Terça, 25 Outubro 2022 16:47

RELAÇÕES COMERCIAIS | Governador de Roraima discute comércio com países caribenhos Destaque

Escrito por João Paulo Pires

Nesta terça-feira, 25, o governador Antonio Denarium participou de reunião por videoconferência com o presidente da Guiana, Mohamed Irfaan Ali, e a primeira-ministra de Barbados, Mia Amor Mottley, para dar continuidade à agenda de políticas de relações exteriores e comerciais com esses países visando a exportação de produtos de Roraima e setor logístico.

 

Foram discutidos ainda temas infraestruturais, como o asfaltamento da rodovia que liga Lethem a Mabura, que, posteriormente, conecta a estrada ao porto de águas profundas de Linden, no Oceano Atlântico.

 

Na ocasião, o presidente guianense, Irfaan Ali, informou que o Afreximbank (African Export-Import Bank), o Banco Africano de Importação-Exportação, tem um portfólio de investidores interessados em financiar a obra e busca brasileiros que possam participar do empreendimento. A instituição foi representada no encontro virtual pelo presidente do banco, Benedict Oramah.

 

Denarium reforçou que, desde que assumiu a gestão de Governo, trabalha para articular Roraima como um Estado que está de portas abertas para países vizinhos e potenciais parceiros econômicos.

 

“Trabalhamos para que esses projetos se transformem em ações concretas em benefício da nossa população. A articulação que fazemos vai no sentido de olharmos para um mercado muito mais amplo. É importante a gente destacar o nosso papel hoje de abrir portas para que os produtores, empresários e investidores roraimenses possam concretizar negócios”, declarou o governador.

 

O governador e o presidente Ali discutiram ainda questões operacionais da implementação do acordo sobre o transporte rodoviário de passageiros e cargas entre Brasil e Guiana e assumiram as participações para formar um grupo de trabalho para levantar viabilidade e informações de parceiros na estruturação do setor logístico da Amazônia (em especial Manaus e Boa Vista) para a região caribenha.

 

“Para nós, é muito importante esse contato com Roraima como parceiro primário na relação comercial e exterior com o Brasil. Temos uma região que demanda investimentos, e isso pode ser feito de maneira ordenada e satisfatória para as economias dos nossos países e outros companheiros de empreitada, como Barbados. E isso não se limita ao Caribe, tem potencialidade de acontecer com países africanos”, relatou o presidente Ali.

 

A primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley, explicou que o país caribenho tem grande interesse em estreitar laços comerciais para ter acesso a itens de consumo, principalmente aqueles relacionados à alimentação. “Seria uma boa oportunidade para o nosso país ter esta parceria e a opção de exportar carnes, frutas e grãos de locais próximos e com variedade. Estamos dispostos a investir em estruturas e logística se isso for necessário”, explicou, durante a reunião.

 

O governador Antonio Denarium adiantou que o titular da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), Emerson Baú, será o interlocutor dos interesses do Estado nas tratativas com os países do Caricom. Na ocasião, o secretário afirmou que Roraima está avançando na internacionalização dos produtos locais.

 

“O caminho para esse processo passa pela Guiana como uma porta de entrada e o Caricom é o destino natural. A gente apresenta nosso potencial produtivo e o trabalho desenvolvido pelo Governo de Roraima nos investimentos do setor primário e em infraestrutura para alavancar o crescimento econômico, além de melhorar a capacidade logística e de exportação”, disse Baú.

 

ANTECEDENTES

Este é o terceiro encontro de 2022 feito com representantes do bloco econômico da Comunidade do Caribe (Caricom). Ao longo do ano ocorreram outras reuniões, como a do dia 10 de outubro, em que o governador Antonio Denarium recebeu a embaixadora de Barbados no Brasil, Tonika Sealy-Thompson.

 

Anteriormente, houve uma reunião no dia 21 de agosto, em que foram discutidos a ampliação das relações comerciais e cooperação técnica entre Brasil e Barbados.

 

No dia 6 de julho, o governador recebeu ainda o primeiro-ministro de Belize, John Briceño, e uma comitiva de ministros da Guiana.

 

CARICOM

O Caricom é um bloco de cooperação econômica e política criado nos anos 1970 com a união de quatro países da região caribenha: Jamaica, Trinidad e Tobago, Guiana e Barbados. Com a adesão de mais países da região, passou a chamar-se Comunidade do Caribe, formada por meio do tratado de Chaguaramas, assinado em 4 de julho de 1973.

 

Os objetivos do Caricom são basicamente o desenvolvimento dos países envolvidos na comunidade, por meio da ampliação das relações econômicas e comerciais entre seus signatários.