A Sesau (Secretaria de Saúde) e a Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) deram início nesta quinta feira, 30, a uma parceria para a limpeza das ambulâncias que fazem o atendimento emergencial das unidades hospitalares do Estado de Roraima.

Os trabalhos consistem na soma de esforços entre as secretarias para a higienização das ambulâncias que fazem atendimento à população. A iniciativa entre as Secretarias trará para o Estado uma economia de R$1.500 por mês, totalizando R$ 18 mil por ano.

Segundo a coordenadora do CGA (Coordenadoria Geral de Administração), Mara Ryan Kojima, a intenção é também aumentar a demanda para lavagem dos carros, fazendo com que se economize R$ 3.000 mil por mês e R$ 36 mil por ano.

“Nós iniciamos uma parceria com a Sejuc, primeiramente para a lavagem de ambulâncias. Se conseguirmos expandir para os demais veículos, a Sesau terá uma redução anual de R$ 54 mil por ano”, explicou. 

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania André Fernandes, a Sesau gera a demanda e entra com os insumos e produtos de limpeza e a Sejuc com a aplicação da mão de obra dos reeducandos do projeto Roma. Além de trazer benefícios para o Estado, a ação vai beneficiar os reeducandos.

“Existe a necessidade da Sesau na limpeza das ambulâncias e nós temos um lava-jato utilizado para a limpeza das nossas viaturas. A Sesau vai fornecer os produtos de limpeza e nós com a mão de obra dos reeducando que terá remissão de pena, que para três dias trabalhados eles terão um dia a menos de pena para cumprir”, disse.

PROJETO ROMA – Desenvolvido pela Sejuc, o projeto Roma realiza o trabalho de limpeza e revitalização de áreas e instalações do Estado que estejam degradas sujas e/ou depredadas. Uma das propostas do projeto é promover melhorias em locais públicos, diminuir o tempo e os custos para o erário.

O projeto visa a ressocialização do preso do regime semiaberto com bom comportamento utilizando a mão de obra na prestação de serviços para o Estado.

A ação faz parte de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Sejuc, a Vara de Execuções Penais do TJRR (Tribunal de Justiça e Roraima) e o Ministério Público.

Publicado em Secom

Em busca da construção de um marco referencial docente, o GT (Grupo de Trabalho) de Formação de Professores do Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Educação) se reuniu para discussão da implementação das estratégias de ações.

Coordenado pela secretária de Educação e Desporto de Roraima, Leila Perussolo, o grupo se encontrou na tarde desta quinta-feira (30), no Eco Hotel, em Boa Vista. Presentes também no encontro, Nilce Costa, secretária executiva do Consed, Thaís Righetto, Coordenadora de projetos do Consed.

E ainda Lia Glaz do Instituto Penísula, Isadora Caiuby da Fundação Lemann e Caroline Tavares do Profissão Professor (Todos pela Educação). Além de Semaias Alexandre, secretário adjunto da Seed (Secretaria de Educação e Desporto) e Isabel da Costa Lima, assessora técnica da Seed.

Esta é a primeira vez que acontece uma reunião técnica de GT do Consed em Roraima. O grupo está iniciando os trabalhos para alinhar uma política de formação para o professor. Será construído um documento que deverá ser seguido em todo o Brasil, e que irá nortear a formação dos professores.

A ideia é construir um documento articulado junto ao MEC (Ministério da Educação) e CNE (Conselho Nacional de Educação), por meio de uma colaboração conjunta, com a participação de técnicos das secretarias estaduais de educação e de gestores municipais.

“Estaremos fazendo a mobilização nacional junto às secretarias e além da participação de técnicos e professores das redes de educação, é importante que tenhamos também a participação das universidades nas discussões. Criaremos  ainda plataformas digitais como forma de ampliar as colaborações e facilitar as discussões para construção do documento”, destacou a secretária Leila Perussolo.

Base Nacional Comum Curricular é pauta de discussão

Outro tema abordado no encontro foi a formação de professor para implementação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), dentro do GT BNCC em Regime de Colaboração.

As atividades deste GT têm o objetivo de apoiar os Estados a avançar na formação continuada com qualidade para os novos currículos, com base no regime de colaboração entre estados e municípios, por meio de eventos presenciais e videoconferências.

A secretária executiva do Consed Nilce Costa informou que a formação dos professores é um dos sete temas prioritários do Consed, o que o mesmo também consta na Agenda de Aprendizagem do Consed, documento elaborado em conjunto com a Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação).

Nilce destacou ainda a importância do fortalecimento do regime de colaboração para a implementação das ações relacionadas à BNCC. “Entendemos que hoje o gestor estadual não pode se preocupar somente com as escolas da rede estadual, porque ele vai receber alunos dos municípios e esses alunos também precisam ter uma boa educação. Hoje existe uma preocupação muito forte para que todas as ações do Consed sejam em regime de colaboração com os municípios”, complementou.

VISITA EM ESCOLA – Pela parte da manhã, Nilce Costa e Thaís Righetto, ambas do Consed e Isadora Caiuby (Fundação Lemann) visitaram a Escola Estadual Euclides da Cunha, uma das mais tradicionais do Estado, localizada no centro da capital Boa Vista.

Os estudantes receberam os visitantes em sala de aula, com apresentação cultural, cantando o hino do Estado de Roraima. Depois, em uma roda de conversa informal, os alunos também tiveram oportunidade de fazer perguntas e entender um pouco mais sobre as atribuições do Consed.

Depois, acompanhados da gestora da unidade, Flávia Coelho, os visitantes conheceram as salas de aulas e as demais dependências da unidade de ensino, que este ano completará 70 anos de história na educação estadual.

Publicado em Educação

Criado em 1987 pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o Dia Mundial sem Tabaco, comemorado no dia 31 de maio, busca alertar a população sobre as doenças e mortes relacionadas ao tabagismo. Em alusão a essa data, o Departamento de Políticas de Atenção à Oncologia da Sesau (Secretaria de Saúde), organizou uma programação especialmente voltada à temática.

A primeira ação dessa programação ocorreu nesta quinta-feira, 30, no CECM (Clínica Especializada Coronel Mota) e segue até esta sexta-feira, 31, quando é celebrada a data. A ação ocorrerá na sede da Secretaria.

Na ocasião, os pacientes da própria unidade participaram de uma roda de conversa sobre os malefícios do hábito de fumar. Além disso, foram feitos aferição de pressão e teste de fagerstrom, avaliação escrita que mede o nível de dependência de nicotina do entrevistado.

Diretora do departamento à frente da programação, Cláudia Almeida explicou que a campanha objetiva mostrar e sensibilizar sobre a importância do Dia Mundial sem Tabaco. “Tem-se um impacto muito negativo com o uso do tabaco e a exposição ao fumo passivo, que exerce também a saúde pulmonar, como câncer e outras DRCs [Doenças Respiratórias Crônicas]”.

Cláudia enfatizou que a ação busca atingir todo o público de fumantes do Estado e pontuou os elementos maléficos presentes nos cigarros. “Infelizmente a dependência faz os fumantes inalarem 4.720 substâncias tóxicas, como o monóxido de carbono, e 43 substâncias cancerígenas, a exemplo do arsênio, níquel e chumbo”.

O tabagismo foi apresentado na palestra como uma espécie de dependência química. Uma das palestrantes do evento, a enfermeira Liliana Bezerra, relatou que a campanha é importante para sensibilizar os próprios fumantes e suas famílias.

“Na palestra, tratamos não só dos males do cigarro, mas principalmente as vantagens que esse paciente tem depois de parar de fumar. Você poder abraçar e estar com seus familiares sem exalar o cheiro do cigarro, sem ficar de fora, é maior que qualquer dependência química”, declarou a palestrante.

A funcionária pública Maria de Fátima Serrão, de 61 anos, é fumante há mais de 40 anos e participou da palestra. Ela deu suas considerações sobre as ações desta quarta. “É um incentivo às pessoas que enfrentam esse problema do tabagismo, assim como eu. Com certeza irei começar a rever esse meu hábito daqui para frente e tentar parar”, finalizou Maria de Fátima.

Publicado em Saúde

Com 156 ofertas que somam 6 gigas de energia elétrica, o leilão de energias alternativas para Roraima promovido pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) ocorre nesta sexta-feira, 31, na CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) em São Paulo. O governador do Estado Antonio Denarium vai participar do evento a convite da Aneel.

"Esse é um momento importante para o Estado de Roraima. Um passo para a independência energética até que estejamos interligados ao Sistema Nacional, pelo Linhão de Tucuruí. Isso mostra o trabalho sério que nossa gestão está fazendo", disse Denarium.

Conforme explicou o secretário da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento), Marcos Jorge, os principais requisitos para escolher o projeto são os que apresentam maior potência para geração de energia noturna por meio de gás natural e as do tipo fotovoltaicas durante o dia, tendo em vista a capacidade de geração de energia solar em Roraima.

“Os projetos que oferecerem as melhores condições e melhor preço dentro desses requisitos serão os contemplados. Desde a intervenção o governador [Denarium] articula para melhorar a qualidade do fornecimento em Roraima”, acrescentou.

A publicação do aviso de homologação do resultado e adjudicação do objeto do Leilão, bem como da outorga de autorização ocorrem no dia 27 de julho.

PROJETOS – Os projetos incluem opções de suprimento que vão desde usinas solar fotovoltaicas, eólicas, a gás natural, biomassa, biodiesel e biogás até projetos que contam com o armazenamento de energia elétrica em baterias. Além disso, soluções híbridas, que aliam mais de uma fonte energética, também estão entre as alternativas.

Boa parte dos interessados é do setor privado de multinacionais. A expectativa é que exista contratação acima da necessidade energética de Roraima que atualmente é de 210MW.

A energia a diesel pode ser ofertada, mas não será prioridade nas escolhas. O preço continuará o mesmo para serviços, à noite em torno de R$ 1.000 por megawatt e pela parte da manhã R$ 400 por megawatt, como oferta inicial.

AVANÇOS – Um dos maiores avanços na questão está no reconhecimento da obra do Linhão de Tucuruí como de interesse nacional pelo Conselho Nacional de Defesa. Com isso, os serviços têm previsão de início em agosto deste ano e conclusão em 2021.

Roraima é marcado pela instabilidade energética e por isso a resolução desta questão se tornou prioridade na atual gestão.

No ano passado foram registrados 72 blecautes no fornecimento de energia elétrica no Estado.

Publicado em Secom

A PMRR (Polícia Militar de Roraima) intensificou o policiamento com a Operação Saturação no município de Mucajaí e adjacências. As ações iniciadas nesta quarta-feira, dia 29, seguem até dia 02 de junho, em toda a região.

No primeiro dia de Operação, foram realizadas 66 abordagens, sendo 45 a pessoas, 05 a carros, 14 motocicletas e duas bicicletas.

Ainda na ação, foi capturado o foragido M. P. V. da S., conhecido por Mayke, que foi devidamente apresentado na DICAP (Divisão de Captura da Secretaria de Justiça e Cidadania), em Boa Vista. Duas pessoas também foram conduzidas e apresentadas à Delegacia de Mucajaí, por tráfico de drogas.

Conforme o comandante Geral da PMRR, coronel Elias Santana, a atuação ocorre com policiamento ostensivo, repressivo e preventivo no município e principais vias de acesso.

“A Operação Saturação visa potencializar a sensação de segurança da população, principalmente nas rodovias e viciais do interior, além de prestar orientação aos condutores sobre medidas preventivas para evitar roubo e outros crimes. Nosso foco é garantir a ordem, coibir e combater ações criminosas”, pontuou o comandante.

Santana destacou ainda que a Operação Saturação vem sendo desencadeada em vários municípios do interior. “Entre as ações da Operação estão abordagens em pessoas que frequentam bares e festas, bloqueios a veículos com prioridade para abordagens a condutores de motocicletas. O objetivo é combater o contrabando de armas, munição, drogas, crimes ambientais, bem como a captura de foragidos da justiça”, complementou.

Além do efetivo da 4ª CIPMFron (4ª Companhia Independente de Policiamento de Fronteira), a Operação conta com apoio do CPC (Comando de Policiamento da Capital), por meio das unidades do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) e do Giro (Grupamento de Independente de Intervenção Rápida Ostensiva).

Publicado em Segurança Pública

A Sesp (Secretaria de Segurança Pública) e a Seampu (Secretaria de Articulação Municipal e Política Urbana) passam a ter novos titulares. O Coronel do Exército Brasileiro, Olivan Pereira de Melo Junior, é novo secretário da Segurança e a empresária Ilaine Henz é a nova secretária da Seampu.

Olivan é bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras, especialista em Comunicação Social (Centro de Estudos do Pessoal – Exército Brasileiro), em Gestão da Comunicação e Marketing Institucional (Universidade Castelo Branco – RJ), em Gestão em Administração Pública (Universidade Gama Filho) e mestre em Operações Militares, pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais.

Trabalhou na Assessoria de Planejamento, Programação e Controle Orçamentário do Comando Logístico do Exército. Tem experiência na área de defesa, com ênfase em logística e orçamentação e já atuou como relações públicas, assessoria de imprensa e divulgação institucional em operações reais do Ministério da Defesa.

Ilaine é empresária e produtora no ramo de fruticultura, mestre em Administração em Recursos Humanos pela Universidade de Portsmouth, no Reino Unido. No Brasil, tem experiência como diretora operacional e de divisão em empresas de agronegócio.

Em Roraima, atuou como Chefe da Casa Civil da Prefeitura de Rorainópolis e antes de se tornar titular, era secretária adjunta da Seampu. Para esta gestão, Ilaine reforçou que o objetivo é estreitar a relação entre o Governo e os municípios para traçar metas de resolução das principais demandas das cidades, por meio de políticas públicas.

Publicado em Secom

O governador Antonio Denarium assinou este mês a alteração do Decreto 24.852-E, de 5 de março de 2018, que dispõe sobre a redução de base de cálculo do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), de 17% para 3%, nas operações internas com querosene de aviação.

Ele frisou que esta é mais uma ação do Governo do Estado para aumentar a integração do Brasil com outros Estados e países. “É uma conquista que com toda certeza trará desenvolvimento econômico e turístico para Roraima”, disse o governador.

Conforme explicou o diretor do Detur (Departamento de Turismo) da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento), Bruno Muniz de Brito, o decreto vai proporcionar que as empresas aéreas que estão chegando no Brasil ou em operação possam ampliar as ofertas de voos para Roraima.

“Como Roraima vai se tornar um local onde o combustível é muito barato, vai compensar parar aqui para abastecer as aeronaves”, explicou, ao acrescentar que vai possibilitar também que as empresas que fazem voos internacionais também escolham Roraima como ponto de parada.

“Roraima tem uma localização favorável. Estamos muito próximos do Caribe, Estados Unidos e países da Europa, que são interesses nossos tanto em exportação de cargas quanto captação de turistas. É por conta deste contexto que estamos criando esta situação favorável. A partir disso, os voos serão ampliados e o Estado ganhará mais estrutura para escoar tanto os turistas quanto para atrair pessoas para a nossa região”, justificou o diretor.

ESTADO TURÍSTICO

Associação de agências aposta em redução no preço das passagens aéreas

O Estado de Roraima tem grande potencial para fomentação de turismo de passeio e de aventura, conforme pontuou a vice-presidente da Abav-RR (Associação Brasileira de Agências de Turismo em Roraima), Andressa Guilherme.

"O que dificulta a vinda de turistas para Roraima é o preço das passagens, que é muito caro, como também a distância já que voos para essa região têm várias escalas. E essas as pessoas têm interesse em conhecer Roraima e visitar o estado de forma sustentável, então essa alteração no decreto vai baratear o valor das passagens, o que vai viabilizar a vinda das pessoas para cá", exemplificou.

Ela acrescentou que com a vinda dos turistas, a partir do decreto, o turismo local seja ainda mais fomentado.

"Nosso objetivo principal é que Roraima se transforme em um Estado turístico, para ser a principal fonte de renda para quem vive aqui, tanto em turismo de passeio quanto de aventura", disse.

Publicado em DESTAQUES

Atendendo à solicitação do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) do Ministério da Justiça, o Governo de Roraima por meio da Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) autorizou o deslocamento de quatro agentes penitenciários para compor a equipe da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária no Estado do Amazonas.

“O Governo Federal está auxiliando Roraima há cerca de sete meses, e é importante que os agentes daqui também participem de ações desse porte, para trazer experiências de outros Estados, que possam ser adequadas no sistema daqui”, afirmou André Fernandes, secretário da Sejuc.

Conforme ele, o Depen solicitou 10 agentes, mas para não desfalcar o efetivo de Roraima, apenas quatro foram disponibilizados. “Os agentes mobilizados para compor a FTIP no Amazonas são altamente qualificados para atuar em situação de intervenção penitenciária. Essa ajuda não afeta o sistema prisional em Roraima, que está controlado e sendo monitorado pelas equipes de inteligência dos órgãos de segurança”, destacou.

A permanência dos agentes no Amazonas vai ser custeada pelo Governo Federal. Até sábado devem estar se deslocando para o estado vizinho onde vão permanecer por 90 dias. Caso seja necessária a prorrogação da Força Tarefa, o Depen vai fazer nova solicitação.

SISTEMA PRISIONAL NO AMAZONAS - Dia 26 de maio, iniciou um motim no Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim) e demais unidades penitenciárias do Estado, onde foram registradas 57 mortos.

Após solicitação do Governo do Amazonas, no dia 27 de maio, o Ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o envio de tropas da FTIP para o Estado.

Publicado em MANCHETES

A 37ª Campanha Contra a Febre Aftosa entra na reta final da notificação, quando são confirmados os números totais. Mas muitos criadores dos municípios de Alto Alegre, Amajari, Boa Vista e Bonfim ainda estão atrasados na declaração da vacina.

Até o momento, foram vacinados 89% dos animais de toda faixa etária, segundo dados estatísticos divulgados pela Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima), com base nas notificações entregues.

Conforme o médico veterinário Marcos Eugênio, responsável pelo Programa de Febre Aftosa em Roraima, os criadores que têm seus rebanhos em propriedades localizadas nesses municípios devem agilizar a notificação. “A declaração da vacina é importante para o controle do rebanho vacinado”, afirma.

Ainda segundo Marcos Eugênio, caso o pecuarista não faça a notificação dentro do prazo, que é 31 de maio, poderá ser multado. “O produtor tem que ficar atento ao prazo de declaração da vacina, pois poderá ser penalizado”, alerta.

O criador que não fizer a notificação dentro do prazo será penalizado conforme as seguintes infrações: propriedade não vacinada/não notificada, multa de 4,00 UFERR (equivalente a R$ 1.463,08); animal não vacinado, multa de 0,25 UFERR (R$ 91,44); animal não notificado, multa de 0,25 UFERR (R$ 91,44).

Publicado em Secom

O Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran-RR) vai realizar, nos dias 06 e 07 de junho, o primeiro leilão de veículos deste ano. O leilão terá início às 16h e será realizado na WR Leilões, localizado na Rua das Três Marias, nº 139, no bairro Raiar do Sol, em Boa Vista.

“Caso os interessados queiram verificar os lotes que estarão aptos a leilão, devem se dirigir até o pátio WR Leilões, no período de 03 a 05 de junho, no horário de 08h às 12h e das 14h às 17h”, disse Daniel Calixto, presidente da comissão de leilão do Detran-RR.

São 400 veículos aptos a leilão, que poderão ser adquiridos no local ou virtualmente, como afirmou Calixto. “Os lances serão tanto presenciais como online. O público que for participar de forma online precisa se cadastrar na empresa WR Leilões antecipadamente, através do site www.wrleiloes.com.br. Quem estiver presente, pode se cadastrar na hora, bastando apresentar documento com foto e comprovante de endereço”.

O presidente da comissão de leilão disse ser muito importante que o condutor interessado leia o edital que está no site do Detran-RR e lembra que, além do valor do arremate, o futuro proprietário deverá pagar as taxas de 17% do ICMS, 5% do leiloeiro (calculado em cima do valor do veículo), mais a taxa administrativa que está no edital.

 De acordo com o diretor-presidente do Detran, Igo Brasil, além do cumprimento da obrigação legal da instituição, o leilão é importante e traz benefícios para a população. “Além de dar mais espaço ao pátio, é uma oportunidade para a população poder adquirir um veículo e, ao mesmo tempo, os bens que já estão no pátio há muito tempo não ficarão se deteriorando, porque voltam a circular.”

Igo ressaltou ainda que todos os procedimentos legais referentes às notificações foram feitas antes da realização do leilão. “Nós entramos em contato com todos os proprietários três vezes. conforme a legislação obriga, para então depois podermos fazer o leilão”, concluiu.

Publicado em Secom