Sexta, 20 Setembro 2019 09:26

'Precisamos fortalecer o atendimento público'., | Diz Damares Alves em visita à Casa da Mulher Brasileira Destaque

Escrito por SECOM-RR

Durante visita à Casa da Mulher Brasileira ao lado do governador Antonio Denarium, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, pontuou a necessidade de fortalecer o entendimento público voltado às mulheres, além da rede de saúde e educação.

 "É o objetivo do Governo Federal  enfrentar a violência contra a mulher e aqui na Casa da Mulher Brasileira nós temos um excelente e extraordinário equipamento para fortalecer a rede de proteção e para enfrentar a violência contra a mulher", disse.

 O local é aberto 24 horas e oferece serviços psicossociais, triagem, acolhimento e uma brinquedoteca para os filhos das vítimas que passam por atendimentos.

 Também acompanharam a visita a primeira-dama Simone Denarium, o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Elson Paiva; da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) Tânia Soares; da Secult (Secretaria de Cultura), Marksjohnson Ferreira; de Segurança Pública, coronel Olivan Junior e de Articulação Municipal,  Ilaine Henz e o prefeito Uiramutã, Dedeu Silva.

 A ministra cumpriu uma agenda de compromissos durante dois dias em Roraima acompanhada do governador.

 "Nós conversamos bastante sobre todos os aspectos e a violência contra a mulher, criança e idoso é resultado da falta de trabalho pelos últimos 20 anos e temos projetos com a ministra para transformar Roraima em um Estado modelo para o país", frisou o governador.

 Alguns desses projetos, além de gerar mais assistência para a mulher, fazem um trabalho de ressocialização de detentos e melhoria de qualidade de vida dos imigrantes.

 Outro objetivo da ministra é a criação de um escritório de representação do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em Roraima para intensificar as ações em defesa da mulher, dos idosos, das crianças e dos indígenas. As tratativas estão em andamento.

 VISITA A SODIUR - Em seguida, a comitiva seguiu agenda de visita a Sodiur (Sociedade Defensora dos Indígenas Unidos de Roraima).

 Na oportunidade, indígenas das etnias Ingaricó, Macuxi do município de Uiramutã, ao norte do Estado, e Ianomâmi, apresentaram demandas à ministra Damares Alves e ao governador Antonio Denarium.

 No encontro, os representantes indígenas reforçaram o pedido feito ao presidente Jair Bolsonaro no mês de agosto em Brasília.

 Esse pedido contempla demandas que tratam de educação, infraestrutura e saúde indígenas, além de melhorias nas políticas indígenas.

 Denarium afirmou que apoia as causas indígenas e que o Governo está trabalhando para dar assistência à produção nas comunidades indígenas e, com isso, gerar independência financeira.