Terça, 28 Junho 2022 16:07

NA ETSUS | Profissionais da segurança pública participam de capacitação sobre atendimento pré-hospitalar Destaque

Escrito por Suyanne Sá
NA ETSUS | Profissionais da segurança pública participam de capacitação sobre atendimento pré-hospitalar Ascom/Sesau

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), deu início nesta terça-feira, dia 28, na ETSUS (Escola Técnica de Saúde do SUS), ao curso de APH (Atendimento Pré-Hospitalar), para profissionais da área de Segurança Pública do Estado.

 

A iniciativa tem como principal foco o atendimento inicial antes do deslocamento da vítima até a unidade de saúde, a fim de reduzir a morbimortalidade e sequelas decorrentes de agravos clínicos ou traumáticos.

 

“Achamos importante trazer esse curso e treinar eles [profissionais de segurança]. Eles são os primeiros a chegar na hora do agravo, então, eles precisam saber lidar [com a situação] naquele momento até que chegue a equipe que prestará os socorros”, destacou a diretora geral do ETSUS, Dangêla Kotinscki.

Segundo a diretora, o APH Tático é voltado para o atendimento das emergências proveniente de conflito armado, como ferimentos com arma de fogo ou arma branca. Um atendimento rápido e resolutivo para as pequenas e médias urgências, onde se estabiliza e transporta adequadamente os pacientes graves buscando evitar sequelas ou piora de seu estado de saúde.

“Será abordado atendimento feito na hora do agravo, como esses servidores de segurança do estado devem atender até a chegada da saúde. Até que esses profissionais capacitados cheguem, os seguranças das forças devem saber como agir até a chegada dos primeiros socorros”, complementou.

O curso será ministrado por profissionais do Samu convidados dos estados de Goiás, Tocantins e Brasília, para abordar sobre o atendimento pré-hospitalar e tático, visando a redução da mortalidade dos entes e agentes das forças de segurança do Estado e cidadãos. A previsão é que as atividades sejam encerradas na quinta-feira, dia 30.

“O curso é de extrema importância, por que a gente vai estar passando para eles ferramentas que vão auxiliar, caso ocorra algum tipo de ferimento durante a execução das suas funções, que eles tenham as condições mínimas e básicas de realizar primeiro atendimento”, salientou o enfermeiro do Samu Tony Regis.

Participam da ação agentes de segurança das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal de Roraima, além de militares do Exército Brasileiro. O soldado Iratim Filho contou a sua expectativa para o curso.

“É o primeiro curso de APH tático e resgate, vai trazer uma capacitação para os profissionais de segurança pública no âmbito de qualquer acidente que possa ocorrer, além de valorizar o servidor”, frisou.