Quinta, 27 Outubro 2022 16:38

DOENÇAS FALCIFORMES | Roraima tem 97 pacientes que fazem tratamento na clínica do Hemoraima Destaque

Escrito por Suyanne Sá
DOENÇAS FALCIFORMES | Roraima tem 97 pacientes que fazem tratamento na clínica do Hemoraima Ascom/Sesau

O dia 27 de outubro é marcado pelo Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes, data que ressalta a sensibilização sobre o cuidado com pacientes que sofrem com esse tipo de problema.

 

No Estado, segundo dados do Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima), da Sesau (Secretaria de Saúde), 97 pacientes fazem algum tipo de tratamento de hemoglobinopatias, por meio da Clínica Hematológica da unidade.

 

“Eu comecei a manifestar a doença desde criança, e nessa época o assunto era desconhecido. Eu sofria tanto com dores a ponto de estar frequentemente na urgência dos hospitais. Isso só mudou quando eu tinha 16 anos e comecei a fazer o tratamento de forma correta”, relatou a dona de casa Sara Carvalho, 42. Antes disso, mesmo sem diagnóstico conclusivo para a enfermidade, ela realizava tratamento desde os 7 anos.

 

Sara se mudou para Roraima este ano, dando sequência aos cuidados de saúde por meio do Hemoraima. Ela ressalta a importância do serviço em sua rotina diária de vida. “Meu tratamento era feito em Belém, mas este ano me mudei para Roraima. Fico feliz em saber que o Governo do Estado tem uma unidade que faz esse tipo de tratamento, pois é importante para a nossa saúde”, completou.

 

A DOENÇA

 

Afecção genética causada por um defeito na estrutura da cadeia beta da hemoglobina, as doenças falciformes podem ser transmitidas dos pais para os filhos. Os sintomas variam de acordo com a idade do paciente e com os cuidados que são tomados.

 

“O diagnóstico é feito por meio de exames laboratoriais e, no caso das crianças, a doença pode ser detectada no teste do pezinho. Caso haja a confirmação, esse paciente deve ser acompanhado por um médico especializado, de forma contínua”, destacou a coordenadora do ambulatório do Hemoraima, Leonilde da Silva.

 

Ela lembra ainda que as doenças falciformes podem se manifestar em forma de anemia crônica e suas características, crises de dor, infecções, úlcera de perna e acidente vascular isquêmico, podendo inclusive acometer crianças e adolescentes.

 

“Esse paciente diagnosticado deve ser acompanhado a vida toda com o tratamento para prevenir as crises de dores crônicas, as mais frequentes são nas articulações dos ossos. Com o devido tratamento o paciente pode ter uma vida normal, sem isso pode levar a morte”, completou.

 

FUNCIONAMENTO

 

Localizado dentro do Hemoraima, a Clínica Hematológica funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e de 13h30 às 18h, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

 

O paciente é acompanhado não só pela equipe multiprofissional, mas também recebe todo o suporte do ambulatório da unidade.