Sábado, 28 Mai 2022 22:37

AGRICULTURA FAMILIAR | Patrulha mecanizada atende pequenos produtores rurais no Estado Destaque

Escrito por Michel Sales
AGRICULTURA FAMILIAR | Patrulha mecanizada atende pequenos produtores rurais no Estado Secom-RR

A mecanização agrícola tem revolucionado o agronegócio mundial, potencializando a economia das famílias do campo e das cidades, diante do aumento expressivo da produtividade. Dentre alguns avanços se destacam: maior rapidez do plantio e colheita, facilidade para o manejo e manutenção das lavouras, além da padronização de diferentes processos agrícolas.

Segundo o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), entre tratores, semeadeiras, colheitadeiras e adubadeiras, o Brasil conta com mais de 2 milhões de máquinas, número que cresceu nos últimos três anos.

Em Roraima a situação não é diferente, o Governo do Estado, por meio da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação), tem investido bastante no campo para a evolução da vida rural.

Estão sendo injetados recursos na mecanização, tecnologias que ampliam as colheitas, acelerando o ritmo de escoamento da produção, visando também a sustentabilidade do trabalho sem sobrecarregar o agricultor, além da preservação da natureza.

Somente em 2022, já foram investidos apenas pela Seadi R$ 49.856.345,00 na compra de equipamentos agrícolas, como tratores, grades aradoras e niveladoras, distribuidor de calcário, plantadeira de grãos, caixas individuais para sementes, pulverizadores, roçadeiras acopladas no trator, carretas agrícolas, perfurador de solo, enxadas e batedeira de cereais.

Para o secretário Emerson Baú, a motorização e o trabalho mecânico no campo se destacam entre as eficiências da produtividade. “As máquinas e implementos agrícolas são fatores importantes nas propriedades rurais, representando investimentos na operação agrícola e apoio na lucratividade do produtor”, ressaltou.

O governador Antonio Denarium reforçou que a mecanização e a tecnologia são instrumentos importantes na agricultura. “Os serviços do campo também exigem correlacionar dados e análises, a fim de melhorar as aplicações e eficiência das máquinas, promovendo a segurança da produtividade”, afirmou.

 

 

Agricultor fala sobre investimentos

 

No município do Cantá, o mecânico Reginaldo Dias tem percebido in loco a satisfação dos agricultores com a motorização favorecendo a renda das famílias rurais.

“Tem sido gratificante observar a felicidade no olhar de cada produtor. A patrulha mecanizada tem chegado às propriedades para trabalhar nos terrenos, transformando áreas inférteis com a incorporação de insumos, potencializando matéria orgânica para o plantio de grãos. E uma vez na roça, a gente colabora com todos que precisam de reforço mecânico, seja com regulagem ou troca de peças, o nosso trabalho é com a produtividade rural”, pontuou.

Reginaldo também enfatizou que a esperança do agricultor roraimense é ver sua lavoura consolidada. “Nos últimos meses, tenho percorrido todo o Estado trabalhando na Agricultura Familiar, sendo testemunha do empenho do Governo, que está proporcionando mecanização, adubação, plantio, colheita e renda, garantindo prosperidade aos produtores rurais por meio do Projeto de Grãos, impulsionando a produtividade no Estado para os próximos anos”, concluiu.

Na Serra Grande II, a produtora de milho Fátima Viana frisou que o programa de grãos tem funcionado ativamente, beneficiando as famílias rurais da região. “Nunca havíamos recebido um suporte tão funcional do Governo em gestões anteriores. Agradecemos o empenho do Estado agindo em parceria também com as demais prefeituras na Agricultura Familiar”, disse.

O secretário Baú concluiu que o milho é uma cultura que vem crescendo significativamente em Roraima nos últimos anos.

“Em todo o Estado, já foram plantados mais de 15 mil hectares de milho. Com isso, o Governo vem fortalecendo cada vez mais a cultura do grão, que além de seu valor agregado tem fundamental importância na geração das cadeias produtivas, sendo base alimentar para aves, peixes e porcos, por exemplo. E essa possibilidade também destaca ativamente a Agricultura Familiar inserida no mercado, promovendo trabalho e renda”, finalizou.