Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), entregou na última sexta-feira, 30 de dezembro, a nova sala do necrotério do HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). A estrutura não passava por reformas há quase 30 anos.

 

“O necrotério do HGR foi revitalizado para dar um conforto maior para as famílias que passam por um momento difícil e de tristeza, de forma que sejam atendidas de maneira acolhedora e com qualidade”, afirmou a diretora geral da unidade, Patrícia Renovato.

 

O coordenador de Recepção e Monitoramento do HGR, Reilã Rodrigues, informou que a obra foi iniciada em julho de 2022, sendo dividida em três partes. Além da ampliação, todo o local recebeu tratamento de revitalização.

 

“A parte elétrica foi trocada, além do forro, telhado e piso, que agora é de porcelanato para facilitar a limpeza do lugar”, ressaltou.

 

Ainda segundo Rodrigues, com a diminuição dos casos de morte por covid-19, a parte de isolamento foi fechada, permitindo assim a ampliação da sala de acesso e melhorando o fluxo de despacho de corpos para as funerárias.

 

“[A mudança] vai melhorar o fluxo, porque antes tínhamos uma rotina muito apertada para liberação dos corpos, justamente pela estrutura ser muito pequena”, completou.

 

O acesso ao necrotério é permitido somente aos servidores do HGR e agentes das funerárias contratadas pelos familiares, não sendo permitida a visitação por terceiros.

Avalie este item
(1 Votar)

Com a maior apreensão de skunk já registrada em 18 anos, a PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da DRE (Delegacia de Repressão ao Entorpecente) e do Denarc (Departamento de Narcóticos), fechou o ano de 2022 com 356,925 kg de drogas apreendidas, um aumento de 378,2% em relação ao ano de 2021, que finalizou com 73,969 kg.

 

A maconha foi a droga com maior número de apreensão, o equivalente a 509% em relação ao ano anterior.

 

No ano de 2021, a equipe da DRE lavrou 50 APFs (auto de prisão em flagrante) que resultaram na prisão de 83 pessoas, e, ainda, no cumprimento do mandado de prisão de cinco pessoas.

 

As ações de 2021 resultaram nas apreensões de 19,084 kg de Cocaína e 55,554 kg de Maconha, totalizando 74,638 kg de drogas, além de 67 comprimidos de ecstasy tirados de circulação. Aprendeu ainda oito armas de fogo, 110 munições, 32 veículos (sendo 11 motocicletas e 21 carros), 30 balanças digitais, 95 aparelhos de telefones celulares e a importância de R$ 85.234.

 

Em 2022 foram lavrados 66 APFs (aumento de 32% em comparação a 2021), resultando na prisão de 128 pessoas, um aumento de 54,2% a mais de pessoas presas que em todo o ano de 2021.

 

Os dados, segundo a delegada titular da DRE, Francilene Lima Hoffmann de Vargas, apontam que os resultados dos trabalhos desenvolvidos em 2022 na DRE e Denarc, superaram as expectativas.

 

Ela detalhou que ao todo foram apreendidos 356,925 kg de drogas, sendo 18,392 kg de Cocaína e 338,533 kg de Maconha, um aumento de 378,2% de apreensão de drogas pela equipe da DRE. Sendo que a maconha foi o entorpecente mais apreendido, com um aumento de 509% em relação ao ano anterior.

 

“Um aumento de 378,2% de drogas apreendidas em comparação com o ano de 2021 reflete numa quebra no núcleo financeiro dos traficantes”, destacou a delegada.

 

Ainda em 2022, as equipes policiais apreenderam também 12 armas de fogo, 570 munições, 44 veículos (sendo 20 motocicletas e 24 carros), 148 telefones celulares, 48 balanças e a importância de R$ 111.792,00.

 

De acordo com a delegada-geral adjunta e diretora do Denarc, Darlinda de Moura Viana, em comparação ao ano de 2021, os dados apontam que em 2022 houve um crescimento 54,2% no número de pessoas presas por tráfico de drogas.

 

“As equipes das duas unidades aumentaram ainda em 50% a apreensão de armas, 418% de munições, 37,5% de veículos, 55,7% de celulares e 31,15% de dinheiro. Ou seja, tivemos um foco muito forte no combate à logística utilizada pelos traficantes que envolvem o uso de veículos, armas, munições, telefones, etc. Então temos números muito positivos, que revelam o comprometimento dos policiais nas ações desencadeadas de combate ao crime organizado, especificamente do tráfico e drogas”, disse.

 

O delegado-geral da Polícia Civil, Eduardo Wayner, avaliou os trabalhos como uma “resposta do Governo de Roraima para um Estado mais seguro”.

 

Segundo Wayner, os dados positivos evidenciam que aumentaram as estratégias de combate ao crime organizado, utilizando a inteligência policial e a integração entre as equipes da Polícia Civil, aliadas ao apoio da população, que tem denunciado mais a atuação de traficantes nos bairros.

 

“O tráfico de drogas tem como consequência a prática de outros crimes como furtos, roubos, homicídios, estupros e a lavagem de dinheiro. Então, como estratégia para um combate mais eficaz, reforçamos não somente o efetivo da DRE e Denarc, como também a estrutura de trabalho, para que nossos policiais tenham mais condições de atuar no combate a esse tipo de crime”, destacou Wayner.

 

Ainda segundo o Delegado Geral da Polícia Civil, para combater o crime organizado, foram implementadas várias estratégias ao longo de 2022, “seguindo as diretrizes do governador Antonio Denarium de fortalecer ainda mais as investigações”.

Avalie este item
(2 votos)

Implantada com intenção de melhorar o atendimento à população indígena que recorre aos serviços de saúde do PACS (Pronto Atendimento Cosme e Silva) e HC (Hospital das Clínicas Dr. Wilson Franco Rodrigues), a Coordenação Indígena Integrada já começa a colher os seus frutos.

 

De 1º de junho de 2022 até esta quinta-feira, 5 de janeiro de 2023, foram contabilizados mais de 3 mil atendimentos a pacientes indígenas, tanto brasileiros quanto oriundos da Venezuela.

 

“Do mês de junho até a presente data, nós atendemos 3.678 pacientes, entre eles os brasileiros aldeados [que vivem em comunidades indígenas] e não aldeados, e os indígenas venezuelanos também entram nessa estatística”, afirmou o responsável pela Coordenação Indígena da Sesau (Secretaria da Saúde), Rony Oliveira.

 

Segundo ele, a implantação da coordenação atende a necessidade de um melhor controle do fluxo para as estratégias de atendimento a esse público.

 

“Nós criamos uma ferramenta onde vamos identificar os indígenas, que é uma ficha de atendimento do PACS, com dados da etnia, polo base [território] ou município onde ele reside. Assim, conseguimos ter informações para ajudar no tratamento desses pacientes”, explicou.

 

Dentro das novas estratégias está o Kanban, que são as placas de informações do paciente que fica acima da cama do leito, com a logo da coordenação para ajudar a equipe a identificar o indígena e sua etnia.

 

“A nossa equipe é composta por pessoas que já trabalharam em áreas indígenas e conseguem falar a língua nativa de algumas etnias, e com isso podemos dar um atendimento de qualidade para o povo indígena”, ressaltou.

 

Indígena da etnia Macuxi, Tercilina Laurentino, 71, precisou ser internada no HC após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral). Ela explicou que tem sido bem tratada na unidade.

 

“Eu fui da minha comunidade para o HGR, e de lá eu vim para o HC. Minha internação aqui está sendo muito boa, estou sendo bem atendida e o pessoal aqui é maravilhoso”, disse.

 

PACTUAÇÃO

 

Em dezembro de 2022, a Sesau, em parceria com a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), assinou em dezembro de 2022 a pactuação do PMA (Planos de Metas e Ações) para atenção especializada à saúde dos povos indígenas, uma ação que contou com a presença das coordenações dos DSEIs (Distritos Sanitários Especiais Indígenas) Leste e Yanomami.

 

O objetivo da pactuação é disponibilizar recursos financeiros para atenção especializada aos povos indígenas, a fim de fortalecer as equipes de apoio e logística que fazem o atendimento das comunidades do Estado.

 

“A Sesau vai fortalecer ainda mais a equipe de apoio e logística para o atendimento aos povos indígenas para que a gente possa cuidar dessa população com atendimento médico especializado”, destacou a secretária de Saúde, Cecília Lorenzon.

Avalie este item
(1 Votar)

Doar sangue é um gesto de extrema generosidade e capaz de salvar várias vidas. No Estado, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) recebeu um total de 15.181 doações de sangue durante o ano de 2022.

 

Os dados levam em consideração o número de campanhas realizadas pela unidade, a convocação de doadores voluntários e a presença de doadores de reposição.

 

Apesar de ser um quantitativo satisfatório, a demanda por bolsas de sangue tem aumentado bastante nos últimos meses, conforme ressalta a assistente social do setor de captação, Hellen Bessa.

 

“Tivemos mais de 15 mil doações, número um pouco maior que o de 2021 [foram 14.120 doações no período], mas temos que considerar algumas situações, como a influência do fluxo imigratório, o aumento de acidentes e as frequentes cirurgias eletivas”, afirmou.

 

Como forma de prevenir a baixa no estoque, a unidade tem reforçado parcerias com empresas e entidades da sociedade civil. A ideia é sensibilizar a população sobre a importância da doação de sangue.

 

“É um alerta que desenvolvemos para sensibilizar a sociedade civil para que não estejamos em uma situação de perigo, para não provocar um caos no estado”, explicou Bessa.

 

O office-boy Carmelito Lélio Rodrigues, 39, se tornou doador após a enteada precisar de bolsa de sangue em um momento onde reforçar o estoque da unidade é de grande necessidade.

 

“Eu sou doador há muito tempo, e de ano em ano faço uma doação. Esse ano vou doar certinho [dentro do período de quatro meses]. É sempre bom os doadores aparecerem no Hemoraima, pois tem muita gente que precisa e infelizmente também tem muitos acidentes acontecendo”, comentou.

 

Hellen aproveitou para reforçar o convite para que doadores voluntários e parceiros se façam ainda mais presentes em 2023.

 

“Se o homem pode doar até quatro vezes no ano e a mulher três vezes, porque não distribuir esse período durante esse ciclo de 12 meses? Então, a gente visualiza a possibilidade de sensibilizar todos esses nossos parceiros para estarmos dentro dessa causa, mantendo um equilíbrio satisfatório do ano de 2023”, ressaltou.

Avalie este item
(1 Votar)

A comunidade do Pium, município de Bonfim tem muito a comemorar pois a Escola Estadual Indígena Olegário Mariano, que atende a 156 alunos da região foi entregue, totalmente revitalizada e mobiliada pelo Governo de Roraima nesta quarta-feira, 4.

 

“Esta é a 43ª escola que estamos entregando, desta vez para uma comunidade indígena, com grande alegria. Todos os utensílios que a escola recebeu são novos, desde itens de copa e cozinha, freezer, geladeira, mesas para o refeitório, carteiras e móveis para a gestão. As entregas estão em ritmo frenético graças a visão do governador Antonio Denarium ”, destacou Nonato Mesquita.

 

A Olégário Mariano não recebia manutenção na estrutura física há 25 anos. Para dificultar o andamento das aulas na comunidade, em 2022, durante a obra de revitalização a cheia do Rio Tacutú ilhou os moradores do local. Mas a educação não ficou em segundo plano. 

 

“Em primeiro lugar é uma conquista do nosso povo. Daqui sairão mais pessoas formadas para ajudar na nossa comunidade. Estamos entrando 2023 com muita luta após esse feito da natureza. Perdemos quase tudo, mas as aulas dos alunos não foram suspensas. A parceria com a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) foi de suma importância”, destacou o 1º tuxaua da comunidade Pium, Lázaro Alexandre.

 

 

A escola atende alunos do 6º ano do Ensino Médio até o a 3ª série do Ensino Médio, está com quadro de professores completos, devidamente abastecida com produtos para o preparo da merenda escolar e com o quadro de professores completo, além de ter recebido utensílios de copa e cozinha, quadros brancos entre outros mobiliários.

 

Na oportunidade, a escola recebeu kits com materiais esportivos para fortalecer a prática da educação física na instituição.

 

“Quero agradecer ao governador Antonio Denarium porque esperamos muito por este momento. Hoje fica fácil saber que os alunos ficarão muito felizes depois que retornarem das férias. A natureza atrapalhou o ano letivo de 2022, mas neste ano vamos iniciar as aulas no período certo porque temos uma escola muito melhor do que antes”, disse o gestor da instituição de ensino, professor Mailton Nicacio Farias.

 

REVITALIZAÇÃO

A escola recebeu reparos na parte elétrica, hidráulica e no alicerce do prédio, além de pintura nova. O investimento é do Tesouro Estadual na ordem de R$ 393.881,76.

 

MAIS UMA ESCOLA VAI RECEBER REVITALIZAÇÃO

 

Durante a cerimônia de entrega da Escola Estadual Indígena Olegário Mariano, o secretário de educação e desporto, Nonato Mesquita anunciou que a Escola Estadual Indígena Nossa Senhora da Consolata, na comunidade do Manoá, município de Bonfim também passará por revitalização completa.

 

Os engenheiros da empresa responsável por recuperar a escola realizaram vistoria no local no final da tarde dessa quarta-feira, 4, com o objetivo de iniciar as obras o mais rápido possível.

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima, por meio da Caer (Companhia de Água de Esgotos de Roraima), iniciou nesta quarta-feira, 4, a perfuração de poços artesianos no Estado, com nove poços no interior a serem construídos entre os meses de janeiro e fevereiro.

 

Esta etapa das obras atende a Vila Campos Novos, no município de Iracema; e as vilas Nova, Penha e Apiaú, em Mucajaí. O cronograma segue no mês de fevereiro, com a perfuração de dois poços na Vila do Tepequém, no Amajari; um na Vila Surumu e outro na sede de Pacaraima, além de mais um poço na sede de Caroebe.

 

“São mais de 90 poços artesianos perfurados pelo Governo de Roraima em todo Estado. Vamos continuar cumprindo o compromisso de levar água tratada e de qualidade por meio do programa Água para Todos da Caer”, disse o governador Antonio Denarium sobre a agenda de obras.

 

O presidente da Caer, James Serrador, afirmou que mais 50 poços devem ser perfurados no Estado, sendo 30 no interior e 20 na capital. São mais de R$ 60 milhões investidos em saneamento básico desde 2020, por meio do Água para Todos.

 

“Esses investimentos estão sendo possíveis graças à sensibilidade do governador em destinar recursos para realizar os investimentos e garantir o fornecimento de água potável para a população roraimense”, explicou.

 

Desde o início da gestão, o Governo de Roraima realiza um investimento maciço na ampliação do sistema de abastecimento de água. São novos poços, além da extensão da rede, obras de reformas e construção de novas unidades da empresa pública em todo o Estado.

 

Avalie este item
(1 Votar)

Nesta quarta-feira, 4, é celebrado o Dia da Pessoa com Hemofilia. Além de conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com o paciente que sofre com a doença, a data foi escolhida como forma de homenagear o cartunista Henrique de Souza Filho, o Henfil, falecido no ano de 1988.

 

Em Roraima, segundo dados do Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima), 46 pacientes fazem tratamento de hemofilia. A unidade é a principal referência do estado no tratamento de doenças relacionadas ao sangue.

 

“Nós temos desde o pediatra, o hematopediatra, o especialista em clínica médica e o hematologista para adultos, além de uma equipe de enfermagem preparada para essa assistência e aplicação dos fatores”, destacou a médica hematologista, Regina Rebouças.

 

O ambulatório de hematologia da unidade dispõe de serviço multidisciplinar para todos os pacientes hemofílicos do Estado, tanto crianças como adultos, com atendimento médico, enfermagem, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista e serviço social.

 

O estudante Askemaque Alves, 22, é um desses pacientes. Ele foi diagnosticado com hemofilia ainda criança, após um acidente simples. Desde então, passou a receber tratamento para a doença, a fim de melhorar sua qualidade de vida.

 

“Depois de uma picada de abelha que eu recebi na minha testa, criou um hematoma. Fui ao hospital e o médico achou estranho e passou alguns exames, que constataram que eu tinha a hemofilia tipo A, que é a mais simples”, relatou.

 

O tratamento do jovem consiste basicamente no recebimento do Fator VIII, um tipo de proteína essencial para a coagulação do sangue, durante três vezes na semana. Essas aplicações podem ocorrer em casa, seguindo sempre as orientações da hematologista.

 

“Viver com a hemofilia tem suas dificuldades. Como não pode se exercitar muito nem praticar esportes, tenho algumas limitações físicas que me impedem até de fazer as atividades mais simples, como pedalar”, comentou o paciente.

 

O QUE É?

 

A hemofilia é uma doença genética ligada ao cromossomo X, que afeta a coagulação do sangue. O paciente com essa condição possui sangramentos que demoram a ser controlados.

 

Considerada uma doença rara, ela possui duas variações: o tipo A, que está ligado ao Fator VIII, e o tipo B ligado ao Fator IX de coagulação.

 

“A hemofilia é uma doença genética ligada ao cromossomo X, ou seja, a mãe passa para o filho, e na maioria dos casos acontecem de os homens desenvolverem a doença, que pode ser hemofilia tipo A ou B”, explicou Regina.

 

A hematologista destaca ainda que o acompanhamento regular para monitoramento clínico e laboratorial é fundamental para evitar complicações da doença, além de promover melhoria na qualidade de vida dos pacientes.

 

Ela lembra também que estes pacientes apresentam sangramentos que demoram muito mais tempo para serem controlados, pois o organismo não tem condições de produzir adequadamente o coágulo, que é responsável por estancar o sangramento.

 

“Esses pacientes sangram muito desde bebês, então você já pode observar no joelhinho e cotovelos quando eles começam a engatinhar, que ficam muito roxos e às vezes são sangramentos intensos”, completou.

 

O TRATAMENTO

 

Regina explicou que o tratamento é baseado por meio do uso de hemoderivados (produto industrializado provenientes do plasma humano de doadores de sangue), que são fornecidos de forma gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

 

“O tratamento é um só, que é repor esses fatores. Nós os temos disponíveis e os chamamos de hemoderivados, que são produtos industrializados preparados com o plasma do doador de sangue”, ressaltou.

 

Para marcar uma consulta, é preciso ter um encaminhamento de outro médico, além de apresentar o CPF e cartão do SUS. Após isso, o paciente passará por triagem e investigação.

 

A clínica hematológica do Hemoraima funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e de 13h30 às 18h, na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

 

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima convoca os 102 policiais penais aprovados no concurso público da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) para entrega de documentos e apresentação para exames médicos, conforme o edital de homologação do resultado final e classificação do certame.

 

No dia 23 de dezembro passado, o governador Antonio Denarium assinou o decreto de nomeação de 102 candidatos do cadastro de reserva aprovados para os cargos. Os servidores fazem parte da segunda turma de policiais penais que passaram pelo curso de formação.

 

A entrega de documentos pessoais necessários para investidura nos cargos será realizada de segunda a quarta-feira, nos dias 9, 10 e 11 de janeiro de 2023, das 8h às 13h, na própria Sejuc, na avenida Getúlio Vargas, 8120, bairro São Vicente.

 

Posteriormente, os exames médico-periciais serão feitos de quinta a sexta-feira, nos dias 12 e 13 de janeiro, das 8h às 12h, desta vez na Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração), que fica na rua Francisco Paulino da Silva, 215, bairro Cinco de Outubro.

 

Para maior agilidade e conforto nos atendimentos, os convocados foram divididos em turmas e vão realizar as entregas de documentação e perícia em datas pré-estabelecidas conforme lista no edital, que pode ser verificado na edição 4351 do DOERR (Diário Oficial de Roraima), no site da Imprensa Oficial do Estado.

 

Após essas etapas, eles passam a integrar o corpo de segurança pública no âmbito do sistema prisional de Roraima.

 

De acordo com o titular da Segad, Anselmo Gonçalves, a etapa de entrega de documentação e perícia médica é uma das mais sensíveis em um processo de admissão.

 

“São registros que marcam o início da vida documental do funcionário público dentro da secretaria. Logo, é uma etapa que precisa ser avaliada com atenção e cuidado, pois trata da concretização do sonho desses novos servidores”, explicou.

Avalie este item
(0 votos)

Nos dias 30 e 31 de dezembro do mês passado e 1° de janeiro deste ano, o Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) realizou a Operação Ano Novo em Boa Vista e em outros municípios do Estado.

 

Durante o período, foram registradas 88 infrações de trânsito, em que 34 motoristas foram autuados por dirigirem sem cinto de segurança e por transportar 14 passageiros sem o acessório de segurança, além de 25 usando celular enquanto conduziam o veículo.

 

A operação resultou ainda na autuação de oito motoristas por transportar crianças sem observar as normas de segurança; três por conduzirem o veículo com licenciamento atrasado; dois por se recusarem a fazer o teste do etilômetro; um por andar com o veículo com placa ilegível e um sem possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

 

O presidente do Detran-RR, Álvaro Duarte, explicou que os dados da operação de Ano Novo reduziram quando comparados com a mesma ação de fiscalização realizada no período do Natal.

 

“No período de Natal foram registrados 82 motoristas sem o cinto de segurança e no final do ano foram 34. Mas reforçamos aos condutores a importância de usarem esse acessório de segurança, porque impede que o corpo vá para frente em casos de colisões ou frenagens bruscas”, alertou o presidente.

 

Segundo o 167 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), não usar o cinto de segurança é uma infração grave e o condutor receberá uma multa no valor de R$ 195,23 e mais cinco pontos na CNH. Vale lembrar que o pagamento da multa não retira os pontos da habilitação do motorista

 

Avalie este item
(0 votos)

No início da noite desta terça-feira, 3, o Governo de Roraima entregou para a população o Estádio Raimundo Ribeiro de Souza, conhecido popularmente como “Ribeirão”, completamente revitalizado.

 

A Seed (Secretaria de Educação e Desporto), que administra o estádio de futebol por meio do IDR (Instituto de Desporto de Roraima), também fez entrega kits de material esportivo na ocasião para as escolas da capital e interior, de forma a potencializar as aulas de educação física nas unidades.

 

O governador Antonio Denarium explicou no evento de inauguração que o Governo valoriza o esporte em todas as categorias e lembrou que o Executivo está trabalhando nas revitalizações dos parques aquáticos e quadras de esporte.

 

“A reestruturação do Ribeirão significa dar condições favoráveis para os atletas roraimenses. Já enviamos mais de 2 mil alunos para competir em campeonatos em outros Estados, e reforçamos mais esses avanços com as entregas de kits esportivos para as escolas estaduais hoje. Todas as categorias do esporte têm o nosso apoio”, declarou o governador.

 

O Governo de Roraima investiu R$ 365.697,63 na reestruturação do Estádio Ribeirão.

 

Inicialmente, foram distribuídos kits de bolas para 87 escolas, sendo 57 da capital e 30 do interior. O Instituto de Desporto vai elaborar um cronograma para realizar a entrega dos materiais para as demais escolas, principalmente as unidades do interior e as indígenas.

 

“Em anos passados não recebíamos esse incentivo que o Governo trabalha hoje no esporte escolar. Agora a gente percebe prosperidade na área pela oportunidade que os alunos têm ao praticarem com itens novos e de qualidade, sem contar o apoio logístico para quem compete”, frisou a gestora pedagógica Vilma Rufino, que faz parte da administração do Colégio Militarizado Presidente Tancredo Neves. Ela também é técnica em educação física e realiza diversos projetos na área.

 

O investimento é de R$ 170.579,74 do Tesouro Estadual com os kits entregues no Ribeirão. Outros materiais esportivos também foram adquiridos, e assim que finalizarem os procedimentos licitatórios, serão entregues para as escolas. Entre esses materiais estão redes esportivas, bolas de basquete, bomba para inflar bola, cronômetros, material para tênis de mesa, badminton, xadrez, implementos para atletismo e outros.

 

O valor total investido na aquisição de materiais esportivos para as escolas é na ordem de R$ 1,5 milhão.

 

Para o secretário de Educação, Nonato Mesquita, o esporte precisa ser valorizado dentro de sala de aula, e o desporto, o lazer e a educação precisam caminhar de mãos dadas.

 

“Neste segundo mandato de Governo, estamos investindo maciçamente nestas áreas. Por exemplo, os kits escolares não eram distribuídos há mais de 15 anos. Agora com mais este incentivo poderemos alcançar maior êxito em competições, além do que isso estimula o estudante a participar das aulas e a entregar bons resultados na sala e no campo”, disse Mesquita.

 

O ESTÁDIO

 

O Ribeirão foi inaugurado no ano 2000 e há 22 anos não recebia uma revitalização completa na estrutura física. O estádio atende vários campeonatos e atividades diversas promovidas pela população e poder público, sendo um espaço importante para a prática esportiva e também de lazer.

 

“Nossa família está muito feliz. Eu joguei futebol, meu pai foi um baluarte do esporte e nos incentivou, joguei aqui várias vezes e graças ao trabalho do governador, revitalizar este estádio para nós é uma maravilha”, disse Pedro Ribeiro, filho do patrono do Estádio.

 

VALORIZAÇÃO

 

A recuperação do Estádio Ribeirão integra o maior programa de recuperação dos prédios públicos de Roraima. O investimento geral do governo para recuperação de espaços esportivos, que contempla revitalização e manutenção preventiva e corretiva de ginásios, campos e parques aquáticos (da capital e interior), é na ordem de R$ 19 milhões de recursos do Tesouro Estadual

 

Outros serviços já estão em andamento no estado como a recuperação dos parques aquáticos Caranã e Jardim Primavera em Boa Vista e parque aquático Ottomar de Souza Pinto, em Caracaraí.

 

Em setembro de 2022, foram entregues para a população a Praça Interativa José Renato Hadad, conhecida como Praça das Fontes, além da Piscina Olímpica. Os dois espaços estão localizados no complexo de esporte e lazer do Ginásio Totozão e foram completamente revitalizados.

Avalie este item
(0 votos)

O Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional) disponibilizou nesta terça-feira, 3, os locais onde serão realizadas as provas objetivas para o concurso público da Sefaz (Secretaria da Fazenda) do Estado de Roraima, que está ofertando 54 vagas para convocação imediata.

 

São 33 vagas para os cargos do Cetif (Centro de Tecnologia da Informação Fazendária) e 21 vagas para o cargo de técnico de tributos estaduais. Também serão ofertadas 228 vagas para cadastro de reserva.

 

As provas serão realizadas no dia 15 de janeiro (domingo). Pela manhã, das 8h às 12h (horário local), serão aplicadas as provas objetivas para os cargos de desenvolvedor de software, implementador de software, administrador de banco de dados e administrador de redes de dados.

 

Pela tarde do mesmo dia, das 15h às 19h (horário local), serão aplicadas as provas para os cargos de Técnico de Tributos Estaduais e Técnico em Infraestrutura de Tecnologia da Informação.

 

Para saber onde vai realizar a prova, o candidato deve acessar o site do Idecan e digitar o CPF na área indicada para que seja direcionado ao endereço do respectivo local do certame.

 

INSCRIÇÕES

 

O concurso teve 4.996 inscritos para todos os cargos, assim distribuídos: técnico de tributos estaduais (3.676 inscritos, sendo 175 por vaga); desenvolvedor de software (166 inscritos, 14 por vaga); implementador de software (98 inscritos, 10 por vaga); administrador de banco de dados (51 inscritos, 17 por vaga); administrador de redes de dados (89 inscritos, 30 por vaga) e técnico em infraestrutura de tecnologia da informação (916 inscritos, 183 por vaga). Foram concedidas 261 isenções de inscrições.

 

Para o secretário da Sefaz, Manoel Sueide Freitas, o grande número de inscritos reflete a seriedade e a credibilidade do concurso que está sendo promovido pelo Governo de Roraima.

 

“No concurso para auditor fiscal de tributos realizado em 2021, por exemplo, tivemos um número expressivo de inscritos, com participação de candidatos de muitos Estados. Isso é resultado de um trabalho sério feito pelo governador Antonio Denarium na gestão, que motiva as pessoas a ingressarem no serviço público e sabem que vão ter um bom ambiente de trabalho, reconhecimento e salário em dia”, explicou o secretário.

 

VAGAS E REMUNERAÇÕES

 

O concurso vai ofertar 33 vagas para o Cetif, sendo 28 para nível superior, das quais 24 para ampla concorrência e quatro para PCDs (pessoas com deficiência) nos cargos de desenvolvedor de software (12 vagas), implementador de software (10 vagas), administrador de banco de dados (3 vagas) e administrador de redes de dados (3 vagas), com salário inicial de R$ 5.037,97.

 

Também serão ofertadas cinco vagas para nível médio com curso técnico na área específica, das quais quatro são para ampla concorrência e uma para PCD, no cargo de técnico em infraestrutura de tecnologia da informação, com salário inicial de R$ 2.672,38.

 

Serão ofertadas 21 vagas para o cargo de técnico de tributos estaduais, sendo 19 para ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência, com remuneração inicial de R$ 1.339,22 mais a GEP (Gratificação de Estímulo à Produtividade). As vagas exigem nível superior em qualquer área.

Avalie este item
(0 votos)

A Sesau (Secretaria de Saúde), por meio da CMECM (Clínica Médica Especializada Coronel Mota), deu início nesta terça-feira, 3, à programação alusiva ao Janeiro Branco, mês de incentivo às políticas de cuidados com a saúde mental.

 

A ação que abriu a campanha em Roraima consistiu na entrega de panfletos com mensagens de otimismo para o novo ano que se inicia. Este é o terceiro ano consecutivo em que a unidade realiza ações voltadas à temática.

 

“A saúde mental das pessoas é muito importante. Ultimamente temos nos preocupado apenas com o corpo, mas a mente também deve estar bem, porque se um estiver bem e o outro não, não vivemos nem produzimos”, afirmou o clínico-geral responsável pelo serviço de psiquiatria do Coronel Mota, Gustavo Ubirajara Marques.

 

A campanha deste ano tem como tema “Quem Cuida da Mente Cuida da Vida”. Segundo o médico, as constantes alterações no humor, perda de sono e de apetite são alguns indícios que a saúde mental precisa de maior atenção. 

 

“Sintomas que podem sugerir a necessidade de um tratamento para a saúde mental, por exemplo, é a pessoa acordar cansada, achar que não dormiu bem, ou o estado de ânimo persistentemente depressivo, diminuição da paciência, comer muito ou quase nada”, explicou.

 

Marques ressalta ainda que, além de cuidar da mente, é preciso também melhorar os hábitos para o corpo.

 

“Temos que evitar ficar doente, tratando bem o corpo e mente, dietas saudáveis, tomando água e fazendo atividade física, é uma coisa que o ser humano não tem feito”, completou

 

A dona de casa Raimunda de Souza, 74, é acompanhante da neta, que recebe consultas na unidade. Ela parabenizou a ação organizada pelos servidores e citou alguns benefícios de cuidar da saúde mental.

 

“É muito bonita a ação, pois precisamos realmente de cuidados, carinho e apoio para cuidar da mente. Eu me cuido e também cuido da minha neta, que é acompanhada aqui, e isso tem ajudado nos estudos e no dia a dia dela”, destacou.

 

VALORIZANDO A SAÚDE

 

De acordo com o setor de psiquiatria do Coronel Mota, média mensal de atendimentos da especialidade em 2022 foi de 1.258 consultas, enquanto a de psicologia foi de 385 atendimentos.

 

Atualmente a unidade conta com cinco psiquiatras e 11 psicólogos, com os atendimentos sendo realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

 

Segundo a responsável pelo setor de psiquiatria do Coronel Mota, Suely do Nascimento, o atendimento ambulatorial da unidade é feito somente com pacientes estáveis e a partir dos 13 anos.

 

“Os pacientes que podem e devem procurar a unidade para fazer esse atendimento, são os encaminhados da UBS (Unidade Básica de Saúde), aqueles que dão entrada no HGR ou Cosme e Silva, mas não são pacientes crônicos [com histórico de casos]”, frisou.

 

Vale lembrar ainda que a marcação de consultas é feita no primeiro dia útil do mês, ou enquanto houver vagas. A recepção está aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. A unidade está localizada na Rua Coronel Pinto, nº 636, Centro.

 

VEJA A PROGRAMAÇÃO

 

18/01 – Piquenique com pacientes convidados e profissionais da saúde

Local: Praça do Mirandinha (Rua da Tangerineira, bairro Caçari)

Horário: A partir das 8h30;

 

27/01 – Intervalos de 10 minutos, com passeios de bicicleta com pacientes e colaboradores

Local: Estacionamento do Coronel Mota (Rua Coronel Pinto, nº 636, Centro)

Horário: A partir das 8h30;

 

31/01 – Encerramento da programação com lanche e dinâmicas entre os colaboradores da unidade

Local: Estacionamento do Coronel Mota (Rua Coronel Pinto, nº 636, Centro)

Horário: A partir das 14h30.

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) está participando ativamente da Operação Guardiões do Bioma 2022, uma ação de proteção ambiental desenvolvida pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) em conjunto com diversos órgãos federais e estaduais.

 

A operação foi criada em 2021 com o objetivo de combater o desmatamento ilegal, as queimadas, os incêndios florestais e proteger terras indígenas. Para desenvolver as ações em todo o País com melhor articulação, o Brasil foi dividido conforme a predominância dos biomas da Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal.

 

EM RORAIMA

 

“Em Roraima, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Estadual participam ativamente da operação atuando no combate a incêndio florestal e também por meio de ações preventivas, ou seja, vistorias e conscientização dos colonos, agricultores e moradores. Isso pode ser sobre a limpeza de uma determinada área ou o uso consciente do fogo”, disse o subcomandante operacional do CBMRR, tenente-coronel Juberly Coutinho.

 

Pela diversidade ambiental existente em Roraima, o Estado possui equipes preparadas para atuar em incêndios florestais tanto na floresta como no cerrado amazônico, conhecido popularmente na região como “lavrado”.

 

A Operação Guardiões do Bioma 2022 teve início em 1º de dezembro e conta com a participação de 64 bombeiros militares. As guarnições estaduais estão equipadas com viaturas pick-up 4x4, kits de combate a incêndio florestal, abafadores, mochilas costais e outros itens. As equipes permanecem fixas nos municípios, sempre à disposição dos moradores e das prefeituras.

 

Neste primeiro mês de ação, as equipes do CBMRR ficaram divididas em sete municípios (Amajari, Alto Alegre, Cantá, Caracaraí, Iracema, Mucajaí e Rorainópolis). A escolha dos municípios atendidos levou em consideração o número de ocorrências atendidas pelo CBMRR e pela Defesa Civil em anos anteriores.

 

 

RESULTADOS

 

O tenente-coronel Coutinho informou ainda que durante todo o mês de dezembro de 2022, equipe da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros registraram 444 ações preventivas. “Devido às chuvas nesses municípios, fizemos apenas sete combates a incêndios florestais. Foram três no Amajari, dois em Alto Alegre e outros dois em Iracema”, detalhou.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), está solucionando um problema enfrentado há mais de 20 anos pelos moradores da Vicinal 6 do Cantá. Uma equipe de trabalhadores está na região trabalhando no trecho da estrada de 21 quilômetros, a única que dá acesso ao local, além de implantar galerias de concreto no trecho, substituindo as antigas pontes de madeira.

 

A estrada será inaugurada ainda na primeira quinzena de janeiro. A obra, orçada no valor R$ 1.941.073,71, conta com recursos provenientes do Governo de Roraima e emenda parlamentar do deputado estadual Gabriel Picanço. Estão sendo beneficiados produtores rurais, moradores da comunidade indígena do Jenipapo e outras localidades da região.

 

“A agricultura familiar está presente na região com a produção de banana, pimenta e macaxeira, além de outros insumos. Nosso trabalho para estimular o crescimento do setor é dar condições estruturais, fazendo estradas e pontes. Agora esses agricultores vão poder escoar a produção gerando renda para essas famílias”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

O agricultor José Benedito mora na Vicinal 6 explicou ter passado por muitas dificuldades pela falta da estrada no local em que vive há 22 anos.

 

“Hoje estamos praticamente dentro da cidade. O percurso é mais rápido, antes só se conseguia andar de moto. Já passamos muito aperreio por falta dessa estrada. Antes ela não existia, era um picadão. Lembro da minha esposa doente e da dificuldade de ir até o posto de saúde. Hoje é outra realidade”, disse Benedito.

 

De acordo com o morador Alexandre Santos, no período de chuvas, a dificuldade era ainda maior para trafegar, além dos riscos constantes de acidentes. “Meu sogro tem essa terra há quase 30 anos, e para vir até o sítio era um transtorno, já que carro pequeno não passava na estrada e só tínhamos acesso de moto. Agora já conseguimos vir de carro e ir na cidade é um pulo. Temos gratidão por essa atenção e pelo trabalho do Governo”, destacou.

 

MAIS OBRAS NO CANTÁ

 

Outra obra muita aguardada pela população e que segue a todo vapor é o asfaltamento da estrada Tronco–Malacacheta, região que dá acesso à região da Taboca.

 

Vão ser mais 11 quilômetros que receberão asfalto, com recursos do Governo do Estado, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus e do senador Mecias de Jesus. A obra vai beneficiar as comunidades indígenas de Canauanim, Tabalascada, Malacacheta e a região do Taboca.

Avalie este item
(0 votos)

Nasceu no HMI (Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazaré) o primeiro bebê roraimense de 2023. Trata-se de Esther Laís Barbosa da Silva, uma menina que chegou ao mundo com 3.140 Kg e 51 centímetros. O nascimento de Esther aconteceu exatamente às 00h19, de parto normal.

 

Moradora do bairro Silvio Leite, em Boa Vista, a mãe de Esther, Fernanda Barbosa da Silva, não esperava que a filha seria justamente o primeiro bebê a nascer no Ano Novo. Ela relatou a emoção de ser mãe pela primeira vez.

 

“O amor de mãe foi uma das melhores sensações que eu já senti. Sempre ouvi outras mães falarem que você só sabe o que é o verdadeiro amor, depois que tem um filho. Hoje eu sei o que é esse amor”, disse.

 

A mãe completou dizendo ainda o quanto está emocionada com a equipe médica. “Foi uma das melhores sensações da minha vida, e não imaginei que seria na virada do ano. A equipe médica foi super receptiva e todos queriam tirar foto com a primeira bebê de 2023”, relatou.

 

A diretora clínica da Maternidade, Flávia Bonini, afirmou que o parto correu normalmente e muito tranquilo. Ela explicou que na virada do ano, foram registrados sete partos normais da meia-noite até as 7h da manhã, sendo Esther a primeira criança nascida no ano.

 

“[Ela] nasceu super bem, com boa vitalidade, chorou ao nascer e foi colocada imediatamente junto à mãe. Recebeu a primeira vacina, que é a de vitamina K e contra a hepatite B”, detalhou.

 

PARTOS EM 2022

 

De acordo com dados do SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatístico), de 1º de janeiro até 21 de dezembro de 2022, foram registrados 9.625 partos, sendo 6.310 partos normais e 3.315 procedimentos cesáreos.

 

EM 2021

 

Já entre os meses de janeiro a dezembro de 2021 foram realizados um total de 10.270 partos no Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth.

 

Deste total, 6.888 partos ocorreram por meio de procedimento normal, e outros 3.382 partos ocorreram por meio de cesarianas.

Avalie este item
(0 votos)

Ao final da tarde do primeiro dia de 2023, durante sessão solene na Assembleia Legislativa de Roraima, o governador reeleito Antonio Denarium, e o vice-governador Edilson Damião, tomaram posse para o mandato de 2023 a 2026.

 

A solenidade, conduzida pelo presidente reeleito da ALE, soldado Sampaio, contou com a participação de autoridades civis e militares.

 

Para o governador Antonio Denarium o sentimento é só de gratidão. “Sou governador de todos e grato por viver esse momento pela segunda vez, e isso aumenta a minha responsabilidade de fazer Roraima cada dia melhor, porque o nosso bem maior é a população do nosso Estado”, disse, durante o discurso de posse na ALERR.

 

Denarium agradeceu à população e a cada servidor público que ao longo dos quatro primeiros anos de gestão, acreditaram na vontade de mudar o que estava errado e fazer o certo.

 

“A minha gratidão incondicional a cada pessoa de Roraima que me deu um voto de confiança. Tenho certeza que os próximos anos serão de sucesso, desenvolvimento e dignidade para nossa gente”, esclareceu.

 

Ainda no discurso, Denarium disse que esses próximos quatro anos serão de muito trabalho para garantir o desenvolvimento social e econômico do Estado. “Concluí o primeiro mandato com a certeza de que fizemos muito e ainda faremos muito mais nos próximos quatro anos, como por exemplo, a geração de emprego que Roraima se destacou na minha primeira gestão”, ressaltou.

 

Segundo Denarium, com o vice-governador Edilson Damião, será dividido o trabalho e juntos farão mais por Roraima.

 

Para o vice-governador Edilson Damião, o momento também é de gratidão. “Acreditamos em um projeto de desenvolvimento e de mudança de Roraima e vamos trabalhar para que isso seja nossa realidade na nossa gestão”, frisou.

 

O presidente da ALE, soldado Sampaio declarou que Roraima está no caminho certo. “Tenho a certeza que a gestão do Estado está em boas mãos, de duas pessoas sérias e comprometidas com o Estado”, reforçou.

 

Depois de empossado, Denarium recebe faixa de governador

 

Após a cerimônia de posse na Assembleia Legislativa o governador Antonio Denarium e o vice-governador Edilson Damião seguiram caminhando para a cerimônia de recebimento da faixa de governador, realizada no início da noite, em frente ao Palácio Senador Hélio Campos, com a presença da população, autoridades e imprensa em geral.

 

Durante a cerimônia, o governador recebeu as honras militares, a bênção do padre Revislande Araújo e da pastora Edna, da Igreja do Evangelho Quadrangular.

 

No ato foram entregues ao chefe do Executivo uma Bíblia, para simbolizar o evangelho e um pote de grãos em referência à grande produtividade da agricultura familiar indígena e não indígena, com analogia à fartura.

 

“Esse é um dos momentos mais felizes da minha vida, pois quando assumi o Estado tinha tudo como prioridade, eu vi no olhar na conversa com as pessoas, como as famílias estavam sem esperança, e depois de quatro anos de muito trabalho essa realidade mudou e hoje o povo de Roraima vive dias melhores”, complementou o governador.

 

ESQUEMA DE SEGURANÇA

 

Um esquema de segurança foi montado para garantir uma cerimônia tranquila e em ordem. O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito) disponibilizou agentes de trânsito em pontos estratégicos para manter a organização e fluxo no trânsito nas proximidades da cerimônia e interditou o acesso nas ruas do entorno da Assembleia Legislativa.

 

A Polícia Militar de Roraima garantiu a segurança com policiais militares, viaturas e o policiamento especializado, a exemplo do Grupo de Ações Táticas. O Corpo de Bombeiros também designou equipes de prevenção e apoio na segurança do evento, com viatura, caminhão de combate a incêndio e uma ambulância do Resgate.

 

“Agradeço a Deus por mais um dia de vida e pela vida de cada uma das pessoas que me acompanham nesse sonho desde o início. O povo de Roraima reconheceu o meu trabalho e reforço que cada cidadão é meu parceiro para esse segundo mandato”, pontuou o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

Quem gosta de festa boa teve compromisso marcado nesse sábado, dia 31, no Réveillon do Parque Anauá. A Festa da virada, realizada pelo Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo) foi um sucesso de público. Cerca de 50 mil pessoas compareceram ao Parque para conferir a tradicional queima de fogos, que este ano durou 10 minutos e foi silenciosa.

A Secult seguiu à risca o planejamento feito para garantir uma festa linda e segura, voltada para a diversão da família. O Parque foi totalmente revitalizado, com pintura nova, iluminação de led e limpeza total.

“O Réveillon do Parque Anauá é uma grande festa promovida pelo Governo do Estado para alegrar as famílias roraimenses. Estamos celebrando 2023 que está chegando e que seja um ano de muitas vitórias e realizações para o povo de Roraima. A todos os roraimenses um grande abraço, se cuidem e fiquem com Deus”, declarou o governador Antonio Denarium.

A estrutura nova que foi toda pensada para receber a população com todo o carinho e aconchego que a gestão tem com a população de Boa Vista e dos demais municípios do Interior que prestigiaram a festa.


População se encanta com queima silenciosa de fogos


O ponto alto da noite foi a queima de fogos tão esperada pela população. Crianças, jovens e adultos se encantaram a ver as luzes colorirem o céu. Foram 10 minutos de fogos de artifícios silenciosos. Um emoção que vai ficar na lembrança de muita gente.

Os fogos foram concentrados no Lago dos Americanos e as famílias se concentraram no gramado frente ao palco principal.

O servidor público, Sérgio de Amorim, ficou encantado com a beleza dos fogos que marcaram a chegada de 2023.

"Tudo maravilhoso, foi feito um trabalho muito bom. Eu fiquei muito alegre de ver o resultado e essa iluminação maravilhosa. Agradeço por esse espetáculo lindo e que 2023 seja muito melhor que o ano passado”, ressaltou.

A socióloga Cristina Leite, de 45 anos, levou toda a família para comemorar e fazer a ceia de Réveillon no gramado do Parque Anauá.

"O Réveillon é uma festa belíssima, festa da família e viemos para o coração do Parque para receber 2023. O Parque na beira do lago está ventilado e muito lindo, por isso trouxemos nossa família, filhos e nossos amigos para festejar esse momento maravilhoso", disse.


Banda Magníficos anima a noite com o melhor do forró


E festa boa tem que ter música de qualidade. Foi com esse objetivo que a atração nacional se apresentou. A banda paraibana Magníficos subiu ao palco principal com um show que fez o público vibrar ao som dos hits conhecidos como “Me Usa”, “Carta Branca” e “Verdadeiro Amor”.

“É muito bom começar 2023 em Boa Vista, é um prazer imenso em fazer um show maravilhoso cantando os grandes sucessos da banda Magníficos e começando 2023 com muita alegria”, disse a vocalista Ohara Ravick.

O parceiro de palco, o vocalista Fernando Frajola, disse estar muito feliz em ter passado a virada em Roraima. “Estamos muito felizes de estar aqui, e principalmente porque em Roraima as pessoas gostam de forró e a galera não canta apenas as músicas principais, e sim todas. Feliz ano novo e um beijo carinhoso para todos", acrescentou o vocalista.

Além do show nacional e de bandas locais no palco principal, o palco da Família surpreendeu com a programação para as crianças. Na Tenda Eletrônica a animação ficou por conta da DJ Larissa Merack, DJ Chica Loca, DJ Márcio Mota e DJ Estrella. E no Palco Estrela quem garantiu muitas risadas e entretenimento foi o Grupo de Palhaçaria Xuxu & Cia, Show Infantil “Colorindo com Euterpe”, Criart Teatral – Espetáculo Musical “O Menino e o Barquinho” e Show Gospel – Gedson e Banda / Felipe Flores.


Comerciantes aproveitam para ganhar renda extra


O Réveillon promovido pelo Governo de Roraima trouxe benefícios ainda para a economia. Foi uma oportunidade para vendedores ambulantes ganharem uma renda extra. Cerca de 130 ambulantes tiveram a chance de comercializar produtos como bijuterias, alimentação, bebidas, máquinas especiais, trailers, food truck e carrinhos, rotativos, área Kids, tiro ao alvo e bingo e parque de diversão.

Iraneldi Conceição que trabalha com venda de carne de sol há mais de 17 anos aprovou a organização.

"A organização está muito boa e melhor do que nos anos anteriores. O movimento está bom e eu tô muito feliz, o Governo está de parabéns por dar essa oportunidade pra gente trabalhar e achar nosso pão do dia a dia", agradeceu.

Ritley Kinsley Silva Sousa, que trabalha como ambulante há 16 anos também elogiou o trabalho do Governo.

"Está ótimo, uma benção, a organização está de parabéns. Nós trabalhamos junto com a organização no diálogo sobre a nossa atuação e o resultado é que nos acomodaram bem e nos deixaram bem a vontade pra trabalhar e graças a Deus estamos conseguindo alcançar expectativa de vendas e com certeza vamos vender tudo", disse.

Avalie este item
(0 votos)

O ano de 2023 está se aproximando, e, com ele, a renovação do mandato do governador reeleito Antonio Denarium, que tem como vice o engenheiro civil Edilson Damião.

 

A estrutura para a cerimônia de recebimento da faixa de governador, que será no domingo, dia 1º, às 19 horas, está montada em frente ao Palácio Senador Hélio Campos para receber em média duas mil pessoas, entre população em geral e autoridades estaduais.

 

Após serem empossados pela Assembleia Legislativa, o governador Antonio Denarium e o vice, Edilson Damião, atravessarão a praça do Centro Cívico em direção ao Palácio Senador Hélio Campos, para o recebimento da faixa.

 

“Durante a cerimônia, o governador receberá as honras militares, a benção da pastora Edna, da Igreja do Evangelho Quadrangular, e do padre Revislande Araújo, e também alguns presentes: uma Bíblia, para simbolizar o evangelho e um pote de grãos em referência à grande produtividade da agricultura familiar indígena e não indígena, simbolizando a fartura”, explicou a coordenadora do Cerimonial do Governo de Roraima, Bruna Sack.

 

Para o governador Antonio Denarium, esse será um dos momentos mais especiais da vida. “Quando assumi o Estado, tudo era prioridade. Os roraimenses estavam sem esperança de viver dias melhores, mas agora isso é uma realidade! Os quatro primeiros anos foram árduos, mas conseguimos colocar Roraima nos trilhos certos. Tenho certeza que os próximos anos serão de sucesso, desenvolvimento e dignidade para nossa gente. Estou muito ansioso para a cerimônia, sei que ficarei muito emocionado e com o coração cheio de gratidão”, declarou.

 

Ruas serão interditadas

 

O esquema de segurança está montado para garantir uma cerimônia tranquila e em ordem. O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito) vai empregar quatro viaturas e 12 agentes de trânsito em pontos estratégicos para manter a organização e fluxo no trânsito nas proximidades da cerimônia.

 

O trânsito será fechado na Av. Nossa Senhora da Consolata, sentido bairro Centro e na Av. Ville Roy do Centro Cívico até a rua Coronel Pinto. Viaturas e barreiras fixas estarão no perímetro da Assembleia Legislativa e do Palácio Senador Hélio Campos e não será permitido o acesso de veículos.

 

A interdição das ruas terá início às 15h de domingo, dia 1º e serão liberadas ao final da cerimônia de recebimento da faixa de governador.

 

A Polícia Militar de Roraima estará no evento com policiais militares, viaturas e o policiamento especializado, a exemplo do Grupo de Ações Táticas, que vai reforçar a segurança da população e das autoridades.

 

O Corpo de Bombeiros estará presente com equipes de prevenção e apoio na segurança do evento, com viatura, caminhão de combate a incêndio e uma ambulância do Resgate.

Avalie este item
(0 votos)

A política educacional do Governo de Roraima tem avançado a cada ano e em 2022 não foi diferente. Por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), o ano de 2022 encerra com 42 escolas reinauguradas, entre revitalizações e reformas, todas mobiliadas e equipadas, que beneficiaram 17.678 estudantes da Capital, Interior e de Comunidades Indígenas.

 

A ação integra o “Aqui tem Obra”, maior programa de recuperação de prédios públicos do Governo de Roraima. E ainda existem mais 15 escolas com serviços em andamento na Capital e Interior. O governador Antonio Denarium anunciou, para 2023, a reinauguração de 125 escolas e construção de outras novas unidades de ensino.

 

“Prédios escolares novos e equipados interferem positivamente na aprendizagem dos nossos estudantes e também no trabalho dos professores. Já são mais de R$ 28 milhões investidos na recuperação de 42 escolas. E vamos fazer muito mais, inclusive temos programação de construção de mais 100 escolas”, disse o governador.

 

Uma outra obra que está em andamento e bem adiantada é a construção da nova sede da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), no Centro da Capital. O prédio contará com área total de 2.557,12 m², e uma estrutura moderna que terá quatro andares, incluindo o térreo.

 

No local funcionará a estrutura administrativa, auditório com capacidade para 200 pessoas, área especial para eventos, fachada em pele de vidro e acessibilidade em todos os pisos. A obra está com previsão de inauguração para junho de 2023 e é realizada com recursos do Tesouro Estadual e Governo Federal que totalizam R$ 12 milhões em investimentos.

 

Concursos Públicos e valorização profissional

 

2022 também foi o ano das novas contratações. O Governo de Roraima realizou dois grandes concursos públicos para professores que ofertaram juntos 1.650 vagas imediatas.

 

Até o momento foram empossados 1.265 docentes sendo 548 para a Educação Escolar Indígena. Uma ação de valorização da Carreira do Magistério Público que, além de promover a melhoria do processo educacional, proporciona segurança e estabilidade financeira aos profissionais.

 

Salários em dia e com valores acima do piso nacional, pagamento de R$ 26,5 milhões de progressões verticais a 2.051 docentes (aguardadas há 14 anos), pagamento de verbas rescisórias, aprovação do novo PCCR (Plano de Cargos Carreiras e Remunerações) dos técnicos educacionais e pagamento do abono pecuniário extraordinário para 8.822 servidores da educação na ordem de R$ 8 mil reais, integram o pacote de ações relacionadas à valorização dos profissionais.

 

“O Governo do Estado vem demonstrando compromisso e respeito com os profissionais que fazem a Educação em Roraima, inclusive com as portas sempre abertas ao diálogo com o sindicato que representa a categoria. Para 2023, os investimentos vão continuar tanto na área da estrutura física, de pessoal e quanto pedagógica. Nosso objetivo é melhorar os nossos índices educacionais”, destacou o secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita.

 

Ele adiantou ainda sobre uma parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) para trazer o curso de Mestrado para Roraima em 2023, contemplando inicialmente 70 professores na primeira turma.

 

Tecnologia e novo ensino médio

 

Outra ação importante em 2022 foi o investimento em tecnologia educacional com a distribuição de 21 mil tablets e chips de internet para estudantes e professores do Ensino Médio, a fim de potencializar as ações pedagógicas. Também foram distribuídos kits de robótica, computadores e notebooks para as escolas da rede.

 

Também merece destaque em 2022, a efetivação da implementação do Novo Ensino Médio, que traz entre as principais mudanças, a ampliação da carga horária anual (de 800 horas para 1.000 horas) e os Itinerários Formativos, (parte flexível do currículo), a qual deve se desenvolver em três componentes: Aprofundamento, Eletivas e Projeto de Vida.

 

O novo modelo foi implementado em 14 escolas neste ano e até o final de 2023, todas as 153 escolas que ofertam esta etapa de ensino devem concluir o ciclo de implementação.

 

“Sabemos que muita coisa ainda precisa ser feita para alcançarmos a melhoria da qualidade do processo educacional, mas também precisamos reconhecer todos os avanços até aqui. Essa é uma gestão que tem compromisso e que vai continuar trabalhando para transformar a Educação de Roraima”, complementou Nonato Mesquita.

 

Avalie este item
(0 votos)

Ser qualificado é fundamental para ter êxito na profissão, e, para garantir a qualidade do trabalho no serviço público, o Governo de Roraima tem investido cada vez mais na oferta de cursos de qualificação para servidores civis e militares. Por meio da Apics (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago) 3.938 policiais foram capacitados nos últimos quatro anos.

 

Desse total, 1.031 foram atendidos em 2019; 352 no ano seguinte; 1.040 no ano passado e 1.525 policiais beneficiados este ano.

 

“Temos nos empenhado para proporcionar aos nossos servidores oportunidades de qualificação, para que eles adquiram mais conhecimento e tenham condições de atuar com excelência, mas para isso sabemos que estar atualizado em relação às novas dinâmicas é fundamental para desempenhar a rotina de trabalho com responsabilidade”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

De acordo com a diretora da Apics, delegada Giuliana Castro, a capacitação de servidores é fundamental para garantir a eficiência na prestação dos serviços.

 

“É uma iniciativa fundamental para que tenhamos uma equipe preparada e com domínio do desempenho das atividades. E nesse sentido o Governo tem dado a atenção especial aos nossos servidores promovendo a qualificação que vai ajudá-los no crescimento profissional”, complementou.

 

 

Servidores agradecem oportunidade de crescimento profissional

 

De acordo com a sargento Naiara Costa de Mesquita Souza, servidora há 14 anos, desde 2008, quando ingressou na Polícia Militar de Roraima, aproveita as iniciativas da gestão para participar dos cursos ofertados.

 

“Os cursos que são realizados na Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago são fundamentalmente importantes para o nosso desenvolvimento e aperfeiçoamento profissional. São bem planejados,  organizados e conduzidos com muito profissionalismo e dedicação pelos profissionais que ali atuam”, disse.

 

Segundo ela, o investimento que o Governo de Roraima faz na Segurança de Pública é visando benefícios para a sociedade roraimense. “E eu me sinto honrada em fazer parte dessa história de sucesso”, agradeceu.

 

“Sem dúvidas são cursos que vão contribuir muito para o engrandecimento da formação profissional dos servidores, pois trata-se de cursos em áreas estratégicas que possibilitarão aos nossos policiais ainda mais domínio e no desempenho de suas tarefas diárias”, ressaltou a delegada Giuliana.

 

Cursos contribuem para a melhoria da rotina de atuação policial 

 

Entre os cursos de aperfeiçoamento disponibilizado estão Formação de Oficiais Policiais Militares, Especial de Formação de Sargentos PM, Formação de Sargentos Bombeiro Militar, Formação de Cabos, Formação de Soldados,  Aperfeiçoamento de Sargentos Músicos Policiais Militares.

 

E ainda: Curso de Operações de Combate a Incêndio Florestal, Conduta de Sobrevivência e Autoproteção Policial, Salvamento Aquático do Corpo de Bombeiro Militar de Roraima, Segurança Orgânica, “Abordagem Policial à Pessoa Surda”, Operações Policiais Ambientais, Resgate e Atendimento Pré-Hospitalar, Prática de Tiro, Manejo e Manuseio de Arma De Fogo, Fiscalização Ambiental, Mergulho Autônomo, Tiro Defensivo Prisional, entre outros.

Avalie este item
(0 votos)

A Coordenação de Projetos Estratégicos, da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), concluiu neste mês de dezembro, quatro novos relatórios técnicos de gestão que contribuirão para o desenvolvimento do Estado.

 

Em destaque, a Produção Agropecuária 2022, além das pesquisas sobre o Ambiente de Negócios em Boa Vista, a Satisfação dos Expositores e Visitantes na 41ª Expoferr e a Capacidade de Recebimento e Armazenamento de Grãos em Roraima.

 

Segundo a coordenadora Angelita Vogel, a atualização dos dados reflete o crescimento produtivo e econômico roraimense neste ano. “Nos últimos meses, analisamos diferentes perspectivas, onde encontramos muitos resultados positivos. Contudo, também documentamos carências e falhas importantes que vão possibilitar novas políticas públicas”, disse.

 

Para o secretário Emerson Baú, o Governo de Roraima tem centrado forças no bem-estar da população, fomentando infraestrutura e segurança jurídica em favor do desenvolvimento. “Os projetos realizados pela gestão do governador Antonio Denarium refletem a política de expansão dos negócios, favorecendo quem trabalha e produz. Dessa forma, nosso Estado vem crescendo economicamente, apresentando resultados estimulantes para grandes investimentos, principalmente, na cadeia produtiva”, reforçou.

 

SAFRA 2022

 

O Relatório Técnico de Grãos sintetizou os resultados da produção de arroz, milho e soja, identificando os municípios de Alto Alegre, Amajari, Boa Vista, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Iracema e Mucajaí como os principais produtores de grãos, concentrando grandes propriedades e o agronegócio empresarial.

 

Os demais municípios como Caroebe, Normandia, Pacaraima, Rorainópolis, São João da Baliza e Uiramutã aparecem na pesquisa com áreas de produção situadas em unidades da Agricultura Familiar e Indígena, destacando a produção de milho e feijão.

 

Em números, o documento reforça mais de 190 propriedades produtoras fomentando 125,4 hectares de grãos em 2022, o que representa crescimento de 34,95% em relação ao ano anterior.

 

Segundo os coordenadores Marcelo Hentges e Regis Monteiro, o levantamento destaca a implantação dos projetos de fortalecimento da Agricultura Familiar desenvolvidos pelo Governo de Roraima reforçando a produção de milho e feijão em áreas de assentamentos da reforma agrária e terras indígenas, totalizando mais de 1.800 hectares distribuídos em todo o Estado.

 

“Os resultados desse projeto garantem a manutenção e o crescimento da produção de milho em Roraima e apresenta também uma tendência de queda em grandes propriedades devido à alta dos insumos. Mas dada a importância do milho na composição de rações como principal ingrediente, o Projeto de Grãos tem rompido paradigmas, garantindo, sobretudo, a oferta do produto no mercado regional”, complementou Hentges.

 

SOJA, ARROZ E MILHO

 

Somente com o plantio da soja, mais de 100 mil hectares foram plantados em 2022, correspondendo a um crescimento significativo de 42,6% em relação a 2021. Quanto à perspectiva para a cultura do grão em 2023, o relatório prevê o aumento da área de lavoura em 21,2%, com produtividade média de 59,7 sacas por hectare de soja.

 

Na produção de arroz, o relatório destaca 9.700 hectares de área plantada, referindo Boa Vista, Amajari, Bonfim e Normandia totalizando 18,5% de crescimento produtivo em relação a 2021. O município de Bonfim é o maior produtor de arroz do Estado, plantando esse ano 6.100 hectares.

 

A produção de milho em 2021 concentrou-se em sete municípios do Estado, totalizando 13.590 mil hectares de área plantada, com uma produção de 93.327,5 toneladas e produtividade de 111 sacas por hectares. Em 2022, somente São Luiz não cultivou milho, e a área plantada de milho ficou distribuída em 14 municípios, importando num crescimento de 4,95%, totalizando 14.263,6 mil hectares.

 

“Devido ao período de chuvas prolongado em Roraima, o processo de colheita do milho ainda está sendo finalizado, favorecendo a produção do grão numa estimativa de 94.995,5 toneladas para 2022”, detalhou Hentges.

 

SILOS

 

O armazenamento de grãos em silos apresenta vários benefícios, entre eles está a diminuição das perdas na produção, redução dos gastos com transporte, garantia da qualidade dos produtos armazenados e a utilização do produto em momento oportuno.

 

Conforme o Levantamento de Recebimento e Armazenamento de Grãos, os Silos em Roraima estão localizados nos municípios de Boa Vista, Cantá, Bonfim, Alto Alegre e Mucajaí. A Capital concentra 61,5% dos Silos, sendo seis deles na área urbana com estocagem apenas de arroz. Outros dois estão na área rural, dentro de fazendas, e mais cinco aparecem nas imediações do setor urbano.

 

Segundo a Pesquisa, 21 empreendimentos no Estado possuem Silos, mas somente 20 estão em funcionamento com capacidade total de armazenar 301.180 toneladas de grãos. Por safra, os Silos podem receber até 550.460 toneladas, sendo que a rotatividade da colheita de grãos também permite maior recebimento do que o armazenamento.

 

Em 2021, os silos receberam 204.066 toneladas de grãos, com destaque para o arroz (81.130t) e a soja (76.206t), juntos representaram 77,1% do total de grãos recebidos. Já em 2022, a expectativa de recebimento é de 337.930 t, sendo 201.740 t apenas de soja. Comparado ao ano anterior, o crescimento projetado estima 65,5%.

 

EXPOFERR 2022

 

O sucesso da Expoferr 2022 (Exposição Feira Agropecuária de Roraima) também foi registrado em pesquisa da Seadi, destacando a vitrine de negócios, conforto, tranquilidade, entretenimento, cultura e segurança em favor do desenvolvimento econômico estadual.

 

Segundo o documento, a Expoferr arrecadou mais de R$ 300 milhões em volume de negócios, contabilizando também uma média recorde de 70 mil visitantes por dia, movimentando, ao todo, mais de 300 mil pessoas curtindo os shows e demais atrativos instalados no Parque de Exposições Dandãenzinho, durante os dias 11 a 15 de novembro, no bairro Monte Cristo, zona Rural de Boa Vista.

 

A aceitação dos expositores, instituições parceiras e sociedade também foi documentada, além da revitalização do Parque, variedade de produtos, limpeza, infraestrutura, segurança e organização.

 

Ainda em números, a Expoferr 2022 comportou mais de 190 expositores dos mais variados segmentos, além de 140 bares, incluindo restaurantes. Durante o evento, as linhas de crédito e financiamentos foram atuantes na realização dos negócios, bem como os segmentos variados de expositores que lucraram com a venda de veículos leves e pesados, máquinas e equipamentos agrícolas, produtos agropecuários, serviços, movelaria, setor de gastronomia, além de incentivos para Agricultura Familiar e Indígena.

 

NEGÓCIOS

 

Sobre o Ambiente de Negócios em Boa Vista, a pesquisa abrangeu os segmentos do comércio, indústria e serviços, identificando características e expectativas de curto prazo. A metodologia aplicada utilizou um questionário semiestruturado abordando a Caracterização e Condição Atual das Empresas, o Nível de Confiança e a Atuação da Gestão Pública.

 

Para Max Fraga, coordenador de Competitividade Industrial e Comercial, o relatório identificou a atuação de diferentes empreendimentos, observando o perfil empresarial, além da busca por matéria-prima. “O documento ainda destaca fatores cruciais para a amplitude comercial e de serviços em Boa Vista, bem como a expectativa de investimentos e aperfeiçoamento de gestão e atendimento ao cliente com suporte do Governo de Roraima”, salientou.

Avalie este item
(0 votos)

Em funcionamento no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal tem feito a diferença na vida de muitos recém-nascidos, sendo a primeira UTI neurológica de Roraima.

 

Desde a implantação, em setembro deste ano, a unidade recebeu 13 recém-nascidos prematuros. O setor dispõe de monitoramento 24h por profissionais da própria Maternidade e pediatras do estado de São Paulo.

 

“Eles são monitorizados 24h por um eletroencefalograma e por meio desse aparelho podemos ter uma melhor neuroproteção desses pacientes e detectando de forma precoce alguma atividade epilética”, afirmou o pediatra Neonatologista, Rafael Freitas.

 

Ao todo, a UTI Neurológica possui um leito que é inteiramente voltado para o tratamento de asfixia perinatal, onde a equipe realiza exames clínicos, eletrográficos e de sangue que mostram o grau de oxigenação no cérebro do bebê, a fim de diminuir os riscos de complicações na saúde neurológica.

  

Entre os casos mais comuns estão a apneia e a anoxia neonatal, que é uma condição de privação ou diminuição de oxigênio no cérebro do bebê. E também casos de transtornos convulsivos silenciosos, onde não são perceptíveis os tremores.

 

Segundo o pediatra, a falta de um pré-natal adequado pode acarretar em um parto prematuro e difícil, sendo esses um dos motivos para internar o recém-nascido na UTI neurológica.

 

“Os pacientes que são selecionados [para passar pela UTI Neurológica] geralmente são prematuros. Muitas vezes as mães não fazem um pré-natal adequado ou então incompleto durante o processo de gestação, e no nascimento do bebê acabam por apresentar vários problemas, tendo um parto difícil que pode levar a anoxia”, ressaltou o pediatra.

Avalie este item
(2 votos)

O Governo de Roraima, por meio do Iater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural), apoia o Projeto Ambiental e Patriótico “Pau-Brasil, no extremo norte do país”. E nesta sexta-feira, dia 30, o Iater recebeu a primeira placa do projeto da espécie que foi plantada na frente da sede do Instituto.

 

A entrega foi feita pelo fundador do projeto, 2º Ten QEPM José Alexandre Faustino. “O intuito do projeto é fazer renascer o espírito patriótico na nova geração, além de contribuir com a preservação do meio ambiente e fazer que Roraima seja reconhecido em nível nacional. O projeto está sendo implantado em todos órgãos públicos do estado de Roraima”, explicou.

 

O presidente do Iater, Marlon Cristiano Buss, ressaltou que receber a primeira placa de identificação é uma honra. “Estamos felizes em contribuir com o projeto. A planta está com vigor excelente, folhas verdes, bem nutrida, sinal que está sendo bem cuidada. E todos nós temos a obrigação de proteger e cuidar dessa muda para que daqui 30 anos as pessoas possam ver o resultado desse importante trabalho”, frisou.

 

O pau-brasil durante o período colonial foi uma das principais fontes de renda. Na época, a extração estava associada à construção civil e naval. Do lenho, também era extraído um tipo de corante, usado para colorir roupas e confeccionar tinta para escrever.

 

Em 2004 essa espécie entrou oficialmente na lista de árvores ameaçadas de extinção. Hoje, a árvore pau-brasil encontra-se protegida por lei e não pode ser cortada.

Avalie este item
(0 votos)

O secretário Emerson Baú, titular da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), está deixando a pasta do Governo do Estado para ocupar a superintendência do Sebrae-RR (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Roraima), a partir de janeiro de 2023.

 

Na despedida, Baú fez uma avaliação dos serviços realizados na Seadi e afirmou que o Governo deixará projetos finalizados para o próximo mandato. “Hoje, concluímos um ciclo intenso de serviços prestados para a sociedade roraimense, deixando um legado de desenvolvimento inédito e promissor de novos cenários com a futura gestão”, detalhou.

 

Ele disse que em março de 2022 iniciou a estruturação organizacional da Seadi buscando monitorar e avaliar as políticas públicas estaduais relativas aos setores produtivos, atuando no fomento da agricultura, indústria, comércio regional e internacional, serviços e inovação com ênfase na geração de emprego e renda recorrentes ao desenvolvimento sustentável.

 

“Em 2022, estou completando quatro anos de gestão pública, onde obtive um aprendizado imensurável. E uma vez aqui, percebi o quanto é necessário mantermos um esforço extraordinário para o desenvolvimento do Estado", avaliou.

 

Na oportunidade, o secretário também agradeceu o empenho dos servidores e colaboradores da Seadi, que, segundo ele, são pessoas que trabalham de forma ativa e precisa cumprindo o orçamento da pasta à risca.

 

"Deixo na Seadi um corpo técnico sinergético construído nestes últimos dez meses em que juntos atuamos dando o melhor de si, cada um em seu ambiente organizacional, aferindo a solidez do comprometimento. Deus nos colocou nesse caminho. Assim, agradeço também ao nosso governador Antonio Denarium e a primeira dama Simone Denarium pela atuação sensível em favor do desenvolvimento do povo roraimense. Contudo, são passagens como essa nos fortalece para encarar novos projetos em nossa vida”, reforçou.

 

O governador Antonio Denarium agradeceu o empenho dedicado por Baú na gestão da Seadi. “O [Emerson] Baú é um profissional de excelência, que potencializou as ações de Governo ao longo desses quatro anos, tanto no planejamento quanto na agricultura, promovendo desenvolvimento social e econômico. Nessa nova jornada, no Sebrae-RR, eu tenho a certeza de que ele vai desenvolver um grandioso trabalho e continuar ajudando o Estado de Roraima”, disse.

 

AGRICULTURA FAMILIAR E DISTRITO INDUSTRIAL

 

Para Emerson Baú, a Seadi ainda tem muito por realizar no que tange à jornada de benefícios para os agricultores, principalmente, na Agricultura Familiar.

 

"Em nossa gestão, entregamos implementos e tratores em todo o Estado, além do maior projeto de produção na Agricultura Familiar. Neste momento, a colheita de milho continua a todo vapor, além da atuação da equipe Seadi no Distrito Industrial assegurando títulos definitivos, bem como os negócios internacionais integrando com os mercados de fronteira, estabelecendo o fluxo da exportação de produtos também pela ampliação da economia regional”, destacou.

 

REALIZAÇÕES

 

"Nesse incessante período de trabalho realizamos diferentes serviços em favor do povo roraimense, destacando a Aprovação do ZEE-RR [Zoneamento Ecológico-Econômico]; Ampliação dos Benefícios Fiscais aos produtores; Assistência Técnica por meio do Agro em Campo; Criação do Iater [Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural]; Regularização e Censo das empresas no Distrito Industrial; Crescimento da produtividade agrícola e atração de investimentos para Roraima; Tecnologia e Sustentabilidade com a criação da Faper [Fundação de Amparo à Pesquisa]; Estruturação e Evolução do Plano Roraima 2030; Novos acordos de exportação com a Caricom; Coordenamos a Expoferr 2022; Desenvolvemos o site da Seadi e o Calendário Agrícola de Roraima, entre outros projetos fundamentais de desenvolvimento. Temos orgulho dessa trajetória", destacou.

Avalie este item
(0 votos)

Referência entre as unidades que realizam serviços de urgência médica no Estado, o Pronto Atendimento Cosme e Silva realizou 167.372 atendimentos em 2022, entre 01º de janeiro a 28 de dezembro.

 

O quantitativo supera os 149.187 atendimentos realizados durante o ano de 2021. A unidade recebeu uma série de investimentos do Governo do Estado para melhorar a sua capacidade de resposta às necessidades dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

“A unidade aumentou o quantitativo de médicos, enfermeiros, técnicos e criamos a sala fast [rápida] que é uma novidade do estado que visa agilizar o atendimento. Então, antes o paciente mais simples que esperava por horas, agora espera de 15 a 20 minutos para ser atendido”, afirmou o responsável pela administração da unidade, Valtecy Mendes.

 

Situado na rua Delman Veras, no bairro Pintolândia, o Cosme e Silva acolhe a demanda de grande parte da população da zona Oeste da Capital, registrando uma média de 14 mil atendimentos por mês. A unidade funciona 24h/dia, todos os dias da semana.

 

Uma das novidades implantadas neste ano pela Sesau (Secretaria de Saúde) é a Sala Rápida, um local destinado para atender situações que poderiam ser resolvidas em UBS’s (Unidades Básicas de Saúde).

 

O Cosme e Silva também dispõe de sala de vacina, salas de isolamento de covid-19 e malária, sala de observação e outra de estabilização para casos mais graves. Além de exames, caso necessário, como raio-x e eletrocardiograma.

 

2022 também foi o ano onde a unidade recebeu grande volume de investimentos em aquisição de insumos para atender e tratar essa crescente demanda dos pacientes.

 

“Apesar de o quantitativo de pacientes ser muito grande aqui [no PACS], nós estamos conseguindo absorver [os pacientes]. Nós temos recebido muito mais medicamentos com uma variedade maior, e com isso fazemos o tratamento de todos os pacientes que chegam à unidade”, ressaltou Valtecy.

 

O autônomo Yvan José Figuera, de 59 anos, aguarda a data de uma cirurgia, e, enquanto não se confirma, o imigrante tem ido ao pronto atendimento para tratar de algumas dores que sente.

 

“A equipe tem nos recebido muito bem e [meu pai] tem melhorado. Estamos só aguardando a alta do médico”, complementou a filha do imigrante, Losbel Figuera.

Avalie este item
(0 votos)

O estado de Roraima recebeu diversos investimentos na infraestrutura nos últimos anos. Em 2022, o Governo Estadual injetou R$ 81.251.274,98, destinado à realização de 29 obras públicas, que já foram entregues a população. O Estado trabalha de forma planejada e um dos eixos que merecem destaque na atual gestão é o da infraestrutura.

 

Dentre as obras em destaque, 41 escolas foram revitalizadas e 10 estão com obras em andamento, que são executadas em parte pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura) e Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

 

Na área da segurança pública recentemente foi entregue o primeiro estande de tiro da Polícia Militar. O local possui 470 metros quadrados, com isolamento acústico e área de tiro para arma curta e outra área para armamento de cano longo. A instalação possui seis raias, três de 50 metros e três de 25 metros, com segurança, acústica moderna e em modelo “indoor”, que oferecem proteção contra as condições climáticas adversas e podendo ser operada 24 horas por dia.

 

Além disso, foi feita a ampliação do Centro de Referência da Saúde da Mulher Maria Luiza Castro Perin. As Casas do Produtor Rural dos municípios de Cantá, Mucajaí, Uiramutã, Alto Alegre foram todas reformadas e todos os prédios ligados à Setrabes (Secretaria de Trabalho e Bem Estar Social) também passaram por reforma geral.

 

Na área do esporte e lazer foi entregue o complexo esportivo de Novo Paraíso (Caracaraí), Campo de Futebol da comunidade indígena do Boqueirão (Alto Alegre), Ginásio Poliesportivo de Pacaraima e a Praça Interativa José Haddad.

 

Em breve outras obras serão entregues à população, entre elas: o campo de futebol e pista de atletismo do Parque Anauá, que está com 60 % dos serviços concluídos; a nova sede do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima) que vai funcionar no antigo Boa Vista Shopping e está com 80% da obra concluída, e o Parque aquático Ottomar de Souza Pinto, em Caracaraí, com 60% da obra concluída.

 

 

Governo investe R$ 76 milhões na recuperação de estradas, pontes e vicinais

 

Para dotar Roraima de uma infraestrutura moderna de transportes, o Governo atuou de forma eficiente e transparente na aplicação de recursos, assim foi possível recuperar estradas, pontes e pavimentar alguns trechos.

 

Nesses quatro anos de governo foram investidos na infraestrutura das estradas R$ 76 milhões. De 2019 a 2022 foram recuperados 2.900 quilômetros de estradas. No mesmo período foram construídos 3.685 metros de pontes de madeira. E foram entregues cinco pontes de concreto com extensão total de 120 metros, construídas ao longo da RR-325, entre os municípios de Mucajaí e Alto Alegre.

 

O trabalho de manutenção nas estradas dos 15 municípios de Roraima continuará em 2023. Assim como a construção de pontes de madeira e serão construídas mais três pontes mistas de concreto e aço, sendo uma na RR-205 e duas na RR-206, trecho que liga Boa Vista a Vila São Francisco.

 

PAVIMENTAÇÃO

 

Entre as rotas de escoamento de produção mais utilizadas pelos agricultores no Estado, diversas rodovias estão recebendo asfalto. O Governo está investindo R$ 202.279.245,03 na melhoria na malha viária das rodovias estaduais, incluindo a implantação das sinalizações nas estradas.

 

A RR-342, que liga a BR-174 e a Vila do Taiano, em Alto Alegre, conta com 28 quilometro de asfalto novo e está em execução mais 18km. A Vila São Silvestre, localizada no mesmo município também está recebendo asfalto. Os moradores do Sul do Estado serão beneficiados com a pavimentação da Vicinal 26, que liga o município de São João do Baliza a Nova Colina.

 

O trecho de 18 quilômetros da vicinal 28 está sendo pavimentado. Ainda no SUL do Estado, na Vicinal 09 que liga a Vila Martins Pereira, até a Vila Moderna, em São Luiz também recebe asfalto.

 

No município do Cantá, a estrada Tronco Malacacheta está passando pelos serviços de terraplanagem e receberá 12 quilômetros de pavimentação. E no Amajari, a estrada do troco Trairão, no trecho de 17km, receberá em breve a camada asfáltica.

 

No bairro Cidade Satélite, em Boa Vista, está em execução à duplicação da rodovia RR-205, no trecho urbano que vai até o anel viário, com extensão de 18 Km.

 

ELETRIFICAÇÃO

 

O Governo também tem investido na melhoria da iluminação pública dos municípios. Em 2022, as ruas de Iracema ficaram mais iluminadas. Isso se deve aos trabalhos de modernização do sistema de iluminação com tecnologia em LED.

 

Foram investidos recursos no valor de R$ 1.386.023,05 para a  instalação de 711 pontos de iluminação.  A opção pelo LED gera economia de, no mínimo, entre 30% e 40%  e, dependendo do caso, pode chegar a 50% .  O que significa mais segurança aos moradores e economia na conta de energia do município.

 

O município do Cantá, por exemplo, foi beneficiado com a modernização da iluminação em LED, atendendo também o distrito de Santa Cecília.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Seplan (Secretaria de Planejamento e Orçamento) e Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), inicia nesta quinta-feira, 29, uma consulta pública quanto ao Planejamento do Eixo de Desenvolvimento Sustentável - Roraima 2030.

 

A consulta objetiva a participação popular para inserir ideias inovadoras no fomento das cadeias produtivas, empreendedorismo comercial e mercado competitivo.

 

Para participar do processo, é preciso acessar o endereço eletrônico: https://seadi.rr.gov.br/eixo/. Baixar o documento e, em seguida, apresentar as ideias em favor do Estado.

 

Segundo o governador Antonio Denarium, o Plano estabelece estratégias a longo prazo em sintonia com os desafios socioambientais da Amazônia, assegurando o aproveitamento racional dos recursos naturais com incentivo e apoio à produção sustentável em todo o Estado, promovendo efetiva qualidade de vida nas pessoas.

 

“Nesse intuito, o Governo de Roraima convida toda a população, além das Instituições vigentes, para somar neste processo de futuro oferecendo sugestões sobre o Eixo de Desenvolvimento Sustentável, que garantem ações governamentais que colaborem com um ambiente favorável de crescimento defensável para nossa região”, destacou Denarium.

 

O titular da Seplan, Diego Prandino, disse que o Roraima 2030 traça planos e objetivos fundamentais para os eixos principais da política pública. “O Roraima 2030 é uma ação inédita pensando nos anos subsequentes do Estado com técnicas importantes de políticas públicas visando novos sistemas de segurança e processos de produção sendo trabalhados como alavancas de sustentabilidade e desenvolvimento”, reforçou.

 

O secretário da Seadi, Emerson Baú, afirmou que dentro do eixo sustentável, o plano cria uma ambiência positiva e segura de gestão agroambiental, governança fundiária, qualidade sanitária, além do etnodesenvolvimento nas terras indígenas.

 

EIXO SUSTENTÁVEL

 

O Plano Roraima 2030 – no eixo de Desenvolvimento Sustentável - propõe a construção de políticas públicas empreendedoras, inovadoras e efetivas para o crescimento econômico estadual aproveitando as condições especiais de produção, além do fomento ao bem-estar, saúde, educação, gestão econômica, segurança e infraestrutura.

 

Nesse intuito, o Roraima 2030 permite o melhor direcionamento dos esforços governamentais, propiciando o bem viver das pessoas no estímulo aos negócios, valorizando a sustentabilidade e a biodiversidade frente às oportunidades de produção, geração de emprego e renda.

Avalie este item
(0 votos)

Com objetivo de informar aos produtores rurais sobre a melhor época de plantio e condução da lavoura, o Governo do Estado, por meio da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), lançou, nesta quarta-feira, dia 28, o Calendário Agrícola de Roraima.

 

O instrumento, além de beneficiar os agricultores, poderá ser utilizado por instituições públicas e financeiras no incentivo de projetos potenciadores do universo agro. “O planejamento agrícola é responsável pelas estratégias de gestão objetivando a redução de custos, fomento da produtividade e sustentabilidade dos negócios”, detalhou o governador Antonio Denarium.

 

Segundo o secretário de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação, Emerson Baú, nessa perspectiva, os bons resultados atrelados aos processos do plantio necessitam do melhor planejamento e seguridade da execução, evitando o máximo de prejuízos aos produtores rurais.

 

ENTENDA COMO FUNCIONA

 

Durante o ano, o calendário ajusta as principais etapas das diferentes culturas agrícolas, destacando informações sobre o preparo do solo, semeadura/plantio, trato e colheita. “Como as condições climáticas de Roraima são diferenciadas, o calendário apresenta, em parte, conhecimentos voltados para a região Norte e, noutra, para a região Sul, bem como informações específicas para a produção da Olericultura”, reforçou Baú.

 

Na confecção do Calendário, a Seadi tomou como base o exemplar utilizado pela Secretaria de Agricultura em 2006, bem como os Zoneamentos Agrícolas de Risco Climático elaborados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

 

“Além do corpo técnico da Seadi, a produção do Calendário Agrícola Roraimense também contou com auxílio da equipe do Iater [Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural], que entre as observações, situou o preparo do solo para as regiões de mata iniciando de outubro a abril. E para os locais de cerrado, de janeiro a abril, devendo o produtor atentar ao ciclo de cada cultura quanto às variedades precoces e tardias implantadas”, complementou Baú.

Avalie este item
(0 votos)

Ao longo deste ano, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) realizou diversas campanhas para manter o estoque bem abastecido, atendendo as demandas de sangue das unidades hospitalares de todo o Estado.

 

Nesse período, a unidade contabilizou 4.570 doações de reposição, que são destinadas para o atendimento das cirurgias de emergência.  Esses doadores geralmente são amigos ou familiares vinculados a um paciente internado que necessitará de transfusão imediata.

 

“O paciente que vai necessitar dessa reposição é alguém que se enquadra nas cirurgias eletivas, que são as cirurgias não emergenciais. E para isso é indicado pelo menos dois doadores para fazer essa reposição de sangue, então sempre sensibilizamos a família ou amigos próximos para que eles nos procurem e façam essa doação”, explica a Assistente Social, Hellen Bessa.

 

De acordo com ela, a presença desse tipo de doador é importante, uma vez que evita a queda brusca do estoque de sangue, ajudando a manter a realização de cirurgias nos hospitais de referência do Estado, como o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

 

Caso o voluntário se interesse em doar sangue para alguém que fará uma cirurgia eletiva, é preciso direcionar a solicitação para a recepção. Após a doação, é necessário solicitar um atestado que deve ser entregue ao paciente internado na unidade hospitalar.

 

“No final da coleta, ele precisa sair com um atestado que fez a doação e depois deverá ser entregue para o paciente que irá ser internado ou familiar dele, onde essa pessoa vai sinalizar no hospital que já foram realizadas as reposições solicitadas pela unidade hospitalar”, explicou a assistente social.

 

O agente de trânsito Ednaldo Faustino de Lima, 47 anos, é doador há mais de 25 anos. Ele foi até o Hemoraima para fazer uma doação de reposição em prol de um amigo que estava internado no HGR.

 

“Doar sangue é necessário para salvar a vida de quem está precisando, e naquele momento [da doação] é o que você pode dar o melhor. Hoje, eu estou podendo fazer por ele, mas amanhã pode ser ao contrário”, complementou o funcionário público.

 

COMO DOAR?

 

Para ser doador de sangue é necessário pesar no mínimo 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos. Caso o doador seja menor de 18 anos, é necessário que o mesmo tenha o consentimento formal dos pais ou de responsável legal.

 

É preciso apresentar a identificação oficial física (Identidade, habilitação ou carteira de trabalho).

 

O Hemoraima fica na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 3418, bairro Aeroporto. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h, e das 13h30 às 17 horas.

 

Avalie este item
(0 votos)

Durante 15 dias o Palácio Senador Hélio Campos proporcionou para aproximadamente 12 mil pessoas uma experiência única: a sensação de estar na França.

 

Com uma decoração totalmente inspirada no Palácio de Versalhes, famílias inteiras visitaram a sede do Governo para registrar por meio de fotografias e vídeos a magia transmitida pelas árvores, bonecos, iluminação e móveis decorativos que resgatam o espírito de Natal.

 

O capitão Júlio Cesar, da Casa Militar do Governo de Roraima, ressaltou que durante esse período, os responsáveis pela segurança do local não receberam acionamento para nenhum tipo de ocorrência ou imprevisto, sendo que todas as visitas foram pacíficas.

 

“Registramos muitas pessoas de outros Estados, que elogiaram a organização. Todos que visitaram enfatizaram nunca terem visto uma decoração tão bonita no estado de Roraima! O público maior era de crianças, idosos e pessoas que contrataram fotógrafos particulares para fazer book´s”, ressaltou o capitão.

 

Até o dia 30 de dezembro, o Palácio Senador Hélio Campos estará aberto das 8h até meia noite para visitação.

 

“A cada dia, mais e mais famílias visitam nosso Palácio para registrar momentos lindos na decoração natalina. Fiquei muito feliz e satisfeito com o resultado. Convido a todos a prestigiarem, já que a visitação estará disponível até o dia 30 de dezembro. Tenho certeza que vão sentir a magia que emana pelos quatro cantos desse lugar especial”, reforçou o governador Antonio Denarium.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima divulgou os editais de matrículas para o ano letivo 2023. A rede estadual de ensino ofertará 22.697 novas vagas para escolas da Capital, Interior e Indígenas. As novas matrículas serão de 09 a 13 de janeiro e as aulas vão iniciar no dia 1° de fevereiro de 2023.

 

Na capital Boa Vista, foram ofertadas 11.933 vagas e destas, 4.217 já foram preenchidas com o sorteio público para 20 colégios estaduais militarizados e escolas Euclides da Cunha e Lobo D’Almada (resultado disponível para consulta no link https://is.gd/colegiosmilitarizadosrr).

 

Ficaram disponíveis para as escolas da Capital, 7.716 vagas, sendo 3.215 para o 6° ano do Ensino Fundamental, 3.311 para a 1ª série do Ensino Médio e 1.190 para a EJA (Educação de Jovens e Adultos).

 

No Interior, para as escolas localizadas nas zonas urbana e rural dos municípios, estão sendo ofertadas 8.981 vagas, sendo 2.913 para o ingresso no 6° ano do Ensino Fundamental, 2.638 para a 1ª série do Ensino Médio e 3.430 para a EJA. Para a educação escolar indígena serão disponibilizadas mais 6 mil novas vagas.

 

“Estamos preparados para receber os novos alunos que vêm da rede municipal de ensino e também os estudantes imigrantes, que é uma realidade em nosso Estado. Reforçamos que há vagas suficientes para atender toda a população em idade escolar, de forma que ninguém ficará fora da sala de aula”, reforçou diretora do Departamento de Educação Básica, da Secretaria de Educação e Desporto, Nildete Melo.

 

Para os estudantes que vão permanecer na mesma escola, a matrícula é feita de forma automática, mediante o avanço de um ano para o outro. Já as transferências, essas podem ser efetuadas a qualquer tempo, basta que o pai ou responsável procure a secretaria escolar.

 

MATRÍCULAS NOVAS SERÃO EM JANEIRO

 

O período de matrículas novas na rede estadual será de 09 a 13 de janeiro. Os pais ou responsáveis devem dirigir-se às escolas pretendidas e efetuar a matrícula diretamente na secretaria da escola.

 

É necessário apresentar cópia e original dos seguintes documentos: histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno. E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado (não é obrigatório); cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e duas fotos 3x4 recentes.

 

Os pais ou responsáveis de estudantes que foram sorteados para os colégios estaduais militarizados e escolas Euclides da Cunha e Lobo D’Almada também devem procurar as unidades de ensino para fazer as matrículas entre 09 a 12 de janeiro, conforme cronograma abaixo (tabela). Caso a matrícula não seja efetivada nesse período, a vaga será disponibilizada para convocação dos estudantes que estão na lista de espera a partir do dia 13 de janeiro.

Avalie este item
(0 votos)

A festa da virada de ano é um dos momentos mais esperados por milhares de pessoas e a chegada de 2023 tem tudo para ser uma belíssima festa. É o tradicional Réveillon do Parque Anauá que reúne as famílias.

 

Para garantir a segurança e encantar o público presente, o Governo do Estado, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo) segue o planejamento com a finalização dos últimos ajustes.

 

Segundo o governador Antonio Denarium, a festa de Réveillon do Parque Anauá está sendo organizada para todas as famílias de Roraima. “Será um momento de confraternização, sentimento de gratidão e amor. Convido a toda a população a comparecer nessa tão tradicional festa de virada do ano no Parque Anauá”, ressaltou.

 

O diretor de Promoção Cultural da Secult, Enos Almeida, disse que o Parque está sendo totalmente revitalizado, com pintura nova, iluminação de led e limpeza total.

 

“Temos uma estrutura nova que foi toda pensada para receber a população com todo o carinho e aconchego que a gestão tem com a população de Boa Vista e dos demais municípios do Interior que vem prestigiar a festa. Para isso o Parque Anauá está bem iluminado com um palco diferenciado, no gramado para as famílias ficarem próximas ao palco e poderem curtir a atração nacional e as bandas locais”, esclareceu.

 

Além do palco principal que será montado na beira do Lago dos Americanos, haverá ainda o Palco da Família, com surpresas para que as pessoas possam fazer as tradicionais selfs e registrar a virada do ano.

 

Enos explica que os fogos terão desenhos diferentes este ano e sairão todos de dentro da área do Lago dos Americanos. Para este ano, a tradicional queima de fogos terá duração de 10 minutos e serão utilizados fogos de artifícios silenciosos.

 

 

Banda Magníficos vai fazer o show da virada

 

 

A atração nacional deste ano será a banda paraibana Magníficos, que subirá no palco principal do Parque Anauá a partir de 23h. A banda é considerada uma das maiores potências do forró, e é conhecida nacionalmente pelo repertório gigantesco que tornam o acervo de sucessos variado e conquistou o povo nos últimos anos. Entre os hits mais conhecidos estão “Me Usa”, “Carta Branca” e “Verdadeiro Amor”.

 

A banda foi oficialmente criada em 1995, no município de Monteiro (PB) e, desde então, Magníficos vendeu mais de oito milhões de cópias, o que rendeu vários discos de ouro ao grupo musical.

 

Atualmente, a Magníficos tem como vocalistas Ohara Ravick e Fernando Frajola.

 

ATRAÇÕES REGIONAIS

 

Entre as outras atrações que animarão o público no Palco Principal estão Cassia Kyss, Dithânia, Emily Oliveira, Estevão Alves, Marcos Noleto e Felipe Cardoso.

 

Além disso, na Tenda Eletrônica animarão a noite a DJ Larissa Merack, DJ Chica Loca, DJ Márcio Mota e DJ Estrella.

 

E no Palco Estrela a agitação ficará por conta do Grupo de Palhaçaria Xuxu & Cia, Show Infantil “Colorindo com Euterpe”, Criart Teatral – Espetáculo Musical “O Menino e o Barquinho” e Show Gospel – Gedson e Banda / Felipe Flores.

 

 

 

Réveillon será oportunidade para aquecer a economia local

 

 

Durante a noite de festa cerca de 130 ambulantes estarão espalhados pela área do Parque Anaúa. A expectativa é a geração de mais de 300 empregos diretos e cerca de mil empregos indiretos durante a festa. Eles estarão divididos nas áreas para comercialização de bijuterias, circuito de alimentação, espaços para barracas de bebidas, máquinas especiais, trailers, food truck e carrinhos, rotativos, área Kids, tiro ao alvo e bingo e parque de diversão.

 

“É a oportunidade que muitos ambulantes têm para garantir uma renda extra e a população de saborear as delícias da culinária, além das atrações que prometem animar a noite e atividades voltadas para a família. Esperamos todos para esse evento que é um dos momentos tradicionais do Estado de Roraima”, complementou.

Avalie este item
(0 votos)

Na manhã desta terça-feira, dia 27, a Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima) realizou, na sede da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), o primeiro encontro oficial do Conselho Deliberativo da instituição.

 

Formado por 15 instituições, o Conselho tem como objetivo principal a orientação geral da Faperr, além de elaborar ou modificar estatuto, aprovar proposta orçamentária, julgar contas, apreciar relatórios e também o Plano Anual de Atividades da instituição.

 

Durante a primeira reunião, que contou com a presença de nove instituições, foi apresentado o estatuto já com as alterações sugeridas pelo Conselho, como também a apresentação dos programas prioritários que serão executados em 2023.

 

Para o presidente da Faperr, Pedro Cerino, a reunião foi um marco para o início das atividades. “Hoje fizemos a apresentação do nosso estatuto já com as devidas alterações e também a divulgação do calendário de reuniões para o ano que vem. Mais um grande passo foi dado”, destacou.

 

O secretário da Seadi, Emerson Baú, explica que 2022 foi o ano da ciência em Roraima. “Lutamos muito e nos enche de orgulho termos uma fundação de amparo à pesquisa em nosso Estado. Hoje estamos dando mais um grande passo rumo ao desenvolvimento da ciência e pesquisa roraimense”, afirmou.

 

CONHEÇA OS CONSELHEIROS DA FAPERR

 

Fazem parte do Conselho Deliberativo, além da Faperr, representantes dos seguintes órgãos e instituições: Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação); Seed (Secretaria de Estado da Educação); Sesau (Secretaria de Estado da Saúde); Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda); Femarh (Fundação de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado); Uerr (Universidade Estadual de Roraima); Ierr (Instituto Estadual de Roraima); ALERR (Assembleia Legislativa de Roraima); UFRR (Universidade Federal de Roraima); IFRR (Instituto Federal de Roraima); Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária); Fier (Federação das Indústrias de Roraima); Faer (Federação de Agricultura de Roraima) e também representantes das Instituições de Ensino Superior privadas sediadas no Estado.

Avalie este item
(0 votos)

Nos dias 23, 24 e 25 de dezembro de 2022, o Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) realizou uma operação de Natal, na capital Boa Vista e em outros municípios do Estado.

 

Durante o período natalino, foram registradas 120 infrações de trânsito, resultando em 82 motoristas sem cinto de segurança e 14 passageiros sem cinto de segurança.

 

Também foram autuados 10 condutores de veículo usando celular enquanto dirigia; 08 veículos não licenciados; 03 motoristas dirigindo sem possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e três motoristas autuados por embriaguez ao volante.

 

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, o valor da multa por dirigir embriagado é de R$ 2.934,70, além de ser considerada uma multa gravíssima. O valor é o mesmo, caso o motorista se recuse a fazer o teste do bafômetro.

 

“Esse valor serve para alertar o motorista sobre os perigos de consumir álcool e dirigir, e aumentar o rigor em relação a esse tipo de infração. Afinal, isso implica na segurança do condutor, dos passageiros e de outros motoristas e pedestres que estão por perto no momento”, comentou o presidente do Detran-RR, coronel Álvaro Duarte.

Avalie este item
(0 votos)

As demandas comuns do final de ano, como férias, matrículas escolares, viagens, e o período de festas, provocam uma média de até 30% de aumento nas solicitações de serviços no IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz).

 

Para que as pessoas evitem contratempos na hora de conseguir o RG (Registro Geral), a direção do IIOC recomenda que todos aqueles que precisarão da 1ª ou 2ª via do documento nesta época, que procurem com antecedência os postos de atendimento tanto na Capital, como no interior.

 

“O Instituto de Identificação nesses meses de dezembro e janeiro próximo está trabalhando de forma intensa e eficiente para que o cidadão possa ter acesso e facilidade em solicitar o seu RG”, disse o diretor do Instituto de Identificação Odílio Cruz, Hênio Stânio Lima Andrade.

 

Ele ressaltou que todos os postos da Capital e do Interior estão funcionando e que em casos de prioridade ou urgência para a emissão do RG, o cidadão deve informar no momento do atendimento.

 

“O prazo médio para entrega do documento é de 10 dias. Contudo, sabemos que algumas demandas são urgentes e por isso a pessoa deve conversar com o atendente no posto que for e procurar saber se ela se enquadra em alguma urgência”, afirmou.

 

LOCAIS DE ATENDIMENTO

 

Em Boa Vista o IIOC tem duas unidades de atendimento: a sede, localizada na Av. Venezuela, 2083, bairro Liberdade, com horário de atendimento entre 7h30 e 19h30 e um posto avançado dentro da Casa do Cidadão, na Rua N5, bairro Senador Hélio Campos.

 

No interior, os municípios de Pacaraima, Amajari, Alto Alegre, Normandia, Iracema, Caracaraí, São Luiz, São João da Baliza e Rorainópolis também contam com postos de atendimentos com funcionamento de segunda à sexta, de 7h30 até às 13h30.

 

Boa Vista registra maior demanda de emissão de RG - Um levantamento feito pelo Instituto de Identificação Odílio Cruz expõe os dados de emissão de RG em Boa Vista e no Interior de Roraima nos últimos dois anos.  

 

De acordo com os dados, a capital Boa Vista se destacou com a maior quantidade de solicitações do documento nos últimos dois anos. Conforme os dados, até a metade de dezembro deste ano de 2022 foram emitidos 40.933 documentos, sendo 13.510 de 1ª via e 27.423 solicitações de 2 ª via.

 

No ano passado, a Capital registrou 27.211, sendo 8.019 solicitações de 1 via e 19.192 de 2ª vias emitidas. Quando comparados, os dados representam um aumento de 49,2% em 2022.

 

Os dados do IIOC mostram ainda que em 2022 foram emitidos 15.060 documentos no interior do estado. Os três municípios que mais emitiram o documento foram: Rorainópolis (2.658), Caracaraí (2362) e Normandia (2.152). Iracema teve a menor demanda, 560 solicitações.

 

Em 2021, foram 5.703 no total. Os municípios de Caracaraí (1.318) e Iracema (829) registraram a maior demanda.

 

De acordo com o Hênio, o resultado foi possível devido a política de trabalho adotada pelo Governo do Estado.

 

“Neste ano o nosso objetivo era levar o IIOC para mais perto da sociedade e possibilitar que as pessoas tivessem mais acesso ao nosso serviço. Ações como estender o horário de atendimento na sede, abrir novos postos de atendimento avançado no interior e realizar mais atividades itinerantes foram adotadas e mostram que estamos no caminho correto”, avaliou Hênio.

Avalie este item
(0 votos)

Quando o assunto é apoio à agricultura familiar e indígena o Governo do Estado dá provas do compromisso com trabalho executado para garantir o fortalecimento do setor agricultura.

 

Entre os resultados positivos estão os benefícios fiscais concedidos por meio da Lei Nº 215/98, que trata sobre a isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), para aquisição de máquinas, equipamentos, peças e principalmente insumos e combustível.

 

Para estimular o desenvolvimento econômico, o governador Antonio Denarium assinou decreto que credencia a Coparr (Cooperativa Agropecuária e Agroindustrial dos Piscicultores de Roraima) para que seja mais uma instituição atendida com a concessão de benefícios fiscais.

 

Acompanhado dos secretários estaduais de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação, Emerson Baú, e de Fazenda, Cel. Freitas, o govenador explicou sobre as ações executadas desde o primeiro momento de gestão com foco no apoio ao homem do campo.

 

“O Estado de Roraima tem tudo para crescer e se desenvolver e a agricultura é uma das áreas de grande importância, e é por isso que temos trabalhado firme nas medidas necessárias para contribuir com o fortalecimento desse setor como a regularização fundiária, aquisição de equipamentos e treinamentos para que o homem do campo tenha a qualificação necessária e possa acompanhar a evolução do mercado”, esclareceu o governador.

 

Para o presidente da Coparr, José Carlos Markus, a Cooperativa tem sido fortalecida graças às ações de Governo voltadas para o setor produtivo. 

 

“É extremamente importante porque aumenta a capacidade de competir no mercado, pois o ICMS é um imposto que muitas vezes maltrata o produtor rural e com a isenção o Governo incentiva produção de alimentos e a competitividade. A partir de agora cada um poderá fazer o seu plano de exploração para ter a aprovação do Governo e ter acesso aos benefícios da Lei”, ressaltou.

 

 

Cooperados podem iniciar projeto técnico para ter direito ao benefício

 

“A partir de agora a Coparr é uma entidade credenciada e com isso os seus cooperados poderão apresentar o projeto técnico e econômico e ter acesso a benefícios concedidos pela Lei 215/98 que trata da isenção de ICMS. Para nós é uma satisfação fazer parte desse novo momento na vida desses agricultores que terão condições de alavancar ainda mais os seus negócios”, informou o secretário de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação, Emerson Baú.

 

Hoje com 32 cooperados e quase oito mil funcionários, a Cooperativa explora principalmente a produção e comercialização de peixe para Roraima e o Amazonas, mas atua ainda com a produção de grãos e bovinocultura.

 

“Só temos a agradecer pela política de Governo em prol da agricultura. Nossa Cooperativa, por exemplo, teve mais acesso a financiamentos bancários depois que recebeu o Título Definitivo. E sem sombra de dúvidas futuramente teremos condições de crescer muito mais com mais esse apoio”, acrescentou Markus.

Avalie este item
(0 votos)

Os proprietários de veículos devem ficar atentos ao prazo para realização da transferência de propriedade. A partir do dia 15 de dezembro de 2022, uma portaria publicada pelo Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), determina que o período volta a ser de até 30 dias.

 

Esse prazo sofreu alteração durante a pandemia, com a finalidade de evitar aglomeração no setor de vistoria do Detran-RR e no cartório.

 

O diretor-presidente do Detran-RR, coronel Álvaro Duarte, lembrou que quando uma pessoa compra um carro e reconhece as assinaturas em cartório, tem até 30 dias para procurar o órgão de trânsito e transferir para o nome, sob pena de incidir multa por esse atraso.

 

“Esse prazo de até 30 dias é em conformidade com as diretrizes que já estão previstas no CTB [Código de Trânsito Brasileiro], mesmo antes da pandemia. Isso traz mais segurança para quem vai vender o veículo porque ficará livre de possíveis transtornos, e o novo dono vai conseguir emitir o licenciamento anual”, complementou cel. Álvaro Duarte.

 

Dessa forma, o CRV (Certificado de Registro de Veículo) ou ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade Veicular Eletrônica) que tiverem assinaturas reconhecidas até 15 de dezembro, terão prazo de até 30 dias para realizar a transferência de propriedade.

Avalie este item
(0 votos)

A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) continua expandindo os serviços de saneamento básico e melhorando a estrutura de atendimento no interior do Estado.

 

No município do Cantá, mais de R$ 670 mil, oriundos de recursos próprios da Empresa, foram destinados para construção da sede administrativa e de atendimento, um laboratório químico e um depósito, localizados no Bairro Antônio Chagas Pinto.

 

“Todos esses investimentos estão sendo possíveis graças à sensibilidade do governador Antonio Denarium em garantir os recursos que estão permitindo as melhorias no Sistema de Abastecimento de Água Tratada de diversas localidades do Estado de Roraima”, ressaltou o presidente da Caer, James Serrador.

 

Uma equipe de engenharia da Caer esteve no local para acompanhar e vistoriar as obras, a fim de identificar se a construção está seguindo o projeto, dentro das normas vigentes e de acordo com o planejamento e requisitos de segurança e qualidade.

 

COBERTURA

 

O Cantá possui 1.890 imóveis com ligação de água cadastrados junto à Caer. A sede do município é abastecida por cinco poços artesianos e um reservatório com capacidade para 110 mil litros.

 

A Companhia atende ainda, seis vilas do município com água tratada. A Serra Grande I, possui quatro poços artesianos e uma caixa d’água com capacidade para 10 mil litros, a Serra Grande II, conta com três poços artesianos e um caixa d’água para armazenar 10 mil litros, a Vila Central, três poços artesianos e um reservatório elevado de 20 mil litros.

 

A Vila Félix Pinto, possui reservatório elevado de 50 mil litros, um reservatório apoiado de 150 mil litros, uma Estação de Tratamento de Água com capacidade para tratar 36 mil litros/hora e uma balsa de captação de água, localizada no Rio Cachorro com bomba de 18c. A vila União possui três Poços Artesianos e reservatório elevado de 15 mil litros e a Vila São José conta com dois poços artesianos para abastecer as residências.

Avalie este item
(0 votos)

Os municípios de Alto Alegre e Uiramutã estão sendo beneficiados com obras do Governo do Estado que contemplam a ampliação dos sistemas de abastecimento de água potável. Executadas pela Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), o investimento de quase R$ 1 milhão, é oriundo do Programa Estadual Água Para Todos.

 

Em Uiramutã, estão sendo investidos R$ 369.316,25 na construção de escritório, laboratório e revitalização dos reservatórios elevado e semi-enterrado.

 

O município de Alto Alegre será beneficiado com a construção do abrigo da captação no rio Mucajaí e serviços de reforma do escritório, reservatório elevado, ETA (Estação de Tratamento de Água), casas de química, depósito e casa de bombas da Caer. A obra vai receber o aporte de R$ 617.146,88.

 

“O nosso investimento se traduz em qualidade de vida e saúde para os moradores de Alto Alegre e Uiramutã, que vão receber uma estrutura mais adequada e moderna para a captação e tratamento da água para o consumo humano”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

 

O presidente da Caer, James Serrador, destacou a importância das obras para dar às famílias dignidade às famílias, com um sistema de tratamento eficiente e água de qualidade. 

 

“O Programa Água para Todos nasceu desta necessidade e contou com a sensibilidade do governador Antonio Denarium, que destinou o aporte necessário para que a Caer atenda todos os roraimenses com este bem tão essencial”, afirmou.

 

INVESTIMENTO

 

Em 2021, o Governo do Estado ampliou o sistema de abastecimento de Uiramutã, com a perfuração de dois poços artesianos no município e a construção de 2.000 mil metros de extensão de rede.

 

Além disso, foram revitalizados 60 mm de rede de água e instalado cloradores novos em todos os poços. Em 2018, no início da atual gestão do governo, Uiramutã contava apenas com dois poços artesianos e uma barragem sem tratamento de água.

 

Em Alto Alegre, foram implantados 210 mil metros de extensão de rede de distribuição de água nos bairros Frederico Pinheiro Viana e Maria Benta Dias. E foram instalados cloradores novos em todos os poços do município

Avalie este item
(0 votos)

Os exames realizados na triagem neonatal são importantes para diagnosticar doenças ainda nos primeiros dias de vida do recém-nascido, o que possibilita a redução de riscos de sequelas graves.

 

Entre os diferentes exames realizados nesse período de vida do bebê está o teste do olhinho, que pode detectar desde problemas oftalmológicos, de catarata a câncer.

 

Os dados do SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatístico) demonstraram que o Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth realizou 5.772 testes do olhinho em bebês, no período de 1º de janeiro a 30 de novembro de 2022.

 

O exame é realizado tanto pelo pediatra como pelo oftalmologista. Nele é usado um aparelho, chamado oftalmoscópio, que emite uma luz diretamente no olho do bebê e assim refletindo cores que o médico poderá identificar como normal ou não. Esse teste também pode ser feito nos postos de saúde, caso a mãe faça essa opção.

 

“O teste do olhinho é o que chamamos também de teste do reflexo vermelho, fazemos sempre depois das 24h de vida, e por meio desse exame, vamos ver se tem alguma anormalidade, alguma doença ocular”, afirmou a pediatra Amblenda Rodrigues.

 

Segundo a especialista, a catarata congênita, o glaucoma, tumores, cegueira, hemorragias e retinoblastoma – um câncer mais comum na infância e que, se diagnosticado tardiamente, torna-se muito grave – estão entre os problemas detectáveis pelo teste do olhinho. Até graus muito elevados de miopia ou hipermetropia também são perceptíveis com esse exame.

 

“O ideal é que seja avermelhado, alaranjado ou amarelado, só não pode ser branco ou cinza, e quando tem alguma alteração encaminhamos para o oftalmologista”, explicou.

 

A estudante Herley de Souza, 17 anos, veio da comunidade Malacacheta, no município do Cantá, para ter a primeira filha, a pequena Whyony. Antes de receber alta, ela passou na sala do teste do olhinho para verificar a saúde da recém-nascida.

 

“Eu trouxe minha filha para fazer o exame e ver se ela tem algum problema no olhinho. Caso ela tenha, podemos cuidar mais cedo”, complementou.

 

ATENDIMENTO

 

A sala de teste funciona no período de segunda a sexta, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Para o exame, é necessário apresentar o cartão de vacina e o bebê precisa estar com pelo menos 24h de vida e com os olhinhos abertos.

 

É muito importante que o recém-nascido já saia da maternidade com o exame feito. A partir daí, sua repetição e a avaliação oftalmológica em geral depende de cada responsável.

 

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo do Estado avança na melhoria da rede de abastecimento de água potável. Em Boa Vista, a Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) concluiu a reforma e ativou mais um reservatório de água no CRD (Centro de Reservação e Distribuição) Pintolândia, com capacidade para armazenamento de 1,7 milhão de litros de água, reforçando o abastecimento na zona Oeste da Capital.

 

Em 2021, a Caer reformou o outro reservatório apoiado do mesmo CRD, com capacidade para 3,5 milhões de litros. Juntos, os reservatórios atendem os moradores dos bairros Pintolândia, Santa Luzia, Conjunto Cidadão, Manaíra, parte do Cambará, Nova Canaã, Senador Hélio Campos, Vila Olímpica, Dr. Sílvio Botelho, Jardim Tropical e Laura Moreira.

 

Ao todo, cinco reservatórios de água potável passaram por reforma em Boa Vista. Eles compõem os CRD’s dos bairros Caranã, Pintolândia, Cidade Satélite e São Vicente, que juntos abastecem 35 bairros da Capital.

 

Para o governador Antonio Denarium, levar água potável para a população é prioridade do governo, que investe na expansão da rede de captação, tratamento e distribuição, garantindo água de boa qualidade para os moradores, e, com isso, mais qualidade de vida.

Durante as reformas, foram sanados problemas de corrosões, obstruções, fissuras e irregularidades nas estruturas. O investimento é de cerca de R$ 1,5 milhão e vai garantir por mais 30 anos, a vida útil do sistema.

 

EM BOA VISTA

 

O presidente da Caer, James Serrador, explica que a empresa possui 10 CRD’s em funcionamento na capital e com o passar do tempo, os produtos químicos utilizados no tratamento de água comprometem as estruturas de concreto e ferro. "Essas reformas vão garantir a melhoria do abastecimento nos bairros e evitar manutenções constantes”, disse.

 

Em 2019, o reservatório localizado no bairro Caranã foi reformado. Com capacidade para armazenar 1,8 milhão de litros de água, o CRD abastece os bairros Caranã, União, Cauamé, Jardim Caranã, Monte das Oliveiras e parte do Jardim Floresta.

 

No mesmo ano, a Caer retomou a obra de construção do CDR Cidade Satélite que estava parada há sete anos, onde foi necessária a revitalização do reservatório abandonado com capacidade para mais de 1 milhão de litros de água. Em 2020, o CRD completo foi entregue, beneficiando 40 mil pessoas da zona Leste de Boa Vista.

 

Os dois reservatórios do São Vicente também passaram por reformas e estão em funcionamento. Juntos, têm capacidade para armazenar dois milhões de litros de água que atende aos bairros São Vicente, Pricumã, Calungá, Treze de Setembro, Liberdade e Mecejana.

 

Avalie este item
(0 votos)

A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) iniciou a campanha de negociação de débito em condições especiais para todos os clientes. A ação segue até 30 de dezembro.

 

Os interessados podem procurar o atendimento comercial na Capital, na sede da empresa, localizada na Rua Melvin Jones, 219, São Pedro, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

 

E também na Unidade do Pintolândia, na Rua Ver Waldemar Gomes, n° 1848, no bairro Pintolândia e na Casa do Cidadão, Rua Izídio Galdino da Silva, 2425, no Senador Hélio Campos, além das demais unidades de atendimento da Caer nos municípios do Interior, das 7h30 às 13h30.    

                                      

“Nos últimos anos muitos usuários acumularam dívidas pelo consumo de água, causando um alto índice de endividamento. Com a chegada do final do ano, muitos clientes procuram a empresa para negociar  as contas e por isso, decidimos oferecer descontos atrativos para quem estiver interessado em limpar seu nome”, explicou o diretor Comercial e do Interior, Cícero Batista.

                                 

A CAMPANHA

 

A negociação permite a entrada de, no mínimo, 10% do valor total e parcelamento do restante da dívida em até 60 vezes, sem juros, com parcela igual ou maior que R$ 50,00 que serão cobradas nas próximas faturas.

                          

Outra forma de pagamento é no cartão de crédito, com valor mínimo da parcela de R$ 100, divididas em no máximo 12 vezes sem juros.

 

Os usuários também poderão efetuar o pagamento da entrada por meio da chave Pix, gerada no boleto no ato da negociação que será disponibilizada na modalidade presencial em todas as unidades da Caer no Estado.

 

Avalie este item
(0 votos)

Principal referência no atendimento de gestantes e recém-nascidos no Estado, o HMI (Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth) deve encerrar 2022 com número de partos próximo dos números do ano anterior.

 

De acordo com dados do SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatístico), de 1º de janeiro até 21 de dezembro de 2022, foram registrados 9.625 partos, sendo 6.310 partos normais e 3.315 procedimentos cesáreos.

 

“Isso se deve ao fato do nosso hospital ser referência tanto na parte obstetrícia na gestação quanto no tratamento de recém-nascidos”, afirmou o coordenador da ginecologia obstetrícia do HMI, Ruben Murillo Elorrieta.

 

Para conseguir acolher todas as gestantes que procuram por atendimento na unidade, a internação de pacientes possui alguns critérios clínicos, como o caso de a gestante estar em trabalho de parto ou com uma comorbidade que demande tratamento clínico.

 

Em outros casos, elas também são atendidas e recebem as devidas orientações, além de serem referenciadas para o atendimento ambulatorial.

 

ASSISTÊNCIA

 

O Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth também realiza os primeiros exames necessários dos bebês, como o teste do pezinho, do olhinho, da orelhinha e do coração, que podem ser feitos antes do recém-nascido receber alta.

 

 

De 1º de janeiro a 19 de dezembro deste ano, foram realizados na unidade 5.145 exames do teste do pezinho, 7.970 testes da orelhinha e 5.772 testes do olhinho.

 

Além disso, as mães também recebem orientações sobre a importância do aleitamento materno e cuidados no pós-parto, bem como a vigilância sobre a hemorragia pós-parto, que é uma das principais causas de mortalidade materna.

 

A atendente Nayanne Lima, 22, teve seu primeiro filho na última quinta-feira, 15. Ela teve que passar pelo parto cesáreo, em decorrência de um cisto no ovário.

 

“As orientações que tive na maternidade por parte dos médicos e enfermeiros sobre os primeiros cuidados com o bebê foram de grande importância, principalmente para mães de primeira viagem como eu”, comentou.

 

REFORÇANDO VÍNCULOS

 

Por meio do programa “Enquanto o Bebê não Chega”, o Governo de Roraima permite que mães em seu terceiro trimestre de gestação possam fazer um tour pela maternidade, proporcionando maior segurança na preparação para o parto do bebê.

 

As visitas antecipadas ocorrem desde 2012, porém, tiveram de ser suspensas durante a pandemia de covid-19, sendo retomadas em junho deste ano.

 

As interessadas em fazer a tour pela unidade podem procurar a Direção de Ensino e Pesquisa da Maternidade, local onde será feito o cadastro e o agendamento da data de visita.

Avalie este item
(0 votos)

A PMRR (Polícia Militar de Roraima) intensificou o policiamento nas áreas comerciais e bancárias da capital e do interior de Roraima, onde nestes dias de festividades de final de ano, se concentra maior fluxo de pessoas.

 

Efetuando a Operação Festividades, os policiais estão posicionados em pontos estratégicos de forma ostensiva, circulando a pé, a cavalo e em veículos, atuando com o objetivo de levar mais segurança aos consumidores em suas compras de natal e aos lojistas, além dos trabalhadores do comércio em geral.

 

O reforço no policiamento não se restringe apenas à área central de Boa Vista. A PMRR também atuará, com maior número de policiais e viaturas, nos demais centros comerciais de Boa Vista, coordenado pelo CPC (Comando de Policiamento da Capital), assim como nos demais municípios, pelo CPI (Comando de Policiamento do Interior).

 

O comandante do CPC, tenente-coronel Igo Mayko, explicou que o efetivo está sendo empregado tanto no primeiro quanto no segundo turno de serviço na capital, com reforço de 216 policiais recém-formados.

 

“Assim teremos mais de 40 viaturas empregadas em toda a cidade para trazer mais segurança, tanto na área central quanto nos demais bairros da nossa cidade”, detalhou Mayko.

 

Durante o primeiro turno de serviço, o foco da PM será em pontos comerciais e bancários. No segundo turno de trabalho, será empregado um policiamento mais voltado para as áreas residenciais, de forma que as pessoas desloquem com tranquilidade durante as comemorações em família, amigos e tenham seus lares protegidos e seguros.

 

Paralelo à Operação Festividades, as rondas de policiamento de área continuam sendo realizadas normalmente nas áreas residenciais.

 

“Essas ações seguem planejamento e programação que levam em conta as demandas da comunidade e a análise das estatísticas criminais levantadas pelo DPO [Departamento Planejamento Operacional da PMRR]”, garantiu o comandante do CPC.

 

OPERAÇÃO FESTIVIDADES

 

A Operação Festividades iniciou no dia 17 de dezembro e será encerrada no dia 7 de janeiro de 2023. Ela está sendo desenvolvida no âmbito dos dois Grandes Comandos da PMRR, o CPC e o CPI, sendo um conjunto de ações de reforço ao policiamento comum para intensificar a segurança no período festivo e final de ano.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está encerrando o ano com reforço na segurança pública do Estado. Nesta sexta-feira, 23, o governador Antonio Denarium assinou o decreto de nomeação de 102 candidatos do cadastro de reserva aprovados para os cargos de policiais penais do concurso público da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania).

 

A assinatura do documento ocorreu no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos. Os futuros servidores fazem parte da 2ª turma de policiais penais que passaram pelo curso de formação.

 

A partir da nomeação, os policiais penais têm um prazo para entrega de documentação necessária para a posse e passar por bateria de exames médicos. Após essas etapas, eles passam a integrar o corpo de segurança pública no âmbito do sistema prisional de Roraima.

 

Durante os quatro anos de gestão, o Governo de Roraima fez diversos investimentos na segurança pública do Estado, entre os quais, a realização do concurso para a contratação de pessoal.

 

“O Governo fez e vai continuar investindo na segurança pública de Roraima. Ampliamos e fizemos o maior concurso da Polícia Penal, contratando inicialmente 444 policiais, e elevamos o quadro para 711 servidores. Hoje é muito importante a nomeação dessa parte do quadro para atuar para garantir o bom funcionamento do sistema prisional”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

O futuro policial penal Cleiferson Conceição de Souza está entre os 102 nomeados e falou sobre a luta enfrentada por todos para alcançar a conquista.

 

“É uma continuação de um processo árduo, mas satisfatório. A gente alcançou esse êxito pela dedicação ao estudo. Foi um processo de dois meses, onde foi testado nosso conhecimento, o psicológico, e o espírito de equipe, também com o estágio nas unidades prisionais. Em termos de segurança pública, quem ganha é a sociedade”, destacou.

 

Para Gislayne Silva de Deus, que em breve será efetivada no quadro da Polícia Penal de Roraima, o momento é de celebração.

 

“Esse momento de chegar à vitória depois de muita luta é muito especial para a gente. Ainda faltam alguns passos, mas o fato de o Governo ter construído esse caminho até aqui é muito importante para a gente e uma vitória sem precedentes para a segurança pública de Roraima”, frisou.

 

QUALIFICAÇÕES

 

Dos 444 aprovados do cadastro de reserva, somente 323 policiais penais concluíram o curso de formação e aguardavam ser chamados para tomarem posse e exercer a carreira.

 

O curso durou cerca de 65 dias com 480 horas-aulas ministradas por profissionais de todo o país, inclusive, de Roraima. Eles estão qualificados em todas as áreas de atuação futura, tanto em relação à segurança quanto na área de ressocialização dos reeducandos do sistema prisional, onde vão exercer o trabalho.

 

Nesta etapa, mais 102 policiais estão sendo nomeados para assumir os postos, enquanto os outros vão assumir as vagas conforme disposição do sistema penitenciário roraimense.

 

Em meados deste ano, 100 classificados do cadastro de reserva assumiram de imediato os postos no sistema prisional, conforme explicou o secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes.

 

“É mais uma promessa cumprida do governador Antonio Denarium. No início desse ano, ele prometeu nomear o quadro e está cumprindo a promessa, fortalecendo a segurança pública e principalmente trazendo condições de mais ressocialização aos internos do sistema penitenciário”, disse.

 

Após tomarem posse, os novos policiais exercerão suas funções na Penitenciária de Rorainópolis, no sul do Estado.

 

“Esses novos profissionais vão principalmente exercer a profissão no presídio de Rorainópolis e garantir a segurança da unidade. Além disso, eles levam também para a comunidade de Rorainópolis mais pessoas qualificadas e vão ainda participar da economia de Rorainópolis e do Estado”, disse.

 

PRÓXIMOS PASSOS

 

  • Assinatura, ocorrida no dia 23 de dezembro de 2022;
  • Na segunda-feira, 26 de dezembro, será publicado o edital de documentação a ser apresentado;
  • De 9 a 11 de janeiro de 2023 entrega da documentação, das 8h às 13h da sede da Sejuc;
  • Nos dias 12 e 13 ocorrerá a realização da perícia médica admissional, na Segad, das 8h às 12h;
  • Dia 18 de janeiro de 2023 será publicado o resultado final dos candidatos aptos à posse;
  • Dia 20 de janeiro de 2023 haverá a posse dos aprovados.
Avalie este item
(0 votos)

Desde 2021, quando foi iniciada a primeira licitação de lotes no Distrito Industrial Aquilino Mota Duarte na modalidade concorrência, o Governo de Roraima realizou a entrega de 157 certificações para 62 empresas instaladas no local. Deste processo, 15 terrenos foram alienados para nove empresas.

 

Totalizando os benefícios, o Governo entregou 172 certificações definitivas para 76 firmas. Ainda nesse período, a Divisão de Indústria efetuou o censo do Distrito Industrial, identificando 152 empresas em funcionamento no polo.

 

O governador Antonio Denarium destacou o quantitativo de títulos concedidos na atual gestão. “Totalizamos mais de 150 certificações entregues para empresas instaladas no Distrito Industrial. Somente em 2022, o Governo do Estado conclui o ano beneficiando 45 empreendedores com 99 titulações, garantido segurança jurídica para quem trabalha e produz em Roraima”, declarou.

 

Para o secretário da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) Emerson Baú, o polo industrial em Boa Vista vive um momento oportuno de desenvolvimento. “No Distrito Industrial atuam diversos segmentos de produção. E com a regularização legal das áreas do complexo, novas oportunidades vão surgir estimulando mais trabalho e renda para as famílias”, disse.

 

Nesta semana foi formalizada a última entrega do ano, com três contratos administrativos de concessão de direito de uso para duas cooperativas e uma firma.

 

A empresária Fernanda Oliveira reforçou que a titulação dos lotes assegura e amplia a estrutura de trabalho formal para a população. “Atuamos na fabricação de artefatos de fibrocimento para uso na construção civil, e a nossa demanda é bastante recorrente no mercado. Com isso, a oportunidade profissional também é constante”, disse.

 

AVANÇOS

 

A coordenadora de Estruturas para Produção e Comercialização da Seadi, Jádila Cotrim, afirmou que os procedimentos de regularização e concessão asseguram segurança jurídica para as empresas. “São empreendimentos de vários setores de longa data no local que não possuíam título definitivo. Mas com os trâmites legais e feitos de maneira correta, conquistaram a certificação proporcionada pela gestão do governador Denarium”, explicou .

 

Atualmente, a equipe da secretaria está finalizando o procedimento de credenciamento e habilitação de leiloeiro, e no mês de janeiro de 2023 ocorrerá o lançamento do edital para leilão de lotes do Distrito Industrial. Também está em fase de conclusão as obras de pavimentação da avenida Parque Industrial, reforçando mais trafegabilidade no local.

 

O POLO

 

Em Boa Vista, o Distrito Industrial Governador Aquilino Mota Duarte possui 49 quadras e 623 lotes distribuídos em uma área de 434,8513 hectares. Possui localização estratégica, situado às margens da BR-174, o que facilita o acesso ao Estado do Amazonas, além das fronteiras com a Venezuela e República da Guiana.

 

Nos últimos anos, o empreendedorismo no polo tem ganhado forças através de incentivos fiscais e titulação de lotes abrangendo segurança jurídica, permitindo a abertura de créditos estimulando a ampliação de investimentos.

 

Neste sentido, o Governo de Roraima atua também na revitalização urbana de todo o complexo industrial, melhorando o cenário empreendedor com a comodidade da pavimentação, iluminação pública, drenagem, esgoto e calçadas, facilitando o empenho empresarial.

 

Assim, com a indústria, comércio e serviços atrelados, a produção econômica roraimense vem crescendo com a geração de emprego e renda. E mais ainda será realizado no fomento dos negócios abrangendo também o interior do Estado com o desenvolvimento de novos polos industriais, beneficiando os municípios de Rorainópolis, Bonfim e São Luiz do Anauá.

Avalie este item
(0 votos)

Única unidade de captação de sangue no Estado, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) recebeu na manhã desta sexta-feira, 23, o apoio de um grupo de maratonistas.

 

Por meio da campanha “Atletas de Noel: Juntos Somos Mais!”, os participantes decidiram promover um café da manhã com o propósito de incentivar a doação entre a população em geral.

 

De acordo com a assistente social do setor de captação de doadores, Hellen Bessa, a iniciativa visou contribuir com o estoque de sangue de emergência neste fim de ano, época em que há aumento expressivo no número de internações de emergência em decorrência de acidentes de trânsito.

 

“Quando um grupo de atletas, motociclistas e grupos religiosos nos procuram, eles contribuem bastante na sensibilização das pessoas que fazem parte dessas atividades. Hoje, eles estão promovendo essa doação de final de ano e dando um suporte nesse período crítico, para que o nosso estoque fique estabilizado”, disse.

 

Membro da equipe SuperAção Team, Lucimara Simplício, 42, é doadora há mais de 10 anos e está sempre incentivando outras pessoas a doar também.

 

“A equipe SuperAção faz essa ação anualmente a três anos, e dessa vez conseguimos conciliar com outras equipes e assim ter um número maior de doadores. E eu sempre ressalto para a equipe a vir doar sem querer receber algo em troca”, explicou Lucimara.

 

QUEM PODE DOAR?

 

Para ser um doador de sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar no mínimo 50 quilos, estar alimentado e ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior.

 

No momento da doação, é preciso apresentar um documento oficial com foto. Caso o interessado seja menor de 18 anos, o mesmo deve estar acompanhado dos pais e se for um tutor legal deve ter o consentimento formal dos pais ou do responsável legal.

 

Se encaixando nesses critérios, o doador é cadastrado e encaminhado para uma entrevista, para em seguida passar por uma triagem. Não havendo nenhum impedimento, ele é encaminhado para a sala de coleta onde é feita a doação, que dura no máximo 10 minutos.

 

O Hemoraima fica localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). O horário de funcionamento da unidade é de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 11h e de 13h30 às 17h.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo número (95) 98414-0726.

Avalie este item
(0 votos)

Para fortalecer o setor produtivo roraimense, o Governo de Roraima adquiriu nesta semana três novas caminhonetes para estruturar a frota da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação). Os veículos vão permitir o deslocamento dos técnicos da pasta que atuam no agronegócio e também vão suprir as demandas do Distrito Industrial Aquilino Mota Duarte.

 

Os três carros zero quilômetro são do tipo picape cabine dupla, com capacidade para quatro passageiros e um motorista. Os veículos também possuem quatro portas, motor a diesel, tração 4x4, pneus originais de fábrica, pintura na cor branca com adesivos da Seadi, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, acionamento com chave e som multimídia integrado.

 

Com foco no desenvolvimento sustentável do Estado, o governador Antonio Denarium reforçou que o investimento se faz necessário para a ampliação da economia regional.

 

“Na nossa gestão, os profissionais do campo e a população rural caminham juntos fortalecendo Roraima, seja na produção de frutas, grãos e animais. Por isso a aplicação de recursos e os incentivos são importantes para o setor produtivo, para solidificar e estruturar os empreendedores pelo bem comum econômico do nosso Estado”, declarou Denarium.

 

O titular da Seadi, Emerson Baú, explicou que os carros foram comprados com recursos próprios do Estado. “É um investimento que viabiliza melhores condições de trabalho, conforto e segurança aos servidores que precisam se deslocar a serviço da pasta pela capital e interior. E na ponta, isso se converte em agilidade e qualidade de atendimento à população”, destacou.

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), tem realizado atendimentos de qualidade para toda a população. Graças à implantação do serviço de telediagnóstico, o Estado pôde realizar 8.183 exames em 2022.

 

O telediagnóstico é uma oferta nacional que visa ampliar o serviço de diagnóstico e exames realizados a distância. É uma operação articulada entre a coordenação do Programa Nacional de Telessaúde Brasil Redes do MS (Ministério da Saúde), o NET-RR (Núcleo Estadual de Telessaúde de Roraima) e as UBS (Unidades Básicas de Saúde) dos municípios.

 

De acordo com a coordenadora do NET-RR, Marcele Castro, a telessaúde chegou ao estado em 2018, através do projeto Assistência Médica Especializada na Região Norte do Brasil. O atendimento é realizado com especialistas da instituição Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, médico geral local e paciente.

 

“Quando falamos de alcance de resolução de problemas na saúde, é impossível não citar a tecnologia, que nos traz grandes possibilidades. Neste caso, temos o Telessaúde, que atualmente oferta à população roraimense o atendimento via telemedicina e telediagnóstico”, completou.

 

Atualmente, os municípios que realizam o telediagnóstico são Alto Alegre, Amajari, Boa Vista, Bonfim, Caroebe, Mucajaí, Normandia e Uiramutã. Os demais estão em fase de acertos para adesão.

 

TELEMEDICINA

 

Também em 2022 foram contabilizadas 1.144 consultas com as especialidades, através do serviço de telemedicina. Deste total, 201 foram na área de endocrinologia adulta, 164 de neurologia pediátrica, 178 de neurologia adulta, 29 de pneumologia clínica adulta, 254 de cardiologia, 257 de psiquiatria e 61 de reumatologia (61).

 

As unidades que oferecem esse tipo de atendimento são as seguintes:

 

Alto Alegre – Centro de Saúde João Mariano Costa

Boa Vista – UBS do bairro Pricumã

Bonfim – Centro de Saúde Cristino José da Silva

Cantá – UBS Sebastião Rodrigues da Silva

Caroebe – UBS Vereador Antônio Lima da Costa

Mucajaí – UBS Vincenzo Di Manso

Rorainópolis – Centro de Saúde Dra. Maria Yandara

São João da Baliza – UBS João Maia da Silva

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo do Estado está realizando a segunda etapa do asfaltamento que compreende 18 km da rodovia RR-342, que liga Boa Vista à região da Vila do Taiano, no município de Alto Alegre, um dos maiores pólos agrícolas do Estado. O próximo passo será a sinalização horizontal e vertical da estrada.

 

“A região tem grande número de produtores de diversos segmentos que agora vão ter mais facilidade para escoar a produção em uma estrada de qualidade, ganhando mais tempo no acesso à capital e evitando prejuízo nos veículos”, destacou o governador Antonio Denarium sobre a obra executada pela Seinf (Secretaria da Infraestrutura).

 

Além disso, duas pontes foram substituídas no trecho por galerias de concreto. O trabalho na rodovia RR-342 faz parte do Aqui Tem Obra, maior programa já realizado pelo Governo de Roraima na construção, revitalização e manutenção de rodovias no Estado.

 

O valor investido nesta segunda etapa é de RS 16 milhões de origem da CIDE (Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico).

 

Moradores de oito vicinais com acesso direto pela RR-342 serão beneficiados, sem contar as vicinais com acesso indireto. A rodovia asfaltada também vai beneficiar moradores das localidades da Barata e do Truaru.

 

“O asfalto usado tem padrão DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], com 5 cm de espessura, 6 metros de largura e com previsão de vida útil de 10 a 15 anos”, detalhou o secretário-adjunto de Infraestrutura, Emerson de Paula.

 

PRIMEIRA ETAPA

O governo entregou em abril deste ano a primeira etapa de pavimentação da rodovia RR-342, que são 46 quilômetros. Destes, 28 km já estão asfaltados. Na primeira etapa foram investidos na obra R$ 24 milhões.

 

Também foram realizados os serviços de terraplanagem, implantação de obras-de-arte correntes, substituição de pontes de madeira por galerias, drenagem superficial e sinalização horizontal e vertical.

 

Avalie este item
(0 votos)

Os candidatos contemplados no sorteio público de vagas para matrículas nos colégios estaduais militarizados e para duas escolas estaduais civis, Lobo D’Almada e Euclides da Cunha, já podem acessar a lista oficial com o nome completo e número sorteado.

 

O sorteio aconteceu no dia 14, no auditório do IERR (Instituto de Educação de Roraima) com transmissão ao vivo pelo YouTube.

 

Durante a transmissão, automaticamente o resultado com os números sorteados era postado no site de inscrições para visualização preliminar. Agora, os mais de 3,5 mil contemplados com vagas podem visualizar a listagem com nome e número por meio deste link.

 

“Os pais precisam ficar atentos ao período de matrículas. A partir do dia 9 ao dia 12 de janeiro, eles podem procurar as escolas de acordo com o cronograma de agendamento por letra inicial do nome. A partir do dia 13 inicia a matrícula dos que estão na lista de espera”, explicou o secretário-adjunto dos colégios estaduais militarizados e militares da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), José de Sousa.

 

Em algumas instituições de ensino não foi necessário o sorteio, pois o número de inscritos foi inferior ao número de vagas ofertadas e todos os que se inscreveram, automaticamente já estão com as vagas garantidas. A listagem destas escolas também pode ser conferida no link.

 

 

 

MATRÍCULAS

 

O período de matrículas será de 9 a 12 de janeiro do próximo ano. Um cronograma foi elaborado com as iniciais dos nomes dos estudantes, de forma que cada dia corresponde a uma letra, a fim de organizar o fluxo de pessoas nas dependências escolares.

 

CRONOGRAMA PARA MATRÍCULAS:

 

DATA

LETRAS (Inicial do primeiro nome)

9 de janeiro de 2022

Manhã – A. B. C

Tarde – D, E, F

10 de janeiro de 2022

Manhã – G, H, I

Tarde – J, K, L

11 de janeiro de 2022

Manhã – M, N, O

Tarde – P, Q, R

12 de janeiro de 2022

Manhã –  S, T, U, V

Tarde – W, X, Y, Z

13 de janeiro de 2022

Chamamento da Lista de Espera

Horário

Manhã: 8h às 11h30

Tarde: 14h às 17h30

 

É importante destacar que a rede estadual de ensino tem vagas suficientes para atender

todos os alunos em idade escolar. Os pais dos estudantes que não foram sorteados poderão se dirigir às secretarias das escolas no período de 9 a 13 de janeiro de 2023 e efetuar a matrícula dos estudantes. Estão sendo ofertadas mais de 11 mil vagas.

 

Os pais ou responsáveis devem dirigir-se às escolas pretendidas e efetuar a matrícula diretamente na secretaria da escola. É necessário apresentar cópia e original dos seguintes documentos: histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno.

 

E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado; cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e duas fotos 3x4 recentes.

Avalie este item
(0 votos)

O CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) realizou, na tarde desta quarta-feira, 21, uma grande formatura geral alusiva às comemorações dos 21 anos de emancipação da Corporação. A solenidade ocorreu no Quartel do Comando-Geral, que recebeu oficialmente o nome do coronel Jean Cláudio de Souza Hermógenes, falecido em 10 de dezembro do ano passado, vítima de um câncer.

 

Na oportunidade, foram promovidos 59 bombeiros, sendo 27 deles a oficial, além de outros 32 praças. Com mais essa promoção, a corporação militar alcança a marca de 603 bombeiros promovidos nos últimos quatro anos.

 

O governador Antonio Denarium ressaltou a série histórica de investimentos feitos pelo Governo de Roraima no Corpo de Bombeiros Militar.

 

“São quatro anos de valorização contínua dos nossos bombeiros. Nosso principal foco de gestão é o capital humano, seja com a justa promoção e as qualificações. Só de valores do Governo do Estado foram mais de R$ 18 milhões investidos para esta categoria tão importante para a sociedade roraimense”, declarou.

 

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Anderson Carvalho de Matos, iniciou o discurso no evento enaltecendo o trabalho dos militares durante a ocorrência de incêndio no centro comercial de Boa Vista, na avenida Jaime Brasil, na manhã de terça-feira, 20.

 

O coronel parabenizou também os oficiais e praças pela promoção, destacando a importância da dedicação de cada um para a entrega de um serviço cada vez melhor à sociedade roraimense.

 

O comandante-geral lembrou ainda da importância dos 21 anos de emancipação da instituição, destacando o crescimento tanto na estrutura quanto na qualidade dos serviços prestados à sociedade, além da homenagem ao coronel Jean Cláudio.

 

“Temos muito a comemorar, e hoje é um dia muito especial para nossa corporação com as promoções e a celebração de 21 anos de emancipação. Mas também de agradecer a Deus por ter ombreado com o coronel Jean Cláudio o comando da nossa instituição. Aprendi muito com ele, que escreveu sua história dentro do Corpo de Bombeiros, e a partir de agora terá seu nome eternizado em nosso quartel”, declarou.

 

O deputado eleito Marcos Jorge participou da solenidade e falou em nome da família do coronel Jean Cláudio. “Falar do coronel Jean é trazer um pouco desse sentimento de saudade, mas também de muito orgulho pelo trabalho ao longo de sua carreira no Corpo de Bombeiros. Ele sempre preferiu estar ao lado das pessoas mais simples, e isso era sua marca registrada”, disse.

Avalie este item
(0 votos)

Nesta quarta-feira, 21, o Comitê Estadual de Prevenção, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais de Roraima se reuniu para discutir a abertura do 7º Ciclo de Queimadas Controladas do Estado.

 

O presidente da Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Glicério Fernandes, apresentou o calendário para o uso do fogo controlado do sétimo ciclo ao comitê, que aprovou a abertura do sétimo ciclo a partir desta quinta-feira, 22 de dezembro de 2022, até o dia 31 de janeiro de 2022.

 

Será realizada uma suspensão entre os dias 1º a 3 de janeiro de 2023, iniciando novamente no dia 4 de janeiro e encerrando no dia 31 de janeiro de 2023.

 

Norteada por dados técnicos, a formulação do calendário foi apreciada, discutida e aprovada pelo comitê. Agora, a portaria seguirá para publicação no Diário Oficial do Estado.

 

“Baseado nas análises técnicas climatológicas e nos focos de calor monitorados por satélite, a Femarh definiu o período sugestivo para abertura do calendário para uso do fogo de forma controlada”, destacou o presidente.

 

Além da Femarh, participaram do encontro representantes do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima), a SEI (Secretário de Estado do Índio), a Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima), da Uerr (Universidade Estadual de Roraima) e da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

 

A REUNIÃO

 

Realizando a abertura da reunião, Fernandes ressaltou que o Governo do Estado vem desenvolvendo o controle das queimadas e combate aos incêndios florestais com entidades do Executivo e instituições parceiras.

 

“Hoje temos contratados 242 brigadistas que estão prontos para auxiliar a todo e qualquer particular com sua devida autorização de queimada a fazer o uso do fogo”, disse.

 

Foi apresentado também um comparativo com dados como precipitação de chuvas, focos, temperatura, umidade que ajudam na discussão e na implementação de políticas de combate aos incêndios no estado de Roraima, bem como o modelo de autorização de queima controlada utilizado hoje pela Femarh, que geralmente tem validade de um mês.

 

No encontro, o diretor de Monitoramento e Controle Ambiental da Femarh, Wilson Jordão, fez a apresentação de dados e parâmetros climáticos e dados de precipitação das estações telemétricas do Estado, juntamente com o chefe da Divisão de Mudanças Climáticas e Prevenção a Queimadas, Whesley Melo, e o meteorologista da fundação, Ramon Alves.

 

“Até o momento foram registrados 100 focos de queima, totalizando 116 no ano. Em dezembro de 2021 foram 84 focos de um total anual de 989. Em dezembro, a média é de 176 focos, e a média anual é de 2.065 focos”, detalhou Jordão.

 

De acordo com o meteorologista da Femarh, Ramon Alves, a tendência é que as chuvas fiquem acima do normal nos próximos meses. “Não sendo muita chuva se comparado ao período normal do nosso inverno, o que abre um alerta quanto aos focos de queima”, destacou.

 

AUTORIZAÇÃO

 

Para obter a autorização de queimadas controladas, o produtor deve preencher um requerimento no ato do atendimento na Femarh precisa apresentar cópias dos documentos de Identidade, CPF, título definitivo ou autorização, certidão e/ou declaração de posse (emitido por órgão fundiário estadual, federal ou municipal).

 

Também é necessário apresentar mapa ou croqui da propriedade e mapa com as coordenadas da área a ser queimada, além de autorização de desmatamento anterior, o CAR (Cadastro Ambiental Rural) e o licenciamento ambiental vigente.

 

COMITÊ

 

O Comitê Estadual de Prevenção, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais de Roraima foi criado em 1988, reformulado em 2003 e tem como objetivo direcionar as ações e políticas de educação, prevenção e controle de queimadas e combate a incêndios florestais.

 

O comitê Tem como objetivos, direcionar as ações e políticas de educação e controle de queimadas e combate aos incêndios florestais; elaborar plano emergencial de controle de queimadas e combate aos incêndios florestais; apoiar na elaboração de um plano de ação para municípios situados na área atingida pelos incêndios florestais; indicar áreas de maior risco de ocorrência de incêndios; articular as ações de fiscalização e educação ambiental relacionadas às queimadas; utilizar as informações produzidas e sistematizadas pela sala de situação, na tomada de decisões quanto às ações relacionadas às queimadas e na divulgação dos graus de risco de incêndio florestal.

Avalie este item
(0 votos)

Única unidade de captação de sangue do Estado, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) receberá o apoio de peso de corredores e maratonistas que vão promover nesta sexta-feira, 23, a campanha de natal “Atletas de Noel: Juntos Somos Mais”.

 

Conforme a enfermeira do setor de captação de doadores da unidade, Liliana Bezerra, a ação visa não apenas engajar os atletas, mas também despertar na população a importância da doação de sangue.

 

“É um evento específico dos atletas de Roraima, com um delicioso café da manhã. No entanto, o Hemoraima estará aberto para todas as pessoas, até porque estamos com baixa nos nossos estoques, principalmente os dos tipos O- e O+”, afirmou.

 

Quem tiver interesse em contribuir com a ação pode comparecer até o Hemoraima no horário das 7h30 às 11h e de 13h30 às 17h. É preciso apresentar a identificação oficial física (carteira de identidade, de trabalho ou habilitação).

 

Caso o doador seja menor de 18 anos, é necessário que o mesmo tenha o consentimento formal dos pais ou de responsável legal.

 

Para ser doador de sangue é necessário pesar no mínimo 50 quilos, estar alimentado e ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior.

 

A agente de saúde Amanda Pimenta, 24, é doadora de sangue desde os 16 anos. Ela explicou que se sente orgulhosa por ajudar a salvar a vida de várias pessoas. “Eu sempre tive a clareza de que esse simples ato de doar sangue pode salvar uma vida, mas foi depois que uma amiga próxima precisou [da doação] e isso salvou a vida dela”, afirmou.

 

O Hemoraima fica localizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). Outras informações podem ser obtidas por meio do número (95) 98404-9593.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), realizou na terça-feira, 20, a VII Paraolimpíadas Equestres e o Encerramento das atividades de 2022 no Centro.

 

O objetivo do evento é promover a integração através da participação nas atividades esportivas equestres, proporcionando aos praticantes o desenvolvimento dos aspectos motores, psíquicos e sociais e maior convivência entre seus familiares, profissionais, amigos e comunidade.

 

A primeira-dama de Roraima, Simone Denarium, destacou que a importância do evento é proporcionar que os participantes, incluindo as crianças e os pais, integrem uma programação diferente, possibilitando a inclusão social, do esporte e autoestima.

 

“É uma gestão que tem toda a empatia, o respeito e o compromisso dos envolvidos no projeto, parabéns a toda equipe que tem o brilhante papel desempenhado com profissionalismo e amor aos que mais necessitam desse atendimento”, afirmou Simone.

 

A secretária da Setrabes, Tânia Soares, ressaltou que a ação resgata a autoestima e melhora a qualidade de vida, não só do praticante de equoterapia, mas da família e de toda a equipe interdisciplinar envolvida na atividade.

 

“Fico muito feliz com todo o trabalho realizado durante todo ano de 2022 aos usuários, uma forma de gratidão pela parceria a estes profissionais que ali estão diariamente a frente deste projeto, fazendo a diferença na vida dos praticantes e suas famílias”, completou Tânia.

 

Segundo o diretor Andrios Macêdo, além do encerramento das atividades do centro, foi realizada ainda a entrega de medalhas aos praticantes que participaram de uma competição a nível nacional, os II Jogos Paradesportivos de Blumenau, de forma online em 2021, onde conquistaram o quarto lugar na ocasião.

 

“As Paraolimpíadas Equestres fazem parte do encerramento das atividades realizadas durante todo o ano, nas modalidades que eles praticam, onde eles têm mostrado a capacidade dos praticantes em realizar as atividades em cima do cavalo”, finalizou Andrios.

 

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Sefaz (Secretaria da Fazenda), realiza nesta quinta-feira, 22, o pagamento do salário referente ao mês de dezembro dos mais de 30 mil servidores estaduais da administração direta e indireta. Com a medida, serão injetados cerca de R$ 240 milhões na economia local.

 

De acordo com o secretário estadual da Fazenda, Manoel Sueide Freitas, a antecipação já estava prevista no calendário de pagamento divulgado no início do ano.

 

“Foi uma determinação do governador Antonio Denarium para organizar o calendário de forma que nossos servidores recebessem o salário antes das Festas de final de ano. É um período importante para que as pessoas tenham tranquilidade recebendo o salário em dia, se planejem na gestão financeira e possam, por exemplo, viajar de férias e fazer compras”, explicou.

 

Para o governador Antonio Denarium, o pagamento do salário dos servidores sempre dentro do mês trabalhado é reflexo de uma gestão comprometida com a responsabilidade fiscal e financeira do Estado e com o respeito àqueles que movem a engrenagem da máquina pública.

 

“Nestes quatro anos da nossa gestão conseguimos tirar Roraima do caos financeiro. Liquidamos dívidas de gestões anteriores, iniciamos a mudança da matriz econômica com o fortalecimento do agronegócio e atraímos investidores de outros Estados, além de valorizar nossos servidores e pagar fornecedores em dia. Teremos mais trabalho pela frente, mas certamente vamos impulsionar ainda mais Roraima para se consolidar como um Estado forte economicamente e com mais qualidade de vida para a nossa gente”, declarou.

 

CALENDÁRIO DE 2023

 

A equipe econômica do Governo de Roraima está em processo de finalização do novo calendário de pagamento para 2023, de forma a facilitar o planejamento dos servidores para o próximo ano.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima realizou mais uma revitalização de prédio escolar. Desta vez, os beneficiados foram os moradores da comunidade indígena do Bananal, no município de Pacaraima, norte do Estado, que receberam, na terça-feira, 20, a Escola Estadual Indígena Tuxaua Bento Louredo da Silva revitalizada e mobiliada.

 

“Só temos a comemorar o encerramento deste ano de 2022. Já são 42 escolas entregues, mobiliadas e bem estruturadas. Nosso objetivo é dar continuidade ao programa de revitalização de escolas, uma prioridade do Governo de Roraima”, destacou o titular da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), Nonato Mesquita.

 

A escola está devidamente abastecida com produtos para o preparo da merenda escolar e com o quadro de professores completo, além de ter recebido utensílios de copa e cozinha, quadros brancos entre outros mobiliários.

 

“Em nome da comunidade, das lideranças indígenas, servidores e alunos, agradecemos muito ao Governo pelo investimento para os nossos estudantes e corpo docente. Estamos com carteiras escolares novas, material de limpeza, material didático e também chegou muita merenda. Sabemos que são condições que influenciam bastante no aprendizado” disse satisfeita, a gestora da instituição de ensino, professora Ana Silvia.

 

A Escola Estadual Indígena Tuxaua Bento Louredo da Silva foi criada em 2003, e desde então não recebia manutenção na estrutura física. Atualmente atende 98 estudantes no Ensino Fundamental (1° ao 9° ano) e Ensino Médio.

 

“Antes reivindicávamos principalmente carteiras escolares, porque não tinha suficiente para nossos alunos. Hoje tem para todos. A escola ficou bonita, colorida e agora a tendência é cuidar desse espaço. Agradecemos ao governador Antonio Denarium que tem se empenhado em sua gestão para melhorar a educação do Estado”, destacou o tuxaua da comunidade Bananal, Tercio Sarlin.

 

REVITALIZAÇÃO

A Escola Estadual Indígena Tuxaua Bento Louredo da Silva recebeu reparos na parte elétrica e hidráulica, pintura nova no prédio e nas salas anexas. O investimento é do Tesouro Estadual na ordem de R$ 389.743,32.

Avalie este item
(0 votos)

Itens de marcenaria, bonecas de pano, mantas e almofadas estão entre os produtos disponíveis para quem visitar a Feira de Artesanato realizada pela Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) até sexta-feira, 23. Tudo o que está exposto durante o evento foi confeccionado pelos reeducandos nos projetos Costurando Recomeços e Projeto Renascer.

 

O objetivo principal dos projetos de ressocialização do Governo de Roraima, desenvolvidos por meio da Sejuc, é dar oportunidade para quem está nas unidades prisionais de Roraima possa construir novos caminhos.

 

Conforme explicou o secretário da Sejuc, André Fernandes, o apoio na compra dos itens é muito importante para os reeducandos, que além de terem o trabalho valorizado também podem ajudar as famílias.

 

“Os recursos irão retornar para o projeto, e 50% dos valores serão destinados aos internos e suas famílias. A outra metade serve para a manutenção do projeto. Além disso, são itens muito bonitos e de qualidade. É muito importante para a gente que a comunidade apoie o programa e estaremos lá aguardando a população conhecer esse projeto muito importante”, pontuou.

 

A feira está aberta para visitação das 9h às 15h, no prédio da Sejuc, localizada na avenida Getúlio Vargas, 8120, no bairro São Vicente.

 

OS PROJETOS

 

O Governo de Roraima criou o projeto Costurando Recomeços em setembro de 2021, por meio da iniciativa de uma policial penal da instituição. Atualmente participam do programa 12 reeducandas da Cadeia Pública Feminina de Boa Vista.

 

Elas produzem bonecas, panos de prato, toalhas, capas de travesseiro, entre outros itens feitos com máquinas de costura.

 

Além disso, outras ações voltadas à ressocialização de internos do sistema penitenciário vêm sendo executadas, sendo uma delas o Projeto Renascer, que atende 60 detentos do sistema prisional.

 

Nele, são desenvolvidas atividades nas áreas de mecânica elétrica, lanternagem, posto de lavagem, serralheria, borracharia, marcenaria e barbearia. Com isso, eles têm a oportunidade de aprender um ofício, o que reduz a pena em um dia para cada três dias trabalhados e dá a oportunidade de um recomeço quando saírem da reclusão.

 

Avalie este item
(0 votos)

A delegada da PCRR (Polícia Civil de Roraima), Francilene Lima Hoffmann de Vargas, foi eleita vice-presidente da Comissão Nacional de Atletas de Tiro Esportivo, órgão da CBTP (Confederação Brasileira de Tiro Prático). A eleição foi online e contou com representantes de todo o país, eleitos para um mandato inicial de dois anos.

 

De acordo com a delegada, esta é primeira vez que atletas têm representação dentro da CBTP. “Até então, havia somente representantes com voz e direito a voto de clubes e federações de tiro esportivo”, disse.

 

Conforme Francilene, para participar da eleição nacional, ela precisou ser eleita em âmbito estadual e também regional. Assim, todas as regiões do Brasil foram representadas com duas pessoas cada para que se formasse um grupo, e, daí seria eleita a comissão de atletas com dez representantes nacionais.

 

“Entrei para o grupo como representante da Região Norte e também fui eleita internamente como vice-presidente da Comissão Nacional”, detalhou a delegada.

 

Ela explicou ainda que a eleição foi uma necessidade para atender a um dos requisitos da Lei Pelé, que garante incentivos ao esporte no País. “Para que pudéssemos ser amparados por essa lei tínhamos que cumprir todos os requisitos, e a representação dos atletas era um deles”, afirmou.

 

De acordo com a delegada, a função é importante porque antes a gente não tinha um olhar do atleta dentro das discussões do tiro esportivo brasileiro e agora temos direito de voto na Confederação. Então, a partir de agora, a gente tem discussões efetivas do ponto de vista do atleta que antes não havia”, relatou.

 

Delegada vê consonância entre tiro esportivo e atividade policial

 

Há quase 20 anos como delegada na PCRR, Francilene Lima Hoffmann de Vargas tem participado de inúmeras competições de tiro no Brasil e no Exterior, a exemplo do Pan American Handgun Championship VIII, que ocorreu em Frostproof, na Flórida – EUA, em setembro deste ano, onde representou o Brasil.

 

Em sua análise, a delegada afirma que o conhecimento adquirido durante a prática do esporte desenvolve o profissional de segurança pública. “Por que esse profissional adquire um conhecimento do uso do equipamento e das habilidades de uma arma de fogo que é muito diferenciado”, explicou.

 

Para ela, participar dessas competições evidencia a diferença que a modalidade recebe dentro e fora do país.

 

“Diferente dos outros países, como os Estados Unidos, que dá bolsa de estudo nas faculdades para os atletas que se desenvolvem bem e que também existe um olhar, dentro das forças de segurança para os atletas, que são patrocinados para competir no mundo inteiro, o Brasil, infelizmente, não trabalha assim, mas esse é um olhar precisa ser desenvolvido e que estamos lutando para avançar”, revelou.

 

Francillene afirma existir “total consonância” entre a prática do tiro esportivo e o trabalho policial.

 

"Só traz benefícios, tanto para pessoa para o agente de segurança em si, quanto para a instituição e a sociedade. Acredito que isso deveria ser muito explorado porque isso coloca em evidência a instituição, o Estado e o País positivamente”, concluiu.

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima realizou nesta terça-feira, 20, a solenidade de formatura do Curso de Formação dos 328 soldados da quarta turma de policiais aprovados no concurso público da PMRR (Polícia Militar de Roraima). O evento de promoção ocorreu no Estádio Flamarion Vasconcelos, o Canarinho.

 

O curso de formação dos novos soldados teve início no dia 4 de julho de 2022, com 370 alunos convocados e ocorreu na Apics (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago).

 

Nesta terça, também foi realizada a formatura do Curso Especial de Formação de Cabos, que contemplou 173 cabos da turma 2022.2 e 21 cabos da turma 2022.3, totalizando 194 cabos.

 

O governador Antonio Denarium explicou que a gestão do Executivo está realizando o maior investimento em segurança pública já feito em Roraima.

 

“Hoje formamos um total de 522 policiais que vão contribuir para a segurança de Roraima. Essa é apenas uma parte dos investimentos do Governo na área, em um processo que primeiro passa pela contratação e formação de capital humano e também na melhoria de infraestrutura e aquisição de equipamentos para garantir que os nossos agentes de segurança pública possam oferecer um ótimo trabalho para a nossa população”, disse.

 

O comandante-geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Francisco Xavier, destacou que os policiais vão somar nos esforços para manter a paz e a ordem na capital e no interior de Roraima.

 

“Eles vão reforçar o policiamento ostensivo e promover segurança para a população, uma das principais missões da Polícia Militar de Roraima neste momento. Graças ao governo nós estamos vivendo um momento muito bom de investimento na área de tecnologia, no reaparelhamento e nas novas viaturas, mas o principal ganho que nós temos é justamente esse: o ingresso de novos policiais”, disse Xavier.

 

FORMAÇÃO DE SOLDADOS

 

O curso contou com 29 disciplinas nas áreas jurídica, administrativa e operacional, além de treinamento na Base de Instrução da 1ª Brigada de Infantaria de Selva do Exército. No local foi realizada instrução militar básica, a última etapa do estágio da modalidade de formação da PMRR.

 

O treinamento é composto por atividades como patrulha rural, orientação e navegação, natação utilitária, patrulha e obtenção de alimentos de origem vegetal e animal.

 

O agora soldado Gustavo Tupinambá realizou o concurso público para a Polícia Militar em 2018 e sua turma foi convocada para a formação pela atual gestão neste ano. Ele relatou que a conclusão do curso é uma grande alegria e se sente honrado por fazer parte da instituição militar.

 

“A gente lutou muito para estar aqui. Não só eu, mas todos colegas que estão se formando no curso, que exige muito fisicamente e psicologicamente. Mas hoje estamos nessa celebração por tudo o que passamos e agora só queremos aplicar na prática o que a gente aprendeu para a população de Roraima”, disse.

 

As aulas práticas e teóricas do CFS contam com 31 disciplinas e 1.150 horas em seu currículo. A partir de agora os soldados vão colocar em prática todo o ensinamento obtido de qualificação profissional.

 

CABOS QUALIFICADOS

 

Após três meses de treinamento os 194 novos cabos formados podem agora utilizar os conhecimentos adquiridos nas áreas do conhecimento, como uso diferenciado e seletivo da força, socorro de urgência, noções de direito aplicado à atividade policial, entre outras, em um total de 12 disciplinas com carga horária de 400 horas-aulas na modalidade de ensino semipresencial.

 

O Curso Especial de Formação de Cabos ocorreu em duas turmas distintas, sendo 173 da Turma 2022.2 e mais 21 da Turma 2022.3.

 

O cabo da PMRR, Felipe Marcelino, afirmou que sempre teve como sonho ser policial militar. “É mais uma graduação e mais um sonho realizado e que não vai parar se Deus quiser. Foram 400 horas de aperfeiçoamento em várias etapas, inclusive com novas diretrizes na legislação. É importante o agente de segurança estar sempre atualizado e evoluindo no contexto técnico e operacional”, finalizou.

Avalie este item
(0 votos)

As pessoas que ainda não concluíram os estudos na Educação Básica podem contar com a EJA (Educação de Jovens e Adultos). Na rede estadual, o período de matrículas novas para essa modalidade de ensino ocorrerá de 9 a 13 de janeiro, mas os futuros alunos já podem realizar a pré-matrícula e garantir vaga para 2023.

 

A iniciativa foi tomada pela Dieja (Divisão de Educação de Jovens e Adultos) da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) após a constatação de evasão escolar na modalidade. Segundo a chefe da divisão, Rosângela Viana, este é um problema recorrente para este público. A pré-matrícula é uma garantia de que a vaga será destinada a incentivar a quem sonha em ter um diploma.

 

“A matrícula vai seguir o Calendário Escolar 2023, porém, a Seed tem como estratégia hoje para todas as instituições que ofertam a modalidade, fazer a pré-matrícula para garantir o acesso ao ensino", ressaltou.

 

Ainda segundo Rosângela, 90% das pessoas que procuram as escolas de Roraima para a modalidade EJA fora do período de matrícula e que são informadas para voltarem durante as datas estabelecidas no Calendário Escolar, não retornam.

 

Estão sendo ofertadas 2.940 vagas para o primeiro semestre letivo de 2023. Destas, 835 são para o 2º segmento (Ensino Fundamental) e 2.105 para o 3º segmento (Ensino Médio). Em Roraima, 87 escolas ofertam a EJA, sendo 17 em Boa Vista, 30 no interior e 40 em comunidades indígenas.

 

COMO INGRESSAR NA EJA

 

A EJA é destinada às pessoas que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no Ensino Fundamental e Médio na idade própria e está prevista na Lei n° 9394/96 (Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Ao concluir os estudos por meio da EJA a pessoa está apta a dar continuidade em sua vida acadêmica.

 

Os interessados em retomar os estudos precisam ter idade mínima de 15 anos completos para ingressar no Ensino Fundamental (segundo segmento) e 18 anos completos para o Ensino Médio (terceiro segmento).

 

Confira as escolas da rede estadual de ensino que ofertam a EJA na capital:

 

ENSINO FUNDAMENTAL (6° AO 9° ANO)

Bairro

Escola Estadual Lobo D’Almada

Centro

Colégio Estadual Militarizado Maria de Lourdes Neves

Pintolândia

Escola Estadual Raimunda Nonato Freitas da Silva

Santa Tereza

Escola Estadual Antônio Ferreira de Souza

Jardim Floresta

ENSINO MÉDIO (1° AO 3° ANO)

Bairro

Colégio Estadual Militarizado Dr. Luiz Ribeiro de Lima

Jardim Equatorial

Colégio Estadual Militarizado Maria Sônia de Brito Oliva

Pintolândia

Escola Estadual Monteiro Lobato

Centro

Colégio Estadual Militarizado Camilo Dias

Liberdade

Colégio Estadual Militarizado Presidente Tancredo Neves

Tancredo Neves

Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro

Dr. Silvio Leite

Colégio Estadual Militarizado Maria dos Prazeres Mota

Santa Tereza

Escola Estadual Ana Libória

Mecejana

ENSINO FUNDAMENTAL (6° AO 9° ANO)

E ENSINO MÉDIO (1° AO 3° ANO)

Bairro

Escola Estadual Cívico-Militar Fagundes Varela

Nova Cidade

Colégio Estadual Militarizado Fernando Grangeiro de Menezes

Caranã

Escola Estadual Ensino Médio em Tempo Integral Maria das Dores Brasil

Treze de setembro

Escola Estadual Maria das Neves Resende

Asa Branca

 

Avalie este item
(0 votos)

A Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima) lançou o projeto “Quartou com Centelha”, que será apresentado semanalmente pela coordenadoria do Programa Centelha em Roraima.

 

Realizado todas as quarta-feiras às 17h no formato de live no Instagram oficial da Faperr, o objetivo do projeto é fazer com que mais pessoas se interessem e criem ideias inovadoras e empreendedoras e participem do Programa Centelha Roraima, que está com inscrições abertas até o dia 9 de janeiro de 2023.

 

O assessor técnico e coordenador do Centelha Roraima, Elemar Favreto, será o apresentador das lives que vão contar com convidados especiais. “Nossa principal missão é fazer com que mais gente participe, já que o programa é para todos, sejam aqueles que têm um negócio e não sabem como submeter uma ideia, ou quem participa e quer aprimorar”, afirmou.

 

O primeiro convidado será o professor do IFRR (Instituto Federal de Roraima) e pesquisador nas áreas de tecnologia, inovação e empreendedorismo, Vinícius Tocantins.

 

O PROGRAMA

 

Promovido pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Programa Centelha acontece pela primeira vez em Roraima, executado de forma descentralizada por meio da articulação institucional e cooperação com órgãos e entidades do Governo do Estado.

 

O edital visa impulsionar ideias inovadoras e geração de novas empresas de base tecnológica de interesse social e empresarial, além da formação da cultura do empreendimento inovador.

 

Neste sentido, o programa busca ideias que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional.

 

Serão financiados 15 projetos com apoio financeiro de até R$ 53,3 mil pelo Governo do Estado em parceria com a Finep, além de R$ 26 mil em bolsas de inovação ofertadas pelo CNPq por projeto, totalizando um valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

 

No total, a previsão é de que sejam investidos R$ 97 milhões em todo o Brasil, sendo R$ 74 milhões pelo MCTI via FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e R$ 23 milhões pelos parceiros nos Estados.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do programa até 9 de janeiro de 2023.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima inaugurou na manhã desta terça-feira, 20, o estande de tiros do QCG (Quartel do Comando Geral) da PMRR (Polícia Militar de Roraima), espaço que será destinado para o treinamento dos cursos de formação da instituição e aprimoramento de todos os agentes de segurança pública do Estado.

 

Mais nova conquista da segurança pública roraimense, o estande de tiro era uma reivindicação antiga da Polícia Militar. O local possui 470 metros quadrados, com isolamento acústico e área de tiro para arma curta e outra área para armamento de cano longo. A instalação possui seis raias, três de 50 metros e três de 25 metros, com segurança, acústica moderna e em modelo “indoor”, que oferecem proteção contra as condições climáticas adversas e podendo ser operada 24 horas por dia.

 

Os recursos são oriundos de emenda parlamentar da deputada Shéridan Oliveira e contrapartida do Governo de Roraima. O investimento foi firmado entre o Governo de Roraima, por meio da Sesp (Secretaria da Segurança Pública) com a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública).

 

“Essa obra significa um grande momento para a PM. Há um ano foi assinada a ordem de serviço para a construção, que seguiu todas as exigências do Governo Federal. O estande vai melhorar a capacitação não somente da corporação militar, mas de todos os nossos agentes de segurança pública. É mais um passo na valorização das nossas políticas da área, que incluem a contratação de novos policiais, compra de armamentos e novas viaturas”, declarou o governador Antonio Denarium sobre a inauguração.

 

REDUÇÃO DE CRIMES

 

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Francisco Xavier, um dos objetivos do Governo tem sido a estruturação da segurança pública como um todo, e que este investimento tem se refletido na redução da criminalidade em Roraima.

 

“Estamos fechando o ano apresentando à sociedade roraimense uma redução de cerca de 10% da criminalidade. Em relação ao crime de roubo, comparando com 2021, tivemos uma redução de 48%. Isto é fruto do investimento do Governo do Estado na segurança pública”, disse.

 

Xavier destacou ainda que o novo estande de tiros será utilizado por toda a estrutura de segurança pública do Estado.

 

A OBRA

 

A construção do estande de tiro do QCG da PM teve início em 17 de maio de 2021, com investimento de R$ 839.941,88. Deste valor, R$ 580.369,21 vieram de convênio com o MJSP, de emenda parlamentar de indicação da deputada federal Shéridan de Oliveira. A contrapartida do Governo de Roraima foi de R$ 259.572,67.

 

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima avança na regularização dos seus conjuntos habitacionais, por meio do programa Aqui Tem Dono, executado pela Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima). Nesta terça-feira, 20, foi realizada a entrega de outorgas a 60 mutuários de conjuntos habitacionais da empresa.

 

Os conjuntos relativos a esta última entrega são Caimbé l, Mecejana, Cabos e Soldados (no bairro Caranã), Pricumã l e ll, Boa Vista l e ll (no São Vicente), Caçari I e II e Monte Roraima. A cerimônia ocorreu no Palácio Senador Hélio Campos.

 

O documento de outorga garante a transferência dos imóveis que ainda estão no nome da Codesaima para os moradores de fato das casas contempladas. Alguns, inclusive, esperavam pela declaração há mais de 40 anos.

 

O governador Antonio Denarium afirmou que este é um momento muito importante para os moradores beneficiados com a titulação. “É uma alegria ver as pessoas com a certeza de serem donas do que é seu por direito. O Governo tem a satisfação de estar concretizando esse sonho da conquista da segurança jurídica, uma das prioridades centrais da gestão”, declarou.

 

A presidente da Codesaima, Maria Dantas, lembrou que a campanha de regularização é um compromisso do Governo do Estado. “Estamos concluindo mais uma etapa do Aqui Tem Dono dando uma resposta a essas pessoas que aguardam tanto tempo o documento de suas casas”, disse.

 

A moradora do conjunto Monte Roraima, Maria Luiza da Silva Borges, explicou que mora no local desde 1989, e que várias vezes tentou regularizar seu imóvel. “Todos nós que moramos no Monte Roraima demos entrada na documentação mas nunca pudemos. Com esse trabalho e a preocupação do Governo conosco, agora sim conseguimos. Já até assinei a escritura”, revelou.

 

Até o momento, a regularização urbana permanente do Aqui Tem Dono já havia entregado mais de 490 outorgas. São mais de 3 mil residências que faltam passar para seus proprietários.

 

As pessoas que não participam das campanhas podem solicitar o início do processo de regularização na sede da Codesaima, na avenida Mário Homem de Melo, 1489, no bairro Mecejana.

 

Programa Morar Melhor recebe prêmio nacional por relevância social

 

Ainda nesta terça-feira, 20, o Governo de Roraima recebeu de forma simbólica o prêmio nacional Selo de Mérito 2022, concedido ao programa Morar Melhor pela ABC (Associação Brasileira de Cohabs) e a FNSHDU (Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano). A premiação ocorreu no dia 8 de dezembro, em Brasília (DF), pela relevância e o expressivo alcance social do projeto, durante o 69º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social.

 

O programa atende famílias de baixa renda e casas onde morem pessoas com deficiência, tenham mulheres chefes de família ou pessoas idosas.

 

Denarium explicou que a premiação nacional prova que o objetivo do Morar Melhor vem sendo alcançado por um trabalho competente dos técnicos da companhia estadual. “Temos muito orgulho do projeto e da equipe que leva dignidade por meio da reforma e melhoria da casa dos roraimenses, em especial às pessoas que precisam de acessibilidade, como idosos e pessoas com deficiência”, frisou o governador.

 

DIFERENCIAL

 

No dia da premiação, a presidente da Codesaima, Maria Dantas, e o diretor de Habitação da empresa, Rodrigo Ávila, fizeram uma apresentação do Morar Melhor para uma plateia composta de autoridades da área de habitação de todo o Brasil.

 

“Vários Estados estão executando programas semelhantes, só que geralmente é feita a entrega de um cheque ou crédito nas construtoras. O diferencial de Roraima com o Morar Melhor foi entrar, em plena pandemia, em mais de 2 mil casas e acompanhar a história de vida de cada morador”, disse Dantas sobre os destaques do projeto.

 

Para o reconhecimento do programa, o Morar Melhor teve sustento do Governo de Roraima, que no primeiro ano de atividades da ação, investiu R$ 6 milhões para a realização das obras.

 

O total aplicado na estrutura do programa foi de R$ 14 milhões com recursos próprios do Estado.

 

O Morar Melhor já tem 7 mil inscritos e mais de 2 mil beneficiados. São realizadas obras com valor até R$ 6 mil. No próximo ano, os recursos e valores das obras devem aumentar.

Avalie este item
(0 votos)

Pelo segundo ano consecutivo, o Governo de Roraima anuncia o pagamento do abono pecuniário extraordinário para servidores da Educação estadual. Este ano, o abono será no valor de R$ 8 mil reais.

 

Serão contemplados 8.822 servidores estaduais efetivos, comissionados e temporários que estão ativos na folha de pagamento no mês de dezembro e atuando na Seed (Secretaria de Educação e Desporto), em seus respectivos setores, departamentos e escolas da capital, interior e de comunidades indígenas.

 

“Mais uma vez demonstramos o compromisso, valorização e respeito com os nossos servidores da educação do Estado. No total serão mais de R$ 70 milhões de reais investidos e todos vão receber de forma igualitária, o valor de R$ 8 mil reais”, destacou o governador Denarium.

 

O pagamento será feito em folha suplementar e será creditado na conta dos servidores até o dia 29 de dezembro. Vale destacar que o valor bruto será de R$ 8 mil e sobre esse valor incidem descontos, conforme previstos na lei.

 

O secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita, ressaltou que, com o pagamento do abono, o ano de 2022 encerra com chave de ouro para a educação.

 

“Encerramos o ano com muitas ações a comemorar. Após a retomada das aulas presenciais, tivemos a reinauguração de mais de 40 escolas revitalizadas, entrega de mobiliários novos, equipamentos e agora o pagamento desse abono pecuniário, que é mais um reconhecimento do Governo do Estado para com os servidores da educação”, finalizou Nonato.

Avalie este item
(0 votos)

Realizado entre o terceiro e o quinto dias de vida do recém-nascido, o teste do pezinho é um exame que tem o propósito de diagnosticar precocemente doenças genéticas que podem causar danos neurológicos durante o desenvolvimento da criança.

 

De 1º de janeiro a 19 de dezembro deste ano, 5.145 exames foram realizados em bebês nascidos no HMI (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), considerada como a principal referência materna do Estado.

 

A técnica de enfermagem da unidade, Priscila Roland, ressalta que o teste é um programa de triagem neonatal preconizado pelo Ministério da Saúde, capaz de identificar até sete doenças que atingem os pequenos.

 

“O teste do pezinho detecta doenças metabólicas e é importante serem identificadas a tempo, porque se não forem tratadas podem causar danos neurológicos na criança. O teste tem um período ideal do terceiro ao quinto dia de vida, podendo se estender até no máximo o 15ª dia”, disse.

 

COMO FUNCIONA?

 

O teste do pezinho é feito com sangue coletado do calcanhar do bebê e permite identificar doenças graves metabólicas, enzimáticas e hereditárias, como o hipertireoidismo congênito, que é quando a glândula tireóide do recém-nascido não é capaz de produzir quantidades adequadas de hormônio.

 

Outras doenças detectáveis pelo exame incluem a toxoplasmose imunoglobulina M neonatal (infecção no sistema nervoso e tecidos muscular e conjuntivo), a tripsina imunorreativa (possível fibrose cística), o hormônio tireoestimulante, a fenilcetonúria (doença do metabolismo), a hemoglobinopatias (doenças que afetam o sangue), a dosagem de fenilalanina (associados a deficiência enzimática), a 17 alfa hidroxiprogesterona neonatal (doença genética autossômica) e a deficiência biotinidase (doença metabólica hereditária).

 

Segundo Priscila, essas doenças não apresentam sintomas no nascimento, e, caso não diagnosticadas e tratadas cedo, podem causar sérios danos à saúde do pequeno.

 

A atendente Patrícia Subero, 19, trouxe o seu bebê para fazer o teste após ganhar alta. Ela vê o exame como necessário para garantir a saúde do recém-nascido. “É importante fazer o teste do pezinho para assegurar a saúde do bebê desde cedo, para detectar doenças graves”, disse.

 

É importante lembrar que antes da alta hospitalar, as mães de recém-nascidos do Hospital Materno Infantil devem procurar a sala do teste do pezinho, que fica próxima à recepção. O teste também pode ser feito em qualquer UBS (Unidade Básica de Saúde).

 

“Para realizar o teste a criança não precisa estar registrada, é só procurar o serviço dentro da maternidade ou a unidade básica mais próxima da sua casa. É necessário a identidade da mãe, endereço, telefone para contato e o cartão de vacina da criança”, pontuou Priscila.

Avalie este item
(0 votos)

O CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) divulgou o relatório da Operação Boas Festas de 2022, realizada em locais que possam oferecer risco às pessoas ou ao patrimônio, com o objetivo de fiscalizar estabelecimentos comerciais, casas de festas, clubes e eventos com reunião de público.

 

No período de 9 de novembro a 7 de dezembro deste ano, a equipe do Corpo de Bombeiros fiscalizou o sistema preventivo de incêndio e de pânico para evitar riscos à vida humana e preservar o patrimônio privado.

 

Foram realizadas visitas para fins de vistorias em 252 estabelecimentos. Destes, 112 se encontravam em situação regular, um local estava irregular, 67 foram notificados, dois foram multados, 33 orientados, oito aprovados e 29 locais visitados estavam fechados.

 

Conforme explicou o major do Corpo de Bombeiros Fernando Troster, subdiretor de expediente da DPST (Diretoria de Prevenção e Serviços Técnicos), a operação também teve o cunho de orientação quanto à Lei da Liberdade Econômica a respeito das novas normas que contemplam os estabelecimentos.

 

“Também atuamos de forma a sensibilizar os responsáveis pelos locais, da importância do investimento em sistema preventivo de incêndio e pânico. É preciso reforçar sempre que a melhor ação sempre será a prevenção”, declarou Troster, afirmando ainda que prejuízos causados por sinistros são maiores que investimentos na parte de prevenção.

 

A partir da Operação Boas Festas, os bombeiros militares da DPST farão retornos regulares, conforme planejamento do setor e prazo dado aos estabelecimentos para regularização de pendências.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está reformando e ampliando a estrutura do Posto Fiscal do Jundiá, em Rorainópolis, na divisa com o Estado do Amazonas. A obra está com 60% dos trabalhos concluídos e vai beneficiar a todos que precisam do serviço fiscal, além dos servidores da Sefaz (Secretaria da Fazenda) que atuam na unidade.

 

O Posto Fiscal do Jundiá é a porta de entrada de quase todas as mercadorias que chegam ao Estado. A obra é executada com recursos do Executivo estadual no valor de R$ 2.142.755,65.

 

A intenção com a reforma e ampliação, segundo o governador Antonio Denarium, é proporcionar mais qualidade no atendimento aos caminhoneiros e outros profissionais, além das pessoas que passam diariamente pela unidade quando entram ou saem de Roraima.

“O Posto do Jundiá é a porta de entrada de quase todas as mercadorias que chegam ao Estado. Passam centenas de veículos e milhares de pessoas diariamente que precisam ter conforto e segurança enquanto são atendidas. Já fizemos algumas melhorias e esta revitalização também cria um ambiente de trabalho melhor para os servidores da Sefaz”, declarou o governador.

Estão em execução os serviços no prédio principal, incluindo elétrica, hidráulica, piso, pintura, cobertura e instalação de louças e metais dos banheiros. Também já foi construído o reservatório elevado (caixa d’água), e a lanchonete e refeitório.

 

“Também está em execução a construção da área nova de alfândega e fiscalização da Receita Estadual. O posto será entregue todo reformado em 2023”, afirmou o diretor do Departamento de Engenharia da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), Raimundo Maia sobre a obra.

 

MAIS INVESTIMENTOS

 

Já foram feitas outras melhorias no local, como o serviço de restauração de toda a iluminação do pátio. No ano passado, o Governo de Roraima adquiriu um veículo do tipo scanner para ser utilizado no Posto Fiscal do Jundiá, como forma de facilitar a fiscalização dos veículos de passageiros e de cargas, que entram e saem pela divisa com o Estado do Amazonas.

Avalie este item
(0 votos)

Neste final de semana, o governador de Roraima, Antonio Denarium, cumpriu extensa agenda em Georgetown, na Guiana, e Paramaribo, no Suriname, com o objetivo de consolidar a aproximação que do Estado com os países do Caricom (Comunidade do Caribe), bloco de cooperação econômica e política composto por vários países da região.

 

A viagem da delegação roraimense liderada por Denarium iniciou na sexta-feira, 16, quando foi recebida pelo presidente da Guiana, Mohamed Irfaan Ali, na residência oficial, para discutir o aprofundamento das relações entre Roraima e o país vizinho.

No encontro estavam presentes o ministro da Agricultura, Zulfikar Mustapha, e o secretário para Assuntos Exteriores do país, Robert Persaud. Foram abordados temas como a segurança alimentar entre os dois países, o desbloqueio de entraves e burocracias que limitam a dinâmica das exportações e importações

 

 

As partes discutiram ainda questões energéticas e a possibilidade de construir uma linha de transmissão que ligaria Georgetown a Boa Vista, considerando a construção de uma usina hidrelétrica na Guiana, que vai gerar energia excedente no país e uma definição para voos regulares entre Georgetown e Boa Vista, evolução do acordo de cooperação de transporte internacional de cargas e passageiros. A medida visa transformar Georgetown em um hub de distribuição de produtos roraimenses, reduzindo o tempo de transporte e dinamizando o comércio na região.

 

 

“Outro ponto que discutimos com o presidente Irfaan foi o andamento das obras das rodovias na Guiana que dão acesso ao porto de águas profundas do país. Isso vai dar a Roraima uma das melhores logísticas do Brasil e com certeza vai fortalecer a economia e possibilitar novas oportunidades de comércio para o nosso Estado”, disse o governador Denarium sobre o encontro.

 

COMÉRCIO EXTERIOR

 

Outra pauta importante discutida foi a construção de um terminal de alimentos em Lethem para receber cargas de Roraima com destino aos países-membros do Caricom e o aumento das relações comerciais como a exportação de soja, carne e milho, exportações que já ocorrem do Estado para as regiões vizinhas e que estão em ritmo de crescimento.

 

“O incremento dessas importações vai gerar um aumento dos indicadores da balança comercial roraimense”, frisou Denarium.

 

Para o presidente guianense Mohamed Irfaan Ali, Roraima, além de ser um Estado membro de um país irmão, é um parceiro próximo que auxilia a Guiana com a venda de alimentos e diversos produtos em um momento em que o país caribenho passa por um choque de crescimento com a descoberta de petróleo na costa oceânica.

 

“Roraima tem sido uma grande parceria e quero que isso se estreite cada vez mais em nível de Brasil e possamos gerar bons negócios para os dois países. O governador Denarium tem sido um excelente interlocutor do Brasil junto ao nosso país”, declarou Ali.

 

O governador destacou a boa relação cultivada por Roraima com a Guiana. “Somos povos irmãos e por isso precisamos buscar soluções que possam ajudar Roraima, o Brasil, a Guiana e inclusive o Caribe a se desenvolverem. Há um potencial de mais de 60 milhões de pessoas para consumir nossos produtos e essa boa relação faz toda diferença”, afirmou Denarium

 

Em agosto deste ano, o presidente Irfaan Ali e a primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley, se reuniram com o governador em Boa Vista.

 

Comitiva estende possibilidades e parcerias econômicas com o Suriname

 

Após a visita à Guiana, a comitiva roraimense desembarcou na manhã de sábado, 17, em Paramaribo, capital do Suriname, onde participou de diversas reuniões, incluindo com o presidente Chandrikapersad Santokhi no palácio de governo do país. A visita discutiu a relação bilateral para fortalecer o comércio e a produção das regiões e é resultado de uma visita feita por uma delegação do Suriname a Roraima, no início deste ano.

 

Um dos temas debatidos foi a implantação de rotas terrestres, aéreas e marítimas para o tráfego de passageiros e mercadorias entre Roraima e Suriname.

 

Ainda no tema comercial, as partes discutiram o andamento das exportações de Roraima de itens como farelo de soja, carne, milho, óleo e polpa de frutas para o Suriname. Denarium destacou que o Suriname tem sido um grande parceiro de Roraima e ajudado no crescimento da balança comercial, frente com potencial a ser ampliado com a possibilidade de destraves burocráticos.

 

“O Suriname é outro grande parceiro com potencial, interesse de parceria e um excelente ponto estratégico para a distribuição dos produtos roraimenses, além de ter um presidente visionário e que aposta na melhoria da qualidade de vida das pessoas. Iremos fazer o possível para estreitar e consolidar as relações entre Roraima e o Suriname para que bons frutos cheguem em forma de benefício ao povo de Roraima”, destacou o governador.

 

ENERGIA

 

O presidente Chan Santokhi explicou que, além do interesse do país em ser um hub comercial do Caricom para produtos roraimenses e brasileiros escoados a partir do Estado, também acompanha Roraima despontando como provável matriz energética confiável, que pode oferecer ao Suriname condições para o desenvolvimento. Foram tratados investimentos também em energia a gás e hidrelétrica, com empresários locais interessados em desenvolver essa área no país.

 

“Roraima já é um povo irmão e o crescimento e números atuais nos fazem querer trazer essa experiência para perto e esses intercâmbios que nos ajudem mutuamente a crescermos e nos desenvolvermos dentro do potencial de cada um”, frisou Santokhi sobre a visita da delegação roraimense.

 

 

PARCERIAS AGRÍCOLAS

 

A comitiva também formalizou acordos em relação à formação prática e técnica agrícolas, momento em que foi oferecido ao Suriname a oportunidade de enviar dez agricultores para Roraima para serem capacitados em técnicas de cultivo industrial de diversas áreas. A ação visa melhorar a dinâmica entres os dois países para ajudar rapidamente com projetos agrícolas essenciais relacionados com a produção, importação e exportação.

Avalie este item
(0 votos)

A luta contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças zika vírus, dengue e chikungunya, não pode parar. Por isso, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), realizou uma parceria com a prefeitura de Rorainópolis, e promoveu na manhã deste sábado, 17, uma blitz educativa para alertar a população.

 

“Essa ação demonstra a união entre todas as instituições envolvidas em promover a saúde em nosso Estado. O Governo apoia as ações dos municípios e participa diretamente para fortalecer importância da limpeza dos lares e evitarmos essas doenças em Roraima”, explicou a secretária da Saúde, Cecília Lorenzon.

 

O ato de sensibilização foi realizado por servidores do NCFAD (Núcleo Estadual de Controle da Febre Amarela e Dengue) e agentes de combate a endemias do município de Rorainópolis. Eles utilizaram panfletos informativos para chamar a atenção dos condutores e pedestres quanto à necessidade de vistoriar os quintais de casa e eliminar os criadouros.

 

“Essa ação desenvolve um trabalho de educação e saúde. É um alerta para a população sobre os perigos que o mosquito pode causar”, afirma o coordenador de Vigilância em Saúde de Rorainópolis, Clayson Oliveira.

 

O levantamento considera alto risco para transmissão das arboviroses quando o município obtém índice igual ou superior a 4,0% de infestação do Aedes aegypti. Já o município de Rorainópolis obteve (3,7%).

 

“Rorainópolis é um município que conseguiu reduzir muito a incidência de casos de dengue, e também o número de criadouros. Nos primeiros LIRAa [Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti], eles estavam bem acima do esperado, e hoje conseguiram reduzir quase no ideal, por meio da execução de várias ações”, completou a Coordenadora da Vigilância Estadual, Valdirene Oliveira.

 

Segundo o morador de Rorainópolis, Carlos César Souza, 52, essas ações são importantes para conscientizar quem vive na região. “A equipe está de parabéns por essa ação. A dengue é uma doença que mata, e precisamos nos conscientizar”, disse.

 

APOIO AOS MUNICÍPIOS

 

Ao longo do ano, a CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde) elaborou e implementou rotinas de eliminação de criadouros, ofertou capacitações e treinamentos aos municípios, além de visitas técnicas de acompanhamento de atividades de controle dos vetores em todo o Estado.

Avalie este item
(0 votos)

Os investimentos do Governo de Roraima para melhorar a saúde seguem a todo vapor. Neste sábado, 17, o HRS (Hospital Regional Sul Ottomar de Sousa Pinto), unidade da Sesau (Secretaria de Saúde) em Rorainópolis, recebeu o primeiro tomógrafo para reforçar a realização dos procedimentos cirúrgicos e exames de imagem da unidade.

 

O equipamento irá atender os pacientes internados no hospital. A ideia é começar a utilizá-los já nos próximos dias.

 

“Esse investimento do Governo do Estado também é uma grande conquista para a população da região Sul de Roraima. Agora não vai ser mais necessário ir a Boa Vista para fazer tomografia, porque as pessoas vão ter essa opção em Rorainónopolis”, declarou o governador Antonio Denarium sobre a aquisição.

 

A secretária de Saúde, Cecília Lorenzon, explicou que o tomógrafo vai fazer toda uma diferença no atendimento à população. “Neste ano o Governo adquiriu vários equipamentos para o Hospital Ottomar de Sousa Pinto. Além da tomografia computadorizada, temos o raio-X portátil para atender os pacientes, dois ultrassons completos e o esterilizador. São investimentos que fazem a diferença para o atendimento e só quem ganha é a população roraimense”, frisou.

 

De acordo com a Diretora da Unidade, Juliene Monauer, conta que o novo equipamento deve ajudar na diminuição no tempo de espera de pacientes que aguardam por procedimentos na unidade.

 

“Esse é o primeiro equipamento de alta complexidade instalado em Roraima fora da capital. É muito importante o diagnóstico por imagem por meio do tomógrafo na nossa região, porque os pacientes não precisam se deslocar para fazer exames de imagens tão complexas como é a tomografia. Com isso a gente diminui as remoções e tratamos os pacientes na própria unidade”, disse.   

 

O cirurgião geral, Kleber Reial, comemorou a chegada do novo item, e ressaltou a importância de ter um equipamento moderno e eficiente para dar mais celeridade aos exames dentro do hospital.

 

“Tomógrafo novo e o primeiro do interior do estado. Tem cidades do interior do Amazonas que não tem um equipamento desse. Isso é uma vitória grande para Roraima e um avanço para região Sul, e cada vez mais dar uma assistência melhor”, complementou.

 

Para o prefeito de Rorainópolis, Leandro Pereira, parabenizou o Governo do Estado e a Sesau, pelo empenho em melhorar a qualidade de atendimento na área de saúde no município. “Quando é feito um bom trabalho técnico, os resultados são rápidos e mais precisos. E quem ganha com isso, é a população”, disse.

 

NOVOS EQUIPAMENTOS

 

O Hospital Regional Sul Ottomar de Sousa Pinto já recebeu neste ano a tomografia computadorizada, equipamento que realiza exame de imagem de alta qualidade, aparelho de raio-X portátil, que é direcionado para atender os pacientes nas salas de emergências, salas cirúrgicas, ortopédicas, clínicas e outras especialidades.

 

Foi feita ainda a aquisição de dois aparelhos de ultrassom completos com Doppler, que atende todos os exames de imagens ultrassom, além de duas novas autoclaves para as demandas de esterilização de diversos materiais.

Avalie este item
(0 votos)

Dando continuidade à agenda internacional deste final de semana, o governador de Roraima, Antonio Denarium, esteve neste sábado, dia 17, em Paramaribo, capital do Suriname. Na ocasião, ele se reuniu com o ministro da agricultura do país, Parmanand Sewdien.

 

Acreditando na boa relação entre Roraima e os países fronteiriços, Denarium conversou com o ministro, acompanhado de equipe técnica do governo e empresários locais com potencial para fortalecer o comércio regional entre países caribenhos de forma a melhorar a balança comercial do Estado.

 

O governador explicou que, atualmente, Roraima mantém relações comerciais com o Suriname com a exportação de farelo de soja e carne. “Vamos ampliar ainda mais as nossas exportações, gerando emprego e renda para a nossa população. Roraima tem um excelente potencial e uma grande oportunidade de ir além das fronteiras, e isso confirma a qualidade desse trabalho que fazemos pela produção do Estado”, declarou Denarium sobre as visitas aos países caribenhos.

 

Desde o início da atual gestão, o Governo de Roraima trabalha para estreitar os laços entre o Estado e regiões de fronteira, com foco no desenvolvimento econômico e sustentável, fortalecendo o contato institucional com os países vizinhos.

 

CONTINUIDADE

 

Em maio deste ano, uma comitiva do Governo do Suriname, liderada pelo ministro Parmanand Sewdien, esteve em visita a Roraima representando o presidente do país, Chan Santokhi.

 

Na oportunidade, Sewdien reafirmou o interesse do país em conhecer melhor o potencial de Roraima, principalmente nas áreas de segurança alimentar e de agricultura.

 

AGENDA

 

A comitiva do Governo de Roraima está cumprindo agenda de visitas internacionais na desde sexta-feira, 16, iniciada na Guyana, quando Denarium se reuniu com o presidente do país, Mohamed Irfaan Ali. Na pauta, foram discutidos temas de relevância econômica e social para a relação entre as regiões fronteiriças.

 

O governador tratou com o presidente Mohamed Irfaan Ali sobre a possibilidade do início de voos regulares entre Georgetown, capital da Guiana, e Boa Vista, e também adiantou as negociações sobre o termo de cooperação de transporte de cargas e passageiros entre Roraima e o país vizinho, para dinamizar o comércio regional.

Avalie este item
(0 votos)

Para garantir às reeducandas da CPFBV (Cadeia Pública Feminina de Boa Vista) dignidade e a livre manifestação religiosa, prevista no artigo 5° da Constituição Federal e no artigo 24 da Lei de Execução Penal, será realizado neste domingo, 18, a cerimônia de batismo de 29 mulheres internas da unidade prisional.

 

A ação é única, feita em parceria da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) com a Igreja Adventista do Sétimo Dia, que presta assistência religiosa dentro da unidade prisional, com a realização de cultos dentro do CPFBV.

 

“A ressocialização tem várias frentes, e uma delas passa pela liberdade religiosa. O nosso papel enquanto gestores do sistema prisional é a garantia desse direito. Ficamos felizes por um projeto tão especial na Cadeia Pública Feminina”, avaliou o governador Antonio Denarium sobre a ação.

 

O levantamento das reeducandas que participam da cerimônia foi feito pela própria igreja, a partir do interesse dessas mulheres. A iniciativa não será limitada somente à cerimônia de batismo, como explicou o titular da Sejuc, André Fernandes.

 

“Depois do batismo teremos uma palestra, corte de cabelo, hidratação, design de sobrancelhas, massagem e também entrega de kits com produtos de higiene feminina para as participantes”, disse Fernandes.

 

O secretário salientou que a assistência religiosa é um dos direitos previstos por lei, portanto, é obrigação do Estado garantir a livre manifestação religiosa e que a educação espiritual aconteça dentro das unidades prisionais. Fernandes lembrou ainda que, por muitas vezes, a fé é uma ferramenta para que as presas possam enfrentar as adversidades.

 

“A ação é muito importante, especialmente porque muitas internas se sentem desamparadas pela família e sofrem de depressão. Nesse sentido, além do apoio psicológico, a espiritualidade também as ajuda a passar por isso”, complementou.

 

PROJETOS SOCIAIS

 

Por acreditar que a ressocialização é o melhor caminho para uma nova realidade para os reeducandos, o Governo de Roraima vem realizando ações voltadas à força de trabalho como forma de reinserção à sociedade após o cumprimento de pena.

 

Desenvolvido na CPFBV, o “Costurando Recomeços” foi criado em setembro de 2021 e, atualmente, atende a 12 mulheres no projeto, que consiste na produção de bonecas e na qualificação da força de trabalho das participantes.

 

Outro projeto desenvolvido no sistema prisional e reconhecido pela sociedade civil é o projeto “Renascer”, que consiste na ressocialização de reeducandos por meio da força de trabalho. Atualmente, 50 internos homens do sistema prisional participam da iniciativa, atuando e aprendendo ofícios nas áreas de mecânica elétrica, lanternagem, posto de lavagem, serralheria, borracharia, marcenaria e barbearia.

Avalie este item
(0 votos)

Nesta sexta-feira, 16, policias civis lotados na CF (Central de Flagrantes), onde está instalada a Sala Lilás, participaram de uma capacitação com o objetivo de humanizar ainda mais o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e intrafamiliar e de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

 

O treinamento faz parte da política de enfrentamento desenvolvida pela PCRR (Polícia Civil de Roraima) às diversas formas de violência contra a mulher, crianças e adolescentes.

 

A capacitação está sendo ministrada pela diretora do DPE (Departamento de Polícia Especializada), delegada Elivânia Aguiar. Segundo ela, a Sala Lilás é um espaço criado para prestar atendimento especializado e humanizado e, por isso, há a necessidade de qualificar os policiais para a realização deste atendimento especializado às vítimas.

 

“Essa capacitação tem como objetivo demonstrar como deve funcionar o fluxo de atendimento prestado às vítimas, com mais empatia, humanização e fazer com que o policial preste o melhor serviço possível às vítimas”, disse a delegada.

 

Além da teoria, a delegada enfatizou que os participantes do curso terão a oportunidade de conhecer sobre os serviços oferecidos na Casa da Mulher Brasileira, onde o treinamento está sendo realizado, para que possam dar os encaminhamentos corretos às vítimas.

 

A capacitação foi dividida em duas turmas. A primeira recebeu o treinamento nesta sexta-feira e a segunda, será na próxima segunda-feira, 19.

 

O AMBIENTE

 

A Sala Lilás é um espaço criado para prestar atendimento especializado e humanizado às mulheres vítimas de violência física e sexual. É um ambiente acolhedor onde a mulher, que chega fragilizada, possa ser acolhida e receba apoio. A cor lilás ou roxa inspira respeito e dignidade, mas também piedade, purificação e transformação.

 

A meta é que as vítimas de violência doméstica, intrafamiliar ou de violência doméstica sejam atendidas de forma priorizada, separada dos agressores, em um ambiente mais acolhedor.

 

De acordo com a delegada-geral adjunta da Polícia Civil, Darlinda de Moura Viana, para esse acolhimento, foi designada uma sala localizada no primeiro piso da Central de Flagrantes, totalmente adaptada para este fim.

 

“Preparar o ambiente, capacitar o servidor e priorizar esse atendimento às vítimas é uma das responsabilidades da Polícia Civil e estamos empenhados em ofertar todos esses serviços para trazer mais dignidade a essas mulheres”, finalizou.

Avalie este item
(1 Votar)

A Fundação Vunesp divulgou nesta sexta-feira, 16, o edital com o resultado provisório das provas objetivas de mais quatro cargos do concurso público da PCRR (Polícia Civil de Roraima). O documento pode ser acessado no site oficial da banca organizadora.

 

O diretor administrativo da PCRR, delegado Jimmy Santana, explicou que, desta vez, estão sendo divulgados os resultados provisórios das provas objetivas dos cargos de escrivão, auxiliar de necrópsia, odontolegista e demais especialidades da perícia criminal.

 

No caso do cargo de perito criminal, estará disponível o resultado das seguintes especificidades:

 

Perito criminal ‑ Bioquímica, Biomedicina, Ciências Biológicas, Química, Engenharia Química ou Farmácia da Polícia Civil; perito criminal ‑ Computação Científica ou Analista de Sistemas; perito criminal ‑ Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica; e perito criminal ‑ Engenharia Civil.

 

Ainda segundo o diretor, o candidato poderá interpor recurso contra o resultado provisório das provas no período das 8h do dia 19 de dezembro de 2022 até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 21 de dezembro de 2022. Para isso, o interessado deve interpor o recurso no site da banca organizadora, na respectiva página do concurso.

 

“Com essa última relação, foi concluída a divulgação do resultado provisório da prova objetiva de todos os cargos da Polícia Civil”, destacou o diretor.

Avalie este item
(1 Votar)

O governador de Roraima, Antonio Denarium está cumprindo agenda internacional na Guyana e no Suriname. Na pauta, diversos temas de grande relevância econômica e social para a relação entre os países fronteiriços.

 

Na manhã desta sexta-feira, dia 16, Denarium se reuniu com o presidente da Guyana, Mohamed Irfaan Ali, onde aprofundou assuntos de interesse na relação entre Roraima e a Guyana.

 

Dentre os temas discutidos, a possibilidade do início de voos regulares entre Georgetown – capital da Guyana – e Boa Vista, como também a superação dos obstáculos que podem estar dificultando a implantação dessa linha regular. “Isso vai estimular o turismo no país vizinho como também em Roraima, aquecendo as duas economias”, defendeu Denarium.

 

Além disso, o governador adiantou as negociações sobre o termo de cooperação de transporte de cargas e passageiros, de forma que as cargas possam também chegar via aérea a Georgetown, que funcionaria como hub de distribuição e assim reduzir o tempo de transporte e dinamizar o comércio com Roraima.

 

A construção de um Terminal de Alimentos na cidade de Letten também foi tema de discussão. Essa unidade vai fazer o recebimento das cargas de Roraima com destino aos países do Caricon (Comunidade do Caribe).

 

“Roraima tem avançado inclusive na relação com os países fronteiriços. Isso é importante para o Estado, que terá uma economia mais aquecida em razão das relações comerciais”, disse o governador Antonio Denarium, ao agradecer ao presidente da Guyana pela obra de arte presenteada, que é assinada por um artista do país.

 

AGENDA SURINAME

 

A agenda segue pelo sábado, dia 18. Pela manhã, a reunião ocorrerá no Suriname, com o presidente Chan Santokhi. Na pauta, estreitamento das relações comerciais.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

Como forma de garantir maior volume de estoque para este final de ano, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) vai abrir as portas neste sábado, 17, para receber doadores voluntários que fazem parte do Moto Clube Insano.

 

“Neste sábado [17], o Hemocentro vai estar de portas abertas das 7h30 até às 11h, para seguirmos atendendo as pessoas que estão vindo doar sangue. É um ato de amor em que uma pessoa pode salvar até quatro vidas”, informou a assistente social do setor de captação, Hellen Bessa, que explicou ainda que atualmente, todas as tipagens sanguíneas necessitam de reforço no Estado.

 

“Quem estiver interessado em doar pela primeira vez precisa ficar atento a algumas recomendações importantes, como ter entre 16 e 59 anos. Mas caso a pessoa tenha um histórico de doação, pode vir até os 69 anos. Os menores de 18 anos precisam estar com o responsável legal”, ressaltou Hellen.

 

Ela explicou ainda que o interessado também precisará passar por uma triagem mais minuciosa, onde outros critérios de impedimento podem ser identificados dentro desse processo, como o fato de a pessoa apresentar diabetes.

 

“Alguns critérios compreendem a pessoa estar bem saudável e não pode estar apresentando sintomas gripais. A pessoa deve estar bem alimentada com o mínimo possível de gordura. Então, orientamos que dê prioridade para um mingau de aveia, algumas frutas e um suco”, reforçou.

 

O atendente de uma loja de eletrônicos Franklin de Souza, 28, decidiu ir ao Hemoraima após ouvir o chamado da unidade. Segundo ele, a última vez que doou sangue foi há dez anos.

 

“Vemos muito no noticiário que sempre tem pessoas precisando de doação, e esse é um gesto simples e pode estar ajudando. Eu vim aqui fazer essa doação para estar contribuindo com essa causa que é muito nobre”, disse.

 

O horário de funcionamento do Hemoraima é de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 11h e de 13h30 às 17h. Na recepção, é preciso apresentar a identificação oficial física (Identidade, habilitação ou carteira de trabalho).

 

A unidade fica localizada na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). Outras informações podem ser obtidas por meio do número (95) 98404-9593.

Avalie este item
(1 Votar)

A Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima) promoveu, nesta sexta-feira, 16, um curso sobre gripe aviária para médicos veterinários do órgão, visando capacitá-los para atuarem nas ações de emergência da doença.

 

O curso é mais uma iniciativa do Governo de Roraima que vem acompanhando o avanço da doença e reforçando as medidas de prevenção por meio da Aderr, em parceria com o DSA (Departamento de Saúde Animal) do Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, além da colaboração de outros órgãos públicos e entidades privadas.

 

A capacitação foi ministrada no laboratório da Agência pelos veterinários e fiscais agropecuários José Kléber e Washington de Farias.

 

Segundo o veterinário José Kléber, o curso tem como objetivo preparar os técnicos para obtenção de material por meio de coleta, necropsia e identificação de sintomas clínicos da influenza aviária. “É uma doença que traz prejuízos consideráveis de saúde e economia para o país, não só para Roraima”, destacou o veterinário.

 

No curso, os participantes estão sendo treinados para identificar suspeitas da doença e na coleta de material adequado, enviando a amostra para o laboratório a fim de diagnóstico preciso, e em caso de confirmação, ocorrer ações para evitar o avanço da gripe aviária, que pode causar graves prejuízos econômicos.

 

Kléber informou que a influenza aviária, de alta patogenicidade, não ocorre no Brasil, mas que é preciso estar preparado em caso de ocorrência. Ele ressaltou que alguns casos da doença podem afetar o homem, sendo assim, também se trata de uma questão de saúde pública.

 

INFLUENZA AVIÁRIA

 

A gripe aviária é causada pelo vírus influenza tipo A. Ela evoluiu e é altamente patogênica, ou seja, com alto índice de contágio, com impactos severos no setor da avicultura. Além da necessidade do abatimento das aves, há um retardo no ciclo de produção.

 

A doença chegou à Colômbia, Peru e Equador, e no início do mês de dezembro, o vírus foi detectado em pelicanos na região costeira norte do Estado de Anzoátegui, na Venezuela, segundo informou o Governo do país.

Avalie este item
(1 Votar)

A Aderr (Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima) entregou, na manhã desta sexta-feira, 16, o certificado de participação no curso para agrônomos que fizeram o Curso para Habilitação de Responsável Técnico para a Emissão de CFO (Certificado Fitossanitário de Origem) e CFOC (Certificado Fitossanitário de Origem Consolidado).

 

A capacitação foi voltada para as pragas quarentenárias presentes mosca-da-carambola (Bactrocera carambolae), Ácaro-hindustânico-dos-citros (Schizotetranichus hindustanicus) e Cancro cítrico (Xanthomonas citri sp. citri).

 

O curso, que contou com 19 participantes de fora do Estado, foi realizado pela Aderr com carga horária de 30 horas, no período de 22 a 30 de novembro de 2022.

 

As aulas foram ministradas no sistema híbrido de ensino, sendo obrigatória a forma presencial para os profissionais de Roraima, e à distância para os profissionais de outros Estados brasileiros.

 

O chefe do NCF (Núcleo de Certificação Fitossanitária) da Aderr, Marco Evangelista, destacou que o objetivo do curso foi promover a habilitação de novos engenheiros agrônomos.

 

“Eles estão habilitados como responsáveis técnicos para emitir CFOs e CFOCs relacionados às pragas quarentenárias e possibilitar ainda a inclusão dessas pragas na habilitação de RTs [responsáveis técnicos] já habilitados”, explicou.

 

Segundo o presidente da Aderr, Marcelo Parisi, a habilitação foi mais uma iniciativa importante e necessária executada pelo Governo de Roraima no âmbito da defesa fitossanitária, que traz qualificação para profissionais e segurança para o setor produtivo local.

 

“Esse curso vai contribuir com o desenvolvimento da agricultura em Roraima e proporciona a abertura de novos mercados de trabalho para os engenheiros agrônomos”, disse Parisi.

Avalie este item
(1 Votar)

Estudantes e servidores da Escola Estadual Raimunda Nonato Freitas da Silva estão em festa. Isso porque nesta quinta-feira, 15, o Governo de Roraima entregou a unidade completamente revitalizada e mobiliada para a comunidade escolar. Esta é a 41ª escola revitalizada e entregue à população pela atual gestão.

 

Os estudantes do ensino fundamental (6º ao 9º ano) da EJA (Educação de Jovens e Adultos) retornam às aulas presenciais e vão encontrar carteiras escolares novas, kits refeitórios, salas climatizadas, quadros brancos, bebedouros, utensílios de copa e cozinha, entre outros mobiliários que compõem a nova estrutura da instituição de ensino.

 

“O Governo do Estado também está valorizando os nossos servidores com reposição salarial, progressões, compra de equipamentos, merenda, transporte escolar e várias ações a nível estrutural. Nossa meta para 2023 é concluir 125 escolas totalmente reformadas e revitalizadas”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

A escola atende 537 estudantes no Ensino Fundamental Maior (6° ao 9° ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Para a gestora da escola, Elineuda Clara de Souza, receber os alunos em uma escola acolhedora é uma satisfação.

 

“Nós queremos dar o melhor a eles. Queremos seguir este bom trabalho e ajudar os alunos que estão com dificuldades no pós-pandemia. Os pais são presentes e cobram. Agora, com um espaço físico, podemos melhorar a vida dos nossos estudantes”, ressaltou a gestora.

 

Na próxima quarta-feira, dia 21 de dezembro, ocorre o Plantão Pedagógico da Escola para entrega dos boletins referente ao 4º Bimestre. As recuperações parciais e finais iniciam na segunda, 19, até terça, 23.

 

A aluna Wittyla Vitoria Oliveira, do 9º ano da escola, contou como foi difícil o período que ficou sem o espaço físico da escola em decorrência da pandemia de covid-19. “Só online e com a apostila era mais complicado para acompanhar. Com os professores cara a cara fica mais facil”, frisou a aluna.

 

A escola está devidamente abastecida com produtos para o preparo da merenda escolar e com o quadro de professores completo. “O governador entende que dando dignidade aos nossos alunos, muitos terão mais chances de desenvolverem suas atividades”, destacou Nonato Mesquita, secretário da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

 

REVITALIZAÇÃO

 

A Escola Estadual Raimunda Nonato Freitas da Silva recebeu reparos na parte elétrica e hidráulica, pintura nova no prédio e na quadra. O investimento é do Tesouro Estadual na ordem de R$ 1.641.242,11. A unidade de ensino não recebia reparos na estrutura desde a sua fundação, há 25 anos.

 

A escola também recebeu smart TVs, estantes, armários, além de freezer, geladeira, fogão e utensílios de copa e cozinha que há mais de dez anos não eram entregues para as escolas da rede estadual de ensino.

 

 

Avalie este item
(1 Votar)

Nos últimos quatro anos, a atual gestão do Governo de Roraima fez o maior investimento em capital intelectual dos últimos 20 anos no Estado. As iniciativas de fomento a ações estruturantes, sobretudo na educação superior, têm ajudado centenas de famílias a melhorar sua qualidade de vida por meio da ascensão profissional e econômico-financeira.

 

O reitor da Uerr (Universidade Estadual de Roraima), Regys Freitas, explicou que desde a criação da instituição, há 17 anos, a universidade nunca havia recebido tantos investimentos mencionando, entre várias iniciativas, o processo de construção da Cidade Universitária, lançado pelo governador Antonio Denarium no ano passado, um conjunto de edifícios que deve abrigar 26 cursos nos próximos anos.

 

“O Governo de Roraima faz investimentos em volumes expressivos com resultados práticos que vão refletir de forma muito positiva no futuro do Estado para as próximas décadas”, disse Freitas.

 

ESTRUTURA

 

Desde 2021, o Governo de Roraima tem investido recursos para modernizar a área de tecnologia da Uerr com a aquisição de equipamentos e programas aliados à melhoria da estrutura física. Em março deste ano, o Executivo entregou ainda as novas instalações do Campus Boa Vista, onde funcionam 42 salas de aula, salas administrativas, núcleos de práticas acadêmicas e outros.

 

Outra obra que está em fase de conclusão é o prédio administrativo da universidade, na avenida Getúlio Vargas, no bairro Canarinho. A construção foi iniciada em 2015 e interrompida por falta de recursos.

 

“Já garantimos esse repasse e em breve vamos entregar o prédio administrativo, que é um anseio antigo da comunidade acadêmica e que vai melhorar não apenas as condições de trabalho dos servidores da Uerr, mas também o atendimento aos estudantes”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

O corpo de laboratórios dos cursos de graduação também passou por melhorias com a inauguração, no início deste ano, de um Laboratório de Realidade Virtual, com simulador 3D para uso de acadêmicos da área da saúde.

 

Também foi entregue uma biblioteca virtual com mais de 10 mil obras de editoras de renome mundial. O governador Denarium determinou ainda investimentos nos próximos anos para a construção de mais de mil metros quadrados de infraestrutura para novos laboratórios. “Sabemos o quanto é importante esse reforço nas aulas práticas para a formação de profissionais mais capacitados e melhor preparados para o mercado”, completou.

 

EXPANSÃO

 

O planejamento da Uerr para os próximos quatro anos é ainda mais amplo e prevê a gestão de duas unidades hospitalares estaduais que ficam na Zona Oeste de Boa Vista, que devem funcionar a partir de 2023 sob a administração da instituição.

 

Os prédios vão servir como arcabouço para contribuir com a formação de mão de obra qualificada da universidade, em uma nova concepção de atendimento para a população.

 

Além disso, a comunidade acadêmica vai receber nos próximos dias a estrutura de um laboratório para animais de grande porte e outro para análise de solos, que vão servir para a realização de aulas práticas e pesquisas.

 

“Estamos aproveitando de maneira contundente essa fase de recuperação da economia pós-pandemia, alavancando novos negócios e trabalhando pela manutenção dos que já existiam. Nossa aposta é que Roraima vai crescer ainda mais nesse período e nossa meta é atuar para aumentar o número de postos de trabalho, e a capacitação qualificada dessa mão de obra passa pela universidade”, afirmou Antonio Denarium.

 

Formação na Uerr facilita acesso aos melhores postos no mercado de trabalho

 

Em meados de julho, uma pesquisa divulgada pela ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior) em parceria com a Symplicity, especialista em empregabilidade e engajamento estudantil, mostrou que 69% dos egressos de ensino superior estão empregados após até um ano da colação de grau.

 

A servidora pública Camila Godoy de Menezes, 26, é recém-formada em Letras pela Uerr e faz parte dessa estatística. Aprovada em um concurso público antes mesmo de colar grau, para ela, a formação superior alcançada por meio da universidade pública estadual foi fundamental no processo. “Foi uma formação extremamente positiva”, resumiu.

 

O acadêmico Vladis Barreto Moreira, 25, é outro exemplo de como a educação pode abrir portas para a vida profissional. Ele nasceu no Pará, mas mora em Rorainópolis há mais de 20 anos. Cursando Engenharia Florestal pela Uerr no município, surgiu a ideia de fundar uma empresa própria.

 

A Barreto Serviços Agrícolas e Florestais atua no ramo de licenciamento, regularização fundiária e crédito rural, e desde a colação de grau de Vladis, em 2020, só ganhou mais espaço no mercado. “Apliquei muito conhecimento adquirido na faculdade no campo de atuação de hoje”, disse o empresário.

Avalie este item
(1 Votar)

O Lacen-RR (Laboratório Central de Saúde Pública de Roraima) recebeu, na quarta-feira, 14, o certificado de excelência do PNCQ (Programa Nacional de Controle de Qualidade), após alcançar a média de 96,5% no ano de 2022.

 

O teste de proficiência garante a exatidão e qualidade do laboratório. Para receber a certificação, é preciso atingir a meta anual de 90% de acertos preconizada pelo Programa.

 

Este ano, o Lacen-RR realizou uma média de 5.136 análises mensais. O laboratório é constituído por vários setores que são avaliados mensalmente, entre eles o de Imunologia e Parasitologia, sendo referência estadual na realização de exames de dengue e chagas, entre outros.

 

A diretora técnica do Lacen-RR, Cátia Meneses, ressalta a importância da Certificação de Excelência para os serviços da unidade.

 

“Esse é o 12ª ano consecutivo que o Lacen-RR recebe essa certificação, e isso é extremamente importante para que a nossa população saiba que os exames que nós fornecemos estão dentro dos critérios de excelência”, ressaltou.

 

O Lacen-RR conta ainda com os setores de Micologia Média que atua na identificação de fungos, HIV/Hepatites Virais, Bacteriologia Clínica e Tuberculose, todos participantes da avaliação do Programa.

 

Para a Gerente da Qualidade e Biossegurança da unidade, Shimene Rodrigues, o certificado traz a confirmação de que os resultados do laboratório são confiáveis e tudo graças ao constante trabalho em equipe dos setores.

 

“Durante os 12 anos que temos passado pelo controle de qualidade, o Lacen tem conseguido alcançar a meta [do PNCQ]. E para ser alcançada essa meta, há um trabalho de equipe, onde os servidores e laboratórios passam por atualizações e capacitações diariamente”, completou.

 

Avalie este item
(1 Votar)

Nesta quarta-feira, 14, é celebrado o Dia do Alergista, data criada como forma de homenagear a fundação da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) e ressaltar a importância do profissional no atendimento de pacientes.

 

Em Roraima, a CECM (Clínica Especializada Coronel Mota) é referência para o atendimento de pessoas com problemas relacionados ao sistema imunológico. Só este ano, de janeiro a novembro, foram realizadas 658 consultas na unidade.

 

Segundo a médica alergista Janaína Sousa, o atendimento na unidade é focado no diagnóstico e acompanhamento de doenças alérgicas e da imunidade. Esse cuidado ajuda a direcionar o paciente para um tratamento individualizado, resultando assim em uma melhor qualidade de vida.

 

“O objetivo é justamente não apenas proibir de comer, tomar ou usar determinados produtos, mas dar opções seguras, isso melhora a qualidade de vida e a adesão ao tratamento”, afirmou.

 

Devido ao clima característico do Estado, as ocorrências mais frequentes estão relacionadas às alergias respiratórias, como rinite, asma, além da conjuntivite alérgica. No entanto, segundo Janaína, o número de casos de alergia a medicamentos também tem aumentado nos últimos anos.

 

“O número de casos de alergia a medicamentos é o que mais preocupa a gente. Quanto mais o paciente usa medicamentos de forma indiscriminada, quando ele se automedica, em especial com analgésicos e antiinflamatórios, maior a chance de desenvolver alergia ao medicamento em questão”, completou.

 

Mãe de uma adolescente de 16 anos, Rosiane Souza recorreu ao Coronel Mota que ajudou a identificar o melhor tratamento para a jovem. Segundo ela, o sinal de alerta foi dado em 2020, quando a garota passou a manifestar sintomas de fraqueza e perda de visão. 

 

“Trouxe minha filha no alergista, depois de quatro anos tentando descobrir o que ela tinha. E agora descobrimos que era alergia a laticínios. Está sendo gratificante o auxílio da médica, pois já estávamos sem saber o que fazer”, disse.

 

Vale lembrar que a consulta com o médico alergista é realizada somente por meio de encaminhamento do paciente pela UBS (Unidade Básica de Saúde). O Coronel Mota funciona de segunda a sexta-feira, 8h às 12h e das 14h às 18h.

Avalie este item
(1 Votar)

O HMI (Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazereth) foi contemplado com a doação de fraldas descartáveis oriundas do projeto Pequenas Fraldas, Grandes Amores, da Escola Estadual Oswaldo Cruz. A entrega ocorreu na manhã desta quarta-feira, 14.

 

Ao todo, 9.642 fraldas serão direcionadas para atender às necessidades da UTI Neonatal da unidade. A arrecadação foi fruto de uma gincana alusiva ao Novembro Roxo, campanha criada com foco na conscientização sobre os riscos da prematuridade.

 

“Esse projeto de arrecadação de itens de higiene para os bebês é de grande valia para a nossa UTI, visto que a maioria vem de famílias carentes que não têm condições financeiras de suprir esses itens”, destacou a coordenadora da UTI Neonatal, Marjorie Mota.

 

O Pequenas Fraldas, Grandes Amores surgiu em 2018, após a professora da Escola Oswaldo Cruz e mãe de prematuro, Gisele de Oliveira, vivenciar a realidade das mães dentro da UTI Neonatal.

 

O filho de Gisele, Benjamin, nasceu com 34 semanas e ficou cerca de um mês internado na unidade.

 

“Meu filho foi bem cuidado aqui dentro, com muito carinho e atenção, então eu disse para mim mesma que iria voltar com um projeto para ajudar, só não sabia de que modo. Então essa ideia foi surgindo naturalmente nas aulas com meus alunos”, explicou.

 

Em novembro, a escola realizou palestras voltadas para o mês da prematuridade, sensibilização da gravidez na adolescência e prevenção do parto prematuro. Além disso, é realizada uma gincana de doação de fraldas.

 

O projeto teve ainda o apoio da Justiça Comunitária, do TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) para ampliar as divulgações da arrecadação.

 

A estudante Suzane Nascimento, de 11 anos, foi uma das alunas que visitou o HMI. A turma dela foi uma das que mais doou fraldas durante a gincana.

 

“Eu mobilizei toda a minha família, a nossa turma se juntou muito para poder fazer acontecer. Isso é por elas [as mães de prematuros], que ficam preocupadas ao passar necessidades, mas tentamos ajudar ao máximo”, declarou a aluna.

 

O pequeno Jordan Emmanuel nasceu no sexto mês de gestação da mãe, Yuleidy Mella, de 24 anos. Ela explicou que está muito grata por todo apoio que tem recebido dentro da maternidade.

 

“Agradeço a oportunidade de todos terem nos apoiado com fraldas, cremes para o bebê e remédios, porque muitas mães às vezes não têm condições de comprar. É uma atitude muito bonita”, disse.

Avalie este item
(1 Votar)

A partir desta quinta-feira, 15, até sexta-feira, 16, o Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), abre as inscrições para os ambulantes que estejam interessados em atuar no Réveillon no Parque Anauá.

 

Serão ofertadas 136 vagas para estes profissionais, sendo que a metade delas será dedicada à Associação de Vendedores Ambulantes de Roraima. O edital será publicado no DOE (Diário Oficial do Estado), mas pode ser conferido por meio deste link.

 

Os interessados poderão se inscrever presencialmente na Biblioteca Pública de Roraima, localizada no Palácio da Cultura Nenê Macaggi nos dias 15 e 16 de dezembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

 

No ato da inscrição, os ambulantes deverão estar munidos de documentos originais e cópias do RG, CPF, comprovante de residência, carteira de saúde (se houver manuseio de alimentos), em caso de inscrição como Pessoa Física.

 

Para quem se inscrever como Pessoa Jurídica, é necessário apresentar CNPJ, comprovante de endereço comercial, carteira de saúde do representante da empresa (caso trabalhe com o manuseio de alimentos), RG e CPF do representante do empreendimento.

 

SORTEIO

 

O sorteio das vagas para ambulantes no Réveillon ocorrerá na próxima terça-feira, 20, e será dividido em duas etapas. A primeira será aberta ao público, das 9h às 12h, e a segunda será reservada à Associação de Vendedores Ambulantes de Roraima, das 14h às 17h.

 

“Estamos orgulhosos de estarmos realizando mais uma edição do Réveillon no Parque Anauá, que é um dos eventos mais tradicionais do nosso calendário, e os ambulantes são essenciais para o sucesso dessa virada de ano. Com essas 163 vagas para ambulantes, esperamos gerar mais de 300 empregos diretos e cerca de mil empregos indiretos durante a festa”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

EMPREENDIMENTOS

 

As vagas ofertadas para os empreendedores individuais irão contemplar, ao todo, oito segmentos de trabalho, sendo:

 

  • Bijuterias;
  • Circuito de alimentação;
  • Espaços para barracas de bebidas;
  • Máquinas especiais, trailers, food truck e carrinhos;
  • Rotativos;
  • Área Kids;
  • Tiro ao alvo e bingo;
  • Parque de Diversão.

 

O Diretor de Promoção Cultural, Enos Almeida, frisou que é política do Governo de Roraima gerar trabalho, emprego e renda para os empreendedores individuais durante os grandes eventos públicos como uma forma de valorização da classe.

 

“Temos feito isso regularmente nos eventos do governo, com bons resultados e um para esses empreendedores individuais. Em todos os eventos damos prioridade a esses empreendedores individuais. Essa gama de atividades traz para o evento uma dimensão de consumo tanto para o empreendedor como para a população”, explicou.

Avalie este item
(0 votos)

O Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) dará início ao cadastro de novos doadores de medula óssea em Roraima a partir de janeiro de 2023. Neste ano, Roraima atingiu a meta para o período estabelecida pelo Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), alcançada em junho.

 

“Não paramos de tentar sensibilizar as pessoas para a doação de medula óssea. Então, a partir de 2023, vamos começar novamente a cadastrar novos doadores”, ressaltou a enfermeira da captação do Hemoraima, Liliana Bezerra.

 

O transplante de medula pode ser indicado para tratamento de um conjunto de cerca de 80 doenças, incluindo a maioria dos tipos de leucemias.

 

Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), mais de dez brasileiros devem ser diagnosticados com a doença este ano, e no caso de Roraima, dois pacientes encontravam-se em tratamento contra a leucemia pela Unacon-RR (Unidade de Alta Complexidade em Oncologia de Roraima).

 

Liliana lembra ainda que as chances de o paciente encontrar um doador compatível são de um em cada 100 mil pessoas, em média.

 

“Doar medula óssea é permitir que outra pessoa continue vivendo, e o doador tem esse poder. A medula auxilia nisso, pois são pessoas que já estão em uma situação crítica, e a doença não vai regredir se não houver o transplante”, afirmou.

 

SEMANA DE MOBILIZAÇÃO

 

De 14 a 21 de dezembro acontece no país a Semana de Mobilização Nacional para a Doação de Medula Óssea. No entanto, devido a cota anual já ter sido alcançada pelo Estado, o Hemoraima não participará da mobilização.

 

Roraima tem atualmente 8.073 cadastros de possíveis doadores de medula óssea, sendo que 465 cadastros foram realizados este ano, alcançando assim a cota anual estabelecida pelo Redome para o Estado.

 

COMO DOAR?

 

Para se tornar um doador de medula óssea, é necessário ter entre 18 e 35 anos, estar em bom estado de saúde, não ter doença infecciosa ou incapacitante, além de não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

 

O Hemoraima fica localizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). O horário de funcionamento da unidade é de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 11h e de 13h30 às 17h.

 

Outras informações ou até mesmo agendamento podem ser solicitadas no número (95) 98404-9593.

 

Avalie este item
(0 votos)

O edital com o resultado provisório das provas objetivas de mais três cargos do concurso público da PCRR (Polícia Civil de Roraima) está sendo divulgado nesta quarta-feira, 14, no site da Fundação Vunesp.

 

Também foram divulgados os gabaritos definitivos e as respostas dos recursos aos gabaritos para os candidatos aos cargos de médico-legista, odontolegista, perito criminal, perito papiloscopista, auxiliar de necrópsia e escrivão de Polícia.

 

O diretor administrativo da PCRR, delegado Jimmy Santana, destacou que, desta vez, estão sendo divulgados os resultados provisórios das provas objetivas dos cargos de médico legista, perito criminal e perito papiloscopista. 

 

No caso do cargo de perito criminal, estará disponível o resultado das seguintes especificidades: perito criminal - Administração, Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas; perito criminal - Engenharia Florestal, perito criminal - Engenharia Mecânica, perito criminal - Física, perito criminal - Geologia, Engenharia de Minas ou Bacharelado em Geografia.

 

“Nesta fase cabe recurso e os candidatos precisam ficar atentos”, destacou.

 

O candidato poderá interpor recurso contra o resultado provisório das provas no período das 8h de 14 de dezembro de 2022 até as 23h59 (horário de Brasília) de 16 de dezembro de 2022. Para isso, o interessado deve interpor o recurso no site da banca organizadora, na respectiva página do concurso.

 

Avalie este item
(0 votos)

O ano de 2022 está chegando ao fim e para celebrar o nascimento de mais um ano em grande estilo, o Governo de Roraima, por meio da Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), realizará o tradicional Réveillon do Parque Anauá. O evento ocorrerá no dia 31, a partir de 17 horas, no parque da família roraimense.

 

Para a programação deste ano, o evento terá a banda paraibana Magníficos como atração nacional. O grupo subirá no palco principal do Parque Anauá a partir de 23h, que será montado na beira do Lago dos Americanos.

 

Além da banda nordestina, o evento terá atrações locais que irão se apresentar no palco principal, no palco estrela (que ficará no Forródromo, onde também funcionará a Praça de Alimentação e o Espaço da Família) e a tenda eletrônica, dedicada à música eletrônica.

 

O governador Antonio Denarium ressalta que esse foi um ano com avanços significativos para o Estado, sendo o evento uma grande conclusão para o atual ciclo. Ele convida toda a população para essa grande celebração familiar.

 

“O Parque Anauá é o parque da família e não poderia existir lugar melhor para comemorarmos a passagem para o ano de 2023, que será tão grandioso para Roraima quanto foi 2022. Então convido a todos para prestigiarem este grande evento que estamos organizando com muito amor e carinho”, disse.

 

QUEIMA DE FOGOS

 

Para este ano, a tradicional queima de fogos terá duração de 10 minutos e será à beira do Lago dos Americanos. Serão utilizados fogos de artifícios silenciosos.

 

O secretário da Secult, Shérisson Oliveira, destacou que o Governo está trabalhando para que o evento supere as expectativas do público roraimense.

 

“O réveillon mais tradicional do Estado está sendo preparado para atender a todos, com atrações para os mais variados públicos e espaços temáticos para toda a família. Atrações locais e nacional, praça de alimentação, espaço família e uma grande queima de fogos estão entre os atrativos”, frisou.

 

O RÉVEILLON

 

Realizado há 29 anos, o Réveillon do Parque Anauá se tornou o principal e maior evento dedicado a virada do ano em Roraima, sendo postergado em 2020 por conta das medidas de proteção contra a pandemia da Covid-19.

 

O evento voltou a acontecer de forma presencial em 2021 e contou com a presença de 20 mil pessoas no Parque Anauá, respeitando as medidas de proteção contra a doença. Para agitar o evento, 16 atrações locais se apresentaram em três palcos.

 

Conheça a atração nacional

 

Considerada uma das maiores potências do forró, a banda Magníficos tem um gigantesco acervo de sucessos, que estão na boca do povo. Entre esses hits, estão “Me Usa”, “Carta Branca” e “Verdadeiro Amor”.

 

A história do grupo foi oficialmente criada em 1995, no município de Monteiro (PB) e, desde então, Magníficos vendeu mais de oito milhões de cópias, o que rendeu vários discos de ouro ao grupo musical.

 

Atualmente, a Magníficos tem como vocalistas Ohara Ravick e Fernando Frajola.

 

Confira a programação completa do Réveillon no Parque Anauá:

 

PALCO PRINCIPAL

 

19H – Cassia Kyss

20H – Dithânia

21H – Emily Oliveira

22H – Estevão Alves

23H – Banda Magníficos (Atração Nacional)

00H – QUEIMA DE FOGOS

00H30 – Marcos Noleto

01H30 – Felipe Cardoso

 

TENDA ELETRÔNICA

 

17H – DJ Larissa Merack

18H – DJ Chica Loca

19H – DJ Márcio Mota

20H – DJ Estrella

 

PALCO ESTRELA

 

17H – Grupo de Palhaçaria Xuxu & Cia.

18H – Show Infantil “Colorindo com Euterpe”

19H – Criart Teatral – Espetáculo Musical “O Menino e o Barquinho”

20H – Show Gospel – Gedson e Banda / Felipe Flore

Avalie este item
(0 votos)

Diante dos riscos do Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), deu início nesta semana a uma campanha educativa que visa reforçar a importância da eliminação dos vetores do mosquito em Rorainópolis.

 

A ação está sendo executada por meio de parceria entre a CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância Sanitária) do Estado e a prefeitura de Rorainópolis. Dentre as atividades, serão realizadas passagem de carro fumacê, limpezas urbanas e orientações à população.

 

“Durante a semana, a equipe municipal de endemias irá intensificar as atividades de visita em toda a sede do município, como limpeza urbana, com retirada de lixo doméstico que possa acumular água e orientação à população realizada pelas equipes de agentes comunitários de saúde e de endemias”, afirmou a Gerente do NCFAD (Núcleo Estadual de Controle da Febre Amarela e Dengue), Rosângela Santos.

 

Conforme dados do 4º LIRAa (Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti), Rorainópolis apresentou um risco médio de transmissão da dengue (3,7%). O levantamento é considerado alto risco quando o município obtém índice igual ou superior a 4,0% de infestação do Aedes aegypti.

 

Em 2022, houveram 48 casos de dengue, 12 de chikungunya e dez de zika em no município.

 

“A atividade será finalizada no sábado [17], com uma grande blitz de coleta de lixo na cidade, principalmente naqueles bairros que apresentaram um índice de infestação alta do Aedes”, pontuou a gerente.

 

Vale lembrar que a campanha segue até o próximo sábado, 17, e todas as ações são alusivas ao Dia Nacional de Combate e Controle da Dengue, que foi celebrado em todo o País no último dia 21 de novembro.

 

PROGRAMAÇÃO

 

  • 12 a 17 de dezembro – Limpeza urbana in loco nos bairros Campolândia, Andaraí e Centro;
  • 15 a 17 de dezembro – Nebulização (carro fumacê) em todo município;
  • 17 de dezembro – Coleta de lixo no bairro Campolândia.
Avalie este item
(0 votos)

Os candidatos inscritos no sorteio público de vagas para matrículas dos colégios estaduais militarizados e para duas escolas estaduais civis (Lobo D’Almada e Euclides da Cunha) devem ficar atentos. O sorteio está marcado para esta quarta-feira, 14, no auditório do IERR (Instituto de Educação de Roraima), às 16h.

 

Durante o sorteio poderão assistir presencialmente os gestores escolares e representantes das APMs (Associações de Pais e Mestres). Pais e responsáveis poderão acompanhar ao vivo o sorteio que será transmitido ao vivo pelo canal da PMRR (Polícia Militar de Roraima) no YouTube.

 

Mais de 3,8 mil inscrições foram efetivadas, 2.902 inscrições para o 6º ano do Ensino Fundamental e 963 para a 1ª série do Ensino Médio. A lista oficial de inscrições foi divulgada por meio deste link.

 

“Os pais que inscreveram seus filhos para o sorteio podem acompanhar em tempo real, salientando, ainda, que a relação oficial já foi divulgada e os pais podem ter acesso por meio do link disponível também no edital de matrículas”, explicou o secretário militar da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), José de Sousa.

 

DAS VAGAS

 

Estão sendo ofertadas 3.592 vagas para sorteio nos colégios militarizados, sendo 1.120 para a 1ª série do Ensino Médio e outras 2.472 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental, distribuídas entre 20 instituições de ensino da capital, além de 150 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental da Escola Euclides da Cunha e 231 vagas para 1ª série do Ensino Médio da Escola Lobo D’Almada.

 

É importante destacar que a rede estadual de ensino tem vagas suficientes para atender todos os alunos em idade escolar. Após o sorteio público, aqueles que não forem sorteados, os pais poderão dirigir-se às secretarias das escolas no período de 9 a 15 de janeiro de 2023 e efetuar a matrícula dos estudantes. Estão sendo ofertadas mais de 11 mil vagas.

Avalie este item
(0 votos)

O início da noite desta segunda-feira, dia 12, foi realizada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos no pleito de 2022. O evento que encerra o ciclo eleitoral no Brasil, ocorreu no auditório do Centro Amazônico de Fronteiras da Universidade Federal de Roraima, com a presença de autoridades civis e militares.

 

Cada candidato foi diplomado seguindo a ordem de votação nas urnas, ou seja, o maior número de votos alcançados.

 

O presidente do TRE-RR, desembargador Leonardo Cupello iniciou a diplomação pelos deputados federais, seguindo a cerimônia com os deputados estaduais, senadores e o Governador do Estado Antonio Denarium, eleito com 163.167 votos, o que representa 56,47% dos votos válidos em Roraima.

 

Para ele, esse foi um pleito realizado com segurança e envolvimento de todos os servidores.

 

"Não se trabalha sozinho e por isso que temos profundo agradecimento a todos pelo apoio na segurança pública e todos aqueles que atuaram direta e indiretamente nesse pleito, inclusive parabenizar os nossos servidores pelo êxito que hoje se concretiza com a diplomação dos eleitos", salientou  o presidente do TRE-RR.

 

Durante o discurso, o governador Antonio Denarium ressaltou a honra de receber a segunda diplomação, ato válido de legitimidade, reconhecimento e respeito à escolha da sociedade durante um processo eleitoral e reafirmou o desejo de manter o  relacionamento harmonioso com os Poderes Legislativo e Judiciário.

 

"Ao povo de Roraima muito obrigado pela confiança e tenha a certeza de que vou continuar trabalhando em prol do desenvolvimento do nosso Estado. Quero agradecer o apoio de todos, reafirmar que é fundamental o bom relacionamento com os Poderes. Além disso, dizer que vamos continuar trabalhando pela reconstrução de Roraima", esclareceu o governador.

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio, também reeleito, ressaltou os benefícios do trabalho integrado entre os Poderes para o exercício da democracia.

 

"Quero agradecer a Deus pela oportunidade de estar aqui. E dizer que tivemos um pleito tranquilo em Roraima, com seriedade e transparência do processo eleitoral. Quero agradecer à Justiça Eleitoral e dizer que o Poder Legislativo está aberto para continuar o trabalho integrado com o Poder Executivo", ressaltou.

 

 

Trabalho árduo e austero foi fundamental para mudar a realidade de RR

 

Durante a cerimônia de diplomação, o governador Antonio Denarium relembrou sobre pilares da gestão de governo que resultaram nas conquistas positivas para Roraima.

 

"Assumi o Estado com a maior taxa de endividamento e com muita austeridade alcançamos o equilíbrio fiscal. E graças ao trabalho responsável nos últimos dois anos fomos avaliados em nota ‘A’ em capacidade de pagamento, pelo Tesouro Nacional”, disse Denarium.

 

Ele complementou ao afirmar que ao longo dos quatro anos de gestão do primeiro mandato, 18.186 pessoas foram empregadas, superando os nove anos de gestões anteriores.

 

“Somos um dos melhores ambientes de negócios porque o Governo trabalha pelo povo e o interesse de investidores comprova que somos a melhor fronteira agrícola do Brasil. Isso tudo pra mim não tem preço e é por isso que vamos continuar trabalhando para o bem-estar da nossa gente", acrescentou o governador.

 

GOVERNO PARA TODOS

 

“Nessa segunda diplomação aproveito para dizer que continuarei sendo o governador de todos, porque aprendi que é importante gerir as diferenças em prol de todos”, disse Denarium ao firmar compromisso com a sociedade do Estado em governar para todos.

 

Segundo ele, ao longo da primeira gestão foram quitadas dívidas deixadas por gestões anteriores que somadas totalizam quase R$ 2,5 bilhões.

 

"Quero agradecer a Deus que nunca me deixou só e agradecer ao povo do meu Estado que me concedeu a maior votação e a minha eterna gratidão a cada servidor público que nos ajudou nessa caminhada e aos secretários que abriram mão de suas vidas e aceitaram esse desafio junto comigo. Agradeço à minha família que aceitou me dividir com a nossa população para o bem melhor de todos. Obrigado pela compreensão e carinho", agradeceu.

 

HOMENAGENS

 

Durante a cerimônia, membros das Forças de Segurança em Roraima foram homenageados pelo esforço e participação nas eleições de 2022.

 

Foram homenageados o secretário de Segurança Pública, Cel. Edison Prola, comandante da Polícia Militar de Roraima, Cel.  Francisco Xavier, delegado Geral da Polícia Civil de Roraima, Eduardo Wainer, comandante do Corpo de Bombeiros, Cel. Anderson Carvalho de Matos.

 

Além do diretor presidente do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito), Cel. Álvaro Duarte, do secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, do coordenador da Defesa Civil, Cel. Cleudiomar Alves Ferreira, e representantes da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

 

Avalie este item
(0 votos)

Com a chegada das festividades de fim de ano e o aumento expressivo de acidentes de trânsito no Estado, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) volta a reforçar a importância do comparecimento de doadores de sangue.

 

“Neste final de ano é fundamental que as pessoas se sensibilizem e venham ao Hemoraima para fazer a sua doação. Nós estamos em período de festas, feriados, pessoas viajando, mas quem fica corre o risco de precisar de sangue. Por isso, precisamos estar com o nosso estoque abastecido”, ressaltou a enfermeira do setor de captação do Hemoraima, Liliana Bezerra.

 

Conforme Liliana, a unidade é a única em todo o Estado a fazer a captação de sangue que atende às demandas da rede hospitalar pública e privada. Devido a esse intenso fluxo, é necessário estar com o quantitativo de bolsas de sangue em ordem.

 

“Quem tem de 16 até 60 anos pode doar. No caso de ser menor de idade, deve vir com um acompanhante legal. O Hemocentro funciona das 7h30 às 11h30h e de 13h30 às 17h30. Quem for doar pela primeira vez deve vir dentro do horário, porque precisamos dar uma atenção mais especifica”, frisou.

 

Antes da doação, o voluntário é submetido a uma entrevista. Caso se encaixe nos critérios da unidade, os profissionais o direcionam para triagem e coleta do material, que dura no máximo dez minutos.

 

O pastor evangélico Cleiton Nunes, 38, se sensibilizou com a história de um membro de sua igreja que precisava de sangue para a filha. Essa é a segunda vez que ele ajuda a salvar uma vida por meio do Hemoraima.

 

“Ela compartilhou isso comigo e me interessei em vir aqui fazer essa doação, ainda mais nessa época que temos visto muitos acidentes acontecendo. Por isso é importante deixar o estoque sempre abastecido, para que possamos atender a população. Desejamos que não ocorra a falta [de sangue] nem acidentes, mas é bom se precaver. Por isso resolvi fazer parte dessa ação”, explicou.

 

O Hemoraima fica localizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento). Outras informações podem ser obtidas por meio do número (95) 98404-9593.

Avalie este item
(0 votos)

O edital com o resultado definitivo das provas objetivas de três cargos do concurso público da PCRR (Polícia Civil de Roraima) está sendo divulgado nesta segunda-feira, 12, no site da Fundação Vunesp.

 

É o resultado definitivo das provas objetivas dos cargos de delegado, agente de polícia e auxiliar de perito e os resultados provisórios das provas discursivas para os cargos de delegado e agente de polícia.

 

De acordo com o diretor administrativo da PCRR, delegado Jimmy Santana, o candidato poderá interpor recurso contra o resultado provisório das provas discursivas para os cargos de delegado e agente de polícia, no período das 8h de 14 de dezembro de 2022, até as 23 horas e 59 minutos de 16 de dezembro de 2022. Para isso, o interessado deve interpor o recurso no site da banca organizadora, na respectiva página do concurso.

 

Ainda segundo Santana, será concedida a vista da folha de respostas das provas discursivas a todos os candidatos que tiveram suas provas corrigidas, no período recursal referente ao resultado provisório das provas discursivas.

 

Já em relação ao resultado das provas objetivas, não cabe mais recursos. Ainda nesta semana, será publicado também o edital com o resultado provisório das provas referentes aos cargos de médico legista, odontolegista, perito criminal, perito papiloscopista, auxiliar de necrópsia e escrivão de polícia.

Avalie este item
(0 votos)

Iniciou nesta segunda-feira, 12, mais uma semana de atendimentos das equipes do RG na Mão, desta vez no município de Pacaraima. A ação itinerante da PCRR (Polícia Civil de Roraima) em parceria com a DPE-RR (Defensoria Pública do Estado) segue até quinta-feira, 15, na sede do município e mais três comunidades que vão ter acesso aos serviços de emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. 

 

Na tarde desta segunda-feira, 12, os atendimentos ocorrem na comunidade de Soracaima, das 14h às 18h.

 

Na terça, 13, a comunidade do Bananal recebe a ação, das 9h às 12h, com pausa para almoço e retorno das 14h até às 17h.

 

No mesmo horário, serão realizados os atendimentos na comunidade do Tarau Paru, na quarta-feira, 14.  Posteriormente, na quinta, 15, a sede do município recebe as equipes do RG na Mão, das 9 às 12h e das 14 às 17h.

 

O prazo para entrega do documento expedido nas ações itinerantes é de 30 dias, podendo ser retirado Pacaraima na sede local do posto de atendimento do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz), localizado no prédio da Defensoria Pública Estadual no município.

 

DOCUMENTOS

 

Somente a primeira via da Carteira de Identidade é gratuita. Os documentos necessários para solicitar o documento são: Certidão de Nascimento original e a cópia para quem é solteiro ou de casamento (original e cópia), aos casados. Além disso, é preciso apresentar também o comprovante de residência. Não é necessário levar fotografia.

 

Para emissão da segunda via, o cidadão deve acessar o site da Sefaz, ir na opção Cidadão e clicar em “DARE-Avulso”. Na página, preencher os dados, inserir o código da Receita 8095 – Segurança Pública e depois selecionar “Cédula de Identidade Segunda via” e confirmar.

 

O valor da taxa é de R$ 54,93. Com o boleto pago, o cidadão deve apresentar o comprovante junto com os documentos citados acima, no momento em que for solicitar a segunda via.

 

RG na Mão emitiu mais de 300 documentos de identidade somente neste mês

 

Garantir acessibilidade para promover cidadania é uma meta do Governo de Roraima, por meio do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz) da Polícia Civil de Roraima. Para isso, ações itinerantes são constantemente realizadas nas comunidades e vilas mais distantes do Estado.

 

No início deste mês de dezembro, as equipes do IIOC estiveram na região nordeste de Roraima, no município de Uiramutã. Seis ações foram realizadas, atendendo as regiões da Comunidade Vizeu, (13 atendimentos), a comunidade Água Fria (120 atendimentos), comunidade Monte Muriá (15 atendimentos), a sede do município (93 atendimentos) e na Comunidade Uiramutã (80 atendimentos).

 

Todos os documentos solicitados nas ações em Uiramutã serão entregues com 30 dias. Quem solicitou na sede do município receberá o documento por meio de uma parceria com a vereadora professora Deuzuíta. Nas comunidades os documentos serão entregues para os tuxauas, que vão repassá-los aos solicitantes.

 

“Até o momento realizamos o total de 321 atendimentos em dezembro. Para este mês ainda temos programado mais uma ação. Não temos parado, nosso objetivo é sempre estar presente não só no local mais próximo do cidadão, mas com horários acessíveis e que permitam que eles obtenham o documento de identidade”, disse a servidora da PCRR Raiane Sales, coordenadora das ações.

Avalie este item
(0 votos)

O Natal é uma época única, mágica e cheia de tradição. Uma delas são as fotos em família, e pensando nisso o Governo de Roraima preparou uma decoração encantadora para o Palácio Senador Hélio Campos.

 

O Palácio está decorado na área externa e interna e está aberto todos os dias das 8h à 00h para que a população possa registrar esse período tão lindo e especial por meio de fotos, vídeos e postagens em redes sociais.

 

“A decoração de Natal é uma tradição muito especial que atrai as famílias e resgata a tradição da época. Estamos em um momento de celebração, de amor e a nossa intenção é que todos que visitem o Palácio do Governo sintam-se abraçados pela magia do Natal”, detalhou a primeira-dama do Estado, Simone Denarium

 

Diferente do ano passado que contou com uma decoração mais moderna com o tema envolvendo personagens da Disney, este ano, a ideia, como explicou o decorador Fredson Raulino foi transformar o local em um verdadeiro Palácio Natalino trazendo cores tradicionais como o dourado para deixar o local ainda mais sofisticado.

 

“A nossa inspiração foi o palácio de Versalhes [na França]. Trouxemos os painéis em 3D na parte externa e na parte interna optamos por puxar as cores tradicionais com o doutorado e o vermelho, para transformar em um Palácio do Papai Noel, e acho que conseguimos e fizemos um lindo trabalho”, comemorou Fredson.

 

 

VISITA DO PÚBLICO

 

O Palácio Senador Hélio Campos está aberto todos os dias das 8h até meia noite para visitação (de domingo a domingo). Está localizado no Centro da Capital, na praça do Centro Cívico e é a sede oficial do Governo de Roraima.

Avalie este item
(0 votos)

Iniciou nesta segunda-feira, 12, mais uma semana de atendimentos das equipes do RG na Mão, desta vez no município de Pacaraima. A ação itinerante da PCRR (Polícia Civil de Roraima) em parceria com a DPE-RR (Defensoria Pública do Estado) segue até quinta-feira, 15, na sede do município e mais três comunidades que vão ter acesso aos serviços de emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. 

 

Na tarde desta segunda-feira, 12, os atendimentos ocorrem na comunidade de Soracaima, das 14h às 18h.

 

Na terça, 13, a comunidade do Bananal recebe a ação, das 9h às 12h, com pausa para almoço e retorno das 14h até às 17h.

 

No mesmo horário, serão realizados os atendimentos na comunidade do Tarau Paru, na quarta-feira, 14.  Posteriormente, na quinta, 15, a sede do município recebe as equipes do RG na Mão, das 9 às 12h e das 14 às 17h.

 

O prazo para entrega do documento expedido nas ações itinerantes é de 30 dias, podendo ser retirado Pacaraima na sede local do posto de atendimento do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz), localizado no prédio da Defensoria Pública Estadual no município.

 

DOCUMENTOS

 

Somente a primeira via da Carteira de Identidade é gratuita. Os documentos necessários para solicitar o documento são: Certidão de Nascimento original e a cópia para quem é solteiro ou de casamento (original e cópia), aos casados. Além disso, é preciso apresentar também o comprovante de residência. Não é necessário levar fotografia.

 

Para emissão da segunda via, o cidadão deve acessar o site da Sefaz, ir na opção Cidadão e clicar em “DARE-Avulso”. Na página, preencher os dados, inserir o código da Receita 8095 – Segurança Pública e depois selecionar “Cédula de Identidade Segunda via” e confirmar.

 

O valor da taxa é de R$ 54,93. Com o boleto pago, o cidadão deve apresentar o comprovante junto com os documentos citados acima, no momento em que for solicitar a segunda via.

 

RG na Mão emitiu mais de 300 documentos de identidade somente neste mês

 

Garantir acessibilidade para promover cidadania é uma meta do Governo de Roraima, por meio do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz) da Polícia Civil de Roraima. Para isso, ações itinerantes são constantemente realizadas nas comunidades e vilas mais distantes do Estado.

 

No início deste mês de dezembro, as equipes do IIOC estiveram na região nordeste de Roraima, no município de Uiramutã. Seis ações foram realizadas, atendendo as regiões da Comunidade Vizeu, (13 atendimentos), a comunidade Água Fria (120 atendimentos), comunidade Monte Muriá (15 atendimentos), a sede do município (93 atendimentos) e na Comunidade Uiramutã (80 atendimentos).

 

Todos os documentos solicitados nas ações em Uiramutã serão entregues com 30 dias. Quem solicitou na sede do município receberá o documento por meio de uma parceria com a vereadora professora Deuzuíta. Nas comunidades os documentos serão entregues para os tuxauas, que vão repassá-los aos solicitantes.

 

“Até o momento realizamos o total de 321 atendimentos em dezembro. Para este mês ainda temos programado mais uma ação. Não temos parado, nosso objetivo é sempre estar presente não só no local mais próximo do cidadão, mas com horários acessíveis e que permitam que eles obtenham o documento de identidade”, disse a servidora da PCRR Raiane Sales, coordenadora das ações.

Avalie este item
(0 votos)

Executado pela primeira vez no Estado e sob responsabilidade do Governo de Roraima por meio da Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima), o Programa Centelha, do Governo Federal, pretende receber mais de 200 ideias inovadoras, sendo ao menos 15 startups beneficiadas com recursos financeiros.

 

As inscrições para o Centelha Roraima estão abertas até o dia 9 de janeiro de 2023. Até 15 projetos serão contemplados por meio do programa, com até aproximadamente R$ 53 mil em subvenção econômica, além dos demais benefícios. As regras para participação e inscrição podem ser conferidas no site oficial do projeto.

 

Por meio de benefícios como subvenção econômica, bolsas de apoio, capacitações e networking com parceiros, o programa busca incentivar a geração de ideias inovadoras em estágios iniciais, de ideação e prototipação. Nesta edição, todos os projetos contemplados receberão bolsas de apoio técnico financiadas pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

 

De acordo com o assessor técnico da Faperr, Elemar Favreto, a iniciativa é uma ótima oportunidade para quem quer começar ou melhorar o próprio negócio.

 

“É um programa que possibilita criar ideias e transformar em modelos de negócios, seja para constituir uma empresa ou ampliar as suas operações. É um projeto que estimula o empreendedorismo e o desenvolvimento do nosso estado”, afirmou Favreto, que também coordena o Programa Centelha em Roraima.

 

Durante a etapa de seleção, os empreendedores participantes passarão por três fases. As fases 1, 2 e 3 compreendem, respectivamente, na submissão de Ideias Inovadoras; na construção de um Projeto de Empreendimento; e por último, na elaboração de um Projeto de Fomento.

 

Ao longo dessas etapas, os empreendedores receberão capacitações para aprimorar os projetos inovadores, além de suporte e feedback dos avaliadores.

 

O PROGRAMA

 

Promovido pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Programa Centelha acontece pela primeira vez em Roraima, executado de forma descentralizada por meio da articulação institucional e cooperação com órgãos e entidades do Governo do Estado.

 

O edital visa impulsionar ideias inovadoras e geração de novas empresas de base tecnológica de interesse social e empresarial, além da formação da cultura do empreendimento inovador.

 

Neste sentido, o programa busca ideias que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional.

 

Serão financiados 15 projetos com apoio financeiro de até R$ 53,3 mil pelo Governo do Estado em parceria com a Finep, além de R$ 26 mil em bolsa de inovação ofertadas pelo CNPq por projeto, totalizando um valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

 

No total, a previsão é de que sejam investidos R$ 97 milhões em todo o Brasil, sendo R$ 74 milhões pelo MCTI via FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e R$ 23 milhões pelos parceiros nos Estados.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do programa até o dia 9 de janeiro de 2023.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está implantando a nova rede de subtransmissão e distribuição de energia em Amajari por meio da subestação Sucuba, com tensão de 34,5 kV (quilovolts). O sistema interliga o sistema da cidade ao do município de Alto Alegre, que já é conectado à matriz em Boa Vista.

 

Executada pela Seinf (Secretaria da Infraestrutura), a obra do Governo avançou mais de 60%, considerando a instalação das estruturas e o lançamento de cabos de transmissão de energia. O projeto inclui a construção da linha e uma subestação de 2,5 MVA (megavolt-ampères) na sede de Amajari.

 

Com a nova subestação que tem potencial de expansão futura para 5 MVA, o sistema passará a ser interligado ao de interiorização da fonte primária de Boa Vista, o que dará condições para atender a mais de 4 mil famílias na região.

 

“O investimento na modernização da distribuição de energia em Roraima é uma prioridade da gestão do Governo. Essa nova subestação reforça a estrutura energética em uma região que produz muito para o Estado”, declarou o governador Antonio Denarium sobre a nova estrutura, que vai atender a demanda de crescimento do município, reforçar o sistema energético e garantir ainda mais estabilidade para atrair novos investimentos.

 

A obra conta com investimento de R$ 14.790.930,20. Os recursos são provenientes de emenda parlamentar do deputado Jhonatan de Jesus em convênio com a Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) e contrapartida do Executivo.

 

“O Governo de Roraima, com apoio do Governo Federal, está construindo mais de 95 km de linha de transmissão de energia. Isso vai solucionar um problema antigo de isolamento energético da região. Há previsão que a obra esteja pronta até maio do próximo ano”, explicou o responsável pela condução de projetos e diretor do Detel (Departamento de Engenharia de Telecomunicações) da Seinf, Jean Santos.

 

SISTEMA ELÉTRICO

 

A subestação tem como função converter (no caso, baixar) a energia gerada por uma usina ou qualquer geradora para a tensão adequada para atender as necessidades de uso das casas e das empresas.

 

Elas funcionam a partir de transformadores, que são os responsáveis por essa adaptação energética. Além disso, fazem o papel de ponto de entrega para atender as demandas, um componente fundamental em sistemas elétricos integrados.

Avalie este item
(0 votos)

Os moradores da comunidade do Roxinho, município de Iracema têm muito a comemorar. o Governo de Roraima entrega nesta terça-feira, 13, a Escola Estadual José Pereira de Araújo, completamente revitalizada e mobiliada. A solenidade será às 10h na escola localizada na Estrada Tronco, Km 55, S/N ao lado da Vicinal 5.

 

A instituição de ensino atende 157 estudantes no Ensino Fundamental Maior (6° ao 9° ano) e Ensino Médio. Para o gestor da escola, Francisco da Silva Araújo, toda a equipe gestora está entusiasmada para a volta às aulas.

 

“Estamos felizes, pois é um sonho realizado. Através do nosso governador Antonio Denarium, que mesmo em dias de sol ou chuva nunca deixou de olhar pela nossa comunidade. Com a nova realidade podemos ter grandes avanços na aprendizagem, agora que temos um ambiente escolar favorável”, destacou o gestor.

 

A Escola Estadual José Pereira de Araújo recebeu reforma geral por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura). A obra foi realizada com investimento do Tesouro Estadual na ordem de R$ 407.746,01.  A unidade de ensino não recebia reparos na estrutura física desde 2007.

 

“Em Iracema a escola José Pereira de Araújo nunca recebeu manutenção e agora será entregue uma reforma determinada pelo governador Antonio Denarium. Era um anseio antigo da sociedade local. Todos os equipamentos que escola recebeu são novos. Desde as carteiras aos utensílios de cozinha”, disse o secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita.

 

MAIS INVESTIMENTOS EM IRACEMA

 

No município de Iracema, o Governo de Roraima revitalizou e reinaugurou a Escola Estadual Manoel Agostinho de Almeida e a Casa de Apoio dos Professores na Vila Campos Novos, em dezembro de 2021. O investimento foi do tesouro estadual na ordem de R$ 398.697,27.

 

Além disso, a Escola Estadual Dom Pedro II, localizada na sede, recebe obra de reforma geral. Os recursos são de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus na ordem de R$ 3,2 milhões mais contrapartida do Estado na ordem de R$ 950 mil. A obra é de responsabilidade da Seinf.

Avalie este item
(0 votos)

Nessa sexta-feira, 9, foi celebrado o Dia do Fonoaudiólogo. A data foi instituída pela lei nº 6.965/1981, tendo como finalidade reconhecer a importância do trabalho desse profissional para os serviços de saúde.

Em Roraima, o CER II (Centro Especializado de Reabilitação Física e Intelectual) se destaca como uma das unidades da rede pública estadual que mais realiza trabalhos de reabilitação de funções ligadas à fala.

Por mês, a unidade realiza 3.667 atendimentos a pessoas com problemas neurológicos que se encontram em processo de recuperação. Tais condições de saúde incluem a síndrome de Down, o espectro autista, a microcefalia, pacientes acometidos por AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou que tenham sofrido algum tipo de traumatismo craniano.

“Trabalhar no Centro de Reabilitação é vivenciar superações todos os dias. Como, por exemplo, um paciente que ficou quase um ano sem se alimentar pela boca e falar, e depois voltou a comer e a se comunicar”, destacou a fonoaudióloga Andreia Carneiro.

A especialista explica que a fono trabalha em uma série de situações, dentre elas o aperfeiçoamento da audição periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas orofacial, cervical e de deglutição.

“A fono não se resume somente à fala, mas ela também atua na questão neurológica. Esse tipo de trauma não mexe só com a vida do paciente, mas também com a de toda família. Ver o êxito de garantir a evolução do paciente e ver a satisfação dessa família é muito gratificante”, completou.

Em abril de 2020, Wilson Amorim, de 64 anos, teve um AVC isquêmico, problema que acabou ocasionando o comprometimento da movimentação do lado direito do corpo paralisado e a fala. Desde então, ele vem passando por acompanhamento no CER II, que tem garantido um tratamento positivo para o paciente.

“[Desde o acontecimento] nós temos buscado o acompanhamento com fonoaudiólogo e com o fisioterapeuta aqui na rede, e tem sido proveitoso porque ele tem melhorado muito na questão da fala. No início, nós não conseguíamos nos comunicar com ele, e hoje é bem melhor”, comentou o filho, Higor de Andrade.

O CER II funciona dentro da estrutura do Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência, que está localizado na Avenida São Sebastião, 1195, bairro Santa Tereza. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h e das 13h às 19h

Avalie este item
(0 votos)

O programa Morar Melhor, do Governo do Estado, executado pela Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima), foi agraciado, nesta quinta-feira, dia 8, com o prêmio Selo de Mérito / 2022.

A honraria foi concedida pela ABC (Associação Brasileira de Cohabs) e o FNSHDU (Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano), durante o 69º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, realizado em Brasília (DF).

A presidente da Codesaima, Maria Dantas, representando o governador Antonio Denarium, recebeu o prêmio, em cerimônia no Hotel Windsor, na Asa Norte da capital federal.

O Fórum debate temas ligados à habitação e também destaca projetos voltados para essa questão. Maria Dantas e o diretor de Habitação da Codesaima, Rodrigo Ávila, apresentaram um vídeo sobre o Morar Melhor e fizeram uma explanação sobre esse programa que já beneficiou mais de 2.000 famílias em Boa Vista e no interior de Roraima.

Segundo Rodrigo Ávila, o vídeo causou impacto nos presentes que viram a transformação que o programa promove na vida de pessoas simples da sociedade.

O Morar Melhor foi implantado em agosto de 2021 e já tem mais de 7.000 inscritos com 2.000 famílias beneficiadas. Durante a seleção, são observados critérios de prioridade que verificam a existência de pessoas com deficiências, idosos, crianças e mulheres chefes de família.

As obras ofertadas são pequenas e médias intervenções que estão fora da capacidade financeira dos moradores. São banheiros, rampas, instalações de portas e janelas, colocação de cerâmica e reboco, adaptação de cômodos para deficientes, entre outras construções que melhoram a qualidade de vida das pessoas.

A presidente Maria Dantas ressaltou a importância de todos que atuaram no programa. “Parabéns ao nosso governador Denarium que nos incentivou, ao diretor Rodrigo pela dedicação e compromisso com o programa. Obrigado a todos os colaboradores da Codesaima por fazer parte desse sucesso”, disse.

O Morar Melhor deve ser ampliado em 2023 com mais investimentos e novos projetos.

Avalie este item
(0 votos)

Nessa quarta-feira, 07, foi celebrado o Dia do Cirurgião Plástico, um profissional considerado vital para os trabalhos da atenção especializada em saúde. A data foi escolhida em alusão à fundação da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), no ano de 1948.

 

Em Roraima, o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento) é uma das referências locais. O setor atua em conjunto com outras áreas da unidade, como a ortopedia, mastologia, cabeça pescoço, entre outros.

 

De acordo com o coordenador de cirurgias plásticas do HGR, Márcio Arcoverde, mais de 40 procedimentos foram realizados na unidade somente este ano. Ele enfatiza ainda que a especialização nessa área requer muito investimento em cursos e capacitações.

 

“A profissão é uma curva de aprendizado muito longa. São seis anos de faculdade, mais três anos de cirurgia geral, depois quatro anos de cirurgia plástica, para só depois disso se especializar. Isso demanda muito tempo”, disse.

 

Em março deste ano, o cirurgião recebeu a Comenda Orgulho de Roraima, uma honraria entregue a personalidades que contribuíram, de alguma forma, para o desenvolvimento do Estado.

 

Arcoverde é concursado pelo Estado desde 2009, sendo reconhecido por sua conduta exemplar dentro de sua rotina de trabalho, conhecimento técnico na área em que atua de forma humanizada no tratamento com o paciente.

 

“A cirurgia plástica para mim é arte. Eu fico muito feliz em ser um artista reconhecido dentro da minha profissão. A cirurgia plástica é a minha vida”, ressaltou.

 

RESGATANDO A AUTOESTIMA

 

Dentre as principais ocorrências que a área de cirurgias plásticas atua estão os acidentes ortopédicos, fraturas, queimaduras e lesões que evoluem para perda de tecido de pele. Neste caso, o médico deve reparar as sequelas e restituir a funcionalidade corporal do paciente.

 

O aposentado Waldemir Correa, de 45 anos, sofreu um acidente de trânsito no mês passado. Agora precisa realizar o procedimento de retalho cutâneo, em que uma unidade de pele do próprio paciente é transferida para outra área receptora.

 

A técnica é utilizada na cobertura de feridas, proporcionando um melhor aspecto estético e funcional.

 

“A estética [da perna] vai voltar, não vai ter mais ferimento, acho muito importante o trabalho que o doutor faz aqui”, comentou o paciente.

 

Para Arcoverde, um dos pontos altos da profissão, mesmo diante das dificuldades encontradas nos casos mais difíceis, é pode devolver a autoestima do paciente.

 

“Poder elevar a autoestima das pessoas, trazer a recuperação funcional de algumas áreas que são lesionadas ou mutiladas, para nós cirurgiões plásticos é uma alegria, poder participar efetivamente da realização de um sonho”, pontuou.

Avalie este item
(0 votos)

Representantes da Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) estão em Brasília participando do 69º FNHIS (Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social) da ABC (Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação).

 

O Fórum Nacional de Habitação é um evento realizado anualmente e conta com a participação de gestores públicos e técnicos de Estados, municípios e do Governo Federal que atuam no segmento. Nos últimos anos, tornou-se o principal evento do setor, contando com um público qualificado de cerca de 1400 pessoas de todo o Brasil.

 

O evento iniciou na quarta, 7, e encerrou nesta quinta-feira, 8, com uma extensa roda de debates sobre regularização fundiária e a participação de tribunais e cartórios, além de outros agentes e políticas de habitação.

 

Roraima recebeu o troféu do Selo de Mérito Especial 2022 pelo Programa Morar Melhor, projeto do Governo do Estado executado por meio da Codesaima. Outras agências de habitação do Brasil também foram premiadas.

 

O Morar Melhor foi apresentado pela presidente da companhia, Maria Dantas e o diretor de Habitação da empresa pública, Rodrigo Ávila, que expuseram os detalhes do projeto do Executivo que promove reformas nas moradias da população carente desde agosto de 2021, quando foi criado pelo governador Antonio Denarium.

 

“É importante a participação do Governo neste fórum. Debatemos com vários Estados a regularização fundiária com a participação dos Tribunais de Justiça e cartórios nesse processo. A ideia agora é contatarmos o TJ de Roraima, para concluir a regularização dos conjuntos habitacionais que ainda estão pendentes, como o Cambará e o Equatorial”, disse Maria Dantas.

 

O PROGRAMA

 

O Programa Morar Melhor foi criado em agosto de 2021 e já tem mais de 7 mil inscritos com 3 mil beneficiados.

 

Dantas falou do reconhecimento desse programa que atende tantas famílias da capital e do interior de Roraima. “É gratificante você ser reconhecido perante todos os Estados apresentando um programa de grande relevância como o Morar Melhor”, concluiu.

Avalie este item
(2 votos)

Encerrou nesta quarta-feira, 7, na esplanada do QCG (Quartel do Comando Geral), a programação de aniversário da PMRR (Polícia Militar de Roraima), com a promoção de 46 alunos-sargentos do Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças Combatentes. Com a turma de hoje, o Governo de Roraima alcança mais de 2.300 policiais militares, entre oficiais e praças, promovidos na atual gestão.

 

A graduação dos militares é mais uma etapa concluída do trabalho de reestruturação da segurança no estado.

 

“Quando falamos em promoção, isso significa valorizar o profissional que se dedica à uma carreira tão nobre, e ao mesmo tempo reforçar a segurança pública do Estado. São qualificações que garantem a tranquilidade que a população merece. Na nossa gestão não houve fuga, rebelião, chacina ou outro crime bárbaro, e isso é resultado dos investimentos e da integração das nossas forças policiais. Aos novos sargentos, damos os parabéns e pedimos que sigam firmes no propósito de atuar com responsabilidade e respeito à nossa população”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

De acordo com o comandante geral da PMRR, coronel Francisco Xavier, os alunos-sargentos foram graduados e alcançaram a nova patente após cerca de cinco meses de treinamento.

 

“Foram mais de mil horas de aula e 34 disciplinas para que eles adquirissem o conhecimento necessário na área em que atuam. É com satisfação que participamos desse novo momento da segurança pública de Roraima, com os avanços que a Polícia Militar tem tido nos últimos anos graças à preocupação de uma gestão séria e preocupada com esse setor tão importante para a população roraimense, que é a maior beneficiada”, complementou o comandante.

 

Com novos equipamentos, Polícia Militar estará mais preparada para defender a população

 

Durante a solenidade, a corporação militar recebeu novos armamentos, incluindo 1.200 pistolas calibre 9mm e mais de 100 mil munições, entre os calibres 5.56 e 9mm, resultado do investimento de R$ 3.380.100,00 provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus, adquiridos por meio de convênio celebrado entre a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) e o Governo de Roraima.

 

Também foram entregues seis drones tipos 1 e 2, bem como 800 novas poltronas ergométricas para as sessões e departamentos da PMRR. O investimento é de R$ 1.347.260,00 provenientes do FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

Novos sargentos relatam emoção e orgulho por conquista da promoção

 

Concursado desde 2013, o sargento André Rodrigues foi o segundo melhor classificado no curso de formação, com nota 9,80. Orgulho que ele carrega na farda.

 

“É uma emoção tremenda estar aqui hoje. Graças a Deus estamos conseguindo conquistar essa dádiva, hoje vamos passar para outro nível e estou muito feliz e grato e pronto para servir e proteger a sociedade de Roraima”, disse o recém-promovido.

 

Uma das 15 policiais femininas promovidas a sargento na formação, Elizângela Moreno é concursada desde de 2014. Ela afirmou que é uma vitória alcançar a promoção.

 

“Eu me sinto muito honrada por fazer parte desse grupo de mulheres promovidas hoje e nós somos muito gratas pelo reconhecimento. Batalhamos muito por este espaço e estou muito feliz por galgar mais um nível na profissão e poder servir a população de Roraima”, complementou.

 

Programação de aniversário incluiu diversas atividades

 

A programação de aniversário de 47 anos da PMRR começou no dia 7 de novembro com várias atividades, incluindo ações de saúde, campeonatos esportivos, cultos ecumênicos, o tradicional concerto musical da banda da corporação, e que desta vez teve a participação especial de militares de Rondônia. No dia 26 de novembro, quando se comemora o aniversário da instituição, foi realizado o também tradicional Baile Branco da PM.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima entregou nesta quarta-feira, 07, mais de sete toneladas de alimentos a instituições carentes em Boa Vista cadastradas no PAA-RR (Programa de Aquisição de Alimentos em Roraima).

 

O montante de frutas, legumes e verduras produzido pela Coopercinco (Cooperativa dos Cinco Polos) foi adquirido pelo Governo de Roraima para promover o acesso à alimentação, inclusão social, economia e sustentabilidade produtiva.

 

O recebimento das mercadorias ocorreu na Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) e seguiu para as instituições beneficiadas na Capital. Atualmente, Boa Vista, Bonfim, Iracema, Rorainópolis e Caroebe são os municípios atendidos pelo PAA-RR.

 

Em 2022, o PAA forneceu mais de 850 toneladas de alimentos, beneficiando famílias carentes. A partir de agora, o programa será substituído pelo PAB (Programa Alimenta Brasil) a nível nacional, incluindo Roraima.

 

“Hoje encerramos o ciclo do PAA em Roraima, mas o Governo vai continuar o projeto com o PAB e reforçar as redes de comercialização de produtos naturais e originários da nossa região. A ideia é que a gente fortaleça a agricultura familiar e ao mesmo tempo destine parte dessa produção para pessoas em situação de insegurança alimentar”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

O secretário Emerson Baú também avaliou a execução do PAA-RR nos últimos meses, explicando que, desde abril deste ano, o Governo do Estado já entregou 857.106 mil toneladas de produtos e movimentou R$ 3 milhões

 

“A aquisição beneficia diversas instituições de caridade, como o Ministério Missionário Desígnio de Deus, a Associação Roraimense de Pessoas com Deficiência e do Espectro Autista, a Associação de Apoio Comunitário de Boa Vista, Associação Moradia Digna, Associação Dente de Leite, entre outras”, disse o titular da Seadi.

 

BENEFICIAMENTO

 

Na agricultura familiar, o PAA-RR tem mudado a realidade de pequenos produtores em Roraima nos últimos anos. “Com o suporte do programa, nossa produção vem ganhando espaço no mercado, também beneficiando o público carente. A estrutura nos ajuda bastante com o escoamento da produção e no desenvolvimento dos negócios”, explicou o agricultor Ciro Fernandes.

 

Para o representante do Ministério Bom Samaritano, Juracy Noronha, o PAA-RR é uma realidade necessária para o povo carente de boa alimentação. “Agradecemos o trabalho do PAA-RR. Ele beneficia mais de 270 pessoas só na nossa comunidade. Sabemos que este trabalho vai continuar com o PAB”, complementou.

 

ALIMENTA BRASIL

 

Iniciando em Roraima, o Programa Alimenta Brasil cadastrou no mês de novembro novos agricultores familiares enquadrados no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). E dentre as novidades do PAB está o benefício por unidade familiar no valor de R$ 12 mil por ano.

 

Com a implementação do PAB, o Governo Federal também ampliou os recursos para os pequenos produtores em Roraima, disponibilizado na conta mais de R$ 7 milhões para a execução da compra de gêneros alimentícios com doação simultânea por instituições também cadastradas que trabalham com pessoas em situação de vulnerabilidade social ou insegurança alimentar e nutricional.

 

Por meio de compras governamentais de alimentos, o PAB também fortalece os circuitos locais, regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica e agroecológica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis, estimula o cooperativismo e o associativismo.

 

Para 2023, a expectativa com o PAB-RR é atrair mais fornecedores e também distribuir mais produtos de qualidade e quantidade necessárias para quem se encontra em situação de insegurança alimentar.

Avalie este item
(0 votos)

Com detecções recentes de casos de influenza aviária na em países da América do Sul como Colômbia, Equador, Peru e Venezuela no último mês, os órgãos de defesa sanitária do Brasil elevaram o nível de atenção para a doença, que pode causar muitos prejuízos caso chegue ao País.

 

Atento à situação, o Governo de Roraima vem acompanhando e reforçando as medidas de prevenção por meio da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima), em parceria com o DSA (Departamento de Saúde Animal) do Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, além da colaboração de outros órgãos públicos e entidades privadas.

 

A elevação do nível de alerta vem exigindo ações permanentes de atenção à situação da IAAP (influenza aviária de alta patogenicidade) no mundo e reforçando as medidas de prevenção do ingresso da doença no país, segundo informou o gerente de Defesa Animal da Aderr, Paulo Figueiroa.

 

“Todos os envolvidos estão trabalhando no sentido de detectar precocemente casos suspeitos em aves domésticas e silvestres, de forma a preparar respostas a eventuais ocorrências no país”, enfatizou.

 

O presidente da Aderr, Marcelo Parisi, alertou sobre o início do período de maior migração de aves silvestres para o Brasil e um possível aumento da carga viral nas populações de aves migratórias com potencial de disseminação do vírus da influenza aviária, além dos impactos socioeconômicos e ambientais de uma eventual ocorrência da doença.

 

Ainda de acordo com Parisi, é necessária a participação da sociedade no sentido de colaborar com os órgãos de defesa sanitária e agropecuária para evitar a entrada da gripe aviária no Brasil. “Pedimos a colaboração dos produtores, profissionais da área, observadores de pássaros e toda população de modo geral para a notificação imediata de eventos excepcionais de mortalidade de aves silvestres ou domésticas”, frisou.

 

CONSUMO

 

Conforme o gerente Paulo Figueiroa, a proteína animal mais consumida no mundo é a de aves, algo que ocorre pelo custo mais acessível e maior disponibilidade do produto, que chega facilmente à mesa da população.

 

“Por isso é dever de todos zelar por um plantel saudável, assim como pela saúde de todos, que pode ser definida como esforço colaborativo multidisciplinar. Esse trabalho precisa atuar a nível local, nacional e global para garantir uma sanidade ótima para o homem, os animais e o meio ambiente”, disse.

 

INFLUENZA AVIÁRIA

A gripe aviária é causada pelo vírus influenza tipo A. Ele evoluiu e é altamente patogênico, ou seja, com alto índice de contágio, com impactos severos no setor da avicultura. Além da necessidade do abatimento das aves, há um retardo no ciclo de produção.

 

A doença chegou à Colômbia, Peru e Equador, e na última sexta-feira, 2, o vírus foi detectado em pelicanos na região costeira norte do Estado de Anzoátegui, na Venezuela, segundo informou o Governo do país.

 

PRODUÇÃO RECORDE

 

O Brasil é o segundo maior produtor mundial de frango, com 14,4 milhões de toneladas, mas lidera as exportações mundiais, comercializando 4,9 milhões de toneladas de carne desta ave no exterior. Uma eventual chegada da doença ao país colocaria o produto brasileiro sob suspeita de vários países, que o evitariam por questões sanitárias ou por embargos comerciais.

 

O Brasil detém 35% das exportações mundiais, e deve atingir US$ 10 bilhões neste ano. São próximos de R$ 55 bilhões vindos de fora para irrigar a economia nacional. Se a doença atingir o mercado interno, tanto os consumidores brasileiros quanto os estrangeiros serão afetados.

 

Avalie este item
(0 votos)

Referência no atendimento aos moradores que residem na região sul do Estado, o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, localizado no município de Rorainópolis, tem reforçado a assistência em saúde para pacientes com necessidades especiais.

 

Dentre as especialidades mais acessadas está a bucomaxilo. O serviço foi implantado na unidade em dezembro de 2020, mas precisou ser suspenso por conta da covid-19. Agora, de março deste ano até o fim do mês de novembro, a unidade tem realizado mais de 20 atendimentos mensais para esse público.

 

“É uma especialidade com muita demanda na região. O Governo de Roraima atendeu às demandas da população e fez um planejamento minucioso para que a prioridade fosse para esse público, que agora não precisa mais se deslocar para a capital”, destacou a titular da Sesau (Secretária de Saúde), Cecília Lorenzon.

 

De acordo com a diretora do hospital, Juliene Monauer, Rorainópolis possui uma média de 268 pacientes PCD (pessoas com deficiência).

 

Ela explica ainda que os procedimentos da bucomaxilo incluem extração de sisos, lesões em boca e face, frenectomia (remoção de um frênulo, pequena dobra de tecido que impede que um órgão do corpo se mova), trauma de face, DTM (Disfunção Temporomandibular), drenagem de abscesso e biópsias.

 

“Iniciamos esse trabalho de atendimento odontológico para pacientes portadores de necessidade especiais, uma grande vantagem para as famílias que agora não precisam mais se deslocar até a capital para procurar atendimento odontológico para receber atendimento especializado”, completou.

 

Outros procedimentos bucomaxilofaciais incluem extrações dentárias, cirurgia de dentes supranumerários (dentes a mais), adequação do meio bucal e remoção de lesões na boca.

 

Especialista em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da unidade, Silvana Ruiz, ressalta a importância da realização do atendimento no centro cirúrgico.

 

“Os atendimentos são realizados no centro cirúrgico, dessa maneira fica mais fácil realizar os atendimentos, visto que não é possível realizar os tratamentos em um consultório odontológico, devido a não colaboração dos pacientes e também por apresentarem doenças sistêmicas que requerem maiores cuidados”, pontuou a médica.

 

A auxiliar de serviços gerais Jossania Domingos, 31, é mãe de criação do pequeno Joandson Herllan, de sete anos. Por ser PCD, ele precisava passar por um procedimento que necessitava de sedação total

 

“Tenho muito a agradecer a dra. Silvana e a sua equipe. [Esse serviço] é muito importante, porque tem pessoas que não tem condições de ir para Boa Vista, e ter esse atendimento especializado aqui no Hospital é ótimo para toda a população de Rorainópolis”, comentou.

 

O paciente que necessitar de atendimento basta procurar a unidade e agendar uma consulta. Em menos de uma semana é realizado os exames pré-operatório e toda a avaliação para que o procedimento seja feito.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima decidiu manter o feriado alusivo à Nossa Senhora da Conceição, quinta-feira, dia 08, em todas as repartições públicas das administrações direta e indireta somente na Capital Boa Vista e decretou ponto facultativo na sexta-feira, dia 09, em todo o Estado.

 

O ponto facultativo nesta sexta-feira, 09, é em razão do jogo do Brasil na Copa do Mundo FIFA de 2022, no Catar. Os decretos serão publicados no Diário Oficial do Estado.

 

Dessa forma, na quinta e sexta-feira, somente em Boa Vista, serão mantidos os atendimentos essenciais nas unidades de saúde de urgência e emergência, policiamento civil e militar, bombeiro militar, como também ações de fiscalização no trânsito.

 

E no interior, nos 14 municípios, o expediente será normal na quinta-feira, dia 08, e na sexta-feira, dia 09, funcionam somente os serviços essenciais.

Avalie este item
(0 votos)

A equipe de transição da área de Segurança Pública da nova gestão do Governo Federal, reuniu-se em Brasília (DF) nesta terça-feira, 6, com representantes das polícias civis das unidades da Federação. O delegado-geral da PCRR (Polícia Civil de Roraima), Eduardo Wayner, representou o Estado no evento.

 

Durante a programação, delegados-gerais e chefes de polícia expuseram a situação das polícias civis dos Estados. O encontro teve como objetivo apresentar demandas das polícias judiciárias, entre elas a Lei Geral das Polícias Civis, a criação de uma secretaria de polícia judiciária dentro do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública).

 

“Esse é um momento muito importante para a Polícia Judiciária, além da integração podemos deliberar de forma alinhada com outros Estados sobre as necessidades e prioridades relacionadas a área de segurança pública”, disse Wayner.

 

A reunião foi realizada no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) em Brasília, onde a equipe de transição está realizando diversos encontros com setores da sociedade e do atual governo para se inteirar das necessidades e ações a serem realizadas. Delegados-gerais de diversos Estados da Federação estiveram presentes.

 

Também foi discutido o uso de uma plataforma única para o trabalho integrado entre as entidades estaduais e a distribuição de recursos por meio de fundo, além de propostas de inovações tecnológicas no âmbito do setor de segurança pública.

 

ELEIÇÕES

 

Ainda nesta terça-feira, 6, em Brasília, o delegado-geral da PCRR participou do encontro com o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Alexandre de Moraes, que reuniu os delegados-gerais das polícias civis de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal, para agradecer pelo trabalho de cada um na garantia da segurança e a tranquilidade durante o primeiro e o segundo turno das Eleições Gerais de 2022.

 

A ministra Cármen Lúcia, que será a presidente do TSE nas Eleições Municipais de 2024, também participou da reunião e ressaltou a importância do trabalho dos delegados nas eleições.

 

Avalie este item
(0 votos)

Dando continuidade ao maior Programa de Recuperação dos Prédios Públicos do Estado, o Governo de Roraima entregou nesta terça-feira, 6, a Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro Ribeiro, completamente revitalizada e mobiliada.

 

Na noite desta terça-feira, 6, os estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos) retornam às aulas presenciais e vão encontrar carteiras escolares novas, kits refeitórios, salas climatizadas, quadros brancos, bebedouros, utensílios de copa e cozinha, entre outros mobiliários que compõem a nova estrutura da instituição de ensino.

 

“É um momento muito importante a entrega de mais uma escola revitalizada e com novos mobiliários, equipamentos e com a merenda em dia. Sabemos da importância de prédios escolares reestruturados, tanto para o desenvolvimento do trabalho dos nossos professores e servidores quanto para o aprendizado dos nossos alunos”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

A escola, que fica localizada no bairro Silvio Leite, em Boa Vista, atende 678 estudantes no Ensino Fundamental Maior (6° ao 9° ano) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Para o gestor da escola, George Areb Palheta, a entrega da revitalização é um sonho realizado.

 

“O espaço está renovado, com móveis novos, temos um grupo de professores completo, merenda e todo o material que a gente sempre sonhou, ou seja, nós só temos que agradecer e comemorar”, destacou Areb.

 

Esta é a 39ª escola revitalizada e entregue para a comunidade escolar pela atual gestão. O governador Denarium anunciou ainda a construção de quatro escolas novas na capital, os bairros Cruviana, São Bento, Pérola e Cidade Satélite, além da reforma de mais unidades de ensino.

 

A orientadora educacional da escola, Marlete Araújo, explicou que a revitalização é muito significativa para a comunidade escolar, incluindo alunos, professores, servidores e pais.

 

“Uma palavra resume o dia de hoje: alegria. Alegria pela escola nova, por recebermos nossos alunos novamente e por termos um ambiente revitalizado para trabalhar, que com certeza vai contribuir muito para o processo de ensino aprendizagem”, frisou Marlete.

 

A escola está devidamente abastecida com produtos para o preparo da merenda escolar e com o quadro de professores completo.

 

"É muito bom estar aqui na comunidade entregando mais uma escola revitalizada. É determinação do governador termos esse olhar diferenciado para a estrutura dos prédios escolares. Agora contamos com a colaboração dos estudantes e da comunidade para manter esse ambiente limpo e conservado", destacou Nonato Mesquita, secretário de Educação e Desporto.

 

REVITALIZAÇÃO

 

A Escola Estadual Voltaire Pinto Ribeiro recebeu reparos na parte elétrica e hidráulica, pintura nova no prédio e na quadra, troca de lâmpadas. Também foram colocadas telas na quadra esportiva, para evitar a infestação de pombos. O investimento foi de R$ 1.946.052,04 advindos do Tesouro Estadual. A unidade de ensino não recebia reparos na estrutura física há 15 anos.

 

A escola também recebeu TV Smart, estantes, armários, além de freezer, geladeira, fogão e utensílios de copa e cozinha que há mais de dez anos não eram entregues para as escolas da rede estadual de ensino.

 

“Estou muito feliz com a escola nova. Está muito bem mobiliada. Dou parabéns a toda a equipe que organizou a entrega. Tenho as melhores expectativas para o retorno presencial”, disse o estudante do 9° ano do Ensino Fundamental, Matheus Rodrigues.

Avalie este item
(0 votos)

Na tarde desta terça-feira, 6, a Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima) deu início ao “Aprendendo a Fazer: workshop de desenvolvimento de ideias inovadoras para o Programa Centelha Roraima”, promovido em parceria com a UERR (Universidade Estadual de Roraima) e a UFRR (Universidade Federal de Roraima).

 

No início da tarde, o encontro foi realizado no auditório da UERR com alunos, professores e demais servidores das instituições. O objetivo do evento é dar mais publicidade e atrair mais submissões de ideias inovadoras para o Programa Centelha Roraima, que está com inscrições abertas e é executado pelo Governo do Estado por meio da Faperr.

 

O workshop foi um momento para divulgar a proposta do Centelha. O assessor técnico da Faperr, Elemar Favreto, também atua como coordenador local do programa e explicou que a comunidade acadêmica de Roraima deve aproveitar a oportunidade de submeter projetos no edital recém-aberto.

 

“Passamos pela UFRR e pela UERR para poder esclarecer as dúvidas dos interessados sobre o Programa Centelha. Estaremos passando pelas universidades e faculdades para poder levar ainda mais informação e oportunidade”, destacou Favreto.

 

Com a colaboração do advogado e pesquisador Heráclio Duran, a apresentação começou com uma palestra sobre inovação e empreendedorismo. De acordo com Heráclio, a intenção é estimular que mais pessoas possam transformar suas ideias em empreendimentos, em inovação e avanços. “Tudo isso é pensando no futuro. O Programa Centelha vem para subsidiar as boas ideias de empreendedores para avançarmos e crescermos no setor em Roraima”, afirmou.

 

O workshop deverá ser apresentado também em outras Instituições de Ensino, como o IFRR (Instituto Federal de Roraima) e no IED (Instituto de Educação e Inovação), que ocorrerá na tarde desta quarta-feira (07), às 15h. Já no IFRR, o workshop acontecerá no mês de janeiro de 2023.

 

PROGRAMA CENTELHA RORAIMA

 

Promovido pelo MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o Programa Centelha acontece pela primeira vez em Roraima.

 

O edital visa impulsionar ideias inovadoras e geração de novas empresas de base tecnológica de interesse social e empresarial, além da formação da cultura do empreendimento inovador.

 

Neste sentido, o programa busca ideias que desenvolvam produtos, processos ou serviços inovadores, que contribuam para o desenvolvimento da economia nacional. 

 

Serão financiados 15 projetos com apoio financeiro de até R$ 53,3 mil pelo Governo do Estado em parceria com a Finep, além de R$ 26 mil em bolsa de inovação ofertadas pelo CNPq por projeto, totalizando um valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do programa até o dia 9 de janeiro de 2023.

Avalie este item
(0 votos)

Após quase cinco meses de treinamento, 46 alunos-sargentos do Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças Combatentes serão graduados e alcançarão a nova patente. A cerimônia ocorrerá nesta quarta-feira, 7, às 16h40, na esplanada do QCG (Quartel do Comando Geral) da PMRR (Polícia Militar de Roraima).

 

O curso teve início no dia 20 de julho deste ano, com carga horária de 1.085 horas e 34 disciplinas. Os alunos foram instruídos multidisciplinarmente em áreas do conhecimento que competem a segurança pública. Com esse arcabouço, esses formandos estarão preparados para o exercício de suas funções regulamentares.

 

“Esses policiais estão ainda mais preparados para atender a nossa população em toda e qualquer situação. Durante nossa gestão, trabalhamos para que todos os policiais pudessem ter as melhores qualificações profissionais e levassem esse conhecimento para a prática para as ruas de Roraima”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

O comandante da PMRR, coronel Francisco Xavier, ressaltou que a formatura chega durante o final das comemorações do aniversário da corporação e ressaltou que esse é mais um momento muito significativo para a Segurança Pública e para a Polícia Militar em si.

 

“Esses 46 novos sargentos estarão somando nas atividades de policiamento ostensivo na capital e no interior do Estado, serão novos comandantes com uma motivação bem acima da média, estarão aptos a comandar equipes em várias frentes de policiamento”, disse.

 

NOVOS EQUIPAMENTOS

 

Durante a cerimônia, serão entregues novos armamentos, sendo 1.200 pistolas calibre 9mm, 4 mil munições calibre 5.56 e 101 mil munições calibre 9mm.

 

O valor investido no equipamento bélico é de R$ 3.380.100,00 oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Jhonatan de Jesus, adquiridos por meio de convênio celebrado entre a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) e o Governo de Roraima.

 

Também serão entregues seis drones tipos 1 e 2, bem como 800 novas poltronas ergométricas para as sessões e departamentos da PMRR. O investimento é de R$ 1.347.260,00 provenientes do FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

PROGRAMAÇÃO

 

A solenidade de formatura encerra a programação de aniversário de 47 anos da PMRR, iniciada no dia 7 de novembro. Várias atividades ocorreram desde então, como ações de saúde, campeonatos esportivos, cultos ecumênicos e a recente formação dos alunos-sargentos.

 

No dia 19 de novembro, a corporação realizou o tradicional concerto musical da banda da Polícia. Aberto ao público, o evento contou com a participação de policiais militares de Rondônia.

 

Já no dia 26 de novembro, dia em que é comemorado o aniversário da instituição, foi realizado o também tradicional baile branco, que contou com a participação dos policiais militares e de autoridades do Estado.

 

Valorização da tropa e investimentos na PMRR são prioridades para atual gestão

 

A promoção dos 46 novos sargentos é a consolidação do trabalho do Governo de Roraima na valorização da Polícia Militar de Roraima. Somente durante os quatro primeiros anos da atual gestão, foram 2.276 policiais promovidos, sendo 570 oficiais e 1.706 praças beneficiados.

 

Para tornar ainda melhor o atendimento das guarnições junto à população, o governo também promoveu a realização de cursos de qualificação. Por ano, foram realizados:

 

2019: nove treinamentos, totalizando 99 policiais;

2020: 14 treinamentos, totalizando 400 policiais;

2021: 12 treinamentos, totalizando 725 policiais;

2022: 19 treinamentos, totalizando 1.169 policiais até o dia 1º de dezembro do mesmo ano. Destes, dois treinamentos ainda estão em execução.

Avalie este item
(0 votos)

Devido à grande demanda, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) abrirá novo prazo para inscrição no sorteio público de vagas para matrículas nos colégios estaduais militarizados e para duas escolas estaduais civis (Lobo D’Almada e Euclides da Cunha). O prazo havia encerrado na última sexta-feira, 2, e teve mais de 3,2 mil inscritos.

 

Agora, os interessados em participar poderão ingressar com um recurso e fazer a inscrição entre quarta, 7, a sexta-feira, 9, como explicou o adjunto da Secretaria dos Colégios Estaduais Militarizados da Seed, José de Sousa.

 

“Nesta quarta [dia 7], vamos divulgar a lista preliminar de inscritos e caso algum pai ou responsável perceba inconsistência na inscrição, poderá entrar com recurso até sexta [dia 9]. Quem, por algum motivo não conseguiu realizar a inscrição também poderá fazer durante este período”, explicou o secretário.

 

Tanto os recursos contra a lista preliminar de inscritos quanto novas inscrições devem ser protocolados por meio deste link. Até sexta-feira passada, 2, foram registradas 3.256 inscrições, sendo 2.453 para vagas nos Colégios Militarizados (2.105 para o 6º ano do Ensino Fundamental e 348 vagas para a 1ª série do Ensino Médio).

 

Para a Escola Euclides da Cunha foram realizadas 361 inscrições, e para a Escola Lobo D’Almada foram efetivadas 442 inscrições.

 

DAS VAGAS

 

Estão sendo ofertadas 3.592 vagas para sorteio nos colégios militarizados sendo 1.120 para a 1ª série do Ensino Médio e outras 2.472 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental, distribuídas entre 20 instituições de ensino da capital, além de 150 vagas para o 6° ano do Ensino Fundamental da Escola Euclides da Cunha e 231 vagas para 1ª série do Ensino Médio da Escola Lobo D’Almada.

 

O SORTEIO

O auditório do IERR (Instituto de Educação de Roraima), localizado na Alameda dos Bambus, nº 525, bairro Pricumã, foi o escolhido para ser o local de transmissão do sorteio público. Terão acesso presencial ao sorteio os gestores escolares e representantes das APMs (Associação de Pais e Mestres). Pais e responsáveis poderão assistir o sorteio que será transmitido ao vivo pelo canal da PMRR (Polícia Militar de Roraima) no YouTube.

Avalie este item
(0 votos)

A Sesp (Secretaria de Segurança Pública) realizou, na manhã desta terça-feira, 6, a eleição para escolha dos novos conselheiros do Conespds-RR (Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Roraima). O edital para convocação dos interessados no processo de seleção foi publicado no dia 26 de outubro no DOE (Diário Oficial do Estado) e as inscrições ocorreram entre os dias 4 a 11 de novembro, na sede da secretaria.

 

O Conespds disponibilizou ao todo seis vagas, porém apenas duas foram preenchidas. Um representante do Sindicato da Polícia Civil e um representante da Associação dos Oficiais da Polícia Militar foram eleitos durante a reunião realizada hoje no Auditório da SESP. Para o preenchimento das quatro vagas restantes será elaborado um novo edital, de acordo com o secretário-executivo do Conespds, capitão Ubirajara Dutra Capaverde Júnior.

 

Os integrantes do novo colegiado terão mandato de dois anos consecutivos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, de acordo com Lei nº 1.357, de 26 de novembro de 2019 e o secretário executivo Capaverde ressalta a importância da participação da sociedade civil organizada na formulação de políticas públicas relacionadas à segurança pública, bem como para a correta aplicação dos recursos administrados pelo FESP (Fundo Estadual de Segurança Pública).

 

“O Conselho é um importante espaço para o diálogo entre o governo e a sociedade civil e sem dúvida, a constituição do Conespds foi uma conquista democrática que veio para fortalecer o controle e a participação social na tomada de decisões e o sistema de segurança no estado como um todo”, explicou Capaverde.

 

O titular da Sesp e presidente do conselho, coronel Edison Prola, destaca que as ações do colegiado são fundamentais e essenciais para a tomada de decisões, principalmente no tocante aos recursos administrados pelo Fesp (Fundo de Segurança Pública).

 

”A eficácia das ações realizadas pelas forças policiais nos mostra que estamos no caminho certo. Nosso objetivo é contribuir para fortalecer os órgãos de segurança no Estado e com isso melhorar o serviço prestado à população. Os recursos oriundos do Fundo de Segurança nos permite aparelhar nossas polícias, adquirir equipamentos, armamentos e demais insumos para dar um serviço melhor, com mais celeridade e eficiência”, destacou Prola.

 

O CONSELHO

 

O Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social de Roraima é um órgão colegiado de natureza consultiva e deliberativa, que integra a estrutura básica da Sesp. Ele tem como finalidade e competência caráter de consulta, sugestão e acompanhamento social das atividades de segurança pública e defesa social. Ele permite a participação da sociedade na definição de prioridades para a agenda política, bem como na formulação, no acompanhamento e no controle das políticas públicas.

Avalie este item
(0 votos)

Devido ao aumento de casos da covid-19, o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), a principal referência hospitalar do Estado, tem reforçado uma série de medidas que visam preservar a saúde de pacientes e acompanhantes.

 

“A ideia é massificar essas normas de rotina justamente para os usuários não terem contratempos ao adentrar a unidade hospitalar. Contamos com a sensibilização de todos para que essas regras sejam seguidas", afirmou o diretor administrativo da unidade, Edgar Hoover.

 

Desde o início da pandemia, mais de 170 mil casos foram confirmados em Roraima.  A doença também causou o óbito de 2.177 pacientes e outras oito mortes seguem em investigação.

 

SUSPENSÃO CONTINUA

 

Segundo Hoover, as visitas continuam suspensas por medida de segurança, sendo permitida a presença de acompanhante apenas nos blocos de internação. Em casos isolados, a família é chamada até a unidade, por meio da equipe de serviço social.

 

“Nós continuamos em pandemia, em nenhum momento o Ministério da Saúde decretou o término dela, por isso, é super importante estar com a vestimenta adequada e o uso correto da máscara”, destacou.

 

O horário de troca de acompanhante é realizado somente nos horários das 7h às 8h, 13h às 14h e das 18h às 19h, sendo permitida a permanência de apenas um acompanhante para cada paciente.

 

Não é permitida a entrada e permanência de acompanhante que estiver trajando roupas curtas, transparentes, decotadas, com as costas nuas e também blusas de alças.

 

Outras medidas adotadas pelo HGR incluem a obrigatoriedade do uso da máscara nas dependências da unidade e a necessidade da apresentação do comprovante de vacinação.

Avalie este item
(0 votos)

O período do vazio sanitário da soja em Roraima iniciará no dia 19 de dezembro e vai durar 90 dias, com a suspensão total da cultura no campo em todo o Estado. O objetivo é evitar a propagação da ferrugem asiática nas áreas produtivas do Estado, quebrando o ciclo de produção de esporos do fungo.

 

De acordo com a Portaria n° 821 da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima), publicada em 14 de abril deste ano, o vazio sanitário começa no próximo dia 19 de dezembro e será encerrado em 18 de março de 2023.

 

O vazio sanitário faz parte do Programa de Controle da Ferrugem Asiática, criado em junho de 2022 pelo Governo de Roraima e seguindo orientação do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). A medida permitiu a criação de um cadastro de todos os produtores de soja locais, visando ações de controle da sanidade na produção roraimense.

 

O presidente da Aderr, Marcelo Parisi, enfatizou que a área de cultivo da soja no Estado tem crescido ano após ano, demonstrando a força do agronegócio em Roraima. “A previsão da safra 2022/2023 é de 150 mil hectares de soja. Essa é uma estimativa bastante plausível, caso acompanhe a evolução dos últimos anos. Vale ressaltar o apoio e o empenho do governador Antonio Denarium que vem incentivando muito o agronegócio,” disse Parisi.

 

VAZIO SANITÁRIO

 

O vazio sanitário para a cultura da soja é o período no qual é proibido cultivar ou implantar cultivos da leguminosa, bem como manter ou permitir a presença de plantas vivas em qualquer fase de desenvolvimento.

 

É uma estratégia agrícola, segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), utilizada para quebrar o ciclo da praga Phakopsora pachyrhizi, agente causador da Ferrugem Asiática.

 

“O principal dano dessa praga é a desfolha precoce, impedindo a completa formação dos grãos, com consequente redução da produtividade”, disse o diretor de Defesa Vegetal da Aderr, Marcos Prill.

 

O controle por meio de defensivos agrícolas, com o uso de produtos autorizados pelo Mapa tem se mostrado eficiente na redução dos danos da praga na lavoura. Entretanto, o uso ininterrupto favorece a resistência do fungo ao controle químico. “Justamente por isso a quebra do ciclo do fungo é a forma mais eficiente para reduzir a resistência da praga aos fungicidas,” detalhou o agrônomo da Aderr, Hugo Bandeira.

 

FERRUGEM ASIÁTICA EM RORAIMA

 

A ferrugem asiática da soja está presente no Brasil desde 2001. Em Roraima, a enfermidade foi detectada oficialmente por laudo oficial do Mapa em 2021.

 

Segundo o presidente Marcelo Parisi, a praga foi identificada em propriedades dos municípios de Alto Alegre e Iracema, sendo confirmada por laboratório oficial credenciado pelo Ministério. “Estamos atentos e preparados para realizar todas as ações necessárias ao combate à praga”, reforçou.

 

A descoberta do primeiro caso da praga, no plantio de soja em Roraima, foi um trabalho dos técnicos da Aderr com a colaboração da Embrapa-RR, por intermédio do pesquisador Daniel Schurt.

 

A identificação da doença ocorreu durante inspeção de rotina de plantios, quando foi realizada coleta de folhas de soja, com sintomas pelos técnicos da Aderr. A confirmação oficial veio após análise em laboratório oficial credenciado junto ao Mapa, confirmando a presença do patógeno no material amostrado.

 

Os procedimentos de coleta e de acondicionamento e envio das amostras foram acompanhados por Schurt em atendimento a um termo de cooperação técnica entre as instituições.

Avalie este item
(0 votos)

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio do IIOC (Instituto de Identificação Odílio Cruz), está atendendo moradores do município de Uiramutã, na região norte do Estado com a emissão do RG (Registro Geral). A ação ocorre em parceria com a DPE-RR (Defensoria Pública do Estado de Roraima).

 

De acordo com o delegado-geral, Eduardo Wayner, o “RG na Mão” é um programa do Governo de Roraima executado em parceria com várias instituições e de forma itinerante nos municípios, aproximando a comunidade dos serviços oferecidos pela instituição policial.

 

Nesta segunda-feira, 5, os trabalhos estão sendo realizados na comunidade Monte Moriá II, das 9h às 16h.

 

AGENDA

 

Os atendimentos seguem durante a semana. Na terça-feira, 6, e na quarta-feira, 7, a emissão de documentos será na sede do Município de Uiramutã, na Escola Estadual Joaquim Nabuco.

 

De quinta, 8, a sexta, 9, serão atendidos os moradores da Comunidade Uiramutã, na Escola Estadual Júlio Pereira.

 

De acordo com a servidora da PCRR que está coordenando a ação, Raiane Sales, o serviço tem como objetivo atender os moradores que moram distantes da capital e que têm dificuldades em ter acesso ao documento.

 

“Os documentos ficam prontos em até 30 dias, e são entregues nas comunidades por meio da Defensoria Pública Itinerante, garantindo comodidade para quem solicitou o RG”, disse a coordenadora.

 

AÇÃO ITINERANTE

 

A ação itinerante teve início no dia 1º de dezembro, na Comunidade Vizeu em Normandia. Em seguida a equipe se deslocou para Uiramutã. Nos dias 02 e 03 o atendimento ocorreu na comunidade Água Fria, onde foram solicitadas a emissão de 112 RGs

 

DOCUMENTOS

 

Somente a primeira via da Carteira de Identidade é gratuita. Os documentos necessários para solicitar o documento são: Certidão de Nascimento original e a cópia para quem é solteiro ou de casamento (original e cópia), aos casados. Além disso, deve-se apresentar também o comprovante de residência. Não é necessário levar fotografia.

 

Para emissão da segunda via, o cidadão deve acessar o site da Sefaz, ir na opção Cidadão e clicar em “DARE-Avulso”. Na página, preencher os dados, inserir o código da Receita 8095 – Segurança Pública e depois selecionar “Cédula de Identidade Segunda via” e confirmar.

 

O valor da taxa é de R$ 54,93. Com o boleto pago, o cidadão deve apresentar o comprovante junto com os documentos citados acima, no momento em que for solicitar a segunda via.

Avalie este item
(0 votos)

Representantes da PCRR (Polícia Civil de Roraima), lotados na DRE (Delegacia de Repressão à Entorpecentes) e no Denarc (Departamento de Narcóticos) participam nesta segunda, 5 até quinta-feira, 8, em Brasília, do Encontro Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Drogas.

 

O evento acontece na sede do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), no âmbito do Projeto M.O.S.A.I.C.O. da Seopi (Secretaria de Operações Integradas). 

 

Participam do evento o delegado Marcus Albano e o agente de polícia Francival Lima. O encontro também conta com representantes das polícias judiciárias de todos os Estados da Federação.

 

Durante o encontro, serão apresentados casos práticos sobre investigações de tráfico de drogas e lavagem de capitais com o objetivo de promover as boas práticas no enfrentamento a esse tipo de crime e a integração das forças de segurança.

 

Para a delegada-geral adjunta e diretora do Denarc, Darlinda Moura Viana, o evento é de extrema importância, uma vez que atualiza os policiais sobre as boas práticas no âmbito da investigação, gera mais integração entre as polícias brasileiras e aumenta o compartilhamento de informações que venham auxiliar as frentes de investigações.

 

Projeto M.O.S.A.I.C.O.

 

O projeto é desenvolvido pela Seopi, por meio da CCGO (Coordenação-Geral de Combate ao Crime Organizado), para auxiliar as investigações policiais em todas as unidades da Federação.

 

Sob o acrônimo: Modernização (M), Operações (O), Segurança Pública (S), Autonomia (A), Integração (I), Combate (C), Organizações criminosas (O), o projeto foi concebido para auxiliar as Polícias Civis e Federal na desarticulação das chamadas orcrims (organizações criminosas).

 

O projeto possui três eixos de atuação: operações, capacitações e aquisições para fomentar as investigações patrimoniais, a recuperação de ativos e a atuação em rede.

 

Avalie este item
(0 votos)

Prejudicada pela ação do tempo e das enchentes que atingiram o município do Uiramutã durante os invernos dos últimos anos, a ponte da região do Madureza, que possui 40 metros de extensão, foi reconstruída pelo Governo de Roraima e entregue à população local.

 

Foram investidos recursos próprios do Executivo estadual na ordem de R$ 640 mil para construção da ponte, que é considerada uma das mais importantes da região. A obra viabiliza o acesso dos moradores às comunidades Morro, Maracanã e Mutum, entre outras.

 

“Concluir e entregar essa obra é mais do que um compromisso do Governo com a população do Uiramutã. Cada obra concluída é uma alegria que nos traz a sensação de dever cumprido com as pessoas que enfrentaram dificuldades de locomoção na região”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

O Governo tem trabalhado na recuperação de mais pontes e estradas no município. “Nosso propósito é buscar solução para os problemas identificados que surgem nas estradas, evitar outros e melhorar as condições de tráfego nas estradas vicinais de todo o estado”, afirmou o secretário-adjunto da Seinf (Secretaria da Infraestrutura), Emerson de Paula.

 

MAIS INVESTIMENTOS

 

A atual gestão do Governo de Roraima já recuperou outras pontes já foram recuperadas no município nos últimos anos, como a que fica localizada no Igarapé do Salgado também foi colocada uma nova ponte com extensão de 45 metros.

 

Ainda na RR 171, sobre o Igarapé Darora, a Seinf construiu uma ponte com extensão de 30 metros. Na RR 407 foram recuperadas mais três pontes, sobre os igarapés Santa Paz, Aradi e Bom Jardim com extensão de 15, 20 e 15 metros, respectivamente.

 

Além do trabalho de recuperação de pontes, o Governo investiu diretamente mais de R$ 3 milhões na recuperação das estradas vicinais e rodovias que cortam o município.

Avalie este item
(0 votos)

Na manhã desta segunda-feira, 5, o CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima) deu início a mais um CFS BM (Curso de Formação de Sargentos do Quadro de Praças Combatentes). A solenidade de início ocorreu no auditório da corporação, no bairro Pricumã, e reuniu bombeiros militares e familiares dos alunos-sargentos.

 

A nova turma inicia com 31 componentes, sendo 30 deles selecionados através de concurso interno, e um sendo o primeiro colocado do curso de cabos.

 

A formação terá duração de seis meses, com carga horária de 1.690 horas/aulas divididas em seis módulos. As instruções teóricas e práticas serão ministradas nas unidades militares do próprio Corpo de Bombeiros e na APICS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago).

 

Além de toda a capacitação profissional envolvendo atividades administrativas e operacionais da corporação militar, os futuros sargentos serão especializados ainda em COI (Curso de Operações em Incêndios).

 

O aluno-sargento Souza Pinto é um dos integrantes da nova turma. Ele explicou sobre a importância de acessar uma nova etapa da carreira. “No Corpo de Bombeiros é um dos cursos mais esperados após a nossa entrada na instituição. Pelo que temos acompanhado, são cursos bastante técnicos, focados no ensino e instrução e que vão nos capacitar para contribuir da melhor maneira na corporação em prol da sociedade”, declarou.

 

O comandante-geral do CBMRR, coronel Anderson Carvalho de Matos, parabenizou os integrantes da nova turma de sargentos e reforçou o compromisso da Corporação com a melhoria constante da capacitação dos militares.

 

“A busca pelo conhecimento técnico não pode parar. A sociedade vem evoluindo e o Corpo de Bombeiros tem que acompanhar para entregar um bom serviço à sociedade, e é sempre isso que buscamos: militares cada vez mais preparados para servir bem”, disse.

 

Após a solenidade que marcou o início do curso, os alunos-sargentos participaram da aula inaugural com o tema “Planejamento Estratégico, tático e operacional: ampliando a visão para se atingir a eficiência para o combate a incêndio urbano”, ministrada pelo tenente Cirlei Crispim.

Avalie este item
(0 votos)

As inscrições para dez novos cursos do Capacita Saúde, ofertados pelo Governo de Roraima, por meio do IERR (Instituto de Educação de Roraima), estão abertas e podem ser feitas por meio do endereço https://portal.ierr.edu.br/.

Os dez cursos oferecidos totalizam 500 vagas, as aulas começam na segunda-feira, dia 5, e serão realizadas no Centro Universitário Estácio da Amazônia. Cada turma conta com 50 vagas e a formação tem duração de 40 horas/aula. Para os cursos que começam à noite, as inscrições podem ser feitas até segunda-feira.

A reitora do IERR, Elísia Martins, destacou a importância da qualificação para os servidores que já trabalham na área e para quem almeja entrar no mercado de trabalho.

“O Governo de Roraima, através do Instituto de Educação de Roraima, continua com a sua maratona com cursos na área da saúde. É a possibilidade que o servidor da área da saúde tem de qualificar-se, dar um plus no seu currículo e melhorar a qualidade de atendimento à população”, disse Elísia Martins.

 

CURSOS OFERTADOS

 

Os cursos oferecidos na próxima semana são: Gestão e Terapia Nutricional para Pacientes Hospitalizados, Controle de Infecção Hospitalar, Gestão de Contratos de Convênios em Saúde, Gestão de Riscos de Emergência em Saúde Pública no Contexto do Covid, Epidemiologia em Saúde, Atendente de Farmácia (Intermediário), Noções Básicas de Avaliação Nutricional, Comunicação na Saúde, Biossegurança e Segurança do Paciente e Psicologia da Saúde.

 

Primeiras turmas concluíram cursos neste sábado

 

Os mais de 2 mil inscritos que iniciaram as aulas na segunda-feira, 28, concluíram os cursos neste sábado, 3. Eles destacaram a importância da formação para o desenvolvimento de suas atividades.

Para o acadêmico de Enfermagem e um dos alunos do curso de Pulsão Venosa, Thiago Monteiro, é uma excelente oportunidade que ele está tendo com essa qualificação.

“É uma oportunidade de aprimoramento profissional, de mais conhecimentos, porque muita gente peca na questão da prática. Se a gente tem o conhecimento da prática, vai conseguir fornecer uma assistência de qualidade aos pacientes com um olhar humanístico”, garantiu.

A aluna do curso de Primeiros Socorros e também acadêmica do curso de Enfermagem, Victória Alexandra Ribeiro Lobato, disse que foi muito importante participar da qualificação e que planeja fazer o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) sobre Primeiros Socorros.

“A importância é imensa tanto para os estudantes da saúde quanto para pessoas leigas, inclusive planejo fazer o meu TCC focado na importância de pessoas leigas saberem fazer primeiros socorros por conta das mortes por engasgo que a gente tem no Brasil, principalmente de crianças. As pessoas não estão preparadas para lidar com algumas situações corriqueiras do dia a dia. Então, é extremamente importante ajudar. Excelente o Governo oferecer esses cursos gratuitamente, porque, com certeza, tem muita gente que não tem como tirar do salário para pagar um curso desses”.

A estudante de Psicologia e aluna do curso de Saúde Mental nas Organizações de Trabalho, Anna Flávia Castro, ressaltou a qualidade das aulas e a necessidade de pessoas qualificadas para atuarem na área de saúde mental.

 “Sou acadêmica de Psicologia e saúde mental é um tema atual e necessário, principalmente dentro das organizações. Então só tenho a agradecer ao Governo do Estado pelo incentivo e ao Instituto de Educação por toda essa assistência que está nos trazendo. Uma estrutura incrível com mestres de excelência. Vai fazer uma grande diferença no meu currículo”.

 A Professora Jessik Custódio Pereira disse que são discutidos vários assuntos durante o curso e quem participou sai com bastante conhecimento para empregar independente da área de atuação.

“A gente discute vários assuntos dentre os quais os transtornos que mais assolam os trabalhadores, quais são as melhores formas de intervir sobre essa realidade, considerando não só o papel da psicologia, mas também como ponto de partida para explicar como as funções psicológicas atuam no adoecimento humano. Então, quem participa desse curso de capacitação sai com ferramentas, com orientações adequadas sobre como ajudar e contribuir para a produção de uma saúde mental de mais qualidade na vida das pessoas. Não importa qual o segmento do mercado em que vá atuar”.

A reitora Elísia Martins fez uma avaliação positiva sobre a primeira etapa do Capacita Saúde.

“É um balanço totalmente positivo. O governador Antonio Denarium trabalha focado em resultados e temos resultados positivos. Foram mais de dois mil alunos qualificados durante esta semana. Trabalhamos saúde mental, alimentação saudável, técnicas de pulsão venosa, primeiros socorros, inseminação artificial, saúde também na área animal.  Estamos encerrando com o sentimento de dever cumprido”, frisou.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Escola de Governo da Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração), realiza, nesta semana, um curso de Direção Defensiva e Mecânica Preventiva destinado a servidores que conduzem veículos da frota oficial.

O investimento na modalidade visa ampliar os conhecimentos dos motoristas e garantir mais segurança no trânsito. São oferecidas 60 vagas, divididas em duas turmas, com 30 alunos em cada uma. As aulas, teóricas e práticas, serão realizadas na terça-feira, 6, e na quarta-feira, 7.  

O Curso tem carga horária de 12h e será ministrado pelo comandante da Força Tática da PMRR (Polícia Militar de Roraima), 1° tenente Marcello Paraguassú de Oliveira.

As aulas teóricas começam a partir das 7h30, na Escola de Governo, e as aulas práticas serão realizadas a partir das 13 horas, no Parque de Exposições Dandãezinho. Os inscritos terão oportunidade de atualizar-se no conhecimento e na prática de direção defensiva em veículos como S10, L200 e Hilux, utilizados na frota oficial do Estado.

 

ESCOLA DE GOVERNO

 

A Escola de Governo é vinculada à Secretaria de Gestão Estratégica e Administração e sua atividade principal é promover a capacitação e reciclagem do capital humano do Estado.

Diversos cursos fazem parte do rol de treinamento da Escola, seja por meio de aulas presenciais ou à distância.

De 2019 a outubro de 2022, a instituição já ofertou 29 cursos e palestras, nas áreas de atendimento ao público, SEI (sistema de processos e documentos eletrônicos), informática, Processo Administrativo Disciplinar e Sindicância, redação oficial, gerenciamento de RH (Recursos Humanos) e saúde, capacitando mais de 21 mil servidores. 

Avalie este item
(0 votos)

O mundo celebra neste sábado, 03, o Dia Internacional de Luta da Pessoa com Deficiência, data instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas) com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da inclusão dessas pessoas na sociedade.

Em Roraima, segundo dados do CER II (Centro Especializado de Reabilitação Física e Intelectual), cerca de 3 mil pessoas são assistidas mensalmente pela unidade.

Por lá, o paciente tem acesso aos serviços de assistência social, fonoaudiologia, terapias ocupacionais, fisioterapia, fisiatria, pediatria, psicologia e triagem em saúde com profissionais de enfermagem.

“É importante termos essa estrutura, porque é um público muito grande e quando oferecemos isso nós tocamos a vida dessas pessoas e transformamos o dia a dia delas aqui no Centro”, afirmou o médico especialista em medicina física e reabilitação, Rodrigo Vasconcelos.

José Manuel Blanco, de 52 anos, frequenta o CER II desde setembro deste ano, logo após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Desde então, ele tenta recuperar as funções do lado direito do corpo.

“Quando ele chegou aqui não andava e nem se movimentava, agora já está dando alguns passos e comendo com a própria mão. Antes, ele usava fralda e agora já pede para ir ao banheiro”, destacou o genro do paciente, Emivaldo de Araújo. 

O Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência está localizado na Avenida São Sebastião, 1195, bairro Santa Tereza. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h e das 13h às 19h

 

 

OFERTA DE MEIOS DE LOCOMOÇÃO

 

Outro serviço oferecido pelo Governo do Estado é o repasse de meios de locomoção para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, por meio do PAPD (Programa de Atenção e Prevenção a Deficiência) da Secretaria de Saúde.

A iniciativa foi criada com a intenção de proporcionar autonomia para pessoas que possuem algum problema de locomoção. De janeiro a julho deste ano, 730 cadeiras de rodas foram repassadas para pacientes da rede pública de saúde.

Para receber o item, o interessado deve fazer um cadastro junto ao PAPD, que funciona na estrutura física do NERF (Núcleo Estadual de Reabilitação Física). Os documentos exigidos são os seguintes:

- Cópia da Carteira de Identidade ou Registro de Nascimento;

 - Cópia do CPF;

 - Cópia de um Comprovante de Residência;

 - Cópia do Cartão do SUS;

 - Solicitação original do material médico, fisioterapeuta ou terapeuta ocupacional.

O NERF está localizado na Avenida Ataíde Teive, 6459, bairro Nova Canaã. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 10h30 e das 13h às 16h30.

Avalie este item
(0 votos)

Nesta sexta-feira, 2, o governador Antonio Denarium assinou dois decretos que beneficiam os servidores técnicos administrativos da Educação e tratam sobre o recebimento do adicional de qualificação e do abono pró-funcionário.

 

Os benefícios estão previstos no novo PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações) dos técnicos (Lei N° 1.672 de 27 de abril de 2022), mas necessitavam de regulamentação.

 

“Essa é mais uma ação que demonstra o respeito da gestão pelos profissionais que atuam na Educação de Roraima. Os servidores técnicos administrativos também têm o meu reconhecimento, pois são servidores que estão no dia a dia das escolas, na ponta, executando serviços essenciais para a rotina do ambiente escolar”, declarou o governador Antonio Denarium sobre os decretos que beneficiam a classe.

 

Com os documentos assinados, aproximadamente 800 servidores técnicos administrativos que optaram por serem enquadrados no PCCR poderão receber os benefícios, desde que cumpram os requisitos exigidos no próprio plano.

 

“Esta era uma demanda que estávamos correndo atrás há algum tempo e hoje se concretizou com a assinatura dos decretos pelo governador. Sempre trabalhamos com diálogo e acredito que é assim que deve ser. Precisamos conseguir benefícios mostrando a necessidade da nossa categoria”, destacou Leonilde Lima, diretora do Departamento dos Técnicos Educacionais do Sinter (Sindicato do Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima).

 

OS BENEFÍCIOS

 

De acordo com um dos decretos, que trata sobre o adicional de qualificação, esta incidirá em aumentos percentuais que vão de 5% a 25%, dependendo da formação do servidor em cursos de Tecnólogo, Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado.

 

Já o abono pró-funcionário, tema do segundo decreto, será concedido aos técnicos que comprovarem formação no curso Pró-Funcionário ou no curso técnico profissional do Eixo Tecnológico de Desenvolvimento Educacional (de acordo com o Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos). O valor mensal do abono será de R$ 542,08. Os decretos serão encaminhados para publicação no DOE (Diário Oficial do Estado).

 

Leonilde Lima enfatizou ainda que somente nesta gestão os técnicos administrativos estão sendo realmente valorizados. “Desde 2004 quando teve o concurso dos técnicos nós lutamos pela nossa valorização. Passaram muitos governos e nada. Somente o governador Denarium abraçou a nossa causa, ele disse que iria nos valorizar como profissionais da educação e está acontecendo”, ressaltou.

 

O governador fez questão de ressaltar que a atual gestão sempre manteve diálogo permanente com o Sinter. “É uma parceria que vem dando certo. O Governo está empenhado em valorizar todos os servidores e está demonstrando isso na prática, por meio das ações que vem valorizando todas as categorias e agor, com os técnicos da educação. Agradeço à presidente do Sinter, Josefa Matos e toda a diretoria do sindicato pela confiança”, finalizou Denarium.

 

O PLANO

 

O PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações) dos servidores técnicos administrativos da educação, regido pela Lei N° 1.672 de 27 de abril de 2022, foi elaborado por uma comissão formada por técnicos da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), Segad (Secretaria de Gestão, Estratégia e Administração) e o Sinter.

 

O Plano é voltado a servidores como merendeiros, assistentes alunos e secretários de escola, profissionais que contribuem para a formação integral dos estudantes. Além de dispor sobre benefícios como adicional de interiorização, adicional de qualificação, ajudas de custo, qualificações profissionais, progressões verticais e horizontais.

 

O PCCR também prevê a criação de cargos de nível superior como nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais, profissionais necessários no atendimento educacional.

 

Após a aprovação da Lei, os técnicos administrativos, antes regidos pela Lei Estadual N° 103216, puderam optar pelo enquadramento no novo PCCR, desde que estivessem lotados na rede de Educação Básica do Estado até a data da publicação da Lei 1.67222 e que apresentassem documentos exigidos para o enquadramento.

Avalie este item
(1 Votar)

O tão sonhado asfalto está chegando à Vila São Silvestre, no município de Alto Alegre, marcando uma nova era de desenvolvimento e progresso para a região. Ao todo, o Governo de Roraima vai asfaltar 29 quilômetros da localidade, que serão divididos em dois lotes: o primeiro, de 18 km, e o segundo, de 11 km.

 

Neste momento, está em execução a preparação da base para receber o asfalto. Até o final de dezembro, serão entregues esses 3 km concluídos. “O projeto inclui asfalto com cinco centímetros de espessura e seis metros de largura, além de sinalização vertical e horizontal e drenagem”, segundo informou o secretário-adjunto da Seinf (Secretaria de Estado da Infraestrutura), Emerson de Paula.

 

A pavimentação da via é realizada pela pasta meio com investimento de mais de R$ 13 milhões, de emenda parlamentar do deputado federal Ottaci Nascimento e contrapartida do Executivo roraimense.

 

“O investimento irá facilitar o transporte de produtos agrícolas, além de evitar transtornos em períodos chuvosos e diminuir os gastos com veículos por causa de manutenção”, declarou o governador Antonio Denarium.

 

A região também receberá uma ponte mista de concreto e aço com oito metros de largura. As vigas já estão em construção para o início da obra.

 

PROJETO DE ASFALTAMENTO

 

Outras estradas importantes estão passando por serviços de pavimentação no interior do Estado. É o caso da Vicinal Tronco, que dá acesso à comunidade Malacacheta, no Cantá,

e o asfaltamento da Vila Martins Pereira, em Rorainópolis, até São Luís do Anauá.

 

No município de São João da Baliza, os serviços na estrada da vicinal 26 para receber o asfalto segue a todo vapor.  A vicinal 28, também segue com obras de terraplanagem para execução do asfaltamento.

 

As vicinais 7 e 12, que interligam as vilas Martins Pereira e Moderna, em Rorainópolis, também serão asfaltadas em breve, e os trabalhos na localidade já foram iniciados.

Avalie este item
(1 Votar)

O Comitê Estadual de Avaliação do PGE (Prêmio Gestão Escolar) Maria Odete Calheiros Pena Edição 2022 deu início à execução do cronograma de visitação às escolas finalistas. Até a próxima sexta-feira, 9, serão dez escolas avaliadas e posteriormente, no dia 16 de dezembro, serão conhecidas as unidades vencedoras.

 

Os avaliadores são profissionais que atuam na Seed (Secretaria de Educação e Desporto), Ceforr (Centro Estadual de Formação dos Profissionais da Educação de Roraima), CEE (Conselho Estadual de Educação), Uerr (Universidade Estadual de Roraima) e ProBncc (Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular).

 

“Neste momento, o Comitê observa todas as evidências apresentadas nos relatos de boas práticas que foram compartilhadas em conformidade com o edital, a fim de classificar as três unidades escolares que receberão os disputados prêmios”, salientou Rosilda Garcia, diretora do Depe (Departamento Especial de Políticas Educacionais) da Seed.

 

Este ano, o PGE distribuirá R$ 33 mil reais em premiação para as escolas vencedoras, sendo R$ 15 mil para o primeiro lugar, R$ 10 mil para o segundo lugar e R$ 8 mil para o terceiro lugar. Os valores devem ser investidos na instituição de ensino. No total, 28 escolas participam da Edição 2022.

 

AS FINALISTAS

 

A Escola Estadual São José está entre as dez selecionadas para esta segunda fase do Prêmio. A escola inscreveu no Prêmio o ‘Plano de Formação Docente’. A gestora da unidade de ensino, Jeane Soares, disse que é uma conquista estar entre as dez melhores escolas, destacando que toda a equipe gestora e pedagógica, incluindo os professores, participaram do planejamento.

 

“Nós estamos aguardando a visita dos avaliadores e estamos confiantes pois sabemos do nosso Plano de Formação Docente. Um Plano construído de forma colaborativa, durante o ano letivo de 2022. Todos participaram de oficinas ministradas dentro da escola. Foi uma forma de oportunizar a formação continuada dos professores”, disse Jeane.

 

Além da Escola Estadual São José, as demais finalistas são:

 

  • Colégio Estadual Militarizado João Rogélio Schuertz – CEM XIII (Caracaraí)
  • Escola Estadual Buriti
  • Escola Estadual General Penha Brasil
  • Escola Estadual Lobo D’Almada
  • Escola Estadual Major Alcides Rodrigues dos Santos
  • Escola Estadual Mario David Andreazza
  • Escola Estadual Professor Voltaire Pinto Ribeiro
  • Escola Estadual Professora Coema Souto Maior
  • Escola Estadual São Vicente de Paula

 

SOBRE O PRÊMIO

 

Em sua 3ª edição, o PGE Maria Odete Calheiros Pena foi instituído pelo Governador Antonio Denarium em agosto de 2020. Seguindo os moldes da edição do PGE promovido pelo Consed (Conselho Nacional de Educação), o prêmio estadual foi criado para valorizar as boas práticas escolares.

 

Na primeira edição, realizada em 2020, o prêmio contou com a participação de 55 escolas, sendo 42 da capital, 11 do interior e duas escolas de comunidades indígenas. A escola Estadual Major Alcides foi a vencedora desta edição.

 

Em 2021, na segunda edição, participaram 43 escolas sendo 40 da capital, uma indígena (Escola Estadual Indígena David de Souza) e duas do interior: Escola Estadual Geraldo da Silva Pinto de Alto Alegre e Colégio Estadual Militarizado Tenente João de Azevedo Cruz, de Nova Colina, Rorainópolis.

Avalie este item
(1 Votar)

A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) publicou na quarta-feira, 30 de novembro, a Resolução 04/2022, que dispõe sobre o reajuste de 25,03% na tarifa de água. Os novos valores virão na conta de janeiro de 2023, a partir da medição do consumo do mês em vigor. Com o reajuste, as taxas residenciais passam ao valor de R$ 29,79.

 

Desde 2017 a empresa, que tem a menor tarifa de água do Brasil, não realizava a revisão tarifária, conforme explicou o presidente da Caer, James Serrador. “Mesmo com a medida adotada, passará a ser a quarta menor tarifa entre os 27 Estados brasileiros, uma vez que a diretoria considerou o impacto que um percentual maior causaria nos usuários”, disse.

 

CÁLCULO

 

Para subsidiar a revisão, o corpo técnico da Caer analisou, por exemplo, a variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que totalizou 33,66%, de 2018 a 2022. E ainda a variação da taxa do IPCA (Índice de Preços para o Consumidor Amplo), que atingiu 29,57%, no mesmo período.

 

Também foram analisados os índices de reajuste dos últimos quatro anos do combustível, que atingiu a média de variação de até 95,4% no óleo diesel, por exemplo; da energia elétrica, que tem um reajuste acumulado de 83,81%; os produtos químicos utilizados no tratamento da água, cuja variação vai de 67, 3% à 564,6%; e o salário mínimo, cuja variação no reajuste atingiu 29,31% de 2018 a 2022.

 

“Os estudos realizados pelo corpo técnico da Caer sugeriram reajuste de 57,51%, com análise dos índices de reajustes do INPC, IPCA, energia elétrica, combustível, produtos químicos e o salário mínimo dos últimos quatro anos, bem como os custos e as receitas da empresa. Porém, a diretoria decidiu pela revisão tarifária com percentual inferior, menor impacto junto aos usuários e garantia da manutenção da qualidade dos serviços”, detalhou Serrador.

 

Com a revisão, o valor da tarifa de água passa a ser de R$ 2,96, por cada mil litros de água. Dessa forma, em uma residência que consome mensalmente 10 m³, ou seja, dez mil litros de água, o aumento será de cerca de R$ 4,00.

 

Avalie este item
(1 Votar)

O Governo de Roraima executa diversas medidas de prevenção e combate à violência contra a mulher, envolvendo neste trabalho órgãos da gestão e as forças de segurança estaduais. Para fortalecer ainda mais as ações realizadas, a Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) realizou uma reunião institucional na tarde desta quinta-feira, 1º, na Casa da Mulher Brasileira.

 

Durante o debate foram definidas medidas estratégicas que serão colocadas em prática para intensificar o trabalho de prevenção e combate à violência contra a mulher.

 

“Solicitamos essa reunião para reunir os órgãos de segurança e tratar da otimização dos serviços prestados às mulheres vítimas de violência doméstica. São medidas que devem ser aplicadas de forma integrada para que o resultado esperado seja alcançado de forma mais eficaz e o mais breve possível”, esclareceu a titular da Setrabes, Tânia Soares.

 

Para a promotora de Justiça de Defesa da Mulher, Lucimara Campaner, ter o Governo imbuído no trabalho é uma demonstração de gestão comprometida com o bem-estar da população, especialmente da mulher.

 

“Vemos que o Governo também não aceita essa violência e está se mobilizando para dizer não a esse tipo de crime e os órgãos estão empenhados em prol de unir esforços para reforçar as políticas públicas existentes para que essa mulher possa buscar pelos seus direitos sem correr risco de vida”, complementou a promotora.

 

Medidas serão adotadas de forma integrada

 

Entre os pontos debatidos ficou definido que algumas medidas estratégicas serão colocadas em prática como a instalação da Sala Lilás, na Central de Flagrantes, para o melhor acolhimento das mulheres vítimas atendidas pela Polícia Civil, a ampliação do serviço 190 no interior do Estado, com a implantação nos municípios onde ainda não há o serviço, além da capacitação de servidores que atuarão nesse primeiro atendimento à mulher e ainda a criação do Aplicativo “ELA”, que será desenvolvido pela Seegd (Secretaria Extraordinária de Governo Digital) para maior divulgação das ações educativas.

 

A subcomandante-geral da PMRR (Polícia Militar de Roraima), coronel Valdeane Alves explicou que todos os órgãos de segurança reúnem esforços para coibir este tipo de violência, e cabe a Polícia Militar ampliar o canal de entrada. “Com isso, a mulher tem acesso para fazer o pedido de socorro, então o nosso trabalho será no sentido de melhorar esse atendimento que exige uma atenção maior, diante da necessidade de dar atenção priorizada a essas vítimas”, destacou.

 

CAMINHADA PELA PAZ

 

A Caminhada Pela Paz surgiu de forma espontânea entre a própria sociedade roraimense que se sensibilizou pela causa da violência de gênero, e vai ocorrer no dia 6 de dezembro, a partir das 16h30, saindo do 2º Batalhão da Polícia Militar, com destino à praça Germano Augusto Sampaio.

 

“O enfrentamento a violência, hoje mais uma reunião com os principais para ratificar o apoio e comprometimento do governo nessa causa, que é uma causa de todos nós, e incluir a própria sociedade civil. Fazemos o convite a todos que participem dessa caminhada, vamos vestir branco e buscar pela paz”, enfatizou a secretária Tânia. 

 

Reunião técnica reuniu principais agentes envolvidos nas ações de combate à violência

 

Entre as propostas discutidas pelas entidades, ficou decidido ainda que os serviços de saúde serão ampliados, com reforço da estrutura de um núcleo de saúde que funciona na sede da Setrabes e na Casa da Mulher Brasileira.

 

“A expectativa é que tenhamos uma equipe de profissionais de saúde mais completa para melhorar o atendimento e dar atenção não só à mulher, mas ao parceiro e filhos para que essa família possa conviver em um ambiente saudável”, detalhou a secretária.

 

Participaram do encontro o secretário da Casa Civil, Flamarion Portela, representando o governador Antonio Denarium; a secretária da Setrabes, Tânia Soares; o secretário extraordinário de Governo Digital, Paulo Torres; o titular da Sesp (Secretaria de Segurança Pública), Edison Prola e o adjunto, Ellan Wagner; a subcomandante-geral da PMRR, coronel Valdeane Alves; o delegado-geral da Polícia Civil de Roraima, Eduardo Wayner; a diretora do CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), da ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), Aldenize Barros; e a promotora de Justiça da Mulher, Lucimara Campaner, representando o MPRR (Ministério Público de Roraima).

 

Avalie este item
(1 Votar)

Pela segunda vez desde que foi fundada, a Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima) está presente no Fórum Nacional do Consecti (Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação) e do Confap (Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa) 2022, realizado entre os dias 30 de novembro a 2 de dezembro em Campo Grande (MS).

 

O evento promove o encontro de presidentes e representantes das 27 instituições estaduais de amparo à pesquisa, secretarias estaduais, representantes de agências federais e internacionais de fomento à ciência, tecnologia e inovação, além da comunidade acadêmica e científica da região.

 

O Fórum Nacional segue até sexta-feira, 2, com apresentação da CGU (Controladoria Geral da União) sobre Economia da Inovação nas IFES (Instituições Federais de Ensino Superior). A programação conta com relatos de grupos de trabalho, discussões e encaminhamentos. Ainda na sexta-feira, os integrantes se deslocam até o município de Bonito (MS), para fazer uma visita ao Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) local.

 

Representando Roraima, o presidente da Faperr, Pedro Cerino, foi ao Fórum Nacional. Ele explicou que o evento é importante e uma oportunidade para enriquecer a recém-fundada instituição estadual. “Encerrarmos o ano com chave de ouro. Discutir ciência e tecnologia é necessário para o avanço do nosso Estado e da pesquisa brasileira”, afirmou Cerino.

 

O presidente do Confap, Odir Dellagostin, ressaltou a importância do diálogo. “É um encontro entre as fundações de amparo à pesquisa e agentes federais em que discutimos nossas áreas de atuação, mas acima de tudo, captura de recursos e discussão de políticas públicas”, destacou.

 

SOBRE O FÓRUM

 

Esta edição do Fórum é uma realização do Consecti e do Confap em parceria com a Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia) e da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) do Mato Grosso do Sul.

 

CENTELHA RORAIMA

 

Em novembro, o Governo de Roraima lançou o Programa Centelha, projeto de fomento que tem como objetivo alavancar a inovação e o empreendedorismo no Estado.

 

Até o dia 9 de janeiro de 2023, as propostas para o Centelha em Roraima podem ser submetidas por pessoas físicas, vinculadas ou não a empresas com até 12 meses de existência anteriores à data de publicação do edital, e que tenham faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões sediadas no Estado.

 

Os recursos disponibilizados serão destinados à subvenção de até 15 projetos de inovação, cada um com valor unitário de até R$ 40 mil com recursos do FNDCT do Estado. Os proponentes devem apresentar suas ideias de produtos (bens e/ou serviços) ou processos inovadores com potencial para se transformar em empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos listados na chamada pública.

 

Para ter acesso ao edital do Centelha Roraima, basta acessar o site oficial da Faperr, órgão que executa o programa no Estado com apoio das instituições federais ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, como a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) em parceria com o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Confap e outros.

Avalie este item
(1 Votar)

Na manhã desta quinta-feira, dia 1º, foi dado início a Operação Guardiões do Bioma para combater queimadas e incêndios florestais e o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima participa das ações integradas, desenvolvida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

A Operação faz parte de um amplo planejamento organizado pelo Governo Federal com o objetivo principal de combater queimadas e incêndios florestais nos cinco biomas brasileiros: Amazônia, Cerrado, Pantanal, Caatinga e Mata Atlântica.

 

O Corpo de Bombeiros colocou à disposição da Operação efetivo de 34 bombeiros militares e sete caminhonetes equipadas com kits de combate a incêndio florestal.

 

Os bombeiros serão divididos em sete equipes que vão percorrer nos próximos meses todos os municípios do estado realizando ações de combate a incêndio, prevenção a incêndios e de orientação à população quanto aos cuidados necessários para se evitar que incêndios florestais ocorram.

 

O comandante-Geral do CBMRR, coronel Anderson Carvalho de Matos, passou as últimas orientações aos militares minutos antes das equipes saírem a campo. “A Operação Guardiões do Bioma reúne diversos órgãos federais e estaduais com vistas a antecipar as ações de combate aos incêndios florestais”, declarou.

 

O coronel Anderson falou das orientações quanto aos cuidados necessários e reforçou a necessidade do empenho de todos os militares para o sucesso da Operação Bioma. “Por se tratar de uma ação preventiva, vamos atuar principalmente na orientação aos moradores das comunidades a fim de se obter os melhores resultados possíveis nesta operação”, disse.