Sexta, 18 Março 2022 16:11

CONTROLE SANITÁRIO | Postos de Vigilância da Aderr recebem novos equipamentos para melhoria dos serviços Destaque

Escrito por Elias Venâncio
CONTROLE SANITÁRIO | Postos de Vigilância da Aderr recebem novos equipamentos para melhoria dos serviços Ascom/Aderr

Os PVAs (Postos de Vigilância Agropecuária) da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima) receberam novos equipamentos para reforçar o atendimento e melhorar os serviços prestados pela Agência. A reestruturação dos PVAs tem a parceria do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Governo do Estado como parte importante para manter as ações de defesa fortalecidas, visando a sanidade da produção animal e vegetal, além da proteção e segurança da cadeia produtiva de Roraima.

Por meio do convênio Mapa/Aderr e Plataforma +Brasil nº 902747/2020 firmado, que deve ser aditivado com novo aporte de recursos para este ano, a Aderr tem conseguido realizar muitos serviços, que são fundamentais para o desenvolvimento do setor agropecuário de Roraima.

Com ele, que é uma parceria entre o Mapa e Governo de Roraima, foi possível adquirir equipamentos de informática, automóveis, materiais de uso contínuo, diárias, combustível, entre outros itens importantes para a implementação das ações que a Aderr vem realizando no Estado.

Com os novos equipamentos, segundo informou o presidente da Aderr, Marcelo Parisi, os servidores poderão validar GTAs (Guias de Trânsito Animal), GTVs (Guia de Trânsito de Vegetais), emitir relatório, acessar sistemas internos, imprimir, escanear e copiar documentos para melhorar o desempenho no trabalho.

O diretor de Defesa Vegetal, Marcos Pril, enfatizou que o principal benefício é dar condições para que o servidor possa trabalha com condições de oferecer um atendimento de qualidade para a população.

“Já temos acesso à internet, agora também eles podem realizar rapidamente os serviços, validar guias de trânsito animal e vegetal, emitir e escanear documentos”, informou Prill

O convênio está em vias de passar por um processo de aditivo, que permitirá a chegada de novos equipamentos até o fim do ano, que serão destinadas a todas as Unidades de Defesa Agropecuária e aos PVAs.