GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA

Postado em: Educação - 10/08/2017 às 18:20
  • DIA DO ESTUDANTE
    Repórter: OZIELI FERREIRA | Edição: SECOM RR | Foto: Ascom Seed



     

     

     

     

     

     

     

     

    Para celebrar o Dia do Estudante nesta sexta-feira, 11, as escolas da rede estadual promovem atividades especiais. Serão realizadas ações descontraídas e recreativas com o objetivo de entreter e ao mesmo tempo, proporcionar a reflexão dos estudantes, relembrando-os sobre o significado da data.

     

    Na escola Conceição da Costa e Silva, no bairro Hélio Campos, os professores iniciaram na semana passada, um projeto interdisciplinar que vai culminar com a Gincana do Dia do Estudante nesta sexta-feira.

     

    “O objetivo é socializar e integrar tanto os alunos quanto os professores”, disse a professora Mirna Romeiro, responsável pela atividade junto com a professora Ellen Feijó. A gincana começa às 8 horas e envolverá 720 estudantes dos períodos matutino e vespertino.

     

    A escola Professora Maria Nilce Macedo Brandão, no bairro Cauamé, escolheu a data para premiar os Alunos Nota 10 e Aluno Evolução. “São 17 estudantes do 6º ao 9º ano que receberão premiação pelo seu desempenho escolar”, disse a gestora da unidade, Conceição Nascimento.

     

    A programação, bem diversificada, começa na sexta-feira e encerra no sábado à tarde. “Convidamos os pais dos alunos e comunidade para estarem na escola também”, comentou.

     

    Os estudantes da escola Euclides da Cunha, no Centro, já vêm participando da “II Gincana Discipulus”, desde o dia 17 de julho. A programação finaliza amanhã. “São 20 turmas envolvidas. Todos os dias elas têm provas, inclusive de inclusão social para que todos participem”, disse a gestora Wuisilene Rufino. Ela ressaltou que a ideia é comemorar a data e enfatizar os valores de amizade, respeito, cooperação e trabalho em equipe.

     

     

    Investimentos na Educação - A rede estadual conta com 380 escolas e atende 70.284 alunos, sendo 37.403 só na capital, conforme o Censo Escolar 2016. Para que eles tenham ensino de qualidade e ambiente agradável para estudar, a Seed (Secretaria Estadual de Educação e Desporto) tem investido recursos na compra de merenda escolar, revitalização das escolas, climatização das salas de aula e renovação de mobiliário.

     

    Este ano já foram investidos R$ 37.639.577,87 na aquisição de gêneros da alimentação escolar, com um cardápio de 50 itens. Para a agricultura familiar foi investido R$ 12.927.063,18, para compra de 27 produtos.

     

    O investimento se estende também à estrutura física das escolas. No primeiro semestre deste ano, cinco unidades foram reinauguradas, todas do Interior do Estado. São elas: Escola Estadual Ovídio Dias de Souza (Amajari); Presidente Castelo Branco (Caracaraí); escola Estadual Indígena Padre José Allamano (Uiramutã); escola Estadual Indígena Tuxaua Pedro Barbosa (Uiramutã); escola Estadual Wenceslau Catossi (Mucajaí).

     

    Mais cinco estão em fase de conclusão dos serviços e serão reinauguradas em breve: escola Estadual Jesus Nazareno de Souza Cruz (Boa Vista); escola Estadual Leopoldo Campelo (Jundiá/Rorainópolis); estadual Indígena José Viriato (Normandia); escola Estadual Roraima (Caracaraí) e Centro de Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP-DV).

     

    Dentro de sala de aula, os mobiliários estão sendo renovados. A renovação inclui a troca de carteiras para estudantes, mesas para professores e mesas e bancos para refeitórios, todos feitos em madeira de lei para garantir mais conforto e durabilidade, sendo adquiridos no Estado para fomentar e valorizar o mercado local.

     

    O investimento feito foi de R$ 2.159.496. As carteiras já começaram a ser entregues. A Seed também já entregou para as unidades, 510 centrais de refrigeração e 130 bebedouros industriais. Para auxiliar no preparado da merenda, foram entregues 50 fogões industriais e 80 freezers.

     

    “Além disso, a Seed vem promovendo a valorização dos profissionais do magistério, o que reflete diretamente na qualidade do ensino, com o enquadramento dos servidores, pagamento de progressões e proporcionando toda a logística necessária para que haja um acompanhamento pedagógico junto às escolas”, destacou o secretário de Educação de Desporto, Jules Rimet de Souza Cruz Soares.