Terça, 31 Mai 2022 13:22

TRANSFORMANDO VIDAS | Projeto Renascer registra aumento de 135% na demanda de serviços Destaque

Escrito por Lidiane Oliveira
TRANSFORMANDO VIDAS | Projeto Renascer registra aumento de 135% na demanda de serviços Secom-RR

O projeto Renascer, executado pelo Governo de Roraima por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania, atende atualmente 50 reeducandos do sistema prisional e registrou em maio deste ano um aumento de 135.86% na demanda dos serviços em comparação a maio do ano passado.

As iniciativas do Governo têm possibilitado que o projeto se torne vitrine para na prestação de serviços à sociedade, por meio da contração pela iniciativa privada. O que aponta como resultados positivos no trabalho de ressocialização.

O foco é o desempenho das atividades nas áreas de mecânica elétrica, lanternagem, posto de lavagem, serralheria, borracharia, marcenaria e barbearia, e dessa forma os reeducandos da Cadeia masculina realizam as atividades aprendendo um ofício, o que reduz a pena em um dia para cada três dias trabalhados.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, o Projeto nunca havia realizado essa quantidade de serviços e a ampliação do recurso adquirido comprova o interesse maior da sociedade pelo trabalho deles e a confiança no processo de mudança dos reeducandos que fazem parte das oficinas.

“A ressocialização é uma medida importante no trabalho de atenção ao público que integra o sistema prisional. O objetivo é possibilitar oportunidades para que os reeducandos possam despertar e se sensibilizar sobre a importância de voltar ao convívio social utilizando a força do trabalho como estratégia principal para esse retorno”, esclareceu o secretário.

EM REAIS

Fernandes ressalta que o aumento da demanda de serviços possibilitou um salto de mais de R$ 25 mil para mais de R$ 60 mil, na comparação do mês de maio deste ano e maio do ano passado.

O valor é investido na manutenção do Projeto e uma parte entregue aos reeducandos para ajuda no sustento da família e até economia, se desejarem abrir o próprio negócio quando sair do presídio.

“Todos os dias os reeducandos saem para trabalhar e retornam ao final das atividades, para dormir no presídio, ou seja, essa é mais uma estratégia colocada em prática pela Sejuc para realizar de forma ampla e adequada o trabalho de ressocialização destes homens, que por algum motivo estão no sistema prisional, mas que poderão retornar aos seus lares e reintegrados à sociedade de forma plena”, disse Fernandes.

Ele agradeceu o apoio do Governo do Estado nas ações executadas pela Secretaria e pela confiança no trabalho que está sendo executado, que tem garantido a evolução do Projeto a cada dia.