Mostrando itens por marcador: governoderoraima

Segunda, 01 Junho 2020 01:35

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.

As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 5.
621 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 3.
692 foram confirmados segundo município de residência, 1.930 foram descartados e 116 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 6
5 em Alto Alegre, 38 no Amajari, 2.761 casos foram notificados em Boa Vista, 81 em Bonfim, 156 no Cantá, 18 em Caracaraí, 66 em Caroebe, 08 em Iracema, 110 em Mucajaí, 09 em Normandia, 126 em Pacaraima, 132 em Rorainópolis, 31 em São João da Baliza, 42 em São Luiz e 03 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 43 em Alto Alegre, 18 em Amajari, 1.3
58 notificações ocorreram em Boa Vista, 66 em Bonfim, 58 no Cantá, 03 em Caracaraí, 98 em Caroebe, 08 em Iracema, 67 em Mucajaí, 07 em Normandia, 55 em Pacaraima, 49 em Rorainópolis, 46 em São João da Baliza, 41 em São Luiz e 01 em Uiramutã.

O Estado também contabiliza 116 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 03 em Alto Alegre, 01 em Amajarí, 96 no município de Boa Vista, 02 no Bonfim, 03 no Cantá, 01 em Caroebe, 01 em Iracema, 01 em Mucajaí, 02 em Pacaraima, 04 em Rorainópolis, 01 em São Luís.

Além disso, 1.1
80 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 25 em Alto Alegre, 01 em Amajari, 959 são de Boa Vista, 23 de Bonfim, 07 do Cantá, 26 em Caroebe, 12 em Mucajaí, 02 em Normandia, 26 em Pacaraima, 70 em Rorainópolis e 27 de São Luiz. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Seguindo as diretrizes de gestão do Governo do Estado, com foco no enfrentamento da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19), as equipes da Sesau (Secretaria de Saúde) tiveram trabalho intenso, neste fim de semana. Neste domingo, 31, a Sesau recebeu novos equipamentos e medicamentos, para somar esforços no combate à doença.

Ao todo, foram recebidos 50 ventiladores mecânicos, 25 ventiladores de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 25 ventiladores portáteis (de transporte) do MS (Ministério da Saúde).

Além disso, foram investidos R$ 3.296.418,49, com recursos próprios, na compra de medicamentos, entre eles, Azitromicina 500mg, Ceftriaxona 1g, Enoxaparina 60mg/ml, Cloreto de Sódio 0,9%, Dipirona 500mg/ml.

A chegada do material foi acompanhada pelo governador Antonio Denarium, que se encontra recuperado da COVID-19, pelo secretário-adjunto da Saúde, Mikail Wallas, e por coordenadores da CGAF (Coordenadoria Geral de Assistência Farmacêutica), Armando Santos, e da CGUE (Coordenaria Geral de Urgência e Emergência), Larissa Ignachitti. 

“A saúde é uma das áreas de prioridade para o nosso governo. Nosso objetivo é oferecer um serviço digno para a população, utilizando os recursos públicos de forma responsável e honesta. Não compactuamos com nenhum tipo de conduta que possa ferir a celeridade e a transparência na Administração Pública. O nosso papel é receber esse material e passar integralmente para as pessoas que precisam, evitando qualquer tipo de desvio”, enfatizou o governador.

“São medicamentos e equipamentos importantíssimos para o tratamento da doença e recuperação do paciente. Estamos fazendo tudo o que é possível para reestruturar a saúde e apresentar para a população de Roraima um atendimento digno e de qualidade, atendendo às diretrizes de trabalho da gestão de governo”, enfatizou o secretário da Saúde, coronel Olivan Junior.

Segundo o coordenador da CGAF, os medicamentos são de uso clínico, controlado e UTI. 

“As próximas etapas, após o recebimento e conferência, serão a entrada no sistema de distribuição, separação dos medicamentos, e respectivo envio para as unidades de saúde da capital e do interior do Estado, conforme oferta de serviços e capacidade instalada de atendimento à população. Essa distribuição começará a partir da semana que vem”, acrescentou Armando.

Os ventiladores mecânicos UTI atenderão as unidades hospitalares, entre elas, o HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento) e a APC (Área de Proteção e Cuidado), mais conhecida como Hospital de Campanha.

De acordo com a coordenadora da CGUE, os ventiladores portáteis serão repassados para as ambulâncias do Estado.

“Agora os equipamentos seguem para tombamento e pretendemos fazer o repasse para as unidades, ainda esta semana, para que a demanda seja atendida dentro do momento esperado”, disse Larissa.

Os medicamentos também serão distribuídos para as unidades hospitalares da capital e dos municípios.

“O nosso compromisso é trabalhar com transparência e sem corrupção, seguindo a orientação da gestão de governo, sempre com a certeza de que desperdícios precisam ser evitados e a conduta de cada um precisa ser pautada no compromisso com a lisura que a Administração Pública exige e, principalmente, com respeito a cada cidadão”, salientou o secretário-adjunto, Mikail Wallas. 

 

Publicado em DESTAQUES
Domingo, 31 Mai 2020 00:06

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.
A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.
As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 5.351 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 3.474 foram confirmados segundo município de residência, 1.877 foram descartados e 116 óbitos.
Com relação apenas as confirmações para a doença, 64 em Alto Alegre, 36 no Amajari, 2.615 casos foram notificados em Boa Vista, 81 em Bonfim, 134 no Cantá, 16 em Caracaraí, 64 em Caroebe, 08 em Iracema, 85 em Mucajaí, 09 em Normandia, 122 em Pacaraima, 126 em Rorainópolis, 31 em São João da Baliza, 38 em São Luiz e 03 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 43 em Alto Alegre, 18 em Amajari, 1.329 notificações ocorreram em Boa Vista, 65 em Bonfim, 50 no Cantá, 03 em Caracaraí, 98 em Caroebe, 08 em Iracema, 67 em Mucajaí, 07 em Normandia, 53 em Pacaraima, 43 em Rorainópolis, 46 em São João da Baliza, 34 em São Luiz e 01 em Uiramutã.
O Estado também contabiliza 11
6 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 03 em Alto Alegre, 01 em Amajarí, 96 no município de Boa Vista, 02 no Bonfim, 03 no Cantá, 01 em Caroebe, 01 em Iracema, 01 em Mucajaí, 02 em Pacaraima, 04 em Rorainópolis, 01 em São Luís.
Além disso, 1.175 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.
Deste total, 25 em Alto Alegre, 01 em Amajari, 959 são de Boa Vista, 23 de Bonfim, 07 do Cantá, 26 em Caroebe, 12 em Mucajaí, 02 em Normandia, 26 em Pacaraima, 70 em Rorainópolis e 22 de São Luiz.

Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), o Governo de Roraima está intensificando o trabalho para garantir o atendimento de toda a demanda relacionada à pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19).

Entre as medidas urgentes está a ampliação no quadro de servidores para assegurar o atendimento nas unidades hospitalares e na APC (Área de Proteção e Cuidados), mais conhecida como Hospital de Campanha.

Nesta sexta-feira, 29, foi publicado um novo Processo de Contratação Direta de Pessoal, para 357 novos profissionais da área de saúde, para os cargos de Auxiliar de Serviços de Saúde – incluindo a função de Maqueiro, Assistente Social, Bioquímico, Enfermeiro, Farmacêutico, Nutricionista e Psicólogo.

“O objetivo é atender, em caráter emergencial, à necessidade da Sesau, em razão da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19). Uma das prioridades é ter profissional de saúde suficiente para atender as demandas das unidades de saúde, incluindo a APC”, esclareceu o secretário de Saúde, Olivan Junior. 

As inscrições poderão ser realizadas on-line, no endereço eletrônico www.saude.rr.gov.br, a partir de zero hora deste sábado, 30, até as 23h59 de domingo, 31. A contratação será com carga horária de trabalho de 30 horas semanais. Os salários variam de R$ 1.060,22 a R$ 3. 917,62. 

DOCUMENTAÇÃO

Os documentos deverão ser encaminhados para o endereço www.saude.rr.gov.br. Entre eles:

- Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto;

- CPF;

- Título eleitoral junto com o comprovante das duas últimas eleições (1º e 2º turno), ou Certidão de Quitação Eleitoral emitida pelo TSE ou TRE's (podendo ser auferidos nos sítios dos próprios órgãos);

- Comprovante de quitação do Serviço Militar para candidatos do sexo masculino; - Diploma devidamente reconhecido;

- Comprovante de Regularidade no Conselho/RR (sítio eletrônico);

- Comprovante de Residência;

- Currículo Vitae assinado, junto com as cópias dos documentos que comprovem a formação, a participação em cursos de aperfeiçoamento, extensão, aprimoramento, participação em congressos, conferências, simpósios, com as respectivas cargas horárias (mínimo 30 horas) e a experiência profissional. 

Publicado em DESTAQUES
Sábado, 30 Mai 2020 01:54

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), e do COERR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado.

As publicações vão ocorrer diariamente no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br) e no portal roraimacontraocorona.rr.gov.br.

A nova atualização informa o Estado contabiliza até o momento 5.129 notificações para a COVID-19, de acordo com os critérios de definição de caso do Ministério da Saúde.

Destes, 3.299 foram confirmados segundo município de residência, 1.830 foram descartados e 110 óbitos.

Com relação apenas as confirmações para a doença, 60 em Alto Alegre, 29 no Amajari, 2.512 casos foram notificados em Boa Vista, 78 em Bonfim, 134 no Cantá, 16 em Caracaraí, 54 em Caroebe, 07 em Iracema, 65 em Mucajaí, 06 em Normandia, 105 em Pacaraima, 125 em Rorainópolis, 30 em São João da Baliza, 38 em São Luiz e 03 em Uiramutã.

Já sobre os casos descartados, 41 em Alto Alegre, 12 em Amajari, 1.302 notificações ocorreram em Boa Vista, 65 em Bonfim, 50 no Cantá, 03 em Caracaraí, 98 em Caroebe, 07 em Iracema, 67 em Mucajaí, 06 em Normandia, 53 em Pacaraima, 43 em Rorainópolis, 36 em São João da Baliza, 34 em São Luiz e 01 em Uiramutã.


O Estado também contabiliza 110 óbitos por Coronavírus (COVID-19), 03 em Alto Alegre, 01 em Amajarí, 90 no município de Boa Vista, 02 no Bonfim, 03 no Cantá,  01 em Caroebe, 01 em Iracema, 01 em Mucajaí, 02 em Pacaraima, 04 em Rorainópolis, 01 em São Luís. 

Além disso, 1.151 pacientes diagnosticados com a doença receberam alta de isolamento e encontram-se recuperados.

Deste total, 01 em Alto Alegre, 01 em Amajari, 959 são de Boa Vista, 23 de Bonfim, 07 do Cantá, 26 em Caroebe, 12 em Mucajaí,02 em Normandia,  26 em Pacaraima, 70 em Rorainópolis e 22 de São Luiz. Por conta do crescimento de casos, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou que o mundo vive uma pandemia da doença.

Publicado em DESTAQUES

Diversas categorias de servidores da Sesau (Secretaria de Saúde) receberam, nesta quinta-feira, 28, junto com o salário do mês de maio, o pagamento de créditos referentes às atualizações de suas progressões de carreira, conforme havia sido acordado entre o Governo do Estado e lideranças sindicais. A atualização das progressões também eram uma promessa de campanha do governador Antonio Denarium, que agora foi cumprida.

Foram beneficiadas com esse pagamento as seguintes categorias: assistentes sociais, biólogos, biomédicos, bioquímicos, dentistas, educadores físicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, tecnólogos em radiologia, terapeutas ocupacionais, sanitaristas, técnicos e auxiliares de enfermagem, dentre outras.

“Apesar dos problemas que enfrentamos desde o primeiro dia de mandato, não temos medido esforços para oferecer melhores condições de trabalho aos servidores estaduais. Temos obtido êxito e implementado uma série de ações em prol dos nossos servidores. Uma delas é o esforço para efetuar o pagamento de salários dentro do mês trabalhado para todas as categorias”, enfatiza Antonio Denarium.

Ainda conforme o governador, sua gestão tem trabalhado incansavelmente para que os efeitos da pandemia de Coronavírus (COVID-19) seja o mínimo possível para a população de Roraima, mesmo diante do desafio de resolver os vários problemas que vinham se arrastando há vários anos dentro da Sesau.

Antonio Denarium também reforça que, atualmente, trabalhos conduzidos pela Sesau e por representantes de todas as categorias profissionais da Saúde estudam um novo PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) para valorizar servidores da pasta.

Publicado em MANCHETES

Por meio do Departamento Administrativo, a PCRR (Polícia Civil de Roraima) recebeu nesta semana insumos para abastecer as unidades policiais. Estão disponíveis materiais de escritório e suprimentos de informática.

De acordo com o delegado geral, Herbert de Amorim Cardoso, manter as unidades abastecidas é essencial para a realização das atividades administrativas e tem sido um compromisso da gestão atual a manutenção dos serviços em condições apropriadas de trabalho.

Cardoso disse que os produtos estão no Almoxarifado serão e disponibilizados às unidades de acordo com a necessidade. A previsão é que até a próxima semana todos os insumos sejam distribuídos.

Este ano de 2020 não tem sido muito fácil, mas estamos atuando de forma a manter o abastecimento das delegacias com materiais diversos, mas necessários à manutenção do trabalho”, destacou o delegado geral.

 
 
 
Publicado em DESTAQUES

O Governo de Roraima entregou nesta sexta-feira, 29, R$ 666 mil em EPI (Equipamento de Proteção Individual), medicamentos e material médico hospitalar para a Operação Acolhida. Todo o material vai ser utilizado na APC (Área de Proteção e Cuidados), que vai funcionar como um Hospital de Campanha para atender pacientes com COVID-19, desafogando o HGR (Hospital Geral de Roraima).

O coordenador geral da CGAF (Coordenadoria Geral de Assistência Farmacêutica), Armando Santos, informou que a Operação Acolhida solicitou kits de EPI compostos por nove itens como luvas, máscaras, óculos, avental, propés, entre outros. Nos kits doados nesta sexta-feira, 29, os kits doados pelo Governo foram compostos por 12 itens.

“Estamos entregando 12 itens de EPI, embora a solicitação da Operação Acolhida tenha sido de nove itens, nós acrescentemos ainda o macacão impermeável, o protetor facial e o avental impermeável, o que eles pediram foi o descartável normal. Estamos entregando em quantidade suficiente para 30 dias e atender 80 leitos”, disse.

Além dos EPIs, na remessa também foram doados alguns medicamentos, entre eles a Cloroquina, recomendada pelo Ministério da Saúde no tratamento contra a COVID-19. “Também doamos medicamentos para hidratação, sedação e transtornos respiratórios. Também estamos entregando materiais médicos hospitalares como compressa de gases, seringa, entre outros”, declarou.

A remessa foi entregue na sede da Operação Acolhida, na 1ª Brigada de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro. O material será utilizado na APC, unidade que deve inaugurar nos próximos dias, vai funcionar como Hospital de Campanha no atendimento a pacientes infectados pelo Coronavírus.

Santos declarou que a CGAF trabalha para manter as unidades de saúde em todo o Estado abastecidas tanto de EPIs, como de medicamentos e insumos. “Já entregamos mais de 7 toneladas de material nas unidades da Capital, entre elas; Hospital das Clínicas, Clínica Especializada Coronel Mota, Hospital Materno Infantil, Pronto Atendimento Cosme e Silva e Hospital Geral de Roraima”, disse ao lembrar que a Coordenadoria também está mantendo as unidades do interior do Estado.

O coordenador da CGAF ressaltou ainda a importância do abastecimento dessas unidades. “Todo esse material é mais do que necessário nesse momento de enfrentamento à pandemia. Os EPIs mantêm os profissionais da saúde mais seguros, os medicamentos auxiliam no tratamento da doença e os insumos viabilizam o atendimento médico”, pontuou.

Publicado em MANCHETES

As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) encerraram na última quarta-feira, 27, e a rede estadual de ensino registrou 3.202 inscritos. Todos os municípios tiveram inscritos mas a capital Boa Vista registrou o maior número: 2.535. Em todo o Brasil, foram registradas 6.121.363 inscrições.

Os números foram divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão que coordena o exame em todo o País. As provas, que estavam previstas para o mês de novembro ainda não têm data definida. Em razão da pandemia do Coronavírus (COVID-19), a aplicação foi adiada de 30 a 60 dias da data que estava prevista inicialmente em edital.

 A grande novidade desse ano é que no ato da inscrição o candidato poderia optar em fazer o exame impresso ou digital. Para Roraima, foram disponibilizadas 50 vagas para o exame digital. Em todo o País, 101.100 estudantes vão fazer o exame nesta nova versão.

A partir de agora, é importante que o candidato fique atento ao Sistema do Enem no endereço eletrônico enem.inep.gov.br e acompanhe as atualizações sobre o exame. No sistema estão disponíveis também os editais, justificativas de ausência em exames anteriores, entre outras informações.

 O Enem foi criado pelo MEC (Ministério da Educação) com o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes no fim da escolaridade básica. Alunos que estão concluindo ou que já concluíram o Ensino Médio em anos  anteriores podem fazer as provas.

O exame também é utilizado como critério de seleção para concorrer uma bolsa de estudos pelo ProUni (Programa Universidade para Todos) e muitas universidades também utilizam as notas do Enem como critério de seleção para ingresso no Ensino Superior.

Governo disponibiliza plataforma de estudos

Para auxiliar os estudantes que vão fazer as provas do Enem, o Governo do Estado de Roraima, por meio da Seed (Secretaria de Educação e Desporto), firmou uma parceria com o Grupo Estácio para disponibilizar a plataforma de estudos Resolve Sim.

Na plataforma, os alunos encontram videoaulas, exercícios, simulados, dinâmica de jogos e poadcasts. O secretário adjunto de gestão da Educação Básica da Seed, Semaias Alexandre, reforça que esta é uma excelente oportunidade para os alunos adquirirem conhecimento e ficarem mais próximos do Ensino Superior.

“Nossos alunos superaram nossas expectativas quando efetivaram mais de 3.200 inscrições. Também estamos felizes em saber que eles estão acessando a plataforma Resolve Sim, um instrumento disponibilizado em parceria com a Estácio, que permite aos alunos, mesmo estando em casa e sem custo nenhum, se prepararem para o Enem e assim conquistar o ingresso no Ensino Superior”, destaca.

Estão disponíveis 48 aulas completas com conteúdos do Grupo Eleva Educação, com a metodologia EAD Estácio, em um ambiente virtual dinâmico e atrativo para os jovens. O estudante terá acesso a aulas em quatro áreas do conhecimento: Ciências Humanas, Linguagem e Códigos, Matemática e Ciências da Natureza. As aulas serão sempre atualizadas.

O acesso é totalmente gratuito aos alunos pelo computador, notebook ou celular, bastando que tenham acesso à internet. Para começar a navegar, é preciso acessar o site www.resolvesim.com.br e fazer um cadastro. No cadastro, devem ser informados dados pessoais como CPF, endereço, e-mail, município que reside e a escola que estuda. A partir daí, será gerado o login do aluno para que ele possa acessar a plataforma e iniciar a navegação.

 

Publicado em DESTAQUES

Em mais uma ação do Governo de Roraima para tentar minimizar os impactos causados pelo Coronavírus (COVID-19), representantes da Sesau (Secretaria de Saúde), Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar e outras pastas realizaram uma reunião em videoconferência com Prefeituras do Estado.

Na oportunidade, o governador Antonio Denarium pontuou a importância de iniciar o atendimento na APC (Área de Proteção e Cuidados) e informou sobre a chegada de insumos. “Dois caminhões de medicamentos e equipamentos chegaram à Unidade nesta data e aguardamos a chegada de mais uma carga de insumos que deve chegar à APC até amanhã. Nosso principal objetivo é dar início aos atendimentos o mais breve possível”, disse.

São remédios de A a Z para atender não somente as demandas relacionadas a COVID-19 como também de outras doenças. “É importante destacarmos que existem outros tipos de demandas e a população será assistida em todos os casos como já ocorre”, esclareceu a secretária-adjunta da Sesau, Fabiana Zimmermann.

Além de receber as demandas das Secretarias de Saúde municipais, foram tratadas a distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para o interior. Por isso, desde quinta-feira, 28, as cidades estão recebendo cargas de equipamentos. Já foram contempladas Boa Vista, Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, São Luiz, Caroebe e São João da Baliza. Também há cargas direcionadas a Bonfim, Normandia e os demais municípios.

DEMANDAS – O prefeito de Alto Alegre, Pedro Henrique, que é o presidente da Associação dos Prefeitos de Roraima, informou que a Unidade Municipal foi inaugurada há mais de um ano e que neste momento aguarda apenas o auxílio para instalação de equipamentos para maior atendimento.

“É um hospital com ótima estrutura que ao ter todos os equipamentos devidamente instalados, poderá atender a população do município e desafogar o HGR [Hospital Geral de Roraima] que está sendo a Unidade de referência para os casos de Coronavírus”, destacou.

Prontamente, a Sesau informou que enviará uma equipe para realizar a instalação das máquinas, o que vai melhorar o atendimento nos casos relacionados à COVID-19. Outros pontos citados são envio de maior quantidade de testes rápidos para detecção da doença, bem como disponibilização de recursos, que serão posteriormente tratadas pelas secretarias estaduais e municipais.

PARTICIPAÇÃO – Estiveram presentes na reunião virtual representantes dos municípios de Boa Vista, Rorainópolis, Normandia, Amajarí, Uiramutã e Mucajaí.

Entre as outras pastas presentes estiveram Setrabes (Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social), Seampu (Articulação Municipal e Política Urbana), Polícia Militar, além do Exército Brasileiro.

Publicado em DESTAQUES