Terça, 21 Junho 2022 08:26

COLÉGIOS MILITARIZADOS | Militares que vão atuar nas novas escolas estaduais militarizadas participam de capacitação Destaque

Escrito por Mágida Azulay Khatab
COLÉGIOS MILITARIZADOS | Militares que vão atuar nas novas escolas estaduais militarizadas participam de capacitação Ascom/Seed

Durante toda esta semana, militares que vão atuar nas 15 novas escolas estaduais militarizadas recentemente pelo Governo de Roraima, vão passar por capacitação sobre o processo educacional e as normas dos Colégios Estaduais Militarizados.

A abertura da capacitação ocorreu nesta segunda-feira, 20 no auditório do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima), no bairro Pricumã e contou com a presença do secretário de Educação e Desporto Nonato Mesquita e dos adjuntos da Seed, Semaias Alexandre Silva e José de Souza, do comandante da PMRR coronel Francisco Xavier, do Sub-Comandante do CBMRR, Coronel Gewrly Batista, do Deputado Estadual Coronel Chagas e Nildete Melo, diretora do DEB (Departamento de Educação Básica). A ação é realizada pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto) em parceria com a PMRR (Polícia Militar de Roraima) e CBMRR.

No discurso de abertura, Mesquita deu as boas-vindas aos militares que passam a prestar serviço nas escolas estaduais. “Hoje me encontro extremamente satisfeito com os militares que já atuam conosco e tenho certeza que com esse grupo não será diferente. Nossas escolas estarão em boas mãos. É um prazer recebê-los”, disse.

Participam da formação, 116 militares e destes, 70 estão integrando agora a rede estadual de ensino. A programação da formação inclui instruções sobre leis e normas dos Colégios Estaduais Militarizados, Introdução à Psicologia da Criança e do Adolescente e ainda, sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), Educação Especial, Serviço de Orientação Educacional e o Corpo de Alunos, Comunicação Não Violenta, rotina escolar, semana zero e serviço de monitoria.

“Minhas expectativas são as melhores em compor o corpo de militares que vão atuar nas escolas estaduais militarizadas. É um projeto muito bonito, que tem um grande valor e um alcance muito grande”, destacou o Major Gibton que passa a atuar na rede estadual de ensino.

O comandante da PMRR, Coronel Francisco Xavier, convocou os militares a se engajarem no projeto. “Foi feita uma atualização no currículo da capacitação e todos os que já trabalham, quanto os que estão ingressando agora, irão aprender e conhecer muito mais das técnicas necessárias para o que o trabalho renda frutos e surta efeito na vida dos jovens. Então conclamo todos os policiais a darem o máximo de si nessa missão”, reforçou o comandante.

Rede de Colégios Estaduais Militarizados

A Rede de Colégios Estaduais Militarizados foi criada com o objetivo de trabalhar dentro das unidades de ensino os princípios de hierarquia, civismo e cidadania, como forma de disciplina e integração social. Em Roraima existiam 18 escolas militarizadas e recentemente, o Governo de Roraima ampliou a rede com a inserção de mais 15 escolas. Agora são 33 escolas militarizadas, sendo 20 na capital e 13 no interior.

O Estado também possui um Colégio Militar Estadual e uma Escola Estadual Cívico-Militar. Juntos, os colégios atendem 27.885 alunos. Nas escolas estaduais militarizadas, a gestão é compartilhada entre a Seed e PMRR ou CBMRR.

O Governo de Roraima também instituiu na estrutura da Seed a Secretaria Adjunta de Coordenação dos Colégios Estaduais Militarizados, por meio do Decreto Nº 31.822, com o objetivo de auxiliar na gestão educacional e garantir assistência específica para essas instituições.