Quinta, 01 Setembro 2022 17:18

ESTÁ NA CONTA | Governo paga quinta parcela de retroativos de progressões para professores Destaque

Escrito por Mágida Azulay Khatab e Layse Menezes
ESTÁ NA CONTA | Governo paga quinta parcela de retroativos de progressões para professores Ascom/Seed

O Governo de Roraima pagou a quinta parcela de retroativos de progressões verticais para professores da rede estadual de ensino, na ordem de R$ 5,5 milhões. Desta vez, foram beneficiados 307 docentes efetivos lotados na Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

Com este quinto lote, são R$ 26,4 milhões injetados na economia de pagamentos efetuados pelo Governo de Roraima entre novembro de 2021 e agosto de 2022, saldando uma dívida deixada há anos por gestões anteriores.

Os pagamentos foram possíveis devido ao equilíbrio fiscal e a recuperação econômica que Roraima vem alcançando ao longo dos últimos três anos, com uma gestão austera e responsável. 

Este pagamento recente é destinado aos professores que tiveram portarias concedendo progressão vertical publicadas entre os anos de 2018 a 2021. Os valores individuais que cada docente vai receber variam entre R$ 720 e R$ 136 mil reais.

“Estamos, mais uma vez, valorizando os servidores da educação. Além da realização de novos concursos, fortalecendo o quadro efetivo do Estado, o Governo de Roraima está pagando salários em dia, de forma antecipada, e saldando dívidas antigas com os professores”, enfatizou o secretário de Educação e Desporto, Nonato Mesquita.

Ele informou ainda que, com este pagamento, as dívidas de progressões verticais estão zeradas.

VALORIZAÇÃO DA CARREIRA

Em novembro do ano passado, o Governo de Roraima pagou R$ 5 milhões em retroativos de progressões verticais devidas aos professores há 13 anos. No total, 817 docentes foram contemplados com valores que variaram entre R$ 720 a R$ 35 mil reais. 

O Governo pagou em março deste ano, mais R$ 7 milhões em retroativos de progressões verticais devidas dos anos de 2014 e 2015 para 278 professores. Os valores recebidos individualmente foram entre R$ 1,3 mil a R$ 56 mil.

Em maio deste ano, foram pagos mais R$ 4,9 milhões de progressões para 418 docentes e em julho, foram beneficiados mais 231 professores com o pagamento de R$ 4 milhões em progressões.