A Seed (Secretaria de Educação e Desporto) promoverá uma capacitação com início nesta semana e segue até outubro, para os servidores que atuam nas escolas do interior do Estado. O primeiro encontro ocorrerá nesta quarta-feira, 13, das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Univirr (Universidade Virtual de Roraima) do Pricumã, em Boa Vista.

Participarão professores que atuam em turmas de aceleração, secretários escolares, auxiliares de secretaria escolar, professores de Língua Portuguesa, gestores escolares e orientadores educacionais dos municípios de Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Uiramutã, Mucajaí, Iracema e Pacaraima.

“Por conta da locomoção e outros fatores, os profissionais do interior não podem participar das formações quando são proporcionadas para os servidores da capital. Por conta disso, estamos ofertando esses cursos exclusivamente para eles”, explicou a diretora do DGE (Departamento da Gestão Educacional), Milena Souza.

Serão ofertados os cursos de “Correção de Fluxo”, “Secretaria Escolar: teorias e práticas”, “Olimpíada de Língua Portuguesa”, “Gestão escolar: os desafios e possibilidades da prática” e “Prática de orientação educacional no cotidiano escolar”.

“É importante que os profissionais participem efetivamente das formações, pois são necessárias para o crescimento profissional, para o andamento da escola e melhoria do ensino-aprendizagem, além da oportunidade de adquirirem novos conhecimentos”, ressaltou Milena.

CARACARAÍ - No segundo momento, serão atendidos os secretários escolares e auxiliares de secretaria no Polo de Caracaraí, ou seja, o encontro ocorrerá no município e atenderá também os profissionais de Iracema.

A capacitação está programada para ocorrer nos períodos de 13 a 17 de agosto, 03 e 04, 24 a 27 de setembro e 02 a 04 de outubro, com encerramento no CEFORR (Centro Estadual de Formação dos Profissionais da Educação de Roraima), que fará, além da capacitação, a certificação dos participantes.

Posteriormente, os profissionais que atuam nos demais municípios também serão atendidos. O cronograma das demais capacitações será elaborado pelo DGE, em parceria com o Ceforr, e amplamente divulgado.

Publicado em DESTAQUES

A ideia de descentralizar os serviços públicos tem dado certo e a prova disso são os 150 atendimentos diários na Casa do Cidadão, que fica na zona Oeste de Boa Vista.

Atualmente a unidade oferece emissão de Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, marcação de exames por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) e atendimento da Defensoria Pública, sendo uma opção para as pessoas que moram mais afastadas do Centro da Capital.

Localizada no bairro Senador Hélio Campos, a Casa do Cidadão alcança principalmente os moradores dos bairros Santa Luzia, São Bento, Conjunto Cidadão, Cruviana e Silvio Botelho.

Conforme explicou o diretor da unidade, Shaolyn Gomes, a ideia é levar os serviços para mais perto das pessoas. “Dessa forma, as pessoas não precisam gastar tanto com transporte e evitam transtornos como ter que sair muito cedo de casa e enfrentar filas”, disse.

Ele acredita que os mais beneficiados serão as pessoas idosas ou com deficiência. “Esse é o público que mais enfrenta problemas e por isso esses atendimentos na Casa do Cidadão terão prioridade”, garantiu.

Quem gostou da comodidade foi o aposentado Raimundo Sobrinho, que precisou emitir a segunda via da Carteira de Identidade. “Para mim é uma opção a mais porque moro no bairro São Bento e não precisei me deslocar até o Centro para resolver a situação”, disse.

A também aposentada, Dalvina Costa, pontuou que a rapidez em fazer a solicitação traz mais comodidade, isso porque os atendimentos levam no máximo dez minutos para serem concluídos.

 “Tive que refazer a identidade porque a primeira estava muito velha e para mim foi bom porque não precisei enfrentar fila. Já sou de idade e encarar filas se torna mais cansativo para mim”, frisou.

 OUTROS ATENDIMENTOS – Na Casa do Cidadão o público também conta com atendimento da Setrabes (Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social), voltado aos serviços do Sine (Sistema Nacional de Empregos), e da Casa da Mulher Brasileira; Caer (Companhia de Água e Esgotos de Roraima), Procon e Ouvidoria Geral.

 A Casa do Cidadão fica na Rua Izidio Galdino da Silva, 2469, Senador Hélio Campos, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

  Detran-RR inaugura posto descentralizado na Casa do Cidadão

 O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) inaugurou neste fim de semana um novo polo na Casa do Cidadão.

Com exceção de vistoria e provas para obter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), serão ofertados todos os serviços que ocorrem geralmente na sede do Departamento Estadual de Trânsito.

Este é o terceiro polo do Detran inaugurado nos bairros mais afastados do Centro da Capital, com o objetivo de descentralizar os serviços e levar mais comodidade à população. As outras duas lojas funcionam nos shoppings dos bairros Cauamé e Caçari.

Publicado em DESTAQUES

Com o objetivo de integrar as pessoas e levar às famílias atividades culturais e esportivas, o Projeto Domingo no Parque oferece aulas de zumba todos os domingos, a partir das 17 horas. As aulas são comandadas pelo professor Zin Janderson.

Além da zumba, tem espaço para os ciclistas, para a garotada do skate, espaço para patinar, além do entorno do lago que as famílias utilizam para celebrar aniversários e fazer piquenique, por exemplo, por ser um lugar agradável para se

divertir, e conhecer o trabalho de artesãos que vendem suas peças no local nos fins de semana.

O instrutor Zin Janderson disse que a cada domingo mais pessoas participam das aulas. “A zumba vem crescendo muito. Trazendo mais qualidade de vida aos participantes por meio da dança. É uma atividade animada. Bom para tirar o estresse. “Além de tonificar os músculos, a pessoa fica mais à vontade. É uma família. A cada dia que passa nosso público aumenta. O Forródromo fica   lotado”, disse, ao acrescentar que tem participante que já chegou e lhe disse que está dormindo melhor, que melhorou da depressão, e que está se sentindo mais feliz.

Quem está contente em fazer parte do projeto também é o instrutor de aeroboi, Michel Caetano, que tem dividido as aulas com o instrutor Zin. “É uma satisfação fazer parte do projeto do Governo de Roraima. É um incentivo para a dança. São pessoas que saem da ociosidade e vêm praticar um exercício físico. Vamos mostrar o que sabemos, e acrescentar mais para a cultura de Roraima”, disse.

A artesã Rosângela Nogueira, mais conhecida como Rose do biscuit, contou  que participa da Feira de Artesanato há três anos. “Desde que a feira iniciou, todos os domingos estamos aqui. Tem fim de semana que tem bastante movimento, tem atrações, muitas famílias no Parque. Vale muito à pena ir”, afirmou.

Ela ressaltou que o artesanato é a única renda de casa, mas é renda dela e das filhas. “Eu sempre vendo e tenho certeza que meus colegas vendem também. Daqui, é que compro roupas, celular, entre outras coisas”, complementou.

O Projeto Domingo no Parque é uma ação do Governo de Roraima, por meio das Secretarias de Comunicação, do Trabalho e Bem-Estar Social, de Educação e Desporto e da Rádio Roraima.

 

Publicado em Secom

As equipes das Coordenações de Atenção Especializada, Urgência e Emergência, da Sesau (Secretaria da Saúde) e a Direção do Hospital das Clínicas trabalharam com grande esforço, neste fim de semana, para melhorar o atendimento médico hospitalar oferecido à população de Roraima.

Camas, macas, ventiladores e respiradores mecânicos, além de outros equipamentos hospitalares, foram transferidos para o Hospital das Clínicas, que passará a atender com maior capacidade a partir desta ação.

Atualmente, o HC vem trabalhando com 80 leitos, sendo que sua capacidade de atendimento em internações é de até 120. Agora, com o trabalho realizado neste fim de semana e após a instalação dos equipamentos, será providenciada a transferência de, em média, 60 pacientes do Hospital Geral de Roraima para o HC.

O objetivo é tirar os pacientes dos corredores do HGR, oferecer dignidade à população e humanizar o atendimento hospitalar do Estado. As mudanças beneficiarão ainda os pacientes mais graves que procuram o HC e precisam de cuidados intensivos. A determinação partiu da secretária Cecília Lorezom, que está trabalhando de forma proativa para melhorar a saúde pública do Estado.

 “A abertura de novos leitos no HC, o uso desses aparelhos que o Estado já havia recebido e estavam parados, entre outras ações que estamos realizando agora e que refletem diretamente na melhoria da saúde pública já poderiam ter sido feitas. Hoje, estamos fazendo e vamos continuar trabalhando com o compromisso de melhorar e otimizar as nossas unidades, para que elas cumpram suas funções de forma adequada e funcionem como já deveriam funcionar há anos”, disse Cecília.

Para a coordenadora da CGAE (Coordenadoria Geral de Atenção Especializada), Patrícia Renovato, o trabalho e o envolvimento da equipe são muito importantes e têm um propósito, oferecer e melhorar o atendimento hospitalar à população. “Só o fato de saber que o paciente vai ter maior acessibilidade, mais recursos e condições de receber um tratamento com a especialidade que ele necessita, isso é muito importante”, afirmou Renovato.

Em apenas um mês à frente da Coordenação da Urgência e Emergência da Sesau, Ava Patrícia Lima, comemora o resultado do trabalho em equipe. “Agradeço a confiança do governador Antônio Denarium e toda a equipe da CGUE pela confiança. Ainda não resolvemos todos os problemas da Saúde de Roraima, mas estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para darmos o melhor, no que se refere ao atendimento em saúde no Estado”, disse Ava.

Para o diretor do HC, André César Coelho, os trabalhos realizados em conjunto com as equipes da Sesau, neste fim de semana, darão o suporte necessário para atender de forma digna os pacientes de internação hospitalar. “Foi uma ação importantíssima. Um trabalho de muito esforço em equipe. Nós vamos continuar trabalhando em unidade, para garantir dignidade e humanização no atendimento hospitalar da população de Roraima” concluiu.         

 

Publicado em DESTAQUES

Competições de sete modalidades, a maioria de esportes coletivos, da 48ª edição dos Jogos Escolares de Roraima, mobilizaram atletas da capital e do interior neste fim de semana. Jogos de vôlei de praia, handebol, futsal, basquete, futebol, tênis de mesa, além de provas de atletismo ocorreram, de forma simultânea, sábado, 9, e neste domingo, 10, em variados locais de disputa em Boa Vista, sede desta fase final dos Jogos.

A mais importante competição esportiva estudantil de Roraima reúne 3.304 alunos/atletas, de ambos os sexos, de 127 escolas da capital e do interior. Para receber os competidores, o Governo do Estado, por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), montou uma estrutura que envolve organização dos locais de disputas, equipes de arbitragem, além de alojamento, alimentação e logística de transporte, para atender aos 1.127 atletas, vindos de 58 escolas dos 14 municípios do interior.

Um dos locais de atendimento dos atletas do interior é a Escola 31 de Março, localizada no bairro de mesmo nome. A unidade recebeu 249 alunos de cinco municípios, Alto Alegre, Bonfim, Cantá, Iracema e Pacaraima. Conforme o coordenador do Alojamento, Messias Santana, o prédio tem boa estrutura e os alunos, meninas e meninos, estão bem acomodados.

No local, são oferecidas três refeições diárias, com todos os componentes necessários para uma boa alimentação, e lanches. Os atletas alojados na unidade vão competir nas modalidades futsal, vôlei de praia e tênis de mesa. Tanto para trazê-los a Boa Vista quanto para levá-los aos locais de disputa, o Governo de Estado                            dispõe de ônibus e de micro-ônibus.

Conforme o coordenador de Transportes, Hércules Monteiro, diariamente, a Secretaria de Educação dispõe de 14 ônibus, além de micro-ônibus, para fazer a locomoção dos alunos/atletas.

Jogadora de futsal, Maria Leite Oliveira, de 16 anos, é uma das atletas alojadas na Escola 31 de Março. Ela é estudante do segundo ano do Ensino Médio da Escola Raimundo Carlos Mesquita, do município do Cantá, joga futebol de salão há dois anos e é estreante nos Jogos Escolares. “Vou competir pela primeira vez nos Jogos Escolares. Vamos jogar na quadra do Comando da Polícia Militar. Já fomos conhecer o local que é bem estruturado. Espero vencer”, afirmou.

Sua colega de alojamento, Kim Latoya, de 14 anos, pode ser considerada uma veterana. Estudante da oitava série do Ensino Fundamental, da Escola Maciel Ribeiro Vicente da Silva, do município de Bonfim, Kim pratica atletismo há seis anos e já foi classificada para a etapa nacional dos Jogos Escolares em anos anteriores. “Consegui alcançar a marca de 4,55 metros no salto em distância e fazer a corrida em 12 minutos na disputa passada. Espero conseguir me classificar e continuar competindo”, disse a atleta, que faz sua estréia nos Jogos deste ano na tarde deste domingo.

Em breve análise sobre estes dois primeiros dias de disputas, o diretor do Instituto de Desporto e coordenador-geral dos Jogos Escolares, Dinaildo Barreto, ressaltou o fair play entre os atletas e o empenho das Coordenações para o bom andamento das atividades.

“As expectativas em relação aos Jogos Escolares estão sendo superadas. Temos mais de três mil atletas participando, em 11 modalidades. Há interação entre os alunos e há competitividade leal. Não podemos deixar de citar também o apoio das Coordenações. Sem esses coordenadores, jamais conseguiríamos realizar os jogos”, afirmou.

 As competições dos Jogos Escolares de Roraima prosseguem até o dia 18 de agosto. São disputadas 11 modalidades, cinco coletivas e seis individuais, nas categorias: mirim, de 12 a 14 anos, e infantil, de 15 a 17 anos.

Publicado em DESTAQUES

A Praça do Mirandinha, no bairro Caçari, cercada de natureza por todos os lados, foi o local escolhido para a realização do 6º Mamaço Oficial, alusivo ao Agosto Dourado 2019, na tarde desse sábado, 10, com a presença de dezenas de mães e bebês.

A ação é uma realização da Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), por meio do Banco de Leite Humano do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré, com apoio de outras unidades de saúde e associações de classe, com a finalidade de promover reflexão sobre a importância do aleitamento materno e apoiar as mães.

Conforme a vice-presidente da Sociedade Roraimense de Pediatria, Ana Carolina Brito, o Agosto Dourado ocorre em 50 Países. “O mundo inteiro intensifica as ações de solidariedade ao aleitamento materno. Todas as unidades e entidades aproveitam esta data para fortalecer atividades com as gestantes e com a equipe multiprofissional que atua com essas mães”, explicou.

Ana Carolina ressaltou que o aleitamento materno pode ser difícil e as mães podem pedir ajuda para superar as dificuldades. “As dificuldades podem e devem ser superadas para que o bebê tenha direito ao aleitamento materno exclusivo pelos seis meses de vida. Uma mãe nunca amamenta sozinha. Ela sempre precisa de uma equipe de apoio, que se inicia na família e chega até os cuidadores da área da saúde quando ela tem suas dificuldades”, disse e ressaltou que a ação é para esclarecer que é possível superar as dificuldades e ter sucesso no aleitamento materno, mesmo quando a mãe se sente incapaz de amamentar.

A coordenadora do Banco de Leite da Maternidade, Sílvia Furlin, explicou que o Mamaço é um apoio à causa do aleitamento materno em parceria com a SRP (Sociedade Roraimense de Pediatria), com a Clínica da Criança, entre outras instituições parceiras. “Queremos chamar toda a sociedade para apoiar a causa. As mães que têm excedente de leite materno em casa, que façam a doação ao Banco de Leite da Maternidade. Essas mães vão salvar a vida de um bebê em uma unidade Neonatal”, frisou.

Poliane Ferreira dos Santos destacou a importância do evento. Ela conta que foi doadora de leite materno por dois anos. “É um incentivo para outras mães conhecerem esse projeto que é de uma grandeza. Quando tive minha filha, fiquei um mês na Maternidade e vi a importância de ajudar mães de bebês prematuros. Às vezes, a gente quer ajudar e não sabe como. Uma das formas de ajudar é fazendo a doação de leite humano”, disse, acrescentando que muitas mães que têm bastante leite, em vez de jogar fora, podem guardar em um pote para doar ao Banco de Leite. É simples, as mães nem precisam sair de casa. Os Bombeiros vão buscar em sua residência”, disse.

Poliane destaca ainda a importância da amamentação para a saúde do bebê. “É de uma importância tremenda, principalmente na questão de enfermidades. Minha filha já vai fazer três anos e é muito difícil ela adoecer”, afirmou.

Para Daniel Holanda, que acompanhou a esposa e o filho Arthur durante o Mamaço, é fundamental a participação dos pais. “É muito importante esse evento, porque mostra um pouco a educação com a criança quando nasce. Nós mesmos passamos por algumas dificuldades no início. Eu, como pai, ajudo no que puder. Colocar pra arrotar, dar uma voltinha. No começo, ele não pegou o peito, mas fomos insistindo e, hoje, ele só mama no peito. É muito bom, porque a amamentação no peito é a melhor. Vamos levar até os dois anos”, frisou.

Hanaia Campos, mãe do Arthur, falou da falta de experiência no início.   “No começo é bem complicado. A gente não tem noção. O Arthur rejeitava o peito, mas tentamos de várias formas. Hoje, amamento usando um bico de silicone em um dos seios. Foi uma opção que consegui para poder amamentar”, disse satisfeita de não ter desistido de amamentar seu bebê.

Raquel Silva, mãe de uma bebê prematura que nasceu com cinco meses e 500 gramas, falou  que a criança passou quatro meses na unidade Neonatal da Maternidade e, nesse período, era alimentada com leite do Banco de Leite. “Foi importante. Sempre deram assistência para mim e para a minha filha. Agora, ela está com sete meses e quatro quilos. É uma criança tranquila e está muito bem”, disse.

Durante o Mamaço, teve aula de ioga para gestantes, oferecimento de comidas naturais, além de oportunidade para esclarecimento de dúvidas com pediatras e toda a equipe que apóia o aleitamento materno.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o aleitamento materno é fundamental para o desenvolvimento das crianças e deve ser feito de forma exclusiva até o sexto mês de vida e até os dois anos, associado com outros alimentos.

 

 

 

 

 

Publicado em DESTAQUES

A abertura da fase final da 48ª edição dos Jogos Escolares ocorreu nesta sexta-feira, 9, no Ginásio Hélio da Costa Campos. A solenidade contou com a presença do governador Antonio Denarium, pais, amantes do esporte, técnicos e atletas. As competições iniciam neste sábado, 10, e seguem até 18 de agosto.

A cerimônia de abertura teve desfile das delegações, acendimento da pira olímpica, juramento dos árbitros. O atleta da modalidade natação, Kaio Amorim, fez o juramento dos atletas. Amorim é estudante da Escola Estadual Camilo Dias e participa dos Jogos Escolares desde os 12 anos.  Segundo ele, foi um momento de grande emoção.

“É uma responsabilidade fazer o juramento e representar todos os atletas. Mas estou feliz por ter sido escolhido para exercer esse papel”, comentou. 

Participarão dos jogos escolares 3.304 alunos/atletas de 127 escolas da capital e interior. Entre eles, a atleta Dayane Azevedo, de 13 anos, estudante da escola Hermenegildo Sampaio, localizada na comunidade da Barata, Cantá, que competirá na modalidade de futsal. Esta é a segunda vez que ela participa dos jogos. “Apesar de ser a segunda vez que participo, sempre é uma sensação única. Os jogos são uma forma de nos incentivar a nunca desistir dos nossos sonhos através do esporte”, ressaltou.

Pais de um atleta da escola Euclides da Cunha, José Maurício e Jaqueline Safe, são de Mato Grosso do Sul e estão em Roraima há pouco mais de dois anos. Segundo eles, os jogos são uma iniciativa positiva para os atletas. “Essa é uma iniciativa muito boa, pois incentiva os alunos a praticar esportes e o trabalhar em equipe. Além de estimular a boa disciplina dentro da sala de aula”, ressaltou a mãe do atleta.

A secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, esteve presente na abertura dos jogos e destacou a importância do evento. “Os jogos são um momento de representatividade, de garra, força, coragem e determinação da nossa juventude para a sociedade, pois sabemos das dificuldades e esforços para participar desse evento tão importante para o Estado”, destacou.

O governador AntonioDenarium enfatizou a relevância da competição para o Estado. “Esse é um momento muito importante para o esporte de Roraima. Os jogos representam a união dos estudantes, o companheirismo, profissionalismo e toda dedicação que levarão para a vida pessoal e profissional através do esporte”, afirmou.

O evento contou com apresentações culturais de ginástica rítmica e dança contemporânea “Mi Clamor”, da Companhia de Dança do Estado. A Banda de Música da Polícia Militar de Roraima também se apresentou na abertura da cerimônia.

Estiveram presentes na solenidade de abertura os secretários adjuntos da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), Semais Alexandre e Aerton Dias, e os deputados Gabriel Picanço e Antonio Carlos Nicoletti. Além de outras autoridades. 

Os Jogos Escolares de Roraima são organizados pela Seed e coordenados pelo IDR (Instituto de Desporto de Roraima).

COMPETIÇÕES - No decorrer dos jogos, serão disputadas 11 modalidades, sendo cinco coletivas (basquetebol, voleibol, futsal, futebol de campo e handebol) e seis individuais (xadrez, atletismo, tênis de mesa, ginástica rítmica, judô, e vôlei de praia), nas categorias mirim (12 a 14 anos) e infantil (15 a 17 anos). As fases finais de karatê e natação já foram realizadas.

O Governo do Estado fornecerá transporte, alimentação e hospedagem para as equipes das escolas do interior. Estarão competindo 1.127 atletas de 58 escolas dos 14 municípios. Este ano, as etapas classificatórias do interior foram realizadas mediante regime de colaboração entre o Estado e os municípios.  

CONFIRA OS LOCAIS DE COMPETIÇÃO

LOCAL

MODALIDADE

DATA

HORÁRIO

IFRR

Atletismo (provas de pista)

11 a 13/8

8h às 19h

Voleibol

12 a 17/8

7h30 às 19h

Vôlei de praia

10 e 11/8

8h às 18h

Ginástica Rítmica

18/8

8h às 18h

Handebol

09 a 11

8h às 18h

Parque Anauá

Atletismo

(provas de Campo)

10/8

14h às 18h

8h às 14h

Penha Brasil

Escola Lobo D’Almada

Judô

17/8

8h às 18h

Ginásio Hélio Campos

 

 

Futsal

 

10 a 15/8

 

8h às 20h

Escola Monteiro Lobato

Comando Geral da

Polícia Militar

Escola Penha Brasil

Basquete

10 a 14/8

8h às 15h

Campo Rei Pelé

Futebol

10 a 15/8

8h às 18h

Estádio Ribeirão

Futebol

14 e 15/8

8h às 12h

Garden Shopping

Xadrez

13 e 15/8

14h às 20h

IFRR

Tênis de Mesa

10 a 14/8

8h às 19h

 

 

Publicado em DESTAQUES

Depois da IV Reunião Bilateral realizada nos dias 8 e 9, no Palácio Senador Hélio Campos, com representantes do Brasil e da República Cooperativista da Guiana, ficou acordado entres os dois países a abertura da nova rota terrestre Manaus/Guiana/Manaus.

De acordo com o chefe da Assessoria Técnica para o Transporte Internacional de Cargas e de Passageiros da (ANTT) Agência Nacional de Transportes Terrestres, Noboru Ofugi, a necessidade nasceu de uma demanda crescente de pessoas do Estado de Manaus em busca de transporte para o País vizinho.

“Estamos aqui em Roraima imbuídos de criar as condições necessárias para criar a efetiva implantação do Acordo que existe desde 2005 entre o Brasil e a Guiana. Criamos a linha de Manaus a Lethem e resta agora o trabalho complementar que é habilitar as empresas para fazer a operação”, esclareceu.

Outro ponto debatido e acordado foi a questão do transporte de cargas entre os dois Países. No encontro foi discutido sobre os documentos de trânsito necessários para o tráfego entre os dois Países.

Também foram debatidos assuntos como a Inspeção Técnica Veicular, uso do cinto de segurança e tacógrafo, e questões relacionadas à habilitação do condutor, bem como viagem ocasional em circuito fechado sobre a troca de informações referente às autoridades de transporte (nome, cargo, correio eletrônico e telefones) para futuras comunicações.

De acordo com a secretária interina de Assuntos Internacionais, Ilaine Henz, as implementações no acordo abrem oportunidades no setor comercial e também no setor turístico.

“Ele abre oportunidades para empresários, empreendedores. Do ponto de vista econômico nós vamos ter uma interação muito grande entre os dois Países. Do ponto de vista turístico nós teremos grandes oportunidades porque, de fato, realmente o roraimense conhece muito pouco da Guiana e o povo da Guiana conhece muito pouco Boa Vista, inclusive o Estado de Roraima”, explicou.

Para finalizar o encontro, os representantes do Brasil e da Guiana assinaram a ata como forma de consolidar as implementações feitas na reunião.

A reunião contou com a presença de representantes da FenSeg (Federação Nacional de Seguros), PRF (Polícia Rodoviária Federal), Secretarias do Governo de Roraima e representantes do governo da Guiana.

Publicado em DESTAQUES

A Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) incluiu no PRDA (Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia) 17 convênios que contemplam Roraima com a quantia de R$ 300 milhões para os próximos cinco anos. Posteriormente, os projetos serão incluídos no PPA (Plano Plurianual) nacional, instrumento que direciona os investimentos do Governo Federal para os anos seguintes. Na tarde desta quinta-feira, dia 8, em reunião no Palácio Senador Hélio Campos, sede do Governo do Estado, o superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia, entregou o protocolo que formaliza a inclusão destes projetos no PRDA. Ele destacou que Roraima é o Estado em que a Sudam é mais atuante.

“Nós temos mais de R$ 100 milhões em execução em Roraima. Estamos construindo a esperança dos roraimenses em alguns municípios, que têm convênios em quantia superior a R$ 10 milhões. No final deste trabalho, teremos um Roraima com infraestrutura diferenciada, mais apropriada, mais próspera para os investimentos do setor privado, transformando em uma realidade de bem-estar social para o povo de Roraima”, disse. Quanto aos 17 projetos incluídos no PRDA, ele explicou que a ideia é que todos sejam transformados em lei e que os recursos comecem a ser destinados a partir de 2020.

 “Viemos entregar os projetos que foram incluídos no PRDA e que posteriormente serão incluídos no PPA nacional. Eles serão votados pelo Congresso Nacional. Com esse investimento, damos um passo à frente para que Roraima realize o sonho de ter infraestrutura de qualidade, tornando-se um celeiro de investimentos na região amazônica”, pontuou.
O titular da Seapa, Emerson Baú, ressaltou que a Sudam é um parceiro estratégico de Roraima quando se trata da mudança da matriz econômica.

 “A Superintendência [Sudam] teve uma abertura de chamada para projetos, nós consolidamos via Seplan [Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento] e apresentamos projetos nas áreas de infraestrutura urbana e rodoviária, para fazer o escoamento da produção e projetos no setor produtivo, entre eles, incremento na assistência técnica, processos de melhoria no fornecimento de insumos, na questão de equipamentos para poder fazer a geração e agregação de valor para o setor produtivo”, afirmou.

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima deu início às discussões que vão pontuar os ordenamentos para as ações voltadas aos idosos, com a abertura da 5ª Conferência Estadual dos Diretos da Pessoa Idosa. A abertura do evento ocorreu no auditório da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), no final da tarde desta quarta-feira, 07.

 Estavam presentes autoridades do Estado e o representante do Governo Federal, Antônio Fernandes da Costa, secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, a deputada estadual Aurelina Medeiros (PODE), o prefeito do município de São Luiz do Anauá, James Batista, secretários municipais de assistência social, conselheiros municipais do idoso e imprensa.

 Em sua fala, Antônio da Costa destacou que o Governo Federal vem reestruturando as políticas públicas voltadas para a pessoa idosa, através da execução de ações mais amplas, abrangendo várias vertentes não somente no aspecto social, de atividades físicas, mas também trabalhando o lado cognitivo.

 “O Governo Federal está executando o programa Viver, Envelhecimento Ativo e Saudável, uma ação que tange outros aspectos sociais da atenção para pessoa idosa. Por exemplo, temos dentro do programa o acesso ao mundo digital, com a disponibilização de computares e instrutores. Esse é o início de uma grande parceria que vai reforçar as ações já em andamento, uma vez que o Roraima já vem desenvolvendo um ótimo trabalho, quando comparado à realidade de outros Estados da Federação”, destacou.

 Representando o governador Antonio Denarium, a secretária do Trabalho e Bem-Estar Social, Tânia Soares, destacou que um dos maiores desafios é trazer a verdade para que as atuais gerações encarem de forma tranquila e respeitosa o processo de envelhecimento e pontuou que, em 200 dias de Governo, a atenção voltada aos idosos deu um salto no volume de atendimentos de 120 para cerca de 900 acolhidos, com as mais diversas modalidades de atividades, alimentação e atenção em saúde.

 Tânia destacou ainda que as contribuições da atual gestão para um envelhecimento mais saudável norteiam para a construção de uma sociedade que possa dispor do conhecimento pleno dos seus direitos e conquistas. “Precisamos encarar com mais naturalidade o processo de envelhecimento para que as distâncias sociais que persistem possam ser encurtadas e focadas no termo 'futuridade', que nada mais é do que o futuro de nossas idades”, finalizou.

 PROGRAMAÇÃO – As atividades continuam nesta quinta-feira, 08, com a realização de palestras e atividades culturais na  Rede Melhor Idade durante todo o dia e, na sexta-feira, 09, ocorre o encerramento da programação no mesmo local, com atividades dos grupos temáticos, deliberação das propostas e consolidações das sugestões apresentadas pela plenária. Às 16h30 ocorrerá a eleição dos delegados para a 5ª Conferência Nacional dos Direitos dos Idosos, entrega de certificados aos participantes e apresentações culturais.

Publicado em Cidadania