Sexta, 02 Dezembro 2022 11:08

PROTEÇÃO ÀS MULHERES | Governo de Roraima debate com Legislativo e Ministério Público fortalecimento das ações de combate à violência contra a mulher Destaque

Escrito por Lidiane Oliveira
PROTEÇÃO ÀS MULHERES | Governo de Roraima debate com Legislativo e Ministério Público fortalecimento das ações de combate à violência contra a mulher Ayla Grandez

O Governo de Roraima executa diversas medidas de prevenção e combate à violência contra a mulher, envolvendo neste trabalho órgãos da gestão e as forças de segurança estaduais. Para fortalecer ainda mais as ações realizadas, a Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) realizou uma reunião institucional na tarde desta quinta-feira, 1º, na Casa da Mulher Brasileira.

 

Durante o debate foram definidas medidas estratégicas que serão colocadas em prática para intensificar o trabalho de prevenção e combate à violência contra a mulher.

 

“Solicitamos essa reunião para reunir os órgãos de segurança e tratar da otimização dos serviços prestados às mulheres vítimas de violência doméstica. São medidas que devem ser aplicadas de forma integrada para que o resultado esperado seja alcançado de forma mais eficaz e o mais breve possível”, esclareceu a titular da Setrabes, Tânia Soares.

 

Para a promotora de Justiça de Defesa da Mulher, Lucimara Campaner, ter o Governo imbuído no trabalho é uma demonstração de gestão comprometida com o bem-estar da população, especialmente da mulher.

 

“Vemos que o Governo também não aceita essa violência e está se mobilizando para dizer não a esse tipo de crime e os órgãos estão empenhados em prol de unir esforços para reforçar as políticas públicas existentes para que essa mulher possa buscar pelos seus direitos sem correr risco de vida”, complementou a promotora.

 

Medidas serão adotadas de forma integrada

 

Entre os pontos debatidos ficou definido que algumas medidas estratégicas serão colocadas em prática como a instalação da Sala Lilás, na Central de Flagrantes, para o melhor acolhimento das mulheres vítimas atendidas pela Polícia Civil, a ampliação do serviço 190 no interior do Estado, com a implantação nos municípios onde ainda não há o serviço, além da capacitação de servidores que atuarão nesse primeiro atendimento à mulher e ainda a criação do Aplicativo “ELA”, que será desenvolvido pela Seegd (Secretaria Extraordinária de Governo Digital) para maior divulgação das ações educativas.

 

A subcomandante-geral da PMRR (Polícia Militar de Roraima), coronel Valdeane Alves explicou que todos os órgãos de segurança reúnem esforços para coibir este tipo de violência, e cabe a Polícia Militar ampliar o canal de entrada. “Com isso, a mulher tem acesso para fazer o pedido de socorro, então o nosso trabalho será no sentido de melhorar esse atendimento que exige uma atenção maior, diante da necessidade de dar atenção priorizada a essas vítimas”, destacou.

 

CAMINHADA PELA PAZ

 

A Caminhada Pela Paz surgiu de forma espontânea entre a própria sociedade roraimense que se sensibilizou pela causa da violência de gênero, e vai ocorrer no dia 6 de dezembro, a partir das 16h30, saindo do 2º Batalhão da Polícia Militar, com destino à praça Germano Augusto Sampaio.

 

“O enfrentamento a violência, hoje mais uma reunião com os principais para ratificar o apoio e comprometimento do governo nessa causa, que é uma causa de todos nós, e incluir a própria sociedade civil. Fazemos o convite a todos que participem dessa caminhada, vamos vestir branco e buscar pela paz”, enfatizou a secretária Tânia. 

 

Reunião técnica reuniu principais agentes envolvidos nas ações de combate à violência

 

Entre as propostas discutidas pelas entidades, ficou decidido ainda que os serviços de saúde serão ampliados, com reforço da estrutura de um núcleo de saúde que funciona na sede da Setrabes e na Casa da Mulher Brasileira.

 

“A expectativa é que tenhamos uma equipe de profissionais de saúde mais completa para melhorar o atendimento e dar atenção não só à mulher, mas ao parceiro e filhos para que essa família possa conviver em um ambiente saudável”, detalhou a secretária.

 

Participaram do encontro o secretário da Casa Civil, Flamarion Portela, representando o governador Antonio Denarium; a secretária da Setrabes, Tânia Soares; o secretário extraordinário de Governo Digital, Paulo Torres; o titular da Sesp (Secretaria de Segurança Pública), Edison Prola e o adjunto, Ellan Wagner; a subcomandante-geral da PMRR, coronel Valdeane Alves; o delegado-geral da Polícia Civil de Roraima, Eduardo Wayner; a diretora do CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), da ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), Aldenize Barros; e a promotora de Justiça da Mulher, Lucimara Campaner, representando o MPRR (Ministério Público de Roraima).