Imprimir esta página
Quinta, 23 Dezembro 2021 13:38

DÍVIDA DA GESTÃO ANTERIOR | Governador anuncia pagamento de mais de R$ 15 milhões para o transporte escolar Destaque

Escrito por Leandro Freitas e Mágida Azulay Kathab
DÍVIDA DA GESTÃO ANTERIOR | Governador anuncia pagamento de mais de R$ 15 milhões para o transporte escolar William Roth

Trinta e três empresários que prestavam serviço de transporte escolar para alunos da rede estadual de ensino no interior do Estado vão receber mais de R$ 15 milhões referentes à dívida de transporte escolar deixadas em 2018 pela antiga gestão do Governo de Roraima.

O anúncio foi feito pelo governador Antonio Denarium na manhã desta quinta-feira, 23, no Palácio Senador Hélio Campos. Os valores individuais por empresa devem ser creditados em conta até o dia 31 de dezembro.

“Estamos regularizando os pagamentos deixados pela gestão anterior. Foi um processo burocrático, mas com austeridade nas contas públicas, conseguimos honrar a dívida com esses empresários que trabalharam transportando nossos alunos pelas vicinais do interior”, disse Denarium.

Estão sendo pagas todas as notas fiscais referentes ao período de 2018. Na gestão do governador Denarium, que iniciou em 11 de dezembro de 2018 como interventor federal, o transporte escolar recebeu os valores devidos pela prestação do serviço de um contrato emergencial, não havendo dívida da atual gestão de Governo.

Para o empresário Expedito Figueiredo, esse pagamento representa uma vitória para a categoria. “Desde o governo passado estávamos tentando receber pelo nosso serviço prestado. Trabalhamos e não recebemos. Somente agora com o governador [Denarium] vamos conseguir receber o dinheiro”, disse.

A secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, destacou o esforço da atual gestão para saldar dívidas deixadas pelas gestões anteriores.

"O governador Antonio Denarium está ajustando as contas públicas. Hoje vivenciamos um novo cenário econômico no Estado e com isso está sendo possível pagar dívidas antigas, seja com os prestadores de serviço seja com progressões devidas aos professores", destacou Leila Perussolo.

PANDEMIA

Com a pandemia de covid-19 e consequente suspensão do ensino presencial, o transporte escolar foi essencial para que o conteúdo didático chegassem aos alunos que continuaram os estudos de casa.

O serviço de transporte escolar foi flexibilizado de forma excepcional para atender os estudantes na oferta do ensino remoto.