Imprimir esta página
Quarta, 06 Abril 2022 08:47

CRIANÇA E ADOLESCENTE | Instituições discutem estratégias para fortalecer trabalho em Roraima

Escrito por Lidiane Oliveira e Ricardo Gomes
CRIANÇA E ADOLESCENTE | Instituições discutem estratégias para fortalecer trabalho em Roraima Rebeca Bastos

Com o propósito de reforçar e melhorar o cuidado às crianças e adolescentes, o Governo do Estado, por meio das principais secretarias que integram a Rede de Proteção e Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, tem participado de forma ativa das discussões voltadas para a política e atenção à esse público em Roraima.

Nesta terça-feira, dia 5, foi realizada uma reunião de alinhamento na Casa da Mulher Brasileira. O foco principal é buscar o fortalecimento das ações direcionadas à proteção de crianças e adolescentes em todas as áreas.

Participaram representantes das secretarias de Saúde, Educação, Setrabes e Segurança, bem como o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente de Roraima e Conselheiros Tutelares que atuam nos municípios.

"É preciso envolver todos os atores que integram o trabalho de assistência para que juntos possamos colocar em prática, ações eficazes e garantir a proteção em todas as áreas. E por meio de encontros como esse, temos a oportunidade de trazer para o debate todas as demandas e buscar de forma conjunta, uma solução para que as dificuldades sejam sanadas e o atendimento seja prestado da melhor maneira possível", esclareceu o governador Antonio Denarium.

De acordo com a secretária de educação, Leila Perussolo, o encontro é um diálogo importante onde é feito o debate de questões relacionadas aos direitos da criança e do adolescente e neste contexto, a educação tem papel fundamental também, pois a prioridade é atender da melhor forma possível estes pontos.

“Desta forma, foi importante contextualizar como está nosso planejamento e as ações efetivadas em melhorias pontuais na estrutura dos prédios e demais questões administrativas relatadas neste encontro em relação à pauta da educação. Temos 31 escolas revitalizadas inclusive com mobília em um novo padrão para atender os alunos de todos os municípios. Passamos dois anos sem aula presencial e mais de 20 licitações estão para acontecer nos próximos dias", detalhou a secretária.

Em pauta ainda, estratégias para melhorar o trabalho realizado atualmente, incluindo a integração entre áreas como segurança pública, com foco na celeridade da definição do fluxo de atendimento no interior.

“Essa atitude do Governo de reunir os representantes das principais secretarias estaduais e órgãos importantes como o CEDCAR é louvável pois o foco é envolver as áreas ligadas indiretamente à assistência social, para que estes atores também tenham conhecimento do trabalho e das medidas que precisam ser colocadas em prática para que essas crianças sejam atendidas como precisam, sem ser expostas”, complementou a presidente do CEDCAR, Mária Souza Cruz.