Sexta, 08 Abril 2022 10:13

SEGURANÇA | HGR promove ações sobre manejo e descarte correto de resíduos de saúde Destaque

Escrito por SECOM RORAIMA
SEGURANÇA | HGR promove ações sobre manejo e descarte correto de resíduos de saúde Ascom/Sesau

O descarte incorreto dos resíduos de saúde tem se tornado cada vez mais um problema na vida da sociedade. Pensando nisso, o Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento, por meio da Gerência de Resíduos de Serviços de Saúde, decidiu reforçar uma série de ações junto a pacientes, acompanhantes, visitantes e equipes de saúde da unidade.

Entre as ações adotadas pelo grupo está a distribuição de uma cartilha que instrui a identificação de cada grupo de resíduo e a forma correta de descarte. Além de levar em consideração Plano de Gerenciamento Resíduos de Saúde, o material tem como base os parâmetros da RCD 222/18 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), da Resolução 358/05 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e da RN 32 do Ministério do Trabalho e Previdência.

“Essa cartilha não tem a pretensão de substituir as legislações em vigor, tão pouco o plano de gerenciamento [de resíduos de saúde], mas é uma forma simplificada que vai facilitar a compreensão [das pessoas] de como deve ser realizado esse descarte”, destacou Paulo Marcos Ferreira, gerente de Resíduos de Serviços de Saúde do HGR.

Conforme ele, existem cinco grupos de resíduos de saúde, cada um com sua forma particular de descarte. O Grupo A, por exemplo, envolve materiais considerados infectantes; enquanto o Grupo B contempla os resíduos químicos. O Grupo C engloba os resíduos radiológicos, o Grupo D os resíduos comuns, e o Grupo E os materiais perfurocortantes”.

“Essa cartilha vem abordando justamente isso, a forma adequada de descarte, a sua identificação, como ele deve ser identificado, como deve ser acondicionado, ou seja, são as etapas de manejo, de uma forma mais clara e sucinta, para que as pessoas compreendam [como funciona o descarte], tanto acompanhantes a não realizarem o descarte incorreto, quanto para os profissionais de saúde, e também os visitantes. Se todo mundo conhecer como funciona, a gente acredita que melhora os nossos descartes, e consequentemente a saúde de uma população”, frisou.

Além da cartilha, a Gerência de Resíduos de Serviços de Saúde também mandou produzir folders com as mesmas informações, sendo ambos disponibilizados nos ambientes do hospital.

REFORÇO DE CONHECIMENTO POR MEIO DE PALESTRAS

Atrelado à cartilha, o HGR também tem reforçado os conhecimentos sobre resíduos de saúde por meio da promoção de ciclo de palestras. A ação foi iniciada na segunda-feira, 4, e a previsão é encerrar a atividade no próximo dia 11. Os profissionais que atuam na parte de higienização hospitalar foram os primeiros a passarem pela reciclagem.

“Nós já realizamos esse tipo de atividade em anos anteriores, e agora estamos fazendo uma atualização desses conhecimentos, como forma de educação continuada. A gente tem percebido que esses descartes tem ocorrido de forma incorreta, por mais que faça uma série de orientações. Então, a intenção é reforçar esses cuidados e massificar a informação”, complementou o gerente.