Quarta, 09 Novembro 2022 16:26

CUIDANDO DO SERVIDOR | Servidores da Polícia Civil recebem atendimentos especializados Destaque

Escrito por Luciene Souza
CUIDANDO DO SERVIDOR | Servidores da Polícia Civil recebem atendimentos especializados Ascom/PCRR

Durante a manhã desta quarta-feira, 9, os servidores da PCRR (Polícia Civil de Roraima) participaram do Programa Cuidando do Servidor, iniciativa do Governo de Roraima por meio da EGRR (Escola de Governo de Roraima). A ação ocorreu no estacionamento da Delegacia Geral.

 

Foram disponibilizados aos servidores atendimentos na área de enfermagem, farmácia, biomedicina, nutrição, educação física e fisioterapia. Também foram realizados testes para covid-19, de glicemia, medição de sinais vitais, aferição de pressão, vacinação, avaliação funcional e de aptidão física.

 

“Esse é um momento para o nosso servidor. O Governo do Estado disponibiliza uma grande estrutura para cuidar e valorizar os profissionais e agradecemos pelos serviços prestados. Esse cuidado se reverte em uma melhora no atendimento para a população”, destacou a delegada-geral adjunta da PCRR, Darlinda Moura.

 

Para o chefe do NSAP (Núcleo de Saúde e Auxílio Psicossocial) da PCRR, Deusimar Batista, a ação contribuiu para fortalecer a relação entre a Polícia Civil, instituições do Governo e os demais órgãos, além de trazer muitos benefícios aos servidores.

 

“O programa cumpre uma meta de fortalecimento entre as instituições do Governo. Tivemos uma grande participação dos servidores da Polícia Civil que puderam aproveitar todos os serviços prestados”, enfatizou Deusimar.

 

O agente de polícia Mozar Pinho ressaltou a importância da participação do público masculino nessas ações de autocuidado, fazendo alusão ao Novembro Azul, mês dedicado à sensibilização do cuidado com a saúde do homem.

 

“Queria destacar a importância dos servidores estarem recebendo esse atendimento nesse período muito importante para os homens. Todos os serviços que estamos recebendo no nosso local de trabalho são de extrema relevância”, declarou Mozar.