Quinta, 07 Abril 2022 08:53

CUIDADOS COM O CORAÇÃO | Mutirão vai realizar 500 exames de ecocardiograma Destaque

Escrito por Ascom Sesau
CUIDADOS COM O CORAÇÃO | Mutirão vai realizar 500 exames de ecocardiograma Ascom Sesau

Acabar com a demanda reprimida de pacientes que aguardam na fila de espera para realização de procedimentos cirúrgicos é uma das prioridades do Governo de Roraima. Por isso, a Secretaria de Saúde, por meio do Hospital das Clínicas Dr. Wilson Franco, irá realizar um mutirão de ecocardiograma.

Os atendimentos serão feitos no ambulatório da unidade, de segunda-feira a sexta-feira. A meta é realizar em torno de 500 procedimentos até o final do mês. Os exames são feitos pelos doutores Alison Siqueira, Alexandre Klipel, Hasan Syagha, Ricardo Carvalho e Wagner Tostes.

“A importância do mutirão é acabar com a demanda reprimida de muitos pacientes que realizam atendimento pela cardiologia. Com isso aumentamos assistência na saúde e melhoramos a qualidade de vida e tratamento do paciente”, afirmou o diretor do Hospital das Clinicas, Don Martins.

De acordo com ele, os ecocardiogramas são agendados através das Unidades Básicas de Saúde e na Clínica Médica Especializada Coronel Mota, após pedido do profissional cardiologista.

“O paciente recebe a solicitação do cardiologista e em seguida, a unidade encaminha para o agendamento no hospital”, ressaltou.

Os exames de ecocardiograma são realizados por cardiologistas e têm duração de 30 a 40 minutos. Nesse cálculo, são somados o tempo do procedimento e a elaboração do laudo.

MAIS INVESTIMENTOS EM PROFISSIONAIS

Atualmente, a Secretaria de Saúde conta com 15 cardiologistas e contratou mais sete especialistas, por meio de seletivo. Deste total, três são específicos de arritmologia, responsável pela realização do diagnóstico, prevenção e tratamento de pacientes com arritmia.

O cardiologista Alisson Siqueira destaca a relevância dessa ampliação no quadro de profissionais e alerta sobre os cuidados que a população deve tomar com a saúde do coração.

“Essa ampliação mostra o tanto que as doenças cardiovasculares impactam na nossa sociedade. Um terço das mortes são derivadas das doenças cardiovasculares. Então, devemos manter os nossos cuidados: não fumar, ter o controle adequado da hipertensão, o controle adequado do diabetes e o controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos. Devemos ter hábitos de vida mais saudáveis, praticar atividade física e visitas regulares aos médicos”, aconselhou.