Ansiosos para praticar atividades físicas e melhorar a qualidade de vida, os  servidores estaduais que se inscreveram no Projeto de Bem com a Vida Pró-Servidor - Dançando no Clube, iniciaram nesta segunda-feira, 26, no Clube do Servidor as aulas de zumba e ginástica.

Promovido pelo Governo de Roraima por meio da Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração) as aulas acorrerão todas às segundas e quartas-feiras das 18h30 às 19h30.

O projeto Dançando no Clube tem 115 servidores inscritos, e desse total, 47 estão matriculados na zumba e 68 na hidroginástica.

Em busca de mais qualidade de vida, a pedagoga Iracy Cleidy da Silva, ressaltou que a atividade zumba além de fazer bem pra saúde, melhora o desempenho do servidor no trabalho. “É importante praticarmos atividade física para nossa saúde física e mental, pois reflete no desempenho do nosso trabalho. Estou me sentindo muito bem e hoje vou dormir melhor”, destacou.

Antes de começar as aulas, o professor Herbert Lima, mandou a preguiça para fora animando os alunos com o repertório diferenciado. O professor apontou os benefícios da dança e explicou que qualquer pessoa pode praticar a dança.

“Os benefícios são sensacionais. Muita qualidade de vida, fortalecimento dos músculos, perca de 1.000 a 1.200 calorias em apenas 45 minutos de zumba. E o mais importante, que é fundamental, melhor os batimentos cardíacos, arritmia e pressão arterial. Qualquer pessoa pode praticar, não tem idade”, reforçou.

As atividades de dança têm como característica uma mistura de ritmos que envolvem muitos movimentos.

De acordo com a diretora do Clube, Klycia Helena, o primeiro dia de aula foi apenas uma prévia do está por vir, porque a procura pode aumentar.

 “Estamos iniciando a zumba e ginástica no Clube do Servidor, as segundas e quartas. E

Às terças e quintas-feiras, das 18h30 às 19h30, são as aulas de hidroginástica para servidores e dependentes. A prioridade do governo é oferecer qualidade de vida e melhor situação esportiva e social para os servidores”, disse Klycia.

CLUBE DO SERVIDOR - O espaço que esteve abandonado há mais de uma década, agora abre suas portas para receber novamente os servidores.

Com o início das atividades o Clube do Servidor passa a funcionar normalmente com atividades de dança e atividades esportivas voltadas para os servidores e dependentes.

Publicado em Secom

Em poucos dias, o Parque de Exposições Dandãezinho será palco da feira de agronegócios Agro Show. Para receber o evento, que vai acontecer entre os dias 4 e 7 de setembro, um serviço de revitalização começou há duas semanas. Para a limpeza do local, uma parceria com a Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) disponibiliza reeducandos para capina e remoção de entulhos.

Já para a manutenção das redes elétrica e hidráulica e poda de árvores, parcerias com a Caerr (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) e Cerr (Companhia Energética de Roraima) são fundamentais.

O diretor do Deac (Departamento de Abastecimento e Comercialização), setor responsável pela administração do Parque Dandãezinho, Alcemir Oliveira, explicou que para a revitalização do local está sendo utilizada a mesma estrutura de mão de obra utilizada para o São João do Parque Anauá.

“Os reeducandos que trabalham na limpeza contam com a remição de pena de um dia a menos para cada três dias trabalhados. A Cerr nos auxilia na poda de árvores e na manutenção da rede elétrica. Já a Caerr fica responsável pela manutenção da parte hidráulica e a questão dos esgotos”, explicou Oliveira.

Além da limpeza e manutenção, outra parceria de fundamental importância é feita com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Desde o início do ano, a Seapa tem uma parceria com o órgão que utiliza alguns espaços dentro do Parque de Exposições como vitrine para algumas culturas.

“Nestes espaços, os agricultores têm a oportunidade de conhecer e aprender um pouco mais sobre as tecnologias estudadas pela Embrapa para a melhoria na qualidade e produtividade dos alimentos. No decorrer do ano, foram feitas uma série de visitas, não somente de agricultores, mas também de acadêmicos de cursos técnicos e superiores de agronomia. Um dos objetivos da atual gestão é tornar o Parque um espaço útil durante o ano inteiro, não somente durante eventos”, pontuou.

AGRO SHOW – A Agro Show está sendo promovida pela Faerr (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Roraima), em parceria com a COC Soja e apoio do Governo do Estado. Para o governador Antonio Denarium, o evento é uma feira de negócios e entretenimento, que receberá investidores de todo o Brasil para conhecer o Estado e ver o potencial de Roraima.

 

 

Publicado em DESTAQUES

Durante audiência no Palácio do Planalto nesta sexta-feira, 23, o governador de Roraima Antonio Denarium, assinou uma GLO (Garantia da Lei e da Ordem), que pede o apoio da União caso haja algum foco de incêndio em florestas do Estado.

Denarium foi o primeiro governador a assinar o documento e solicitou aos governadores da Amazônia que façam o mesmo.

"Esta é mais uma forma de priorizarmos o meio ambiente, a fim de nos precavermos de possíveis incêndios”, disse.

O objetivo é apresentar o pedido ao presidente da República, Jair Bolsonaro, para que possa decretar e autorizar o uso das Forças Armadas para ajudar no combate às queimadas.

O governador estava acompanhado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e do ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Ramos Baptista, além da equipe técnica do Governo de Roraima.

Entenda a Garantia da Lei e da Ordem

As missões de Garantia da Lei e da Ordem são realizadas exclusivamente por ordem da Presidência da República em casos de esgotamento das forças locais de segurança pública.

Ocorrem principalmente em situações de perturbação da ordem, consideradas graves.

O emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei da Ordem e para ações subsidiárias está autorizada por meio do Decreto Presidencial 9.985, de 24 de agosto de 2019, no período que vai até 24 de setembro nas áreas de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e áreas dos Estados da Amazônia Legal. Mas, para isso, o governador do Estado precisa requerer oficialmente.

Publicado em DESTAQUES

O Encceja, prova para os jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada para cada nível de ensino, ocorre neste domingo, 25, nos municípios de Boa Vista, Rorainópolis e Uiramutã. O exame será realizado pela manhã e tarde.

A prova será realizada às 8h horário de Brasília, por conta do fuso horário, as provas para o turno matutino ocorrerão às 7h em Roraima, sendo que os portão estarão abertos às 6h e fecham às 6h45.  No período da tarde, os portões abrem às 12h e fecham às 12h45, com início das provas às 13h. Os locais são informados apenas pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

  “É importante que os candidatos estejam no local da prova com uma hora de antecedência e fiquem atentos aos horários, pois a prova será de acordo com o horário de Brasília”, explicou a chefe da Divisão de Educação de Jovens e Adultos (Dieja), Sulivanha Lira.

Os candidatos que não receberam via e-mail o local da prova devem acessar o site do Inep:  http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja/#!/inicial.

Para realizar a prova, é necessário que o participante apresente documento de identificação com foto e esteja portando caneta esferográfica de embalagem transparente com tinta nas cores preta ou azul. 

 

 O EXAME - Será constituído de quatro provas objetivas, por nível de ensino, contendo cada uma 30 questões de múltipla escolha e uma proposta de redação. Este ano, a prova de Língua Estrangeira Moderna, terá uma novidade. O participante realizará as provas de Inglês e Espanhol, não sendo possível optar por apenas um dos idiomas.

 “Essas duas línguas são obrigatórias. É necessário que os alunos se dediquem nessas duas línguas para conseguir a certificação”, disse Sulivanha.

A inscrição e a realização das provas não garantem a certificação. Será certificado apenas o participante que atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Encceja. Em relação à área de conhecimento de Linguagens e Códigos, o candidato precisa atingir no mínimo 100 pontos na prova objetiva e mais 5 pontos na prova de redação.

Em Roraima, o Inep disponibilizou a aplicação do Exame nos municípios de Boa Vista, Rorainópolis e Uiramutã. “Essa é uma forma de facilitar para os moradores desses municípios e localidades adjacentes para que tenham um acesso melhor para realização da prova”, ressaltou Sulivanha.

 ENCCEJA- É uma avaliação para aferição de competências, habilidades e saberes de jovens e adultos em nível de conclusão do Ensino Fundamental e Médio. A participação no Encceja é voluntária e gratuita.

O Exame é destinado a jovens e adultos que por algum motivo não concluíram seus estudos na idade apropriada para cada nível de ensino, ou seja, no mínimo 15 anos completos para o Ensino Fundamental e 18 anos completos para o Ensino Médio.

 

 

 

Publicado em Educação

Encerrou nesta quinta feira, 22, o I Seminário Internacional de Polícia Comunitária em Área de Fronteira. O evento foi realizado pela PMRR (Polícia Militar de Roraima) no auditório da APICS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago).

Foram dois dias de palestras com participação de representantes das Polícias Militares de Minas Gerais, São Paulo, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Paraná, onde foram debatidos assuntos importantes para o Estado de Roraima e para o Brasil.

Participaram ainda do evento, os representantes do policiamento comunitário de Roraima, apresentando as estratégias e experiências no policiamento comunitário praticado no Estado.

Segundo o comandante Geral da PMRR, coronel Elias Santana, o Congresso foi extremamente proveitoso e satisfatório. Os resultados devem nortear as forças de segurança com estratégias de monitoramento da violência na faixa de fronteira.

“Os objetivos foram plenamente atingidos. Isso porque buscamos expor aos entes federativos, junto a União, as nossas necessidades e potencialidades no tocante a Polícia Comunitária de Fronteira. Contamos com a participação de especialistas na área de vários Estados do Brasil e representantes da segurança pública da Embaixada do Japão, onde demonstramos em pontos focais nossa realidade de atuação do policiamento comunitário em Roraima”, ressaltou.

Para a diretora da Apics, Giuliana Castro, o Seminário representa um passo importante na melhoria da segurança pública para toda sociedade. Ela explicou que Roraima é o Estado com a segunda maior faixa de fronteira do Brasil e por esse motivo é preciso debater sobre o assunto.

“É importante que dialoguemos como todas as autoridades de segurança pública envolvidas nas relações fronteiriças para que possamos superar desafios que temos na segurança pública. Tivemos muitas autoridades, tivemos representantes da embaixada do Japão, do Consulado da Guiana e do Brasil. Então nós podemos trazer representantes de todo Brasil e internacionais para que a gente pudesse debater e trazer idéias para melhorar a segurança pública do Estado”, disse.

 MEDALHA DO MÉRITO - o Seminário ficou marcado com a assinatura o Decreto que cria a Medalha do Mérito Comunitário, que vai homenagear voluntários que participam do projeto, como forma de incentivar as pessoas a se engajarem cada vez mais nas ações de Polícia Comunitária.

Publicado em Segurança Pública

A Escola Estadual Carlos Drumond de Andrade realizará nesta sexta-feira, 23, a IV edição do Arraial Literário. O evento ocorre das 7h30 ás 11h30 e das 13h30 ás 17h30. O objetivo do projeto é resgatar os textos de tradição oral, conhecer, valorizar e divulgar a literatura roraimense.

O QUÊ: IV Arraial Literário – Escola Carlos Drumond de Andrade

QUANDO: Nesta sexta-feira, 23 de agosto

HORA: 7h30 ás 11h30 e das 13h30 ás 17h30

ONDE: Escola Estadual Carlos Drumond de Andrade, localizada na Rua Pastor Almir Nogueira Guerra, 150, bairro Pricumã

Publicado em Educação

Melhorar a qualidade da saúde no Estado é um dos maiores desafios do Governo de Roraima. O desabastecimento de remédios e materiais hospitalares resultou na suspensão das cirurgias, gerando uma grande fila e superlotação nos hospitais do Estado.

Essa realidade começa mudar. Nas próximas semanas chegarão ao Estado os medicamentos da compra anual, o que vai regularizar o abastecimento de remédios nos hospitais da rede estadual.

O investimento feito para a compra desse primeiro carregamento corresponde a R$ 5 milhões. Uma segunda entrega será feita em 180 dias no valor de mais de R$ 7 milhões totalizando os R$ 12.456.406,78 da licitação.

O governador Antonio Denarium enfatizou que oferecer um serviço de saúde de qualidade é um compromisso de sua gestão e com muito trabalho os resultados começam a aparecer.

"Estamos trabalhando diariamente para recuperar a saúde. Já realizamos mais de 700 cirurgias eletivas de pessoas que esperavam há meses na fila. Recentemente distribuímos cadeiras de rodas para pessoas com deficiência. Estamos trabalhando por uma saúde pública melhor e de qualidade", afirmou Denarium.

Os medicamentos dessa aquisição são os básicos hospitalares, de alta e média complexidades, incluindo anestésicos. Não estão dentro deste processo, os medicamentos quimioterápicos, especializados (excepcionais e alto custo) e que estão sendo licitados.

A diretora da Cegaf (Controladoria Geral de Assistência Farmacêutica) Yonara Varela explica que com a chegada desses medicamentos, o Estado volta a fazer a compra anual de medicamentos que estão na tabela do CMED [Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos] deixando de fazer os processos emergenciais.

“A partir de agora estamos nos enquadrando  no processo anual de aquisição de medicamentos. Vamos conseguir manter a compra dos remédios nessa modalidade, sem entrar no emergencial e manter a regularidade do abastecimento”, garantiu.

De acordo com ela, hoje a Cegaf  abastece as unidades de saúde do Estado na medida das solicitações, que são feitas semanalmente por unidades da Capital e mensalmente pelas do Interior. Yonara destaca que alguns medicamentos estão com baixo estoque. Problema que será resolvido com a chegada desse carregamento.

A secretária de saúde, Cecilia Lorezom, destacou que a aquisição desses medicamentos mostra o compromisso da Sesau em promover licitações regulares, com transparência e aplicação correta dos recursos.

 “Nossa meta é cuidar da nossa população e do dinheiro público com responsabilidade e eficiência. Poderemos atender com mais eficácia a necessidade dos usuários, especialmente nossos pacientes, promovendo pré e pós-operatório de forma adequada, e ainda, otimizar nossas cirurgias, especialmente porque nossos pacientes estão tendo mais conforto por meio do HC (Hospital das Clinicas) com um acréscimo de 72 leitos até o presente momento”, disse.

ENTREGA DE SOROS E ÁLCOOL

Na manhã desta quinta-feira (22) foi descarregada uma carreta com 30 mil soros fisiológicos e 15 mil frascos de álcool 70, que serão distribuídos para as unidades de saúde de acordo com a demanda.

Nas próximas semanas, outro carregamento, desta vez com 40 mil soros fisiológicos, também chegará à  Controladoria Geral de Assistência Farmacêutica.

Publicado em DESTAQUES

Com o foco na redução, tramitação e conclusão de Inquéritos Policiais que investigam crimes contra a dignidade sexual, sem prejuízo dos atendimentos realizados no expediente na DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), o delegado Geral da Polícia Civil de Roraima, Herbert de Amorim Cardoso instituiu um mutirão na Unidade Especializada. Os trabalhos encerram em 90 dias.

As ações de logísticas serão coordenadas pela delegada titular da DEAM, Débora Monteiro. Entretanto, as investigações serão presididas pela delegada Catherine Saraiva que contará com o apoio de uma equipe formada por agentes e escrivães.

A diretora do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa), Elivânia Aguiar, informou que neste mutirão tramitam aproximadamente 350 inquéritos contra a dignidade sexual.

 “Entende-se como crimes contra a dignidade sexual os casos de estupros, violação sexual mediante fraude, assédio sexual e importunação sexual”, destacou a diretora.

 Ela acrescentou que a equipe de policiais designada vai cumprir todas as diligências necessárias, oriundas dos procedimentos que tramitam no mutirão.

Para fins de produtividade, a delegada que compõe a equipe deverá encaminhar mensalmente, até o 5º dia útil do mês subsequente, para a coordenadora, bem como, para o DHPP o relatório mensal, constando as atividades desenvolvidas nos inquéritos.

A medida, segundo o delegado geral, Herbert de Amorim Cardoso visa dar maior celeridade aos inquéritos que tramitam na DEAM contra a dignidade sexual e, também, uma resposta principalmente às vítimas e à Justiça.

A delegada Catherine Saraiva assegurou que os trabalhos já começaram. “Estamos dando andamento a todos os inquéritos que apuram fatos de crimes sexuais, como estupros, assédios sexuais e outros. Já começamos as diligências, foram expedidas várias ordens de missão, intimações. Nossa equipe está na rua para elucidar o mais breve possível esses crimes, dando uma resposta às vítimas e a sociedade”, disse.

Publicado em Segurança Pública

Por meio da PMRR (Polícia Militar de Roraima) o Governo do Estado realiza , o I Seminário Internacional de Polícia Comunitária em Área de Fronteira. O Seminário ocorre nos dias 21 e 22 de agosto. A abertura do evento ocorreu nesta quarta-feira, 21, na APICS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago) com a presença do governador Antonio Denarium e da primeira-dama Simone Denarium.

Serão dois dias de palestras com participação de representantes das Polícias Militares de Minas Gerais, São Paulo, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Paraná.

Denarium destacou que o trabalho da Polícia Comunitária em Pacaraima, município que faz fronteira com a Venezuela, por onde entram os refugiados da crise econômica daquele país, é fundamental para sensibilizar as autoridades federais.

“Nós precisamos, a partir desse seminário, sensibilizar as autoridades com documentos mostrando a real situação do Estado. Não podemos achar que está tudo bem”, frisou.

O comandante da PMRR, coronel Elias Santana, explicou que as ocorrências no Estado mudaram com a imigração. “Este seminário é um marco pra instituição. Hoje a segurança pública de Roraima está tão impactada quanto os outros segmentos sociais. Primeiro por causa da crise financeira internacional e local e depois com a questão da imigração. Esse seminário pretende trazer grandes representantes de outros Estados que vão conhecer de forma concreta a nossa realidade e também vão compartilhar os seus conhecimentos conosco”, detalhou.

 MÉRITO COMUNITÁRIO - Durante a abertura do seminário, o governador Antonio Denarium assinou o decreto que cria a Medalha do Mérito Comunitário, que vai homenagear voluntários que participam do projeto, como forma de incentivar as pessoas a se engajarem cada vez mais nas ações de Polícia Comunitária.

Publicado em Segurança Pública

A Sesau (Secretaria de Saúde), em parceria com a SBIBAE (Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein), por meio da proposta do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), está dando continuidade às atividades de implantação do projeto PlanificaSUS (Organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Rede com a Atenção primária à Saúde).

Após a fase de apresentação (preparatória) do PlanificaSUS, realizada em Roraima em 15 de julho deste ano pelo Governo do Estado e o CONASS, está sendo realizada agora a Etapa I. As oficinas ocorrem durante toda esta semana no Estado, no auditório e 24 salas da Faculdade Estácio Atual, localizada no bairro União.

A oficina do PlanificaSUS ocorre em toda região centro/norte do Estado de Roraima, que compõe os municípios de Boa Vista, Cantá, Bonfim, Normandia, Uiramutã, Pacaraima, Amajari, Mucajaí e Alto Alegre, realizando concomitantemente a Etapa I da Planificação do Sus. A ação segue até esta sexta-feira, dia 23.

 “Está sendo uma semana inteira de debates, discussão, produção e de informações que serão úteis para a capital e para os municípios, no seu

 planejamento e reorganização do sistema de saúde local”, enfatizou Namis Levino, coordenador do PlanificaSUS em Roraima e consultor técnico da Sesau.

O coordenador explica também que essa oficina tem como objetivo treinar os servidores de saúde do Estado, com a importância de conseguir organizar melhor o processo de trabalho entre a atenção primária e a atenção especializada, voltada para a linha de cuidado ao paciente e, assim, poder ofertar um serviço do SUS com mais qualidade.

Para a assessora da SEMSA (Superintendência da Atenção Básica do Município de Boa Vista), Ana Carolina Santos, a iniciativa do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado e dos municípios, no intuito de melhorar a rede de atenção à saúde, é muito importante.

 “Acredito que é uma tentativa muito válida, muito proveitosa e que vai dar certo, porque nós vamos construir com os profissionais de saúde a Planificação do SUS em nosso município de Boa Vista e acredito que em todos os municípios do Estado”, frisou Ana Carolina.

De acordo com a secretária de Saúde do Estado, Cecília Lorenzom, a Sesau tem um grupo de técnicos que coordena todas as ações que fazem parte do cronograma de implementação do programa PlanificaSUS em Roraima. “O grupo é composto por oito técnicos da Sesau. Nele está incluído o secretário de Saúde, que preside o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde do Estado de Roraima [Conasems]; a representação da Sesau e, em cada município, existe um representante do PlanificaSUS, com um tutor cada um”, explicou.

 Etapas do PlanificaSUS

Na Etapa Preparatória, foi ministrado em sala de aula o Nivelamento Conceitual sobre o que é PlanificaSUS, para que todos os servidores da saúde pudessem compreender o que é a Atenção Primária à Saúde; o que é Rede de Atenção à Saúde; e que modelo é esse que está sendo proposto, para que os servidores da saúde municipais e do Estado possam superar as dificuldades do atual modelo SUS vigente.

Já nesta Primeira Etapa, que ocorre nesta semana (de 19 a 23 de agosto), são trabalhados workshops com o público da Atenção Primária, com os profissionais da Atenção Especializada da Mulher e da Criança, que trazem a linha de

cuidado que o Governo do Estado definiu como prioridade neste momento; a Linha de Cuidado Materno Infantil, com outros profissionais dos pontos de atenção da rede, tais como: hospitais, gestões municipais e estadual, com o tema geral que é "Rede de Atenção à Saúde Como um Todo"

Publicado em MANCHETES