Terça, 28 Mai 2019 17:56

AÇÕES SOCIAIS | Conscientização ambiental é mote de programa da Caer Destaque

Escrito por ASCOM/CAER

A conscientização com o meio ambiente vem crescendo e em Roraima, a cada ação promovida pela Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), aumenta cada vez mais o número de voluntários. Desde 2015, a Caer promove o programa “Caer Socioambiental”, com sete projetos voltados para a área da educação contribuindo para o desenvolvimento sustentável da empresa e despertando a sensibilização na sociedade.

Os projetos têm como público alvo crianças, jovens e adultos e todos falam sobre a importância da preservação dos recursos hídricos e meio ambiente. “Nosso setor é estratégico para a tomada de decisões para as políticas de saneamento, por meio de seus projetos e campanhas que engajam milhares de pessoas durante o ano. De 2015 a 2018, foram mais de 28 mil pessoas envolvidas nas ações. Nos primeiros meses de 2019, as ações se intensificam cada vez mais”, garantiu a chefe do Núcleo de Meio Ambiente, Airlene Carvalho.

PROJETOS

São sete projetos educativos, o Caer nos Rios, Caer de Olho no Óleo, Caer Educação Ambiental, Reúse, Bairro Sustentável, Adote um Caneco e Caminhada Ecológica. O Caer Socioambiental desenvolve uma série de atividades, como a mobilização e reuniões com os parceiros para planejamento de ações socioambientais e avaliações dos projetos realizados, campanhas educativas, palestras nas escolas e nas instituições de ensino superior sobre o uso adequado da rede de esgoto e o uso sustentável da água, visitas guiadas de alunos na Estação de Tratamento de Água e na Estação de Tratamento de Esgoto, viagens técnicas para ajudar os gestores municipais a implantarem a coleta seletiva de resíduos sólidos nos municípios e palestras de educação ambiental para uso sustentável da água e proteção dos mananciais para evitar a poluição.

Os resultados são positivos. Por exemplo, no domingo, 26, durante a XXI edição do Caer nos Rios, que contou com mais de 100 voluntários, cerca de 500kg de resíduos foram recolhidos nas margens do rio Branco, mesmo com o aumento expressivo do volume de águas do rio.

VETERANO - O colaborador Dagmar Ramalho (in memorian) foi o pioneiro dessas ações na Caer. Ele atuou por quase 30 anos na empresa, com destaque em projetos desenvolvidos na conscientização do uso racional da água. Ramalho levava conhecimentos aos estudantes de todas as idades, com orientações sobre como preservar os mananciais, rios e igarapés, além de dicas de economia de água em casa.