Terça, 18 Outubro 2022 14:55

GARANTIA DE QUALIDADE | Governo concede registro de inspeção estadual para empresa de queijos de Roraima Destaque

Escrito por Elias Venâncio
GARANTIA DE QUALIDADE | Governo concede registro de inspeção estadual para empresa de queijos de Roraima Ascom/Aderr

O Governo do Estado concedeu, por meio da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), mais um título no SIE (Serviço de Inspeção Estadual). Desta vez, o registro foi para uma agroindústria familiar produtora de queijo coalho, localizada no município de Mucajaí.

 

A nova empresa foi registrada no SIE sob o selo 121, classificada como queijaria, e está apta a comercializar produtos em todos os mercados de Roraima. O respaldo do serviço de inspeção garante à empresa o comércio legal e para os consumidores um alimento de qualidade e sem risco para a saúde.

 

“A partir de agora, a queijaria fica autorizada a comercializar o seu produto em todo Estado, por atender as exigências do SIE, visando preservar a inocuidade, qualidade e a integridade dos produtos de origem animal, além da saúde pública” afirmou o presidente da Aderr, Marcelo Parisi.

 

De acordo com o gerente de Produtos de Origem Animal do órgão, Diego Costa, o objetivo do título do SIE é dar garantia aos produtos comercializados. “Isso assegura a sanidade e permite um consumo que não cause danos à saúde da população. Já para o produtor, significa a regularização da sua produção, abrindo a oportunidade de atender todos os mercados no Estado, gerando empregos e maior lucro”, disse.

 

O trabalho de inspeção de produtos alimentícios é diário. Eles passam por rigoroso controle de qualidade até chegar à mesa dos roraimenses, por isso, enfatiza o presidente da Aderr, Marcelo Parisi, é importante que o consumidor fique atento para quando for ao mercado, verificar se o produto que irá comprar tenha o selo com o registro do SIE.

 

“O cuidado em observar se carnes, aves, queijos, iogurtes, ovos, mel, tapiocas, paçocas, entre outros produtos em Roraima é feito pela concessão do selo de registro é de suma importância para garantir que os alimentos consumidos não causem danos à saúde”, ressaltou Parisi.