Mostrando itens por marcador: governoderoraima

A Seed (Secretaria de Educação e Desporto) está restabelecendo os serviços de transporte escolar para atender aos estudantes das escolas localizadas nos municípios do interior do Estado.

Nesta quarta-feira, dia 15, começam as aulas para 8.894 estudantes da área rural e no dia 20 de maio está previsto o início do ano letivo para 16.076 alunos das escolas indígenas. Todos os estudantes que necessitarem de transporte serão atendidos.

A Seed conseguiu restabelecer o serviço de transporte escolar com um processo emergencial por meio de contratação direta. Empresas que prestavam o serviço anteriormente para a Educação foram convocadas.

As interessadas compareceram à CSL (Comissão Setorial de Licitação), tomaram conhecimento dos lotes, apresentaram a documentação exigida e verificaram a demanda apresentada pela Seed. Desta forma, foram fechados os lotes e até o momento 20 empresas atenderão 32 lotes em 260 rotas.

Os novos contratos estão sendo finalizados e os valores são na ordem de R$ 16 milhões para o atendimento de 90 dias letivos. De acordo com dados do Censo Escolar, em todo o Estado 9.909 alunos dependem do serviço de transporte escolar.

Na manhã de hoje (14), a secretária de Educação, Leila Perussolo, o secretário adjunto, Semaias Alexandre, o presidente da CSL, Leandro Pereira, e a equipe do DAE (Departamento de Apoio ao Educando), estiveram reunidos com os empresários do transporte escolar para os últimos ajustes antes do início do ano letivo no interior.

“A reunião foi muito produtiva. Foi um momento de nivelamento entre a Seed e os empresários, no que tange às normas legais e administrativas para o bom desempenho e prestação dos serviços”, destacou Leila Perussolo.

De acordo com a secretária, a Seed, por meio da Divisão de Apoio ao Transporte Escolar, realizou um trabalho minucioso de aferição nas rotas dos municípios do Estado, utilizando a metodologia de georreferenciamento, a fim de garantir a real oferta do serviço ao estudante e também a efetiva aplicação dos recursos públicos.

Publicado em Educação

A Diretoria de Prevenção e Serviços Técnicos (DPST) do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR) definiu um calendário de vistorias nos estabelecimentos comerciais do interior do Estado.

As visitas estão programadas para ocorrerem durante todo o mês de maio e objetivam orientar os proprietários, ou responsáveis, quanto à importância dos itens de prevenção contra incêndio e pânico e à regularização junto à DPST/CBMRR.

Aproveitando as visitas no interior, a Diretoria irá instalar em Caracaraí e Rorainópolis dois pontos de atendimento para suprir as demandas dos munícipes, repassando informações e recebendo documentação para posterior análise e vistoria dos imóveis.

Segundo o diretor de Prevenção e Serviços Técnicos do CBMRR, coronel Jefferson Abreu, as vistorias dos itens básicos vão proporcionar maior segurança à população. “Realizando as verificações dos itens de segurança e prevenção contra incêndio, estaremos, além de atendendo as especificações da legislação estadual, certificando os edifícios quanto aos itens básicos de prevenção contra incêndios, garantindo à população que as edificações estão seguras”, disse.

Ainda segundo o coronel Abreu, a instalação de pontos de atendimento nos municípios do interior irá facilitar a prestação dos serviços da DPST. “Com a presença da DPST em Caracaraí e em Rorainópolis poderemos atender outros municípios como: Caroebe, São Luís e São João da Baliza. Esses municípios, inclusive, já receberam nossas visitas no início do mês como parte da nossa programação”, informou.

CRONOGRAMA DE VISTORIAS

 

Ord.

Município

Período

01

Rorainópolis, São João da Baliza

e São Luiz do Anauá 

02, 03 e 04 de maio de 2019

02

Mucajaí

15 e 16 de maio de 2019

03

Alto Alegre

11 de maio de 2019

04

Bonfim e Normandia

22 de maio de 2019

05

Cantá

23 de maio de 2019

Caracaraí e Iracema terão agendamento para data futura.

O governador de Roraima Antonio Denarium empossou na tarde desta segunda-feira, dia 13, ao novo procurador Geral do Estado de Roraima, Jean Pierre Michetti e do procurador Adjunto, Marcus Gil Barbosa.

 

A solenidade ocorreu no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos com a assinatura do termo de posse. Estiveram presentes os deputados estaduais Aurelina Medeiros, Ângela Aguida Portela, Gabriel Picanço, Renan Filho e o líder do governo, Soldado Sampaio, além dos secretários de Segurança Pública, Márcio Amorim, da Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Ionilson Sampaio, da Aderr (Agência de Defesa Animal), Gelb Platão.

O novo procurador Geral terá um papel importante para o Executivo Estadual com a prestação de assessoria jurídicas no andamento das ações do Governo.

“É um cargo muito importante. É ele quem nos representa como advogado do Estado, acabando com os excessos, os desperdícios e orientando quanto às irregularidades das nossas condutas e em ações judiciais”, disse governador Antonio Denarium.

Com o currículo extenso na área jurídica, Jean Michetti atua como advogado em Roraima há quase duas décadas. Ele destacou os projetos e desafios que enfrentará com o novo cargo de procurador Geral.

“Inicialmente iremos nos interar de todas as ações que o Estado consta como autor ou como réu e tentar buscar soluções jurídicas para que o governador possa tomar decisões dentro da legalidade. As ações da PGE é defender o Estado e buscar junto aos colegas procuradores mais celeridades nos processo judiciais e também na consulta administrativa”, explicou Michetti.

Tomou posse também para o cargo de procurador Geral Adjunto, Marcus Gil, que vai atuar no auxílio ao procurado Geral em defesa do Estado. Ele espera apoio dos colegas para a manutenção da ordem e da Constituição no Estado.

“A função do adjunto é auxiliar o procurador Geral. Eu quero ficar reconhecido pelo meu trabalho. A PGE tem 15 anos de atuação firme no Estado pela manutenção da ordem pública e pelo respeito à Constituição. A minha expectativa é contar sempre com o apoio dos colegas para que consigamos manter esse trabalho de preservação da ordem da Constituição do Estado”, ressaltou.

Conheça os empossados

JEAN MICHETTI (procurador-Geral) é graduado em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba/SP (1997).

Foi delegado de Polícia concursado (com 22 anos de idade) no Estado do Maranhão, formado pela Academia Nacional de Polícia em Brasília/DF.

Pós-graduado em Direito Penal e Processo Penal pela Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro. 

Pós-graduado em Direito Eleitoral pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL).

É Mestrando em Direitos Humanos, Segurança Pública e Cidadania pela Universidade Estadual de Roraima. 

Atuou como professor na Academia de Polícia Civil do Maranhão (Direito Processual Penal), na Universidade Federal de Roraima - UFRR (Direito Processual Penal), no extinto Instituto Superior de Segurança e Cidadania do Estado de Roraima - ISSeC (Direito Constitucional) - hoje Academia de Polícia integrada Coronel Santiago - e no Curso Preparatório para Concurso e Exame da OAB - OMNI (Direito Penal e Processo Penal).

Na advocacia pública exerceu o Cargo de Procurador-Geral da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima.

Foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima por 4 anos seguidos (2014-2018), tendo desempenhado a função de Ouvidor Regional Eleitoral e Vice-presidente Nacional do Colégio de Juízes Ouvidores da Justiça Eleitoral (COJE) no biênio 2017/2018.

MARCUS GIL BARBOSA DIAS (procurador adjunto) é procurador do Estado de Roraima desde 2007, possui graduação em Direito pelo Centro Universitário de Brasília. Pós Graduação em Direito Constitucional pela UnB/UNILEGIS, Mestrado em Direito Ambiental pela UEA/UFRR.

Conselheiro Titular da OAB-RR, é membro consultor da Comissão Nacional de Advocacia Pública e Conselheiro Eleito do Conselho de Procuradores do Estado de Roraima.

Foi presidente da Comissão das Relações Internacionais da OAB-RR 2010-2012.

Professor de Direito Eleitoral, Internacional Público e Hermenêutica na Faculdade Atual da Amazônia no período de 2008/2012.

Ex-Analista Judiciário do Supremo Tribunal Federal com atuação na função de Oficial de Gabinete de Ministro – 2000/2007.

Ex-Presidente da Associação dos Procuradores do Estado de Roraima – 2007/2008.

Atuou como representante da PGE-RR no Conselho de Contribuintes do Estado de Roraima – 2013/2016.

 

Publicado em DESTAQUES

No próximo dia 15 de maio terá início o ano letivo para 8.894 estudantes de 41 escolas dos municípios do Interior do Estado. A Seed (Secretaria Estadual de Educação e Desportos) está finalizando o Calendário Escolar e o documento será publicado nos próximos dias.

As unidades escolares serão devidamente abastecidas com os gêneros alimentícios para o preparo da alimentação escolar e também contam com o quadro de professores completo, o qual foi preenchido com a contratação de 352 docentes mediante processo seletivo. Casos pontuais serão solucionados pelo DRH (Departamento de Recursos Humanos) da Seed.

Os estudantes que necessitam do transporte escolar para chegar às unidades de ensino também já vão contar com o serviço, que está sendo restabelecido pela Seed. De acordo com o Censo Escolar, pouco mais de nove mil alunos necessitam do transporte escolar e 306 rotas atendem a demanda.

A Seed por meio do DATE (Divisão de Apoio ao Transporte Escolar) realizou um trabalho minucioso de aferição em todas as rotas dos municípios do Estado, utilizando a metodologia de georreferenciamento, a fim de garantir a real oferta do serviço ao estudante.

O trabalho foi necessário em função da Seed ter passado, no final do ano de 2018, por operações da Polícia Federal, que apontaram diversas irregularidades na aplicação de recursos públicos pela gestão passada, em contratos de transporte e também de merenda escolar, fato que comprometeu sobremaneira o andamento das ações em 2019.

A Seed também providenciou a contratação de profissionais de copa e cozinha (merendeiras), por meio de processo seletivo. Foram disponibilizadas 131 vagas para o Interior, distribuídas em 14 municípios do Estado.

Confira as escolas que iniciarão as aulas neste dia 15 de maio:

 

ESCOLA

MUNICÍPIO

Delcy Barreto

 

Alto Alegre

Maria Francisca da Costa Moraes

Rui Barbosa

Francisco Pereira da Silva

Amajarí

Albino Tavares

Boa Vista Rural

Nilo José de Melo

João Vilena

Bonfim

São Francisco

Alcides Miguel de Souza

 

 

 

Cantá

Antônio Augusto Martins

Barbosa de Alencar

Mário Homem de Melo

Otília de Souza Pinto

Genira Brito Rodrigues

Raimundo Carlos Mesquita

Santa Catarina

Maria de Lima Uchoa

 

 

Caracaraí

Padre Calleri

Roraima

Sebastião Benício da Silva

Sebastião Vieira de Araújo

Clóvis Nova da Costa

 

Caroebe

Dom Pedro I

Vidal da Penha

Tereza Teodoro

João Pereira de Araújo

Iracema

Manoel Agostinho de Almeida

Francisco Julião

 

Mucajaí

Nossa Senhora da Penha

Nova Esperança

Venceslau Catossi

Sebastião Felix Correa

Mariano Vieira

Normandia

1° de Maio

 

 

 

Rorainópolis

Boa Esperança

CEM Professora Antônia Tavares

CEM Tenente João de Azevedo Cruz

Fagundes Varela

José Bonifácio

José de Alencar

Professor Leopoldo Campelo

 

EDUCAÇÃO INDÍGENA - Já para as escolas estaduais indígenas, o ano letivo terá início no dia 20 de maio em função da alteração do cronograma das atividades do processo seletivo para contratação de professores, publicado no DOE (Diário Oficial do Estado) no dia 07 de maio.

De acordo com o novo cronograma, no dia 13 de maio será publicado o resultado final e a apresentação dos classificados para assinatura do contrato e a lotação será no período de 14 a 17 de maio e nos dias 20 e 21 de maio, na Univirr (Universidade Virtual de Roraima) localizada na Avenida Princesa Isabel, n° 3524, bairro Tancredo Neves.

Foram ofertadas 1.463 vagas, sendo 1.123 para professor da Educação Básica, com atuação nas disciplinas específicas das áreas de conhecimento regulares e 340 vagas para professores de Língua Indígena. Os salários variam de R$ 1.068,22 a R$ 3.782,94, dependendo da jornada de trabalho e escolaridade.

As escolas indígenas também serão abastecidas com os produtos para a merenda escolar e os alunos que necessitam de transporte escolar também serão atendidos com o serviço. Quanto ao Calendário Escolar também será reelaborado.

“Iremos trabalhar um calendário escolar diferenciado para que possamos cumprir integralmente os 200 dias letivos e a carga horária dos componente curriculares que é de 800 horas de aula obrigatória, para que nossos alunos não tenham prejuízo em suas aprendizagens”, destacou Leila Perussolo, secretária de Educação e Desporto.

Segundo dados do Censo Escolar 2018, em Roraima existem 260 escolas indígenas e 16.076 alunos matriculados. Já o quadro de professores efetivos conta com 411 professores.

 

 

Publicado em Educação

Uma das metas de regência da atual gestão é implantar o Governo Digital e para desenvolver esse projeto, o governador de Roraima, Antonio Denarium, recebeu nesta segunda-feira, 13, representantes da empresa de gestão de dados Ikhon Tecnologias. Na oportunidade, foi apresentada a plataforma Observatório de Gestão Pública. O encontro ocorreu no Palácio Senador Hélio Campos.

 

Na prática, a plataforma vai conter dados de demandas, processos e gastos de todas as Secretarias de Governo. Dessa forma, será possível acompanhar em tempo real as tramitações e analisar possíveis pontos críticos sobre determinado assunto.

 

Denarium observou os pontos que trarão benefícios para o governo. “Nós estamos trabalhando para implantar um sistema que seja integrado com todas as Secretarias como forma de dar transparência, publicidade e credibilidade às nossas informações”, reforçou.

 

O secretário de Tecnologia da Informação da Sefaz (Secretaria da Fazenda), Paulo Torres, reafirmou o compromisso de fazer esse tipo de implantação para compor a modernização do poder executivo no sentido de inovação e tecnologia.

 

“Temos um conjunto de metas e uma delas, que é prioritária, é a implantação do Governo Digital que visa fazer a estruturação do Governo do Estado, onde a maioria das informações é controlada manualmente”, informou Torres.

 

Ele acrescentou que a partir disso, será possível fazer entregas de serviço para a sociedade, para que as pessoas não tenham que se descolar até a sede de uma Secretaria, por exemplo, e principalmente para dar celeridade e transparência aos atos de governo.

 

PLATAFORMA – Conforme explicou o representante da empresa, Pedro Davi, a proposta tem como objetivo controlar os dados do governo a partir do fato gerador de cada processo, pedido e demanda que o governo recebe.

 

Por exemplo, no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) será possível ter dados e elaborar estatísticas de infrações, acidentes e processos. Dessa forma, ao observar um ponto crítico, como o tipo de infração que mais ocorre, serão feitas políticas públicas para diminuir tais casos.

 

Na Saúde, terá a possibilidade de gerar dados de custos com pacientes, diárias de TF (Tratamento Fora de Domicílio) e outros pedidos. E assim por diante com as demais Secretarias, das quais cada uma terá a particularidade de dados e informações.

“Invés de ter estatísticas que partam de planilhas descentralizadas de formulários que não estejam normatizados, teria um ambiente único com viés digital bem definido, apontando quais dados querem monitorar e quais resultados terão desses dados e por desenvolver políticas públicas a partir de dados reais, além de apontar demandas, gastos com essas demandas e andamento de cada processo”, explicou Pedro.

Além disso, a plataforma terá interface interna e externa, para que a sociedade tenha transparência da parte de tramitação e controle técnico de processos, bem como ingressar com documentos conforme cada tipo de serviço.

SEI – Desde o início da gestão o governador Antonio Denarium busca ter um Governo Digital. Há pouco mais de um mês, foi assinado em Roraima um Acordo de Cooperação com o TRF-4 (Tribunal Regional Federal), com a finalidade de autorização de cessão do direito de uso do SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

O SEI é uma plataforma que promove a eficiência administrativa, gestão de processos e documentos eletrônicos e tem como principais características a celeridade nos trâmites documentais e processuais além da diminuição do uso de papel na administração pública.

Na próxima semana, Denarium estará em Porto Alegre para concluir os trâmites da assinatura do convênio. “O uso deste sistema é uma forma de economizar dinheiro público, economizar papel e dar mais celeridade aos processos digitalizados no estado de Roraima”, justificou.

Publicado em MANCHETES

A PMRR (Polícia Militar do Estado de Roraima), por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (CPCDH) iniciou nesta segunda-feira, 13, um ciclo de palestras em cinco escolas da rede estadual de ensino localizadas nas adjacências da Base Comunitária Leste. A base é móvel e atualmente encontra-se na Avenida Jaime Brasil, Centro de Boa Vista.

Com o tema “Segurança Cidadã: Trabalhando a prevenção com a Polícia Militar”, os militares apresentam aos alunos dicas primárias de segurança. Entre essas dicas, estão orientações de como não se tornar uma vítima em potencial. De acordo com a  tenente Claudia Mourão, comandante da CPCDH, as atividades desenvolvidas são de cunho preventivo e ocorrerá ao longo desta semana.

“Hoje foi o ‘start’ das palestras, que serão realizadas primeiramente em cinco escolas estaduais. A primeira contemplada foi a Escola Estadual Ayrton Senna. As palestras demonstram uma ótima oportunidade da interação da Polícia com a comunidade escolar e permite conhecer os principais problemas locais, legais e sociais, visando orientar e encaminhar os cidadãos adequadamente para a resolução”,  destacou.

Segundo a  comandante, a ideia é fazer prevenção a primária e conscientizar os estudantes da responsabilidade de sua própria segurança. “Diante do crescimento das ocorrências envolvendo jovens, crianças e adolescentes, ora como vítimas, ora como infratores, objetivamos apresentar aos alunos dicas de segurança e, com isso, fazer a prevenção primária, bem como conscientizá-los que eles também são responsáveis pela sua própria segurança”, explicou a tenente Claudia Mourão.

A comandante acrescentou que as palestras começaram pelas escolas localizadas na região do Centro da capital, mas depois serão estendidas para as demais. “Depois vamos expandir. Será dada uma pausa entre os dias 20 a 27 e, após isso, retomaremos em outras escolas”, disse.

CRONOGRAMA DO CICLO DE PALESTRAS:

Dia 13/05 (segunda-feira)

Escola Estadual Ayton Senna;

Horário: 08h30.

Dia 14/05 (terça-feira)

Escola Estadual Euclides da Cunha;

Horário: 09h.

Dia 15/05 (quarta-feira)

Escola Estadual São José;

Horário: 08h.

Dia 16/05 (quinta-feira)

Escola Estadual Lobo D'Almada;

Horário: 08h.

Dia 17/05 (sexta-feira)

Escola Estadual Osvaldo Cruz;

Horário: 08h

 

 

Publicado em Educação

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima realizou na manhã desta segunda-feira, 13, a solenidade de encerramento do Curso Guardião de Piscina. O evento ocorreu no COB (Círculo de Oficiais de Boa Vista), na Avenida Ene Garcez.

O treinamento foi desenvolvido em parceria com o Exército Brasileiro e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR).

Iniciaram o curso 40 discentes, sendo 38 do EB e dois do Instituto. Desses, 24 obtiveram resultado final como aptos.

As instruções começaram segunda-feira, dia 6 de maio, e encerraram na sexta, dia 10.

Foram desenvolvidas atividades de natação utilitária, adaptação ao meio líquido, flutuabilidade, adaptação aos estilos de nado, técnica de salvamento aquático, serviço de salvamento aquático, abordagem a vítimas, tipos de reboque, técnicas de mergulho livre, entre outros.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, 17 brasileiros morrem afogados diariamente. O afogamento é a segunda maior causa de mortes de crianças na faixa etária de 1 a 9 anos. Os concludentes do EB usarão os conhecimentos repassados diariamente quando escalados nas várias piscinas dos clubes do Exército Brasileiro.

O sargento do Exército, Wilton Paricá da Silva, destacou a importância da qualificação profissional obtida no curso. “O aprendizado que nós ganhamos aqui no Corpo de Bombeiros foi primordial para o nosso desenvolvimento tanto na força quanto fora. Salvar vidas não é fácil e isso se torna muito importante na nossa vida pessoal também”, disse.

O coronel Duarte Júnior, chefe do Estado Maior da 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª BIS), destacou a importância da parceria com o CBMRR. “Primeiro que para a gente é uma honra muito grande trabalhar com o Corpo de Bombeiros: uma instituição séria, confiável, com credibilidade alta e pra gente é muito importante esse curso de salvamento aquático tendo em vista que temos nossa áreas de lazer, as nossas atividades profissionais também com muita atuação aquática na Amazônia e esse conhecimento aumenta a nossa capacidade profissional e nosso poder de combate”, declarou.

Para o comandante Geral do CBMRR, coronel Jean Cláudio de Souza Hermógenes, é extremamente importante difundir o conhecimento técnico para civis e militares através de cursos e treinamentos. “O CBMRR procura trabalhar primeiramente a prevenção, e a difusão desse tipo de conhecimento contribui enormemente para o salvamento de vidas. Estamos muito felizes com o término de mais um curso e sempre que as instituições parceiras necessitarem, estaremos à disposição para contribuir”, complementou.

 

Publicado em MANCHETES

A APCIS (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago) iniciou o primeiro curso de formação para a Proteção de Dignitários para 30 agentes da segurança pública. O curso terá a duração de duas semanas e será ministrado por um militar da Casa Militar do Mato Grosso.

O governador Antonio Denarium destacou a integração de todas as polícias na gestão de governo e disse que cursos de formação melhoram a qualidade na segurança.

“Estamos iniciando o curso com policiais militares, bombeiros, policiais rodoviários federais e policiais federais melhorando a qualidade na segurança de todos os poderes, Ministério Publico, Assembleia Legislativa e Casa Civil. Dessa forma estaremos prezando por uma segurança melhor”, enfatizou.

O curso para Proteção de Dignitários em Roraima foi idealizado pela Secretaria de Segurança Pública e Casa Militar do Governo do Estado e visa treinar os agentes de segurança que atuam na proteção de autoridades, como o governador e a primeira-dama.

O secretário de Segurança Pública, Marcio Amorim, afirmou que esse curso foi idealizado para dar mais qualidade nas ações da Casa Militar e demais poderes.

“Esse curso de aprimoramento demonstra a intenção do governo de investir na segurança pública tratando daquilo que é principal, a vida do ser humano”, afirmou.

Para a diretora da APICS, Giuliana Castro esses cursos de formação qualificam ainda mais os policiais que atuam no Estado, que segundo ela diretora "são os melhores do País". A diretora lembrou que esse é o quinto curso da APICS em 2019.

“Em dez anos a Academia de Polícia não realizou nenhum curso e em 2019 já estamos no quarto. Estamos fazendo projeto para capacitação de abordagem de pessoas com deficiência que é uma coisa inédita no País, com cursos de abordagem em Libras [Língua Brasileira de Sinais] para pessoas surdas. É um projeto de inclusão junto com o Governo de Roraima”, complementou Castro.

 

Publicado em Secom

A PMRR (Polícia Militar de Roraima) realizou na manhã deste domingo, dia 12, a 1ª Trail Run, corrida rústica, alusiva aos 11 anos de criação do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais). A largada ocorreu às 7h15, no Roraima Garden Shopping, localizado no bairro Paraviana, final da Avenida Ville Roy.

Nem mesmo a forte chuva que caiu durante a corrida intimidou as 300 pessoas que participaram da competição com um percurso de dez quilômetros, que contou com a participação de militares e civis, homens e mulheres, de várias faixas etárias.

O comandante-geral da PMRR (Polícia Militar), coronel Elias Santana, que participou da atividade destacou que foi um sucesso. “A corrida foi um sucesso extraordinário. Mérito do Batalhão de Operações Especiais, por meio de seu comandante, de seu grupo de oficiais e de praças. Houve dificuldades, mas, graças a essa mobilização, foi possível realizar a corrida”, explicou.

Ele destacou o fato de a largada ter ocorrido no domingo Dia das Mães e debaixo de chuva, com um público grandioso. “Observamos a grande quantidade de pessoas, além dos corredores, outros envolvidos. Uma corrida rústica em um ambiente metade urbano, metade rural, e todo o tempo embaixo de chuva e com a participação de pessoas de várias idades”, disse.

“Eu, que participei da corrida, senti uma atmosfera muito positiva. Uma atmosfera de interação da Polícia Militar com a sociedade. Grande parte das pessoas que participaram não é militar. Civis compraram a ideia e acharam bacana participar de uma atividade que comemora o 11º aniversário do Bope”, disse Elias Santana e completou que espera que no próximo ano a competição reúna mais pessoas e tenha percurso maior.

Para o comandante do Bope, capitão Vilson Araújo, o evento esportivo é uma forma de aproximar a sociedade dos policiais militares e de fazer a integração entre os policiais das subunidades da PMRR.

Ele destacou que o evento foi um sucesso. “Ocorreu de acordo com o planejado. A largada foi por volta das 7h15, o público compareceu em massa. Aos 40 minutos da largada, o primeiro colocado cruzou a linha de chegada. Graças a Deus deu tudo certo no final”, disse.

Ainda segundo o capitão, a corrida estimula a prática esportiva. “Contribuímos para a difusão da prática esportiva como atividade de benefício e promoção da saúde, condicionamento físico, melhoria da qualidade de vida e oferecemos o intercâmbio cultural e desportivo com a sociedade roraimense”, ressaltou.

Os três primeiros colocados, categoria masculino e feminino, receberam medalhas e troféus. Todos os competidores que cruzaram a linha de chegada também foram premiados com recebimento de medalhas.

ATIVIDADES – As atividades comemorativas começaram na segunda-feira, 6, com apresentação de duas palestras no auditório do MPE (Ministério Público Estadual). Na quarta-feira, 8, foi realizado o Desafio do Aço, competição de tiro. Na quinta-feira, dia 9, houve disputa de futebol. O encerramento será na terça-feira, dia 14, com formatura militar geral do Bope.

Publicado em DESTAQUES

A Escola Estadual Maria das Dores Brasil, no bairro 13 de Setembro, realizou na manhã deste sábado, 11, uma ação em parceria com a DPE/RR (Defensoria Pública Estadual), com o tema: MDB e Defensoria Pública em Defesa dos Direitos das Mulheres, para promover o acesso aos direitos dos cidadãos, principalmente das mulheres. O objetivo do evento é que a população conheça o papel da DPE/RR em defesa dos direitos das mulheres.

A ação contou com palestras sobre Planejamento Familiar, Violência contra a Mulher (Chame); atendimento voluntário de profissionais cabeleireiros e maquiadores; oficinas de desenhos; aula de defesa pessoal para as mulheres; oficina de artesanato; salas de jogos e recreação infantil; impressão de currículos para a comunidade interna e externa; e premiação dos três primeiros colocados no I Concurso de Redação promovido pela DPE/RR, que tem como tema “A Defensoria Pública em defesa dos direitos das mulheres.

Alunos das nove turmas produziram 108 textos. Destes, foram selecionados um texto por turma, com um total de nove textos. As três melhores redações foram premiadas, e a aluna Natacha Freitas, do 2º ano do Ensino Médio, conquistou o primeiro lugar e irá concorrer com estudantes das demais instituições de ensino no concurso estadual promovido pela Defensoria.

“O objetivo é incentivar a leitura e a escrita sobre o tema, por meio da participação dos estudantes no Concurso”, disse a gestora da escola, Beatriz Vasconcelos.

De acordo com Beatriz Vasconcelos, a programação foi também em homenagem ao Dia das Mães. “Aproveitando a data, estamos fazendo essa parceria com a Defensoria Pública em Defesa dos Direitos das Mulheres, para divulgar quais são os serviços que a Defensoria tem para a comunidade e, também, aproveitando para a divulgação desses serviços para a comunidade interna, alunos, professores, e demais funcionários, e para a comunidade externa”, explicou a gestora.

A escola Maria das Dores Brasil conta com 245 alunos em tempo integral. “É muito gratificante, porque os alunos tiveram conhecimento do que são os direitos das mulheres. Como elas podem ter acesso a esses direitos. Os estudantes são multiplicadores desta ação”, garantiu Beatriz.

A aluna, Natacha Freitas, vencedora do concurso interno de Redação da Escola, falou sobre sua participação. “Foi uma honra, porque eu estava representando as mulheres de Roraima. Descobrimos que teve um aumento dos crimes contra mulheres no Estado e queríamos demonstrar que podemos melhorar. Foi muito prazeroso representar a mulher roraimense. Aprendi que nós, mulheres, não devemos nos calar em nenhum momento e não baixarmos a cabeça nunca. Temos que dar um basta nisso”, afirmou.

Natacha, que no início não estava confiante, acredita que agora está preparada para vencer a fase estadual. “No começo não estava confiante, mas graças a Deus chegamos até aqui. Vamos representar a Escola e ganhar”, disse e acrescentou que a ação foi bastante eficaz para as mulheres e meninas que sofrem com a violência.

Para a estudante Karoline da Silva Santos, aluna do 2º ano do Ensino Médio, segunda colocada, o resultado foi uma surpresa. “Foi muito gratificante. Estava pensando que se ficasse em terceiro lugar já era bom, mas quando anunciaram meu nome como vencedora do segundo lugar foi emocionante. Concorrer com tantos alunos e ficar em segundo lugar é muito gratificante. Exigi o máximo de mim e graças a Deus fiquei em segundo lugar”, comemorou.

Sobre a ação, a aluna disse que aprendeu muito. “Aprendi muito com a ação da Defensoria Itinerante sobre os direitos das mulheres, que têm sofrido bastante com a violência. É importante que elas saibam que têm o direito de procurar a Defensoria Pública para orientá-las juridicamente para que possam saber como agir nos casos de agressões”, afirmou.

A estudante Andreia Silva, do 3º ano do Ensino Médio, participou como voluntária. Ela conta que a experiência foi muito válida. “Aprendi que muitas mulheres não conhecem seus direitos e não sabem onde recorrer. Nós do 3º ano estamos trabalhando como voluntários. Tivemos palestras, mobilização interna e externa. Foi muito importante para todos, porque aprofundamos nossos conhecimentos e podemos repassar para nossas famílias e para quem não pôde vir”.

CONCURSO DE REDAÇÃO - Representando a Defensoria, Ramon Silva ressaltou que maio é o mês de aniversário da Instituição é também uma homenagem aos defensores. “O objetivo é aproximar os alunos, a escola do que é o trabalho da instituição para a realidade dos estudantes e levar o acesso da Defensoria à população”.

Conforme ele, a instituição está à disposição para outros gestores que queiram levar a ação da Defensoria Itinerante. “Para que possamos levar nosso trabalho e atender à população nos arredores das escolas. É uma satisfação poder abrir esse concurso, uma oportunidade de destaque para os alunos que são o futuro do País. Espero que possamos fazer novas parcerias”, ressaltou.

Os alunos que conquistarem o primeiro lugar em cada categoria serão premiados com notebook e placa de Honra ao Mérito. Os que conquistarem o segundo e terceiro lugar receberão um Leitor de Livros Digitais. Os professores que orientarem as redações serão agraciados com um certificado de Honra ao Mérito e troféu.

As inscrições para o concurso da DPE/RR seguem até o dia 17 de maio e podem ser realizadas pelo site www.defensoria.rr.def.br. Poderão participar os alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos), que estejam devidamente matriculados em escolas da rede estadual ou de ensino técnico estadual.

Publicado em Cidadania