Quarta, 15 Junho 2022 11:37

EFICIÊNCIA NO ATENDIMENTO | Implantação de projeto faz reduzir tempo de espera na emergência do HGR Destaque

Escrito por Suyanne Sá
EFICIÊNCIA NO ATENDIMENTO |  Implantação de projeto faz reduzir tempo de espera na emergência do HGR Secom Roraima

Visando melhorar os serviços oferecidos no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), está implementando o Projeto LEAN dentro da emergência da unidade.

De iniciativa do Ministério da Saúde, a ferramenta foi construída com apoio do Conass (Conselho Nacional das Secretarias de Saúde) e Conasems (Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde), tendo como premissa a melhoria dos processos de tempo e valor.

“O projeto LEAN é voltado essencialmente aos usuários do SUS. Todas essas melhorias são para deixar o paciente mais confortável no hospital, desde a limpeza, estrutura, organização e qualidade de atendimento médico”, destacou o médico regulador de Fluxo do HGR, Dr. Pedro Lins.

Em resumo, o projeto faz com que os fluxos de trabalho das unidades ganhem melhor dinamismo, eliminando os desperdícios com as atividades de baixo valor agregado. Apesar de ainda estar no início, a iniciativa já está gerando frutos positivos.

No PSFE (Pronto Socorro Francisco Elesbão), o tempo de espera durante o atendimento inicial tem sido de no máximo 5 minutos. O setor é responsável por receber os pacientes em estado de Urgência ou Emergência. Ao todo, são 18 pontos de atendimento com 5 médicos disponíveis por turno, além de 27 leitos de internação semi-intensiva e intensiva.

“A média [de atendimento] é de 120 pacientes por dia, podendo em dias de maior fluxo chegar a 150. É importante salientar que o Pronto Socorro está atendendo não apenas demanda própria, mas também a demanda clínica do Pronto Atendimento Airton Rocha, que ainda está em reforma”, enfatizou Lins.

Após um acidente na cozinha, a dona de casa Dilene Damo precisou viajar da sua propriedade no interior do Estado até o PSFE para cuidar de um ferimento na mão. Ela elogiou a eficiência do trabalho realizado pela unidade

“Vim aqui [no Pronto Socorro] e fui atendida em 30 minutos e com um atendimento ótimo”, frisou a paciente.

ACOMPANHAMENTO CONTÍNUO

Para avaliar a aplicação das etapas do Projeto LEAN, o HGR tem recebido a visita de dois representantes da Beneficência Portuguesa, em encontros quinzenais. 

“O objetivo do processo é que esses pacientes entrem aqui no hospital e tenham um destino mais rápido. Se ele precisa de um leito de UTI, que ele suba o mais rápido possível. Diminuir esse tempo, sempre pensando na qualidade e na segurança desse paciente”, comentou a especialista de processos da Beneficência Portuguesa e mediadora convidada do projeto, Bruna Andrade.

Para o diretor geral do PAAR (Pronto Atendimento Airton Rocha), Dr. Raphael Brunelli, tanto a unidade quanto os pacientes atendidos por ela só têm a ganhar com a implantação do novo projeto.

“[O projeto] vai dar um norte muito grande pra gente, traz experiência profissional de outros setores que tenham os mesmos problemas que o nosso, traz conhecimento e prática, são inúmeros fatores que auxiliam para que a gente tenha uma perspectiva melhor do futuro”, concluiu.