Mostrando itens por marcador: governotrabalhando

Sábado, 05 Março 2022 19:04

Boletim Epidemiológico

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do *BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS*. A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado. As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br. A nova atualização informa que o Estado contabiliza até o momento 402.208 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde. Destes 153.998 foram confirmados, sendo 30.220 por RT-PCR e 123.778 por teste rápido, 248.210 descartados, sendo 67.071 por RT-PCR e 181.139 por teste rápido e 2.137 óbitos. Com relação apenas as confirmações para a doença 2.195 em Alto Alegre, 1.256 no Amajari, 118.709 casos foram notificados em Boa Vista, 2.867 em Bonfim, 3.659 no Cantá, 3.084 em Caracaraí, 2.456 em Caroebe, 1.566 em Iracema, 2.880 em Mucajaí, 991 em Normandia, 2.760 em Pacaraima, 3.891 em Rorainópolis, 1.927 em São João da Baliza, 880 em São Luiz e 1.331 em Uiramutã. Já sobre os casos descartados, 3.656 em Alto Alegre, 2.392 em Amajari, 194.428 notificações ocorreram em Boa Vista, 5.391 em Bonfim, 4.094 no Cantá, 4.091 em Caracaraí, 2.883 em Caroebe, 1.871 em Iracema, 3.853 em Mucajaí, 1.060 em Normandia, 7.752 em Pacaraima, 6.294 em Rorainópolis, 3.038 em São João da Baliza, 1.994 em São Luís e 777 em Uiramutã. O estado também contabiliza 2.137 óbitos por Coronavírus (COVID-19). Deste total 39 são de Alto Alegre, 25 de Amajari, 1.614 do município de Boa Vista, 36 do Bonfim, 45 do Cantá, 62 de Caracaraí, 21 de Caroebe, 18 de Iracema, 47 de Mucajaí, 36 de Normandia, 52 de Pacaraima, 71 de Rorainópolis, 12 de São João da Baliza, 13 de São Luiz e 23 de Uiramutã. Além disso, 151.129 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados. Deste total, 2.144 em Alto Alegre, 1.230 em Amajari, 116.518 são de Boa Vista, 2.817 de Bonfim, 3.596 no Cantá, 3.019 em Caracaraí, 2.418 em Caroebe, 1.546 em Iracema, 2.825 em Mucajaí, 922 em Normandia, 2.702 em Pacaraima, 3.802 em Rorainópolis, 1.908 em São João da Baliza, 861 de São Luiz e 1.308 em Uiramutã. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima está disponibilizando mil vagas para o Concurso Público para professor da Carreira do Magistério da Educação Indígena. As inscrições seguem até a próxima segunda-feira, 17, e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site: www.idecan.org.br.

A taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de Magistério Nível Médio Completo e de R$ 100 para os cargos de Nível Superior. A data limite para pagamento é 18 de janeiro de 2022.

Como forma de facilitar o acesso à internet para os professores que moram nos municípios do interior e nas comunidades indígenas, os Polos de Atendimento da Univirr (Universidade Virtual de Roraima) estão à disposição dos docentes para a inscrição em todos os municípios do interior.

Estão sendo ofertadas 300 vagas para cargos de Magistério Nível Médio Completo, com salário inicial de R$ 3.004,80 e 700 vagas para cargos de Nível Superior, com salário inicial de R$ 3.782,94. Ambos com jornada de trabalho de 30 horas semanais.

O governador Antonio Denarium destacou a importância do certame para a educação nas comunidades indígenas, ressaltando que o concurso, proporciona valorização.

“Esse concurso era aguardado há mais de uma década e nós estamos fazendo. Ganham os alunos e ganham os professores, que agora vão trabalhar mais motivados, melhorando a qualidade do ensino em todos os cantos do Estado”, destacou.

“Uma oportunidade excelente para os docentes que aguardavam esse concurso há mais de 15 anos. É um concurso específico e diferenciado, que atende as especificidades da educação escolar indígena”, destacou Semaias Alexandre, presidente da Comissão do Concurso.

Publicado em DESTAQUES

Nesta quinta -feira (14), o Instituto de Previdência do Estado de Roraima - Iper, deu posse aos novos membros do Conselho Estadual de Previdência (CEP). Os novos representantes dos aposentados e servidores da ativa foram eleitos durante votação ocorrida no dia 11 de novembro de 2021.

O presidente do Iper, José Haroldo Campos, explica que o trabalho do Conselho é essencial para a Instituição. “O Conselho Estadual de Previdência, é um órgão que delibera sobre toda as questões que envolvem o Instituto de Previdência. É um conselho independente, onde são analisados desde regimentos internos, até mesmo as locações dos recursos previdenciários, que agora, tem sua nova formação no biênio 2022/ 2024”, detalhou o presidente.

A representante titular dos Aposentados, Albanira Cordeiro de Araújo, destacou a importância do Conselho para os segurados“. O objetivo do Conselho é acompanhar que todos os servidores estaduais possam ter sua aposentadoria, então, a gestão visa sempre o bem comum dos servidores”, ressalta.

Para Leandro Almeida Barbosa, integrar o Conselho é uma forma de acompanhar toda a organização e trâmite das questões previdenciárias. “Vai ser um momento de verificação e de acompanhar toda a organização do CEP”, explicou o representante titular dos servidores ativos.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) recebeu as primeiras 4,8 mil doses pediátricas da vacina contra o covid-19 para crianças de 5 a 11 anos de idade. O carregamento chegou por volta de meio-dia desta sexta-feira, 14, em um vôo da companhia aérea Latam.

Com a autorização para uso por parte do INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde), órgão ligado ao Ministério da Saúde e responsável pela aprovação, agora as doses poderão ser repassadas aos municípios de Roraima para aplicação.

“É uma alegria muito grande receber as vacinas para as crianças do nosso Estado. Estamos comprometidos em conseguir o maior número de doses possíveis para imunizar a população de Roraima em todas as faixas etárias possíveis, porque vacinas salvam vidas”, disse o governador Antonio Denarium.

De acordo com a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, durante a tarde desta sexta-feira, haverá uma reunião com todos os secretários e equipes dos municípios para discutir a distribuição.

“Ela vai ser feita conforme o público alvo de cada município, então nós temos as estimativas da população de cada município. A prioridade vai ser crianças e adolescentes com comorbidades. Então conforme a população estimada de cada município, vai ser feita a distribuição”, explicou Valdirene.

Superintendente Estadual do Ministério da Saúde, Juliano Bacarim ressaltou a importância desse momento emblemático, em que o Estado e os municípios poderão avançar no trabalho de imunização contra o covid-19.

“Todos terão o seu momento de ser vacinado. 11 anos, 10 anos, nove, oito, sete, seis, até cinco anos de idade. Vai ter doses suficientes para vacinar todas as crianças de Roraima. Então nós estamos repassando para o Estado, que vai repassar para os municípios, para começar a aplicação das doses. É esse o trabalho do Ministério e o trabalho da superintendência, do Estado e dos municípios: salvar vidas”, complementou.

Publicado em MANCHETES

Os pais ou responsáveis que por algum motivo não conseguiram efetivar a matrícula dos estudantes no período oficial de matrículas que encerra nesta sexta-feira, 14, poderão recorrer ao atendimento da Central de Matrículas do Estado.

A Central vai funcionar nos dias 18, 19 e 21 de janeiro, na unidade Tancredo Neves da Univirr (Universidade Virtual de Roraima), que fica localizado na Avenida São Sebastião, n° 521, bairro Tancredo Neves. O horário de atendimento será das 8h às 13 horas.

“No final da tarde de hoje, desta sexta-feira, 14, teremos o número de vagas remanescentes que serão disponibilizadas para a Central. Queremos tranquilizar a comunidade e dizer que o Estado tem vagas suficientes para matricular todos os estudantes. Na capital, foram ofertadas mais de 15 mil vagas e no interior, mais de 10 mil vagas”, destacou José de Souza, secretário adjunto de Gestão da Educação Básica da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

Na Central, basta apresentar o RG do pai ou responsável e também do estudante. No atendimento, a equipe da Seed localizará uma vaga para o ano ou série desejada. Após identificar a escola que dispõe da vaga, os pais ou responsáveis recebem um encaminhamento para que se dirijam direto à escola e efetive a matrícula.

Na escola, será necessário apresentar cópia e original do histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno.

E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado; cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e 2 fotos 3x4 recentes.

Publicado em DESTAQUES

Por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima trabalha na recuperação e reconstrução de pontes de madeira para melhorar a trafegabilidade das estradas. Na área rural do Cantá, a vicinal 1, do Taboca ganhou uma nova ponte, com extensão de 25 metros.

O trabalho é executado por meio do programa Aqui tem Obra e visa proporcionar maior segurança e trafegabilidade aos motoristas, moradores e produtores rurais que utilizam a via diariamente.

A maioria dos serviços de construção de pontes e recuperação de estradas é executada com recursos próprios do Governo do Estado de Roraima, que prioriza os investimentos na infraestrutura viária para dar meios para o desenvolvimento das atividades econômicas do interior.

“Todas as nossas estradas e rodovias, sejam elas pavimentadas ou não, são importantes para a economia do nosso Estado. Elas são as rotas de escoamento da produção agrícola dos pequenos, médios e grandes produtores rurais. Agora entregamos para todos uma ponte com uma nova estrutura”, pontuou o governador Antonio Denarium.

Ainda no município do Cantá, outra obra muito aguardada pelos moradores é a pavimentação da estrada Tronco/Malacacheta, região que também dá acesso à Taboca. O trecho de 11 quilômetros que receberá pavimentação asfáltica, já passa pelo serviço de terraplanagem e os trabalhos incluem ainda melhorias em galerias e bueiros e a substituição de uma ponte de madeira com 15 metros de extensão, localizada no igarapé do Inácio. 

Essa obra conta com recursos originários de emenda parlamentar do deputado federal Jhonathan de Jesus e contrapartida do Governo do Estado, no valor de R$ 8 milhões.

Publicado em DESTAQUES

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima atendeu, durante todo o ano de 2021, um total de 856 ocorrências de acidente de trânsito em todo o Estado. Este número é menor do que o registrado em 2020, quando foram atendidas 943 ocorrências desse tipo.

Entretanto, mesmo com a redução do total de ocorrências, a corporação constatou um aumento considerável no número de ocorrências com vítimas presas em ferragens ou retidas em veículos.

Entre 2020 e 2021, o aumento foi de 79%. Foram 34 ocorrências no ano passado contra 19 em 2020. Esse aumento se deve, principalmente, ao crescimento do número de situações envolvendo atendimentos de colisão entre carros e carro com objeto fixo (árvores, postes, muros, prismas de concreto, etc).

Acidentes carro com carro tiveram um aumento de 40%, sendo 63 em 2021 contra 45 em 2020. Já as ocorrências com colisão de carro com objeto fixo, aumentaram 120%, saltando de 10 para 22.

Segundo o capitão Leonardo Menezes, comandante da Companhia de Busca e Salvamento, o aumento das ocorrências com vítimas presas preocupa a corporação. “Analisando as estatísticas do Corpo de Bombeiros, chegamos a constatação que, mesmo com a redução do total, os acidentes de trânsito estão ficando mais fortes e violentos. O forte impacto faz com que a vítima não consiga sair com meios próprios e precise ser retirada pelas guarnições do CBMRR”, disse o capitão.

Ainda segundo Leonardo, quanto mais forte o impacto, maior é a velocidade do veículo antes da colisão, ou seja: maior é a probabilidade da vítima sofrer danos físicos. “Com o excesso de velocidade, a deformação veicular é maior e, mesmo com a utilização do cinto de segurança e com os mais avançados sistemas de proteção contra impactos, airbags, instalados nos veículos, a vítima tende a bater partes não vitais do seu corpo na estrutura do veículo, podendo sofrer fraturas e outros tipos de lesões”.

OUTROS DADOS

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima, além do aumento das ocorrências de vítimas presas em veículos, registrou um aumento no número de atendimentos envolvendo atropelamentos.

Em 2020, a Corporação havia registrado 44 atendimentos. Em 2021, o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima realizou o atendimento de 53 ocorrências, um aumento de 21%.

O número de ocorrências de capotamento permaneceu estável, 41 ocorrências. Já as ocorrências envolvendo colisões entre carros e motos tiveram redução de 17%, de 428 em 2020 para 354 em 2021. Porém, este tipo de acidente de trânsito representa 58%, ou seja, mais da metade dos atendimentos de acidente de trânsito realizados em 2021 pelo CBMRR.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Infraestrutura, continua focado nos serviços de melhorias e adequações nas estradas vicinais do Estado. A vicinal 19 em Mucajaí passa por manutenção e as máquinas trabalham em ritmo acelerado para limpeza, piçarramento e implantação de bueiros de concreto.

O serviço vai melhorar o tráfego de veículos, escoamento da produção agrícola e o deslocamento de moradores que residem em propriedades rurais às margens da vicinal.

O governador Antonio Denarium ressalta sua preocupação com a boa condição das estradas em nosso Estado.

“Queremos que os moradores do interior tenham condições de fazer os percursos necessários de forma confortável e segura. Além disso, estradas em boas condições garantem agilidade no escoamento da nossa produção agrícola, bem como facilidade para que a população da zona rural acesse as sedes dos municípios e a capital", finaliza.

Os trabalhos fazem parte do cronograma de serviços desenvolvido pelo programa Aqui tem Obra, executado pelo governo em todos os municípios. Para 2022 serão entregues mais 72 pontes. Também serão recuperados mais 375 quilômetros de estradas vicinais em todo o Estado.

Publicado em DESTAQUES

Seguindo com o cronograma da rede estadual de ensino, o período de matrículas para o ano letivo 2022 segue até sexta-feira, 14. Somente nas escolas da capital são ofertadas 15.055 novas vagas distribuídas entre as 59 escolas.

As matrículas estão ocorrendo de forma presencial, direto nas secretarias das escolas. No início da semana, alguns pais chegaram a fazer filas em frente às unidades de ensino, devido à preferências por determinadas escolas, mas a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, garantiu que não há necessidade de filas, pois há vagas suficientes para atender a todos.

“Estive pessoalmente na escola Monteiro Lobato, onde uma fila se formou ainda no domingo. Conversei com os pais, expliquei que temos vagas para atender os estudantes, que trabalhamos com o reordenamento da rede, com vagas destinadas a receber os estudantes que vem do município e também alunos que desejam transferências de escolas”, explicou a secretária.

Ela informou ainda que conforme a legislação, os estudantes devem ser matriculados preferencialmente em escolas próximas de suas residências, mas que a preferência dos pais também é respeitada.

E em busca de atender a comunidade escolar, foi autorizado pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto) a abertura de mais duas turmas de 1ª série do Ensino Médio na Escola Monteiro Lobato e também, outras 12 salas de aulas foram abertas na Escola Severino Cavalcante, no bairro Pintolândia, para o atendimento dos estudantes do 6° ano do Ensino Fundamental.

Estudantes que participaram do sorteio público eletrônico precisam efetivar a matrícula

Os pais dos alunos que participaram do sorteio de vagas nas escolas da rede estadual precisam efetivar a matrícula na instituição de ensino. Só o fato de ter sido sorteado não garante a vaga. É preciso ir até a escola, levar documentos e fazer a matrícula.

Em algumas escolas, os pais não estão indo fazer a matrícula, como é o caso do Colégio Estadual Militarizado Elza Breves de Carvalho. Nestas escolas existe lista de espera.

As vagas sorteadas que não forem preenchidas até o dia 14, serão disponibilizadas para os que estão na lista.

Central de Matrículas - Após o período oficial de matrículas, a rede estadual vai iniciar com atendimentos na Central de Matrículas, para os pais ou responsáveis de estudantes que por algum motivo, não tenham conseguido efetivar a matrícula para o ano letivo 2022 no período oficial.

A Central vai funcionar a partir do dia 18 de janeiro, na unidade Maria Odete Calheiros Pena, no prédio da Univirr (Universidade Virtual de Roraima), localizada na Avenida São Sebastião, n° 521, bairro Tancredo Neves.

“A política educacional da gestão do governador Antonio Denarium é garantir matrícula para todos os estudantes. Nenhum aluno ficará fora de sala de aula”, garantiu a secretária Leila Perussolo.

Matrículas estão ocorrendo também no interior e nas comunidades indígenas

No interior do Estado e nas comunidades indígenas, as matrículas também estão sendo realizadas nas instituições de ensino e seguem até o dia 14 de janeiro. Estão sendo ofertadas 10.559 vagas sendo 2.829 para o 6° ano do Ensino Fundamental, 2.059 para 1ª série do Ensino Médio e 1.660 para EJA (Educação de Jovens e Adultos) distribuídas nas 61 escolas urbanas e rurais dos municípios.

Outras 4.011 vagas, sendo 1.345 para o 1° ano do Ensino Fundamental, 1.498 para o 6° ano do Ensino Fundamental e outras 1.171 para a 1ª série do Ensino Médio estão seno disponibilizadas nas 249 escolas indígenas. 

“São mais de 10 mil vagas para as escolas do interior. As matrículas estão ocorrendo normalmente, de forma tranquila. Vamos atender a demanda e efetivar todas as matrículas”, reforçou Sebastiana Soares, diretora Interina do DGE (Departamento de Gestão Escolar) da Seed, setor responsável pelas escolas do interior do Estado.

Publicado em DESTAQUES

O governador Antonio Denarium realizou nesta quarta-feira, 12, vistoria às obras do PAAR (Pronto Atendimento Airton Rocha), no HGR (Hospital Geral de Roraima). Iniciada em setembro de 2021 e com 55% dos trabalhos concluídos, a obra deve ser finalizada nos próximos 45 dias. A construção tem um investimento de R$ 1,5 milhão, oriundos de recursos próprios do Governo.

De acordo com o governador, o trabalho de revitalização não só no PAAR, mas em todo o HGR, é parte do plano da atual gestão para revitalizar todas as unidades hospitalares estaduais, com o objetivo de levar atendimento de qualidade à população.

“O Governo tem cumprido com todos os seus compromissos e todas as unidades de saúde do Estado serão totalmente revitalizadas. Tivemos a conclusão do anexo do HGR, o bloco E, que já está pronta a parte de construção civil e agora vamos equipar e começar o atendimento, no máximo, até o final de janeiro. É de fundamental importância essa revitalização para que, quando o paciente chegar, ele seja bem acolhido, com mais conforto e com melhor atendimento.”, destacou Denarium.

O secretario de Saúde, Leocádio Vasconcelos ressaltou que as obras estruturantes nas unidades estaduais são prioridade, a exemplo da reforma do HMI (Hospital Materno Infantil). Ele também pontuou que os trâmites em torno da retomada das cirurgias eletivas estão sendo finalizados.

“Estamos trabalhando também na questão da Maternidade, o Anexo do HGR, as unidades do interior. Nós estamos priorizando agora as obras e, em paralelo também, as cirurgias. Já está tudo definido. Deveremos começar muito em breve com certeza”, disse.

CIRURGIAS ELETIVAS

Os trâmites legais acerca do retorno das cirurgias eletivas, ou seja, aquelas programadas, que não demandam urgência em sua realização, já estão sendo finalizados. Para diminuir a fila, houve a contratação de 6.200 cirurgias na rede privada para a realização de mutirões para os procedimentos. “Vamos também iniciar as cirurgias lá em Rorainópolis para atender a população do sul do Estado”, complementou Denarium.

VISITA NO GRANDE TRAUMA

Além de vistoriar a obra, o governador também fez uma visita ao Pronto Socorro Dr. Francisco Elesbão. Na ocasião, conversou com a população e conheceu o novo espaço do Grande Trauma, recentemente finalizado e que será utilizado pela população como parte da estrutura do Pronto Socorro.

“Quando nós inauguramos a nova estrutura do Pronto Socorro, transferimos a estrutura para lá e agora o Grande Trauma se torna uma extensão do Pronto Socorro e do HGR, com mais 13 leitos, com novos equipamentos, dando atendimento e uma segurança melhor para as pessoas que precisam de atendimento médico. É o Governo do Estado fazendo a reconstrução da Saúde do Estado”, concluiu Denarium.

Publicado em DESTAQUES
Página 1 de 5