Domingo, 02 Mai 2021 23:59

MAIS SAÚDE | Governo inaugura a Maternidade de Rorainópolis esta semana Destaque

Escrito por Vânia Coelho
MAIS SAÚDE | Governo inaugura a Maternidade de Rorainópolis esta semana Secom-RR

Durante entrevista ao programa Agenda da Semana, na Rádio Folha 100.3 FM, na manhã deste domingo, 2, o governador Antonio Denarium, dentre vários assuntos discutidos, anunciou a inauguração da Maternidade do município de Rorainópolis.

“Estarei na próxima sexta-feira, dia 7, em Rorainópolis, para inaugurar a Maternidade que vai atender a toda a população da região Sul de Roraima. A unidade terá disponibilidade inicial de 40 leitos, com a expectativa de trabalhar com o funcionamento de até 60, e a realização de 10 a 15 partos por dia”, afirmou.

A construção da maternidade faz parte da ampliação do Hospital Regional Sul Ottomar de Sousa Pinto. O local terá cerca de 80 leitos, dois consultórios, sala de ultrassom, sala de tomografia e dois centros cirúrgicos. Os recursos para essa obra são de R$ 3,8 milhões, de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai.

Denarium ressaltou que, também no município de Rorainópolis, está em construção o CEM (Centro de Especialidades Médicas).

Com o término da obra, os moradores de Rorainópolis e demais municípios da região terão mais acesso a serviços médicos especializados, como ortopedia, ginecologia, urologia, otorrino, ultrassonografia, eletrocardiograma e oftalmologia.

Além dos sete consultórios especializados, o CEM tem ainda salas administrativas, banheiros, sala de utilidades, copa, atendimento, entre outros. O investimento na obra é de R$ 1 milhão, também de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai.

Ainda de acordo com o chefe do Executivo, a construção do Centro de Especialidades Médicas vai evitar que a população se desloque mais de 300 quilômetros para uma consulta com especialista na capital Boa Vista.

A Maternidade e o CEM são obras realizadas por meio de convênio com o Ministério da Saúde.

Governador destaca reconstrução da rede pública de saúde

“Estou reconstruindo a saúde do zero e espero conseguir deixar para os roraimenses o melhor resultado desse trabalho que fazemos para beneficiar a população. Temos um Governo honesto que aplica corretamente os recursos públicos, e os benefícios estão chegando para a população”, ressaltou.

Esses benefícios, segundo Antonio Denarium, estão chegando a todos os municípios. Ele disse que o trabalho de recuperação de unidades de saúde se estenderá para todas as localidades, com o objetivo de atender com dignidade aos moradores.

“O hospital de Bonfim está sendo reformado, o que também acontecerá com os hospitais de Mucajaí e Pacaraima. Em Caroebe, a unidade foi inaugurada no final do ano passado”, disse.

Durante a entrevista, o governador destacou ainda a reforma feita no Hemocentro de Roraima, a inauguração do Hospital de Amor, que deve acontecer em breve, a inauguração do Bloco E do HGR (Hospital Geral de Roraima), cujo projeto estava incompleto e a obra foi retomada em sua gestão.

“Tivemos que contratar outra empresa, refazer o projeto que estava incompleto. Não tinha rampas, tubulação de oxigênio, entre outros problemas detectados. Temos a previsão de conclusão até o mês de junho. Tenho que arrumar a saúde. Toda a população depende da saúde, tenho consciência disso”, garantiu.

Outros investimentos

O governador ressaltou o trabalho que vem realizando em todos os municípios em infraestrutura, educação, agricultura, saúde, e bem-estar social. “O governo está investindo em todos os municípios. Estamos de portas abertas para atender a todos e levar melhorias à população independente de questões ideológicas”,disse.

No município de Cantá, quase 50 pontes foram reconstruídas e 300 quilômetros de vicinais foram recuperados.  

Em Mucajaí, os trabalhos também estão acontecendo. Na construção de pontes e recuperação de estradas vicinais e na educação. A RR-325 foi totalmente revitalizada, poços artesianos estão sendo perfurados e, nos próximos dias, começam os trabalhos de reforma das escolas do Roxinho, Apiaú, Penha e Vila Nova.

“Iniciaremos também a reforma do hospital de Mucajaí. Além disso, foram entregues mais de duas mil cestas básicas para famílias da sede e das vilas Apiaú, Penha, Roxinho e Tamandaré”, destacou Denarium.

Em Caracaraí serão asfaltadas 15 ruas da sede. O Governo está recuperando vicinais, construindo pontes e vai concluir o asfaltamento da vicinal do Itã até chegar à BR 432. Além disso, vai assinar um convênio com a Prefeitura para limpeza urbana da sede. Também foi realizada a instalação de lâmpadas de led em Vista Alegre e Vila Petrolina.

As obras não param. No município de Iracema, estão sendo recuperadas estradas vicinais e a via de acesso à Vila de Campos Novos receberá asfalto. 

No município de Caroebe, o governador esteve três vezes este ano. Lá, foram entregues 50 mil mudas de cacau para a agricultura familiar e, no próximo ano, serão entregues mais 500 mil mudas aos produtores. “Vamos asfaltar a estrada de Caroebe a Entre Rios”.

Em São João de Baliza, o Governo vai construir a orla e, nos próximos dias, começam os trabalhos de reforma de escolas, conclusão do asfalto de Baliza até Nova Colina e asfaltamento da vicinal 28, com emendas do deputado federal Jhonatan de Jesus e do senador Messias de Jesus.

Já em São Luiz, a BR-210 está sendo totalmente revitalizada pelo Governo com a construção de canteiro central e de uma passarela. Além disso, estão sendo realizadas obras recuperação de vicinais e uma escola já foi inaugurada. “O Governo do Estado tem investimento em todos os municípios”, afirmou o governador. 

Ele ressaltou o trabalho de revitalização de escolas que vem ocorrendo em sua gestão. “São 383 escolas em todo o Estado, destas, 260 são escolas indígenas. O trabalho de revitalização de escolas vai continuar em todas as localidades e na capital”.

São 55 novos ônibus escolares, 40 mil novas carteiras escolares, 1.792 aparelhos de ar-condicionado, entre outros itens.

A atenção aos mais necessitados é uma marca da gestão. Estão sendo distribuídas 300 mil cestas básicas, atendendo 35 mil famílias na capital e 15 mil no interior, e o objetivo é ampliar ainda mais.