Sábado, 22 Janeiro 2022 17:37

TESTA BRASIL, TESTA RORAIMA | Quase 700 pessoas fizeram teste para detecção de covid neste sábado Destaque

Escrito por Vânia Coelho
TESTA BRASIL, TESTA RORAIMA | Quase 700 pessoas fizeram teste para detecção de covid neste sábado Secom-RR

Roraima participou neste sábado, dia 22, da ação conjunta com o Ministério da Saúde que buscou aumentar o número de testagem para covid-19 no Estado. A ação Testa Brasil, Testa Roraima ocorreu pela manhã no Terminal de Ônibus Luiz Canuto Chaves. Foram contabilizados 654 testes. A projeção inicial era de realização de cerca 600. O resultado parcial é de 476 notificações, 180 reagentes.

O governador Antonio Denarium ficou satisfeito e falou da importância da realização da ação conjunta, Testa Brasil, Testa Roraima, com o Ministério da Saúde, o Governo de Roraima e o município de Boa Vista, uma ação com o objetivo de mobilizar a população tanto para se vacinar, como para fazer a testagem.

“Estou feliz com essa ação realizada em parceria. É importante para aquelas pessoas que testam positivo para que possam fazer o tratamento e o isolamento também. É dessa forma que estamos vencendo a guerra contra a Covid-19. O Governo do Estado tem feito um trabalho muito grande para angariar as doses de vacinas, fazer o armazenamento, a refrigeração, a distribuição para as prefeituras, e o Governo também com parceria, auxiliando as prefeituras para vacinação de toda a população”, explicou.

O chefe do Executivo ressaltou que na semana passada em Roraima, foram mais de mil pessoas testadas e confirmadas com Covid-19 e que o Governo do Estado hoje tem leitos suficientes para atender a demanda. Ele pediu que assim que a pessoa sentir os primeiros sintomas, procure um posto de saúde, e que o Hospital de Retaguarda e o Hospital Geral de Roraima são de média e alta complexidade, respectivamente, e só atendem os casos mais graves.

“Antecipamos a onda do Ômicron aqui no Estado fazendo o atendimento com a reabertura do Hospital de Retaguarda Covid-19. Solicito mais uma vez, que todas as prefeituras de Roraima, através dos postos de saúde façam o atendimento de atenção básica para que a gente não tenha casos com muita gravidade. É importante lembrar que a vacinação é de fundamental importância, inclusive pessoas que se contaminam, foi o meu caso, mas os sintomas foram leves, porque já tomei a segunda dose. E agora, no mês de fevereiro, vou tomar a dose de reforço”, disse o governador e reforçou que é um trabalho de conscientização da necessidade de vacinar contra a Covid-19. “As pessoas que têm necessidade de internação são aquelas que não tomaram nem a primeira e nem a segunda dose do imunizante”, disse.

 

Ministro da Saúde fez pronunciamento para todas as capitais da Região Norte

 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um pronunciamento de Manaus para as capitais dos demais estados da região Norte que participaram do evento.

“Em 2020, vivemos a maior emergência sanitária do mundo. A pandemia da Covid-19, que afetou fortemente o nosso Brasil e, sobretudo, a nossa querida região Norte. Todos nós sabemos o impacto que esse vírus pode causar na saúde de cada um. Nós vencemos aquele momento da grande dificuldade causado pela variante Gama, que foi identificada justamente aqui, entre nós. Hoje, um ano após, sem dúvida nós estamos mais fortes. O nosso sistema de saúde tem uma capacidade de resposta maior para atender casos graves e isso se deve ao SUS (Sistema único de Saúde) que, em 2020 e 2021, foi fortalecido, para que tivéssemos o sucesso que temos hoje. A vacinação é importante. A região Norte merece a nossa atenção especial, além de ser essa região maravilhosa e de gente maravilhosa”, disse o ministro.

Representando o ministro da Saúde, que participou da ação por videoconferência, nas sete capitais da região Norte, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou a adesão da população ao chamamento do governador Antonio Denarium e do Ministério para participar da testagem e vacinação.

O secretário conclamou a população para que tome a segunda dose da vacina e também a dose de reforço.

 “Todos nós sabemos que a vacinação é a grande arma que temos contra o vírus, daí a importância e, assim, conclamamos a população não apenas de Boa Vista, mas de Roraima, para que tome a segunda dose e, consequentemente, a sua dose de reforço, porque só assim caminharemos para a nossa pátria absolutamente vacinada”, garantiu.

A primeira-dama e secretária Extraordinária de Promoção, Desenvolvimento e Inclusão Social, Simone Denarium, participou da ação e pediu à população que procure os postos de saúde para se vacinar.

 “Parabenizo pela ação do Governo Federal em parceria com o Governo do Estado fazendo a testagem e a vacinação, porque a única forma de nós, população, podermos sair dessa pandemia, é através da vacina. Então, eu cuido de você, você cuida de mim, e nós cuidamos de todos. Esse é o compromisso do nosso governador para que as pessoas possam voltar à vida normal. Convoco as famílias para que se comprometam a levar seus filhos para tomar a primeira dose, quem não tomou a primeira dose, que tome, quem já tomou a segunda dose tome a dose de reforço e, dessa forma, venceremos a Covid -19”, frisou.

A coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira, falou que o objetivo principal, além do diagnóstico de covid-19, é o acesso da população.

“Estamos com um número de casos muito alto e muita procura pelo teste e também pela imunização. Principalmente a segunda dose, público alvo de 12 a 17 anos precisa fazer a segunda dose, a cobertura vacinal da segunda dose está muito baixa e precisamos alcançar esse público”. 

 A estudante Ana Gabriela Alves, de 20 anos, falou positivamente sobre a campanha e ressaltou a falta de conscientização de muitas pessoas.

“Eu acho muito importante essa campanha que está acontecendo, porque as pessoas ainda não têm noção de que estão com a doença e a vacinação é muito importante. Mesmo com aumento de casos, mas não está tendo aumento de mortes, justamente pela vacinação. É muito importante as pessoas terem essa consciência de que a vacina vem para ajudar e que é muito importante mesmo fazer o teste e continuar com a recomendação de usar a máscara, álcool em gel e evitar aglomerações”.

Quem também aproveitou a ação para fazer o teste foi Edson de Oliveira Ferreira, de 40 anos, que disse que estava fazendo o teste pela segunda vez porque estava com os sintomas da doença.

“Estou fazendo o teste de novo. Fiz a primeira vez e agora estou com a suspeita de Covid. A importância desse teste é que eu estou com quatro dias indo no posto de saúde e não consegui fazer um teste”, relatou.

A médica Gisele Rodrigues faz parte da coordenação do Herc (Hospital Estadual de Retaguarda Covid -19) e destacou a ação como fundamental para a população.

“Hoje estamos participando da ação do Ministério da Saúde em parceria com o Governo de Roraima para fazer o atendimento e testagem da população. Os pacientes que saem com resultado positivo nós já realizamos atendimento, fazemos a receita e as orientações e, se for necessário, fazemos os encaminhamentos para a internação no Hospital de Retaguarda Covid-19”, disse e acrescentou que tem observado que os “casos mais graves são pacientes que não aderiram à vacina”, explicou.