n
Avalie este item
(0 votos)

As fortes chuvas que assolaram os municípios de Alto Alegre e Amajari, neste fim de semana, provocaram isolamento de comunidades. Em resposta ao fenômeno natural, o Governo de Roraima, através do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar) e da Defesa Civil Estadual, está atuando nas regiões atingidas.

Equipes estão no Amajari desde as primeiras horas de sábado, dia 05, realizando vistorias e apoio aos moradores nos pontos onde as águas dos rios e as fortes chuvas causaram danos às estruturas viárias.

As equipes do CBMRR e da Defesa Civil percorreram as vicinais de acesso às comunidades Aningal, Vila Nova, PA (Projeto de Assentamento) Amajari, Trairão e Bom Jesus, no Amajari. Dentre os locais vistoriados, alguns pontos exigem atenção das equipes do Governo de Roraima.

"Estamos prontos [Governo de Roraima] para atender aos moradores dessas regiões. Já determinei atenção das equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, que permanecerão nas regiões atingidas pelas chuvas para socorrer a população", afirmou o governador Antonio Denarium.

Vila do Trairão fica sem acesso, alerta Defesa Civil

A Vila do Trairão ficou sem acesso pela Vicinal Tronco Trairão, após as águas do rio deslocarem o eixo da ponte. Nessa localidade, algumas famílias estão alojadas na Escola José Campanha Wanderley.

Na vicinal Bom Jesus, o desvio de uma ponte em manutenção, localizada a 14km da RR-203, está submerso pelas águas das chuvas. Foi construído um acesso que permite o trânsito de pedestres, motocicletas e bicicletas, como resposta rápida.

O terceiro ponto de atenção para as equipes é a elevação dos níveis do igarapé Acará, na Vicinal de acesso ao PA Amajari. As águas do Acará ocupam um trecho de, aproximadamente, três quilômetros. As guarnições do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil já estão empregadas em serviço de baldeação dos moradores.

Foi feita uma sinalização de advertência na RR-203, aproximadamente 18 km após a sede do município, no sentido Tepequém, devido ao deslocamento de uma bueira que comprometeu o acostamento. O tráfego de veículos permanece liberado, mas é necessário a atenção dos motoristas.

Governo pede atenção redobrada dos condutores de veículos

Com o comprometimento de alguns trechos, o Governo de Roraima orienta os condutores que redobrem a atenção em todas as vias e vicinais do Amajari.

Os condutores não devem passar em locais onde a água ultrapassa o nível da via ou das pontes. O excesso de água nas estradas e vicinais pode causar aquaplanagem de veículos ou esconder danos nas vias que podem colocar em risco a segurança e a integridade física dos condutores e passageiros.

O Governo de Roraima reforça que está atuando em todos os municípios atingidos pelas fortes chuvas e cheias dos rios e, quaisquer urgência e emergência, a população deve entrar em contato com os órgãos de defesa civil dos munícipios ou com o CBMRR (193) ou Defesa Civil de Roraima (199).

 

Sábado, 05 Março 2022 19:04

Boletim Epidemiológico

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do *BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS*. A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br. A nova atualização informa que o Estado contabiliza até o momento 402.208 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde. Destes 153.998 foram confirmados, sendo 30.220 por RT-PCR e 123.778 por teste rápido, 248.210 descartados, sendo 67.071 por RT-PCR e 181.139 por teste rápido e 2.137 óbitos. Com relação apenas as confirmações para a doença 2.195 em Alto Alegre, 1.256 no Amajari, 118.709 casos foram notificados em Boa Vista, 2.867 em Bonfim, 3.659 no Cantá, 3.084 em Caracaraí, 2.456 em Caroebe, 1.566 em Iracema, 2.880 em Mucajaí, 991 em Normandia, 2.760 em Pacaraima, 3.891 em Rorainópolis, 1.927 em São João da Baliza, 880 em São Luiz e 1.331 em Uiramutã. Já sobre os casos descartados, 3.656 em Alto Alegre, 2.392 em Amajari, 194.428 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.391 em Bonfim, 4.094 no Cantá, 4.091 em Caracaraí, 2.883 em Caroebe, 1.871 em Iracema, 3.853 em Mucajaí, 1.060 em Normandia, 7.752 em Pacaraima, 6.294 em Rorainópolis, 3.038 em São João da Baliza, 1.994 em São Luís e 777 em Uiramutã. O estado também contabiliza 2.137 óbitos por Coronavírus (COVID-19). Deste total 39 são de Alto Alegre, 25 de Amajari, 1.614 do município de Boa Vista, 36 do Bonfim, 45 do Cantá, 62 de Caracaraí, 21 de Caroebe, 18 de Iracema, 47 de Mucajaí, 36 de Normandia, 52 de Pacaraima, 71 de Rorainópolis, 12 de São João da Baliza, 13 de São Luiz e 23 de Uiramutã. Além disso, 151.129 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 2.144 em Alto Alegre, 1.230 em Amajari, 116.518 são de Boa Vista, 2.817 de Bonfim, 3.596 no Cantá, 3.019 em Caracaraí, 2.418 em Caroebe, 1.546 em Iracema, 2.825 em Mucajaí, 922 em Normandia, 2.702 em Pacaraima, 3.802 em Rorainópolis, 1.908 em São João da Baliza, 861 de São Luiz e 1.308 em Uiramutã. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

Inicia hoje, 24 e segue até o dia 4 de fevereiro, em plataforma virtual, a Jornada Pedagógica 2022. O evento visa preparar e motivar os profissionais da educação para o início de mais um ano letivo, que na rede estadual, está previsto para o dia 7 de fevereiro.

"Nossos profissionais participarão de palestras, capacitações, planejamentos de aulas com as salas temáticas, entre outras atividades. Assim, eles estarão ainda mais preparados para receber nossos estudantes no início do ano letivo", destacou o governador Antonio Denarium.

A edição deste ano contará com três momentos. O primeiro ocorre entre os dias 24 e 27, das 14h às 17h (horário local), com atividades promovidas pelo MEC (Ministério da Educação), em articulação com o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação e a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação). O evento tem como público alvo a gestão e equipe pedagógica de todo o Brasil.

"Esse é um momento de integração e formação das nossas equipes pedagógicas. Teremos um espaço de discussões sobre temas do cotidiano da sala de aula e do processo de ensino e aprendizagem, que irá contribuir no planejamento do Ano Letivo", ressaltou a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

Serão abordados temas como planos subnacionais, ações agregadas do PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola), estratégias de recuperação da aprendizagem e para Busca Ativa. Para participar, basta acessar o canal do MEC no YouTube, através do link https://youtu.be/9o8gec4KVxA. Não é necessária inscrição.

Programação segue de forma interna

O segundo momento será promovido pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto), destinado aos professores, coordenadores pedagógicos, gestores e orientadores educacionais. O evento será todo virtual, no dia 28 e 31 de janeiro, por meio do canal do Ceforr no YouTube (@CEFORR- Roraima).

“É importante a participação de todos nessa Jornada Pedagógica, já que todos têm um papel importante nesse momento. Pois o conhecimento adquirido, logo refletirá diretamente na nossa prática dentro das salas de aulas”, informou o secretário adjunto de Gestão da Educação Básica da Seed, José de Souza.

No dia 28, os profissionais irão receber as orientações para o planejamento do ano letivo de 2022 e da prática docente. Já no dia 31, participarão de salas temáticas sobre os Ensinos Fundamental e Médio e receberam subsídios para planejamento da prática docente alinhado ao DCRR (Documento Curricular de Roraima).

Já o terceiro momento ocorrerá no período do dia 1 a 4 de fevereiro, com uma programação planejada por cada escola da rede (capital, interior e indígena), seguindo o documento de orientações para o planejamento do Ano Letivo 2022.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima anunciou na manhã desta segunda-feira, 24, o pagamento de dívida no valor de R$ 66.825,00 para 62 árbitros que prestaram serviços nos Jogos Escolares 2018, promovidos pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto). A dívida corresponde ao período da fase final da competição, que não foi paga pela gestão passada.

Os 62 árbitros estiveram à frente de competições nas modalidades de basquete, futsal, futebol, karatê, handebol, natação, voleibol e tênis de mesa. À época, eles haviam sido contratados pelo Executivo Estadual para prestarem o serviço de arbitragem no evento, porém não receberam os devidos valores.

Com a mudança de gestão, o processo foi transformado em reconhecimento de dívida pelo governador Antonio Denarium e, após a tramitação nos órgãos de controle e disponibilidade de recursos, o chefe do Executivo autorizou o repasse.

“Os 62 árbitros estão recebendo o que é de direito. Prestou o serviço, é a obrigação do Estado pagar”, declarou Denarium.

O diretor do IDR (Instituto de Desporto de Roraima), Dinaildo Barreto, ressaltou a importância do pagamento, uma vez que a atual gestão assumiu uma dívida da gestão anterior. Ele também frisou que o fato de os árbitros esperarem por muito tempo para receber seus ganhos, não se repetiu na atual gestão.

“Foi um compromisso que a gente tomou quando assumimos à frente da direção do instituto: que pudesse cumprir com essa dívida, pudesse pagar ela. É de suma importância pagar os serviços que foram prestados e regularizar para poder trabalhar. Então quando esses profissionais prestarem um serviço, eles vão receber de imediato”, concluiu.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima dará início ao segundo curso de formação da PMRR (Polícia Militar de Roraima). Para isso, nesta segunda-feira, dia 24, foram apresentados 137 alunos de segunda classe que vão participar do treinamento, que terá duração de 180 dias.

Os novos convocados são oriundos do concurso público realizado em 2018 e convocados em dezembro de 2021, um mês após anúncio feito pelo governador Antonio Denarium. Após a qualificação, estarão aptos para atuarem na corporação e reforçarem os trabalhos do programa Polícia na Rua, maior programa voltado à segurança pública de Roraima, além de preparados para realizar a confecção do TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

“No mês de junho, chamaremos outra turma, no mês de dezembro mais uma turma. Lançamos o programa Polícia Na Rua com 80 viaturas em todos os bairros da Capital e no Interior, fazendo a segurança ostensiva nas ruas do estado de Roraima. E, com isso, nós estamos reduzindo as taxas de criminalidade. Só com a Polícia na Rua, que foi lançada em novembro, houve a redução de mais de 40% nos assaltos e arrombamentos”, explicou o chefe do Executivo sobre os investimentos na PMRR.

No total, o curso de formação terá carga horária de 1.150 horas, divididas em 30 disciplinas teóricas e práticas, além de estágio operacional. Dentro deste arcabouço oferecido pelo treinamento, haverá ensino voltado a armamento e tiro, uso seletivo e diferenciado da força, radiopatrulhamento, polícia comunitária, defesa pessoal, instrução militar básica, educação física militar e disciplinas voltadas às mais diversas áreas do Direito.

Comandante geral da PMRR, o coronel Francisco Xavier reforçou que esses alunos já estão ingressando na corporação sob a condição de soldados de segunda classe e, após o fim do curso, farão a diferença no policiamento de todos os municípios do Estado.

"Essa é a continuidade da convocação para aquele primeiro edital, que é do concurso de 2018, e que, graças a essa visão, graças a essa vontade do governador Antonio Denarium, foi autorizado o chamamento do cadastro de reserva e nós estamos indo para segunda convocação. Então é um grande ganho para a sociedade, um grande ganho para segurança pública, mais esse investimento feito pelo Governo do Estado, para a convocação de mais 137 novos policiais militares", frisou o comandante da PMRR.

SONHO REALIZADO

Para estes estudantes do segundo curso de formação, a emoção de finalmente estar participando desse treinamento, após mais de três anos de espera é grande. Um desses alunos é Daniel Igor Moura, de 27 anos, que disse ser um grande momento para ele, para sua família e para todos os convocados.

"É um sonho de quase todos que estão aqui. Acredito que 99% sonham em ser policiais militares e estamos esperando já há mais de dois anos esperando orçamento, esperando as primeiras turmas entrarem e gostaria de agradecer também o apoio do legislativo e do governador em chamar nossa turma. Gostaríamos de agradecer a eles que nos chamou e nós estamos aqui para servir e proteger", ressaltou o aluno da nova turma

CONCURSO

Como citado pelo comandante da PMRR, os convocados fazem parte do cadastro de reserva e são a segunda turma convocada dessa lista. O secretário de Segurança Pública, coronel Edison Prola coroa o trabalho do Governo do Estado em relação ao combate à criminalidade.

“Esses jovens, depois de formados, serão colocados nas ruas não só na Capital, mas em todo o Interior do Estado. Onde a gente tiver um roraimense necessitando da polícia, lá vai estar um policial militar”, concluiu.

INVESTIMENTOS NA POLÍCIA MILITAR

A segurança pública e a Polícia Militar têm sido focos do trabalho desenvolvido pela atual gestão. Nos últimos três anos, o Executivo investiu R$ 605.658.000,00 na corporação, com ações de infraestrutura, administração e equipamentos, tais como compras de viaturas, manutenção dos quartéis, construção do quartel do Giro (Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva), entre outras obras prediais, além de pagamento de diárias atrasadas e remuneração, renovação do armamento da PMRR, entre outros investimentos. Todos os investimentos foram possíveis graças a emendas parlamentares e recursos próprios.

Além disso, houve a promoção de 357 oficiais, sendo 61 oriundos do ex-Território e 296 oficiais estaduais. Também foram promovidos 758 praças, sendo dois oriundos do ex-Território e 756 praças do Estado.

Avalie este item
(1 Votar)

Com o mês de janeiro chegando ao fim e a proximidade do período de volta às aulas, fiscais do Ipem-RR (Instituto de Pesos e Medidas de Roraima) intensificam entre os dias 24 a 28, as ações de fiscalização em produtos da lista de material escolar, em estabelecimentos comerciais no estado de Roraima. A fiscalização faz parte do calendário especial de ações do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e tem o objetivo de coibir a venda de itens irregulares, garantindo que os responsáveis pelas crianças não sejam prejudicados na hora de comprar a lista de material escolar.

A presidente do Ipem-RR, Isabella de Almeida Dias Santos, ressalta os pontos que devem ser observados na hora da compra desses itens.

“Os consumidores precisam estar atentos para a presença do selo do Inmetro e da indicação de faixa etária de uso de cada item. No caso de canetas e outros itens pequenos, a embalagem precisa estar bem próxima, para que o consumidor observe as informações na caixa ou rótulo, antes de comprar o produto”, pontuou Isabella.

A presença do selo do Inmetro significa que o produto é certificado, ou seja, passou por testes laboratoriais e não possui química pesada ou outro produto que cause toxidade ou alergias. “Somente com essa certificação, que os produtos podem ser comercializados no país, segundo as normas do Inmetro”, destacou a presidente do Ipem-RR.

É obrigatória a certificação do Inmetro em cerca de 25 itens, como: apontadores, borrachas, hidrocor, colas (líquidas ou sólidas), estojos que apresentem motivos ou personagens infantis, marcadores de texto, tesoura de ponta redonda, massa de modelar, tinta (guache, nanquim, pintura a dedo plástica, aquarela), caneta esferográfica, giz de cera, lápis (preto ou grafite), lápis de cor, corretor adesivo, corretor em tinta, régua, merendeira e lancheira com ou sem seus acessórios, entre outros produtos.

“É uma preocupação especial do Governo do Estado, garantir que o consumidor esteja levando produtos seguros e não seja lesado na hora de adquirir os itens da lista de material escolar. O comerciante também é beneficiado através das fiscalizações, pois tem garantido o seu direito de concorrência justa e leal com os demais colegas do segmento”, completou Isabella.

Lojistas dos produtos que não apresentarem identificação do fabricante e ou fornecedor, podem ser autuados e recebem prazo para defesa.

OUVIDORIA

Caso encontre irregularidades, o consumidor pode entrar em contato com o órgão por meio da Ouvidoria do IPEM-RR, ou enviar mensagens através do telefone (95) 99135-3061, e das nossas redes sociais: Instagram - @Ipemrr; e Facebook – Instituto de Pesos e Medidas de Roraima. 

Domingo, 23 Janeiro 2022 20:45

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 375.563 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 137.456 foram confirmados, sendo 28.104 por RT-PCR e 109.352 por teste rápido, 238.107 descartados, sendo 64.274 por RT-PCR e 173.833 por teste rápido e 2.086 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.945 em Alto Alegre, 1.211 no Amajari, 105.893 casos foram notificados em Boa Vista, 2.666 em Bonfim, 2.977 no Cantá, 2.792 em Caracaraí, 2.108 em Caroebe, 1.452 em Iracema, 2.516 em Mucajaí, 669 em Normandia, 2.583 em Pacaraima, 3.559 em Rorainópolis, 1.732 em São João da Baliza, 750 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.383 em Alto Alegre, 2.368 em Amajari, 187.222 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.072 em Bonfim, 3.733 no Cantá, 3.963 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.775 em Mucajaí, 1.022  em Normandia, 7.712 em Pacaraima, 5.573 em Rorainópolis, 2.724 em São João da Baliza, 1.709 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.086 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.574 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.233 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.164 em Amajari, 97.702 são de Boa Vista, 2.522 de Bonfim, 2.545 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.421 em Iracema, 2.363 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.420 em Pacaraima, 3.369 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.183 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

O Delegado Geral da PCRR (Polícia Civil de Roraima), Herbert de Amorim Cardoso, fez uma visita técnica para verificar o andamento das obras no novo prédio da Central de Flagrantes (CF).

Amorim esteve acompanhado de uma comitiva formada pelo diretor do DA (Departamento Administrativo), delegado Jimmy Santana, a diretora do DPE (Departamento de Polícia Especializada), Elivânia Aguiar. Com eles, estavam ainda os representantes da CF, delegado plantonista, Marcus Albano, além do escrivão, do coordenador da Central, um agente de polícia, equipe da informática e os engenheiros da PCRR.

“O objetivo é reunir todos eles para verificar a estrutura do prédio e ouvir as sugestões de possíveis adequações dos agentes de polícia que irão trabalhar no prédio futuramente. Este momento, em que a obra está caminhando para a conclusão, é ideal para verificarmos se o projeto se enquadra perfeitamente às necessidades da Central”, disse o delegado.

As informações prestadas pelos agentes da CF foram classificadas por Amorim como fundamentais para a conclusão da obra.   “Mais do que entregar um novo prédio, o Governo do Estado de Roraima vai realizar uma obra que atenda aos reais interesses dos policiais e da população. Diante disso, verificamos cada cômodo da obra e analisamos as adequações apresentadas pelos agentes que conhecem a rotina da CF. Eles pontuaram algumas sugestões para melhorias na obra, que serão estudadas e orçadas”, explicou o delegado Geral. 

 

Nova Central de Flagrantes

Orçado com recursos próprios em R$ 240 mil, o projeto da Nova Central de Flagrantes visa reformar e readequar um prédio antigo da PCRR para instalação definitiva da delegacia.  O prédio está localizado na Rua Nelson Albuquerque, 340, no bairro Liberdade.

De acordo com o diretor do DA (Departamento Administrativo), delegado Jimmy Santana, a CF é atualmente a delegacia com maior demanda na capital, por isso é necessária uma atenção especial para a adequação definitiva do prédio. 

"A obra vai atender a algumas especificidades, em que teremos um local preparado exclusivamente para receber o preso flagranteado, em que as testemunhas e vítimas não terão contato com ele. A ideia é fazer um atendimento diferenciado, mais humanizado às vítimas, em especial aos mais vulneráveis, como crianças, adolescentes e mulheres vitimizadas”, ressaltou, destacando que a obra está prevista para ser entregue ainda no primeiro semestre deste ano.

Avalie este item
(2 votos)

Com um trabalho constante voltado para atender às demandas da região, os policiais civis da Delegacia de Normandia têm estendido as ações sociais, visitando as comunidades indígenas.

Para dar continuidade aos trabalhos, os policiais estão aceitando doações de materiais como alimentos, roupas, calçados, brinquedos e outros.

Conforme explicou o delegado titular de Normandia, Rodrigo Gomides, a última ação ocorreu na comunidade indígena do Xumina.

“Após realizarmos as atividades policiais, conversamos com o tuxaua do local, que nos indicou uma família carente. Então fomos até eles, ouvimos suas necessidades e fizemos a doação de roupas e sapatos para que pudesse atender a família”, relatou Gomides.

O tuxaua da comunidade, Edernildo Mafra Almeida, destacou o trabalho social da PCRR (Polícia Civil de Roraima).  “É muito boa essa ação que a PCRR está fazendo para ajudar o próximo. Se cada um pudesse fazer uma ação dessa, seria muito bom. Com certeza vai ajudar essa família que foi beneficiada”, relatou.

Almeida disse que a união das ações de segurança e sociais tem alegrado a comunidade. “E que vocês não parem, porque com certeza a recompensa vem de Deus. Desejo que continuem fazendo essa ação social e também fazendo a segurança da nossa comunidade”, enfatizou o tuxaua.

De acordo com Gomides, os policiais que trabalham na Delegacia têm se esforçado para recolher o material para doação. “É uma rede de apoio em que todos saem ganhando. Por isso, estamos aceitando doações de qualquer pessoa que tenha roupas, calçados, alimentos, brinquedos, etc. Basta nos procurar que damos um jeito de buscar”, afirmou, destacando que a pessoa pode entrar em contato pelo número 95 98410-4188 (plantão da delegacia).

“Mais do que o trabalho policial, nós buscamos atender nossa comunidade. Não tem como não ser sensível às necessidades dos indígenas que vivem tão distantes e, muitas vezes, carecem de coisas que temos de sobra”, disse o delegado.

Avalie este item
(2 votos)

No dia Nacional do Aposentado, comemorado em 24 de janeiro, o Iper (Instituto de Previdência do Estado de Roraima) inova com o lançamento do aplicativo “Meu RPPS”, que permite prova de vida digital e atualização cadastral dos aposentados e pensionistas. A ferramenta digital integra a plataforma de trabalho de modernização e transparência desempenhada pelo Iper na atual gestão.

A prova de vida anual é obrigatória para todos os segurados, por meio dela, o Instituto tem a certeza de que o beneficiário está vivo. O cronograma para realizar o procedimento será de acordo com a data de aniversário do servidor público inativo.

Para o presidente do Iper, José Haroldo Campos, a prova de vida digital é uma grande novidade, oferece mais comodidade e possui a garantia de ser uma ferramenta confiável.

“O Iper está inovando e vamos avançar muito mais para garantir mais segurança e eficiência para os nossos aposentados e pensionistas, que, a partir de agora, podem realizar o procedimento de forma rápida e segura sem sair de casa”, esclareceu o presidente.

Para realizar a prova de vida digital, o segurado deve baixar o aplicativo “Meu RPPS”, disponível na loja de aplicativos do celular android e IOS. Após instalar o aplicativo, o próximo passo é selecionar o Estado de Roraima e o Instituto de Previdência de Roraima- Iper.

Em seguida, informar o número do CPF e a senha. Caso não seja cadastrado, pode fazer na hora. Depois, deve acessar Prova de Vida, enviar um documento oficial de identificação com foto (frente e verso), avançar na etapa seguinte que é a captura de tela que pede uma foto do rosto (selfie) e enviar. É necessário seguir todas as orientações solicitadas. O sistema fará o reconhecimento facial.  O procedimento é rápido e simples. 

Informações:

Caso alguém tenha dificuldades ou dúvidas, pode procurar a equipe de atendimento do Iper, por meio do Whatsapp: (95) 2121-3977, pelo e-mail: atendimento.iper.rr.gov.br, ou, se preferir, comparecer ao Iper, que fica localizado na Rua: Araújo Filho, 823, Centro- Boa Vista.

Domingo, 23 Janeiro 2022 20:30

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Avalie este item
(2 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 375.007 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 137.029 foram confirmados, sendo 27.751 por RT-PCR e 109.278 por teste rápido, 237.978 descartados, sendo 64.150 por RT-PCR e 173.828 por teste rápido e 2.086 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.931 em Alto Alegre, 1.209 no Amajari, 105.806 casos foram notificados em Boa Vista, 2.636 em Bonfim, 2.833 no Cantá, 2.734 em Caracaraí, 2.108 em Caroebe, 1.449 em Iracema, 2.488 em Mucajaí, 669 em Normandia, 2.571 em Pacaraima, 3.555 em Rorainópolis, 1.713 em São João da Baliza, 728 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.381 em Alto Alegre, 2.368 em Amajari, 187.176 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.069 em Bonfim, 3.694 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.763 em Mucajaí, 1.021  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.571 em Rorainópolis, 2.724 em São João da Baliza, 1.709 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.084 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.574 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.230 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.164 em Amajari, 97.700 são de Boa Vista, 2.522 de Bonfim, 2.545 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.421 em Iracema, 2.363 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.420 em Pacaraima, 3.368 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.183 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(2 votos)

Roraima participou neste sábado, dia 22, da ação conjunta com o Ministério da Saúde que buscou aumentar o número de testagem para covid-19 no Estado. A ação Testa Brasil, Testa Roraima ocorreu pela manhã no Terminal de Ônibus Luiz Canuto Chaves. Foram contabilizados 654 testes. A projeção inicial era de realização de cerca 600. O resultado parcial é de 476 notificações, 180 reagentes.

O governador Antonio Denarium ficou satisfeito e falou da importância da realização da ação conjunta, Testa Brasil, Testa Roraima, com o Ministério da Saúde, o Governo de Roraima e o município de Boa Vista, uma ação com o objetivo de mobilizar a população tanto para se vacinar, como para fazer a testagem.

“Estou feliz com essa ação realizada em parceria. É importante para aquelas pessoas que testam positivo para que possam fazer o tratamento e o isolamento também. É dessa forma que estamos vencendo a guerra contra a Covid-19. O Governo do Estado tem feito um trabalho muito grande para angariar as doses de vacinas, fazer o armazenamento, a refrigeração, a distribuição para as prefeituras, e o Governo também com parceria, auxiliando as prefeituras para vacinação de toda a população”, explicou.

O chefe do Executivo ressaltou que na semana passada em Roraima, foram mais de mil pessoas testadas e confirmadas com Covid-19 e que o Governo do Estado hoje tem leitos suficientes para atender a demanda. Ele pediu que assim que a pessoa sentir os primeiros sintomas, procure um posto de saúde, e que o Hospital de Retaguarda e o Hospital Geral de Roraima são de média e alta complexidade, respectivamente, e só atendem os casos mais graves.

“Antecipamos a onda do Ômicron aqui no Estado fazendo o atendimento com a reabertura do Hospital de Retaguarda Covid-19. Solicito mais uma vez, que todas as prefeituras de Roraima, através dos postos de saúde façam o atendimento de atenção básica para que a gente não tenha casos com muita gravidade. É importante lembrar que a vacinação é de fundamental importância, inclusive pessoas que se contaminam, foi o meu caso, mas os sintomas foram leves, porque já tomei a segunda dose. E agora, no mês de fevereiro, vou tomar a dose de reforço”, disse o governador e reforçou que é um trabalho de conscientização da necessidade de vacinar contra a Covid-19. “As pessoas que têm necessidade de internação são aquelas que não tomaram nem a primeira e nem a segunda dose do imunizante”, disse.

 

Ministro da Saúde fez pronunciamento para todas as capitais da Região Norte

 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um pronunciamento de Manaus para as capitais dos demais estados da região Norte que participaram do evento.

“Em 2020, vivemos a maior emergência sanitária do mundo. A pandemia da Covid-19, que afetou fortemente o nosso Brasil e, sobretudo, a nossa querida região Norte. Todos nós sabemos o impacto que esse vírus pode causar na saúde de cada um. Nós vencemos aquele momento da grande dificuldade causado pela variante Gama, que foi identificada justamente aqui, entre nós. Hoje, um ano após, sem dúvida nós estamos mais fortes. O nosso sistema de saúde tem uma capacidade de resposta maior para atender casos graves e isso se deve ao SUS (Sistema único de Saúde) que, em 2020 e 2021, foi fortalecido, para que tivéssemos o sucesso que temos hoje. A vacinação é importante. A região Norte merece a nossa atenção especial, além de ser essa região maravilhosa e de gente maravilhosa”, disse o ministro.

Representando o ministro da Saúde, que participou da ação por videoconferência, nas sete capitais da região Norte, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou a adesão da população ao chamamento do governador Antonio Denarium e do Ministério para participar da testagem e vacinação.

O secretário conclamou a população para que tome a segunda dose da vacina e também a dose de reforço.

 “Todos nós sabemos que a vacinação é a grande arma que temos contra o vírus, daí a importância e, assim, conclamamos a população não apenas de Boa Vista, mas de Roraima, para que tome a segunda dose e, consequentemente, a sua dose de reforço, porque só assim caminharemos para a nossa pátria absolutamente vacinada”, garantiu.

A primeira-dama e secretária Extraordinária de Promoção, Desenvolvimento e Inclusão Social, Simone Denarium, participou da ação e pediu à população que procure os postos de saúde para se vacinar.

 “Parabenizo pela ação do Governo Federal em parceria com o Governo do Estado fazendo a testagem e a vacinação, porque a única forma de nós, população, podermos sair dessa pandemia, é através da vacina. Então, eu cuido de você, você cuida de mim, e nós cuidamos de todos. Esse é o compromisso do nosso governador para que as pessoas possam voltar à vida normal. Convoco as famílias para que se comprometam a levar seus filhos para tomar a primeira dose, quem não tomou a primeira dose, que tome, quem já tomou a segunda dose tome a dose de reforço e, dessa forma, venceremos a Covid -19”, frisou.

A coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, falou que o objetivo principal, além do diagnóstico de covid-19, é o acesso da população.

“Estamos com um número de casos muito alto e muita procura pelo teste e também pela imunização. Principalmente a segunda dose, público alvo de 12 a 17 anos precisa fazer a segunda dose, a cobertura vacinal da segunda dose está muito baixa e precisamos alcançar esse público”. 

 A estudante Ana Gabriela Alves, de 20 anos, falou positivamente sobre a campanha e ressaltou a falta de conscientização de muitas pessoas.

“Eu acho muito importante essa campanha que está acontecendo, porque as pessoas ainda não têm noção de que estão com a doença e a vacinação é muito importante. Mesmo com aumento de casos, mas não está tendo aumento de mortes, justamente pela vacinação. É muito importante as pessoas terem essa consciência de que a vacina vem para ajudar e que é muito importante mesmo fazer o teste e continuar com a recomendação de usar a máscara, álcool em gel e evitar aglomerações”.

Quem também aproveitou a ação para fazer o teste foi Edson de Oliveira Ferreira, de 40 anos, que disse que estava fazendo o teste pela segunda vez porque estava com os sintomas da doença.

“Estou fazendo o teste de novo. Fiz a primeira vez e agora estou com a suspeita de Covid. A importância desse teste é que eu estou com quatro dias indo no posto de saúde e não consegui fazer um teste”, relatou.

A médica Gisele Rodrigues faz parte da coordenação do Herc (Hospital Estadual de Retaguarda Covid -19) e destacou a ação como fundamental para a população.

“Hoje estamos participando da ação do Ministério da Saúde em parceria com o Governo de Roraima para fazer o atendimento e testagem da população. Os pacientes que saem com resultado positivo nós já realizamos atendimento, fazemos a receita e as orientações e, se for necessário, fazemos os encaminhamentos para a internação no Hospital de Retaguarda Covid-19”, disse e acrescentou que tem observado que os “casos mais graves são pacientes que não aderiram à vacina”, explicou.

Sábado, 22 Janeiro 2022 17:34

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Avalie este item
(2 votos)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 374.265 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 136.403 foram confirmados, sendo 27.751 por RT-PCR e 108.652  por teste rápido, 237.862 descartados, sendo 64.150 por RT-PCR e 173.712 por teste rápido e 2.084 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.905 em Alto Alegre, 1.208 no Amajari, 105.290 casos foram notificados em Boa Vista, 2.635 em Bonfim, 2.833 no Cantá, 2.734 em Caracaraí, 2.108 em Caroebe, 1.449 em Iracema, 2.482 em Mucajaí, 669 em Normandia, 2.559 em Pacaraima, 3.517 em Rorainópolis, 1.693 em São João da Baliza, 728 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.368 em Alto Alegre, 2.368 em Amajari, 187.112 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.069 em Bonfim, 3.694 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.763 em Mucajaí, 1.021  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.550 em Rorainópolis, 2.706 em São João da Baliza, 1.709 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.084 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.574 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.188 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.164 em Amajari, 97.660 são de Boa Vista, 2.522 de Bonfim, 2.545 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.360 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.420 em Pacaraima, 3.368 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.183 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

Foi alterado o cronograma de atividades do processo seletivo para contratação temporária de condutor e monitor de transporte escolar e motoristas. Os profissionais devem atuar na área operacional e administrativa da Seed (Secretaria de Educação e Desporto). O documento com as alterações será publicado em breve no DOE (Diário Oficial do Estado).

De acordo com o novo cronograma do certame, as inscrições, que seriam do dia 24 ao dia 26 deste mês, agora serão entre os dias 26 e 28 também deste mês. 

“Alteramos apenas as datas do certame. Mantivemos o local e o horário da inscrição” informou Rosalete Saldanha, presidente da Comissão de Processos Seletivos da Seed.

As inscrições serão realizadas de forma presencial, no Centro Estadual de Educação Profissional Professor Antônio de Pinho Lima, que fica localizado na Rua Chile, 593, no bairro Caranã. Os interessados devem comparecer no local, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30. 

No ato da inscrição, é necessário levar os documentos pessoais exigidos no edital, cópia e original, Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência atualizado e comprovante de formação na área pretendida. Os candidatos devem seguir todos os protocolos de segurança e prevenção da Covid-19 no local, como o uso de máscara, álcool em gel e respeitar o distanciamento social.

Cronograma 

Ainda conforme o novo cronograma, a relação preliminar dos inscritos será divulgada no dia 3 de fevereiro, e a relação final, no dia 4 do mesmo mês. O resultado preliminar sairá no dia 9 de fevereiro e o resultado final, no dia 18 do mesmo mês. Já o período de assinatura de contrato e lotação será nos dias 21, 22, 23 e 24 de fevereiro de 2022.

Seletivo 

Estão sendo ofertadas 241 vagas, sendo seis destinadas para PcD (Pessoa com Deficiência). Os profissionais contratados terão uma carga horária de trabalho de 30 horas semanais e a remuneração varia de R$1.200 a R$1.936. As informações completas estão no edital N° 05/2022, publicado no dia 14 de janeiro no DOE.

As vagas estão distribuídas para atuação em Boa Vista e na Zona Rural e em outros 12 municípios do Estado: Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Caroebe, Iracema, Normandia, Pacaraima, Rorainópolis, São João da Baliza e São Luiz.

Sexta, 21 Janeiro 2022 14:02

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 373.373 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 135.840 foram confirmados, sendo 27.670 por RT-PCR e 108.170 por teste rápido, 237.533 descartados, sendo 64.044 por RT-PCR e 173.489 por teste rápido e 2.084 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.844 em Alto Alegre, 1.208 no Amajari, 104.901 casos foram notificados em Boa Vista, 2.629 em Bonfim, 2.830 no Cantá, 2.733 em Caracaraí, 2.106 em Caroebe, 1.449 em Iracema, 2.480 em Mucajaí, 669 em Normandia, 2.553 em Pacaraima, 3.489 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 728 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.349 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 186.922 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.046 em Bonfim, 3.693 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.763 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.523 em Rorainópolis, 2.654 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.084 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.572 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.108 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.164 em Amajari, 97.586 são de Boa Vista, 2.521 de Bonfim, 2.545 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.358 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.418 em Pacaraima, 3.368 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.183 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(1 Votar)

Cinco pacientes que estavam internados no Hospital Estadual de Retaguarda Covid-19 tiveram alta hospitalar na tarde desta quinta-feira, dia 20.

A médica Gisele Rodrigues, que faz parte da coordenação da unidade hospitalar, falou sobre a reabertura da Unidade que trata de covid-19 e como estão os trabalhos no Hospital desde que foi reaberto.

“Há mais ou menos dez dias nos foi dada a missão pelo governador Antonio Denarium de reabrir o Hospital de Retaguarda covid-19, devido ao grande aumento do número de casos de covid no Estado. Prontamente as equipes do HC [Hospital das Clínicas] e do PACS [Pronto Atendimento Cosme e Silva] foram acionadas e entramos em campo. No sábado, dia 15, reinauguramos o Hospital com 120 leitos. No momento temos 70 leitos ocupados”, detalhou a médica Gisele.

Ainda de acordo com ela, o Hospital está equipado para dar todo o conforto aos pacientes. “São leitos que darão conforto, temos medicação e atendimento digno aos nossos pacientes", frisou.

A médica fez um agradecimento especial a todos os gestores, coordenadores e colaboradores da Sesau pelo apoio.  “A luta ainda não acabou. Peço que todas as pessoas usem máscara, procurem os postos de saúde para se vacinar, evitem aglomerações, fiquem em casa para que juntos possamos vencer a covid-19”.

Segundo o governador Antonio Denarium, a reabertura do Hospital de Retaguarda é o compromisso do Governo no tratamento e combate da covid-19.  "Estamos trabalhando com respeito à população e ofertando tratamento digno nessa unidade que é referência", ressaltou.

Ainda com sinais de cansaço, o paciente Vitor Marques de Oliveira, 51 anos, foi um dos que receberam alta nesta quinta-feira.

“Muito bem, graças a Deus. Está tudo tranquilo. Deus me deu vida, então vamos seguir pra frente. O atendimento no Hospital foi bom demais. Medicação, tudo em dia, tudo sob controle”, disse.

Bastante emocionado por estar voltando para casa, e ao mesmo tempo preocupado com o grande número de pessoas infectadas, o paciente Oscar Maggi, 56 anos, falou como foram os dias com a doença e deixou uma mensagem.

“Quanto à doença, eu aconselho a todos redobrar ao máximo os cuidados. Não facilitem, ela é muito forte. Mesmo com as duas doses de vacina, eu sofri muito.  Foram momentos terríveis da minha vida, onde eu achei que eu não voltaria, mas consegui. Agradeço muito a Deus e, de coração, aos profissionais de saúde da rede do SUS [Sistema Único de Saúde], da rede particular são guerreiros. São anjos da guarda, não medem esforços. Só quem está aqui, vivendo com eles e vendo cada minuto, é capaz de valorar e avaliar o comportamento e o quanto são humanos e abençoados cada um. Peço muito a Deus que os ilumine, que os protejam para que possam continuar nos ajudando, nos defendendo, porque é muito forte isso. Tenham muito cuidado, muito cuidado mesmo”, enfatizou, emocionado.

Avalie este item
(1 Votar)

Conforme anunciado pelo governador Antonio Denarium, o Ano Letivo 2022 vai iniciar com novos professores atuando nas escolas da rede estadual de ensino. Os candidatos aprovados no Concurso Público já têm data marcada para a posse. Será nos dias 26 e 27 de janeiro, às 15h, no Palácio da Cultura Nenê Macaggi. 

"Esse é mais um compromisso firmado e honrado por mim com a categoria dos professores. Um concurso aguardado há mais de 15 anos é hoje uma realidade. Parabenizo todos os aprovados e estamos felizes em contar com novos servidores para nos ajudar a reconstruir a educação de Roraima", destacou o governador Antonio Denarium, 

Neste primeiro momento, foram convocados 482 candidatos classificados e destes, 395 foram considerados aptos para a posse, sendo 381 candidatos das vagas de ampla concorrência e 14 candidatos das vagas PcD (Pessoa com Deficiência). 

A convocação para a posse foi publicada no DOE (Diário Oficial do Estado) no dia 18 de janeiro e pode ser consultada no site www.imprensaoficial.rr.gov.br

No dia 26, será a posse de 183 professores que vão atuar na Capital e, no dia 27, será a posse de mais 212 docentes que vão atuar nas escolas do interior do Estado. 

O Concurso Público para contratação de professores da Carreira do Magistério da Educação Básica contou com 8.231 candidatos inscritos, destes, 1.400 oriundos de outros estados da Federação.

A disciplina que teve maior concorrência foi Matemática com 704 inscritos, seguido de Língua Portuguesa com 702 e Ciências Biológicas, com 564 inscritos, todos para o município de Boa Vista, área urbana. 

A jornada de trabalho dos novos professores é de 30 horas semanais e o vencimento inicial básico é de R$ 3.782,94. O concurso tem vigência de dois anos prorrogável por igual período. 

"A realização do concurso esperado pelos professores há mais de 15 anos demonstra respeito e valorização da carreira do Magistério e de forma significativa, a busca pela melhoria da qualidade do ensino, e  resultado disso, equidade na aprendizagem dos estudantes. Uma etapa que também traz para cada professor, investido no cargo público por meio de provas e análises de títulos, novos ânimos e motivações profissionais" destacou Leila Perussolo, secretária de Educação e Desporto de Roraima. 

Cadastro Reserva

O Concurso Público para professores ofertou 650 vagas imediatas e formação de cadastro reserva. Dos 482 candidatos convocados neste momento, 66 não compareceram para apresentar os documentos. Outros nove convocados tiveram sua documentação indeferida e outros candidatos ainda estão com pendência na apresentação de documentação exigida em edital. 

Após o cumprimento dos prazos legais, a Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) poderá convocar mais candidatos classificados para preencher as vagas dos que não compareceram ou que tiveram sua documentação indeferida. Os atos são publicados no DOE para que os candidatos possam acompanhar todas as fases do certame.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Gestão Estratégica e Administração, divulgou na noite dessa quarta-feira, 19, no Diário Oficial do Estado nº 4123, de 18/01/2022, a relação dos 395 novos servidores da Secretaria de Educação aptos a tomarem posse nos próximos dias 26 e 27 de janeiro.

De acordo com o Diário Oficial, ao todo foram convocados 395 candidatos aptos à posse, sendo 175 para a capital Boa Vista e 226 para o interior. A relação dos novos servidores estaduais está no endereço eletrônico www.imprensaoficial.rr.gov.br.

A posse ocorrerá no dia 26 de janeiro, para os convocados para a capital, e no dia 27 de janeiro, para os convocados para os demais municípios de Roraima. Os candidatos deverão comparecer no Palácio da Cultura, na Praça do Centro Cívico, às 15h.

O secretário da Segad, Anselmo Gonçalves, afirma ser esse um momento único na vida de um profissional. “Passar em um concurso público não é fácil, requer muito estudo e dedicação. Os novos servidores estão de parabéns”, enfatizou Gonçalves.

“Esses novos servidores darão um fôlego maior na nossa educação”, disse o governador Antonio Denarium, ao afirmar seu compromisso com o Estado de Roraima, principalmente com os novos profissionais que estão chegando para compor o quadro da Secretaria de Educação.

Quinta, 20 Janeiro 2022 17:15

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 372.349 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes 134.997 foram confirmados, sendo 27.577 por RT-PCR e 107.420  por teste rápido, 237.352 descartados, sendo 63.906 por RT-PCR e 173.446 por teste rápido e 2.084 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença 1.812 em Alto Alegre, 1.202 no Amajari, 104.269 casos foram notificados em Boa Vista, 2.618 em Bonfim, 2.792 no Cantá, 2.732 em Caracaraí, 2.103 em Caroebe, 1.448 em Iracema, 2.440 em Mucajaí, 658 em Normandia, 2.504 em Pacaraima, 3.480 em Rorainópolis, 1.687 em São João da Baliza, 727 em São Luiz e 1.207 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 3.338 em Alto Alegre, 2.367 em Amajari, 186.770 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.043 em Bonfim, 3.688 no Cantá, 3.948 em Caracaraí, 2.782 em Caroebe, 1.844 em Iracema, 3.761 em Mucajaí, 1.009  em Normandia, 7.707 em Pacaraima, 5.520 em Rorainópolis, 2.654 em São João da Baliza, 1.708 em São Luís e 744 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 2.084 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 39 em Alto Alegre, 25 em Amajarí, 1.572 no município de Boa Vista, 36 no Bonfim, 42 no Cantá, 61 em Caracaraí, 21 em Caroebe, 18 em Iracema, 47 em Mucajaí, 36 em Normandia, 50 em Pacaraima, 69 em Rorainópolis, 12 em São João da Baliza, 13 São Luiz e 22 em Uiramutã.

Além disso, 127.029 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 1.658 em Alto Alegre, 1.162 em Amajari, 97.550 são de Boa Vista, 2.520 de Bonfim, 2.540 no Cantá, 2.663 em Caracaraí, 2.031 em Caroebe, 1.422 em Iracema, 2.354 em Mucajaí, 612 em Normandia, 2.390 em Pacaraima, 3.367 em Rorainópolis, 1.668 em São João da Baliza, 710 de São Luiz e 1.182 em Uiramutã.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Avalie este item
(0 votos)

Tem novidade na zona rural de Bonfim: o governador Antonio Denarium, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), deu início às obras de implantação da vicinal Arnóbio. O trabalho está sendo executado através do programa Aqui Tem Obra.

O Governo está investindo mais de R$ 1 milhão neste serviço, com recursos próprios. São quase 10 quilômetros de extensão da estrada que estão em obra.

"Estamos fazendo grandes investimentos em estradas e pontes, para garantir a trafegabilidade da população e também que os produtores possam escoar suas safras com segurança", afirma o governador Antonio Denarium.

“Está sendo feita a limpeza, serviço de terraplanagem, implantação de obras correntes e revestimento primário de piçarra no local”, informou o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião.

Os moradores e produtores rurais da localidade serão diretamente beneficiados pelas intervenções. A obra é uma reivindicação antiga dos moradores e a via representa o principal acesso à região. É por ela que é feito o escoamento da produção agrícola.

MAIS INFRAESTRUTURA

Outra boa notícia é que a ponte que liga a sede de Bonfim à comunidade Manoá está pronta. Com investimento de mais de R$ 300 mil, a ação  também faz parte do pacote de projetos do  “Aqui tem Obra”.

A nova ponte, com extensão de 50 metros, visa garantir a segurança e acessibilidade da população rural a sede do município. Além de facilitar o transporte de produtos agrícolas.

Outras pontes muito aguardadas pela população são as das rodovias RR-205 e RR-206.  Com investimentos próprios estaduais no valor de R$ 2,9 milhões, as pontes serão construídas sob o igarapé Sucuriju e sob o rio Arraias, na estrada que dá acesso a vila São Francisco, em Bonfim.

Avalie este item
(0 votos)

Foram prorrogadas as inscrições para o Concurso Público de professor da Carreira do Magistério da Educação Indígena que encerrariam no dia 17 deste mês. Agora os interessados podem se inscrever até o dia 11 de fevereiro, no site do Idecan: www.idecan.org.br.

“Esse concurso busca fortalecer a educação escolar indígena em Roraima. Estamos trabalhando em conjunto com as lideranças indígenas e garantindo transparência em todo o processo e a extensão do prazo dará oportunidade para que mais profissionais possam participar”, destacou o governador Antonio Denarium.

O novo cronograma será publicado em breve no DOE (Diário Oficial do Estado). A taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de Magistério Nível Médio Completo e de R$ 100 para os cargos de Nível Superior. A data limite para pagamento é de 24h após a emissão do boleto.

“Decidimos prorrogar o período de inscrições do concurso após ouvir as lideranças indígenas do nosso Estado e seguir todas as recomendações da secretária Leila Perussolo. Mesmo com essa prorrogação, não alteramos as demais fases do certame” ressaltou Semaias Alexandre, presidente da Comissão do Concurso. 

Acesso à internet - Os Polos de Atendimento da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) ainda estão à disposição dos docentes para a inscrição em todos os municípios do interior. A medida foi adotada como forma de facilitar o acesso à internet para os professores no momento da inscrição. Uma ação institucional integrada entre Seed (Secretaria de Educação e Desporto) e Univirr.

O CONCURSO

Estão sendo ofertadas 300 vagas para cargos de Magistério Nível Médio Completo com salário inicial de R$ 3.004,80 e 700 vagas para cargos de Nível Superior com salário inicial de R$ 3.782,94. Ambos com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Do total geral de vagas, também estão sendo ofertadas 36 para PcD (Pessoa com Deficiência). O concurso terá prazo de dois anos prorrogável por igual período e contará com provas objetivas, redação e avaliação de títulos.

Avalie este item
(0 votos)

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) realiza campanha educativa de volta às aulas, com o objetivo de promover a reflexão de alunos, pais e professores para um comportamento seguro no trânsito. O projeto acontecerá nas últimas semanas de janeiro e na segunda semana de fevereiro.

Durante esse período, a Divisão de Prevenção e Educação para o Trânsito (DPET) e a equipe de fiscalização, irão realizar blitzen educativas em frente às escolas, no período matutino, a partir das 7h15.

As blitzen consistem em uma oportunidade de orientar os pais, professores e alunos sobre os cuidados para um trânsito seguro, com o uso de dispositivos de segurança, uso de capacete com trava jugular, cuidado na hora de atravessar a rua e a importância do sinal de vida.

Além disso, serão entregues cartilhas que foram elaboradas exclusivamente para o projeto de volta às aulas. O conteúdo da cartilha aborda as diferentes maneiras de como a criança vai à escola e os cuidados que cada um deve ter para tornar o trânsito mais seguro.

“Consideramos importante realizar essa campanha para orientar e direcionar os pais, as crianças e até mesmo os professores sobre como cada um deve se portar para que haja um trânsito mais gentil e seguro na hora de vir à escola. Seja de carro, de moto, a pé, de bicicleta e até mesmo de ônibus, cada um deve fazer sua parte”, alertou Igo Brasil, diretor-presidente do Detran/RR.

Calendário da campanha Volta às aulas

Janeiro 2022

Dia 24 - Colégio Claretiano

Dia 25 - Fundação Bradesco

Dia 26 – IBR

Dia 27 – Escola Pedacinho do Céu

Dia 28 – Escola João Calvino

Fevereiro 2022

Dia 07 – Colégio Agnus

Dia 08 – Escola Peniel

Dia 09 – Escola SESI

Dia 10 – Escola Barulhinho

Dia 11 – Escola Colmeia

 

Publish modules to the "off-canvas" position.

Orjinal cialis sipariş hattı orjinal cialis resmi sitesi olan https://cialispillshop.com adresidir. mert tesisat