Sexta, 25 Março 2022 14:28

GESTAÇÃO SEGURA | Profissionais de saúde participam de capacitação sobre risco gestacional Destaque

Escrito por Ascom Sesau
GESTAÇÃO SEGURA | Profissionais de saúde participam de capacitação sobre risco gestacional Ascom Sesau

O Governo do Estado, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), promove nesta sexta-feira, dia 25, o curso de capacitação sobre “Estratificação de Risco à Atenção Primária à Saúde”. A iniciativa é da Coordenação Geral de Atenção Básica e Centro de Referência de Saúde da Mulher Maria Luíza Castro Perin.

O curso tem como objetivo abordar aspectos relacionados à estratificação de risco gestacional, tendo como público alvo 180 profissionais, entre médicos e enfermeiros que atuam em unidades básicas de saúde dos municípios de Amajari, Boa Vista, Bonfim e Uiramutã. A programação será realizada na ETSUS (Escola Técnica de Sistema Único de Saúde de Roraima), localizado na Rua Uraricoera, 1346, no São Vicente, das 14h às 18h.

De acordo com a coordenadora Geral de Atenção Básica, Helena Castelo Branco, serão debatidos assuntos fundamentais que tratam da gestação de alto risco, incluindo fatores de risco com foco na construção de um novo modelo de assistência à saúde.

“A estratificação de risco gestacional, ajuda a identificar de forma precoce os fatores de riscos presentes na gestão, permitindo a intervenção preventiva e cuidados necessários para proteção da mãe e do bebê. Além disso, auxilia na padronização do pré-natal, voltado para diretrizes clinicas”, ressaltou Helena.

A estratificação de risco gestacional em linhas gerais, se refere à vigilância contínua sobre o desenvolvimento da gestação para identificação de fatores de riscos, tais como suas condições de saúde e sociais, possibilitando o direcionamento das intervenções preventivas às gestantes de risco habitual e a atenção diferenciada às de alto risco.

Importância do PlanificaSUS para Roraima

O projeto PlanificaSUS tem como finalidade apoiar o corpo técnico-gerencial das secretarias estaduais e municipais de Saúde, na organização dos macroprocessos da APS e da Atenção Ambulatorial Especializada (AAE), permitindo desenvolver a competência das equipes para o planejamento e a organização da atenção à saúde, com foco nas necessidades dos usuários sob sua responsabilidade, baseando-se em diretrizes clínicas, de acordo com o Modelo de Atenção às Condições Crônicas (MACC).