Quarta, 20 Outubro 2021 09:34

INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA Governo moderniza sistemas e adquire novo parque tecnológico Destaque

Escrito por Gilvan Costa e Ayan Ariel
INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA  Governo moderniza sistemas e adquire novo parque tecnológico Neto Figueredo

O Governo de Roraima adquiriu um novo Data Center, que vai dar mais agilidade e segurança aos sistemas de informação utilizados pelos órgãos de governo. O equipamento chegou a Boa Vista e está em processo de montagem.

O secretário adjunto do Centro de Tecnologia e Informação Fazendária da Sefaz (Cetif/Sefaz) destaca que o novo equipamento, que foi adquirido com recursos próprios do Estado, vai dar mais capacidade de processamento e armazenamento de informações, melhorando todos os serviços, seja para os órgãos de Governo, seja para os contribuintes.

“Aqui dentro desse equipamento vão ficar abrigados todos os nossos servidores, os dados da Sefaz e de todas as secretarias do Estado. Com isso, a gente tem segurança, porque esse equipamento conta com  fornecimento de energia próprio, climatização adequada, segurança física, e vai ser monitorado 24 horas por dia, sete dias por semana”, explica.

O governador Antonio Denarium afirma que está trabalhando no processo de transformação digital do Estado e a aquisição desse data Center faz parte de uma estrutura muito maior para transformar todo o sistema de tecnologia da informação em Roraima.

“Também estamos investindo no desenvolvimento de novos sistemas, que vão fazer com que o cidadão tenha comodidade de poder, de onde ele estiver, da sua casa, sendo aqui da capital ou do interior do Estado, acessar os serviços do Estado, do seu computador, do seu smartphone e, com isso, ter mais agilidade. Somos um governo transparente e quem mais se beneficia com isso é o cidadão”, disse.

Mais investimentos

O Governo do Estado está fazendo a atualização de vários contratos ligados à área de Tecnologia da Informação, o que inclui serviços de internet, impressão, além de sistemas de Tributação, Gestão de Recursos Humanos e Folha de Pagamento, o que trará uma economia considerável para os cofres públicos e modernizará a gestão.

Conforme explica o secretário adjunto do Cetif/Sefaz (Centro de Tecnologia e Informação Fazendária), Kleber da Silva Lyra, em maio de 2021, o governador Antonio Denarium autorizou um pacote de investimentos para a modernização do Sistema Tributário do Estado e para o Sistema de Planejamento, Orçamentário, Contábil e Finanças estadual.

“Este investimento visa aumentar a qualidade dos serviços da Secretaria, tendo como alvo a melhoria da arrecadação estadual, além de dar maior celeridade e transparência aos mecanismos do Estado. A necessidade de investimentos e modernização foi alvo de recomendações quando da auditoria realizada pela CGU [Controladoria Geral da União], em dezembro de 2018, na intervenção federal sofrida pelo Estado”, afirma.

O secretário Marcos Jorge informou que a Sefaz (Secretaria Estadual da Fazenda) procedeu à contratação de uma fábrica de Software que desenvolverá o novo Sistema Tributário, já que o atual foi elaborado há mais de 20 anos e necessita ser remodelado para dar melhor qualidade ao trabalho da secretaria.

“A expectativa é que o novo Sistema Tributário possibilite aumento de arrecadação apenas ampliando os meios de controle e fiscalização. Além de levar mais funcionalidades aos contribuintes, diminuindo, à medida que o sistema for desenvolvido, a necessidade do contribuinte  ir presencialmente à Sefaz para acessar muitos serviços”, garante o secretário.

Este mesmo contrato também servirá às melhorias e necessidades de manutenção do sistema Fiplan, responsável pela gestão do Planejamento, Orçamento, Finanças e Contabilidade de todos os órgãos em nível de Governo Estadual, inclusive, com adequações ao SIAFIC, que institui o sistema Fiplan como sistema único para todos os órgãos.

Outra contratação importante para o estado e que foi alvo de recomendação da auditoria da CGU, é o sistema de Gestão de Recursos Humanos e Folha de Pagamento. O estado de Roraima, através de um acordo de cooperação firmado com o estado de Santa Catarina, recebeu o SIGRH, sistema que modernizará a gestão dos servidores no Estado.

“O Estado de Santa Catarina nos doou um sistema que custou mais de R$ 15 milhões para ser desenvolvido e veio de graça para a gente. Com isto, cabe ao estado de Roraima arcar com as despesas de implantação, treinamento e adaptação do sistema. Por conta disso, foi lançado um edital para a contratação de uma empresa para realização deste trabalho junto à Segad”, afirma Marcos Jorge.

Recentemente, a Sefaz licitou um novo link de Internet, que vai dobrar a velocidade contratada, passando de 512Mbit/s para 1Gbit/s, agregando o serviço de segurança DDoS.

“Como a licitação foi bem disputada, passaremos de um contrato atual que custa R$ 1,44 milhão anual para um novo contrato de R$ 60 mil anuais. Este link vai atender não somente às necessidades da Sefaz, como também a todas as secretarias do Governo”, explica Kleber Lyra.

Outra mudança foi com relação ao serviço de impressão. No início da gestão do governador Antonio Denarium, a Sefaz tinha um contrato que custava mensalmente R$ 55 mil. Foi feito um processo licitatório e, atualmente, este serviço custa em torno de R$ 11 mil mensais.“Todos os nossos contratos são firmados com uma gestão austera e transparente, sempre visando o atendimento da necessidade com eficiência e economicidade, sem abrir mão de qualidade”, finaliza Marcos Jorge.

A Sefaz adquiriu também 212 computadores para renovar todo o seu parque tecnológico da sede e das unidades do Interior.

"Nosso parque tecnológico há anos não recebia investimentos e isso se refletia no rendimento do trabalho dos nossos servidores e até no atendimento ao público. Com esta renovação, conseguimos dar melhores condições de trabalho aos nossos servidores e entregar um melhor atendimento para os contribuintes”, disse o secretário Marcos Jorge.

Outro investimento importante é a aquisição de um veículo tipo scanner, para ser utilizado no Posto Fiscal do Jundiá, como forma de facilitar a fiscalização dos veículos de passageiros e de cargas, que entram e saem através da divisa com o estado do Amazonas.

“O equipamento vai fortalecer o combate ao descaminho e ao contrabando, entre outros crimes, garantindo mais segurança e benefícios para a arrecadação estadual, e também vai diminuir o tempo de fiscalização de cada veículo que passa por lá”, explicou o governador.