Quarta, 23 Novembro 2022 16:19

BALANÇO DAS ELEIÇÕES | Roraima participa de reunião no TSE sobre segundo turno das eleições Destaque

Escrito por SECOM RORAIMA
BALANÇO DAS ELEIÇÕES | Roraima participa de reunião no TSE sobre segundo turno das eleições Ascom/PMRR

O comandante-geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Francisco Xavier, participou na manhã desta quarta-feira, 23, de reunião com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e os representantes das Policiais Militares de todos os estados e do Distrito Federal, em Brasília.

 

Os comandantes-gerais das Policiais Militares atenderam ao convite do ministro Alexandre de Moraes para ser apresentado o balanço do segundo turno das eleições e encerramento do ciclo eleitoral, bem como o início do planejamento das ações de segurança para o pleito de 2024.

 

Durante a reunião o ministro Alexandre de Moraes agradeceu pela participação das Polícias Militares no primeiro e segundo turnos das eleições, destacando o reduzido número de registros policiais, o que para ele superou as expectativas em relação à segurança do pleito.

 

O presidente do Conselho Nacional dos Comandantes Gerais, coronel Paulo Coutinho, expôs no encontro que as Policiais Militares desembolsaram em torno de R$ 50 milhões para o emprego de tropas nas respectivas unidades da federação para a segurança das eleições. Na oportunidade, o ministro Alexandre de Morais, colocou a Justiça Eleitoral à disposição das polícias militares, inclusive com a destinação orçamentária para as corporações estaduais cobrirem estes custos.

 

Representando Roraima, o coronel Francisco Xavier, destacou que no Estado, a segurança do pleito eleitoral de 2022 transcorreu dentro da normalidade, com o emprego de aproximadamente 1000 policiais militares na segurança dos locais de votação e na segurança das urnas nos dias anteriores às votações.

 

Quanto às manifestações pós-segundo turno, o coronel Francisco Xavier destacou que até o momento as poucas ações necessárias à desobstrução de rodovias em Roraima, ocorreram por mediação pacífica da Polícia Rodoviária Federal, com o apoio da PMRR.

 

Durante a reunião não foi registrada nenhuma nova ordem ou recomendação relacionada às manifestações que ora ocorrem nos Estados, também não correu nenhuma tratativa para interferência ou ordem em relação à dispersão de manifestantes.