Quinta, 01 Setembro 2022 09:56

PRIMEIROS PASSOS | Faperr lança planejamento de programas de pesquisa em Roraima Destaque

Escrito por Gabriela Garcia
PRIMEIROS PASSOS | Faperr lança planejamento de programas de pesquisa em Roraima Secom-RR

Apoiar e promover a pesquisa em Roraima é um dos focos do Governo do Estado, que por meio da Faperr (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Roraima), realizou o lançamento dos principais programas que serão desenvolvidos pela Fundação no próximo ano. O evento de divulgação do planejamento ocorreu na manhã desta quarta-feira, 31, no Palácio Senador Hélio Campos.

Participaram do encontro o governador do estado, Antonio Denarium, o presidente do Confap (Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa), Odir Dellagostin, o presidente da Faperr, Pedro Cerino, secretários estaduais, representantes de universidades e órgãos de inovação e pesquisa de Roraima, além dos servidores da fundação.

Durante o evento, o presidente da Faperr, Pedro Cerino, ressaltou a importância da instituição recém-criada para a pesquisa de Roraima: “Era um sonho antigo para todos nós. Com a união dos Poderes Executivo e Legislativo, criamos e aprovamos a Faperr. Hoje existimos de fato e de direito para desenvolver um trabalho de forma eficaz e eficiente”, afirma Cerino.

O presidente do Confap, Odir Dellagostin, fez uma apresentação sobre o número e os avanços da pesquisa no Brasil. Roraima, agora com a criação da Faperr, completa a lista de estados com órgãos relativos ao apoio em inovação.

“Roraima era o único Estado que não tinha uma fundação própria de amparo à pesquisa. Hoje, com orgulho, posso dizer que fechamos este ciclo. A família está completa com as 27 unidades da federação”, disse Dellagostini.

Dentre os representantes das instituições de pesquisa, o reitor da UFRR (Universidade Federal de Roraima), Geraldo Ticianeli, também destacou o trabalho de referência da Faperr. “Uma das finalidades da pesquisa é gerar respostas à nossa sociedade. Hoje, sem dúvida, é um dia histórico para todos nós. Estamos cada vez mais nos rumos certos para aumentar ainda mais nosso espaço científico”, declarou.

EIXOS

O assessor técnico da Faperr, Elemar Favreto, exibiu os principais projetos que fazem parte do planejamento. Os eixos prioritários são relativos a um programa de conservação de solos, manejo de culturas e potencialidades agrícolas regionais, além de outro projeto voltado à gestão de recursos hídricos e estudos de mudanças climáticas.

Os dois eixos são divididos em sete subprogramas, que serão executados a partir do ano que vem.

“Ao longo de dois meses de operações da Faperr, estivemos em diálogo com instituições afins do estado de Roraima. Isso possibilitou o delineamento de 11 programas, sendo dois prioritários na hierarquia. Cada programa possui um conjunto de subprogramas, capaz de abranger a diversidade de projetos que buscamos fomentar”, detalhou Favreto.

O secretário da Seadi (Secretaria de Estado de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação de Roraima), Emerson Baú, destacou a importância dos eixos de pesquisa: “É um trabalho de valorização de uma sociedade que quer crescer. É um trabalho sério e com aspectos produtivos importantes. Precisamos e vamos desenvolver o agronegócio, a indústria, o comércio, a inovação e também diversas outras áreas como a saúde e o social. A Faperr vem para agregar”, destaca Baú.

A INSTITUIÇÃO

Criada por meio da Lei nº. 1641, de 25 de janeiro de 2022, a Faperr atende uma demanda antiga de diferentes segmentos de pesquisa em Roraima. A principal atribuição da fundação será o amparo à pesquisa científica básica e aplicada, inovação e ao desenvolvimento tecnológico, com o objetivo de fomentar o conhecimento científico voltado ao desenvolvimento do Estado.