Sábado, 14 Mai 2022 18:44

APRIMORAMENTO | Sesau finaliza curso para socorristas do Samu com simulação realística Destaque

Escrito por Vânia Coelho
APRIMORAMENTO | Sesau finaliza curso para socorristas do Samu com simulação realística Vânia Coelho

A Secretaria de Saúde, por meio da Etsus (Escola Técnica do SUS), finalizou neste sábado, dia 14, o Curso de Atualização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar) para socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) dos municípios de Roraima. A última atividade da qualificação foi uma simulação realística na Praça do Centro Cívico.

Participaram desse primeiro curso 40 alunos socorristas dos municípios de Mucajaí, Caracaraí, Iracema, Uiramutã, Rorainópolis, Cantá, Pacaraima e São Luiz do Anauá.

A enfermeira e diretora da Etsus, Renata Garcia, ressaltou que o curso começou na última quinta-feira, dia 12, e outros iguais a esse serão realizados para que mais socorristas possam participar.

“Estamos encerrando a primeira turma com essa simulação. A gente constrói um cenário, simulando acidente de moto, de carro, uma pessoa com parada cardiorrespiratória; e os alunos têm a oportunidade de colocar em prática tudo o que aprenderam e treinaram realisticamente lá na Etsus. Nesse momento, os alunos são avaliados para o recebimento da certificação. Estamos qualificando todos os integrantes do Samu dos municípios do interior do Estado. Serão quatro turmas, os próximos cursos ocorrerão em junho e julho”, explicou.

O gerente do Núcleo da Central de Regulação de Urgências e Emergências Médicas do Governo de Roraima, enfermeiro Raimundo Sóter, é um dos instrutores do curso e destacou a importância da qualificação profissional para os socorristas.

“A Central de Regulação possui um núcleo de educação permanente que é responsável por essas atualizações dos profissionais. Estamos cumprindo uma prerrogativa da Secretaria Estadual de Saúde, que temos que manter, para que os profissionais possam melhorar cada vez mais o atendimento à população”, disse.

Ele ressaltou ainda que as unidades do Samu do interior são coordenadas pela Central do Estado e o Núcleo de Educação Permanente está muito bem equipado.

“Possuímos vários desfibriladores, várias bolsas de atendimento, vários respiradores, entre outros equipamentos. A maioria das unidades é suporte básico, mas o Núcleo possui esses equipamentos para que os socorristas sejam bem treinados”, afirmou.

Segundo Sóter, para executar esse tipo de treinamento, um grupo de profissionais foi enviado pelo Governo do Estado para receber instruções em São Paulo, no Hospital Albert Einstein, com instrutores de simulação realística. 

Socorristas destacaram a relevância da qualificação para melhorar o atendimento

Um dos participantes do treinamento, Magdiel Gomes, do município de Iracema, disse que se sente feliz em receber novos conhecimentos e compartilhar com os amigos.

“Essa capacitação veio para somar ao nosso conhecimento e aprimorar nossa técnica. Levamos esse aprendizado para compartilhar com os amigos que não tiveram essa oportunidade neste primeiro momento”, enfatizou.

O técnico de enfermagem de Caracaraí, Oziel Chagas, que está desde 2013 no Samu, também ficou satisfeito com os conhecimentos adquiridos durante a qualificação.

“Levamos uma experiência ampla para o nosso município, que é a questão do atendimento pré-hospitalar. Isso é muito bom para a gente que atende vítimas diariamente. Espero que tenhamos outras oportunidades para dar continuidade ao aprendizado”, finalizou.