Avalie este item
(0 votos)

O edital com o resultado definitivo das provas objetivas de três cargos do concurso público da PCRR (Polícia Civil de Roraima) está sendo divulgado nesta segunda-feira, 12, no site da Fundação Vunesp.

 

É o resultado definitivo das provas objetivas dos cargos de delegado, agente de polícia e auxiliar de perito e os resultados provisórios das provas discursivas para os cargos de delegado e agente de polícia.

 

De acordo com o diretor administrativo da PCRR, delegado Jimmy Santana, o candidato poderá interpor recurso contra o resultado provisório das provas discursivas para os cargos de delegado e agente de polícia, no período das 8h de 14 de dezembro de 2022, até as 23 horas e 59 minutos de 16 de dezembro de 2022. Para isso, o interessado deve interpor o recurso no site da banca organizadora, na respectiva página do concurso.

 

Ainda segundo Santana, será concedida a vista da folha de respostas das provas discursivas a todos os candidatos que tiveram suas provas corrigidas, no período recursal referente ao resultado provisório das provas discursivas.

 

Já em relação ao resultado das provas objetivas, não cabe mais recursos. Ainda nesta semana, será publicado também o edital com o resultado provisório das provas referentes aos cargos de médico legista, odontolegista, perito criminal, perito papiloscopista, auxiliar de necrópsia e escrivão de polícia.

Avalie este item
(0 votos)

Iniciou nesta segunda-feira, 12, mais uma semana de atendimentos das equipes do RG na Mão, desta vez no município de Pacaraima. A ação itinerante da PCRR (Polícia Civil de Roraima) em parceria com a DPE-RR (Defensoria Pública do Estado) segue até quinta-feira, 15, na sede do município e mais três comunidades que vão ter acesso aos serviços de emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. 

 

Na tarde desta segunda-feira, 12, os atendimentos ocorrem na comunidade de Soracaima, das 14h às 18h.

 

Na terça, 13, a comunidade do Bananal recebe a ação, das 9h às 12h, com pausa para almoço e retorno das 14h até às 17h.

 

No mesmo horário, serão realizados os atendimentos na comunidade do Tarau Paru, na quarta-feira, 14.  Posteriormente, na quinta, 15, a sede do município recebe as equipes do RG na Mão, das 9 às 12h e das 14 às 17h.

 

O prazo para entrega do documento expedido nas ações itinerantes é de 30 dias, podendo ser retirado Pacaraima na sede local do posto de atendimento do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz), localizado no prédio da Defensoria Pública Estadual no município.

 

DOCUMENTOS

 

Somente a primeira via da Carteira de Identidade é gratuita. Os documentos necessários para solicitar o documento são: Certidão de Nascimento original e a cópia para quem é solteiro ou de casamento (original e cópia), aos casados. Além disso, é preciso apresentar também o comprovante de residência. Não é necessário levar fotografia.

 

Para emissão da segunda via, o cidadão deve acessar o site da Sefaz, ir na opção Cidadão e clicar em “DARE-Avulso”. Na página, preencher os dados, inserir o código da Receita 8095 – Segurança Pública e depois selecionar “Cédula de Identidade Segunda via” e confirmar.

 

O valor da taxa é de R$ 54,93. Com o boleto pago, o cidadão deve apresentar o comprovante junto com os documentos citados acima, no momento em que for solicitar a segunda via.

 

RG na Mão emitiu mais de 300 documentos de identidade somente neste mês

 

Garantir acessibilidade para promover cidadania é uma meta do Governo de Roraima, por meio do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz) da Polícia Civil de Roraima. Para isso, ações itinerantes são constantemente realizadas nas comunidades e vilas mais distantes do Estado.

 

No início deste mês de dezembro, as equipes do IIOC estiveram na região nordeste de Roraima, no município de Uiramutã. Seis ações foram realizadas, atendendo as regiões da Comunidade Vizeu, (13 atendimentos), a comunidade Água Fria (120 atendimentos), comunidade Monte Muriá (15 atendimentos), a sede do município (93 atendimentos) e na Comunidade Uiramutã (80 atendimentos).

 

Todos os documentos solicitados nas ações em Uiramutã serão entregues com 30 dias. Quem solicitou na sede do município receberá o documento por meio de uma parceria com a vereadora professora Deuzuíta. Nas comunidades os documentos serão entregues para os tuxauas, que vão repassá-los aos solicitantes.

 

“Até o momento realizamos o total de 321 atendimentos em dezembro. Para este mês ainda temos programado mais uma ação. Não temos parado, nosso objetivo é sempre estar presente não só no local mais próximo do cidadão, mas com horários acessíveis e que permitam que eles obtenham o documento de identidade”, disse a servidora da PCRR Raiane Sales, coordenadora das ações.

Avalie este item
(0 votos)

O Natal é uma época única, mágica e cheia de tradição. Uma delas são as fotos em família, e pensando nisso o Governo de Roraima preparou uma decoração encantadora para o Palácio Senador Hélio Campos.

 

O Palácio está decorado na área externa e interna e está aberto todos os dias das 8h à 00h para que a população possa registrar esse período tão lindo e especial por meio de fotos, vídeos e postagens em redes sociais.

 

“A decoração de Natal é uma tradição muito especial que atrai as famílias e resgata a tradição da época. Estamos em um momento de celebração, de amor e a nossa intenção é que todos que visitem o Palácio do Governo sintam-se abraçados pela magia do Natal”, detalhou a primeira-dama do Estado, Simone Denarium

 

Diferente do ano passado que contou com uma decoração mais moderna com o tema envolvendo personagens da Disney, este ano, a ideia, como explicou o decorador Fredson Raulino foi transformar o local em um verdadeiro Palácio Natalino trazendo cores tradicionais como o dourado para deixar o local ainda mais sofisticado.

 

“A nossa inspiração foi o palácio de Versalhes [na França]. Trouxemos os painéis em 3D na parte externa e na parte interna optamos por puxar as cores tradicionais com o doutorado e o vermelho, para transformar em um Palácio do Papai Noel, e acho que conseguimos e fizemos um lindo trabalho”, comemorou Fredson.

 

 

VISITA DO PÚBLICO

 

O Palácio Senador Hélio Campos está aberto todos os dias das 8h até meia noite para visitação (de domingo a domingo). Está localizado no Centro da Capital, na praça do Centro Cívico e é a sede oficial do Governo de Roraima.

Avalie este item
(0 votos)

Iniciou nesta segunda-feira, 12, mais uma semana de atendimentos das equipes do RG na Mão, desta vez no município de Pacaraima. A ação itinerante da PCRR (Polícia Civil de Roraima) em parceria com a DPE-RR (Defensoria Pública do Estado) segue até quinta-feira, 15, na sede do município e mais três comunidades que vão ter acesso aos serviços de emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. 

 

Na tarde desta segunda-feira, 12, os atendimentos ocorrem na comunidade de Soracaima, das 14h às 18h.

 

Na terça, 13, a comunidade do Bananal recebe a ação, das 9h às 12h, com pausa para almoço e retorno das 14h até às 17h.

 

No mesmo horário, serão realizados os atendimentos na comunidade do Tarau Paru, na quarta-feira, 14.  Posteriormente, na quinta, 15, a sede do município recebe as equipes do RG na Mão, das 9 às 12h e das 14 às 17h.

 

O prazo para entrega do documento expedido nas ações itinerantes é de 30 dias, podendo ser retirado Pacaraima na sede local do posto de atendimento do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz), localizado no prédio da Defensoria Pública Estadual no município.

 

DOCUMENTOS

 

Somente a primeira via da Carteira de Identidade é gratuita. Os documentos necessários para solicitar o documento são: Certidão de Nascimento original e a cópia para quem é solteiro ou de casamento (original e cópia), aos casados. Além disso, é preciso apresentar também o comprovante de residência. Não é necessário levar fotografia.

 

Para emissão da segunda via, o cidadão deve acessar o site da Sefaz, ir na opção Cidadão e clicar em “DARE-Avulso”. Na página, preencher os dados, inserir o código da Receita 8095 – Segurança Pública e depois selecionar “Cédula de Identidade Segunda via” e confirmar.

 

O valor da taxa é de R$ 54,93. Com o boleto pago, o cidadão deve apresentar o comprovante junto com os documentos citados acima, no momento em que for solicitar a segunda via.

 

RG na Mão emitiu mais de 300 documentos de identidade somente neste mês

 

Garantir acessibilidade para promover cidadania é uma meta do Governo de Roraima, por meio do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz) da Polícia Civil de Roraima. Para isso, ações itinerantes são constantemente realizadas nas comunidades e vilas mais distantes do Estado.

 

No início deste mês de dezembro, as equipes do IIOC estiveram na região nordeste de Roraima, no município de Uiramutã. Seis ações foram realizadas, atendendo as regiões da Comunidade Vizeu, (13 atendimentos), a comunidade Água Fria (120 atendimentos), comunidade Monte Muriá (15 atendimentos), a sede do município (93 atendimentos) e na Comunidade Uiramutã (80 atendimentos).

 

Todos os documentos solicitados nas ações em Uiramutã serão entregues com 30 dias. Quem solicitou na sede do município receberá o documento por meio de uma parceria com a vereadora professora Deuzuíta. Nas comunidades os documentos serão entregues para os tuxauas, que vão repassá-los aos solicitantes.

 

“Até o momento realizamos o total de 321 atendimentos em dezembro. Para este mês ainda temos programado mais uma ação. Não temos parado, nosso objetivo é sempre estar presente não só no local mais próximo do cidadão, mas com horários acessíveis e que permitam que eles obtenham o documento de identidade”, disse a servidora da PCRR Raiane Sales, coordenadora das ações.

Avalie este item
(0 votos)

Executado pela primeira vez no Estado e sob responsabilidade do Governo de Roraima por meio da Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima), o Programa Centelha, do Governo Federal, pretende receber mais de 200 ideias inovadoras, sendo ao menos 15 startups beneficiadas com recursos financeiros.

 

As inscrições para o Centelha Roraima estão abertas até o dia 9 de janeiro de 2023. Até 15 projetos serão contemplados por meio do programa, com até aproximadamente R$ 53 mil em subvenção econômica, além dos demais benefícios. As regras para participação e inscrição podem ser conferidas no site oficial do projeto.

 

Por meio de benefícios como subvenção econômica, bolsas de apoio, capacitações e networking com parceiros, o programa busca incentivar a geração de ideias inovadoras em estágios iniciais, de ideação e prototipação. Nesta edição, todos os projetos contemplados receberão bolsas de apoio técnico financiadas pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

 

De acordo com o assessor técnico da Faperr, Elemar Favreto, a iniciativa é uma ótima oportunidade para quem quer começar ou melhorar o próprio negócio.

 

“É um programa que possibilita criar ideias e transformar em modelos de negócios, seja para constituir uma empresa ou ampliar as suas operações. É um projeto que estimula o empreendedorismo e o desenvolvimento do nosso estado”, afirmou Favreto, que também coordena o Programa Centelha em Roraima.

 

Durante a etapa de seleção, os empreendedores participantes passarão por três fases. As fases 1, 2 e 3 compreendem, respectivamente, na submissão de Ideias Inovadoras; na construção de um Projeto de Empreendimento; e por último, na elaboração de um Projeto de Fomento.

 

Ao longo dessas etapas, os empreendedores receberão capacitações para aprimorar os projetos inovadores, além de suporte e feedback dos avaliadores.

 

O PROGRAMA

 

Promovido pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Programa Centelha acontece pela primeira vez em Roraima, executado de forma descentralizada por meio da articulação institucional e cooperação com órgãos e entidades do Governo do Estado.

 

O edital visa impulsionar ideias inovadoras e geração de novas empresas de base tecnológica de interesse social e empresarial, além da formação da cultura do empreendimento inovador.

 

Neste sentido, o programa busca ideias que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional.

 

Serão financiados 15 projetos com apoio financeiro de até R$ 53,3 mil pelo Governo do Estado em parceria com a Finep, além de R$ 26 mil em bolsa de inovação ofertadas pelo CNPq por projeto, totalizando um valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

 

No total, a previsão é de que sejam investidos R$ 97 milhões em todo o Brasil, sendo R$ 74 milhões pelo MCTI via FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e R$ 23 milhões pelos parceiros nos Estados.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do programa até o dia 9 de janeiro de 2023.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está implantando a nova rede de subtransmissão e distribuição de energia em Amajari por meio da subestação Sucuba, com tensão de 34,5 kV (quilovolts). O sistema interliga o sistema da cidade ao do município de Alto Alegre, que já é conectado à matriz em Boa Vista.

 

Executada pela Seinf (Secretaria da Infraestrutura), a obra do Governo avançou mais de 60%, considerando a instalação das estruturas e o lançamento de cabos de transmissão de energia. O projeto inclui a construção da linha e uma subestação de 2,5 MVA (megavolt-ampères) na sede de Amajari.

 

Com a nova subestação que tem potencial de expansão futura para 5 MVA, o sistema passará a ser interligado ao de interiorização da fonte primária de Boa Vista, o que dará condições para atender a mais de 4 mil famílias na região.

 

“O investimento na modernização da distribuição de energia em Roraima é uma prioridade da gestão do Governo. Essa nova subestação reforça a estrutura energética em uma região que produz muito para o Estado”, declarou o governador Antonio Denarium sobre a nova estrutura, que vai atender a demanda de crescimento do município, reforçar o sistema energético e garantir ainda mais estabilidade para atrair novos investimentos.

 

A obra conta com investimento de R$ 14.790.930,20. Os recursos são provenientes de emenda parlamentar do deputado Jhonatan de Jesus em convênio com a Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) e contrapartida do Executivo.

 

“O Governo de Roraima, com apoio do Governo Federal, está construindo mais de 95 km de linha de transmissão de energia. Isso vai solucionar um problema antigo de isolamento energético da região. Há previsão que a obra esteja pronta até maio do próximo ano”, explicou o responsável pela condução de projetos e diretor do Detel (Departamento de Engenharia de Telecomunicações) da Seinf, Jean Santos.

 

SISTEMA ELÉTRICO

 

A subestação tem como função converter (no caso, baixar) a energia gerada por uma usina ou qualquer geradora para a tensão adequada para atender as necessidades de uso das casas e das empresas.

 

Elas funcionam a partir de transformadores, que são os responsáveis por essa adaptação energética. Além disso, fazem o papel de ponto de entrega para atender as demandas, um componente fundamental em sistemas elétricos integrados.

Avalie este item
(0 votos)

Os moradores da comunidade do Roxinho, município de Iracema têm muito a comemorar. o Governo de Roraima entrega nesta terça-feira, 13, a Escola Estadual José Pereira de Araújo, completamente revitalizada e mobiliada. A solenidade será às 10h na escola localizada na Estrada Tronco, Km 55, S/N ao lado da Vicinal 5.

 

A instituição de ensino atende 157 estudantes no Ensino Fundamental Maior (6° ao 9° ano) e Ensino Médio. Para o gestor da escola, Francisco da Silva Araújo, toda a equipe gestora está entusiasmada para a volta às aulas.

 

“Estamos felizes, pois é um sonho realizado. Através do nosso governador Antonio Denarium, que mesmo em dias de sol ou chuva nunca deixou de olhar pela nossa comunidade. Com a nova realidade podemos ter grandes avanços na aprendizagem, agora que temos um ambiente escolar favorável”, destacou o gestor.

 

A Escola Estadual José Pereira de Araújo recebeu reforma geral por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura). A obra foi realizada com investimento do Tesouro Estadual na ordem de R$ 407.746,01.  A unidade de ensino não recebia reparos na estrutura física desde 2007.

 

“Em Iracema a escola José Pereira de Araújo nunca recebeu manutenção e agora será entregue uma reforma determinada pelo governador Antonio Denarium. Era um anseio antigo da sociedade local. Todos os equipamentos que escola recebeu são novos. Desde as carteiras aos utensílios de cozinha”, disse o secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita.

 

MAIS INVESTIMENTOS EM IRACEMA

 

No município de Iracema, o Governo de Roraima revitalizou e reinaugurou a Escola Estadual Manoel Agostinho de Almeida e a Casa de Apoio dos Professores na Vila Campos Novos, em dezembro de 2021. O investimento foi do tesouro estadual na ordem de R$ 398.697,27.

 

Além disso, a Escola Estadual Dom Pedro II, localizada na sede, recebe obra de reforma geral. Os recursos são de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus na ordem de R$ 3,2 milhões mais contrapartida do Estado na ordem de R$ 950 mil. A obra é de responsabilidade da Seinf.

Avalie este item
(0 votos)

Nessa sexta-feira, 9, foi celebrado o Dia do Fonoaudiólogo. A data foi instituída pela lei nº 6.965/1981, tendo como finalidade reconhecer a importância do trabalho desse profissional para os serviços de saúde.

Em Roraima, o CER II (Centro Especializado de Reabilitação Física e Intelectual) se destaca como uma das unidades da rede pública estadual que mais realiza trabalhos de reabilitação de funções ligadas à fala.

Por mês, a unidade realiza 3.667 atendimentos a pessoas com problemas neurológicos que se encontram em processo de recuperação. Tais condições de saúde incluem a síndrome de Down, o espectro autista, a microcefalia, pacientes acometidos por AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou que tenham sofrido algum tipo de traumatismo craniano.

“Trabalhar no Centro de Reabilitação é vivenciar superações todos os dias. Como, por exemplo, um paciente que ficou quase um ano sem se alimentar pela boca e falar, e depois voltou a comer e a se comunicar”, destacou a fonoaudióloga Andreia Carneiro.

A especialista explica que a fono trabalha em uma série de situações, dentre elas o aperfeiçoamento da audição periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas orofacial, cervical e de deglutição.

“A fono não se resume somente à fala, mas ela também atua na questão neurológica. Esse tipo de trauma não mexe só com a vida do paciente, mas também com a de toda família. Ver o êxito de garantir a evolução do paciente e ver a satisfação dessa família é muito gratificante”, completou.

Em abril de 2020, Wilson Amorim, de 64 anos, teve um AVC isquêmico, problema que acabou ocasionando o comprometimento da movimentação do lado direito do corpo paralisado e a fala. Desde então, ele vem passando por acompanhamento no CER II, que tem garantido um tratamento positivo para o paciente.

“[Desde o acontecimento] nós temos buscado o acompanhamento com fonoaudiólogo e com o fisioterapeuta aqui na rede, e tem sido proveitoso porque ele tem melhorado muito na questão da fala. No início, nós não conseguíamos nos comunicar com ele, e hoje é bem melhor”, comentou o filho, Higor de Andrade.

O CER II funciona dentro da estrutura do Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência, que está localizado na Avenida São Sebastião, 1195, bairro Santa Tereza. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h e das 13h às 19h

Avalie este item
(0 votos)

O programa Morar Melhor, do Governo do Estado, executado pela Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima), foi agraciado, nesta quinta-feira, dia 8, com o prêmio Selo de Mérito / 2022.

A honraria foi concedida pela ABC (Associação Brasileira de Cohabs) e o FNSHDU (Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano), durante o 69º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, realizado em Brasília (DF).

A presidente da Codesaima, Maria Dantas, representando o governador Antonio Denarium, recebeu o prêmio, em cerimônia no Hotel Windsor, na Asa Norte da capital federal.

O Fórum debate temas ligados à habitação e também destaca projetos voltados para essa questão. Maria Dantas e o diretor de Habitação da Codesaima, Rodrigo Ávila, apresentaram um vídeo sobre o Morar Melhor e fizeram uma explanação sobre esse programa que já beneficiou mais de 2.000 famílias em Boa Vista e no interior de Roraima.

Segundo Rodrigo Ávila, o vídeo causou impacto nos presentes que viram a transformação que o programa promove na vida de pessoas simples da sociedade.

O Morar Melhor foi implantado em agosto de 2021 e já tem mais de 7.000 inscritos com 2.000 famílias beneficiadas. Durante a seleção, são observados critérios de prioridade que verificam a existência de pessoas com deficiências, idosos, crianças e mulheres chefes de família.

As obras ofertadas são pequenas e médias intervenções que estão fora da capacidade financeira dos moradores. São banheiros, rampas, instalações de portas e janelas, colocação de cerâmica e reboco, adaptação de cômodos para deficientes, entre outras construções que melhoram a qualidade de vida das pessoas.

A presidente Maria Dantas ressaltou a importância de todos que atuaram no programa. “Parabéns ao nosso governador Denarium que nos incentivou, ao diretor Rodrigo pela dedicação e compromisso com o programa. Obrigado a todos os colaboradores da Codesaima por fazer parte desse sucesso”, disse.

O Morar Melhor deve ser ampliado em 2023 com mais investimentos e novos projetos.

Avalie este item
(0 votos)

Nessa quarta-feira, 07, foi celebrado o Dia do Cirurgião Plástico, um profissional considerado vital para os trabalhos da atenção especializada em saúde. A data foi escolhida em alusão à fundação da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), no ano de 1948.

 

Em Roraima, o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento) é uma das referências locais. O setor atua em conjunto com outras áreas da unidade, como a ortopedia, mastologia, cabeça pescoço, entre outros.

 

De acordo com o coordenador de cirurgias plásticas do HGR, Márcio Arcoverde, mais de 40 procedimentos foram realizados na unidade somente este ano. Ele enfatiza ainda que a especialização nessa área requer muito investimento em cursos e capacitações.

 

“A profissão é uma curva de aprendizado muito longa. São seis anos de faculdade, mais três anos de cirurgia geral, depois quatro anos de cirurgia plástica, para só depois disso se especializar. Isso demanda muito tempo”, disse.

 

Em março deste ano, o cirurgião recebeu a Comenda Orgulho de Roraima, uma honraria entregue a personalidades que contribuíram, de alguma forma, para o desenvolvimento do Estado.

 

Arcoverde é concursado pelo Estado desde 2009, sendo reconhecido por sua conduta exemplar dentro de sua rotina de trabalho, conhecimento técnico na área em que atua de forma humanizada no tratamento com o paciente.

 

“A cirurgia plástica para mim é arte. Eu fico muito feliz em ser um artista reconhecido dentro da minha profissão. A cirurgia plástica é a minha vida”, ressaltou.

 

RESGATANDO A AUTOESTIMA

 

Dentre as principais ocorrências que a área de cirurgias plásticas atua estão os acidentes ortopédicos, fraturas, queimaduras e lesões que evoluem para perda de tecido de pele. Neste caso, o médico deve reparar as sequelas e restituir a funcionalidade corporal do paciente.

 

O aposentado Waldemir Correa, de 45 anos, sofreu um acidente de trânsito no mês passado. Agora precisa realizar o procedimento de retalho cutâneo, em que uma unidade de pele do próprio paciente é transferida para outra área receptora.

 

A técnica é utilizada na cobertura de feridas, proporcionando um melhor aspecto estético e funcional.

 

“A estética [da perna] vai voltar, não vai ter mais ferimento, acho muito importante o trabalho que o doutor faz aqui”, comentou o paciente.

 

Para Arcoverde, um dos pontos altos da profissão, mesmo diante das dificuldades encontradas nos casos mais difíceis, é pode devolver a autoestima do paciente.

 

“Poder elevar a autoestima das pessoas, trazer a recuperação funcional de algumas áreas que são lesionadas ou mutiladas, para nós cirurgiões plásticos é uma alegria, poder participar efetivamente da realização de um sonho”, pontuou.

Avalie este item
(0 votos)

Representantes da Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) estão em Brasília participando do 69º FNHIS (Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social) da ABC (Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação).

 

O Fórum Nacional de Habitação é um evento realizado anualmente e conta com a participação de gestores públicos e técnicos de Estados, municípios e do Governo Federal que atuam no segmento. Nos últimos anos, tornou-se o principal evento do setor, contando com um público qualificado de cerca de 1400 pessoas de todo o Brasil.

 

O evento iniciou na quarta, 7, e encerrou nesta quinta-feira, 8, com uma extensa roda de debates sobre regularização fundiária e a participação de tribunais e cartórios, além de outros agentes e políticas de habitação.

 

Roraima recebeu o troféu do Selo de Mérito Especial 2022 pelo Programa Morar Melhor, projeto do Governo do Estado executado por meio da Codesaima. Outras agências de habitação do Brasil também foram premiadas.

 

O Morar Melhor foi apresentado pela presidente da companhia, Maria Dantas e o diretor de Habitação da empresa pública, Rodrigo Ávila, que expuseram os detalhes do projeto do Executivo que promove reformas nas moradias da população carente desde agosto de 2021, quando foi criado pelo governador Antonio Denarium.

 

“É importante a participação do Governo neste fórum. Debatemos com vários Estados a regularização fundiária com a participação dos Tribunais de Justiça e cartórios nesse processo. A ideia agora é contatarmos o TJ de Roraima, para concluir a regularização dos conjuntos habitacionais que ainda estão pendentes, como o Cambará e o Equatorial”, disse Maria Dantas.

 

O PROGRAMA

 

O Programa Morar Melhor foi criado em agosto de 2021 e já tem mais de 7 mil inscritos com 3 mil beneficiados.

 

Dantas falou do reconhecimento desse programa que atende tantas famílias da capital e do interior de Roraima. “É gratificante você ser reconhecido perante todos os Estados apresentando um programa de grande relevância como o Morar Melhor”, concluiu.

Avalie este item
(2 votos)

Encerrou nesta quarta-feira, 7, na esplanada do QCG (Quartel do Comando Geral), a programação de aniversário da PMRR (Polícia Militar de Roraima), com a promoção de 46 alunos-sargentos do Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças Combatentes. Com a turma de hoje, o Governo de Roraima alcança mais de 2.300 policiais militares, entre oficiais e praças, promovidos na atual gestão.

 

A graduação dos militares é mais uma etapa concluída do trabalho de reestruturação da segurança no estado.

 

“Quando falamos em promoção, isso significa valorizar o profissional que se dedica à uma carreira tão nobre, e ao mesmo tempo reforçar a segurança pública do Estado. São qualificações que garantem a tranquilidade que a população merece. Na nossa gestão não houve fuga, rebelião, chacina ou outro crime bárbaro, e isso é resultado dos investimentos e da integração das nossas forças policiais. Aos novos sargentos, damos os parabéns e pedimos que sigam firmes no propósito de atuar com responsabilidade e respeito à nossa população”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

De acordo com o comandante geral da PMRR, coronel Francisco Xavier, os alunos-sargentos foram graduados e alcançaram a nova patente após cerca de cinco meses de treinamento.

 

“Foram mais de mil horas de aula e 34 disciplinas para que eles adquirissem o conhecimento necessário na área em que atuam. É com satisfação que participamos desse novo momento da segurança pública de Roraima, com os avanços que a Polícia Militar tem tido nos últimos anos graças à preocupação de uma gestão séria e preocupada com esse setor tão importante para a população roraimense, que é a maior beneficiada”, complementou o comandante.

 

Com novos equipamentos, Polícia Militar estará mais preparada para defender a população

 

Durante a solenidade, a corporação militar recebeu novos armamentos, incluindo 1.200 pistolas calibre 9mm e mais de 100 mil munições, entre os calibres 5.56 e 9mm, resultado do investimento de R$ 3.380.100,00 provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus, adquiridos por meio de convênio celebrado entre a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) e o Governo de Roraima.

 

Também foram entregues seis drones tipos 1 e 2, bem como 800 novas poltronas ergométricas para as sessões e departamentos da PMRR. O investimento é de R$ 1.347.260,00 provenientes do FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

Novos sargentos relatam emoção e orgulho por conquista da promoção

 

Concursado desde 2013, o sargento André Rodrigues foi o segundo melhor classificado no curso de formação, com nota 9,80. Orgulho que ele carrega na farda.

 

“É uma emoção tremenda estar aqui hoje. Graças a Deus estamos conseguindo conquistar essa dádiva, hoje vamos passar para outro nível e estou muito feliz e grato e pronto para servir e proteger a sociedade de Roraima”, disse o recém-promovido.

 

Uma das 15 policiais femininas promovidas a sargento na formação, Elizângela Moreno é concursada desde de 2014. Ela afirmou que é uma vitória alcançar a promoção.

 

“Eu me sinto muito honrada por fazer parte desse grupo de mulheres promovidas hoje e nós somos muito gratas pelo reconhecimento. Batalhamos muito por este espaço e estou muito feliz por galgar mais um nível na profissão e poder servir a população de Roraima”, complementou.

 

Programação de aniversário incluiu diversas atividades

 

A programação de aniversário de 47 anos da PMRR começou no dia 7 de novembro com várias atividades, incluindo ações de saúde, campeonatos esportivos, cultos ecumênicos, o tradicional concerto musical da banda da corporação, e que desta vez teve a participação especial de militares de Rondônia. No dia 26 de novembro, quando se comemora o aniversário da instituição, foi realizado o também tradicional Baile Branco da PM.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima entregou nesta quarta-feira, 07, mais de sete toneladas de alimentos a instituições carentes em Boa Vista cadastradas no PAA-RR (Programa de Aquisição de Alimentos em Roraima).

 

O montante de frutas, legumes e verduras produzido pela Coopercinco (Cooperativa dos Cinco Polos) foi adquirido pelo Governo de Roraima para promover o acesso à alimentação, inclusão social, economia e sustentabilidade produtiva.

 

O recebimento das mercadorias ocorreu na Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) e seguiu para as instituições beneficiadas na Capital. Atualmente, Boa Vista, Bonfim, Iracema, Rorainópolis e Caroebe são os municípios atendidos pelo PAA-RR.

 

Em 2022, o PAA forneceu mais de 850 toneladas de alimentos, beneficiando famílias carentes. A partir de agora, o programa será substituído pelo PAB (Programa Alimenta Brasil) a nível nacional, incluindo Roraima.

 

“Hoje encerramos o ciclo do PAA em Roraima, mas o Governo vai continuar o projeto com o PAB e reforçar as redes de comercialização de produtos naturais e originários da nossa região. A ideia é que a gente fortaleça a agricultura familiar e ao mesmo tempo destine parte dessa produção para pessoas em situação de insegurança alimentar”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

O secretário Emerson Baú também avaliou a execução do PAA-RR nos últimos meses, explicando que, desde abril deste ano, o Governo do Estado já entregou 857.106 mil toneladas de produtos e movimentou R$ 3 milhões

 

“A aquisição beneficia diversas instituições de caridade, como o Ministério Missionário Desígnio de Deus, a Associação Roraimense de Pessoas com Deficiência e do Espectro Autista, a Associação de Apoio Comunitário de Boa Vista, Associação Moradia Digna, Associação Dente de Leite, entre outras”, disse o titular da Seadi.

 

BENEFICIAMENTO

 

Na agricultura familiar, o PAA-RR tem mudado a realidade de pequenos produtores em Roraima nos últimos anos. “Com o suporte do programa, nossa produção vem ganhando espaço no mercado, também beneficiando o público carente. A estrutura nos ajuda bastante com o escoamento da produção e no desenvolvimento dos negócios”, explicou o agricultor Ciro Fernandes.

 

Para o representante do Ministério Bom Samaritano, Juracy Noronha, o PAA-RR é uma realidade necessária para o povo carente de boa alimentação. “Agradecemos o trabalho do PAA-RR. Ele beneficia mais de 270 pessoas só na nossa comunidade. Sabemos que este trabalho vai continuar com o PAB”, complementou.

 

ALIMENTA BRASIL

 

Iniciando em Roraima, o Programa Alimenta Brasil cadastrou no mês de novembro novos agricultores familiares enquadrados no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). E dentre as novidades do PAB está o benefício por unidade familiar no valor de R$ 12 mil por ano.

 

Com a implementação do PAB, o Governo Federal também ampliou os recursos para os pequenos produtores em Roraima, disponibilizado na conta mais de R$ 7 milhões para a execução da compra de gêneros alimentícios com doação simultânea por instituições também cadastradas que trabalham com pessoas em situação de vulnerabilidade social ou insegurança alimentar e nutricional.

 

Por meio de compras governamentais de alimentos, o PAB também fortalece os circuitos locais, regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica e agroecológica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis, estimula o cooperativismo e o associativismo.

 

Para 2023, a expectativa com o PAB-RR é atrair mais fornecedores e também distribuir mais produtos de qualidade e quantidade necessárias para quem se encontra em situação de insegurança alimentar.

Avalie este item
(0 votos)

Com detecções recentes de casos de influenza aviária na em países da América do Sul como Colômbia, Equador, Peru e Venezuela no último mês, os órgãos de defesa sanitária do Brasil elevaram o nível de atenção para a doença, que pode causar muitos prejuízos caso chegue ao País.

 

Atento à situação, o Governo de Roraima vem acompanhando e reforçando as medidas de prevenção por meio da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima), em parceria com o DSA (Departamento de Saúde Animal) do Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, além da colaboração de outros órgãos públicos e entidades privadas.

 

A elevação do nível de alerta vem exigindo ações permanentes de atenção à situação da IAAP (influenza aviária de alta patogenicidade) no mundo e reforçando as medidas de prevenção do ingresso da doença no país, segundo informou o gerente de Defesa Animal da Aderr, Paulo Figueiroa.

 

“Todos os envolvidos estão trabalhando no sentido de detectar precocemente casos suspeitos em aves domésticas e silvestres, de forma a preparar respostas a eventuais ocorrências no país”, enfatizou.

 

O presidente da Aderr, Marcelo Parisi, alertou sobre o início do período de maior migração de aves silvestres para o Brasil e um possível aumento da carga viral nas populações de aves migratórias com potencial de disseminação do vírus da influenza aviária, além dos impactos socioeconômicos e ambientais de uma eventual ocorrência da doença.

 

Ainda de acordo com Parisi, é necessária a participação da sociedade no sentido de colaborar com os órgãos de defesa sanitária e agropecuária para evitar a entrada da gripe aviária no Brasil. “Pedimos a colaboração dos produtores, profissionais da área, observadores de pássaros e toda população de modo geral para a notificação imediata de eventos excepcionais de mortalidade de aves silvestres ou domésticas”, frisou.

 

CONSUMO

 

Conforme o gerente Paulo Figueiroa, a proteína animal mais consumida no mundo é a de aves, algo que ocorre pelo custo mais acessível e maior disponibilidade do produto, que chega facilmente à mesa da população.

 

“Por isso é dever de todos zelar por um plantel saudável, assim como pela saúde de todos, que pode ser definida como esforço colaborativo multidisciplinar. Esse trabalho precisa atuar a nível local, nacional e global para garantir uma sanidade ótima para o homem, os animais e o meio ambiente”, disse.

 

INFLUENZA AVIÁRIA

A gripe aviária é causada pelo vírus influenza tipo A. Ele evoluiu e é altamente patogênico, ou seja, com alto índice de contágio, com impactos severos no setor da avicultura. Além da necessidade do abatimento das aves, há um retardo no ciclo de produção.

 

A doença chegou à Colômbia, Peru e Equador, e na última sexta-feira, 2, o vírus foi detectado em pelicanos na região costeira norte do Estado de Anzoátegui, na Venezuela, segundo informou o Governo do país.

 

PRODUÇÃO RECORDE

 

O Brasil é o segundo maior produtor mundial de frango, com 14,4 milhões de toneladas, mas lidera as exportações mundiais, comercializando 4,9 milhões de toneladas de carne desta ave no exterior. Uma eventual chegada da doença ao país colocaria o produto brasileiro sob suspeita de vários países, que o evitariam por questões sanitárias ou por embargos comerciais.

 

O Brasil detém 35% das exportações mundiais, e deve atingir US$ 10 bilhões neste ano. São próximos de R$ 55 bilhões vindos de fora para irrigar a economia nacional. Se a doença atingir o mercado interno, tanto os consumidores brasileiros quanto os estrangeiros serão afetados.

 

Avalie este item
(0 votos)

Referência no atendimento aos moradores que residem na região sul do Estado, o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, localizado no município de Rorainópolis, tem reforçado a assistência em saúde para pacientes com necessidades especiais.

 

Dentre as especialidades mais acessadas está a bucomaxilo. O serviço foi implantado na unidade em dezembro de 2020, mas precisou ser suspenso por conta da covid-19. Agora, de março deste ano até o fim do mês de novembro, a unidade tem realizado mais de 20 atendimentos mensais para esse público.

 

“É uma especialidade com muita demanda na região. O Governo de Roraima atendeu às demandas da população e fez um planejamento minucioso para que a prioridade fosse para esse público, que agora não precisa mais se deslocar para a capital”, destacou a titular da Sesau (Secretária de Saúde), Cecília Lorenzon.

 

De acordo com a diretora do hospital, Juliene Monauer, Rorainópolis possui uma média de 268 pacientes PCD (pessoas com deficiência).

 

Ela explica ainda que os procedimentos da bucomaxilo incluem extração de sisos, lesões em boca e face, frenectomia (remoção de um frênulo, pequena dobra de tecido que impede que um órgão do corpo se mova), trauma de face, DTM (Disfunção Temporomandibular), drenagem de abscesso e biópsias.

 

“Iniciamos esse trabalho de atendimento odontológico para pacientes portadores de necessidade especiais, uma grande vantagem para as famílias que agora não precisam mais se deslocar até a capital para procurar atendimento odontológico para receber atendimento especializado”, completou.

 

Outros procedimentos bucomaxilofaciais incluem extrações dentárias, cirurgia de dentes supranumerários (dentes a mais), adequação do meio bucal e remoção de lesões na boca.

 

Especialista em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da unidade, Silvana Ruiz, ressalta a importância da realização do atendimento no centro cirúrgico.

 

“Os atendimentos são realizados no centro cirúrgico, dessa maneira fica mais fácil realizar os atendimentos, visto que não é possível realizar os tratamentos em um consultório odontológico, devido a não colaboração dos pacientes e também por apresentarem doenças sistêmicas que requerem maiores cuidados”, pontuou a médica.

 

A auxiliar de serviços gerais Jossania Domingos, 31, é mãe de criação do pequeno Joandson Herllan, de sete anos. Por ser PCD, ele precisava passar por um procedimento que necessitava de sedação total

 

“Tenho muito a agradecer a dra. Silvana e a sua equipe. [Esse serviço] é muito importante, porque tem pessoas que não tem condições de ir para Boa Vista, e ter esse atendimento especializado aqui no Hospital é ótimo para toda a população de Rorainópolis”, comentou.

 

O paciente que necessitar de atendimento basta procurar a unidade e agendar uma consulta. Em menos de uma semana é realizado os exames pré-operatório e toda a avaliação para que o procedimento seja feito.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima decidiu manter o feriado alusivo à Nossa Senhora da Conceição, quinta-feira, dia 08, em todas as repartições públicas das administrações direta e indireta somente na Capital Boa Vista e decretou ponto facultativo na sexta-feira, dia 09, em todo o Estado.

 

O ponto facultativo nesta sexta-feira, 09, é em razão do jogo do Brasil na Copa do Mundo FIFA de 2022, no Catar. Os decretos serão publicados no Diário Oficial do Estado.

 

Dessa forma, na quinta e sexta-feira, somente em Boa Vista, serão mantidos os atendimentos essenciais nas unidades de saúde de urgência e emergência, policiamento civil e militar, bombeiro militar, como também ações de fiscalização no trânsito.

 

E no interior, nos 14 municípios, o expediente será normal na quinta-feira, dia 08, e na sexta-feira, dia 09, funcionam somente os serviços essenciais.

Avalie este item
(0 votos)

A equipe de transição da área de Segurança Pública da nova gestão do Governo Federal, reuniu-se em Brasília (DF) nesta terça-feira, 6, com representantes das polícias civis das unidades da Federação. O delegado-geral da PCRR (Polícia Civil de Roraima), Eduardo Wayner, representou o Estado no evento.

 

Durante a programação, delegados-gerais e chefes de polícia expuseram a situação das polícias civis dos Estados. O encontro teve como objetivo apresentar demandas das polícias judiciárias, entre elas a Lei Geral das Polícias Civis, a criação de uma secretaria de polícia judiciária dentro do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública).

 

“Esse é um momento muito importante para a Polícia Judiciária, além da integração podemos deliberar de forma alinhada com outros Estados sobre as necessidades e prioridades relacionadas a área de segurança pública”, disse Wayner.

 

A reunião foi realizada no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) em Brasília, onde a equipe de transição está realizando diversos encontros com setores da sociedade e do atual governo para se inteirar das necessidades e ações a serem realizadas. Delegados-gerais de diversos Estados da Federação estiveram presentes.

 

Também foi discutido o uso de uma plataforma única para o trabalho integrado entre as entidades estaduais e a distribuição de recursos por meio de fundo, além de propostas de inovações tecnológicas no âmbito do setor de segurança pública.

 

ELEIÇÕES

 

Ainda nesta terça-feira, 6, em Brasília, o delegado-geral da PCRR participou do encontro com o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Alexandre de Moraes, que reuniu os delegados-gerais das polícias civis de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal, para agradecer pelo trabalho de cada um na garantia da segurança e a tranquilidade durante o primeiro e o segundo turno das Eleições Gerais de 2022.

 

A ministra Cármen Lúcia, que será a presidente do TSE nas Eleições Municipais de 2024, também participou da reunião e ressaltou a importância do trabalho dos delegados nas eleições.

 

Avalie este item
(0 votos)

Dando continuidade ao maior Programa de Recuperação dos Prédios Públicos do Estado, o Governo de Roraima entregou nesta terça-feira, 6, a Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro Ribeiro, completamente revitalizada e mobiliada.

 

Na noite desta terça-feira, 6, os estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos) retornam às aulas presenciais e vão encontrar carteiras escolares novas, kits refeitórios, salas climatizadas, quadros brancos, bebedouros, utensílios de copa e cozinha, entre outros mobiliários que compõem a nova estrutura da instituição de ensino.

 

“É um momento muito importante a entrega de mais uma escola revitalizada e com novos mobiliários, equipamentos e com a merenda em dia. Sabemos da importância de prédios escolares reestruturados, tanto para o desenvolvimento do trabalho dos nossos professores e servidores quanto para o aprendizado dos nossos alunos”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

A escola, que fica localizada no bairro Silvio Leite, em Boa Vista, atende 678 estudantes no Ensino Fundamental Maior (6° ao 9° ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Para o gestor da escola, George Areb Palheta, a entrega da revitalização é um sonho realizado.

 

“O espaço está renovado, com móveis novos, temos um grupo de professores completo, merenda e todo o material que a gente sempre sonhou, ou seja, nós só temos que agradecer e comemorar”, destacou Areb.

 

Esta é a 39ª escola revitalizada e entregue para a comunidade escolar pela atual gestão. O governador Denarium anunciou ainda a construção de quatro escolas novas na capital, os bairros Cruviana, São Bento, Pérola e Cidade Satélite, além da reforma de mais unidades de ensino.

 

A orientadora educacional da escola, Marlete Araújo, explicou que a revitalização é muito significativa para a comunidade escolar, incluindo alunos, professores, servidores e pais.

 

“Uma palavra resume o dia de hoje: alegria. Alegria pela escola nova, por recebermos nossos alunos novamente e por termos um ambiente revitalizado para trabalhar, que com certeza vai contribuir muito para o processo de ensino aprendizagem”, frisou Marlete.

 

A escola está devidamente abastecida com produtos para o preparo da merenda escolar e com o quadro de professores completo.

 

"É muito bom estar aqui na comunidade entregando mais uma escola revitalizada. É determinação do governador termos esse olhar diferenciado para a estrutura dos prédios escolares. Agora contamos com a colaboração dos estudantes e da comunidade para manter esse ambiente limpo e conservado", destacou Nonato Mesquita, secretário de Educação e Desporto.

 

REVITALIZAÇÃO

 

A Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro recebeu reparos na parte elétrica e hidráulica, pintura nova no prédio e na quadra, troca de lâmpadas. Também foram colocadas telas na quadra esportiva, para evitar a infestação de pombos. O investimento foi de R$ 1.946.052,04 advindos do Tesouro Estadual. A unidade de ensino não recebia reparos na estrutura física há 15 anos.

 

A escola também recebeu TV Smart, estantes, armários, além de freezer, geladeira, fogão e utensílios de copa e cozinha que há mais de dez anos não eram entregues para as escolas da rede estadual de ensino.

 

“Estou muito feliz com a escola nova. Está muito bem mobiliada. Dou parabéns a toda a equipe que organizou a entrega. Tenho as melhores expectativas para o retorno presencial”, disse o estudante do 9° ano do Ensino Fundamental, Matheus Rodrigues.

Avalie este item
(0 votos)

Na tarde desta terça-feira, 6, a Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima) deu início ao “Aprendendo a Fazer: workshop de desenvolvimento de ideias inovadoras para o Programa Centelha Roraima”, promovido em parceria com a UERR (Universidade Estadual de Roraima) e a UFRR (Universidade Federal de Roraima).

 

No início da tarde, o encontro foi realizado no auditório da UERR com alunos, professores e demais servidores das instituições. O objetivo do evento é dar mais publicidade e atrair mais submissões de ideias inovadoras para o Programa Centelha Roraima, que está com inscrições abertas e é executado pelo Governo do Estado por meio da Faperr.

 

O workshop foi um momento para divulgar a proposta do Centelha. O assessor técnico da Faperr, Elemar Favreto, também atua como coordenador local do programa e explicou que a comunidade acadêmica de Roraima deve aproveitar a oportunidade de submeter projetos no edital recém-aberto.

 

“Passamos pela UFRR e pela UERR para poder esclarecer as dúvidas dos interessados sobre o Programa Centelha. Estaremos passando pelas universidades e faculdades para poder levar ainda mais informação e oportunidade”, destacou Favreto.

 

Com a colaboração do advogado e pesquisador Heráclio Duran, a apresentação começou com uma palestra sobre inovação e empreendedorismo. De acordo com Heráclio, a intenção é estimular que mais pessoas possam transformar suas ideias em empreendimentos, em inovação e avanços. “Tudo isso é pensando no futuro. O Programa Centelha vem para subsidiar as boas ideias de empreendedores para avançarmos e crescermos no setor em Roraima”, afirmou.

 

O workshop deverá ser apresentado também em outras Instituições de Ensino, como o IFRR (Instituto Federal de Roraima) e no IED (Instituto de Educação e Inovação), que ocorrerá na tarde desta quarta-feira (07), às 15h. Já no IFRR, o workshop acontecerá no mês de janeiro de 2023.

 

PROGRAMA CENTELHA RORAIMA

 

Promovido pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Programa Centelha acontece pela primeira vez em Roraima.

 

O edital visa impulsionar ideias inovadoras e geração de novas empresas de base tecnológica de interesse social e empresarial, além da formação da cultura do empreendimento inovador.

 

Neste sentido, o programa busca ideias que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional. 

 

Serão financiados 15 projetos com apoio financeiro de até R$ 53,3 mil pelo Governo do Estado em parceria com a Finep, além de R$ 26 mil em bolsa de inovação ofertadas pelo CNPq por projeto, totalizando um valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do programa até o dia 9 de janeiro de 2023.

Avalie este item
(0 votos)

Após quase cinco meses de treinamento, 46 alunos-sargentos do Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças Combatentes serão graduados e alcançarão a nova patente. A cerimônia ocorrerá nesta quarta-feira, 7, às 16h40, na esplanada do QCG (Quartel do Comando Geral) da PMRR (Polícia Militar de Roraima).

 

O curso teve início no dia 20 de julho deste ano, com carga horária de 1.085 horas e 34 disciplinas. Os alunos foram instruídos multidisciplinarmente em áreas do conhecimento que competem a segurança pública. Com esse arcabouço, esses formandos estarão preparados para o exercício de suas funções regulamentares.

 

“Esses policiais estão ainda mais preparados para atender a nossa população em toda e qualquer situação. Durante nossa gestão, trabalhamos para que todos os policiais pudessem ter as melhores qualificações profissionais e levassem esse conhecimento para a prática para as ruas de Roraima”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

O comandante da PMRR, coronel Francisco Xavier, ressaltou que a formatura chega durante o final das comemorações do aniversário da corporação e ressaltou que esse é mais um momento muito significativo para a Segurança Pública e para a Polícia Militar em si.

 

“Esses 46 novos sargentos estarão somando nas atividades de policiamento ostensivo na capital e no interior do Estado, serão novos comandantes com uma motivação bem acima da média, estarão aptos a comandar equipes em várias frentes de policiamento”, disse.

 

NOVOS EQUIPAMENTOS

 

Durante a cerimônia, serão entregues novos armamentos, sendo 1.200 pistolas calibre 9mm, 4 mil munições calibre 5.56 e 101 mil munições calibre 9mm.

 

O valor investido no equipamento bélico é de R$ 3.380.100,00 oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus, adquiridos por meio de convênio celebrado entre a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) e o Governo de Roraima.

 

Também serão entregues seis drones tipos 1 e 2, bem como 800 novas poltronas ergométricas para as sessões e departamentos da PMRR. O investimento é de R$ 1.347.260,00 provenientes do FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

PROGRAMAÇÃO

 

A solenidade de formatura encerra a programação de aniversário de 47 anos da PMRR, iniciada no dia 7 de novembro. Várias atividades ocorreram desde então, como ações de saúde, campeonatos esportivos, cultos ecumênicos e a recente formação dos alunos-sargentos.

 

No dia 19 de novembro, a corporação realizou o tradicional concerto musical da banda da Polícia. Aberto ao público, o evento contou com a participação de policiais militares de Rondônia.

 

Já no dia 26 de novembro, dia em que é comemorado o aniversário da instituição, foi realizado o também tradicional baile branco, que contou com a participação dos policiais militares e de autoridades do Estado.

 

Valorização da tropa e investimentos na PMRR são prioridades para atual gestão

 

A promoção dos 46 novos sargentos é a consolidação do trabalho do Governo de Roraima na valorização da Polícia Militar de Roraima. Somente durante os quatro primeiros anos da atual gestão, foram 2.276 policiais promovidos, sendo 570 oficiais e 1.706 praças beneficiados.

 

Para tornar ainda melhor o atendimento das guarnições junto à população, o governo também promoveu a realização de cursos de qualificação. Por ano, foram realizados:

 

2019: nove treinamentos, totalizando 99 policiais;

2020: 14 treinamentos, totalizando 400 policiais;

2021: 12 treinamentos, totalizando 725 policiais;

2022: 19 treinamentos, totalizando 1.169 policiais até o dia 1º de dezembro do mesmo ano. Destes, dois treinamentos ainda estão em execução.

Avalie este item
(0 votos)

Devido à grande demanda, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) abrirá novo prazo para inscrição no sorteio público de vagas para matrículas nos colégios estaduais militarizados e para duas escolas estaduais civis (Lobo D’Almada e Euclides da Cunha). O prazo havia encerrado na última sexta-feira, 2, e teve mais de 3,2 mil inscritos.

 

Agora, os interessados em participar poderão ingressar com um recurso e fazer a inscrição entre quarta, 7, a sexta-feira, 9, como explicou o adjunto da Secretaria dos Colégios Estaduais Militarizados da Seed, José de Sousa.

 

“Nesta quarta [dia 7], vamos divulgar a lista preliminar de inscritos e caso algum pai ou responsável perceba inconsistência na inscrição, poderá entrar com recurso até sexta [dia 9]. Quem, por algum motivo não conseguiu realizar a inscrição também poderá fazer durante este período”, explicou o secretário.

 

Tanto os recursos contra a lista preliminar de inscritos quanto novas inscrições devem ser protocolados por meio deste link. Até sexta-feira passada, 2, foram registradas 3.256 inscrições, sendo 2.453 para vagas nos Colégios Militarizados (2.105 para o 6º ano do Ensino Fundamental e 348 vagas para a 1ª série do Ensino Médio).

 

Para a Escola Euclides da Cunha foram realizadas 361 inscrições, e para a Escola Lobo D’Almada foram efetivadas 442 inscrições.

 

DAS VAGAS

 

Estão sendo ofertadas 3.592 vagas para sorteio nos colégios militarizados sendo 1.120 para a 1ª série do Ensino Médio e outras 2.472 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental, distribuídas entre 20 instituições de ensino da capital, além de 150 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental da Escola Euclides da Cunha e 231 vagas para 1ª série do Ensino Médio da Escola Lobo D’Almada.

 

O SORTEIO

O auditório do IERR (Instituto de Educação de Roraima), localizado na Alameda dos Bambus, nº 525, bairro Pricumã, foi o escolhido para ser o local de transmissão do sorteio público. Terão acesso presencial ao sorteio os gestores escolares e representantes das APMs (Associação de Pais e Mestres). Pais e responsáveis poderão assistir o sorteio que será transmitido ao vivo pelo canal da PMRR (Polícia Militar de Roraima) no YouTube.

Avalie este item
(0 votos)

A Sesp (Secretaria de Segurança Pública) realizou, na manhã desta terça-feira, 6, a eleição para escolha dos novos conselheiros do Conespds-RR (Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Roraima). O edital para convocação dos interessados no processo de seleção foi publicado no dia 26 de outubro no DOE (Diário Oficial do Estado) e as inscrições ocorreram entre os dias 4 a 11 de novembro, na sede da secretaria.

 

O Conespds disponibilizou ao todo seis vagas, porém apenas duas foram preenchidas. Um representante do Sindicato da Polícia Civil e um representante da Associação dos Oficiais da Polícia Militar foram eleitos durante a reunião realizada hoje no Auditório da SESP. Para o preenchimento das quatro vagas restantes será elaborado um novo edital, de acordo com o secretário-executivo do Conespds, capitão Ubirajara Dutra Capaverde Júnior.

 

Os integrantes do novo colegiado terão mandato de dois anos consecutivos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, de acordo com Lei nº 1.357, de 26 de novembro de 2019 e o secretário executivo Capaverde ressalta a importância da participação da sociedade civil organizada na formulação de políticas públicas relacionadas à segurança pública, bem como para a correta aplicação dos recursos administrados pelo FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

“O Conselho é um importante espaço para o diálogo entre o governo e a sociedade civil e sem dúvida, a constituição do Conespds foi uma conquista democrática que veio para fortalecer o controle e a participação social na tomada de decisões e o sistema de segurança no estado como um todo”, explicou Capaverde.

 

O titular da Sesp e presidente do conselho, coronel Edison Prola, destaca que as ações do colegiado são fundamentais e essenciais para a tomada de decisões, principalmente no tocante aos recursos administrados pelo Fesp (Fundo de Segurança Pública).

 

”A eficácia das ações realizadas pelas forças policiais nos mostra que estamos no caminho certo. Nosso objetivo é contribuir para fortalecer os órgãos de segurança no Estado e com isso melhorar o serviço prestado à população. Os recursos oriundos do Fundo de Segurança nos permite aparelhar nossas polícias, adquirir equipamentos, armamentos e demais insumos para dar um serviço melhor, com mais celeridade e eficiência”, destacou Prola.

 

O CONSELHO

 

O Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Roraima é um órgão colegiado de natureza consultiva e deliberativa, que integra a estrutura básica da Sesp. Ele tem como finalidade e competência caráter de consulta, sugestão e acompanhamento social das atividades de segurança pública e defesa social. Ele permite a participação da sociedade na definição de prioridades para a agenda política, bem como na formulação, no acompanhamento e no controle das políticas públicas.