Terça, 28 Dezembro 2021 16:41

NOVO ESPAÇO | Governo autoriza início das obras da feira do Passarão Destaque

Escrito por Sueda Marinho
NOVO ESPAÇO | Governo autoriza início das obras da feira do Passarão Rebeca Bastos

Localizada no cruzamento entre as Avenidas Ataíde Teive e Imigrantes, no bairro Caimbé, a tradicional Feira do Passarão ganhará um novo prédio.  O governador Antonio Denarium assinou nesta terça feira, 28, a ordem de serviço que dá  o ponta pé inicial para construção de um sonho antigo dos roraimenses.

O novo prédio passará a se chamar Feira do Passarão Governador Ottomar de Souza Pinto. “ Vai surgir uma Feira mais bonita e  moderna, que vai atender melhor os produtores, e os consumidores que compram os alimentos no local. E os agricultores familiares poderão vender os produtos diretamente na banca. São centenas de produtores que contarão com uma infraestrutura de qualidade”, destacou o governador Antonio Denarium.

A obra conta com emenda parlamentar do deputado federal Hiran Gonçalves, no valor de R$ 3 milhões e contrapartida do Governo de Roraima na ordem de R$ 4,5 milhões.

Conforme o deputado é uma obra muito aguardada pelos feirantes, que trabalhavam sem conformidade com as regras sanitárias. “Será uma feira modelo. Nós vamos dar espaço para a agricultura familiar e dar segurança sanitária para os feirantes trabalharem”, afirmou  Hiran. 

ESTRUTURA MODERNA

Todo o projeto arquitetônico foi idealizado em conjunto com os feirantes e será coordenado pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura do Estado). O projeto faz parte do pacote "Aqui Tem Obra" e custará ao todo R$ 7,5 milhões.

A construção será realizada pela empresa Alpha Engenharia, com prazo de execução de 180 dias. “A Seinf precisou reformular o projeto e vai nascer um novo prédio mais  dinâmico e ventilado com áreas específicas para os vendedores de peixe, de aves. Então será uma estrutura mais adequada para atender as necessidades de cada comerciante”, destacou o secretário de Infraestrutura, Edilson Damião.

A área construída será de 2.498,73m², com capacidade para comportar até 125 feirantes, divididos em boxes de dimensões variáveis para comportar as necessidades de cada tipo de produtos/serviços oferecidos.

Possuem também espaços para quatro câmaras frias, áreas administrativas, área de apoio, sala multiuso, banheiros comuns, banheiros com acessibilidade, estacionamento para carros, motos e bicicletário com vagas para idosos e pessoas com necessidades especiais.

E ainda, rampa de acesso, piso tátil direcional e de alerta perceptível por pessoas com deficiência visual, mapa tátil em todas as portas de acesso público do prédio.

FEIRANTES

A história da Feira se mistura com a história de vida de muitos feirantes, como é o caso da dona Maria Auxiladora, de 72 anos.  Ela vende farinha e feijão há 26 na Feira do Passarão, e não pensa em parar de trabalhar tão cedo.

“Criei minha filha com o sustento da feira e até hoje sobrevivo do que vendo aqui. Fiquei muito feliz em saber que a Feira será reformada pelo governador. É um sonho que vira realidade”, afirmou.