Quarta, 15 Dezembro 2021 19:03

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL | Governo quer ampliar educação permanente para profissionais de saúde Destaque

Escrito por Lucas Sechi
QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL | Governo quer ampliar educação permanente para profissionais de saúde Ascom/Sesau

A qualidade do serviço prestado à população, desde a porta de entrada até conclusão do atendimento nas unidades de saúde depende da capacitação efetiva dos profissionais. E uma das ferramentas adotadas pelo Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Saúde para manter essa qualidade é a educação permanente em saúde, que capacitou em diversas áreas nos últimos três anos, 2.483 profissionais na Maternidade e 2.529 no Hospital Geral de Roraima, unidades com NEP (Núcleo de Educação Permanente) instituídos há mais tempo.

Com foco na ampliação dessa área, foi realizada, nesta quarta-feira, 15, a Oficina de Educação Permanente em Saúde, entre profissionais da capital e do interior. Por meio da oficina, ministrada pelo Departamento de Gestão de Educação da Saúde do Estado, foram avaliadas de forma conjunta as atividades realizadas pelos NEP’s durante a pandemia e ressaltada a importância da atuação destes setores na melhoria dos serviços.

“É preciso que os nossos Hospitais tenham um corpo profissional preparado para lidar com os problemas que possam surgir durante os processos de trabalho. Então, essa oficina é importante para aprimorar tanto a qualidade no atendimento quanto para reformular a educação permanente dentro do nosso planejamento, uma vez que os servidores que colocam a mão na massa é quem estão sendo escutados e o retorno deles é fundamental para trabalharmos em melhorias”, detalhou o governador Antonio Denarium.

Participaram da oficina, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, Conselho Estadual de Saúde, setores de Educação Permanente do Hospital Geral de Roraima, Hospital Materno Infantil e Hemoraima, Departamento de Gestão de Educação da Saúde de Boa Vista, além de profissionais de saúde que atuam nos Hospitais do Amajari, Mucajai, Alto alegre, Pacaraima, Normandia, Caroebe, Bonfim, Caracaraí, e Núcleo de Educação Permanente do SAMU.

“Foi uma orientação do próprio Ministério da Saúde, proporcionarmos este encontro. Então, nós estamos realizando com foco no planejamento de criação de mais NEP’s. Um planejamento que também vai continuar até o ano que vem, quando realizaremos um novo encontro, para avaliar novamente o desenvolvimento da criação desses novos núcleos”, disse a diretora do Departamento de Gestão de Educação da Saúde do Estado, Márcia Máximo.

A representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, Laura Gonçalves, destaca que a parceria entre Estado e municípios, a exemplo da troca de experiências na oficina, faz jus a Política Nacional de Educação Permanente é crucial para a implementação de novos NEP’s em outros municípios.

“A gente observa que todos os municípios estão muito inteirados nas capacitações em saúde, mas que ainda há uma deficiência no registro dessas ações, isto é, torná-las mais transparentes e isso por meio da implementação de um sistema que reúna esses registros e proporcione a divulgação, para que se torne mais prático o momento de planejar novas qualificações. E essa reunião é um importante passo para essa implementação”, destacou.

O secretário de Saúde, Leocádio Vaconcelos, pontua que a Educação Permanente além de prevenir problemas e qualificar a prestação de serviços, reforça o atendimento humanizado.

“A população pode esperar um trabalhador da saúde com melhor formação, que tem mais segurança na execução do seu trabalho sendo amplamente capaz de prestar a assistência necessária para o paciente, com toda a dedicação e cuidado que deve prestar a população que recorre. Essa é a meta que nós estamos cumprindo em Roraima”, disse o secretário.