Terça, 10 Mai 2022 17:53

INTEGRAR PARA DESENVOLVER | Roraima recebe comitiva do Suriname e discute estratégias para fortalecer relações comerciais Destaque

Escrito por Lidiane Oliveira
INTEGRAR PARA DESENVOLVER | Roraima recebe comitiva do Suriname e discute estratégias para fortalecer relações comerciais Ederson Brito

Com o propósito de estreitar os laços entre Roraima e regiões de fronteira, com foco no desenvolvimento econômico e sustentável, o Governo do Estado segue fortalecendo o contato institucional com os países vizinhos.

Nessa terça-feira, dia 10, o Governo de Roraima recebeu a visita oficial da comitiva do Suriname, coordenada pelo Ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca, Parmanand Sewdien, o assessor especial da presidência, Stanley Dijksteel, a Secretária de Relações Exteriores, Ms. Bissumbar, e o empresário Henk Kasi.

O encontro contou também com a presença do presidente da Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Glicério Fernandes, o presidente do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima), Márcio Grangeiro, o presidente da Desenvolve RR (Agência de Desenvolvimento de Roraima), Adailton Alves Fernandes, o presidente do Iater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural de Roraima), Marlon Buss, o presidente da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), Marcelo Augusto Parisi, o Secretário do Índio, Marcelo Pereira, e os empresários brasileiros Aluísio Nascimento, Geraldo Falavinha, Yucatan Reis e Moisés de Oliveira.

O governador Antonio Denarium apresentou algumas das ações executadas em Roraima e falou sobre a importância de ampliar o relacionamento com o Suriname para conquistas futuras em diversas áreas.

“Durante o encontro de hoje, tive a oportunidade de falar um pouco sobre as medidas de gestão que possibilitaram Roraima saltar de 18 milhões de dólares em exportação em 2018, para mais de 300 milhões de dólares exportados no ano passado, o crescimento na arrecadação, sem aumentar imposto e inclusive com redução do ICMS do gás de cozinha, bem como as medidas que foram colocadas em pratica para fortalecer a agricultura, garantindo ao Estado saltar de 5000 hectares de soja plantados em 2013, para cerca de 120 mil hectares esse ano. Colocamos Roraima à disposição para ampliar o volume de compra e venda com o Surimame e fortalecer ainda mais as relações comerciais”, esclareceu o governador Antonio Denarium.

O ministro ressaltou sobre o interesse do país em conhecer melhor o potencial de Roraima, após o convite do governador. Ele ressaltou que ele não fazia a ideia do que o governador estava falando na época e hoje após a visita in loco em algumas áreas de produção entendi exatamente o quê que o chefe do Executivo estava falando como, por exemplo, a segurança alimentar na área de agricultura.

“Quero, em nome da delegação, agradecer a atenção do governador, que reservou um tempo na agenda de compromissos para nos atender e dizer que vamos aprofundar as discussões e ver como o nosso país pode atender as necessidades de Roraima. Nessa primeira visita viemos conhecer o potencial e ter o primeiro contato com os empresários e conhecer sobre as ações que poderemos colocar em prática no nosso país. Na agricultura, por exemplo, temos cerca de 1.500 mil hectares de terra e viemos convidar empresários daqui e governador para visitar o Surimame e identificar os potenciais para ver onde a iniciativa privada pode colaborar”, complementou o ministro.

EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO

O encontro serviu para os chefes do Executivo dos dois países tratarem também sobre os avanços que poderão ser alcançados por meio da aproximação maior nos laços comerciais.

O governador explicou que Roraima precisa de fertilizantes incluindo calcário e fosfato, por exemplo, e ao passe que esses itens podem ser importados do Suriname o Estado de Roraima pode contribuir muito ao país com a exportação de grãos como arroz, milho e soja, além de ovos, frutas, carne e frango.

“O ministro ouviu que Roraima é um estado bom para viver, empreender e trabalhar e quis saber mais, então, eu expliquei pra ele que o primeiro passo foi realizar um trabalho forte apoio ao setor, por meio da regularização fundiária, liberando sem burocracia o documento da terra, que é o título definitivo e possibilitando o licenciamento ambiental, importantíssimo para garantir abertura de crédito. E assim como tem feito com outros estados podemos receber também mais investidores do Suriname”, ressaltou o governador.

Denarium explanou ainda sobre a importância de um Acordo de Cooperação Técnica para o transporte internacional de cargas, medida que vai diminuir o tempo de viagem de cargas e melhorar o trânsito via terrestre entre os dois países.

O ministro concordou com a proposta que pode contribuir também para o transporte de aproximadamente 10% da população do Suriname que são brasileiros.

“Então, é possível melhorar o sistema de transporte. E a vantagem é que o setor privado em Roraima tem o apoio do Governo, e esse exemplo precisa ser levado para o Suriname. Retornamos do encontro satisfeitos e esperançosos em aprofundar os contatos para manter a harmonia entre o Brasil e Suriname, principalmente nas relações comerciais", acrescentou o ministro.