a população deve continuar incentivando familiares, amigos e colegas de trabalho não imunizados a se vacinarem para um ano novo mais seguro e protegido”, finalizou.

 

  

 

Avalie este item
(1 Votar)

Em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira, dia 30, no Palácio Senador Hélio Campos, o governador Antonio Denarium prestou contas do trabalho que o Governo fez ao longo de 2021 e desde o início da atual gestão. O ano chega ao fim com bons resultados para o povo roraimense em setores como a economia, infraestrutura, agricultura, educação, saúde e social. Para 2022, a expectativa é de continuidade do crescimento em todos os segmentos. 

“Quando falamos em economia, tivemos muito sucesso. Com um trabalho sério e comprometido, pagamos mais de R$ 1,8 bilhão em dívidas de gestões passadas. Conquistamos os melhores indicadores da história de Roraima em todos os sentidos como liberdade econômica, ambiente de negócio, crescimento da arrecadação, recorde de empregos formais, maior crescimento de arrecadação do Brasil e terceiro maior crescimento do PIB. Hoje pagamos todas as contas em dia, inclusive o salário dos servidores. Além disso, agora estamos fazendo obras com recursos próprios do Estado, sem criar dívidas com empréstimos como era feito antes”, disse o governador Antonio Denarium.

O Governo do Estado repassou R$ 390 milhões aos 15 municípios de Roraima entre janeiro e novembro de 2021. O valor é 13% maior que as transferências realizadas em 2020 e representa um crescimento de 72,08% quando comparado aos R$ 226 milhões repassados em 2018. Boa Vista foi o município que recebeu o maior volume de recursos em 2021, um total de R$ 216.477,730,56.

Uma atividade que impulsionou a economia foi o plantio de soja e milho. Roraima foi o Estado com maior crescimento de área plantada. “Foram comercializados mais de R$ 700 milhões somente neste segmento. O setor gera mais de 25 mil empregos diretos e indiretos”, pontuou o governador.

SOCIAL

O ano de 2021 também foi o ano do social. A pandemia de covid-19 se estendeu por mais um ano, causando dificuldades financeiras para diversos segmentos. Para não desamparar a população nesse período, o Governo criou o Cesta da Família, programa que garante o alimento na mesa para mais de 50 mil famílias em todo o Estado. “Entregamos mais de 350 mil cestas básicas para famílias carentes na capital e interior. As famílias em localidades mais distantes receberam cestas físicas e as demais o cartão benefício com R$ 200 mensais”, afirmou.

Outro público afetado com a pandemia foram os autônomos, principalmente do segmento cultural e aqueles que trabalham com eventos. Para atender o setor, o Governo criou o Auxílio Empreendedor que atendeu 10 mil pessoas com a quantia de R$ 1,5 mil. “Não abandonamos a população em nenhum momento. Investimos mais de R$ 15 milhões para dar suporte financeiro a microempreendedores individuais, artistas, agricultores familiares, indígenas e autônomos”, afirmou Denarium. 

Morar Melhor

Um programa social que garante dignidade e melhores condições de vida para a população é o Morar Melhor. Por meio deste programa, o Governo de Roraima está reformando a casa de cerca de mil famílias de Boa Vista na primeira fase do programa, que pretende fazer melhorias em residências de pessoas de baixa renda em todo o estado. Neste primeiro momento, em Boa Vista, 25 bairros estão sendo atendidos. Ao todo, serão investidos R$ 6 milhões na fase inicial do programa, recursos próprios do governo.

SAÚDE

Na saúde, o Governo de Roraima investiu R$ 2 bilhões para melhoria da qualidade nos últimos três anos. O dinheiro foi investido em compra de equipamentos, ampliação dos serviços públicos, ações de atenção em saúde e na construção e reforma de unidades hospitalares na Capital e no interior.

Além disso, também investiu na ampliação da força de trabalho, com a contratação de mais de 3,2 mil novos profissionais, por meio de processos seletivos, para reforçar a mão de obra nas Unidades Hospitalares na capital e interior.

O combate a pandemia segue com a distribuição de vacinas e mutirão de vacinação. O estado distribuiu mais de 70% das vacinas que recebeu e intensificou mutirão para levar a vacina para todos os municípios. Já foram distribuídas mais de 826 mil doses em todo o Estado.

SEGURANÇA

Na segurança, entre 2018 e 2020, o Governo investiu mais de R$ 3,4 milhões na Polícia Militar. As ações vão desde a aquisição de novos equipamentos, cursos de formação de soldado, projetos comunitários, auxílios fardamento e alimentação, até a promoção dos policiais militares.

Quase dois meses após a implantação do programa Polícia na Rua, o número de roubos em Boa Vista caiu 37,9%, segundo levantamento feito pela Polícia Militar.

Também foi feito o primeiro Concurso Público dos Policiais Penais pela Secretaria de Justiça e Cidadania. Também foi feita a convocação da maior turma de Soldados já formada de uma única vez na Polícia Militar. Quase 400 e mais os outros da segunda turma que serão convocados em 2022. Além disso, houve a promoção de 9 cargos da Polícia Civil, sendo 730 policiais classe especial e um da classe intermediária e promoção de mais de 1 mil policiais militares.

EDUCAÇÃO

A política de reconstrução da educação de Roraima passa primeiramente pela reestruturação dos prédios escolares que foram abandonados ao longo dos anos. Até o mês de novembro de 2021, o governo de Roraima reconstruiu 23 escolas em todo o estado.

Quanto a valorização dos servidores o Governo fez o pagamento de R$ 5 milhões em progressões verticais, em uma folha suplementar, para os professores e abono de 6 mil para cada profissão da educação.

INFRAESTRUTURA -

Aqui tem Obra - Estradas e vicinais

Já foram investidos quase R$ 160 milhões na recuperação e manutenção de mais de 2 mil km de estradas em todos os municípios de Roraima. São quase 200 estradas atendidas até o momento, sendo que muitas delas não recebiam manutenção há mais de 20 anos.

Aqui tem Obra – Pontes

O Governo de Roraima já reconstruiu e deu manutenção em mais de 2 mil metros de pontes localizadas em todos os municípios do estado.

AQUI TEM DONO-

Regularização Fundiária – Titulação das terras de Roraima nos últimos três anos foi feita a maior entrega de títulos definitivos urbanos e rurais da história de Roraima, a segurança jurídica para os produtores que aguardavam por esse momento há 30 anos. “Estamos atendendo mais de 5 mil propriedades no Estado. Com os títulos, além da valorização das terras, os produtores poderão ter acesso a crédito, financiamento bancário e aumento da produção e geração de emprego e renda. Estamos trabalhando para reconstruir Roraima”, disse Denarium.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima divulgou o Edital de Matrículas para o Ano Letivo 2022. A rede estadual de ensino está ofertando 15.055 vagas, distribuídas entre as 59 escolas da capital.

“A rede estadual de ensino possui vagas suficientes para atender todos os nossos estudantes. Também estamos equipando as escolas com mobiliários novos, quadros brancos, equipamentos de copa e cozinha, bebedouros além de material de limpeza e higiene, para garantir a segurança de todos no retorno das aulas”, destacou o governador Antonio Denarium.

Para os Colégios Estaduais Militarizados, Escolas Euclides da Cunha e Lobo D’Almada, será realizado sorteio público eletrônico de vagas devido à alta demanda de matrículas nestas instituições de ensino.

Estão sendo ofertadas 2.420 vagas, distribuídas em 11 Colégios Estaduais Militarizados, sendo 1720 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental e 700 vagas para a 1ª série do Ensino Médio. Além de 110 vagas para o ingresso no 6° ano da Escola Euclides da Cunha e 210 vagas para a 1ª série do Ensino Médio na Escola Lobo D’Almada.

Os pais ou responsáveis de alunos que desejam concorrer a uma das vagas devem fazer a inscrição pela internet até o dia 4 de janeiro. Para os Colégios Estaduais Militarizados, a inscrição deve ser feita no link https://is.gd/colegiosmilitarizadosrr.

E para as Escolas Euclides da Cunha e Lobo D’Almada, a inscrição é por meio do link https://is.gd/escolaestadualrr. A inscrição é simples, com o preenchimento de alguns dados pessoais. Os editais com todas as informações estão disponíveis nos links e também no Portal do Governo de Roraima: www.rr.gov.br.

O sorteio público eletrônico será no dia 6 de janeiro, a partir das 16 horas, no auditório da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) com acesso restrito à gestão das escolas e representantes das APM’s (Associação de Pais e Mestres).

O sorteio será transmitido ao vivo pelos canais do Youtube da Polícia Militar de Roraima @PMRR TV e da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) @NTE RORAIMA, para que os pais e a comunidade escolar possam acompanhar. O resultado será divulgado nos links e também nos murais das escolas.

“Muitos pais têm preferência pelas escolas militarizadas e por escolas localizadas no Centro da capital. Para atender a comunidade de uma forma justa e democrática, optamos pela realização do sorteio eletrônico. Os pais poderão acompanhar todo o processo de forma on-line, nos links disponibilizados”, destacou Raimunda Rodrigues, diretora do Departamento de Educação Básica.

Matrículas novas serão realizadas em janeiro, nas secretarias das escolas

O período de novas matrículas na rede será de 10 a 14 de janeiro. Estão sendo ofertadas 6.295 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental, 5.009 para a 1ª série do Ensino Médio e 3.751 vagas para a EJA (Educação de Jovens e Adultos – 1° e 2° segmentos).

Os pais ou responsáveis devem dirigir-se às escolas pretendidas e efetuar a matrícula diretamente na secretaria da escola. É necessário apresentar cópia e original dos seguintes documentos: histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno.

E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado; cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e 02 fotos 3x4 recentes.

CALENDÁRIO ESCOLAR 2022

O Calendário Escolar 2022 já foi publicado no DOE (Diário Oficial do Estado) do dia 27 de dezembro e direciona as atividades pedagógicas para o Ensino Regular, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e Educação Escolar Indígena.

O documento prevê 800 horas de aulas e 200 dias letivos, divididos em quatro bimestres (com 50 dias letivos cada um), com início das aulas para o dia 7 de fevereiro.  O recesso escolar será de 7 a 21 de julho e o ano letivo encerra no dia 16 de dezembro. De 19 a 22 será o período de recuperação final e as férias escolares estão previstas para 26 de dezembro de 2022 a 24 de janeiro de 2023.

A Seed está programando o retorno 100% presencial em todas as escolas da rede estadual de ensino em 2022. Mas a decisão vai depender da situação da pandemia da Covid-19 no Estado.

“Estamos acompanhando o cenário epidemiológico no Estado e seguiremos todas as orientações da Secretaria de Saúde e da Vigilância Sanitária. O retorno presencial só ocorrerá se for seguro para todos, estudantes, professores, servidores e comunidade escolar”, finalizou a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

 

Avalie este item
(2 votos)

VAGAS DO SINE DIA 30.12.2021

AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, CURSOS NA ÁREA, ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO, CNH B CONHECIMENTO EM MECÂNICA BÁSICA.
VAGAS 01

AUXILIAR DE PADEIRO
ENSINO MÉDIO COMPLETO, EXPERIÊNCIA INFORMAL (APRESENTAR DECLARAÇÃO DE RECOMENDAÇÃO), VAGA PREFERENCIALMENTE SEXO MASCULINO.
VAGAS 02

BABÁ
EXPERIÊNCIA INFORMAL (APRESENTAR CARTA DE RECOMENDAÇÃO) E DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO.
VAGAS 01

TECNICO DE TELECOM E CABISTA
EXPERIÊNCIA INFORMAL, ENSINO MÉDIO COMPLETO OU CURSANDO ENSINO SUPERIOR, DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO E VIAGENS TÉCNICAS. DESEJÁVEL EXPERIÊNCIA EM ATIVIDADES TÉCNICAS NA ÁREA DE INSTALAÇÃO DE INTERNET E/OU MANUTENÇÃO DE FIBRA E RÁDIO, NOÇÕES BÁSICAS NA ÁREA DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA.
VAGAS 04

CAMAREIRA DE HOTEL
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, ENSINO MÉDIO COMPLETO, PROATIVO, ÁGIL, ORGANIZADA E PONTUALIDADE.
VAGAS 02

CARPINTEIRO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA E ENSINO FUNDAMENTAL.
VAGAS 03

COMPRADOR
ENSINO MÉDIO COMPLETO, EXPERIÊNCIA COMPROVADA NA CARTEIRA OU APRESENTAR CARTA DE RECOMENDAÇÃO),TER CONHECIMENTO NA ÁREA, DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO,CONHECIMENTO EM PACOTE OFFICE E NOÇÃO SOBRE NOTA FISCAL.
VAGAS 01

COMPRADOR
ENSINO MÉDIO COMPLETO, EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, HABILIDADES GERENCIAIS, NEGOCIAÇÃO E ADMINISTRATIVO E CONHECIMENTO DO PACOTE OFFICE.
VAGAS 01

COZINHEIRA
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, CURSOS NA ÁREA DE CULINÁRIA. PREPARAR AS REFEIÇÕES DE QUALIDADE DOS ALIMENTOS. INSPECIONAR A HIGIENIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E UTENSÍLIOS.
VAGAS 01

COZINHEIRA
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA EM COZINHA DE FAZENDA E ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO E DISPONIBILIDADE PARA VIAJAR PARA O MUNICÍPIO DE AMAJARI.
VAGAS 01

ELETRICISTA
ENSINO MÉDIO,EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA,CURSO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ALTA TENSÃO E BAIXA TENSÃO,NR 10,NR 35 E SEP, TER CNH AB E DISPONIBILIDADE DE VIAGENS PARA OS MUNICÍPIOS DE RORAIMA.
VAGAS 04

ELETRICISTA AUTOMOTIVO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA E ENSINO MÉDIO COMPLETO. REALIZA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO ELÉTRICA PREVENTIVA E CORRETIVA EM VEÍCULOS (MÁQUINAS PESADAS) ANALISA AS NECESSIDADES DE TROCA E REGULAGEM, MONTA SISTEMAS E APLICA TESTES DE FUNCIONAMENTO.
VAGAS 01

ELETRICISTA AUTOMOTIVO
EXPERIÊNCIA INFORMAL, ENSINO FUNDAMENTAL E DISPONIBILIDADE PARA VIAJAR PARA O MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA BALIZA.
VAGAS 01

EMPREGADO DOMÉSTICO
EXPERIÊNCIA INFORMAL EM SERVIÇOS DOMÉSTICOS, TER DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO (TEMPO INTEGRAL),E PRINCIPALMENTE AOS SÁBADOS.
VAGAS 01

EMPREGADO DOMÉSTICO
EXPERIÊNCIA INFORMAL, SABER COZINHAR, LAVAR E PASSAR, ENTRE OUTROS SERVIÇOS DOMÉSTICOS E TER DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO.
VAGAS 01

EMPREGADO DOMÉSTICO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA OU REFERÊNCIAS PROFISSIONAIS, SABER COZINHAR, LAVAR E PASSAR, PROATIVA E DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO.
VAGAS 01

GARÇOM
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, ATENDE CLIENTES SERVIR BEBIDAS E COMIDA, ANOTAR PEDIDOS, SERVINDO-OS, LIMPEZA DO AMBIENTE APÓS A SAÍDA DO CLIENTE.
VAGAS 03,

LANTERNEIRO DE AUTOMÓVEIS
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, TRANSPORTE PRÓPRIO E ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO.
VAGAS 01

MOTORISTA DE CAMINHÃO
ENSINO MÉDIO COMPLETO,EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA,CARTEIRA DE MOTORISTA D OU SUPERIOR ATUALIZADA ,CURSO DE MOVIMENTAÇÃO DE OPERAÇÃO DE PRODUTOS PERIGOSOS(MOOP).
VAGAS 02

MOTORISTA DE CAMINHÃO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA E ENSINO FUNDAMENTAL. FAZER ENTREGA NA CIDADE DE BOA VISTA E AJUDAR CARREGAR E DESCARREGAR O CAMINHÃO.
VAGAS 03

MOTORISTA DE CAMINHÃO-PIPA
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, ENSINO MÉDIO COMPLETO. TRANSPORTA MATERIAIS E PRODUTOS PARA DIVERSOS ITINERÁRIOS. ELABORA RELATÓRIOS DE VIAGEM E ROTA, EFETUA PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS DESPESAS EFETUADAS COM O VEÍCULO.
VAGAS 02

MOTORISTA DE CAMINHÃO-GUINCHO PESADO COM MUNK
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, ENSINO MÉDIO COMPLETO, CNH D, CURSOS DE DIREÇÃO DEFENSIVA E OPERADOR DE MUNK.
VAGAS 01

OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS NA MANUTENÇÃO DE EDIFICAÇÕES
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA E ENSINO FUNDAMENTAL. FAZER SERVIÇO PESADO DE CARREGAR E DESCARREGAR CAMINHÃO DE ENTREGA.
VAGAS 03

OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS NA MANUTENÇÃO DE EDIFICAÇÕES
EXPERIÊNCIA INFORMAL, ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO. TRANSPORTE PRÓPRIO, CONHECIMENTO EM MECÂNICA (MÁQUINAS) E OBRAS, TER DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO. TRABALHAR EM GRANJA, NO MONTE CRISTO A 15KM DE DISTÂNCIA.
VAGAS 02

OPERADOR DE EMPILHADEIRA
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO, POSSUIR CURSO DE OPERADOR DE EMPILHADEIRA, CNH B (EM DIAS) E DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO.
VAGAS 01

OPERADOR DE PATROL
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA E ENSINO MÉDIO COMPLETO. REMOVEM SOLO E MATERIAL ORGÂNICO BOTA-FORA, DRENAM SOLOS E EXECUTAM CONSTRUÇÃO DE ATERROS. REALIZAM ACABAMENTO EM PAVIMENTOS.
VAGAS 06

OPERADOR DE ROLO COMPACTADOR
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA OPERA ROLO COMPACTOR DE SOLO OU CAMADAS DE CONSTRUÇÃO EM OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO, TERRAPLENAGEM E CASCALHAMENTO. TER HABILITAÇÃO NA CATEGORIA D/E, POSSUIR DISPONIBILIDADE PARA TRABALHAR EM ZONAS RURAIS DE BOA VISTA.
VAGAS 02

OPERADOR DE COMBUSTÍVEL
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA/CARTA DE RECOMENDAÇÃO, ENSINO MÉDIO COMPLETO E CURSOS NR20, NR10 E NR35.
VAGAS 01

PADEIRO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, PREPARAR MASSAS, PÃES, SALGADOS, PIZZAS, TORTAS DOCES E OUTROS PRODUTOS DE PANIFICAÇÃO, TER HIGIENE E ORGANIZAÇÃO.
VAGAS 01

RECEPCIONISTA DE HOTEL
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA, COMUNICATIVO, CONHECIMENTO EM INFORMÁTICA, FALAR INGLÊS E ESPANHOL, QUE SEJA PROATIVO; SABER LIDAR COM AS PESSOAS E PONTUALIDADE.
VAGAS 01

SOLDADOR
EXPERIÊNCIA INFORMAL,ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO E DISPONIBILIDADE PARA VIAJAR PARA O MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA BALIZA.
VAGAS 01

SUPERVISOR DE REFRIGERAÇÃO
CONHECIMENTO NA ÁREA DE REFRIGERAÇÃO, EXPERIÊNCIA INFORMAL, TER EXPERIÊNCIA COM GESTÃO DE PESSOAS OU COM EQUIPE OPERACIONAL.
VAGAS 01

VENDEDOR INTERNO
EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA EM VENDAS EM PAPELARIA E ENSINO MÉDIO COMPLETO.
VAGAS 01

 VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

MOTORISTA DE CAMINHÃO
ENSINO MÉDIO COMPLETO, EXPERIÊNCIA NA CARTEIRA,CARTEIRA DE MOTORISTA D OU SUPERIOR ATUALIZADA ,CURSO DE MOVIMENTAÇÃO DE OPERAÇÃO DE PRODUTOS PERIGOSOS(MOOP)AT

VAGAS 01

 

 

Quarta, 29 Dezembro 2021 19:27

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 360.922 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 128.793 foram confirmados, sendo 26.825 por RT-PCR e 101.968 por teste rápido, 232.129 descartados, sendo 62.201 por RT-PCR e 169.928 por teste rápido e 2.078 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.696 em Alto Alegre,  1.185 no Amajari, 98.848 casos foram notificados em Boa Vista, 2.554 em Bonfim, 2.572 no Cantá, 2.723 em Caracaraí, 2.047 em Caroebe, 1.439 em Iracema, 2.397 em Mucajaí, 647 em Normandia, 2.435 em Pacaraima, 3.432 em Rorainópolis, 1.681 em São João da Baliza, 723 em São Luiz e 1.197 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.207 em Alto Alegre, 2.360 em Amajari, 182.226 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.014 em Bonfim, 3.637 no Cantá, 3.936 em Caracaraí, 2.776 em Caroebe, 1.841 em Iracema, 3.742 em Mucajaí, 1.004  em Normandia, 7.675 em Pacaraima, 5.289 em Rorainópolis, 2.645 em São João da Baliza, 1.663 em São Luís e 732 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.078 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.566 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 126.649 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.657 em Alto Alegre, 1.160 em Amajari, 97.227 são de Boa Vista, 2.518 de Bonfim, 2.530 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.022 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.349 em Mucajaí, 611 em Normandia, 2.384 em Pacaraima, 3.363 em Rorainópolis, 1.667 em São João da Baliza, 709 de São Luiz e 1.176 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Quarta, 29 Dezembro 2021 17:39

NOVO HGR | Obras de reforma e ampliação avançam

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

Para garantir a efetividade das obras de reestruturação da saúde roraimense e cumprir o compromisso do Governo de Roraima, a Secretaria de Saúde tem buscado dar celeridade ao trabalho de intervenção geral que tem sido realizado no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

Nesta quarta-feira, 29, o secretário, Leocádio Vasconcelos, realizou uma vistoria ao canteiro de obras da unidade.

Acompanhado dos diretores geral e administrativo, gerente do departamento de engenharia da Secretaria de Saúde e pelo responsável técnico pelas obras no local, o secretário conferiu os serviços do corredor que liga a atual estrutura ao novo anexo, pela parte externa da reforma no bloco D, bem como a reforma do Pronto Atendimento Airton Rocha.

“Essas obras estão ocorrendo nos blocos do HGR que apresentaram necessidade de readequação conforme as atualizações das autoridades de saúde e, também, diante da nossa meta de buscar constantemente as melhorias mais significativas para a saúde do nosso Estado. Então, paralelo a estruturação do grande anexo, também tem obras acontecendo aqui na antiga estrutura, sem comprometer, de forma alguma, o funcionamento dos serviços”, disse o governador Antonio Denarium.

Trata-se do trabalho de adequação pelo Governo do Estado, por meio da Sesau, no que se refere ao fluxo sanitário do prédio hospitalar, uma vez que que é preciso acompanhar os avanços nas orientações previstas pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Durante a visita, o secretário relembrou e elogiou o projeto de reforma da unidade, que agora atenderá todos os requisitos para prestar o melhor atendimento à população.

“São muitas obras. O Hospital está sendo reformado em sua totalidade e estamos trabalhando para entregar o novo HGR o mais rápido possível”, reforçou.

Centro Cirúrgico da atual estrutura do HGR está em fase final de revitalização -

O ponto principal da visita do chefe da pasta da Saúde foi o Centro Cirúrgico, que está passando por obras de revitalização.

Entre as melhorias estão substituição de piso, revitalização do sistema elétrico e hidrossanitário, reforço na acessibilidade, nova pintura, alocação de esquadrias e adequação do sistema de combate a incêndio. A previsão é de que a obra seja concluída nos primeiros meses de 2022.

 

 

Quarta, 29 Dezembro 2021 16:00

NOTA DE SERVIÇOS ESSENCIAIS

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

O Governo de Roraima informa que nesta sexta-feira, dia 31 de dezembro, em alusão às comemorações de fim de ano, o governador Antonio Denarium decretou ponto facultativo em todas as repartições públicas da Administração Direta e Indireta.

Dessa forma, no dia 31, apenas os serviços essenciais vão funcionar na estrutura governamental. O expediente retorna à normalidade no dia 3 de janeiro de 2022, próxima segunda-feira.

SAÚDE

As Unidades que realizam atendimentos de urgência e emergência, como Pronto Atendimento Airton Rocha, Pronto Socorro Francisco Elesbão, Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, Hospital das Clínicas Dr. Wilson Franco e Pronto Atendimento Cosme e Silva funcionarão normalmente, de forma ininterrupta por todo feriado prolongado.

As unidades de saúde do Interior do Estado que possuem o serviço de urgência e emergência também funcionarão ininterruptamente para esta finalidade. A Central Estadual de Regulação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) manterá suas atividades normais, durante 24 horas, por todo feriado.

A Central Estadual de Regulação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) manterá as atividades normais, durante 24 horas, durante o feriado.

As Unidades que prestam serviços ambulatoriais incluindo Centro de Referência de Saúde da Mulher Maria Luíza Castro Perin), bem como os setores administrativos do Laboratório Central de Saúde Pública de Roraima), Laboratório de Patologia do Estado de Roraima) e Núcleo Estadual de Reabilitação Física), Clínica Médica Especializada Coronel Mota e Centro de Cardiologia e Diagnóstico por Imagem) não funcionarão na sexta-feira, 31, e retornam com as atividades na segunda-feira, dia 3 de janeiro de 2022.

Já o Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima abre na sexta das 8h às 12h, para procedimento agendados de aférese, pra o suprimento do estoque de plaquetas, fecha sábado e volta segunda-feira, 3.

CAER

No dia 31 de dezembro não haverá atendimento nas lojas da Capital e Interior da Caer, e os clientes devem entrar em contato com a Empresa por meio dos canais digitais. O atendimento volta ao normal no dia 3 de janeiro de 2022.

Canais de comunicação para que os usuários possam esclarecer dúvidas sobre saneamento básico diretamente com a Companhia:

Caer mobile: Disponível para Android na Google Play Store (https://play.google.com/store/apps/details?id=com.caer.caerMobileApp) e IOS na App Store.

WhatsApp: Os usuários também podem entrar em contato direto com a Caer por meio do WhatsApp (95) 98404-5313 ou clicando no link: https://bit.ly/386V1VQ para tratar de problemas de extravasamento de esgoto ou na rede de distribuição de água – funcionamento das 8h às 22h.

Call Center: O SAC 0800.280.9520 funcionará normalmente, das 8h às 18h e haverá regime de plantão para os serviços de manutenção das redes de água e esgoto e atendimento de ocorrências, bem como das Estações de tratamento e Estações elevatórias.

POLÍCIA CIVIL

O atendimento nas unidades da Polícia Civil seguirá normalmente em todos os Distritos Policiais para registro de Boletim de Ocorrência. Contudo, devido à situação da pandemia de covid-19 e para evitar aglomerações, a PCRR orienta que caso o cidadão precise registrar um Boletim de Ocorrência, que o faça na modalidade online, por meio do site da Polícia Civil de Roraima: www.pc.rr.gov.br e clica em Delegacia Virtual.

Uma equipe de policiais atende o registro realizado pelo cidadão, analisa e encaminha o boletim de ocorrência para o e-mail informado e o procedimento será encaminhado para providências.

O cidadão pode fazer o registro de Boletim de Ocorrência Online estando em qualquer um dos 15 municípios de Roraima e não precisa ir à Delegacia para ser atendido. É fácil, prático e seguro e, assim, evita-se as aglomerações, torna-se mais fácil conter o avanço do vírus, o cidadão estará mais seguro e os policiais mais protegidos.

Caso surjam dúvidas, o cidadão pode também fazer o registro por telefone. Basta fazer o contato por telefone, em Boa Vista, com o Distrito Policial que atende seu bairro pelos seguintes números:

1º DP (9-8414-9218), 2º DP (9-8414-9509), 3º DP (9-8414-9868), 4º DP (9-8400-0128) e 5º DP (9-8413-6414).

Quanto aos casos de violência doméstica e intrafamiliar, podem ser registrados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher que funciona com plantão 24 horas. Casos que ensejam Medida Protetiva de Urgência ou requisição pericial devem ser registrados na Central de Flagrantes.  A Delegacia da Mulher fica na Casa da Mulher Brasileira, na Rua Uraricoera, s/nº, São Vicente.

Os casos mais graves, em que se torne necessário expedir requisições ou a lavratura de Auto de Prisão em Flagrante ou Termo Circunstanciado de Ocorrência os trabalhos serão concentrados na Central de Flagrantes, na sede do 5º DP, localizada na Rua Parque Industrial, S/N, Bairro Distrito Industrial.

POLÍCIA MILITAR

O policiamento ostensivo será realizado normalmente na Capital e Interior, com operações pontuais em determinados locais.

A Companhia Independente de Policiamento Ambiental e Companhia  Independente de Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário) estarão atuando com a  Operação Siletiun (sossego e paz)

No Interior, o Comando de Policiamento atuará com a Operação Interior Cidade Blindada, e Operação Interior Mais Seguro em todos os municípios, com intensificação das ações de combate ao crime organizado, tráfico de drogas e armas, com bloqueios e intensificação do policiamento ostensivo e preventivo.

BOMBEIROS

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima vai reforçar o efetivo operacional neste final de semana e feriado. Serão empregados 103 bombeiros militares especialistas em atendimento pré-hospitalar, combate a incêndios, salvamento em altura, terrestre, veicular, operações de busca, salvamento e mergulho.

Em Boa Vista, o serviço funcionará com dois Caminhões de Combate a Incêndios, com capacidade para 10 mil litros d’água cada, uma ambulância de Resgate Urbano a Acidentados, uma viatura da Companhia de Busca e Salvamento, uma viatura de Grupamento de Combate a Incêndio Florestal, além da viatura do Comandante de Operações.

Em Caracaraí, Rorainópolis e Pacaraima os bombeiros manterão diariamente os serviços nas companhias com caminhões de combate a incêndios, guarnições de resgate e equipes de Busca e Salvamento e Resgate. Em todos os quartéis há mergulhadores escalados nos plantões.

As ocorrências envolvendo vítimas presas em ferragens, incêndios em residências, em comércios e em veículos, entre outras, devem ser comunicadas imediatamente à Central de Operações do Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193.

DEFESA CIVIL

A Defesa Civil Estadual permanecerá em constante alerta durante o feriado e qualquer emergência, a população pode ligar para o 199, número de emergência da Defesa Civil.

Caso não seja possível realizar contato, os solicitantes podem entrar em contato com o 190 (Polícia Militar), 192 (SAMU) e 199 (Defesa Civil de Roraima) que a ligação será direcionada para os atendentes do CBMRR.

Avalie este item
(2 votos)

A produção de soja e milho em Roraima gerou uma receita de R$ 700 milhões em 2021. O resultado positivo é reflexo dos investimentos e apoio oferecidos pelo Governo do Estado aos produtores.

Por meio da Aderr (Agência De Defesa Agropecuária) ,por exemplo, oferece suporte técnico para garantir a sanidade desses produtos, auxiliando o produtor na defesa do plantio com ações importantes de combate e controle de pragas quarentenárias, evitando prejuízos econômicos.

Foram plantados 72 mil hectares de soja, com uma produção média de 55 sacos por hectare. A saca com 60 quilos foi vendida por R$ 145, gerando um faturamento de R$ 570 milhões. Foram exportadas 38,4 mil toneladas, que geraram uma receita de US$ 20.378.401 doláres.

A exportação da soja produzida em Roraima chegou em muitos países, como Rússia (20,68 mil toneladas), Espanha (15,57 mil toneladas), Noruega (2,17 mil)e Guiana (8 mil). O restante da produção foi comercializada no Brasil.

“Roraima agora está colhendo os frutos do investimento e apoio prestados pelo Governo, não apenas para quem já está em Roraima produzindo, mas também na atração de novos produtores. Dessa forma aumentamos a área cultivada e alavancamos o caminho do crescimento da nossa agricultura, criando condições importantes para o agronegócio, fazendo girar a economia do Estado como um todo, pois quando um setor vai bem, os demais também se beneficiam direta e indiretamente,” destacou o governador Antônio Denarium.

Para garantir o aumento da produtividade e o valor maior de receita em 2022, a Aderr dará início ao trabalho de controle da ferrugem asiática, identificada recentemente no Estado.

Para combater o fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da doença, a Aderr vai implantar ações, como cadastro de áreas produtoras, definição de período de cultivo, respeito ao vazio sanitário, uso de tecnologia de aplicação de defensivos para combate ao fungo e registro dos sojicultores na Agência.

“Iremos trabalhar duro para combater a presença do fungo nas lavouras de soja. E vamos ter êxito nessa missão, pois com a participação dos produtores, obedecendo às orientações técnicas dos especialistas nesta praga e atendendo as normativas previstas no Plano Nacional de Controle da Ferrugem Asiática, vamos ter sucesso”, disse o presidente da Aderr, Kelton Lopes.

MILHO

Em 2021 foram plantados 15 mil hectares de milho em Roraima, numa produção média de 97 sacos por hectare. A saca foi vendida a R$ 90, gerando mais R$ 130 milhões.

Nas comunidades indígenas, que esse ano iniciaram o plantio do grão, foram plantados 720 hectares de milho, com uma produtividade de R$ 120 a saca de 60 quilos, o que gerou uma receita de R$ 7 milhões.

 

 

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

A noite da última terça-feira, 28, foi especial para os mais de dois mil  moradores dos distritos Santa Cecília e Samaúma, no município do Cantá.  O Governo de Roraima, por meio da Seinf ( Secretaria de Infraestrutura), entregou mais uma importante obra:  o sistema de iluminação pública com lâmpadas de LED.

 A dona de casa. Lucilene Rodrigues não escondia o sorriso de felicidade ao ver o bairro Samaúma iluminado. Ela mora na região há 16 anos.

“A sensação é de mais segurança. Só na porta da minha casa tem 3 postes de energia”, disse a moradora

Foram instalados 1.144 pontos de luminárias abrangendo mais de 40 ruas da região.   Conforme o governador Antonio Denarium está sendo entregue à população, um novo sistema de iluminação mais moderno, durável e econômico.

“Agora o Santa Cecília saí da escuridão e os moradores ganham iluminação pública de qualidade, que proporciona mais segurança”, destacou o governador.

A obra foi entregue em apenas 45 dias.  O secretário de infraestrutura, Edilson Damião explicou que, a pedido do governador, a obra foi realizada em tempo recorde.

“Essa obra era uma demanda antiga da população e esquecida por gestões passadas. E a pedido do governador, demos prioridade para a realização do serviço. E hoje o governador Antonio Denarium cumpriu mais um compromisso com a população do município do Cantá”, disse Edilson.

Os recursos para a obra somam mais de R$ 3,7 milhões, de recursos do governo estadual e emenda parlamentar da deputada estadual Catarina Guerra.

“Satisfação muito grande inaugurar essa obra, levando esse benefício para a população e a sensação de dever cumprido. Agora é trabalhar ainda mais para trazer a iluminação para o restante do Cantá”, disse a deputada Catarina.

 

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

Em comemoração aos 29 anos de criação do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima), o governador Antonio Denarium entregou 500 Títulos Definitivos urbanos. O evento ocorreu na tarde desta terça-feira, 28, no bairro São Bento.

Durante o evento, o governador Antonio destacou o compromisso firmado com a população de emitir os Título Definitivos a todos que têm direito. “É o Governo do Estado atendendo a demanda de toda a população pela segurança jurídica, e depois de 30 anos, no nosso Governo, estamos entregando os Títulos Definitivos para dar segurança jurídica para todos os proprietários. É o Governo do Estado com compromisso com a população”, disse o governador.

A moradora Milca Ramos Pereira, que assinou o seu Título junto com o governador, disse se sentir muito agradecida por receber o documento após 17 anos de espera. “Graças a Deus chegou o nosso Título Definitivo, agradeço muito ao Iteraima por ter feito esse trabalho por nós, e hoje eu recebo o Título da minha casa. Eu agradeço primeiramente a Deus por ter me dado uma casa, ao governador por estar trabalhando por nós e ao Iteraima também”, disse a moradora.

A entrega destes Títulos é resultado da ação ocorrida no período de 4 de novembro a 3 de dezembro, que atendeu mais de 1.600 famílias. O Iteraima instalou uma unidade móvel no bairro para facilitar o atendimento aos moradores na abertura de processos, vistorias e substituição da Concessão Especial de Uso para Fins de Moradia pelo Título definitivo.

Conforme o presidente do Iteraima, Márcio Grangeiro, a ação de regularização do bairro deve continuar com equipes realizando vistorias nos lotes, e os moradores que não abriram processo, devem procurar a sede do Iteraima para iniciar os procedimentos de regularização.

“Entregamos os primeiros 500 Títulos Definitivos, o trabalho não para, o programa aqui Tem Dono continua rodando dentro do bairro são Bento em todo o Estado”, disse o presidente.

SERVIÇO

O Iteraima funciona na Rua João evangelista Pereira de Melo, 228 – Aparecida, e na Casa do Cidadão na Rua Izidio Galdino da Silva, 2425 – Senador Hélio Campos, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

29 ANOS DE ITERAIMA

O presidente do Iteraima, Márcio Grangeiro destacou que o Instituto tem muitas razões para comemorar a data. “Temos que comemorar todas as vitórias obtidas ao longo desses anos, entregas de Títulos Definitivos rurais e urbanos, que levam dignidade, respeito e felicidade às pessoas”, enfatizou.

Iniciando como um departamento da Secretaria de Agricultura, em 26 de dezembro de 1992 o Iteraima foi transformado em autarquia para atuar de forma autônoma na regularização fundiária das terras de propriedade do Estado de Roraima.

Desde então, o Instituto enfrentou vários desafios para promover a regularização fundiária em Roraima. O maior de todos era a transferência das terras, que foi solucionado de forma definitiva em setembro deste ano, após mais de 30 anos da criação do Estado, com a visita do Presidente da República, Jair Bolsonaro, ocasião em que efetivou o repasse das glebas.

Outra grande vitória na questão fundiária foi a desobrigação do assentimento prévio (uma espécie de autorização do Governo Federal) para a titulação de propriedades localizadas em faixa de fronteira. Com a medida, o Iteraima poderá emitir Títulos Definitivos para mais de sete mil propriedades em todo o Estado.