Terça, 30 Agosto 2022 09:36

INTEGRA ZEBU | Governo participa de workshop sobre projeto voltado a recuperação de áreas degradadas Destaque

Escrito por Ayan Ariel
INTEGRA ZEBU | Governo participa de workshop sobre projeto voltado a recuperação de áreas degradadas Divulgação/Iater

A união entre a agropecuária e a inovação tem sido peça-chave para as atividades
do Governo de Roraima, que por meio do Iater (Instituto de Assistência Técnica e
Extensão Rural), participou do workshop Integra Zebu 2022, organizado pela ABCZ
(Associação Brasileira dos Criadores de Zebu). O evento ocorreu entre os dias 23 e
24 deste mês em Uberaba (MG).

O projeto consiste no incentivo à recuperação de pastagens degradadas em todo o
país, por meio dos sistemas de Integração Lavoura e Pecuária (ILP) e Integração
Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF).

De acordo com o médico-veterinário do Iater, Denylson Amaral, a equipe do órgão
foi ao workshop para conhecer melhor o projeto, visando firmar parceria com a
ABCZ de forma a implantar a iniciativa no Estado, beneficiando o pequeno produtor.
Ele também explicou como funcionaria o organograma de execução, uma vez que o
projeto seja implantado em Roraima.

“A ABCZ entraria com os insumos, como sementes, calcário, adubo, melhoramento
de pastagem ou plantio de alguma cultura consorciada com o capim, fazendo a
integração lavoura, pecuária e floresta. Já o Iater, junto com o produtor, entraria com
a mão de obra e a execução do trabalho, como trator, maquinário, implementos
necessários para preparação da terra, combustível, entre outras coisas”, explicou.

SECRETARIA ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO
Palácio Senador Hélio Campos | Praça do Centro Cívico s/n | Centro
Boa Vista | Roraima | Brasil | CEP 69301-380 |

O médico veterinário pontuou a importância que o Integra Zebu possui, uma vez que
trata da sustentabilidade do meio ambiente. “Com isso a gente consegue recuperar
áreas que já estão muito degradadas, conseguindo com isso aumento na produção
de leite e também na produção de carne. A gente também consegue o
melhoramento das florestas. Então isso aí acaba refletindo positivamente na vida
dos produtores rurais e no bem-estar animal, que é o que a gente sempre quer”,
frisou.

OUTROS PROJETOS

Ainda durante o evento, a equipe do Iater foi apresentada a outros dois projetos
durante o evento da ABCZ: o Programa Pró-Genética, executado pela Emater-MG
(Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), e a
política pública ABC+, o Projeto de Pecuária de Baixo Carbono e Pecuária Carbono
Neutro

O Pró-Genética é um projeto que propõe o aprimoramento do rebanho bovino do
Estado. É realizado através de feiras ou leilões de touros e matrizes, promovidos por
um arranjo local entre as instituições parceiras. 

Em relação ao Projeto de Pecuária de Baixo Carbono e Pecuária Carbono Neutro,
pesquisadores da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária)
apresentaram resultados positivos de pesquisas realizadas nos últimos anos e
confirmaram que a Carne de Carbono Neutro (CCN) já é uma realidade no Brasil. 

O certificado é resultado do cumprimento de uma série de protocolos específicos,
onde o carbono utilizado em todo ciclo produtivo é zerado, agrega valor à carne
brasileira, além de abrir portas em mais de 40 países espalhados pelo mundo.

O coordenador de Assuntos Estratégicos do Iater, Guilherme Cavalcante, que
também representou o instituto no workshop, destacou ser essencial a participação
em eventos que discutam temáticas voltadas à inovação agropecuária.

“O produtor que inserir esses conceitos em sua propriedade só terá bons resultados
para seu sistema de produção, pois aumentará a eficiência, produtividade,
recuperação de pastagens degradadas e cuidados com o bem-estar animal. Como
resultado, tem agregação de valor que só traz benefícios para o consumidor, que vai
ter acesso a uma carne produzida em sistemas de baixo impacto ao meio ambiente,
bem-estar, alta qualidade, sabor e maciez da carne”, disse.