Quarta, 03 Agosto 2022 09:22

AGOSTO DOURADO | Exposição fotográfica ressalta importância de amamentação e doações para banco de leite materno Destaque

Escrito por Suyanne Sá
AGOSTO DOURADO | Exposição fotográfica ressalta importância de amamentação e doações para banco de leite materno Suyanne Sá

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), deu início nesta terça-feira, 2, às celebrações do Agosto Dourado, mês que destaca a importância do aleitamento materno. A programação segue até o dia 31.

Os trabalhos da campanha no Estado foram abertos pela manhã no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, com a exposição fotográfica “Fortalecendo a Amamentação: Educando e Apoiando”. A unidade está funcionando temporariamente na avenida Brasil, no bairro 13 de Setembro.

A coordenadora do Banco de Leite Humano, Sílvia Furlin, ressalta a importância da programação junto às pacientes da unidade. “O foco [da programação] deste ano é fortalecer a amamentação, ensinando e apoiando. Ou seja, muito voltada para o ensinamento das boas práticas da amamentação”, afirmou.

Mãe da pequena Adeline Celeste, a dona de casa Yennys Alida Jimenez aproveitou para prestigiar a exposição. Para ela, a iniciativa é uma forma de instruir as pacientes sobre a importância dos cuidados com os recém-nascidos, por meio da amamentação.

“Graças às orientações que nos dão aqui, agora posso desfrutar isso com ela [Adeline]. Desde que nasceu e pegou no peito, ficou muito forte. Por um tempo eu não consegui amamentá-la, mas vieram dar uma palestra aqui e me orientaram”, disse Yennys.

BANCO DE LEITE

Outro foco da programação é fazer com que as pacientes conheçam um pouco mais das atividades desenvolvidas pelo BLH (Banco de Leite Humano), vinculado à Maternidade. A unidade especial atende às demandas de recém-nascidos prematuros internados em UTI Neonatal e mães que passam por dificuldades em amamentar.

“Nós temos uma equipe multiprofissional que presta assistência pra essas mães, entre fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, nutricionista bioquímicos, técnicos de enfermagem e laboratório. Então essa mãe vai estar muito bem acolhida. Então nós temos um banco de leite em pleno funcionamento e que vai prestar apoio pra aquela mãe que tem dificuldade na amamentação”, ressaltou Sílvia Furlin.

INCENTIVO A DOAR

Segundo a coordenadora, o BLH tem atualmente 87 mães doadoras de leite materno, um número que tem diminuído nos últimos meses. A campanha também é uma forma de incentivar outras mães a se tornarem doadoras.

“Com o apoio a gente incentiva a doação, porque quando temos uma mulher que amamenta o bebê, temos também uma potencial doadora. É importante dizer ainda que aquela mãe que tem excedente de leite só precisa ter boa saúde, entrar em contato com o Banco de Leite e se tornar uma doadora”, reforçou.

Outras informações sobre o Banco de Leite Humano e doações para a unidade podem ser obtidas pelo número (95) 98414-0772 ou diretamente na unidade, que está funcionando temporariamente na avenida Brasil, bairro 13 de Setembro.