Quarta, 17 Agosto 2022 08:12

MELHORANDO A SAÚDE | Governo implanta protocolo de atendimento para pacientes com AVC no HGR Destaque

Escrito por Suyanne Sá
MELHORANDO A SAÚDE | Governo implanta protocolo de atendimento para pacientes com AVC no HGR Minervaldo Lopes

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), deu início nesta terça-feira, 16, ao curso de implementação e capacitação no atendimento ao paciente com AVC (Acidente Vascular Cerebral), otimizando a assistência para quem recorre ao HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

 

A capacitação segue até quarta-feira, 17, no auditório do HGR. A ação conta com a participação de diretores, coordenadores técnicos, médicos e enfermeiros que colocarão em prática as diretrizes do Projeto Angels, que busca qualificar as unidades como centros de AVC.

   

A secretária da Saúde, Cecília Lorenzon, esteve presente na abertura do curso e avaliou a ação como indispensável para que os conhecimentos adquiridos possam ser revertidos em melhora na humanização de atendimento para a população.

 

“Hoje o HGR tem estrutura e condições, além dos profissionais que sempre tivemos, mas que agora conseguem atuar da forma como sempre mereceram”, ressaltou.

 

Segundo o secretário-adjunto da Sesau, Edson Castro, a implementação do protocolo irá melhorar a qualidade de vida dos pacientes que chegam ao HGR.

 

“Antes não existiam protocolos firmados, e agora com os cursos temos a possibilidade real para melhorar a atenção ao paciente. Temos um serviço de cardiologia de excelência e agora outro de neurologia. São duas síndromes que mais matam e deixam morbidades no paciente”, pontuou.

 

O PROJETO ANGELS

 

O projeto Angels é uma iniciativa internacional da empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim, que visa melhorar o atendimento das unidades hospitalares, fornecendo treinamento e capacitação para todos os profissionais envolvidos na assistência do AVC.

 

O objetivo da atividade iniciada hoje é credenciar o HGR como um centro especializado, tornando a unidade referência no Estado e na Região Norte.

 

“O projeto Angels vai qualificar a equipe do Pronto Socorro e das demais unidades do hospital a estarem prontos para receber o paciente com AVC, com condutas e protocolos adequados, para que ele tenha uma melhor assistência e recuperação”, destacou a diretora geral do HGR, Patrícia Renovato.

 

O AVC é a segunda principal causa de morte no Brasil, além de ser a doença que mais incapacita o ser humano.

 

Segundo o consultor científico da Boehringer Ingelheim, Alessandro Rômulo, a implementação do projeto é indispensável para o profissional, justamente por se tratar de método de educação médica continuada.

 

“A iniciativa Angels fará esse trabalho aqui em Roraima em duas frentes: capacitando a equipe multidisciplinar e também ajudando a sociedade a identificar [os sintomas do AVC], e com isso, mudar o perfil epidemiológico da doença”, afirmou o palestrante.

 

A implementação do programa no hospital acontecerá logo após o curso, os profissionais devem abordar com maior eficácia e agilidade os pacientes com AVC ou infarto.

 

“Precisamos diagnosticar o paciente com agilidade, entender que ele está passando por esse quadro, fazer uma tomografia e depois ter segurança em dar uma medicação. Fazer isso numa agilidade, com segurança é critério para se dar qualidade de vida a essa pessoa”, salientou o coordenador do Pronto Socorro Francisco Elesbão, Paulo Henrique Hass Filho.

 

AFINAL, DO QUE SE TRATA O AVC?

 

O AVC (Acidente Vascular Cerebral Isquêmico Agudo) decorre da alteração do fluxo de sangue ao cérebro. Responsável pela morte de células nervosas da região cerebral atingida, ele pode se originar de uma obstrução de vasos sanguíneos, o chamado acidente vascular isquêmico, ou de uma ruptura do vaso, conhecido por acidente vascular hemorrágico.

 

Acidente vascular cerebral isquêmico - É causado pela obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria do cérebro, o que causa a falta de circulação vascular na região. O acidente vascular isquêmico é responsável por 85% dos casos de acidente vascular cerebral.

 

Acidente vascular cerebral hemorrágico - Ocorre quando um vaso se rompe espontaneamente e há extravasamento de sangue para o interior do cérebro. Este tipo de AVC está mais ligado a quadros de hipertensão arterial.

 

SINTOMAS E SINAIS DE ALERTA

 

Muitos sintomas são comuns aos acidentes vasculares isquêmicos e hemorrágicos, como:

 

– Dor de cabeça muito forte, de início súbito, sobretudo se acompanhada de vômitos;

– Fraqueza ou dormência na face, nos braços ou nas pernas, geralmente afetando um dos lados do corpo;

– Paralisia (dificuldade ou incapacidade de se movimentar);

– Perda súbita da fala ou dificuldade para se comunicar e compreender o que se diz;

– Perda da visão ou dificuldade para enxergar com um ou ambos os olhos.

Fatores de risco:

– Hipertensão;

– Diabetes;

– Tabagismo;

– Consumo frequente de álcool e drogas;

– Estresse;

– Colesterol elevado;

– Doenças cardiovasculares, sobretudo as que produzem arritmias;

– Sedentarismo;

– Doenças do sangue.

 

Caso o paciente apresente algum desses sintomas, é recomendado que o mesmo seja encaminhado imediatamente para o serviço de emergência do hospital mais próximo. Isso eleva as chances de diagnóstico e tratamento.