Terça, 01 Fevereiro 2022 11:26

COMBATE AO AEDES AEGYPTI | Entrega do Relatório LIRAa é prorrogado até sexta-feira para três municípios Destaque

Escrito por Aymê Tavares
COMBATE AO AEDES AEGYPTI | Entrega do Relatório LIRAa é prorrogado até sexta-feira para três municípios Ascom/Sesau

O LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti), que está sendo realizado em todo país, foi prorrogado em três municípios de Roraima. Agora os municípios de Rorainópolis, São João da Baliza e Cantá têm até sexta-feira, dia 4, para concluir a coleta e análise dos dados.

O trabalho de identificação das localidades de maior ocorrência e criadouros do mosquito transmissor de doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya iniciou na última segunda-feira, dia 24, e, até o momento, 12 municípios entregaram os resultados que serão analisados pelo NCFAD (Núcleo de Controle da Febre Amarela e Dengue).

Segundo a gerente do Núcleo, Rosângela da Silva Santos, os municípios de Rorainópolis, São João da Baliza e Cantá ainda possuem equipes realizando a vistoria de casas e terrenos abandonados, por isso tiveram um período maior para concluir o trabalho.

“Esses municípios informaram a necessidade de um tempo a mais para realizar as visitas e entregar as amostras e relatórios, em virtude destas regiões terem enfrentado dificuldades para concluir o trabalho devido ao afastamento de servidores municipais por causa da covid-19. Mas, isso não interfere no resultado do LIRAa, que deve sair dentro 10 ou 15 dias”, completou a gerente.

Por meio do trabalho integrado com os municípios, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), tem prestado o auxílio necessário às prefeituras para o reforço do combate ao mosquito.

“Fazemos atividades com os carros fumacê em algumas localidades, os municípios realizam visitação com eliminação de criadouros e tratamento, mas, a melhor forma de se proteger contra o mosquito, é prevenir as picadas e manter a residência sempre limpa e livre de água parada”, destacou o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos.

Dados são importantes para definir medidas de prevenção e controle

De acordo com a Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde, o LIRAa é um instrumento fundamental para traçar as medidas que serão adotadas para prevenir e combater às doenças transmitidas pelo mosquito.

“Esse é o primeiro passo para traçar as ações de vigilância epidemiológica que serão realizadas ao longo do ano. É com esse raio x de como está o índice de infestação que saberemos a realidade do nosso Estado, e definir como ajudar os municípios em situação mais crítica. O foco é garantir que Roraima tenha o planejamento necessário e adequado para evitar surtos”, reforçou a coordenadora Valdirene Oliveira.

O governador Antonio Denarium reforça que a proliferação do mosquito é um problema sério, e que as pessoas devem ter o compromisso de combater junto aos municípios.

“É fundamental que as pessoas que estão em casa verifiquem o seu quintal ao menos uma vez por semana, os vasos de plantas para que não acumulem água, lavem os bebedouros de animais domésticos, como cachorro, gato ou galinha, a cada troca de água. Além disso, fechem qualquer recipiente que acumule água”, reforçou o governador.