Notice: Trying to get property 'component' of non-object in /var/www/html/portal/plugins/content/jdsocialshare/jdsocialshare.php on line 348

Notice: Trying to get property 'component' of non-object in /var/www/html/portal/plugins/content/jdsocialshare/jdsocialshare.php on line 355

Notice: Trying to get property 'component' of non-object in /var/www/html/portal/plugins/content/jdsocialshare/jdsocialshare.php on line 357

Notice: Trying to get property 'component' of non-object in /var/www/html/portal/plugins/content/jdsocialshare/jdsocialshare.php on line 357
Sábado, 17 Agosto 2019 09:29

QUALIFICAÇÃO | Maternidade Nossa Senhora de Nazareth realiza Curso de Reanimação Neonatal Destaque

Escrito por ANGELINA MENDONÇA

A Sesau (Secretaria da Saúde) realizou, por meio do HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), durante toda esta sexta-feira,16, o Curso de Reanimação Neonatal para profissionais da Maternidade. A qualificação foi ministrada pela diretora do HMI, pediatra Adriana Casselli de Abreu, no auditório da unidade.

 

A realização deste curso para os profissionais de saúde do Hospital Materno Infantil torna-se necessária tendo em vista ser a única maternidade da rede pública do Estado de Roraima, que também atende à população de países fronteiriços, como a Venezuela e a República da Guiana. 

 

Esse contexto implica uma elevada demanda de partos no HMI, que criou o Programa de Capacitações para os Servidores da Saúde, que traz como Slogan, Educação Continuada em Reanimação Neonatal e as Boas Práticas de Assistência ao Parto e Nascimento.

 

Todos os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da Maternidade já realizaram esse treinamento, mas, de acordo com demanda crescente no Estado, estão recebendo o aprimoramento.    

 

Os dados mais recentes mostram que, referente ao mês de janeiro deste ano, foram registrados mil partos, dos quais, 100 foram de recém-nascidos pré-termos, ou seja, com menos de 37 semanas de idade gestacional - 36 semanas e 6 dias ou menos - abaixo dos 9 meses.

 

Diante do grande número de prematuros na única Maternidade pública do Estado, a Direção do Hospital sentiu a necessidade de capacitar ainda mais a equipe em reanimação, devido à necessidade de prevenção imediata na assistência, a fim de reduzir números de morbidade e mortalidade infantil.

 

De acordo com a diretora Adriana Casselli, o Curso de Reanimação Neonatal se tornou necessário para os profissionais do HMI. “Este assunto é bem delicado, requer bastante cuidado e uma atenção especializada dos profissionais dessa unidade hospitalar. É preciso fazer essa política no combate da mortalidade infantil. Dentro da mortalidade infantil, a mortalidade neonatal é a mais frequente e é a nossa realidade na Maternidade, em termos de nascimentos, porque hoje estamos realizando cerca de mil partos por mês”, explicou.

 

A iniciativa é uma ação conjunta da Sesau, por meio da gestão do Hospital Materno Infantil, com a Sociedade Brasileira de Pediatria, para realização contínua de atividades como esta de aprimoramento de conhecimentos do profissional de saúde na reanimação neonatal e demais cursos que serão ministrados, de acordo com a necessidade e o cronograma do HMI.

 

Adriana Caselli ressalta que, com o advento da imigração venezuelana, as mães vindas do país vizinho chegam à unidade sem terem realizado o pré-natal, sem terem utilizado vitaminas que previnem a má formação congênita, como o ácido fólico, por exemplo, muitos são os casos graves que a Maternidade tem recebido nos últimos anos. As gestantes atendidas no HMI são, quase na totalidade, pacientes de alto risco.

 

Atualmente, a unidade conta com 1.233 funcionários, sendo 888 servidores efetivos, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, residentes médicos e auxiliares de enfermagem.

 

Depois deste treinamento com os profissionais do HMI, já existe uma programação voltada para outros servidores da Saúde de Roraima.

 

METAS DO MILÊNIO - O Curso de Reanimação Neonatal está entre as dez ações do milênio no combate da mortalidade infantil no Estado.  A atividade é uma determinação do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria, por ser o HMI uma unidade de saúde referenciada pela Academia Americana de Pediatria, que preconiza a atualização das técnicas de procedência neonatal a cada cinco anos.

 

A última especialização realizada na Unidade foi em 2016. Hoje a Maternidade já conta com vários pediatras que são instrutores e levantam a bandeira do combate e luta pela diminuição da mortalidade infantil.