Sexta, 06 Mai 2022 14:29

SISTEMA PRISIONAL | Método trabalha a inteligência emocional de reeducandos de Roraima Destaque

Escrito por Lidiane Oliveira
SISTEMA PRISIONAL | Método trabalha a inteligência emocional de reeducandos de Roraima Sejuc

O trabalho de ressocialização dos reeducandos no sistema prisional é uma rotina diária no sistema prisional de Roraima. E para alcançar resultados positivos, mais uma ação importante do Governon de Roraima está sendo executada nas unidades.

Esta semana, por meio da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), está ocorrendo o treinamento em Inteligência Emocional, para quase 600 detentos da cadeia pública masculina, cadeia pública feminina e Centro de Progressão Penitenciária.

O Método CIS (Método de inteligência emocional) é trabalhado em três dias, em formato on-line, e segue até sábado, 7, com transmissão dentro das três unidades prisionais.

Na cadeia masculina, 12 detentos acompanham os módulos na sala de informática montada no presídio e os demais participam por meio do sistema sonoro instalado nas alas do estabelecimento penal, na Cadeia Pública Feminina participarão 10 reeducandas e no CPP cerca de 20 reeducandos receberão os ensinamentos.

“É preciso dar condições para que os reeducandos sejam atendidos realmente com um trabalho de ressocialização durante a sua passagem pelo sistema prisional, e assim como outras medidas essa é mais uma ferramenta importante para possibilitar o auxílio na área da saúde emocional”, detalhou o governador Antonio Denarium.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, a proposta é possibilitar ao reeducando e à reeducanda o conhecimento necessário para que possa contribuir com o trabalho de ressocialização.

“Para essa ação temos o apoio do juiz Deomar Barroso, da Vara de Execuções Penais de Belém, e da juíza Joana Sarmento, da Vara de Execuções Penais de Boa Vista que acompanham as ações realizadas dentro das unidades prisionais.  E essa parceria nos ajuda muito pois com mais esforços conseguimos ter um resultado melhor”, complementou o secretário.  

O MÉTODO

O Método C.I.S é um programa de Inteligência Emocional promovido pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico e aplicado pelo Master Coach Paulo Vieira.

Esse é o maior treinamento de Inteligência Emocional baseado em ferramentas de coaching da América Latina e ajudou milhares de pessoas a eliminarem obstáculos emocionais e crenças limitantes.

André Fernandes explica que o treinamento tem como finalidade proporcionar o conhecimento e as técnicas para aumentar a capacidade de gerenciamento de emoções, o que e é fundamental no processo de ressocialização, pois por meio do curso, os participantes adquirem equilíbrio e força emocional para melhorar a rotina diária, eliminam a autossabotagem, realizam metas e objetivos através de estratégias simples e acabam com sintomas de traumas e vícios emocionais.

“Após essa experiência nestes três presídios vamos levar essa ferramenta também para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, que é o maior presídio de Roraima, para que possamos contribuir com a melhoria da conduta disciplinar dentro dos estabelecimentos, bem como promover a reprogramação de crenças, o desenvolvimento do equilíbrio e a força emocional deles”, destacou o secretário.