Quinta, 08 Setembro 2022 15:16

DIA DA INDEPENDÊNCIA | Celebração do bicentenário foi marcada pela volta do tradicional desfile cívico-militar Destaque

Escrito por Layse Menezes
DIA DA INDEPENDÊNCIA | Celebração do bicentenário foi marcada pela volta do tradicional desfile cívico-militar Fernando Oliveira

Como parte das comemorações da Semana da Pátria, ocorreu na ensolarada manhã desta quarta-feira, 7, na Avenida Ene Garcez, o tradicional desfile cívico-militar,que não aconteceu nos últimos dois anos em razão da pandemia da Covid-19.

O evento, que neste ano comemora o bicentenário da Independência, teve início com a revista à tropa pelo governador Antônio Denarium.

Em seguida, servidores e usuários dos serviços ofertados pela Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-estar Social) desfilaram na avenida, entre os quais, o Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência e o Centro de Equoterapia de Roraima.

O desfile também contou com a participação dos alunos da rede estadual de ensino. Foram 1500 estudantes de 47 escolas estaduais, sendo 29 civis, 18 colégios militarizados, além do Colégio Estadual Militar Cel. PM Derly Luiz Vieira Borges. Cada unidade escolar foi representada na avenida por um pelotão de 30 alunos.

Entre estes pelotões, 19 fanfarras abrilhantaram o desfile também com a participação de uma média de 30 integrantes cada. Os alunos da Escola Estadual Monteiro Lobato, a exemplo das outras unidades educacionais, abriram o desfile da escola com a banda marcial.

“A banda marcial, chamada de Villa Lobos, ensaiou desde fevereiro, porque, devido à pandemia, iniciamos os treinamentos do zero e muitos terminaram o ensino médio e saíram da escola”, explicou a gestora da Escola Monteiro Lobato, Rozmeri Assunção.

Após o desfile das unidades escolares, os servidores e organizadores educacionais da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) entraram na avenida. Na sequência, desfilaram as instituições não governamentais.

“É uma emoção ver a alegria de centenas de estudantes das escolas estaduais desfilando. Após dois anos sem o desfile cívico-militar, devido à pandemia de covid-19, retornamos hoje, com uma grande festa da democracia, festa da Independência do Brasil”, ressaltou o governador Antonio Denarium.

“Há dois anos estávamos impossibilitados de realizar esta festa. É a oportunidade de a sociedade civil do nosso Estado demonstrar a organização, a disciplina e o respeito que os nossos alunos têm com os símbolos nacionais”, complementou o secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita.

De visita a Roraima, a mineira Lorena Vaz assistiu ao desfile em Boa Vista pela primeira vez e disse que é uma alegria desfrutar deste momento em família.

“Meus familiares falaram que passamos dois anos sem desfile, devido a pandemia, mas agora estou feliz porque não só aqui no Estado como nos outros estamos comemorando nossa independência como nação”, disse empolgada. “É uma emoção ver a alegria de centenas de estudantes das escolas estaduais desfilando.

O desfile cívico-militar foi organizado pelo Governo do Estado de Roraima em parceria com as organizações da sociedade civil e militares.

 

Bicentenário da Independência do Brasil - o Brasil comemora, neste 7 de setembro, os 200 anos da Independência. O fato é um dos momentos mais importantes da história, uma vez que esse foi o dia em que teve início o processo de separação de Portugal.