Sexta, 21 Outubro 2022 10:28

REFERÊNCIA EM SAÚDE | Em dois anos, Lacen de Roraima realizou mais de 140 mil exames Destaque

Escrito por Suyanne Sá
REFERÊNCIA EM SAÚDE | Em dois anos, Lacen de Roraima realizou mais de 140 mil exames Ascom/Sesau

Nos últimos dois anos, o Lacen-RR (Laboratório Central de Saúde Pública de Roraima) da Sesau (Secretaria de Saúde) já realizou 142.920 exames. A unidade é responsável por realizar procedimentos laboratoriais de média e alta complexidade.

 

Os exames mais frequentes são nas áreas da vigilância sanitária, epidemiológica e ambiental, tais como micologia clínica, tuberculose, bacteriologia clínica, biologia molecular e sequenciamento genético.

 

Também são realizados exames confirmatórios e para detecção da carga viral de HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e hepatites virais B e C, além de diagnósticos laboratoriais na área de imunologia e parasitologia, microbiologia de água e alimentos, físico-química, tendo ainda os setores de malária, hanseníase, preparo de reagentes, preparação de meios de cultura, setor de lavagem, esterilização e almoxarifado.

 

De acordo com a diretora técnica do Lacen, Cátia Meneses, anualmente o Lacen-RR planeja metas, incluindo análises laboratoriais a serem executadas. Essas metas estão de acordo com as atribuições definidas em portaria pelo Ministério da Saúde.

 

No ano passado, a meta foi alcançada com 99,2% nas ações realizadas. Nos dois primeiros quadrimestres deste ano, cerca de 50 mil exames foram analisados, e até o momento atingiu 92,50% das metas propostas.

 

“No ano de 2021, nós tivemos durante todo o ano a realização de cerca de 90 mil exames de interesse em saúde pública. Esse é um número muito significativo quando tratamos de exames de interesse nas áreas de vigilância epidemiológica, ambiental e sanitária. Não são exames de análises clínicas, nós trabalhamos com demandas com suspeita de doenças, como COVID-19, dengue, chikungunya, sarampo, meningite”, destacou.

 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

 

O Lacen-RR fica localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, 3510, Aeroporto. Os atendimentos são de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, mas o recebimento das amostras acontece somente até às 17h, e seguindo o perfil epidemiológico da situação, há equipes durante o turno da noite e no final de semana que podem receber essas amostras.

 

Além de diagnósticos, também são feitas capacitações de laboratórios públicos e privados que realizam exames de interesse em saúde pública, treinamento de novos profissionais e também atualizações. No ano passado, foram cumpridas ao todo 35 capacitações externas e internas.

 

A unidade também passa por avaliações de qualidade realizadas pelo Ministério da Saúde através dos laboratórios de referência, avaliando a qualidade do diagnóstico e dos insumos que são utilizados durante a rotina.

 

“Ao longo desses treinamentos, que acontecem semestralmente para atender toda a rede, nós fazemos o controle de qualidade analítica deles. Não basta formar novos profissionais, mensalmente nós fazemos a acurácia dos diagnósticos, fortalecendo a saúde pública do nosso Estado”, ressaltou Cátia.