n
Avalie este item
(0 votos)

O São João no Parque Anauá está com novidades em todos os lugares da festa. E para ninguém ficar de fora dessa alegria, o Governo de Roraima por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo) disponibilizou para as pessoas com deficiência locais com acessibilidade.

 

No São João no Parque Anauá há diversos pontos com rampas que facilitam o acesso para os cadeirantes. No Forródromo, o tablado montado, onde ocorre as apresentações das quadrilhas, também recebeu uma rampa e espaço específicos para cadeirantes.

 

A novidade deste ano é que pela primeira vez um camarote com acessibilidade para pessoas com algum tipo de deficiência. Essa novidade é uma preocupação do Governo do Estado, que tem sensibilidade e olha com respeito e dignidade para todos os públicos.

 

“O maior Arraial do Norte está com tudo! Uma grande festa pensada para toda família, para todos os públicos. Eu, sendo pai de um adolescente cadeirante, o João Antonio, sei bem o quanto é difícil se locomover em locais onde não há adequações. Portanto, minha gestão faz isso com muito prazer para nossa população”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

Além disso, há também no São João no Parque Anauá calçamento com piso tátil, elemento essencial para o deslocamento seguro de pessoas com deficiência visual. O arraial está recebendo pessoas com diferentes tipos de deficiência, a exemplo da Juliana Oliveira, quadrilheira da Eita Junino. Ela falou sobre as dificuldades que enfrentou desde quando descobriu a doença.

 

“Faço parte da quadrilha desde 2009, já são quase 15 anos. Tenho uma doença rara que graças a Deus, ao governo, me liberou o TFD [Tratamento Fora do Domicílio], descobrimos uma ponta, que é Canalopatia Neuromuscular e ainda tem várias outra, mas estou muito feliz de estar aqui”, ressaltou Juliana, que disse ainda amar o arraial.

 

Conforme ela, durante toda a vida, sempre se dedicou, mesmo sabendo das limitações. “Continuo sendo [Eita], porque essa é minha família e nunca vou deixar de ser, amo Arraial, amo estar aqui e vai ser assim todos os anos. A festa tá maravilhosa, a decoração tá incrível! Agradeço ao governador, a segurança também tá muito boa. É uma festa pra toda família”, expressou.

 

HUMANIZAÇÃO E ACOLHIMENTO

 

Ser mãe não é uma tarefa fácil! E pensando nisso, o Governo de Roraima por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) montou o espaço Colo de Mãe, com estrutura aconchegante voltada para mães com bebês pequenos. O local fica na tenda da Setrabes, com acesso livre.

 

Lá elas e os bebês são acolhidos com uma equipe especializada. No local tem um fraldário e poltronas confortáveis onde as mães podem amamentar as crianças com tranquilidade.

 

“A Setrabes criou um espaço para que as mães possam amamentar seus bebês. Montamos um fraldário para que elas possam também trocar as fraldas. É um espaço climatizado, um espaço lindo do colo de mãe. A barraca da Setrabes está um espetáculo”, destacou a secretária Tânia Soares.

 

A mãe do pequeno Levi Conrado, de um ano, Gisele Reis, levou o filho para conhecer a barraca da Setrabes e se surpreendeu com o que encontrou.

 

"Estava sentada ali onde minha tia está com ambulante e eu estava amamentando e passando gente, fiquei um pouco constrangida, porque tem pessoas que ainda não são adaptadas a isso, tem preconceito. E esse espaço aqui é muito lindo e também aconchegante, pois é climatizado, para a criança ter o acolhimento que precisa. Eu achei muito legal mesmo! Fiquei bem surpreendida”, relatou.

 

Karen Camurça, de 30 anos, amamentou a filha de sete meses no espaço Colo de Mãe e relatou a experiência e importância da amamentação.

 

“Desde as primeiras horas ela amamenta e apesar de ter iniciado a introdução alimentar, continua com a livre demanda do peito. E depois que me tornei mãe, sempre procuro espaço que tenha o acolhimento do bebê, principalmente fraldário, porque ela faz as necessidades e acaba que quando não tem um acolhimento assim a gente vai embora, não fica no lugar, porque não se sente acolhido e nem o bebê. Então, pensar nas mãezinhas tanto para amamentação quanto pro fraldário é muito importante e aqui é um espaço fechado, ventilado e atende as nossas necessidades”, observou.

 

 

Avalie este item
(0 votos)

O São João no Parque Anauá, evento promovido pelo Governo de Roraima, não se resume apenas ao encanto das apresentações dos grupos folclóricos ou nas atrações musicais. A festa também proporciona aos visitantes uma variedade de comidas típicas, agradando até mesmo os paladares mais exigentes.

 

Para garantir uma experiência completa e sem riscos, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), tem realizado uma série de ações que visam preparar os comerciantes que vão atuar na manipulação de alimentos durante o São João no Parque Anauá.

 

"Estamos com um grande fluxo de pessoas nesses dias de arraial, e é óbvio que para essas pessoas estarem ali comercializando [os produtos], elas precisam ser orientadas previamente antes do evento, para que não tenhamos nenhuma surpresa desagradável", explicou a fiscal sanitária do Departamento de Vigilância Sanitária, Maria da Conceição Sales. 

 

Conforme ela, os trabalhos de segurança alimentar da Vigilância Sanitária Estadual começam bem antes do início da festa, com a execução de um treinamento sobre a correta forma de preparação de itens alimentícios. Essa atividade foi realizada no dia 21 de julho.

 

Na etapa seguinte, quando há de fato a execução das atividades, as equipes do Departamento de Vigilância Sanitária se dividem pelos vários setores do Parque Anauá, em fiscalizações que sempre buscam verificar se os comerciantes estão realmente executando o serviço como deve ser feito.

 

Todo esse trabalho segue as normas que são preconizadas na RDC (Resolução da Diretoria Colegiada) N° 216, de 15 de setembro de 2004, que trata sobre o regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação. 

 

“Primeiramente eles precisam estar com as mãos bem lavadas, por isso é importante ter um ponto de água nas barracas, para que elas estejam sempre limpas. Outros parâmetros incluem cuidados básicos, como não tossir ou espirrar quando estiverem trabalhando na manipulação desses alimentos; não fumar; evitar o uso de adornos como brincos, anéis e unhas postiças; o cabelo tem que estar preso com uma toca; cobrir bem os alimentos não só em razão do grande fluxo de pessoas, mas também pelo fato de estarmos no inverno e essa estação ser propícia para o surgimento de insetos”, completou.

 

Maria Joana Ribeiro Alves, de 56 anos, sempre aproveita os eventos públicos para aumentar a renda de casa, e essa rotina é repetida ano a ano, deste 1997. Na barraca dela, os visitantes podem encontrar de tudo, da carne de sol ao cachorro quente.

 

Para ela, a iniciativa do Governo em orientar os comerciantes sobre os cuidados básicos de higiene e manipulação de alimentos ajuda a melhorar os trabalhos que eles desempenham nos eventos.

 

“Para mim é positivo, pois eles acabam percebendo que estamos fazendo o trabalho de forma correta, de touca e que nós passamos pelo treinamento, e ver que a barraquinha está limpa, a sensação de segurança é maior”, complementou.

 

Avalie este item
(0 votos)

“É pra surdo ouvir, pra cego ver que este xote faz milagre acontecer!”. Logo de cara, quem vê esse trecho, já reconhece a letra de uma das músicas mais conhecidas do Brasil. O “Xote dos Milagres” é só um dos grandes sucessos do Falamansa, uma banda que movimenta multidões por onde quer que vá com seu repertório. E no São João do Parque Anauá não poderia ser diferente.

 

Mais de 50 mil pessoas compareceram ao festejo junino promovido pelo Governo do Estado para cantar hits antigos, como “Oh, Chuva”, “Asas” e “Xote da Alegria”, e mais recentes, como “Cangaceira”, música lançada em parceria com a cantora Iza.

 

Líder da banda, o cantor Tato falou que a expectativa é receber e retribuir o carinho do povo roraimense, pela oportunidade de vir ao Estado e fazer por merecer essa energia boa.

 

“Acho que o artista tem que chegar e fazer por merecer o convite e estar novamente aqui em Roraima é de extrema responsabilidade e muita significância. Então esperamos que tenhamos sido merecedores e a gente tenha feito as pessoas saírem melhores do que chegaram, porque é para isso que a gente veio”, declarou o vocalista.

 

O governador Antonio Denarium agradeceu a resposta positiva da banda quanto ao convite para fazer um grande espetáculo ao público presente e destacou o movimento que o São João no Parque Anauá vem promovendo em Boa Vista, encantando o visitante da festa junina.

 

“Então você, amigo, que ainda não veio ao Parque Anauá prestigiar esta festa, está na hora de vir. É o arraial da família roraimense e, para abrilhantar a nossa festa, tivemos a honra de receber o Falamansa, que é sucesso em todo o Brasil. Venha você para o São João no Parque Anauá. É o Governo do Estado, por meio da Secult [Secretaria de Cultura e Turismo] promovendo o lazer, o esporte, a cultura e as tradições do Estado de Roraima”, frisou.

 

O secretário de Cultura e Turismo, Jaffé Oliveira, destacou o grande público nas três noites de São João no Parque Anauá, que em três noites somou quase 200 mil pessoas. “A festa está um sucesso. Bem organizada e segura, pensada para a família roraimense.

 

Público se encanta com espetáculo cheio de hits e muito forró

 

 

 

Quem foi ao Parque Anauá para assistir ao show do Falamansa, curtiu um grande espetáculo, com grandes sucessos conhecidos das rádios e streamings por quase 25 anos de história, e se emocionou com a “vibe positiva” trazida pela banda no palco Batistão.

 

A autônoma Vitória Valmira, de 29 anos, acompanhou a apresentação da banda paulista na grade da frente do palco e cantou todos os sucessos possíveis. Ela disse que não conseguiu ter a oportunidade de ver o show em outras ocasiões em que o grupo veio a Roraima e agora, com o evento aberto ao público, teve essa oportunidade.

 

“Eu fiquei muito animada para esse show, pois já escuto em casa as músicas deles, então fiquei muito feliz de vir. Aliás, estou curtindo todos os shows do arraial. Vim no show do Mano Walter na terça-feira [25], vim hoje [27] para o Falamansa e com toda a certeza, não perderei o show do Vitinho Imperador no sábado [29]”, enfatizou a autônoma

 

Para além do público que vem prestigiar os shows no palco Batistão, há quem aproveitou o espaço para vender seus produtos. A ambulante Evelyn Cristina, de 18 anos, visualizou a oportunidade para curtir o show do Falamansa enquanto garantia um dinheiro extra com a venda de bebidas no local.

 

“Poder, ao mesmo tempo, curtir os shows e empreender é uma coisa muito boa, porque a gente ganha um dinheiro e se diverte, ainda mais no show do Falamansa, que é top. No primeiro dia de arraial, muita gente veio aqui, no segundo dia também e hoje muita gente veio aqui. A gente consegue vender e conseguir essa renda extra”, disse.

 

 

 

Avalie este item
(0 votos)

Reforçar a importância do diagnóstico precoce e as formas de prevenção e tratamento contra o câncer de cabeça e de pescoço. Esse é o objetivo principal do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, celebrado nesta quinta-feira, 27.

 

O surgimento de tumores nessa região é responsável por matar aproximadamente 15 mil pessoas por ano, atingindo tanto homens quanto mulheres. Atualmente é a neoplasia com a quinta maior incidência no país, segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer).   

 

“A importância de se discutir esse assunto é justamente em razão do expressivo número de casos de câncer nessa região, que envolve boca, laringe, região dos dentes, gengiva, toda essa parte de garganta, a pele da face, região nasal, e outros”, destacou a fonoaudióloga da rede estadual de saúde, Fernanda Ross.

 

Em março do ano passado, a dona de casa   Raimunda de Oliveira, de 56 anos, descobriu a existência de um grande tumor cancerígeno na laringe, órgão localizado no pescoço e que faz parte do sistema respiratório. Apesar do pânico inicial, ela não se amedrontou e tratou logo de buscar o tratamento.

 

“Primeiro sinal de que algo estava errado foi quando comecei a perder a minha voz. Fui ao médico, fiz uma tomografia e quando saiu o resultado ele disse que teria que correr contra o tempo, pois o tumor estava muito grande. Foi quando iniciei o tratamento que durou cerca de três meses, até chegar o dia da minha cirurgia, em agosto de 2022”, explicou Raimunda.

 

Para identificar alguns dos sintomas, é necessário primeiramente apalpar e observar a evolução das lesões iniciais, como caroço no pescoço, dificuldade ou dor no ato de mastigar e engolir, mudança na voz ou rouquidão súbita, além de aftas e mau hálito frequente, irritação na garganta ou tosse, entre outros.

 

O início imediato do tratamento após o surgimento dos primeiros sintomas fez toda a diferença na recuperação de Raimundo. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), quando diagnosticado precocemente, as chances de cura são de 80%.

 

“Ao sentir qualquer sintoma, a minha recomendação é que procure um médico o quanto antes. Não adianta ficar cega, se escondendo, com vergonha ou medo, porque é pior. Tem que procurar logo um médico, um especialista para iniciar o tratamento”, recomendou Raimunda.

 

ATIVIDADES

 

Para reforçar a temática sobre o assunto, o Grupo de Apoio a Pacientes com Câncer de Cabeça e Pescoço realizou nesta quinta-feira uma roda de conversa no auditório do HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

 

Na ocasião, a Sesau (Secretaria de Saúde), realizou o repasse de aparelhos de 13 novas laringes eletrônicas para os pacientes assistidos pela Unacon-RR.

 

Os aparelhos foram adquiridos por meio de emenda parlamentar da deputada estadual  ngela Águida Portella. A iniciativa de distribuí-los faz parte do projeto da Coordenação de Fonoaudiologia da Unacon-RR, com o apoio da CGAE (Coordenadoria Geral de Assistência Especializada).

 

“A fonoaudiologia trabalha na reabilitação desses pacientes que muitos passaram por cirurgias ou tratamento por radioterapia ou quimioterapia, precisando às vezes retirar cordas vocais ou outras partes do corpo”, pontuou.

 

Vale lembrar que o item é essencial para proporcionar maior autonomia às pessoas que foram submetidas ao procedimento de laringectomia total, possibilitando a emissão de uma onda sonora contínua, formando palavras através dos órgãos articuladores como lábios, língua e dentes.

Avalie este item
(1 Votar)

A Tenda do Agro, presente no São João no Parque Anauá, está com uma vasta programação para o público. Nesta quinta-feira, 27, os visitantes poderão saborear um prato típico da culinária indígena roraimense: a damurida macuxi. O prato é rico em sabores e conta com a combinação de tucupi, sal, cariru, tambaqui e bastante pimenta, proporcionando uma experiência gastronômica única aos visitantes.

 

A damorida será servida a partir das 19h. O secretário da Sepi (Secretaria dos Povos Indígenas), Terêncio Lima, convida o público a participar da experiência cultural e apreciar as raízes da cultura regional.

 

“Para quem busca vivenciar o São João com uma dose extra de cultura e sabor, a Tenda do Agro é uma parada obrigatória no Parque Anauá. Aproveite a quinta-feira para saborear a deliciosa damurida e desfrutar de tudo que esse espaço tão especial tem a oferecer”, enfatizou Terêncio.

 

A programação na Tenda do Agro continua no sábado, 19, com destaque para a produção da maior pamonha do São João no Parque Anauá. Não perca a oportunidade de explorar as maravilhas da cultura e da gastronomia regional neste evento imperdível.

 

DAMURIDA

 

É considerada um dos principais pratos típicos dos povos indígenas das serras e do lavrado de Roraima, independentemente da etnia. Apresenta-se como um caldo apimentado, à base de pimenta e tucupi negro, chamado pelos macuxi de “cumaji”, e no caldo pode ser acrescentado carne bovina, de peixe ou de caça, além de folhas de pimenteiras e pimentas diversas como malagueta, olho-de-peixe, murupi e outras. A damurida é cozida em panela de barro e servida com beiju seco de mandioca.

 

TENDA

 

A Tenda do Agro reúne todas as instituições do Governo do Estado que formam o Eixo do Desenvolvimento de Roraima, que são Iater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural), Seadi (Secretaria de Agricultura, desenvolvimento e Inovação), Sepi, Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa), Desenvolve-RR, Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de. Roraima) e Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima).

 

Avalie este item
(0 votos)

Foi publicado na manhã desta quinta-feira, 27, o resultado da primeira fase do terceiro concurso público da PGE-RR (Procuradoria Geral do Estado de Roraima) para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva do cargo de procurador do Estado substituto.

 

Neste momento foram selecionados 48 candidatos cujos nomes, com os resultados preliminares, estão publicados no site da banca organizadora, a Cebraspe.

 

Para a segunda fase, foram classificados 41 candidatos da modalidade de ampla concorrência, e 6 para vagas de PCDs (pessoas com deficiência).

 

O procurador e presidente da comissão de concursos, Eduardo Lazarte explicou que a publicação é referente ao resultado final da prova objetiva e que também consta a convocação para a prova discursiva, seguindo a ordem do número de inscrição, nome do candidato em ordem decrescente da nota final na prova objetiva e nota final na prova objetiva. 

 

“Hoje foi publicado no site da Cebraspe o resultado com a classificação dos candidatos aprovados na primeira fase do nosso concurso. É um momento de felicidade para a carreira, pois já temos um encaminhamento que vai direcionar os mais capacitados para a segunda fase, com critérios estabelecidos na mesma publicação. Agora os candidatos que foram aprovados devem ter muita atenção com as informações para a segunda fase, que é a prova discursiva”, salientou.

 

PRÓXIMA FASE

 

A prova discursiva será aplicada dia 6 de agosto, às 14h (horário local), e terá a duração de 4 horas. Os candidatos deverão acessar obrigatoriamente, o endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/pge_rr_23_procurador a partir do dia 31 de julho, para verificar o local e horário de prova, por meio de consulta individual, devendo informar os dados solicitados.

 

Vale frisar que somente o candidato poderá realizar a prova no local e no horário designados na consulta individual disponível no site da Cebraspe.

 

A realização da primeira fase ocorreu no dia 2 de julho, e contou com 1.855 inscritos que concorreram a quatro vagas em ampla concorrência e uma para pessoas com deficiência.

Avalie este item
(0 votos)

O São João no Parque Anauá chega à terceira noite de festa emocionando o público com atrações e manifestações culturais mais diversas. E para abrilhantar a programação desta quinta-feira, 27, o grupo paulistano de forró pé-de-serra Falamansa subirá ao palco “Batistão” para cantar grandes sucessos como “Xote da Alegria” e “Xote dos Milagres”.

 

A animação na arena principal tem início às 18h30 com o show de Vanda Guedes e Banda, que abrirão a noite para a atração nacional. Às 22h, quem assume a festa é Zerbine Araújo e Banda Paçoquinha. Às 23h, Brisiane apresenta seu repertório e, em sequência, as apresentações de Edvan Santini e Remela de Gato encerram a programação do palco principal.

 

Os cantores Regina Lima e Jhon Mayson serão, respectivamente, às únicas atrações a subirem nos palcos Cidade Forrobodó e Artur Mesquita às 19h.

 

O Espaço da Criança abre às 18h30 com intervenções artísticas e teatrais de Xuxu e Cia, Palhaço Alam Brito e Grupo Imaginarte, que vão encantar o público infantil até às 21h30.

 

Concurso Estadual de Quadrilhas chega ao terceiro dia com apresentações de seis agremiações

 

Seis agremiações subirão ao tablado da Arena Nazareno, instalada no Forródromo do Parque Anauá, no terceiro dia do Concurso Estadual de Quadrilhas pelos grupos Especial, de Acesso e Emergente. Para fazer o esquenta da noite, às 18h30, a quadrilha do CIAPD (Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência) sobe ao palco para encantar a torcida quadrilheira.

 

Às 19h30, a quadrilha São Vicente sobe ao palco para brigar por um lugar no Grupo de Acesso. A agremiação da modalidade Emergente deve subir ao palco com 17 casais, defendendo o tema “Junho!! O mês festeiro chegou”.

 

A segunda quadrilha a encantar o público na Arena Nazareno é a Coração de Estudante, que disputa o Concurso Estadual de Quadrilhas pelo Grupo de Acesso. A agremiação apresentará o tema “Nordeste, ôh força da peste!” a partir de 20h15.

 

Na sequência, às 21h, quem assume a festa no Forródromo é a Namoro Caipira, pelo Grupo de Acesso. Com 29 casais previstos para subirem no tablado, a quadrilha deve apresentar o tema “Namoro das cinzas ao renascimento”.

 

A partir de 21h45, às apresentações do Grupo Especial terão início com o espetáculo da Coração Caipira. 31 casais devem subir à Arena Nazareno para defender o tema “Dinheiro: Quem tem passa bem?”.

 

Às 22h30, a Zé Monteirão deverá encantar o público presente com o tema “Pão nosso de cada dia”. 32 casais devem fazer parte da apresentação.

 

Para encerrar a noite de disputa no Concurso Estadual de Quadrilhas, a Eita Junino deve subir ao tablado com 46 casais. A temática escolhida para 2023 foi “No picadeiro da Vida, a Eita te convidar pra dançar”.

Avalie este item
(0 votos)

Durante o segundo dia do São João no Parque Anauá, realizado nesta terça-feira, 26, a ação conjunta das forças de segurança do Estado resultou na condução de quatro homens que estavam com mandado de prisão em aberto.

 

Desse total, dois mandados eram relacionados à ação na Vara da Família, enquanto que as outras duas eram, respectivamente, referentes a tráfico de drogas (prisão preventiva) e corrupção de menores.

 

O trabalho para identificação dos quatros indivíduos teve início no painel de monitoramento da segurança pública do Governo de Roraima, que conta com o registro de 27 câmeras instaladas ao longo do Parque Anauá e equipes das Polícias Militar e Civil na operacionalização da tecnologia.

 

Uma vez feita a identificação inicial no painel, as equipes de patrulhamento realizaram a abordagem aos suspeitos e confirmaram as informações, conduzindo os suspeitos para as devidas providências judiciais. Não houve qualquer resistência por parte dos suspeitos.

 

O comandante-geral da PMRR (Polícia Militar de Roraima), coronel Miramilton Goiano ressaltou que esse é mais um fruto do planejamento feito por toda a segurança pública para garantir que os cinco dias do São João no Parque Anauá ocorram sem maiores problemas.

 

“Não é só o trabalho preventivo que a gente está realizando. Nós também estamos fazendo esses cumprimentos de mandados de prisão. Todas as forças do estado estão presentes e temos ciência dos mandados de prisão em abertos, tanto regionais como nacionais. E qualquer um que a gente identifique nessa condição, por meio das câmeras ou no visual, a gente faz a captura e entrega pra justiça imediatamente garantindo assim a segurança das pessoas que vão se divertir no parque e também empreender”, explicou.

O uso da tecnologia e o efetivo de cerca de 200 homens e mulheres das Polícias Civil, Militares e Penais, além do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militares de Roraima) e do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito) empregados para atuarem na segurança do São João no Parque Anauá tem surtido grande efeito para a população.

 

Com exceção das prisões ocasionadas por mandados de prisão, não houve registro de ocorrências policiais durante os dois primeiros dias de evento, segundo informado pelo comando-geral da PMRR.

 

“Não tivemos nenhuma ocorrência policial ou acidentes de trânsito dentro ou no entorno do Parque Anauá, o que é um ótimo resultado. Todas as forças de segurança presentes estão empenhadas em garantir um festejo seguro para o público. E esse trabalho é mais uma forma de aproximar nossos homens e mulheres das corporações e instituições policiais à comunidade. Então venha você e sua família aproveitar o São João no Parque Anauá”, destacou o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo do Estado, por meio da Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) realizou na terça-feira, 25, o segundo leilão online de bens inservíveis ou antieconômicos. A iniciativa teve como objetivo desfazer-se dos itens considerados obsoletos ou desnecessários para a administração pública, permitindo que os recursos fossem direcionados para setores do Estado.

 

O valor arrecadado com o leilão online foi o montante de R$ 934.500,00, valor que superou as previsões iniciais de R$ 193.720,00. No total, 123 pessoas foram habilitadas para participar do leilão, o que demonstrou o interesse do público e a relevância da ação promovida pelo Estado.

 

A secretária-adjunta da Segad, Betânia Avelino, explicou que o desempenho do leilão foi satisfatório.

 

“O segundo leilão online foi muito concorrido e inclusive superou nossas perspectivas de arrecadação. Foi uma iniciativa acertada do Estado e que se converte em vantagem para as duas partes que estiveram no processo, tanto compradores quanto o Executivo estadual”, disse Betânia.

 

Com a arrecadação adicional, o Governo poderá readequar e modernizar bens, melhorando a eficiência da administração pública e, ao mesmo tempo, investir em áreas consideradas prioritárias para a população em setores como Educação, Saúde, Infraestrutura, Segurança Pública e Assistência Social, promovendo melhorias e garantir um atendimento de qualidade aos cidadãos.

 

A secretária ressaltou ainda que os itens não arrematados neste último leilão devem passar por novo certame no futuro, em momento oportuno.

Avalie este item
(0 votos)

Sistemas de controle e de transparência pública foram os temas do I Fórum de Gestão Municipal realizado pelo Governo de Roraima por meio da Secidades (Secretaria das Cidades, Desenvolvimento Urbano e Gestão de Convênios). Na manhã desta quinta-feira, 27, prefeitos, vereadores, secretários municipais e servidores de departamentos de controle interno participam de uma série de orientações sobre o tema, no auditório da Universidade Estadual de Roraima.

 

O evento segue até a sexta-feira, dia 28 com ciclos de palestras sobre desafios, execução e importância da transparência no controle interno e na prestação de contas.

 

“É a partir da transparência que a gestão fica apta a receber novos recursos para realizar projetos. E como a Nova Lei de Licitações está mais eficiente, é preciso saber fazer o processo corretamente. Todas as ações devem ter prestação de contas, transparência e publicidade visando a correta aplicação do dinheiro público. Por isso a importância de discutirmos esses temas no I Fórum de Gestão Municipal”, declarou o governador Antonio Denarium, ressaltando que o Governo do Estado apoia os municípios em busca do desenvolvimento coletivo de Roraima.

 

A principal dificuldade identificada no trabalho junto aos municípios foi a prestação de contas em relação a convênios, o que motivou a Secidades a promover a qualificação para os gestores, afirmou o secretário-adjunto da pasta, Hiran Gonçalves.

 

“Vamos dar esse auxílio com a Controladoria-Geral do Estado e com a Secretaria de Planejamento. A gente teve a ideia de fazer esse Fórum como primeiro passo, junto com a capacitação. No decorrer do ano, serão desenvolvidos outros eventos nesse sentido para que eles consigam fechar suas contas e levar convênios sem problemas”, frisou.

 

O prefeito de Pacaraima, Juliano Torquato, explicou sobre o cuidado em se garantir uma gestão democrática e bem qualificada. Ele pontuou a necessidade de eventos de capacitações e atualizações sobre os processos voltados a gestores municipais.

 

“Precisamos buscar a melhoria das políticas públicas para os nossos munícipes. Esses investimentos que o governador Antonio Denarium vem fazendo nos municípios de Roraima traz muita melhoria em todas as áreas. A gente tem vários convênios e consegue demonstrar pra sociedade a importância dessas parcerias”, disse Torquato.

 

TRANSPARÊNCIA

 

A Controladoria-Geral do Estado foi um dos parceiros que durante o Fórum está trabalhando para garantir uniformidade no serviço que beneficia gestores e funcionários de órgãos de controle interno e externo.

 

O controlador-geral de Roraima, Érico Veríssimo, explicou que a transparência na gestão também assegura credibilidade para os municípios na ponta e para o Estado como ente intermediador, que, em determinados casos, estão sob jurisdição da União na aplicação de recursos.

 

“A gente vai alinhar com os municípios os procedimentos padrões para evoluir e garantir que todos estejam no mesmo nível. Temos uma cartilha que estamos lançando no evento aos prefeitos e chefes de controle interno, justamente para padronizar esse procedimento e ter sucesso na prestação de contas”, relatou.

Avalie este item
(0 votos)

Mais de 30 mil pessoas compareceram na segunda noite do São João no Parque Anauá na terça-feira, dia 26, para prestigiar as atrações locais e regionais. Ao todo, 13 atrações de diversos gêneros e estilos animaram a população. A estimativa é da Polícia Militar de Roraima.

 

Cristina Carneiro compareceu com a família e elogiou a decoração e organização da festa. “O Arraial está perfeito, a ornamentação perfeita e têm atrações musicais para todos os gostos, tanto para o público evangélico, como também para aqueles que gostam de forró e sertanejo. Para quem veio com as crianças como eu, têm várias opções de diversão nas áreas infantis. A entrada do parque é uma atração à parte, a cidadezinha do forró está muito perfeita. É um belo evento para vir com toda a família”, pontuou.

 

A programação do palco 'Bastião', iniciou às 18h30 com Gedson Gomes e banda e encerrou às 23h30, com a apresentação da banda Xote de Buteco. O palco principal contou ainda com várias atrações gospel, como a banda Fruto dos Lábio e os cantores Felipe Flope e Gabriel Carreiro e banda.

 

A cantora Eliabe Marques, um dos vocalistas da banda Fruto dos Lábios, falou da emoção de participarem pela primeira do evento. “É uma oportunidade muito boa, para nós que buscamos sempre pregar a palavra de Deus. Propagar o evangelho em qualquer lugar é possível sim e ficamos muito agradecidos ao Governo por ter aberto essa oportunidade de trazer pra trazer alegria para o público. Existem pessoas que precisam curar seus corações, e o louvor é feito justamente para isso, para levar a palavra de Deus através da adoração”, destacou.

 

O governador Antonio Denarium prestigiou a segunda noite de São João no Parque Anauá percorrendo todos os espaços institucionais e as barracas de comercialização de comida e bebida. “O São João no Parque Anauá está organizado, seguro e com muita diversão. A família pode vir para o Parque Anauá que a festa está linda”, disse.

 

A entrada do Parque Anauá, onde fica localizado o palco 'Cidade Forrobodó', foi animado por muita música roraimeira com Neuber Uchoa, além de forró pé de serra, com Flávio Silva e banda e Forró Chapéu de Couro.

 

Quem prestigiou a área do parque de diversão, também pôde acompanhar o palco Artur Mesquita, que foi agitado pelas bandas Kateretê, Ray Douglas e Xama na Pegada.

 

Para o secretário de Cultura e Turismo, Jaffé Oliveira, o São João no Parque Anauá foi pensado com carinho para a família roraimense. “O nosso governador Antonio Denarium determinou que fizéssemos a melhor festa popular do Estado e fizemos!”, disse.

 

SEGURANÇA

 

A segurança no São João no Parque Anauá está reforçada com efetivo de 200 homens e mulheres. Nas duas primeiras noites não houve ocorrência policial, apenas prisão de três elementos com mandado de prisão em aberto.

 

Segundo o comandante da PMRR, coronel Miramilton Goiano, a população pode comparecer no São João no Parque Anauá que a segurança está garantida. “Temos diversos recursos tecnológicos e de pessoal para atuar em todas as noites de Arraial”, disse, ao acrescentar de 23 câmeras estão instaladas no perímetro da festa para auxiliar o policiamento”, frisou.

 

Avalie este item
(0 votos)

Uma das coisas que mais chama a atenção do público é a comida e, como uma boa festa pede, o Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), fez questão de garantir uma grande variedade gastronômica no São João no Parque Anauá com o credenciamento dos barraqueiros e ambulantes que estão atuando no evento.

 

A comerciante Irene Moraes Costa trouxe o estabelecimento fixo de venda de tacacá para o Arraial. Presença constante nos eventos de Boa Vista a cerca de 25 anos, em especial os do Governo, a barraca é a extensão de uma tradição familiar existente em volta de um dos pratos mais conhecidos da região Norte do Brasil.

 

“Isso iniciou há 30 anos, quando calculamos o sustento da família. O tacacá foi agradando os nossos clientes e estamos aí até hoje. Temos ponto fixo, mas em toda o evento do Governo a gente está trabalhando, procurando aumentar a renda e vem dando certo, graças a Deus”, disse Irene.

 

Além do tacacá, que é o outro carro-chefe do ponto, Irene e equipe tem vendido outros tipos de alimentação, como carne de sol na chapa. Essa variedade traz um diferencial para o cardápio da barraca.

 

“Nós procuramos atender todo tipo de cliente. Tem gente que não gosta de tacacá, mas come uma paçoca, come uma carne de sol. Então, a gente procura, nos eventos do Governo que a gente participa, botar um pouquinho de cada coisa pra agradar nossa clientela”, completou.

 

Pelas bandas da Vila Gastronômica Tia Quelé, há quem esteja estreando no comércio do tradicional festejo trazendo pratos mais típicos e conhecidos desse período junino, como é o caso da autônoma Maraísa Barros Silva.

 

“Em festas juninas, geralmente é o que o povo procura. É a paçoca, a canjica, a galinha caipira, o que é tradicional. Aí por ser uma coisa mais simples, para mim, que estou começando agora, resolvi trazer isso”, explicou.

 

BEBIDAS VARIADAS

 

A variedade de opções gastronômicas não fica restrita somente às comidas. As apostas com drinks diferenciados têm chamado a atenção do público durante esses cinco dias de São João.

 

Junto com o esposo, a ambulante Rosa Maribel resolveu apostar na venda de sucos, drinks, refrigerante e água, além da venda de cachorro quente, para garantir um extra durante o festejo junino. Esse é o segundo que atuam dentro do evento.

 

“A gente trabalha com sucos naturais, vende diversos tipos de drinques, como caipirinha, caipirosca, pinha colada. Estamos fazendo sucesso, graças a Deus. A gente estima que já a partir de quinta, sexta e sábado o movimento vai ficar maior. Já vem muita família com crianças e é isso que a gente quer para vender mais”, pontuou.

 

EM NÚMEROS

 

Para 2023, a equipe de organização do São João no Parque Anauá efetivou 156 permissões de uso de espaço público fixo para ambulantes. Desse total, 70 foram reservados para comerciantes de bebidas e comidas em geral.

 

O governador Antonio Denarium ressaltou que a diversidade presente na festa junina vai muito além das apresentações nacionais, locais e das quadrilhas, trazendo a gastronomia como um grande diferencial.

 

“Quem entra no nosso Arraial acaba, em algum momento da noite, experimentando uma explosão de sabores. O cardápio em cada uma dessas barracas é bastante diversificado e temos orgulho de ter reunido tantas opções para o público presente poder aproveitar da melhor forma”, destacou.

 

Avalie este item
(0 votos)

A edição 2023 do São João no Parque Anauá está incrível. Este ano a criançada tem um espaço infantil mais amplo e organizado com atrações circense, brincadeiras e  atividades recreativas.

 

O Espaço da Criançada, organizado pelo Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo) fica localizado ao lada da entrada principal do Parque Anauá com uma estrutura cheia de opções pensada para o público infantil. Lá a meninada vai encontrar parquinho completo, pula-pula, escoregador inflável e carro elétrico e muito mais.

 

O governador Antonio Denarium ressaltou que o São João no Parque Anauá foi pensado para a família, então tem várias atrações culturais, comida boa, diversão e, acima de tudo, muita segurança.

 

Para fazer a alegria dos pequenos, o artista circense, o palhaço Leo Malabarista e o grupo Divertidamente se apresentaram com muitas brincadeiras, piadas, malabares, jogos e brincadeiras.

 

"Estou participando aqui nesse Arraial maravilhoso. É uma oportunidade para armar o circo de um palhaço poder mostrar e resgatar a cultura popular apresentando um espetáculo muito bacana", ressaltou Leo Malabarista.

 

Os pequenos contaram também com os jogos e brincadeiras das meninas do grupo recreativo Divertidamente. A coordenadora do grupo, Juliane Marques, falou sobre a atuação da equipe no São João do Anauá.

 

"Nós estamos aqui no Arraial do governo para trazer recreação para as crianças, brincadeiras direcionadas, brincadeiras inovadoras. Tabalhamos com bambolês, corrida de saco, então o público foi muito bem atendido pela nossa equipe. Temos aqui sete recriadores disponíveis para brincar com as crianças, intercalar no momento da programação no palco, com os palhaços e com os outros convidados. É um prazer muito grande tá aqui, mostrando o que sabemos fazer. É bacana está aqui no ambiente é familiar, alegre e descontraído", explicou.

 

Marina Alves trouxe as crianças para aproveitar o espaço e aproveitou para dar uma volta pelo Parque.

 

"A gente encontrou aqui a tenda do palhaço, fazendo malabares e tudo muito bem organizado, espaçoso. Está muito bonito, está bem mais bonito do que o ano passado, a ornamentação, a organização, tudo muito bonito", confessou.

 

A programação no Espaço da Criança ocorrerá durante os cinco dias de festa e inicia a partir das 18h e segue até às 22h.

Avalie este item
(0 votos)

Eita que o São João no Parque Anauá está bom demais! Na segunda noite, o Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), organizou uma programação que atende a todos os públicos. Uma festa pensada para a família roraimense, que na primeira noite contou com 70 mil pessoas no show do cantor Mano Walter.

 

No palco Cidade Forrobodó, logo na entrada do Parque Anauá, a programação começa às 19 horas com o cantor roraimense Neuber Uchoa e banda. Às 20 horas, Antônio Lira e banda; às 21h Flávio Silva e banda e às 22 horas, Forró Chapéu de Couro.

 

O arrasta pé também está garantido no palco Artur Mesquita, às 19 horas com a banda Kateretê; às 20h com Ray Som e às 21h, Xama na Pegada.

 

No palco Batistão, a festa começa às 18h30 com Gedson Gomes e banda; 19h30 com Fruto dos Lábios; 21h30, Gabriel Carreiro e banda; 22h30 com o cantor Marcos Noleto e às 23h30 com Xote de Buteco.

 

ESPAÇO CRIANÇADA

 

No Espaço Criançada os pais podem levar as crianças que às 18h30 tem Leo Malabarista; 19h30, Grupo Imaginarte e às 20h30, Criart Teatral.

 

QUADRILHAS JUNINAS

 

No tablado do Forródromo a programação inicia às 18h30 com o Arrasta Pé da Ciapi, com beneficiários de projetos sociais da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social).

 

Às 19h30 será a apresentação da quadrilha Guerreiros de Jorge, do grupo Emergente. Às 20h15 será a vez da quadrilha Sanfona Junina, do grupo de Acesso; às 21h, quadrilha Garranxê, do grupo Especial; 21h45, a quadrilha Filhos de Macunaima, do grupo de Acesso; às 22h30, a quadrilha Coração Alegre, do grupo Especial e às 23h15, a quadrilha Amor Caipira, do grupo Especial.

 

GASTRONOMIA

 

Comida boa e bebida também têm no São João no Parque Anauá. São mais de 150 espaços com comercialização de comidas e bebidas, com a geração de 450 empregos diretos e 3.500 empregos indiretos, um fomento para a economia do Estado.

 

SEGURANÇA

 

O esquema de segurança no São João no Parque Anauá conta com efetivo de mais de 200 homens e mulheres das forças de segurança estaduais, além de 27 câmeras de segurança instaladas em pontos estratégicos.

 

“A população está convidada a festejar o São João no Parque Anauá, uma festa pensada para a família roraimense, com diversão, cultura e muita segurança. Venha para a maior festa junina do Estado”, destacou o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

A união das forças de segurança do Estado e o uso contínuo da tecnologia permitiu a captura de três homens procurados pela Justiça nesta terça-feira, 25, durante o São João no Parque Anauá. Dois mandados de prisão eram relacionados à Vara da Família e outro por homicídio.

 

Os três procurados foram identificados no painel de monitoramento da Segurança Pública, do Governo do Estado, com as 27 câmeras de segurança instalados em todo o espaço do Parque Anauá.

 

O comandante-geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Miramilton Goiano, ressaltou que, após a identificação, todas as forças de segurança presentes no Parque Anauá atuaram para a captura.

 

"Além das câmeras de reconhecimento facial, as equipes estavam com bodycams, que também ajudam nesse acompanhamento das imagens e, assim que foram identificados os dois procurados, a gente passou para equipe de campo, abordou e realmente confirmou que eram esses dois que estão com mandado de prisão em aberto. Um deles ainda tentou se evadir, mas logo foi capturado e entregue à Justiça", explicou.

 

O governador Antonio Denarium destacou que essa resposta rápida é reflexo do investimento do Governo de Roraima na segurança pública para garantir uma vida mais tranquila à população.

 

“As nossas forças de segurança estão sempre atentas a qualquer situação e está cada vez mais próxima da nossa população. E isso se deve ao grande investimento material e intelectual que realizamos nas forças de segurança estaduais. Prova disso é o registro recente do Monitor da Violência [ferramenta de acompanhamento do G1 Nacional] que aponta uma queda no registro de vários tipos de crimes, como assassinatos”, avaliou.

 

SEM OCORRÊNCIA

 

Segundo cel. Miramilton a primeira noite de São João no Parque Anauá não registrou ocorrência policial, exceto as duas prisões por mandado de prisão em aberto. “Isso se deve ao reforço no policiamento trazido ao evento, o que garantiu uma boa festa para o público registrado de 70 mil pessoas que compareceram no Parque Anauá para prestigiar as atrações da primeira noite”, reforçou

 

O efetivo no São João no Parque Anauá, somadas todas as forças de segurança, conta com cerca de 200 homens e mulheres da PMRR, Polícia Civil de Roraima, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros Militares de Roraima e Departamento Estadual de Trânsito.

 

O policiamento dessas forças de segurança abrange uma área de 950.000 m2. Um total de 30 equipes estarão fazendo o uso de bodycams para o policiamento mais efetivo.

Avalie este item
(0 votos)

A transferência de veículos é um dos procedimentos que mais gera dúvidas entre os cidadãos. O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) alerta que, ao vender uma motocicleta ou carro, é necessário passar o documento para o nome do novo dono, evitando eventuais problemas.

 

A diretora de controle de condutores e veículos do Detran-RR, Guaracy Cruz, informou que há quem faça logo a transferência, mas outras pessoas demoram muito tempo.

 

“Muitas vezes quem comprou o veículo comete infrações de trânsito, e o responsável por isso acaba sendo o primeiro dono, que não comunicou a venda ao Detran”, frisou.

 

Para fazer o procedimento de transferência de propriedade veicular basta o vendedor e comprador assinarem o DUT (Documento Único de Transferência), o mesmo que CRV (Certificado de Registro de Veículo), autenticar as assinaturas em cartório e depois agendar a vistoria no site do Detran-RR.

 

Após ser realizada a vistoria do veículo, o comprador deve comparecer ao Setor de atendimento do Detran-RR, levando o DUT, cópia da identidade e do CPF, além de comprovante de residência, para comunicar a venda. Dentro de cinco dias úteis, o comprador já pega o documento no nome dele.

 

Guaracy explicou ainda que a solicitação do requerimento da ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo), que é o documento necessário para registrar a mudança de proprietário do automóvel, deve ser feita em até 30 dias após a venda do veículo.

Avalie este item
(0 votos)

Ajudar a corrigir falhas e melhorar a qualidade do atendimento prestados para a população. Essas são as principais funções da OGSUS-RR (Ouvidoria Geral do Sistema Único de Saúde em Roraima), um instrumento que aproxima o cidadão aos órgãos que compõem a rede pública estadual de Saúde.

 

Nesta terça-feira, 25, a equipe do órgão deu início a uma programação que visa dar maior esclarecimento sobre a importância da comunicação entre gestores de unidade e pacientes na construção de uma saúde de qualidade.

 

“O objetivo dessa ação é conscientizar o cidadão que ele pode fazer manifestações. Nós coletamos as informações, identificamos os pontos de melhoria e aceleramos a resolução de problemas, buscando aprimorar a eficiência dos serviços prestados à população”, destacou a assessora geral da OGSUS-RR, Larissa Wandemberg.

 

Por se tratar da principal referência hospitalar do Estado, o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento) foi a primeira unidade a receber a visita dos técnicos da OGSUS-RR. O hospital também possui um núcleo de ouvidoria para receber as sugestões da população.

 

O HGR possui ainda canais de comunicação com seus pacientes, oferecendo fichas presenciais de reclamações, elogios e informações, além de email e caixas de sugestões. São recebidas mensalmente cerca de 100 manifestações.

 

“Nós recebemos muitas demandas e trabalhamos a parceria entre as coordenações e direções. Hoje estamos conseguindo uma resolutividade acima de 90% das demandas”, ressaltou o coordenador da Ouvidoria do HGR, Estácio Melo.

 

O servidor público Leandro Gomes, de 29 anos, veio ao Pronto Socorro Francisco Elesbão acompanhar sua tia em um atendimento. Ele conta que não sabia que as unidades possuem uma ouvidoria e destacou a importância de mais pessoas conhecerem o serviço.

 

“Como se trata de uma emergência, por questão de saúde, é importante ter esse feedback dos usuários para aperfeiçoar o próprio sistema de saúde e para um atendimento ser mais humanizado”, frisou o visitante.

 

O cronograma de visita do órgão também contemplará outras unidades situadas na capital, como HMI (Maternidade Nossa Senhora de Nazareth), CRSM (Centro de Referência em Saúde da Mulher Maria Luiza Castro Perin), Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima), Hospital das Clínicas Dr. Wilson Franco e PACS (Pronto Atendimento Cosme e Silva).

 

A OGSUS-RR

 

A Ouvidoria é um meio afetivo de participação cidadã, contribuindo para uma construção de um SUS mais eficiente e transparente. Há diversas maneiras de conseguir entrar em contato com a Ouvidoria Geral do SUS de Roraima, de forma online através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e site https://falabr.cgu.gov.br, relatando sua situação. E também pelo Disk Saúde, pelo número 136.

 

Ou ainda de forma presencial na unidade de saúde ou no prédio da Ouvidoria Geral, que fica localizada na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, n°1364, no Bairro dos Estados. Mais informações e outras dúvidas podem ser sanadas por meio do WhatsApp (95) 98410-6188.

 

Avalie este item
(1 Votar)

A segurança do São João no Parque Anauá, o maior arraial do Norte do Brasil, está sendo feita neste ano com o apoio de câmeras de reconhecimento facial. O uso da tecnologia de ponta é mais uma novidade que o Governo de Roraima traz para as noites de festa e que visa garantir mais tranquilidade a todos os visitantes do evento.

 

Após planejamento minucioso, as forças de segurança que trabalham de forma integrada nas cinco noites de arraial se revezam no controle,  monitoramento e captação de dados.

 

O governador Antonio Denarium ressaltou que a população roraimense pode curtir as noites de festa com tranquilidade. “O Governo tem essa preocupação com a proteção da sociedade e as nossas polícias estão no São João garantindo a segurança de quem participa da festa para curtir a festa e os shows com a família em paz e tranquilidade”, declarou.

 

De acordo com o secretário da Sesp (Secretaria de Segurança Pública), André Fernandes, a nova tecnologia é um diferencial na promoção da paz e da segurança em grandes eventos com aglomeração de pessoas e em diversas áreas. Ele explica que enquanto as câmeras tradicionais apenas captam imagens, a nova tecnologia com reconhecimento facial consegue identificar as pessoas que surgem na tela.

 

“Espalhamos 23 câmeras em pontos estratégicos nas dependências do Parque, todas com sistema de reconhecimento facial para identificar possíveis infratores e pessoas que tenham mandado de prisão em aberto ou que por algum motivo ou decisão judicial estariam impedidas de estar ali. A tecnologia cruza informações extraídas de diferentes bases de dados sobre os cidadãos e com isso realizamos um trabalho mais eficiente”, explicou.

 

O painel de monitoramento das câmeras e o efetivo operacional são realizados por servidores de todas as forças estaduais, entre homens e mulheres da PMRR (Polícia Militar de Roraima), da PCRR (Polícia Civil de Roraima), da Polícia Penal, do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militares de Roraima) e do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito).

 

A coordenação do esquema operacional de segurança durante o evento é de responsabilidade da Sesp, cerca de 200 homens e mulheres (por dia), entre policiais, bombeiros e agentes estão trabalhando no arraial deste ano.

 

Forças de segurança estaduais trabalham de forma integrada para garantir tranquilidade nas noites de festa

 

O comandante do CPC (Comando de Policiamento da Capital) da Polícia Militar, tenente coronel Rocha, explicou que diariamente, a PM disponibilizará 150 policiais, tanto no policiamento ostensivo da área interna, onde acontecem os shows e demais atrações, quanto no entorno do Parque.

 

“O evento está ocorrendo de forma muito segura, e as forças estaduais estão trabalhando de forma integrada pela tranquilidade de todos. O efetivo da PM também continua com o policiamento ostensivo em toda a cidade e para contribuir com a realização da festa, chamamos os policiais que estavam de folga para garantir a segurança da população visitante”, disse.

 

O comandante do CBMRR, coronel Anderson Carvalho de Matos, explicou da participação dos bombeiros militares no São João no Parque Anauá 2023, ressaltando que a atuação da corporação começa de forma antecipada, ainda na montagem das estruturas, do palco, iluminação, som e arquibancadas.

 

“Tudo isso passa primeiramente por uma vistoria do Corpo de Bombeiros, aferindo a conformidade para posterior liberação. Nossa atuação é bem efetiva, principalmente na avaliação da segurança de todas essas estruturas”, detalhou.

 

O comandante explicou ainda que as equipes fizeram as vistorias necessárias para a realização do evento e emitiu o documento de liberação, que é o auto de vistoria do CBMRR  e, que os profissionais estarão atuando  em outras frentes durante  os dias de realização do Arraial.

 

“Foi feito todo um trabalho preventivo e também temos equipes de pronta resposta em casos de acidentes, necessidades ou mal súbito. São 15 profissionais diariamente a postos para atender ocorrências pré-hospitalares, salvamentos diversos e outras situações”, enfatizou.

 

“Estamos realizando o monitoramento das câmeras, em parceria com as demais instituições de Segurança Pública, para assim garantirmos um evento tranquilo. Todos os dias, dois policiais penais estarão trabalhando na central de monitoramento”, complementou o secretário da Sejuc (Secretaria da Justiça e da Cidadania), Hércules Pereira, sobre o trabalho da Polícia Penal nas consultas de possíveis foragidos ou pessoas em descumprimento da lei e problemas com a Justiça.

 

A Sejuc também participa com uma equipe do Projeto Renascer, um trabalho da Polícia Penal voltado à ressocialização de reeducandos do sistema prisional.

 

O GRT (Grupo de Resposta Tática) da Polícia Civil atuará durante as cinco noites, contribuindo com o policiamento e abordagem de indivíduos em situação suspeita.

 

APROVAÇÃO

 

A participação do público foi bem expressiva na primeira noite de São João, com o show de Mano Walter, que atraiu um público de mais de 70 mil pessoas. A decoração característica, colorida e bem detalhada, as diversas atrações culturais, a gastronomia típica, as apresentações de artistas nacionais e locais chamaram a atenção dos visitantes, que se mostraram contentes e maravilhados com tantas opções de entretenimento e lazer.

 

O empresário Rivenildo Brito, morador do bairro Aparecida, elogiou a organização e as atrações do mais tradicional arraial do norte do país. “Tá tudo muito bonito, bem organizado e a gente se sente seguro. Tem opção para todos os gostos. O Governo de Roraima está de parabéns e espero que ele repita isso muitas outras vezes, porque está realmente muito bom”, opinou o visitante.

 

A integrante da Quadrilha Evolução, Junina Jamile Amarante, explicou que esta é a primeira vez que ela dança em cima de um tablado e participa de uma apresentação desta natureza. “Estou achando tudo maravilhoso, a organização e tudo o mais. Este é um dia muito especial para mim e eu estou amando estar aqui, tá tudo muito lindo”.

 

A vendedora de uma loja de materiais de construção, Maria do Carmo, que foi ao Parque acompanhada da família, falou que a organização e a decoração do evento a surpreendeu.

 

“Tá muito bonito, bem decorado e tem bastante opção de barracas; tem muita coisa boa para comer e para ver também. Me surpreendi com tanta coisa que tem por aqui”,

 

Dona Maria comentou que, por problemas de saúde, não iria esperar para ver a atração nacional da noite, o cantor Mano Walter, mas que muitas pessoas que ela conhece viriam prestigiar o show e ainda, que ela iria recomendar aos amigos, para que também participem desta festa linda e muito bem organizada pelo Governo.

 

SÃO JOÃO

 

Maior e mais tradicional festa de arraial da Região Norte, promovida pelo Governo de Roraima, o São João no Parque Anauá reúne gastronomia típica, muita música, atrações culturais e diversão para toda a família. Os cinco dias de realização do evento contarão, ao todo, com 50 atrações locais, três atrações nacionais, 28 quadrilhas juninas e mais de 150 espaços para comercialização de produtos.

 

É uma festa planejada para promover entretenimento e diversão para todos os públicos, das mais diferentes faixas etárias e tudo isso aliado à segurança e organização. O evento segue até o sábado, 29, com entrada gratuita.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

Arraial é sempre sinônimo de diversão, e aproveitando a oportunidade, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), está levando orientações sobre prevenção as DST/AIDS nos cinco dias do São João do Anauá, que teve início nesta terça-feira, 25, no Parque Anauá.

 

Graças à presença das equipes do Núcleo Estadual de Controle das DST/AIDS e Hepatites Virais, a população poderá tirar suas dúvidas sobre métodos de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis, o uso do autoteste e acesso a preservativos.

 

“Estamos ofertando gratuitamente à população, através da distribuição de preservativos masculinos, femininos, gel lubrificante e também o autoteste de HIV, orientando a população a como utilizar esses insumos e também conscientizando quanto a importância da promoção e prevenção da saúde”, afirmou a enfermeira é técnica do Núcleo, Jamilla Correia.

 

Subordinado à Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde, o Núcleo Estadual de Controle das DST/AIDS promove ações de prevenção, diagnóstico, assistência, tratamento e gestão de insumos junto à população roraimense, por meio de parcerias com organizações públicas e entidades não governamentais.

 

O NCDST/AIDS faz o repasse de preservativos, testagem rápida para HIV, Sífilis, Hepatites B e C aos 15 municípios do Estado, bem como medicamentos para a PEP (Profilaxia Pós Exposição) e antirretrovirais, que são utilizados para o tratamento de pacientes com HIV.

 

SOBRE A IMPORTÂNCIA DO PRESERVATIVO

 

O preservativo é o único método contraceptivo de dupla proteção, uma vez que evita ao mesmo tempo uma gravidez não planejada e problemas de saúde causados por ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis, como Sífilis, Gonorreia, Clamídia, HPV e Herpes.

 

De acordo com Jamilla, a ação de conscientização da Sesau dentro do evento se faz necessária para reforçar a importância do controle de casos das doenças sexualmente transmissíveis, ajudando a melhorar o cenário epidemiológico do Estado.

 

“A distribuição desses insumos é gratuita e essa também é uma forma da população ter acesso e saber da importância deles na sua própria proteção”, completou.

 

Apesar de estar na organização de um dos estandes da Secult (Secretaria de Cultura), o bibliotecário Walter Amorim, de 38 anos, não perdeu a oportunidade de aproveitar as orientações fornecidas pelos técnicos da Sesau.

 

“Às vezes, a gente se esquece de cuidar da própria saúde, é bom estar sempre atento quando há a distribuição desse tipo de insumo. Além disso, é muito gratificante ver que ainda existe uma sensibilidade em conscientizar as pessoas sobre o autoteste do HIV e doenças transmissíveis, e quando vejo [esse tipo de ação], vou logo atrás, porque é uma oportunidade de se informar e se cuidar", pontuou o servidor.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

Para incentivar o público presente no São João no Parque Anauá sobre a preservação do meio ambiente e a coleta correta de resíduos, a Companhia de Águas e Esgotos de Roraima está com a barraca Caer Caipira.

 

“Durante os cinco dias de evento, a barraca da Caer vai contar com ações de educação ambiental, sorteio de brindes, brincadeiras para as crianças, além de uma maquete para demonstração do processo de tratamento de água e área de coleta seletiva. Tudo para incentivar a preservação do meio ambiente”, explicou a diretora de Engenharia e Gestão Ambiental, Elisângela Rodrigues.

 

As crianças que passarem pelo local, também vão poder realizar atividades e brincadeiras, como pescaria ambiental e boliche ecológico, que têm a finalidade de sensibilizá-las sobre o descarte adequado de resíduos e os impactos no meio ambiente.

 

No local, haverá ainda uma área de coleta seletiva com lixeiras identificadas para o descarte correto de resíduos úmidos ou orgânicos, secos e rejeitos.

 

“Esta separação de materiais é essencial e uma forma da Companhia apoiar as cooperativas de recicláveis que têm no recolhimento de materiais uma fonte de renda”, ressaltou a diretora.

 

A fim de incentivar a redução de material descartável, a Companhia também disponibilizou um bebedouro de água no local, para que as pessoas possam recarregar sua própria garrafinha ou copos com água.

 

Por meio de uma maquete, o público poderá conhecer as etapas do processo de tratamento de água, realizado pelo setor de Qualidade da Água, que  mantém uma rotina constante para garantir a qualidade do líquido que é produzido e distribuído para a população de Roraima.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

O São João no Parque Anauá é, antes de tudo, geração de emprego e renda para várias famílias do Estado de Roraima. Pensando nisso, o planejamento do Governo de Roraima para a edição do festejo este ano contempla a criação de 450 empregos diretos e mais de 3.500 empregos indiretos.

 

Essa criação de postos de trabalho antes e durante o arraial, realizada pela Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), responsável pela organização do evento, envolve trabalhadores que atuaram na montagem da infraestrutura e da decoração do evento, além de ambulantes, fazedores de cultura e demais profissionais que atuam direta e indiretamente na área do entretenimento.

 

Um desses profissionais que estão atuando durante esses cinco dias de festa é a ambulante Luciane Alves Pinheiro, de 34 anos. Junto com alguns amigos, mantém uma barraca de comidas típicas durante os cinco dias de arraial. Constantemente, eles se unem para venderem seus produtos durante vários eventos do Governo de Roraima além do São João no Parque Anauá.

 

"Nossa expectativa, durante todo o tempo, é sempre dar o nosso melhor e que cada ano seja melhor que o outro. A nossa equipe se une todo o tempo para entregar o nosso melhor aos nossos clientes e o que a gente pede é que todos que venham à nossa barraca. Estamos aqui, prontificados para atender todo mundo, entregando sempre o nosso melhor e sempre superando um ano após o outro", frisou.

 

O governador Antonio Denarium ressaltou que os grandes eventos do Governo de Roraima, como o São João no Parque Anauá, e a Expoferr Show que acontecerá em novembro, são peças importantes para a movimentação na economia do Estado como um todo.

 

“Todo o nosso planejamento traz uma alta geração de emprego e renda nesses cinco dias e, com isso, várias famílias têm seu ganha-pão garantido por meio do micro e pequeno negócio. Isso significa, para além da movimentação monetária, garantia de qualidade de vida para essas famílias”, frisou.

 

Economista, o secretário adjunto de Planejamento e Orçamento, Fábio Martinez, pontuou que a movimentação dos micros e pequenos empresários durante esse período alavanca a economia do Estado, abrangendo várias gamas de serviço.

 

“Vale destacar que a maior parte desses itens e do consumo se dá no mercado local. Ou seja, a gente acaba criando aí um efeito multiplicador na nossa economia, porque a maior parte dos itens adquiridos vão ser daqui mesmo de Roraima. Isso acaba estimulando mais a nossa economia. A gente vai ter festa, vai ter comemoração e também vai ter criação de emprego e renda, bem como geração de riqueza aqui do nosso estado”, explicou.

 

Público se encanta com decoração diversificada e multicolor do São João no Parque Anauá

 

Para a edição 2023 do São João no Parque Anauá, o Governo de Roraima, por meio da Secult, levou a decoração do festejo a um novo nível, promovendo um verdadeiro espetáculo de cores e sentimentos em todos os espaços do festejo, com várias referências ao período junino.

 

Entre as novidades para este ano, a que mais chama a atenção é a Cidade Forrobodó, espaço cenográfico que desperta emoções e consagra a história do maior festejo junino da região Norte do Brasil com um espetáculo único, trazendo ainda mais vida ao Parque Anauá.

 

Para Paula Lopes, de 45 anos, a decoração traz muita nostalgia, já que a história dela é diretamente ligada ao Parque Anauá. Ela veio ao arraial junto com o marido e os filhos e vão aproveitar ao máximo tudo que o evento poderá proporcionar.

 

"A decoração esse ano está bem maior, todo o estilo da decoração, a entrada está perfeita. Eu tenho certeza que todos vão amar ao chegar lá dentro. O Parque Anauá faz parte da minha vida, faz parte da minha infância. O Governo está de parabéns, porque é uma enorme satisfação prestigiar o evento que é feito pra nós, população", avaliou.

 

Quem também foi prestigiar o evento foi o estudante Pedro Henrique Gomes, de 14 anos. Ele foi ao evento para prestigiar o Concurso Estadual de Quadrilhas, que teve início nesta terça-feira, 25, no palco Nazareno.

 

"O festejo está bem decorado, o Governo mandou muito bem nesse arraial. Está tudo muito bonito, eu gostei muito e está bem diferenciado porque é bem mais aberto no Parque Anauá e percebi que a decoração deste ano está bem maior e bem chamativa”, disse.

 

Avalie este item
(1 Votar)

 

O cantor Mano Walter, atração da primeira noite do São João no Parque Anauá, arrastou um público de mais de 70 mil pessoas para o maior arraial da família roraimense, organizado pelo Governo de Roraima. A festa vai até o dia 29 de julho com atrações nacionais, locais, apresentações de quadrilhas e grupos folclóricos.

O anfitrião da festa, o governador Antonio Denarium chegou cedo ao Parque e declarou oficialmente aberto o São João do Parque Anauá.
 

"Toda a família roraimense está no arraial do Parque Anauá, o arraial de São João no Parque Anauá, é o melhor arraial do estado de Roraima. E começa nesta terça-feira, dia 25 e vai até o dia 29 de junho. Está aberto o arraial do São João no Parque Anauá, venha com a sua família prestigiar com a gente", disse.

 Mano Walter, que se apresentou pela segunda vez em Roraima, falou da emoção de estar cantando mais uma vez para o público roraimense.

 

"Estou muito feliz. Estou aqui ao lado do nosso governador. Agradecer a ele pelo carinho, pelo convite. Parabenizá-lo pelo evento de uma grandiosidade como esse, para todas as famílias que vieram prestigiar o Mano Walter.", declarou.

 

A festa teve ainda shows com bandas locais, concurso de quadrilhas, restaurantes, comidas típicas e parques de diversão.

 

VEM FESTEJAR O SÃO JOÃO DO PARQUE

 

Denarium aproveitou a oportunidade para convidar as famílias para prestigiar o evento e prestigiar as cinco noites de festa.

 

"O parque está lindo, está muito bonito, é muito importante contar com a sua presença. A todos os  roraimenses, a todos de Boa Vista, obrigado pela presença e a festa só está começando. Vem você para o Parque Arauá", convidou o governador.

 

Na primeira noite teve ainda um espetáculo à parte com a queima de fogos à beira do Lago dos Americanos, que deixou o público encantado.

 

 

Publish modules to the "off-canvas" position.

Orjinal cialis sipariş hattı orjinal cialis resmi sitesi olan https://cialispillshop.com adresidir. mert tesisat