Quarta, 29 Junho 2022 14:00

Culinária diversificada é destaque no São João no Parque Anauá Destaque

Escrito por Ricardo Gomes
Culinária diversificada é destaque no São João no Parque Anauá Neto Figueiredo

O público que tem comparecido ao São João do Parque Anauá tem encontrado espaços destinados a comercialização de alimentos típicos juninos e, de forma diversificada, a exemplo da Damorida, prato indígena regional, e outras variadas opções de alimentos, sem esquecer o milho, a canjica e a pamonha, marca registrada desta época, os quais não podem faltar.

Nesta edição, o Governo de Roraima, via secretaria de Secult (Secretaria de Cultura e Turismo), disponibilizou 200 barracas rotativas e 20 barracas fixas de alimentação, espalhadas em todo o espaço do Parque Anauá.

O aumento das áreas de comercialização de comidas típicas motivou a aposta na oferta de outras culinárias como a Damorida. E as empresárias Elen Dias e Selma Castro apostaram na comercialização do prato regional.

“Avisamos aos nossos clientes e apostamos no retorno da festividade junina em um dos locais mais tradicionais na realização deste evento. O resultado está sendo surpreendente nas vendas, e todos os dias recebemos um grande número de pessoas em nossa barraca. Além da venda, também estamos realizando a divulgação de nosso espaço fixo ao público que está comparecendo ao arraial”, destacou Selma Castro.

Da mesma forma, o empreendedor Golbery Marques está com a Cozinha Maranhense, ofertando pratos típicos, além de ser uma oportunidade para apresentar ao público os principais itens da culinária do Maranhão.

“Estou muito satisfeito com o resultado tanto das vendas como da apresentação dos pratos que disponibilizamos exclusivamente para pedidos no delivery. Sem dúvida valeu a pena todo o investimento que realizamos para apresentar a deliciosa culinária tipicamente maranhense”, disse.

População aprova praça de alimentação

O público que comparece todas as noites ao São João do Parque Anauá tem aprovado a qualidade dos alimentos comercializados no Parque e a inovação em outras culinárias colocadas à venda, conforme relatou a estudante Dhessy Souza.

“Vim na intenção de comer uma pamonha e apreciar os pratos regionais que estão sendo comercializados e, este ano, está excelente a distribuição da praça de alimentação e as barracas fixas, possibilitando uma melhor visualização dos alimentos que estão à venda”, afirmou.

Do mesmo modo, a estudante Ana Sousa comentou sobre os locais disponibilizados para a venda de alimentos e a nova estrutura dos espaços culturais ao longo do Parque Anauá.

“Ficou excelente e inovador, os espaços estão disponibilizados para todos os públicos, incluindo também as crianças que apreciam doces comercializados nesta nova estrutura, tanto da praça de alimentação quanto dos palcos artísticos nesta edição do São João do Parque Anauá. Valeu a pena aguardar estes dois anos em que a festa mais tradicional de nossa capital ficou sem ser realizada”, pontuou.