Mostrando itens por marcador: governoderoraima

A espera dos soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima acabou nesta quinta-feira, 19. O Governo de Roraima assinou a  autorização de processo seletivo para cursos de formação para cabos e sargentos.  São 40 vagas para cada patente nas duas instituições. A  segurança é um dos quadros mais defasados e esse seletivo vem para valorizar os militares roraimenses. Denarium também autorizou para este ano o curso de formação de sargentos para o quadro QE para todos de 2007.1 e 2007.2.

O governador explicou que a ação é o reconhecimento da importância do trabalho e da missão das forças de segurança em servir e proteger. Destacando o trabalho dos parlamentares presentes na ocasião, o deputado federal Jhonatan de Jesus e os deputados estaduais Soldado Sampaio, Renan Filho e Jeferson Alves que juntos com o secretário de Planejamento, Marcos Jorge articularam para viabilizar financeiramente os cursos. Agradeceu também ao comandante da  PMRR e do CBM-RR por serem extremamente diligentes em busca de melhorias para as corporações.

“Acabamos de autorizar o curso para formação de sargentos e também pra toda tropa da Polícia Militar, os soldados vão ficar mais animados ainda abrimos e autorizamos o processo seletivo para cabos e terceiro sargento. É o Governo do Estado valorizando todas as as forças de segurança”, disse.

Para o comandante da Polícia Militar de Roraima coronel Elias Santana esse foi um dia de alegria. “Nós já vamos iniciar esse ano o curso de formação de sargentos e vamos lançar também os editais para o processo seletivo pra selecionar alguns cabos, alunos sargentos para o próximo ano”, comemorou    

Publicado em DESTAQUES

Seguindo o Plano Estadual de Contingência pelo Governo de Roraima para evitar o contágio do novo coronavírus, o SINE (Sistema Nacional de Emprego) mudou a forma de atendimento à população.

A direção do SINE Roraima, que funciona na Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), adota desde o dia 12 de março regime de rodízio entre os servidores para emissão da carteira de trabalho e encaminhamento de emprego, além da distribuição de senhas as pessoas que buscam os serviços oferecidos pelo órgão, obtendo mais controle, segurança e agilidade no atendimento.

Conforme disse a diretora do DPETR (Departamento de Políticas de Emprego, Trabalho e Renda), Isadora Braga, outras medidas também serão tomadas, como o controle de circulação no prédio da Setrabes e a limitação  da entrada de 10 em 10 pessoas, respeitando 30 minutos de intervalo, tudo para evitar aglomeração e garantir a segurança dos servidores. 

Ela ressaltou que o Sine já disponibiliza documentos e outros serviços em forma digital por meio do acesso ao site http://empregabrasil.mte.gov.br. No endereço, até o seguro desemprego pode ser solicitado. 

"Semana passada tínhamos um grande fluxo de pessoas procurando o SINE. Por causa do surto, esse número naturalmente diminuiu. Pedimos que as pessoas tomem consciência  e só venham à Setrabes caso estejam bem e seja necessária essa vinda. Adotamos uma séria de precauções,  inclusive com os próprios servidores para evitar o contágio", disse.

Também solicitado manter distância de um metro entre cada atendente, além do uso de máscaras e álcool em gel.  Ainda assim, para quem necessita usar o serviço presencial, o horário de funcionamento passa a ser das 8h às 12h, de segunda a sexta. O serviço interno ainda continua com redução do número de servidores.

 

Publicado em DESTAQUES

Atendendo as recomendações no MS (Ministério da Saúde) com foco na diminuição da propagação do COVID 19, e em razão do decreto que instituiu a suspensão temporária de serviços em órgãos da esfera estadual, por conta da pandemia do novo coronavírus, a Secretaria de Saúde adotará mudanças no horário de atendimento nas unidades de saúde, a partir desta sexta-feira, 20.

Na Clínica Médica Especializada Coronel Mota, por exemplo, a direção geral funcionará normalmente o ambulatório de curativos, enquanto a sala de gesso atuará com horário programado pelo setor de atendimento da unidade. Em relação ao fornecimento de medicamentos para pacientes com cadastro, o setor de farmácia da unidade  atenderá as receitas para pacientes que tenham passado por análise psiquiátrica terão validade de 120 dias, e de seis meses para pacientes crônicos.

O NERF (Núcleo Estadual de Reabilitação Física) também terá mudanças de atendimento em razão do coronavírus. O ambulatório de fisioterapia vai passar a funcionar com restrição de número de pacientes, com prioridade para aqueles pós fratura aguda que já tenham feito a retirada do gesso.

 Já no Centro de Referência da Mulher Maria Luíza Castro Perin vai continuar funcionando normalmente o ambulatório de pré-natal de Alto Risco e as biópsias de lesões graves de mama e cólon. Os demais serviços sofrerão redução no número de atendimentos.

 “A gestão ressalta que todas as medidas adotadas fazem parte do Plano de Contingenciamento contra o COVID-19 e são medidas necessárias para garantir a diminuição da propagação do Vírus. Pedimos a compreensão da comunidade e reforçamos que o Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Saúde está trabalhando incansavelmente para garantir a assistência adequada para a população”, disse a secretária adjunta, Patrícia Renovato.

 Mesmo com o decreto, os serviços do Hemoraima (Centre Hemoterapia e Hematologia de Roraima) vão continuar normalmente, mas a unidade também vai estar oferecendo atendimento agendado, por meio do telefone 2121-0883. O procedimento de agendamento pode ser feito tanto para doação individual quanto para campanhas.

Por conta do momento atual de cuidados em relação a propagação do  COVID-19, as mudanças refletirão ainda a rotina no Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento e no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth.

“Nestas unidades será suspensa temporariamente visitas. No entanto, a medida não afeta os acompanhantes de pacientes já internados nessas duas unidades”, enfatizou. 

Também haverá redução no número de atendimentos a Unacon-RR (Unidade de Alta Complexidade em Oncologia de Roraima), CCDI (Centro de Cardiologia e Diagnóstico por Imagem), CER II (Centro Especializado de Reabilitação Física e Intelectual).

Apartir dessa sexta-feira, 20, as cirurgias eletivas também estarão suspensas no Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento, no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, bem como no Hospital Délio de Oliveira Tupinambá, no município de Pacaraima. Serão mantidos apenas os procedimentos de urgência e emergência.

Publicado em DESTAQUES
Quinta, 19 Março 2020 23:34

COMUNICADO

A Secretaria de Saúde, por meio do COE-RR (Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública de Roraima), torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica do país com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado e as publicações vão ocorre diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br), pelas redes sociais e na imprensa local.

A nova atualização do Ministério da Saúde apontou um aumento para o número de casos confirmados, que foi de 291 para 428 notificações. O quantitativos de óbitos também cresceu, indo de 01 para 04 registros.

Já o número de casos suspeitos cresceu de 8.819 para 11.278 notificações, enquanto quantitativo de casos descartados aparece com 1.890 registros, em de problemas na Plataforma do MS.

Com relação à situação do Estado, foram contabilizados até esta quinta-feira, 19, 21 casos suspeitos que atendem aos os critérios de definição para a doença, sendo que 09 foram descartados. Outros 12 casos  aguardam lançamento no FormSUS, o que deve ocorrer amanhã, 20.

Vale lembrar ainda, que por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Professores e estudantes que desejam aprimorar conhecimentos para o desenvolvimento de trabalhos, projetos e pesquisas científicas podem acessar plataformas de capacitação on-line gratuitas. Os cursos são direcionados para apoiar o aprendizado em metodologia científica e orientar a participação de feiras e mostras científicas.

Os cursos podem ser uma excelente oportunidade para subsidiar professores e estudantes na preparação para a Feira de Ciências de Roraima, que este ano traz o tema “Inteligência Artificial: a nova fronteira da ciência brasileira” e deve ocorrer em outubro, como pontuou Giselle Oliveira da Coordenação de Iniciação Científica da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

“Os professores e alunos podem aproveitar o recesso escolar para fazer esses cursos. Basta ter internet e acessar a plataforma. É uma boa oportunidade para todos se capacitarem, utilizarem o tempo em que estão em casa para o estudo desse tema”, pontuou Giselle.

Uma destas plataformas de capacitação é a APICE (Aprendizagem Interativa em Ciências e Engenharia) disponibilizada pela Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) em parceria com a Intel.

Os interessados podem acessar o endereço eletrônico apice.febrace.org.br e fazer a inscrição e o curso gratuitamente. Os cursos têm a duração de 30 horas e os que concluírem todos os módulos recebem atestado endossado pela Febrace.

Entre os cursos que estão disponíveis estão “Metodologia de Pesquisa e Orientação de Projetos de Iniciação Científica” e “Organização e Realização de Feiras de Ciência e Engenharia”. Os cursos são interativos, com uma linguagem bem dinâmica que inclui fotos e vídeos.

 LÍNGUA INGLESA

Além dos cursos na área de Iniciação Científica, também estão sendo disponibilizados para professores e alunos, cursos na área de Língua Inglesa. Para efetuar a inscrição, os interessados devem acessar o endereço eletrônico  bit.ly/thomasopenresources

 

Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima por meio da Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), está atento às novas informações que chegam sobre a pandemia em relação ao setor produtivo. Segundo o secretário da pasta, Emerson Baú, o coronavírus é uma questão mundial e o Brasil agora de uma maneira mais intensa está sendo impactado.

Estamos atentos às recomendações mundiais e a agricultura tem uma responsabilidade muito grande, principalmente a agricultura familiar para poder abastecer os consumidores” ressaltou.

Alguém precisa produzir para que a maioria da população fique em casa, respeitando as recomendações de ficar em quarentena, ou que saiam o mínimo possível. “É uma oportunidade da agricultura familiar em pensar em possibilidades de criar um novo sistema de comercialização, como a criação de cestas, montar estratégias para fazer a entrega, aproveitar o momento e criar um nicho de mercado”, pontou o secretário.

O secretário de Agricultura garante que os trabalhos do segmento não podem ser interrompidos. “É essencial, a agricultura não pode parar, pois o produtor rural precisa abastecer as gôndolas de supermercados, mercearias e açougues, para que a população sinta a segurança que não vai faltar alimentos. O passo é essencial da agricultura neste sentido”, frisou.


Consumo de animais e produtos

Conforme publicação no site oficial do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), não existe nenhuma restrição de comercialização de produtos e de animais pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal).

O secretário da Seapa informa ainda que já foi comprovado que a transmissão do novo coronavírus (COVID-19) não acontece para os animais, somente de humano para humano, não afetando de modo nenhum a produção animal e muito menos a vegetal.

Mudanças internas na Seapa

Segundo Emerson baú, a preocupação maior foi com a saúde dos servidores públicos e dos produtores rurais que diariamente estão presentes na instituição. “Nossa primeira medida foi a liberação dos servidores públicos com mais de 60 anos, mulheres grávidas e pessoas com problemas pulmonares comprovados para que trabalhem em casa”, garantiu.

Outra mudança foi nos atendimentos ao público externo. “Estamos fazendo um filtro, todo público externo será atendido na própria recepção. Outra determinação é evitar reuniões e aglomerações de pessoas”, salientou Emerson.

Publicado em DESTAQUES

Para dar continuidade aos trabalhos realizados frente à Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), alinhados ao Governo do Estado de Roraima, nesta quinta-feira, dia 19 de março, ocorreu uma reunião com diretores e técnicos para o alinhamento de projetos executados pela secretaria.

Para Emerson Baú, secretário de Agricultura, é essencial o envolvimento e diálogo com os diretores e técnicos. “Nós temos dentro do Governo o planejamento do Roraima 2030, onde já foi estabelecida e estruturada a parte dos planos e dos programas macros. Agora estamos dando continuidade aos projetos porque o objetivo da Seapa é entregá-los ao Governo do Estado para que o governador Antonio Denarium apresente à sociedade um plano de desenvolvimento para o agronegócio e para o fortalecimento das atividades ambientais dentro do Estado”, ressaltou.

Segundo Maria Santina, coordenadora do grupo técnico de projetos, o objetivo da reunião foi juntar todo corpo técnico e discutir o andamento de cada projeto que está sendo desenvolvido pela Seapa. “São demandas de diversas frentes, nosso secretário, parlamentares e as necessidades da própria secretaria, porque não adianta construir projetos que não vão sanar as necessidades. Convocamos as pessoas para esta reunião para que a gente possa falar a mesma língua, para conversar a respeito destes projetos e ver o que a gente pode construir de novo também”, pontuou.

PLANO RORAIMA 2030 – Segundo Baú, o Roraima 2030 é um plano que o governador Antonio Denarium está liderando, é uma visão de futuro para o Estado de Roraima, ultrapassando uma questão de Governo, ou seja, é um planejamento de Estado.

O Roraima 2030 vai passar por pelo menos três PPAs (Plano Plurianual), é uma visão para onde queremos chegar ao Estado de Roraima, ou seja, o direcionamento para que a população saiba para onde ir e aonde queremos chegar”, finalizou.

Publicado em DESTAQUES

Foi cancelado o evento que iria acontecer nesta sexta-feira, 20 de março, na sede da Codesaima, de entrega de documentos de transferências dos imóveis dos 23 conjuntos habitacionais construídos pela Codesaima entre 1979 e 1982. O motivo da suspensão faz parte das medidas adotadas pelo presidente da Empresa, Anastase Vaptistis Papoortzis, de combate e prevenção ao risco de contágio do coronavírus.

A cerimônia seria no pátio da Empresa com a presença do governador Antônio Denarium, mutuários, servidores, autoridades e populares. Estima-se que 500 pessoas estariam presentes. 

O presidente da Codesaima, Anastase Vaptistis Papoortzis, lamentou o cancelamento, mas garantiu que, numa data breve, acontecerá com total segurança para os presentes. “É hora de nos resguardar e evitar a propagação do vírus. Não tem como saber quando faremos essa cerimônia. O importante agora é pensar na saúde da população”, disse.

Serão 3.337 mutuários beneficiados que terão suas moradias regularizadas, podendo de fato se declararem proprietários. A ação atenderá os conjuntos: Caçari 1 e 2; Boa Vista 1 e 2; São Vicente; Cabos e Soldados; Caimbé 1; Pricumã 1 e 2; Monte Roraima  e  Mecejana.

A espera por essa regularização é de mais de 40 anos. Os imóveis foram entregues, mas continuam em nome da Codesaima, acarretando todo tipo de problema para o mutuário e a empresa. O morador, não podendo ser declarado o dono de fato do imóvel, fica impedido legalmente, de fazer qualquer transação comercial com este. Já a empresa, é onerada porque ainda tem que pagar taxas e tributos referentes à moradia.  

Por várias vezes houve tentativas de emitir esse documento de transferência de posse, mas problemas financeiros e judiciais da empresa travavam os processos.

A Procuradoria da Codesaima conseguiu, junto ao Tribunal de Justiça do Estado, criar o entendimento de que era necessário dar segurança jurídica e reparar o dano social causado a esses moradores.

A Codesaima foi liberada de apresentar o CND (Certidão Negativa de Débitos) e algumas taxas foram suspensas, fazendo com que os processos transcorressem com mais celeridade. Também foram feitos acordos com os cartórios de Boa Vista que irão emitir o documento de posse.

A diretoria de Habitação da Companhia fez um trabalho de orientação dos moradores informando sobre os documentos que deveriam ser apresentados para iniciar a regularização e dando entrada  nos processos na Prefeitura Municipal de Boa Vista e cartórios    

Publicado em DESTAQUES

A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), em atenção às recomendações do Ministério da Saúde e ao Decreto governamental nº 28.587-E, de 16 de março, em relação ao novo coronavírus (Covid-19), adotou nesta quarta-feira, 18, uma série de medidas preventivas, alterando a rotina de atendimento aos usuários. Os procedimentos entram em vigor nesta quarta-feira e ficarão vigentes até o dia 31 de março.

Neste período, a Companhia fará triagem no atendimento ao público e recomenda aos usuários o atendimento virtual, utilizando os canais de comunicação disponíveis, tais como: a agência virtual (acessível no site www.caer.com.br); o Call Center (0800-280-9520); o aplicativo Caer Mobile (disponível no sistema Android, podendo ser baixado no link: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.caer.caerMobileApp) e também no IOS, além do WhatsApp 98404-5313 (https://bit.ly/386V1VQ), para problemas na rede de extravasamento ou de fornecimento de água.

Nos casos em que o atendimento presencial for imprescindível, os colaboradores estarão preparados e devidamente orientados sobre os procedimentos básicos para higienização das mãos e uso de máscaras. Os colaboradores do setor de Serviços Gerais estão passando por treinamento para realizar a limpeza adequada em maçanetas de portas, telefones, computadores, etc.

O ponto eletrônico ficará suspenso, sendo substituído pela folha física de frequência, e o caixa eletrônico do Banco do Brasil, instalado na parte interna da Caer, também ficará desativado, devido ao grande fluxo de pessoas e o acesso por biometria.

Estamos em alerta e nossos colaboradores estão prontos para enfrentar mais essa batalha, dentro e fora da empresa. Estas medidas são necessárias para contermos a proliferação do vírus no Estado”, afirmou o presidente da Caer, James Serrador.

COMITÊ

A Companhia instituiu, nesta terça-feira, 17, um Comitê Emergencial contra o novo coronavírus. O Comitê é responsável pelo plano de ação emergencial com propostas para evitar a disseminação do Covid-19 entre os colaboradores e ao público externo que procura atendimento na empresa.

Companhia de Águas e Esgotos de Roraima
(95) 2121-2205
Facebook: @caerroraima
Instagram: @caerroraima
Boa Vista - Roraima

 

Publicado em DESTAQUES
Quarta, 18 Março 2020 23:54

COMUNICADO

A Secretaria de Saúde, por meio do COE-RR (Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública de Roraima), torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica do país com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado e as publicações vão ocorre diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br), pelas redes sociais e na imprensa local.

Sobre o boletim desta quarta-feira, 18, não houve atualização de casos em razão de problemas na Plataforma do SUS, ou seja, os dados permaneceram os mesmos da terça-feira, 17, com 291 confirmações de COVID-19, 1 óbito, 8.819 notificações de casos suspeitos e 1.890 casos descartados.

Com relação à situação de Roraima, o estado  contabiliza 14 casos suspeitos que atendem aos os critérios de definição para a doença, sendo que nove foram descartados. Esse quantitativo aguarda lançamento no FormSUS, o que deve ocorrer amanhã, 19.

Vale lembrar ainda, que por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

 

 

Publicado em DESTAQUES