Sexta, 24 Dezembro 2021 15:03

Fruticultura movimenta cerca de R$ 7 milhões em Roraima em 2021 Destaque

Escrito por Elias Venâncio
Fruticultura movimenta cerca de R$ 7 milhões em Roraima em 2021 Ascom/Aderr

A produção de frutas vindas da agricultura familiar e comercial em Roraima movimentou cerca de R$ 7 milhões no Estado, em 2021. O controle de trânsito feito pela Aderr (Agência de Defesa Agropecuária) foi decisivo para a prevenção e para evitar a disseminação de pragas e doenças causadoras de prejuízos na fruticultura. São ações importantes para abrir, no futuro, acesso aos mercados nacionais e até internacionais.

Essa movimentação financeira foi possível graças à instituição da portaria nº 1482, de 19 de julho de 2021, pelo Governo do Estado, por intermédio da Aderr, dando condições aos produtores rurais de Roraima de negociarem sua produção na Capital, gerando renda para muitas famílias e dando para os consumidores opções de preço e de escolha dos produtos.

Laranja, limão, tangerina, pimenta e manga, que são frutas hospedeiras da mosca da carambola, geraram mais de 100 mil quilos desses alimentos, que puderam chegar às prateleiras dos supermercados e à mesa dos consumidores com a garantia de sanidade chancelada pela Aderr.

A portaria de número 1.482 é considerada um novo marco para a fruticultura do Estado, pois permite a expansão dos produtos, que têm volume de produção alto, mas por conta das barreiras impostas pelo controle da mosca da carambola, não conseguem chegar aos mercados e aos consumidores.

O governador Antonio Denarium destacou que a movimentação de R$ 7 milhões na fruticultura de Roraima é resultado das ações realizadas com o objetivo de garantir o escoamento de frutos com sanidade garantida pela fiscalização da Aderr.

“Mesmo em meio à nossa luta contra a mosca da carambola, conseguimos abrir esse mercado, que há tanto tempo estava impossibilitado de se desenvolver. Assim, podemos fomentar a economia local e dar condições para melhorar a vida de centenas de roraimenses”, disse o governador Denarium.

BALANÇO DAS AÇÕES FEITAS PELA ADERR

Fiscalização em postos móveis e fixos 416.628, apreensões realizadas (Kg) 3.300,7, fiscalização e emissão de permissão de trânsito vegetal 213, número de unidade de produção e consolidação registradas para exportação 129, produtos exportados, em toneladas, a partir da Permissão de Trânsito Vegetal (PTV’s) emitidas 2.938,9, número de armadilhas monitoradas 4.793, número de PTV’s vistoriadas na entrada do Estado 383, produtos importados, em toneladas, vistoriadas a partir de PTV’S 626,3.

Vale ressaltar, conforme disse o presidente da Aderr, Kelton Lopes, que as ações de combate à mosca da carambola estão sendo realizados por equipes da Agência em todos os Municípios, inclusive apoiando o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) nas ações na Guiana, país ao leste de Roraima.

Marcelo Parisi, diretor de Defesa Vegetal da Aderr, destacou o empenho dos fiscais agropecuários em executar as ações, que foram importantes para que a fruticultura de Roraima conseguisse movimentar o valor que obteve em 2021. "A tendência é 2022 dobrar esses R$ 7 milhões", projetou.